Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 25-07-2013: Valdivia eleva Série B ao nível da A e avisa: “Palmeiras quer o bi da Copa do Brasil” ❘ Uol Esporte

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Valdivia eleva Série B ao nível da A e avisa: “Palmeiras quer o bi da Copa do Brasil”

Por João Henrique Marques

Após realizar três jogos consecutivos pelo Palmeiras, Valdivia esbanja confiança. O meia acredita que a Série B é tão competitiva quanto a divisão principal do Campeonato Brasileiro e já faz planos para o bicampeonato da Copa do Brasil, competição que se inicia para o alviverde já nas oitavas de final.

“O Palmeiras já demonstrou ser forte.

Temos a mesma potência de qualquer outro time grande e aqui vamos jogar para ganhar. Tenham certeza que vamos entrar na Copa do Brasil jogando pelo bicampeonato”, avisou Valdivia.

O camisa 10 do Palmeiras não aceita comentários sobre o bom momento vivido estar relacionado ao fato de atuar na Série B no momento. O argumento é de que a competição tem o mesmo nível da Série A.

“Na primeira (divisão) tem ainda mais espaço do que na segunda. É mais pega, mais firme e ainda conta com o desafio de todos quererem ganhar do Palmeiras. A Série B é tão difícil como  a A. Não tem os mesmo times, mas é complicado, campos feios, pequenos. Não tem como falar que estou jogando bem só por estar na Série B”, opinou o Mago.

“Eu lembro até que quando o Corinthians jogava na B (em 2008) os comentaristas esportivos chamavam o (meia) Douglas de maestro. Então não vejo que isso aconteceu só pelo fato de ser a Série B. É o mesmo nível”, complementou.

Valdivia é 100% desde que voltou a jogar pelo Palmeiras, com três vitórias em três jogos. No entanto, o meia rejeita o rótulo de principal responsável pelo bom momento do time.

“Não sei o que acontece. O time estava bem, e não cresce comigo. É que quando o time perde todos lembram que estou machucado. E quando ganha está tudo bem”, destacou o chileno.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Valdivia brinca e coloca Prass à sua frente para cobrar pênaltis

O Palmeiras teve dois pênaltis a seu favor nas últimas duas partidas. Na vitória (3 a 2) sobre o Figueirense, em Florianópolis (SC), o atacante Leandro chutou fora. Antes, o parceiro Vinicius havia convertido a cobrança no 4 a 1 sobre o ABC, no Pacaembu.

Poucos segundos antes de Vinicius fazer a alegria da torcida, no entanto, as arquibancadas clamaram para que Valdivia efetuasse a batida – o chileno estava fazendo, naquele momento, o segundo jogo consecutivo depois da volta de lesão na coxa direita.
O meia disse ter cumprido uma ordem de Gilson Kleina ao permitir que o atacante arrematasse para o gol e até brinca sobre quem está na frente dele na lista de cobradores de penalidades.

– Vinicius, Leandro, Wesley, Prass (risos)…Tem outros batedores. Pelo o que ouvi que o Kleina falou, vou começar a ser escalado. E no jogo vai de quem tiver mais tranquilidade e confiança. Mas por enquanto eu não estou escalado – disse.

Um pênalti, aliás, foi o auge vivido por Valdivia no Palmeiras nesta sua segunda passagem pelo clube, que começou em 2010. Na final da Copa do Brasil do ano passado, o camisa 10 usou este lance para abrir o caminho do título para o Verdão.

– É que o Barcos não estava (por crise de apendicite) e os outros pipocaram (risos). Não, não, é mentira. Estou brincando (risos).
Com o gol de Valdivia, o Palmeiras venceu a primeira partida da decisão diante do Coritiba por 2 a 0, na Arena Barueri, em que o meia acabou expulso. A taça veio com um empate em 1 a 1 no Couto Pereira, no confronto de volta.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Valdivia vê 2ª divisão no nível da Série A e quer a Copa do Brasil

Por Estevão Taiar

Jogar a segunda divisão é uma experiência pela qual nenhum atleta da elite do futebol brasileiro quer passar. Mas ainda que reconheça a falta de qualidade técnica dos adversários e as más condições da maioria dos gramados, Valdivia, uma das estrelas desta Série B, vê no torneio fatores que a tornam tão difícil quanto a Série A.

“Na primeira divisão você tem mais espaço para jogar do que na segunda, que é mais pegada, mais firme. E todos te derrotar quando você defende o Palmeiras. Na Série B não tem os mesmo times, mas é complicado, os campos são feios e pequenos. Não tem como falar que estou jogando bem só por estar na Série B”, disse ele, quando perguntado na coletiva dessa quarta sobre as boas atuações recentes que teve.

Como exemplo das dificuldades encontrada pelos times grandes na Série B, Valdivia citou o Corinthians, campeão do torneio em 2008. Para ele, alguns atletas do arquirrival que se tornariam destaque mais tarde ganharam experiência e confiança para isso justamente na segunda divisão.

“Eu lembro que, quando o Corinthians jogava na Série B, os comentaristas falavam que o Douglas era o maestro. Isso não aconteceu só pelo fato de ser a ser a segunda divisão. É o mesmo nível”, afirmou.

A partir das próximas semanas, Valdivia e os demais jogadores do Palmeiras terão que dividir a responsabilidade de atuar pela Série B com a disputa da Copa do Brasil, competição em que lutam pelo bicampeonato. Para o meia chileno, o Verdão entra nas oitavas de final do torneio de mata-mata com as mesmas chances dos demais clubes grandes, como Cruzeiro, Internacional e Flamengo.

“Já mostramos a nossa força. Temos a mesma potência de qualquer outro time grande e jogaremos para ganhar. Tenho certeza de que vamos entrar na Copa do Brasil jogando pelo título”, garantiu.

No próximo sábado, o Palmeiras enfrenta o Guaratinguetá pela décima rodada da Série B, torneio do qual é líder. Já na Copa do Brasil, a equipe ainda não tem data e adversário definidos para encarar nas oitavas de final.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Fala pausada, humor e trocadilhos: Valdivia em versão light no Verdão

Por Marcelo Hazan

Valdivia não entrava na sala de imprensa da Academia de Futebol para conceder uma entrevista desde 8 de março. Na ocasião, ele esteve no local para falar sobre a confusão entre torcedores e elenco na Argentina, após a derrota por 1 a 0 para o Tigre, pela Taça Libertadores. O clima atualmente é bem diferente, assim como o futebol e o humor do chileno.

Em conversa de quase uma hora com a imprensa, após o treino desta quarta-feira, o jeito e as brincadeiras do meia foram o reflexo exato de seu bom momento dentro de campo. Inicialmente ressabiado, Valdivia se soltou aos poucos. Sorriu pela primeira vez ao comentar com ironia que sempre era criticado.

Isso até ser questionado se havia algum problema para estar de cara amarrada, mesmo diante de perguntas sobre a boa fase – ele liderou o time nas últimas três vitórias contra Oeste (4 a 0), ABC (4 a 1) e Figueirense (3 a 2). Daí em diante passou a brincar com frequência.

– Como assim: quem pode dar? (risos) – respondeu, com trocadilho de duplo sentido, ao ser questionado sobre as cobranças em torno de seu futebol e o quanto poderia render em campo.

– Já enfrentei o Eguren e é um jogador de marcação pegada. Não sei se (a pegada) é forte (risos) – disse, quando perguntado se o volante entrava com força nos adversários.

O momento em que mais arrancou risos foi ao comentar se começaria a bater pênaltis. O técnico Gilson Kleina já disse que o meia passou a treinar o fundamento e, portanto, entraria na escala dos cobradores. Após brincar dizendo que era a oitava opção, ele foi questionado sobre por qual motivo bateu o pênalti contra o Coritiba, na vitória por 2 a 0, na primeira final da Copa do Brasil, em 2012.

– O Barcos não estava e os outros pipocaram (risos). Eu era o segundo da lista do Felipão. E a pipocada é mentira – brincou.
Apesar do bom humor constante, Valdivia segue com falas pausadas e costuma pensar por alguns segundos antes de responder aos jornalistas. O chileno não gosta de dar muitas entrevistas. Mas se a boa fase prosseguir, o retorno à sala de imprensa deve ocorrer em breve.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Palmeiras empresta jovem Diego Souza para o Oeste

O Palmeiras acertou o empréstimo de mais um jogador para o Oeste. Trata-se do meia Diego Souza, de 20 anos, que vai para o time do interior paulista, que também disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. O garoto revelado pelo clube é o terceiro que vai para o mesmo destino, e seu contrato com de empréstimo vai até o fim do ano.

Anteriormente, o Palmeiras tinha emprestado o volante João Denoni e o atacante Emerson. Outros garotos também interessavam ao clube de Itápolis, mas o regulamento da CBF permite que um clube empreste até três jogadores para um time da mesma divisão do Brasileiro.

Atualmente, o elenco do Palmeiras conta com 39 jogadores. O técnico Gilson Kleina já avisou que pretende contar com, no máximo, 35 nomes, o que deve fazer com que mais quatro sejam negociados.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• Ano para Valdivia reconquistar a confiança da torcida

Por Fabricio Crepaldi

O Mago tem tudo para deitar e rolar na Série B. Tem nível técnico muito acima dos rivais, não precisa jogar todas as partidas e tem se dedicado mais ao clube neste ano. Só depende dele para seguir assim e ser o destaque do Palmeiras na campanha do acesso. Se conseguir isso, voltará a ser o Mago amado pelos alviverdes.

Até porque, a paciência deles é muito maior quando se fala de Valdivia. Foram apenas três partidas, nas quais de fato o camisa 10 foi muito bem, para parte da idolatria voltar. No sábado, saiu de campo ouvindo “Eô, eô, o Valdivia é o terror…”, algo inimaginável cerca de um mês atrás.

O Mago tem tudo para aproveitar a Série B e voltar a ser ídolo. Parece que está com vontade.

Leia aqui a matéria completa → BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Em clima de paz

O palmeirense Paulo Nobre convidou para um almoço Roberto Frizzo e Edvaldo Frasson, homens de confiança de Arnaldo Tirone. “O Paulo quis estreitar relações e pediu colaboração”, explica Frizzo.

• Culpa do Kleber

Alan Kardec foi contratado pelo Verdão para ser o camisa 9, porém ele chegou uma semana antes de Kleber, então dono do número, deixar o clube. Por isso, restou a 14 a Kardec.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Damato

• Na lata

Diante da perspectiva apresentada pelo presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, de cortar cerca de R$ 20 milhões em gastos no ano, o COF propôs cortar o valor imediatamente da previsão orçamentária do clube, em estágio final de elaboração. Nobre relutou em aceitar, e a conversa foi adiada.

• Processo

A empresa de André Cury, empresário e representante do Barcelona no Brasil, cobra na justiça R$ 3,5 milhões do Palmeiras. Cury participou da negociação que trouxe de volta o zagueiro Henrique, mas afirma que o processo é referente a dívidas, e que não tenta tirar o jogador do Palmeiras.

• De Letra

“Eu devo ser o sócio do Palmeiras que respondeu a mais sindicâncias na história do clube” – Gilto Avallone conselheiro, que responde a mais uma e jamais foi condenado.

••

15 respostas em “Verdão na Mídia 25-07-2013: Valdivia eleva Série B ao nível da A e avisa: “Palmeiras quer o bi da Copa do Brasil” ❘ Uol Esporte”

Para que publicar a coluna De Prima aqui? Essa coluna é uma palhaçada e pelo que se vê o Gilto continua amigo do editor do Lanche.

hoje temos Prass, Luis Felipe, Henrique, André Luis e Juninho, Araújo, Charles, Wesley e Valdívia, Vinícius e Leandro no time titular…………….Reservas Airton, Tiago Alves, Vilson , Leo Gago, Marcelo Oliveira, Eguren, Mendieta e Alan Kardec……………em 5 meses e sem grana montamos um bom elenco….para o ano que vem precisa de mais atacantes de qualidade!!!!!

Foram 2 anos e meio de jogadores rídiculos que o Sr Felipão nos inventou………………e pra quem usa o Tirone para defendê-lo…….

Em 2010 em 1 mês de clube ele nos inventou Luan e Rivaldo, trocou Leo zagueiro por Leandro Amaro, Dinei, Fabrício,etc…………….chamou o time de várzea!!!!!!!!!!!!! isso tudo sem Frizzo e Tirone!!!!!!

Parabéns Brunoro, Omar e Paulo Nobre!!!!!!!

Boa noite a todos, Victor como vai?
Tenho uma opinião sobre os “idolos´´, que temos nos últimos anos, são uma verdadeira farsa, não posso comparar atletas como Evair, Zinho, Cleber, Olegário Toloi de Oliveira, Luiz Edmundo Pereira, Ademir Da Guia, João Leiva Filho, Jorge Antônio Putinati, Jorge Antônio Mendonça, enfim atletas que tenho orgulho de velos e idolatra-los, fato bem distinto de Jorge Valdivia, que em minha opinião é um médio jogador, que de tão frágil torna-se um engodo, mas sempre é assim!

O então líder do campeonato da série A, o Botafogo perdeu do Figueirense e somente se classificou nos pênaltis, o mesmo time que perdeu em casa do Palmeiras no último sábado.

Isso mostra duas coisas importantes: que esse time do Palmeiras disputaria as primeiras posições da série A tranquilamente e que o futebol brasileiro continua nivelado por baixo.

A diferença da Série B para a Série A é de apenas uma letra. O futebol brasileiro está mesmo em uma decadência geral. Se o Palmeiras não tivesse sido tão assaltado pela arbitragem no ano passado, talvez não tivesse caído, mesmo com aquele elenco – que foi campeão da Copa do Brasil em cima do Coritiba, que havia eliminado o todo poderoso SPFC.

O time de 2012 caiu porque nosso então treinador é teimoso em admitir quando está errado. Insistiu demais em suas convicções, assim como fez na Copa das Confederações, quando não escalou o Lucas nos jogos só porque a torcida pedia. Porém, se não fosse esse fardo que é a série B, acredito que A diretoria não teria tranquilidade pra montar o elenco com o campeonato em andamento. Hoje é possível fazer testes, contratar jogadores e ver se de fato podem render o esperado. Enfim, a diretoria tem tempo, a comissão técnica tem jogadores titulares e reservas. Só falta o tal do departamento de marketing conseguir patrocínios e receitas para montarmos um time de verdade e chegar em 2014 como favoritos aos títulos, de preferência já na reapresentação em janeiro com time completo!

Discordo totalmente! O Scolari teve sua parcela de culpa, mas não dá para debitar a queda só na conta dele, isso, além de uma injustiça, é uma visão destorcida dos fatos. Tínhamos uma dupla de dirigentes incapazes e desagregadores, um ambiente de trabalho nojento, cheio de fuxicos e mentiras vazados para imprensa pelo baixo clero dirigente, faltava elenco, quase um terço dos jogadores passou metade do segundo semestre no departamento médico e se não bastasse nos roubaram algo em torno de nove pontos no apito. Desse jeito não tem como segurar. Dizer que tudo isso foi tudo culpa do Scolari é ridículo!

Bom, atacar a opinião das pessoas como “ridículo” já é um indício do nível da conversa. Conforme seu português, houve uma leitura “destorcida”(?). Aceito argumentos, não ofensas.
Mas enfim, onde eu disse que é TUDO CULPA DO SCOLARI? Por pior que seja o ambiente, ele EXIGIU jogadores pífios. Foi gasto dinheiro alto em Luan, Tivemos um Márcio Araujo titular absoluto quando todos enxergam suas limitações e desfez do Pierre trazendo Daniel Carvalho, solicitou o “artilheiro” Bill para toda a imprensa.
O que dizer do péssimo relacionamento dele com os atletas? Clube é diferente de Seleção. No clube acredito que ele deveria aprender a manter uma relação diária saudável com seus comandados. Na Seleção é mais fácil, ele fica por um período de tempo bem menor com o grupo.
A parcela de culpa da diretoria em questão? Evidente que tem! Todos sabem e acredito não ser necessário dizer o que todos dizem e sabem. Isso já não é “opinião”, é fato.
Voltando ao Scolari, quantos títulos ele ganhou com clubes antes dessa Copa do Brasil? Onde ele deu certo (sem contar Seleções)? Ganhou a CDB em 2012, ok…Disputou a final com o “poderoso” coritiba. Final já disputada pelo também poderoso Botafogo de SP, Brasiliense, etc. O que quero dizer com isso é: Em torneios nesse formato é possível pra todos chegarem a Final. Lembro que em um passado próximo, nós palmeirenses acreditávamos que poderíamos ir longe na Libertadores justamente por estar na fase “mata-mata”.

Dito tudo isso, desculpe por me prolongar, mas o espaço é pequeno e somos sujeitos a moderação, então preferi fazer um único texto.
Em resumo, não existe opinião ridícula. Ridículo é tentar interpretar palavras de acordo com suas vontades e criticar o ponto de vista de outras pessoas. Discordar é saudável. Você expõe seus argumentos, eu os meus e assim ajudamos a manter o site em um nível adequado pra nossa torcida também discutir suas idéias.

Até+++

Prezados Paulo e Jorge, vamos ser cuidadosos com a leitura e as palavras porque alguns adjetivos às vezes parecem duros demais.
O debate de ideias é estimulado aqui, mas sempre com respeito.
Obrigado pela compreensão.

Boa tarde a todos, creio que Jorge Valdivia, ainda não aprendeu que já deveria ser uma postura correta , ser mudo ate que jogasse mais 400 partidas diretas pelo Palmeiras, o referido atleta permanece no departamento medico do clube, recebendo seu salario, sendo este fator o principal em não termos confiança em sua condição física, ou moral , pelos fatos já descritos e conhecidos , no período que seu saldo ainda é negativo, em todos os fatores. Gilto Avallone é o exemplo claro de uma politica propicia ao Hospital Psiquiatrico mais próximo, seus devaneios são apreciados por toda mídia predatória, suas delações prejudicam o clube a décadas, sua postura e atitudes são normais aos mais deprimentes políticos nacionais, enfim sua exclusão do quadro associativo do Palmeiras é a demonstração objetiva de uma estatuto bom , mas mal usado.

perai Claudio, por muito menos, conheço associado que foi punido com suspensão e tem um que foi expulso. E o Gilto Continua lá fazendo das suas ….

Sobre o Valdivia, acho cedo pra ele começar a fazer gracinha, foram 3 jogos apenas, ganha a CB e a Série B, ai canta de GALO (com trocadilho)

galo forte vingador……………. parabéns

Os comentários estão desativados.