Categorias
Arenas

Arenas – Eurocopa Descentralizada

Por Claudio Baptista Jr.

A Eurocopa de 2020 não terá um único país sede. A competição será espalhada por países da Europa. Vejam na matéria ao final do texto a organização da competição.

Achei uma ideia interessante e que a UEFA vem ensaiando ultimamente organizando a competição com a partilha entre dois países. 2000 com Bélgica e Holanda, 2008 Suíça e Áustria e recentemente em 2012 Polônia e Ucrânia.

Primeiramente porque pode promover a construção de um estádio em cada um dos países sedes de forma a inibir os investimentos altíssimos que demanda a realização de um torneio desse porte em um único país sede.

Desta forma, o foco pode resultar em um estádio moderníssimo, bem planejado e ainda não sangrar os cofres nacionais na construção ou readequação de estádios espalhados pelo país. Assim, investimentos em serviços prioritários sofrem um menor impacto. Não podemos nos esquecer de que não apenas a Copa de 2014 está sendo alvo de questionamentos a respeito dos exorbitantes e questionáveis investimentos. Outros eventos esportivos similares foram e também serão.

Esse pode ser um sinal de responsabilidade por parte dos organizadores, não acham?

O que também pode contar a favor é o fato da Europa ser um continente que facilita a logística de transporte entre os países que sediarão o evento. Voos e trens de grande velocidade estão disponíveis e deixam várias sedes a poucas horas de distância.

Outro ponto a se destacar é a promoção do turismo. Aqueles que quiserem acompanhar a competição terão a oportunidade de viajar por outros países, o que também não deixa de ser interessante.

Ainda que essa descentralização abra a negociação e organização com maior quantidade de interlocutores de países e culturas diferentes a dialogarem com a FIFA e ao mesmo tempo entre eles mesmos, acredito que essa seja uma experiência válida. Para toda a preparação e organização existem as especificações formalizadas.

O resultado nós só veremos na ocasião, mas já podemos refletir sobre eles.

Enquanto isso surge agora um exemplo das dificuldades que vem enfrentando Portugal com seus estádios construídos para a Eurocopa de 2004. Já existe projeção para a demolição daqueles ociosos, característica principalmente dos estádios construídos com as verbas públicas nos locais com equipes de pouca tradição local e que funcionariam como âncora do negócio.

http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,portugal-projeta-demolicao-de-estadios-ociosos,1060595,0.htm

E vocês, o que acham a respeito?

Será que um dia a Copa do Mundo poderá tornar-se um evento jogado mundialmente? Por um período mais extenso?

http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2013/01/itinerante-uefa-confirma-que-eurocopa-2020-nao-tera-pais-sede.html

Abraço,
Claudio.

5 respostas em “Arenas – Eurocopa Descentralizada”

Boa tarde a todos, é para mim uma honra em poder participar deste espaço, tão bem conduzido pelo Claudio, que além da expertise , oferece informações diretas que ampliam as diretrizes e visões abrangendo aspectos , que por muitas vezes é ignorado pela miopia antagônica, que reputo ser uma moléstia, agravada nos últimos 37 anos, devido a presença luciferiana de nefasto personagem, que se antecipou em postura e atitudes , contra ao que já é considerado, um portal ao paraiso, para termos a Sociedade Esportiva Palmeiras , em patamares idênticos a grandes agremiações no mundo, sendo sim sua coluna uma verdadeiro colírio aos que circulam , dentro e fora das alamedas de Palestra Itália.
Hoje a configuração de competições pelo mundo , prevê antecipadamente , aspectos importantes , que aliam a segurança, conforto , rentabilidade , e principalmente os atrativos indispensáveis ao publico alvo, que por muitas vezes, duplica interesses, pelas oportunidades oferecidas, atreladas em estratégias milimetricamente conduzidas e avaliadas, em tempo real.
O clube ao qual dedicamos um tempo infinito, possui esta possibilidade , desde que tenhamos uma visão ampla , sobre todo o potencial a ser agregado, em virtude de estar privilegiadamente posicionada na maior e mais polarizada cidade em termos econômicos da América Latina.
Claudio eu sempre avalio seus comentários , como primordiais, aos membros que compõe o staff vinculado entre a WTORRE, AEG, ALLIANZ e PALMEIRAS, pelos fatos e conteúdo que visa abrir, de forma constante as mentes e olhos que decidem , administram e observam tendências, potenciais, e principalmente interesse, a serem adicionados, a cada dia e momento, sem que tenhamos distorcidas as verdadeiras essência, e objetivos, aos quais, a ALLIANZ PARQUE, fixou seus alicerces!
Parabéns e um abraço!

Eu sempre achei que a fase eliminatória da Copa do Mundo seria mais legal se fossem dois jogos de ida e volta no país de cada seleção. Seria bem mais legal e mais competitivo. Basta ver a libertadores e a champions pra ver como jogar em casa faz uma baita diferença. Acho que apenas a final deveria ser no estilo da champions, sorteando um estádio antes do campeonato iniciar.

PS. Não gosto da champions league porque acho o estilo europeu de futebol chato de acompanhar, mas que o campeonato deles é anos-luz a frente dos sulamericanos em termos de organização é inegável

Você não gosta do estilo europeu de futebol? Você prefere o estilo nacional, cheio de furadas, finalizações ridículas, falhas bisonhas, pontapé pra todo lado, cheio de jogador cai-cai… é esse estilo de futebol que você prefere? hahaha os melhores do mundo estão na europa. Logo, o melhor futebol está lá.

Na Europa você tem times como o Barcelona e Real Madrid que ganham dos outros 99% dos times sem fazer esforço nenhum. Pelo menos aqui os campeonatos são nivelados. Nos últimos anos tem piorado a qualidade do futebol jogado aqui, mas ainda prefiro acompanhar o campeonato Brasileiro (quando estamos nele) e a Libertadores do que acompanhar qualquer campeonato europeu.

Os comentários estão desativados.