Categorias
Resenha dos Jogos

Pós Jogo Palmeiras 3×2 Paysandu: na bola e na porrada

O Palmeiras venceu o Paysandu por 3×2 em mais uma virada.

Invertemos o ditado popular: entrada de cão e saida como leão.

O Palmeiras entrou em campo com a escalação tradicional do SEO Gilson, com três volantes, para enfrentar um time à beira do rebaixamento para a série C. Não sei dizer se é excesso de cautela, falta de confiança ou incompetência mesmo.

O time iniciou muito lento e sem saída de bola pelas laterais, visto que Luis Felipe não apoiava e Juninho errava tudo que tentava. Com o afunilamento do jogo e a falta de Valdívia, digo, criatividade no meio de campo, ficou fácil para o Paissandu usar a única estratégia que todos os times que vêm jogar contra o Palmeiras usam: Jogar com duas linhas de quatro dentro de sua intermediária e os dois avantes marcando dentro de seu campo quando o adversário tem a bola, fechando todos os espaços, apostando na disposição física, visto que técnica é coisa rara. E tentar a velha e manjada jogada de uma bola de contra ataque para ver se a defesa adversária falha.

Bem, time que joga com Marcio Araújo de primeiro volante vai sempre dar essa chance de falha, seja por um passe errado na saída de bola (hoje ele abusou desse fundamento), seja pela falha na cobertura da marcação quando o meio de campo perde a bola. E assim saíram os dois gols do papão, um em cada tempo. Falhas na saída de bola e de cobertura do meio de campo e os avantes do Paysandu conseguiram ficar cara a cara com Prass. Até o famoso Yago Pikachu marcou com categoria.

Aí, quando parecia que a vaca ia para o brejo, finalmente o SEO Gilson fez o que deveria ter feito quando chegou no Palmeiras: tirou o Marcio Araújo e colocou o Ronny (já tinha tirado o Charles e colocado o Felipe Meneses no intervalo, mas sem efeito até então). Bastou isso para o time se arrumar e ir para cima do Paysandu. O time estava meio desacertado, mas a diferença de qualidade dos jogadores começou a aparecer e o time parou de errar na marcação.

O juiz, muito ruim deixou o pau comer e teve que expulsar dois jogadores, mas poderia ter expulso mais uns dois do Paysandu fácil, fácil. O final do jogo foi emocionante, pois o time não se entregou, usou todas as armas que tinha e principalmente mostrou preparo físico para correr até o fim, enquanto os paraenses caiam em campo com câimbras e não aguentavam mais caminhar em campo.

O gol do Leandro foi um êxtase, mas esperemos que contra o Atlético Paranaense na Copa do Brasil o time não cometa os mesmos erros de marcação, pois levar gol em casa nessa competição já sabemos o prejuízo.

A síntese de tudo isso:

– Sem Marcio Araújo e com Wesley e Leandro jogando a sério 3×0 para o Palmeiras.

– Juiz medíocre. Sem discutir os penais não marcados (dois para o Palmeiras e um para o Papão) ele errou em não expulsar o goleiro adversário, um atleta medíocre como se sabe, e não dar ao menos 8 minutos de acréscimo. Só a briga consumiu quatro minutos.

O importante? A vitória, e a liderança mais firme do que nunca.

 

Notas do 3VV:

Prass – sem culpa nos gols, eficiente quando exigido e boa reposição de bola. 7.

Luiz Felipe – um dos melhores em campo. 8.

Henrique – hoje sem erros e participando no terceiro gol. 7.

Thiago Alves – entrou quando o adversário recusou atacar. Mostrou personalidade. 6,5.

Vilson – escorregou no primeiro gol, depois firmou-se, saiu contundido aos 4 do segundo tempo. 6.

Juninho – se não foi brilhante, no segundo tempo, quando o jogo foi para os lados, foi bem. 7.

Marcio Araújo – voltou ao normal, sua saída foi decisiva para a virada. Porque usa a camisa verde (às vezes branca) leva 5.

Charles – em linguagem turfística, domina, mas não passa; ou seja, na hora de tirar um 10 refuga. Hoje nem chegou a sete. 6,5.

Mendieta – vai se soltando, jogando bem e hoje foi o melhor do time. Com direito a golaço. 9.

Wesley – primeiro tempo parecia que patinava no gelo, segundo tempo jogou sério até ser expulso. 6,5.

Felipe Meneses – parece meio desengonçado, mas jogou bem e leva jeito. 7.

Kardec – uma chance, um gol. 7.

Leandro – pior do Palmeiras, mas fez o gol decisivo. Vai entender o futebol… 6,5.

Ronny – ajudou a mudar o jogo. 6,5.

Bruno – destacou-se na briga: 2 ganchos e um jab de esquerda. Nota 7.

134 respostas em “Pós Jogo Palmeiras 3×2 Paysandu: na bola e na porrada”

Não vi o jogo, mas apesar dos 3 pontos, que é o que interessa hoje, penso em 2014. E isso me preocupa. Como pode um time indo para a série C botar 2 a zero no Palmeiras ???? Temos problemas.E sérios. Para a Série B tá provado que o que tem ai dá e sobra, mas para encarar o Botafogo, Gremio, Inter e os Gambas….temos condições\???

Juizão do jogo estava tão perdido que colocou tapas entre o Wesley e o Zagueiro deles na sumula, para quem olhar o vídeo vai ver que o Wesley deu um tranco com o peito no cara…. APENAS…. será que o juiz estava perdido ou não? hehe

Não vi o jogo ontem, só os melhores momentos então não dá para falar muito. Mas sabia que o Kleina iria colocar 3 volantes jogando em casa contra um futuro rebaixado para a Série C e sabia que iríamos penar muito no Primeiro Tempo. PARECE que foi exatamente isso que aconteceu.

Mas enfim…. segue o jogo!

Bom, ontem jogou mal p caceta, mas venceu de forma brilhante. Provou que NAO DA PRA TER MARCIO NICE GUY. No time titular! Nao marca, nao sabe jogar e se posicionar! Outro detalhe eh o nosso tecnico pontepretano que tem medo de timecos de serie B e joga so com 3 volantss, se for assim ele vai jogar contra o CAP com 8 volantes? Vai trazer o denoni de volta???
TEM QUE JOGAR ESSA POUHA SERIO! Principalmente a copa Br. Qdo vinicius voltar tem que dar um banco no Leandro ate que ele corte aquele cabelo horrivel e volte a jogar bola!
Sobre a pancadaria de ontem, torno a dizer: PRATO CHEIO PARA O STJD que vai torar plwo menos uma meia duzia do Palmeiras, e querem apostar, sera Wesley? mendieta e Henrique e Vilson para tirar os melhores do time, eles nao vao perdoar, ae fosse o gente boa iriam reelevar!

AVANTI PALESTRA!

Dos jogadores contratados pela atual diretoria:
Weldinho: já foi tarde
Airton: idem (na verdade este foi pela diretoria anterior)
Rondinelli: deve ser devolvido
Roni: gosto, acho que acrescenta, é jovem e pode evoluir
Serginho: acho dispensável (ficaria com o Patrik Vieira, que é da base e ativo do Palmeiras e pode crescer)
André Luis: desnecessário, trinta e tantos anos e sem curriculo
Kardec: ótima contratacao
Kleber : displicente, também já foi tarde
Vilson: bom
Tiago Alves: pode acrescentar (bem melhor que o André Luis)
Felipe Menezes: está me surpreendendo positivamente
Charles, Léo Gago, Marcelo Oliveira: interrogacao

Contra o Atletico PR tudo pode acontecer. O nosso time mediano leva de lavada a série B. Mata-mata é imprevisivel. O Atlético também é time mediano. Vamos torcer (e sofrer com certeza). Na contra-mao da maioria dos comentaristas do site acho temerário escalar o Eguren como titular neste jogo: o cara há muito tempo nao joga. Deve estar sem ritmo de jogo e isso pode ser perigoso pois é um jogador de porte fisico avantajado, necessitando de mais tempo para atingir a mobilidade e a condicao ideal. Deveria ter sido escalado mais vezes antes desse jogo para melhorar sua condicao fisica. Eu entraria com o Márcio Araujo mesmo e faria figa para ele ter uma das suas boas apresentacoes no Palmeiras. O placar que eu torco: Palmeiras dois a zero.

GB é certeza de que fará alguma ou algumas merdas durante a partida. Idem Juninho Pampers.

Alguém viu a cara que o Márcio Araújo fez no terceiro gol do Palmeiras, o desgosto e indiferença que ele olhava enquanto todos os demais comemoravam. Vi a foto na página principal do Palmeiras no lance, quando passei o cursor sobre a matéria do “gol salvador” do Leandro.

http://www.lancenet.com.br/palmeiras/

Vi o jogo pela TV, os dois gols sofridos pelo Palmeiras foram feito do meio de campo e PERGUNTO? Cadê o Márcio Pereba que nessas horas não estava em seu devido LUGAR, nesses dois gols tinha um BURACO que os jogadores do Paysandu aproveitaram AAAAAAFFFFF!!! Isso não pode continuar. Os jogadores da defesa do Palmeiras estavam nesse jogo jogando de volantes PUTZ!!!!

Se por causa de uma amarelo o STJD se mobilizou, imagina por esta briga, e, as punições dadas no brasileirão de qualquer série podem ser cumpridas durante a copa do brasil… O Mendieta dá uma no queixo de alguém durante a confusão, jogador latino é foda, a confusão nem era com ele… rsrsrs…

Agora vai começar a COPA DO BRASIL, aí eu quero ver, se time é de SÉRIE-A ou de série-b. Para mim, o Palmeiras está fazendo o MÍNIMO para voltar a série-A, agora a Copa do Brasil É OBRIGAÇÃO DE GANHAR ESSE TÍTULO!!!!!

Depois de ontem agora acho que o Kleina vai perceber que a fórmula pra atropelar QUALQUER TIME dessa série B é atacar. Foi só abrir mão dos volantes que vimos o normal acontecer: o Palmeiras massacrou! Jogamos sem volantes e não sofremos nenhum ataque desde então. De hoje em diante passa a ser inaceitável termos 2 volantes junto com o Araujo (quem disse que ele é volante? aliás, quem disse que é jogador?).

Nos dois gols, quem deu o combate quase no meio de campo foram os zagueiros, pq. nossos queridos volantes ficavam parados olhando… Acho que viram os zagueiros subindo e deixaram a peteca com eles. Engraçado que isso deveria nem acontecer… Se acontece, é erro do Kleina que não deixa o M.Araújo no banco. Isso fica mais claro no segundo gol que o Gente boa só assiste.

Mario, todo mundo fala e viu o mesmo que vc. Se eu fosse oo presidente chegava no Kleina e enquadrava: “Gilsão, tá querendo me fxdxr? Te entrego um primeiro volante, nível seleção, e vc me enfia o Araújo improvisado? Acorda para vida, pô !” Acho que isso resolveria, dar uma de Juvenal e pronto. mas como não sou o presidente, reclamo aqui. Aproveito também para reivindicar um opção na lateral esquerda e um lateral direito, para ser reserva do Luis Felipe, pois não pretendo ter o desprazer de ver o wendel improvisado na posição.

Antes de sair o primeiro gol já estava xingando o cara, ele ficou que nem barata tonta sem saber se cobria o meio ou a lateral, daí o resultado óbvio: gol. Odeio falar mal de jogador, mesmo porque ali tem um ser humano com família, filhos, mas a verdade é que o cara só está sendo queimado nesta insistência sem fim de escalá-lo fora de posição.

Nota para o Bruno foi sensacional hahaha.
Tem que descer a porrada mesmo em quem é folgado.

O nr. 5 do Paysandu levou 3 socos na cara, um do Leandro, outro do Mendieta e um do Henrique.

Os comentários estão desativados.