Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 14-08-2013: Com fama de “chato”, COF aprova gestão mão-fechada de Nobre no Palmeiras ❘ Uol Esporte

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Com fama de “chato”, COF aprova gestão mão-fechada de Nobre no Palmeiras

Por Mauricio Duarte e Vanderlei Lima

Mesmo órgão que tratou de ser inflexível em relação aos gastos do Palmeiras no final da gestão de Arnaldo Tirone, o COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) está satisfeito com o econômico Paulo Nobre à frente clube.

Para Alberto Strufaldi, presidente do COF, o cartola tem o mérito de não cometer excessos com o caixa alviverde e de manter a dívida de R$ 150 milhões sob controle – segundo Strufaldi, o valor não diminui, mas ao menos não aumenta.



“Desde o início da gestão, o presidente Paulo Nobre mostrou boa vontade, o time B de futebol foi extinto e o futsal profissional também. Ele está se dedicando ao máximo, é uma situação difícil resolver as dívidas”, disse Strufaldi.

No final do mandato de Arnaldo Tirone, no início deste ano, o COF foi o responsável pelo controle de gastos do dirigente com o clube. Com esse poder, o grupo formado por 15 conselheiros fez jogo duro e não aprovou nenhuma proposta levada por Tirone em 2013. Dois exemplos foram a renovação contratual de Marcos Assunção e a contratação de Riquelme, ambos vetados pelos conselheiros.



O COF adquiriu a responsabilidade de controlar os gastos do clube com o consentimento do próprio Tirone no fim do ano passado. Dirigentes do clube chegaram a culpar o fato pela falta de reforços para 2013, quando o órgão passou a vetar os pedidos do ex-presidente.

Com o poder de veto, o órgão engessou qualquer atitude mais drástica de Tirone e ficou conhecido entre seus partidários como intransigentes, no sentido de buscar a responsabilidade fiscal dentro do clube alviverde.

Por isso, hoje eles comemoram o fato de a dívida não ter aumentado durante a nova gestão. Dívida essa que é composta de “encargos tributários e trabalhistas, além de utensílios”, segundo Strufaldi.

O veto foi estabelecido após o órgão considerar que vários pedidos feitos a Tirone não haviam sido atendidos e que a saúde financeira do clube estava sendo prejudicada.

Atualmente, Paulo Nobre não precisa pedir aval para fazer contratações como seu antecessor, por exemplo, mas precisa se reportar ao COF em uma reunião mensal.

Desde que saiu vitorioso das eleições presidenciais, Nobre estava ciente de que teria que apertar o cinto para não sofrer com a rígida regulamentação do COF. “Assumimos no ano de 2013 com 75% das verbas adiantadas, ou seja, no final de abril acabou o dinheiro. Agora, nós estamos dando nó em pingo d’água para não deixar a roda parar de girar”, resumiu em entrevista ao programa Esporte em Debate, da Rádio Bandeirantes.

Com a nova configuração do COF, inclusive, Mustafá Contursi voltou a ter poder no Palmeiras. O ex-presidente do clube foi colocado como membro de um grupo criado para regulamentar a gestão de Paulo Nobre. A função é inédita no clube, e foi avalizada por Nobre.

Mustafá deu apoio ao atual mandatário no período eleitoral. A decisão foi tomada em uma votação em abril. O grupo regulamentador conta também com Maurício Precivalle e Genaro Marino, dois vices de Nobre. O grupo de Mustafá tem acesso à previsão orçamentária de Nobre e trabalha em conjunto com o presidente. Contratações que excedem gastos programados precisam ser avalizadas.

ELEIÇÃO PARA O COF OCORREU NO INÍCIO DO ANO; TIRONE É MEMBRO NATO

A eleição de 15 integrantes do COF (Conselho de Organização e Fiscalização) do Palmeiras para o biênio 2013-2014 resultou em divisão de poderes no clube. Oito integrantes são apoiadores do novo presidente Paulo Nobre, enquanto sete já formam a oposição alviverde no conselho.

Sete integrantes já faziam parte do órgão durante a gestão de Arnaldo Tirone, incluindo o presidente Alberto Strufaldi.

Isso significa que o COF tem oito novos conselheiros no poder.

Os membros eleitos do COF são Savério Orlandi, Francisco Gervásio Primo, Alberto Strufaldi Neto, Carlos Affonso Della Monica, Renato Casanova, Sérgio Moysés, Manoel Dantas Pinheiro Filho, Norberto Maurício Liotti, Antonio Sérgio Orciuolo, Mário Kaminski, Ademir Geová da Silva, Luiz Carlos Granieri, Sérgio Roberto Granieri, Luiz Bertanha Filho e Caetano Fortino Neto.



Além dos 15 integrantes eleitos, o COF do Palmeiras é formado pelos ex-presidentes do clube Affonso Della Monica, Carlos Bernardo Facchina, Luiz Gonzaga Belluzzo, Mustafá Contursi e Arnaldo Tirone.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Gilson Kleina enche a bola do elenco e festeja invencibilidade na Série B

Por Marcelo Hazan

Além da vitória por 1 a 0, resultado que deixou o Palmeiras ainda mais isolado na liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, com 37 pontos, o técnico Gilson Kleina exaltou a força do elenco após a partida desta terça, contra o Joinville, pela 15ª rodada da competição. Mesmo com desfalques importantes (Valdivia e Alan Kardec, suspensos), o time fez boa partida, alcançou mais um resultado positivo e está cada vez mais perto do seu principal objetivo, que é estar na Série A em 2014.

– A vitória é importante, mas preciso ressaltar a força do elenco. O grupo que estamos formando é de muita qualidade e consistente. Basta observar que não tivemos o Valdivia e entrou o Mendieta. Quando o Mendieta machucou, usamos o Felipe Menezes, que é um articulador e fez uma boa partida. Com isso, o padrão técnico da equipe não cai – elogiou o treinador.

Para Kleina, o jogo desta terça-feira não foi bonito tecnicamente, principalmente por causa do estado ruim do gramado em Joinville.

– As duas equipes não finalizaram muito. O gramado não propicia isso. Erramos ao tentar tocar muito a bola. Faltou arriscar mais o chute. Procuramos não dar espaços a eles e conseguimos. Estamos vindo de uma sequência desgastante e todos se esforçaram muito para alcançarmos mais um resultado importante – ressaltou.

Com o triunfo em Santa Catarina, o alviverde completou sua décima partida de invencibilidade na temporada – foi a quinta vitória consecutiva.

– Essa sequência mostra tudo que estamos trabalhando, que estamos lutando por um objetivo maior. Não é fácil chegar na 15ª rodada com a quantidade de pontos que fizemos. Mas não podemos perder o foco. No sábado, já temos um jogo importante e precisamos da vitória – disse o técnico, referindo-se ao duelo contra o Paysandu, às 16h20m, no Pacaembu.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Wesley joga para “batata não assar” e deixa diretoria decidir futuro

Nessa terça-feira, pela segunda vez Wesley teve que entrar em campo preocupado em ignorar as negociações com o Atlético-MG. O volante, que fez o gol da vitória por 2 a 1 sobre o Paraná no fim de semana e atuou no 1 a 0 sobre o Joinville, garante que se mantém à parte das conversas, ao mesmo tempo em que pede para a diretoria definir se ele sairá do Palmeiras.

“Está na mão da diretoria resolver”, disse o camisa 11, que confia em seus representantes para acompanhar as conversas. Por enquanto, o acerto está emperrado pela questão financeira, principalmente atrativo para o Verdão. O diretor executivo José Carlos Brunoro já disse que só dinheiro faria o clube abrir mão do meio-campista.

E o jogador se esforça para evitar qualquer prejuízo em campo da discussão sobre seu futuro. “Se eu não esquecer, a batata assa”, sorriu. “Estou com a cabeça tranquila, não muda nada para mim. Continuo tranquilo, fazendo o que mais amo: jogar futebol”, prosseguiu.

Publicamente, o atleta não se posiciona sobre as tratativas, sem dar pistas se aprova ou não a troca de clube em meio à sua melhor fase no líder da Série B do Brasileiro. “Fico muito feliz pelo interesse, assim como estou muito feliz aqui, já adaptado ao Palmeiras”, desconversou.

A saída de Wesley já tem o aval de Gilson Kleina, mas há um impasse entre os dirigentes. Ser emprestado até o fim do ano não interessa ao volante, assim como o Verdão descarta repassá-lo por mais tempo, já que, daqui um ano, ele poderá assinar pré-contrato e sair de graça ao final do vínculo atual, no começo de 2015.

A alternativa de pedir cerca de R$ 6 milhões ao Galo – quase R$ 5 milhões da última parcela para o Werder Bremen e mais de R$ 500 mil em dívidas com o jogador – não é mais considerada porque o presidente Paulo Nobre, do Verdão, foi pressionado a cobrar, ao menos, R$ 7 milhões para liberá-lo em definitivo, já que não cumpriu ainda nem metade de seus três anos de contrato, passou seis meses machucado e custou cerca de R$ 14 milhões.

“O futuro a Deus pertence. Vou para casa como jogador do Palmeiras de novo”, afirmou Wesley, que tem o apoio da torcida pela sua permanência. Foi criado o site www.ficawesley.com.br, que exibe os três gols marcados por ele em 41 jogos pelo clube e tem uma página no Facebookna qual mais de 10 mil pessoas concordam com sua sequência no Verdão.

“Fico feliz, é algo de grande importância. Tive um 2012 complicado, mas, devagarzinho, com a ajuda dos meus companheiros, estou em boa forma. O site é um sinal de que meu trabalho está sendo bem reconhecido. Agradeço e espero evoluir ainda mais”, comentou Wesley.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Brunoro diz que Palmeiras não quer ‘se livrar’ de Wesley

O diretor-executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, disse na noite desta terça-feira que o desejo do clube não é “se livrar” do volante Wesley. O jogador está na mira do Atlético-MG e sua saída por empréstimo diminuiria consideravelmente a folha salarial do elenco, medida considerada urgente pelo presidente Paulo Nobre.

– A situação é a seguinte: o Wesley é um jogador importante, um ativo importante para o clube. Na medida que vem sondagem, passa a impressão de que queremos nos livrar do jogador. Não é essa a ideia. Se vier uma proposta boa para ele ou para qualquer outro jogador, ótimo. Se não, ele continua aqui – disse o dirigente.

O técnico Gilson Kleina já conversou com o jogador sobre a possibilidade de saída e afirmou que pode suprir a baixa com peças que já estão no grupo. Wesley diz que está focado no Palmeiras, mas não esconde que não sabe o seu futuro.

Ele vive boa fase e já marcou três gols nesta Série B, contra ABC-RN, Icasa e Paraná.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Kleina irá se reunir com médicos para entender situação de Valdivia

Cortado do amistoso entre Chile e Iraque por conta de dores na coxa direita, Valdivia será assunto nesta quarta, em reunião entre o técnico Gilson Kleina e os médicos do Palmeiras. O armador foi cortado na terça, dia do confronto com o Joinville, e o comandante preferiu não discutir a situação do Mago, alegando apenas foco no jogo, vencido pelo Verdão, por 1 a 0.

– Nós marcamos uma reunião para amanhã (quarta) com o departamento médico para esclarecer bem. Vamos ter tranquilidade para analisar. Não queria discutir isto hoje (terça) e amanhã vamos falar sobre isto com calma – explicou, ainda em Joinville.

Parte de um rodízio criado junto da comissão técnica para evitar novas lesões musculares (o meia ficou 114 dias fora por conta de uma contusão também na coxa direita, antes de voltar contra o Oeste), Valdivia tem recebido um tratamento diferente na Academia.

O jogador alterna trabalhos com o elenco, e de fortalecimento durante os intervalos de jogos, e não será utilizado em todas as partidas – ele foi poupado contra o Icasa, quando entrou no segundo tempo, São Caetano, partida para a qual nem foi relacionado, e não deve pegar o Paysandu, no sábado. O chileno chega nesta sexta ao Brasil, quando será reavaliado pelo corpo médico alviverde.

Após participar da vitória sobre o Paraná, sábado, o Mago seguiu viagem para a Dinamarca, se apresentou ao técnico Jorge Sampaoli e no treino com a seleção sentiu dores. Após realizar um exame, não foi constatada lesão, mas há uma inflamação no local. Para Kleina, não houve erro no tratamento de Valdivia, que participou de sete, das nove partidas feitas pelo time após a Copa das Confederações.

– Não acredito que houve erro. Ele saiu (do jogo com o Paraná) super normal, e depois do banho eu me despedi dele, desejei várias palavras de incentivo para o jogo. Vi ele normal, com os filhos. Tanto que só hoje (terça) me avisaram e falei aos profissionais para deixar isto para quarta. Conhecemos bem o Valdivia e tenho certeza que a comissão técnica de lá também tem cuidado com ele, mas prefiro aguardar a reunião para estar mais respaldado – completou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Valdivia deve ficar de fora do jogo contra o Paysandu

O meia Valdivia, do Palmeiras, deve ficar de fora do jogo deste sábado contra o Paysandu, em São Paulo, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador está na Dinamarca junto com a seleção do Chile, que enfrenta o Iraque em amistoso nesta quarta, e somente na sexta, quando retornar ao Brasil, será examinado pelos médicos do clube.

Nesta terça, o técnico do Chile, Jorge Sampaoli, afirmou que não escalaria o meia na partida porque Valdivia desembarcou em Copenhague com fadiga muscular e uma lesão na coxa direita.

“Temos de recebê-lo e fazer uma reavaliação, mas dificilmente ele vai jogar no sábado”, explicou o médico do Palmeiras, Otávio Vilhena, em entrevista ao canal SporTV. A comissão técnica também está preocupada com a presença do chileno na estreia do time da Copa do Brasil, marcada para próximo dia 21 diante do Atlético Paranaense, no Pacaembu.

A comissão técnica da seleção do Chile afirmou que Valdivia já se apresentou machucado, o que o Palmeiras nega. Segundo o médico do clube, o trabalho de recuperação muscular após o jogo contra o Paraná foi feito de forma correta, porém o que pode ter atrapalhado foi a longa viagem até a Dinamarca.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Palmeiras, a vitória do sangue na veia

No caldeirão da Arena Joinville e com muita chuva, jogar desta maneira era preciso. E foi o que fez o Palmeiras, com raça e o chamado sangue na veia, para derrotar o Joinville por 1 a 0 (gol de Mendieta, aos cinco minutos de partida) e, além de seguir na liderança, abrir confortáveis doze pontos do quinto colocado, insinuando que a volta à Série A é só uma questão de tempo.

Quanto ao gol de Mendieta, de joelho e contestado, revi o lance pelo menos cinco vezes e não consegui detectar o suposto empurrãozinho que o paraguaio teria dado em Carlos Alberto antes de escorar a bola alçada por Juninho. Pode ser até que tenha existido só que, simplesmente, não vi.

Depois, foi um tal de o Joinville se lançar ao ataque – sem, no entanto, ameaçar o bom goleiro Fernando Prass- e de o Palmeiras preferir o contragolpe que lhe deu chances claras de gol, sendo que uma delas, Wesley (o melhor do time) desperdiçou por tirar demais do goleiro, após receber oportuno passe de Leandro.

Contratempos, porém, não faltaram ao Palmeiras nesta noite de terça-feira. Depois de receber a notícia de que Valdivia está novamente com problemas muscular, durante o jogo o time perdeu Mendieta e Leandro (machucados), assim como perderá Ananias (terceiro cartão amarelo) deixando no ar um mistério: com quais jogadores entrará em campo no próximo jogo?

Ainda assim, por três motivos, estará o Palmeiras ungido pela sorte e pelos deuses do Olimpo: o adversário será o Paissandu, Alan Kardec deverá voltar o meia Felipe Menezes foi uma grata surpresa, capaz de amenizar as ausências de Valdivia e Mendieta. São motivos razoáveis, pois não?

Agora para o jogo pela Copa do Brasil, na próxima semana, diante do embalado Atlético Paranaense, a conversa pode ser outra e ganhar contornos mais dramáticos. Como a primeira partida será no Pacaembu, esse mata-mata sugere que a disputa seja decidida em casa.

Mas ainda há tempo para se pensar nessa história.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• E a torcida do Palmeiras pede Wesley

Muitos palmeirenses pedem a permanência de Wesley, pretendido pelo Atlético Mineiro. Um grupo de palestrinos criou até um site- o “Fica Wesley”- que, ao que consta, está contando com grande repercussão. Trata-se de uma reação lógica: o volante voltou a jogar bem, a equipe mantém boa campanha na Série B e tem pela frente a Copa do Brasil.

Mais do que isso, além de não mexer no que vem dando certo, a torcida do Palmeiras sonha com time forte para o ano que vem, o do Centenário, quando o mínimo que se pode pretender como receita de sucesso é a formação da chamada espinha dorsal:

Fernando Prass, Vilson, Henrique, Wesley, Mendieta Valdivia, Leandro e Alan Kardec.

Este é bê-á-bá de uma equipe- o goleiro, a zaga central, o meio- campo, a dupla de atacantes.

Ah, e o êxito em angariar receitas (não seria missão para o profissionalizado departamento de marketing?) para que o futebol do Palmeiras volte mesmo a ser grande.

Não parece óbvio?

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

BLOG DO VITOR BIRNER

• Espero que a hipocrisia seja derrotada: Aloísio e Valdívia não podem ser condenados

Há são-paulinos condenando Aloísio porque usou a mão ao invés do cérebro no último lance do jogo contra a Portuguesa.
Lamento.

O atacante joga no seu limite do esforço. Está longe de mostrar futebol digno de elogios pela técnica, mas respeita como poucos a camisa do São Paulo.

Luis Fabiano é ídolo de boa parte da torcida e não faz isto. Aliás, apesar dos mimos e aumento, ajudou bem menos o time, desde a sua volta, que o ‘Boi Bandido’.

Condenar Aloísio por causa do erro diante da Lusa, ou mesmo ficar de olho nele para persegui-los com vaias caso cometa outra falha, será um desrespeito com quem bota o coração na ponta da chuteira  para defender aquilo que esses torcedores dizem amar.

Vai beirar a hipocrisia.

E por falar nela, o ato de julgar o Valdívia, se o STJD decidir fazê-lo, será outro digno de críticas.

O chileno retardou a saída de campo, enrolou, levou o árbitro a mostrar o cartão amarelo, deu risadas assim que conseguiu ser punido e admitiu publicamente qual era a sua intenção.

Todo mundo sabe que jogadores forçam o terceiro o cartão amarelo quando são convocados, tal qual aconteceu com o chileno, e vão desfalcar suas equipes, ou se as mesmas estão classificadas à fase decisiva de uma competição de mata-mata, pois assim entram ‘zerados’ nelas.

Valdívia deveria ter feito cara de triste e ficado em silêncio?

O problema foi ter forçado o cartão ou a falta de hipocrisia?

Se o STJD realmente decidir julgá-lo (artigo 258 do CBJD,  Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva), será pela sinceridade, não por causa do ato.

Leandro Iamin, ontem, no programa “Titulares” da Central 3, questionou: “Se tivesse dado uma botinada no adversário seria julgado”?

A resposta, todos que conhecem o futebol sabem, é “não”.

O Palmeiras vai subir com ou sem a punição ao atleta.

Para o bem do próprio esporte, o episódio sequer deve ser apreciado pelo STJD.

E se for, espero que os auditores no tribunal absolvam o palestrino, tal qual os são-paulinos, em suas mentes e corações, devem fazer com Aloísio

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO VITOR BIRNER

••

BLOG DO BENJAMIN BACK ❘ LANCENET

• Agora é pensar no centenário… 2014!

Contra o Joinvile, o Palmeiras conseguiu sua quinta vitória consecutiva na Série B!

Ok, não fez nada mais do que a sua obrigação, afinal, trata-se de um time grande que disputa pela segunda vez a segunda divisão, porém, tanto esse atual elenco quanto a nova diretoria não tem culpa disso.

Sim, ainda tem muito campeonato pela frente, no entanto, além da diferença de 12 pontos do Verdão para o quinto colocado na tabela, o América-MG, a equipe do Gilson Kleina finalmente respira aliviada!

O ambiente político do clube aparentemente vive dias de tranquilidade, Valdívia aos poucos voltou a jogar bola e os reflexos são vistos dentro de campo.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO BENJAMIN BACK ❘ LANCENET

••

COLUNA DO ANTERO GRECO ❘ O ESTADO DE S.PAULO

• Valdivia, sempre ele

O Valdivia é o tipo de sujeito que não passa em branco. Titular absoluto da categoria de boleiros que viram assunto sempre, até quando não jogam – ou principalmente em tais ocasiões. Agora, por exemplo, está quieto com a seleção do Chile, que faz amistoso hoje com o Iraque, lá na Dinamarca, e não sai do noticiário por aqui. O motivo mais recente para colocá-lo em evidência surgiu no instante em que recebeu o terceiro amarelo no jogo em que o Palmeiras ganhou do Paraná, sábado, pela Série B nacional.

Só para clarear algum distraído, reconto o caso. No fim de semana, o rapaz forçou a advertência, que o levou à suspensão automática e, por consequência, o tirou da partida de ontem com o Joinville, em Santa Catarina. Era o que pretendia, pois não entraria mesmo em campo por estas bandas impedido pelo compromisso com o país dele. Tratou de ser prático, como virou praxe para adequar-se ao calendário.

Aliás, só aqui acontece dessas: tem data Fifa, a seleção se apresenta em nova etapa de preparação para o Mundial, mas as competições não param. Clubes e jogadores se viram do jeito que dá, para completarem as tarefas, e não há cobrança para a CBF. Os dirigentes focam (chique, né?) na amarelinha.

Valdivia, no entanto, cometeu erros. O mais grave de todos foi o de abrir o bico: em entrevista ao SporTV, durante a semana, admitiu que tentaria a punição, para voltar zerado. Ao conseguir a reprimenda – enrolou para deixar o gramado ao ser substituído -, mostrou aquele sorrisão de satisfação. Só faltou cumprimentar o árbitro camarada.

Na sequência, o presidente do tribunal esportivo soube da malandragem e acenou com a possibilidade de denúncia, julgamento e pena severa. O crime do moço? Conduta antidesportiva, ora pois! Trata-se de acinte revoltante.

Valdivia pode pegar gancho de até 10 rodadas, castigo raramente imposto a atletas que descem a botina ou o braço e dão cusparadas nos adversários.

Valdivia pecou pela sinceridade (e presunção). Tarimbado como é, não entendeu ainda que em sociedade a hipocrisia tem mais aceitação do que a verdade. Pode simular pênalti, pode fingir que levou canelada, pode fazer cera, pode enganar o árbitro de muitas maneiras. Só não pode avisar antes.

O episódio provocou até comentário no mínimo curioso. Emerson Sheik disse pra turma do Bem, amigos, na noite de segunda-feira, que Valdivia não teve comportamento profissional correto. Gostaria de saber do astro do Corinthians o que pensa sobre morder a mão de zagueiro em decisão de campeonato. Ele tem experiência no assunto.

E, ironia final: Valdivia será poupado do amistoso de hoje por “fadiga muscular”. Eu não disse no início da crônica que o chileninho não sai de cena?

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Ficha suja

A crítica de Emerson Sheik a Valdivia pelo cartão amarelo não foi bem-aceita no Palmeiras. “Legal é adulterar a idade, ter problema com importação de carros e morder a mão de um adversário”, respondeu um titular do Verdão.

• TV Palmeiras

O departamento de marketing alviverde começou a trabalhar no projeto de criação de um canal próprio para o Palmeiras. A intenção é levá-lo ao ar já na próxima temporada.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

BLOG DO ALEX MÜLLER → Expectativa por Valdívia
 
COLUNA DO HUMBERTO PERON – FOLHA ONLINE → Feliz, mas muito longe de estar satisfeito
 
GLOBO ESPORTE COM → Após voo divertido, Verdão chega a São Paulo e já pensa no Paysandu
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Vídeo: Mendieta marca seu primeiro gol e Palmeiras vence o Joinville
 
JP ONLINE → Após bater Joinville, Kleina celebra efetividade e vitória segura da equipe
 
BAND ESPORTE → Palmeiras bate Joinville e soma 10 jogos seguidos sem derrota
 
BAND ESPORTE → Brunoro diz que Palmeiras não quer ‘se livrar’ de Wesley
 
ESTADÃO ONLINE → Kleina exalta consistência e vê Palmeiras maduro
 
FOLHA ONLINE → Com jejum de gols, artilheiro Leandro vive pior fase no Palmeiras
 
UOL ESPORTE → Palmeiras se desfaz de 60% do elenco rebaixado e embala na Série B do Brasileiro
 
UOL ESPORTE → Kleina marca reunião com médicos do Palmeiras para entender lesão de Valdivia
 
GLOBO ESPORTE COM → Charles lembra dias de engraxate no aeroporto em Santa Catarina
 
GLOBO ESPORTE → Luis Felipe cita falta de chances no passado e agradece a Kleina
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Após problemas em Joinville, Verdão deve escalar reservas no sábado
 
ESPN BRASIL → Nova lesão de Valdivia cria mal-estar, e Palmeiras discute se houve erro com jogador
 
FOLHA ONLINE → Desgaste físico dos jogadores preocupa Gilson Kleina
 
LANCENET → Cansaço de Leandro preocupa mais do que seu jejum de gols no Palmeiras
 
LANCENET → Palmeiras deve definir empréstimo de mais um jovem nos próximos dias
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Wesley não se incomoda com vitória magra: “Não jogamos para brilhar”
 
ESPN BRASIL → Rubens Sampaio, médico do Palmeiras, fala sobre situação de Valdivia
 
GLOBO ESPORTE COM → Kleina perde Ananias e não sabe se terá Mendieta e Leandro no sábado
 
SPORTV → Melhores Momentos de Joinville 0x1 Palmeiras, pela 14ª rodada do Brasileirão Série B

••

20 respostas em “Verdão na Mídia 14-08-2013: Com fama de “chato”, COF aprova gestão mão-fechada de Nobre no Palmeiras ❘ Uol Esporte”

É por isso que eu sempre digo e falo : QUEM MANDA NO PALMEIRAS DIRETAMENTE E INDIRETAMENTE É O MUSGAMBÁ O RESTO É TUDO MARIONETE OU FANTOCHE; eu sempre falo naquela frase : TUDO NO PALMEIRAS TEM QUE PEDIR PERMISSÃO AO MUSGAMBÁ. Enquanto esse câncer do musgambá estiver vivo, o Palmeiras nunca vai ser restruturado definitivamente, TIRONE MEMBRO NATO….MUMU MEMBRO NATO….os velhos e carcamanos caciques continuam mandando no clube. Será que nós Palmeirenses vamos nos livrar da imfluência do mumu só em 2020 ????? Agora falando na TV PALMEIRAS é uma ÓTIMA para o Palmeirenses, porém, falando em nessa atual marketing no clube, eu só acredito vendo e olha lá.

Boa dia Harley, sempre lucido e direto, parabéns, lembrando a você que temos na gestão atual muitos membros que não aceitam criticas mesmo construtivas , pelo fato de serem adestrados cães de guarda da figura luciferiana de MUMU, o maldito, desta forma ate no “inofensivo ´´, la nostra casa, há monitoramento, pois Junior Gottardi, é sem duvida uma figura que mantem lealdade direta aos mesmos que sempre estarão na poder , não importa que tenha o cedro no feudo alviverde!

Faltam 521 adesões para chegarmos a 30mil Sócios Avanti.
Torcida Que Canta e Vibra.

Pagaram uma fortuna pelo Wesley e fizeram a burrada de contrato de apenas 3 anos, no meio do ano que vem ele pode assinar pré contrato e sair de graça!!!!! Devemos ainda uma parcela e quem pagou a primeira foi investidor!!!!! Tem que vender se não é mais prejuízo…….vai sair de graça, tem que pagar a terceira parcela e pagar o investidor que pagou a primeira!!!!! Criticar é fácil………o prejuízo de 5 milhões vai virar o dobro!!!!!
O CEO BRUNORO realmente não manja nada de futebol o Mago foi para a seleção por que a nova diretoria recuperou o cara, seu substituto Mendieta muito bom jogador, sai o paraguaio entra o Felipe Menezes também bom jogador!!!!!!!!
– Time bem faz a torcida ir nos jogos e aumentar o Avanti já temos quase 30 mil…..
– extinção do time B……
– Parada do meio de ano trouxe Mendieta, Alan Kardec, Felipe Menezes e Eguren, muito time da série A não contratou com essa qualidade…..
– Nosso Presidente já pegou vários empréstimos em seu nome………
– Melhoria da imagem e comunicação do clube…………..
– Investimentos na base, marketing, etc………….
Para quem reclama de patrocínios, montou o depto agora porque nunca existiu isso no clube…….só os desavisados que acham que resultados vem a curto prazo…..isso não existe………..experimenta montar um depto novo em uma empresa……………..
Muitos associam o Nobre com o Sapo Boi, dúvido que o sapo fizesse 10% disso………………
Para encerrar muitos criticaram a negociação Barcos,sempre achei excelente……….veio o Vilson e todos disseram que ele já viria, ok…………..aí me pergunto o cara jogou no Vasco e Grêmio poderia facilmente escolher um time da série A…..ele joga tranquilo no Botafogo, Cruzeiro, Inter, Bambis só para citar alguns……………….ponto para a diretoria que trouxe esse excelente zagueiro………….
Minha posição sempre foi apoiar o Presidente que entra como comemorei muito quando o Prof. Belluzzo entrou e apoiei até o B1………………..
Posso julgar lá no fim do mandato,agora não!!!!!!!

Faltam 565 Palmeirenses se associarem ao Avanti para chegarmos a marca de 30.000 Sócios Torcedores.
Vamos lá…incentive os Palmeirenses do seu circulo social a aderirem a reconstrução do Palmeiras.
Torcida que Canta e Vibra.

O Marco Antonio do Grêmio foi para o Atlético Paranaense. O cara é bom jogador, PODERIA TER SIDO O 5o. JOGADOR da famosa transação.
Outro bom jogador de lá é oz agueiro Manoel. É só mandarmos uma baciada do que ainda temos em troca e trazemos os dois.
OLHOS nele CEO BRUNORO.

Devagar o Palmeiras sai dessa draga, não há mal que dure para sempre (essa regra não vale para o MusGAMBÁ).

Que alívio saber que o Musgambá é quem controla as finanças, não termos time para disputar títulos mas a conta de padaria nunca gera dívidas futuras, quem quer saber de títulos? Eu me preocupo apenas com a !saúde financeira”!
Que alívio (2) saber que o Brunóquio só negocia em caso de BOA proposta, só resta saber o que significa o termo para a diretoria, eu arrisco uns 3 ou 4 empréstimos de reservas ou encostados até o fim do ano em troca do Wesley em definitivo. Baita negócio!

cara eu tava pensando em uma TV Palmeiras semana passada sera que eles sabem ler mentes?kkkkkkkkkkkkkkkkkkk mesmo assim se for verdade ponto para o marketing

Outra coisa: contratar o Wesley ao preço que contrataram foi um absurdo. Vendê-lo agora, no momento em que começa a restituir alguma coisa do que foi pago por ele, é um absurdo maior ainda. O Palmeiras terá feito uma dívida pra nada. Chega de pagar caro e vender barato. Como um clube que faz isso sistematicamente pode conseguir algum respeito dos adversários? Pior, como um clube que faz isso pretende se livrar das dívidas? Impossível.

mais quem pagou caro foi tirone a contratacao mais cara do paulo nobre foi R$4 milhoes para Mendieta que na minha opiniao joga muito mais que Ganso,Montillo etc que tem valor estipulado em R$20 milhoes

Ei Paulo Nobre, é brincadeira hien …. Porra quer economizar?? Vai vender o Wesley?? Fácil, rescinde o contrato de BRUNO, MÁRCIO ARAÚJO, WENDEL, ANDRÉ LUIZ, PATRICK, JUNINHO E mais uns 10 e fica com o Wesley. Porra tá sofrendo de Mustaphite caralho??? Gilson Kleina pega o Márcio Araújo e leva para você. Ei Mustaphá Maldito, vai ….
Esse Tirone ainda tem coragem de frequentar o Palestra ainda, esse …..

Por isso que eu falo que o tempo é o senhor da razão. O Paulo Nobre, que parece ser um cara bem intencionado, começa a apresentar bons resultados dentro e fora de campo. As vezes é bom esperar para reclamar.

“Na medida que vem sondagem, passa a impressão de que queremos nos livrar do jogador. Não é essa a ideia. Se vier uma proposta boa para ele ou para qualquer outro jogador, ótimo. Se não, ele continua aqui – disse o dirigente.” Não, não. Eles não querem se livrar do Wesley. Mas se alguém vier com uma boa proposta, ele será vendido (não farão qualquer esforço para segurá-lo). Só faltou colocar a placa: jogador à venda – aceitamos propostas!

Bom, eu também não vi o empurrão do Mendieta no gol de ontem. Prestei atenção e no momento da conclusão ele aparece sozinho. Só se foi antes (só vi o gol e nos vários ângulos mostrados, ele está sozinho em todos).

Excelente matéria do Antero! O fato de o Valdívia estar sempre na mídia, mesmo sem querer, só prova que ele é um astro, para o bem e para o mal. E isso gera inveja. Mas pelo menos a mídia, tirando os babacas de sempre que nem merecem ter o nome citado, está tratando o caso como se deve: uma hipocrisia sem fim do STJD. Se o Valdívia fosse do SCCP estariam rindo com ele da esperteza que demonstrou no lance.

Os comentários estão desativados.