Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 27-08-2013: Nobre confirma empréstimo ao clube, mas promete pagar antes de sair ❘ Lancenet

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Nobre confirma empréstimo ao clube, mas promete pagar antes de sair

Por Fellipe Lucena

O presidente Paulo Nobre não esconde que tirou dinheiro do próprio bolso para reforçar o caixa do Palmeiras, mas garante que não deixará a dívida para o próximo mandatário. Segundo ele, a medida foi emergencial e o clube não pode virar “refém de dirigente”.

– O Palmeiras não pode ser refém de dirigente. Tem que entrar e sair presidente e as pessoas nem perceberem. Era um compromisso de campanha não colocar esforços próprios meus, mas foi necessário. Vou devolver tudo antes de sair da presidência. O Palmeiras vai andar com suas próprias pernas – disse Nobre, durante a festa de 99 anos do Verdão, nessa segunda, em São Paulo.

O clube está sem patrocinador master desde a saída da Kia Motors, após o Paulistão desta temporada. A intenção é fechar um acordo válido já para o ano que vem, quando o centenário será comemorado. O presidente, que costuma dizer que há conversas com mais de uma empresa, espera uma resolução rápida.

– Os patrocínios vão acontecer de forma natural. É muito difícil conseguir um patrocínio do tamanho do que queremos, mas acreditamos que nos próximos meses aconteça. Não só o patrocínio. O programa de sócio-torcedor vai ser uma receita super importante. E temos que ter criatividade para criar novas fontes e cortar os gastos que forem possíveis – acrescentou.

– Estamos plantando uma semente de profissionalização. A gente está dando um outro ritmo à maneira de administrar o clube, acreditamos que seja a maneira correta de colocar o Palmeiras nos trilhos – completou Nobre.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Paulo Nobre admite que fez empréstimo pessoal ao Palmeiras

Por Daniel Batista

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, admitiu durante a festa de celebração dos 99 anos do clube, realizada na noite desta segunda-feira, que não conseguiu cumprir com uma promessa de campanha dada no início do ano. O dirigente havia dito que não iria emprestar dinheiro para a instituição, mas teve que mudar de ideia.

“Um dos meus compromissos de campanha era não colocar esforços próprios, mas infelizmente foi necessário para contornar a situação”, disse o dirigente, que não quis revelar a quantia emprestada para o Palmeiras, mas assegurou que vai receber o valor antes do fim de seu mandato.
“Está sendo feito o planejamento para que eu receba absolutamente tudo antes de sair. O Palmeiras vai andar com as próprias pernas”, assegurou o dirigente.

Nobre ainda reafirmou que sua intenção é evitar que o clube se torne dependente de algum dirigente, como já aconteceu no passado, e também com outros clubes brasileiros. “O Palmeiras não pode, em hipótese alguma, ser refém de algum dirigente. Tem que entrar e sair presidente e as pessoas nem perceberem.”

A festa para celebrar os 99 anos do Palmeiras foi realizada em uma casa de eventos na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo, e contou com a presença de vários ex-jogadores, como Evair, e também de políticos. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o ministro do Esporte, Aldo Rebello, e o presidente da CBF, José Maria Marin, foram alguns que marcaram presença no local.

Como o atual elenco está concentrado para a partida contra o Atlético-PR, nesta quarta-feira, em Curitiba, pela Copa do Brasil, e treinará na manhã desta terça, apenas o zagueiro Henrique fez uma aparição rápida na festa entre os jogadores do time. O técnico Gilson Kleina também ficou apenas alguns minutos no local.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Marketing ‘começa’ centenário do Verdão sem patrocínio nem relógio

Por William Correia

Quando assumiram o departamento de marketing do Palmeiras, há mais de cinco meses, Paulo Gregoraci e Marcelo Giannubilo prometeram inovar com ações visando o centenário do clube na comemoração do 99º aniversário. Mas a data foi celebrada nessa segunda-feira com o time quase sem patrocinadores em seu uniforme e nem o início de uma contagem para a celebração dos 100 anos de fundação do Verdão.

O relógio progressivo começaria com 99 anos, 0 meses, 0 dias, 0 horas, 0 minutos e 0 segundos às 23 horas (de Brasília) dessa segunda-feira, horário no qual, segundo registros, o Palestra Itália foi fundado em 26 de agosto de 1914. Mas um relógio de grandes proporções, que deverá ficar em frente à sede social do clube, não ficou pronto a tempo.

Durante a festa oficial do aniversário palmeirense, foi anunciado o início da contagem, e vídeos dos principais jogos da história do clube eram exibidos durante o evento com o exato momento de vida do Verdão durante as conquistas. Mas nem o site oficial conseguiu cumprir a promessa da contagem durante a primeira madrugada do clube com 99 anos de fundação.

E segue uma apreensão ainda não resolvida no marketing do Verdão: os patrocínios na camisa. Por enquanto, o clube conta apenas com a marca da TIM em seus números, como todos os outros grandes do País. O time já aceitou receber menos da Kia no início do ano e disputa a Série B do Brasileiro sem nenhuma empresa pagando para estar nos peitos, nas costas e nas mangas de seu uniforme.

A meta de um valor equivalente a R$ 30 milhões anuais já foi deixada de lado. E se admite conseguir um patrocinador somente no próximo ano, exatamente quando se celebra o centenário. A explicação segue sendo a dificuldade em conseguir interessados que arquem com o que o Palmeiras pede, já que “as grandes empresas fecham seus orçamentos anuais em setembro ou outubro do ano anterior”.

“Os patrocínios vão acontecer de forma natural. É muito difícil você conseguir em fevereiro ou março um patrocínio do tamanho da Sociedade Esportiva Palmeiras porque as empresas não têm capital para isso. Mas acreditamos piamente que, dado ao trabalho muito sério do departamento de marketing, que agora, nos próximos meses, o patrocínio aconteça de forma natural”, disse o presidente Paulo Nobre.

Por enquanto, a grande evolução do marketing tem sido o aumento de sócios-torcedores – eram cerca de 8 mil quando Nobre assumiu, há sete meses, e já são quase 30 mil no momento. Embora a rapidez na ampliação do quadro de membros do Avanti tenha diminuído nos últimos tempos, ainda se acredita no clube que será possível atingir 40 mil adeptos até o fim do ano.

A partir desta semana, os planos foram remodelados, com mensalidades que vão de R$ 9,99 a R$ 599,99, a possibilidade de inclusão de dependentes, descontos na compra de ingressos, “milhagens” na aquisição de produtos credenciados ou a presença nos jogos e outras vantagens para incrementar o que tem sido um dos fatores de orgulho na administração de Paulo Nobre.

“O sócio-torcedor será uma receita superimportante para o Palmeiras sair desse problema financeiro de hoje em dia. E precisaremos de criatividade para criar novas fontes de receita e cortar todos os custos possíveis, desde que o futebol não perca competitividade e o clube social não pare”, indicou o dirigente.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Palmeiras reformula programa de sócio-torcedor

A diretoria do Palmeiras anunciou uma reformulação no Avanti, programa de sócio-torcedor, que passa a valer a partir desta terça-feira, dia seguinte ao aniversário de 99 anos do clube, quando as modificações foram reveladas. As alterações incluem a criação de três novos planos – Esmeralda, Diamante e Bronze.

Através de um ranking, os sócio-torcedores que mais comprarem ingressos e forem ao estádio terão prioridade na pré-venda das entradas para os jogos do Palmeiras. Além disso, todos os planos oferecem agora a possibilidade de os titulares incluírem dependentes.

O Avanti também passará a funcionar como um clube de vantagens que oferecerá, além de descontos em empresas credenciadas, experiências como conhecer os ídolos do time e as instalações do Palmeiras.

Foram criados dois planos Premium. O Diamante, por R$ 599,99, garante ingresso de forma gratuita para a cadeira azul do Pacaembu. Nesse plano, o titular pode ter dois dependentes sem custos, com ingresso garantido para a Cadeira Azul e 50% de desconto.

Já o Esmeralda, por R$ 299,99, dá desconto de 50% no mesmo setor. O titular também pode inserir um dependente, também com ingresso garantido para a Cadeira Azul, mas sem desconto.

Os planos de sócio-torcedor já existentes tiveram os nomes modificados. O Platina (Meu Palmeiras) custa R$ 139,99 por mês com 100% de desconto em todos os setores do Pacaembu, exceto Cadeira Descoberta Manga e Cadeira Azul, com apenas 50% de desconto.

Já o Ouro (Sou Palmeiras) custa R$ 69,99, têm entre 100% e 50% de desconto no ingresso, dependendo do setor.

O Prata (Minha Vida é Você) tem mensalidade de R$ 19,99 e dá 50% de desconto, exceto na Cadeira Azul Coberta. O sócio do clube, porém pode se associar a esse plano, pagando apenas R$ 9,99 por mês.

Outro plano criado, o Bronze, atende torcedores que não moram na cidade de São Paulo, custará R$ 9,99, dará acesso à pré-venda, mas sem descontos. Mais detalhes podem ser encontrados no site do programa de sócio-torcedor do Palmeiras (http://www.avantipalmeiras.com.br/).

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Ex-presidente do Palmeiras elogia Nobre, mas alerta: “Vai sentir a diferença na Série A”

Por Mauricio Duarte

Ex-presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone deixou o comando do clube alviverde bastante criticado pela queda da equipe para a Série B do Campeonato Brasileiro. Após o título da Copa do Brasil, viu sua administração se perder em conflitos de bastidores e resultados ruins no campo.Agora, acompanha o aniversário de 99 anos do time e o mandato de Paulo Nobre um pouco mais afastado. Embora elogie seu sucessor, admite que a “tranquilidade” reinante no Palestra Itália facilita o trabalho.



Para Tirone, Nobre irá se deparar com toda a grandeza do que significa ser presidente do Palmeiras – considerando o que há de bom e ruim nisso – quando conquistar o acesso à elite do futebol. De acordo com ele, no momento, dada a boa campanha do time e a repercussão menor da Série B, as coisas estão mais tranquilas.



“É claro que ele vai sentir a diferença da Série A. O Paulo pegou um clube um pouco mais organizado do que no momento em que assumi. Naquela época estava mais tumultuado. Nós fizemos um bom trabalho, mas não é fácil. Você vê que o próprio presidente atual teve que fazer algumas intervenções”, explicou, referindo-se à gestão mais centralizadora  e “mão-fechada” de Nobre.



Tirone é integrante do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização), órgão regulador das contas do Palmeiras e que vetou diversos de seus projetos em sua gestão, mas admite que não comparece muito aos encontros mensais. “Estou um pouco afastado, por causa de muitos compromissos pessoais que tenho. Mas tenho um bom relacionamento com todos lá”, justifica.

Segundo o ex-mandatário, o caminho é árduo até o acesso, mas está sendo trilhado de modo correto. “A Série A é uma outra dinâmica de competição, mais difícil, concorrência muito maior. Mas o Palmeiras também terá boas chances quando subir”, projetou. 

Por fim, Tirone elogiou o perfil da administração de Nobre e o modo como ele conseguiu trazer novamente a torcida para o apoio irrestrito ao time. “O nosso torcedor entendeu o momento difícil. Tem que dar apoio total. O Palmeiras é grande e não merecia o que aconteceu. Mas o presidente está indo bem e vamos voltar à Série A”, declarou.

A reportagem enviou um e-mail para a assessoria de comunicação do atual presidente do Palmeiras para repercutir as declarações, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Com fama de “chato”, COF aprova gestão mão-fechada de Nobre

Mesmo órgão que tratou de ser inflexível em relação aos gastos do Palmeiras no final da gestão de Arnaldo Tirone, o COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) está satisfeito com o econômico Paulo Nobre à frente clube.

Para Alberto Strufaldi, presidente do COF, o cartola tem o mérito de não cometer excessos com o caixa alviverde e de manter sob controle uma dívida de, segundo Strufaldi, R$ 150 milhões. A assessoria de imprensa do Palmeiras não confirma o valor apontado pelo conselheiro. “Desde o início da gestão, o presidente Paulo Nobre mostrou boa vontade, o time B de futebol foi extinto e o futsal profissional também. Ele está se dedicando ao máximo, é uma situação difícil resolver as dívidas”, disse Strufaldi.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Valdivia não se recupera a tempo e está fora do jogo contra o Atlético-PR

Não será nesta quarta-feira a volta de Valdivia ao time do Palmeiras. Ainda se recuperando de um edema na coxa direita, o jogador não foi relacionado para o confronto de volta com o Atlético-PR, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Na última atividade do elenco antes da viagem a Curitiba (PR), na Academia de Futebol, o camisa 10 nem foi ao gramado com o restante do grupo.

Depois de ficar 114 dias fora por conta de uma lesão na coxa direita, o Mago conseguir atuar em sete jogos na Série B, e vinha participando de um rodízio criado junto da comissão técnica para evitar novos problemas – por conta deste esquema ele não enfrentou o São Caetano, e ficou no banco diante do Icasa, entrando apenas na etapa final.

Na vitória contra o Paraná, dia 10 de agosto, o chileno forçou o terceiro cartão amarelo e seguiu viagem para se apresentar à sua seleção. Na Dinamarca, onde disputaria o amistoso contra o Iraque, sentiu dores musculares e acabou cortado. Desde então, ele se recupera do edema que o tirou das últimas quatro partidas do Palmeiras.

Em atividade fechada, na tarde de segunda, Valdivia treinou com bola e criou-se uma expectativa sobre sua volta diante do Furacão – esta era a expectativa inicial. Sem o armador, Mendieta deve ser mais uma vez titular (o camisa 8 foi banco contra o Boa para descansar de olho na Copa do Brasil, por conta da incerteza sobre a situação do principal jogador do elenco).

Fernando Prass, Juninho, Vilson e Leandro, que nem foram relacionados para a derrota em Varginha (MG), estão de volta na lista e viajarão com o grupo. Felipe Menezes, titular no sábado, desta vez nem fez parte da lista – ele não pode disputar a Copa do Brasil por já ter atuado na competição pelo Sport.

Marcelo Oliveira, ainda com dores por conta de uma fisgada na panturrilha direita, Ananias, que lesionou a coxa esquerda na última rodada da Série B, e Vinicius, vítima de uma pancada no tornozelo direito nessa segunda (mesmo local que machucou no início do mês) também não foram ao gramado nesta manhã e estão fora. O Verdão viaja ainda nesta terça para o Paraná, onde pega o Atlético-PR, às 21h50. Um empate dá ao time a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.

Veja quais os 19 relacionados por Gilson Kleina:

Goleiros: Fernando Prass e Bruno


Laterais: Luis Felipe, Juninho e Fernandinho


Zagueiros: Henrique, Vilson e Tiago Alves


Volantes: Márcio Araújo, Charles, Wesley, Eguren e Wendel


Meias: Mendieta, Ronny e Serginho


Atacantes: Alan Kardec, Leandro e Caio

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Palmeiras confirma Valdivia fora contra Atlético-PR; Leandro volta

Por Bruno Oliveira

Afastado dos gramados desde o último dia 10 de agosto, quando voltou a sentir dores musculares na coxa direita, o meio-campista Jorge Valdivia está fora do embate entre Palmeiras e Atlético-PR, nesta quarta-feira. Em atividade realizada no Centro de Treinamento da Barra Funda, nesta terça-feira, o atleta chileno não trabalhou ao lado do grupo e acabou de fora da lista de relacionados de Gilson Kleina.

Com a confirmação da ausência de Valdivia, o técnico deve manter esquema com três volantes e um armador no meio-campo. Assim como nos últimos jogos, o paraguaio William Mendieta será o principal responsável pela criação de jogadas na faixa central do gramado, auxiliado por Márcio Araújo, Charles e Wesley.

Além do meio-campista, o Palmeiras terá outros desfalques em território paranaense: Vinícius (em fase de recuperação de lesão no tornozelo direito), Marcelo Oliveira (fisgada na panturrilha direita) e Ananias (dores musculares na coxa esquerda). Por outro lado, o atacante Leandro foi relacionado e deve retornar ao time titular.

Nesta temporada, o meio-campista disputou 16 partidas, sendo 11 como titular, e marcou três gols. Após superar problemas físicos, Valdivia conseguiu sequência de sete jogos entre julho e agosto e chegou a ser convocado pela seleção chilena. Entretanto, o camisa 10 teve um edema muscular na coxa direita detectado e sequer entrou em campo por seu país.

O elenco alviverde segue ainda na tarde desta terça-feira para Curitiba, onde realiza os últimos ajustes para o duelo no Durival de Britto, às 21h50 (de Brasília). Por ter triunfado por 1 a 0 no Pacaembu, na última quarta-feira, o Palmeiras entra em campo com a vantagem do empate. Se balançar as redes, o time comandado por Gilson Kleina pode até perder por um gol de diferença. Em caso de vitória por 1 a 0 do Atlético-PR, a decisão será nos pênaltis.

Confira a lista de relacionados:

Goleiros: Fernando Prass e Bruno


Laterais: Luis Felipe, Juninho e Fernandinho


Zagueiros: Henrique, Vilson e Tiago Alves


Volantes: Márcio Araújo, Eguren, Charles, Wendel e Wesley


Meias: Mendieta, Ronny e Serginho


Atacantes: Leandro, Alan Kardec e Caio

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Kleina lamenta ausência de Valdivia e espera contar com o meia no sábado

Por David Abramvezt

Apesar de o técnico Gilson Kleina já estar acostumado a não contar com Valdivia, que ainda recupera-se de um edema na coxa direita, ele lamentou o fato de o chileno estar fora do importante duelo contra o Atlético-PR, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, em Curitiba.

– A gente sempre quer contar com os grandes jogadores nossos. Mas sabíamos que o Valdivia seguiria o protocolo estabelecido. É temerário correr certos riscos. Ele vai manter os treinamentos e está se recuperando muito bem – comentou o treinador alviverde, após o treino desta terça-feira, na Academia de Futebol.

A previsão de Kleina é que o camisa 10 possa estar de volta no jogo contra o Ceará, no próximo sábado, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

– Infelizmente, não podemos contar com o Valdivia contra o Atlético-PR, mas ele deverá jogar no sábado. A gente espera contar com o maior número de jogos do Valdivia e isso tem tudo para acontecer daqui para a frente – disse o técnico.

Além de Valdivia, o Palmeiras não vai contar com dois atacantes na partida contra o Furacão, na qual joga pelo empate para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Ananias, com uma lesão na coxa esquerda, e Vinícius, que sofreu uma pancada no tornozelo direito na última segunda-feira, são os desfalques. Em compensação, Leandro recuperou-se de dores lombares e será titular no Paraná.

– A gente perdeu o Ananias e Vinícius que dão velocidade para o time. Mas temos jogadores que estão entrando bem, caso do Ronny. Toda vez que ele está entrando a equipe está crescendo. Desde a estratégia do primeiro confronto (contra o Atlético-PR), a gente vinha treinando Ananias e Leandro (para formar o ataque com Alan Kardec). Mas não vai dar para escalar todos – comentou Gilson Kleina.

O Verdão, que viaja no início da tarde desta terça-feira para Curitiba, deverá entrar em campo nesta quarta-feira com: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, Vilson e Juninho; Márcio Araújo, Charles,  Wesley e Mendieta; Alan Kardec e Leandro.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Ao fazer 99 anos, Palmeiras luta para ficar na Copa do Brasil

O Palmeiras completou ontem 99 anos, mas é com o passado muito recente que o clube quer aprender para presentear sua torcida com a classificação às quartas de final da Copa do Brasil, amanhã, ante o Atlético-PR, em Curitiba.

A derrota por 1 a 0 para o Boa Esporte, no sábado, pela Série B, com um gol aos 3 min de jogo, acendeu sinal de alerta na equipe alviverde, que terá pela frente a grande surpresa da primeira divisão.

O Atlético-PR chegou ao G4 da Série A com um 2 a 0 sobre o vice-líder Botafogo, placar que elimina o Palmeiras da Copa do Brasil.
Com o triunfo por 1 a 0 na ida, o time de Gilson Kleina pode até perder por um gol desde que também marque.

O Palmeiras mira o título da Copa do Brasil para entrar na disputa da Libertadores no ano do centenário.

O Palmeiras usará no jogo com o Atlético-PR uma camisa comemorativa dos 99 anos, branca com detalhes em dourado, lançada ontem pelo presidente Paulo Nobre.

A organizada Mancha Alviverde colocou uma faixa em alusão ao aniversário do clube na ponte Octavio Frias de Oliveira, na capital paulista.

Leia aqui a matéria completa > NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Entre discursos, Palmeiras faz buffet virar estádio na festa oficial

Por William Correia

O tradicional banquete de aniversário do Palmeiras não ocorreu na sede social do clube porque o Palestra Itália segue sob reformas, mas os presentes na festa oficial, em um buffet na Vila Olímpia, deram um ar de estádio ao local. Sob gritos comuns em arenas mesmo antes de a casa alviverde entrar em obras, o Verdão celebrou a entrada de seu 99º ano de vida.

Os festejos com a presença de conselheiros e convidados especiais – todos entrando com um papel que continha a assinatura do presidente Paulo Nobre feita pessoalmente por ele à caneta – começaram no início da noite dessa segunda-feira, exatamente o dia do 99ª aniversário palmeirense, e só acabaram durante a madrugada.

A ideia era encerrar o jantar próximo às 23 horas (de Brasília), horário no qual, segundo registros, o Palestra Itália foi fundado em 26 de agosto de 1914. Mas já era quase meia-noite quando Nobre reuniu seus vices-presidentes e os presidentes do Conselho Deliberativo e do Conselho de Orientação e Fiscalização do clube no palco para segurar uma grande bandeira palmeirense e cantar o hino.

A ordem era para que todos os presentes tivessem uma taça de champanhe na mão para celebrar o último aniversário antes do centenário, mas não foi necessário o incentivo. Convidados subiam nas mesas e cadeiras, usavam apoios de prato e talheres como instrumentos e cantavam com tanto entusiasmo que cobriam o hino executado nas caixas de som.

Só foi possível ouvir Paulo Nobre dizer “Parabéns, Palmeiras!” em um raro momento de silêncio. Com celebração que teve também lenços brancos girando com o auxílio dos dedos dos palmeirenses, ouviu-se a música “Eu sou Palmeiras, sim senhor, e bebo todas que vier, canto olê porco, meu único amor”.

Após o “Parabéns”, coube ao cantor palmeirense Wilson Simoninha levar sua banda para fazer um show ao vivo. E encerrou seu concerto com convidados invadindo o seu palco e, com sua permissão, tomando-lhe o microfone para cantar mais músicas tradicionalmente ouvidas em estádios nos quais o time joga.

Antes da festa promovida pelos próprios convidados, Paulo Nobre abriu uma série de discursos políticos. Após o presidente prometer entregar um Palmeiras “melhor do que recebeu”, o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, subiu ao palco vestido todo de preto, ouvindo críticas pela vestimenta escolhida, lembrando o arquirrival Corinthians.

Mas bastou o ministro falar para que ignorassem a cor de seu traje. Citou uma frase do falecido jornalista Joelmir Beting (“Explicar a emoção de ser palmeirense, a um palmeirense, é totalmente desnecessário. E a quem não é palmeirense é simplesmente impossível”), contou que explicava sua escolha por torcer pelo Palmeiras porque não conhecia nenhum outro clube, disse ter dados de que há mais de 8 milhões de palmeirenses espalhados em nove estados do Nordeste brasileiro e encerrou gritando “Vida eterna ao Palmeiras!”. Recebeu intensos aplausos.

Até o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, santista, agradou aos presentes com um curto discurso que começou com ele se dizendo “um peixe fora d’água”. Já o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, ex-jogador do São Paulo, tomou mais tempo dos presentes relatando mais sua gratidão ao esporte do que felicitando o aniversário palmeirense. Escapou das vaias, que muitos comentaram temer ao vê-lo subir ao palco, mas ouviu um protesto solitário. “Para de roubar a gente”, gritou um dos convidados.

Entre os políticos presentes, também estava Paulo Maluf, ex-governador e ex-prefeito de São Paulo, e todos foram recebidos pessoalmente por Nobre. O mandatário do Verdão foi receptivo trocando abraços com Marin e o vice-presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, também presidente da Federação Paulista de Futebol e que manteve longa conversa aos cochichos com Affonso Della Monica, ex-presidente do Palmeiras.

E Paulo Nobre foi à porta do buffet para cumprimentar Alckmin. Em rápida conversa sob o olhar de jornalistas, o governador primeiramente perguntou ao dirigente sobre a expectativa para o centenário e, depois, fez a questão que lhe parecia mais importante: quando o Palestra Itália estará pronto? “No primeiro ou no segundo trimestre do ano que vem, governador. E garanto que será um dos melhores palcos de São Paulo para receber shows e jogos”, respondeu Nobre, trocando sorrisos com o político.

Perto da conversa, mas sem ouvi-la, estava Aldo Rebelo. O ministro se posicionou em um local do buffet que tinha bolas com o símbolo do Palmeiras e telões exibindo os principais jogos da história do clube, que era o que mais lhe interessava. O titular da presidente Dilma Rousseff na pasta esportiva lembrava cada cena com conselheiros que lhe abraçavam, mas sem tirar sua atenção das partidas históricas.

Um pouco mais afastado, estava Evair. O ídolo que marca a conquista do Paulista de 1993, título que encerrou jejum de quase 17 anos do clube, atendia a fãs perto de uma réplica de sua camisa, exposta ao lado de uma maquete do Palestra Itália reformado. Também estiveram presentes dois membros do time atual: o técnico Gilson Kleina e o zagueiro e capitão Henrique, que chamou atenção por ser o único convidado trajando calça jeans e camiseta.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

BLOG DO JORGE NICOLA

• Assunção cobra R$ 2 milhões do Verdão na Justiça

No dia de seu aniversário de 99 anos, o Palmeiras ganhou um presente de grego de um dos seus últimos ídolos: Marcos Assunção está cobrando na Justiça pouco mais de R$ 2 milhões do Verdão.

O primeiro processo foi aberto na quinta-feira passada. O atual volante do Santos exige R$ 670 mil pelo não pagamento dos direitos de imagem dos meses de novembro e dezembro. O Verdão tem 15 dias para apresentar uma defesa.

“O Marcos Assunção só entrou na Justiça depois de tentar todas as maneiras para receber. Ele conversou com diretor de futebol, com o diretor jurídico, com todo mundo que você possa imaginar. E não deu em nada”, explica o advogado Regis Villas Boas.

Já a segunda ação, referente ao direito de arena, será distribuída nas próximas horas. E a pedida é ainda mais pesada: R$ 1,4 milhão. “Temos mais de 20 processos de outros jogadores pela mesma causa contra o Palmeiras”, revela o advogado Leonardo Laporta.

O Verdão preferiu não se manifestar sobre as ações de Marcos Assunção, dizendo não tratar de questões judiciais via imprensa.

• Paz e amor…

A gestão de Paulo Nobre à frente do Verdão tem sido marcada pela política da boa vizinhança. Com jeitinho, ele foi capaz de se aliar ao COF, ao grupo de Mustafá Contursi e até com seus antecessores. 

• …com dias contados

Porém, o presidente palmeirense ficará em uma sinuca de bico em breve. Se aprovar as contas do ex-presidente Arnaldo Tirone, irá contra o COF, que tanto tem lhe apoiado. Caso reprove, ficará mal com a turma de Tirone.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JORGE NICOLA

••

COLUNA DO ALBERTO HELENA JR ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Derrota Verde

Bem, uma hora este time teria de perder, porque ninguém é de ferro. E a derrota do Verdão veio diante do Boa Esporte, em Varginha, por 1 a 0, gol de Karanga logo aos 2 minutos.

Não seria, porém, nenhum exagero dizer que o Palmeiras perdeu mais para seus tantos desfalques — dentre eles, Valdivia, Wesley e Leandro — do que para o adversário da hora.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Damato

• Casa nova

O Palmeiras deve se mudar para o novo prédio, que está pronto há mais de um ano, no início de 2014. Falta de dinheiro para móveis e erro no projeto elétrico do prédio, que causaram os atrasos, já estão sendo resolvidos. Após a mudança, o clube cortará o alto custo de aluguéis que têm hoje.

• Execução

A Justiça determinou a execução de uma cobrança de R$ 670 mil em processo movido pelo volante Marcos Assunção contra o Palmeiras. O clube tem três dias para pagar, ou terá bens bloqueados, e pode receber multa de até 20% do valor. Para parcelar, é preciso depositar cerca de R$ 220 mil.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

VEJA ONLINE → Presidente do Palmeiras diz que emprestou dinheiro ao time
 
IG → Ao confirmar empréstimo ao Palmeiras, Nobre quebra promessa do mandato
 
GLOBO ESPORTE COM → Kleina lamenta ausência de Valdivia e espera contar com o meia no sábado
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Mesmo sem Valdivia, Kleina mostra confiança em vaga
 
TERCEIRO TEMPO → “Guiados” por Valdivia, estrangeiros do Palmeiras se unem por rápida adaptação
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Sem Vinícius e Ananias, Gilson Kleina lamenta perda de velocidade
 
JP ONLINE → Valdívia está fora da partida do Palmeiras contra Atlético-PR pela Copa do Brasil
 
UOL ESPORTE → Marcos Assunção aciona o Palmeiras na Justiça e cobra R$ 670 mil
 
JP ONLINE → Presidente do Palmeiras elogia atual elenco e nega ficar “refém” do centenário
 
GLOBO ESPORTE COM → Palmeiras quer evitar gol no início para ter tranquilidade em Curitiba
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Nobre não se diz refém, mas acha “mágica” presidência no centenário >
 
LANCENET → Competitivo e ‘viciado’ em treinos, Fernando Prass revê ex-rival ‘em casa’
 
LANCENET → Verdão encara sequência complicada e Kardec vê time preparado
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Ex-presidente Tirone passa escondido por festa, mas aflige segurança
 
DIÁRIO DE S.PAULO → Palmeiras completa 99 anos com festa surpresa
 
ESPN BRASIL → Vídeo: Juca Kfouri e PVC relembram as maiores equipes do Palmeiras em 99 anos de história

••

19 respostas em “Verdão na Mídia 27-08-2013: Nobre confirma empréstimo ao clube, mas promete pagar antes de sair ❘ Lancenet”

Esse lixo do Tirone tem coragem de dar entrevistas ainda?! De longe o pior presidente da história do Palmeiras…

Montou um time horrível e aumentou a dívida do clube.. criou assim o (Ruim e Caro)…

Única coisa boa que fez foi não renovar com o Kid Bengala, mesmo tendo oferecido 50% de aumento pra ele

Gostei muito das mudanças no Avanti.

Muitas pessoas disseram que falta desconto no PPV como benefício. Eu vou na contramão. Pra mim devíamos todos cancelar o PPV. Desde que cancelei o meu, vou mais ao estádio que antes e quando não vou assisto pela internet, normalmente no site esportes.us. É um absurdo o que a globo faz conosco, por isso me nego a pagar PPV. Já viram quem vai transmitir nosso jogo amanhã? Apenas o sportv 3, sem transmissão em HD. Enquanto os gambás passarão na globo, band, sportv 2 e espn+ todos em HD. Não vamos prestigiar quem nos desprestigia!

Alguem sabe o canal ou emissora que vai transmitir o jogo amanhã, atè agora não vi em nenhum site???

A gente achando que o Frizzo era o comediante-mor daquela gestão, e me aparece o Tirone querendo ser o cover do Geraldo Magela…
Dizer que o Nobre pegou o clube numa situação melhor do que a que ele pegou beira a insanidade. É caso de internação. Ou de uma carreira artística…

Entregou o clube na segunda divisão, com a dívida muito aumentada, grupo com número insuficiente de jogadores e 75% da grana de 2013 já queimada no ano passado.

Que saco a midia, diretoria e tudo mais que insistem a todo momento as mesmas noticias, são elas “que não tem dinheiro”. “que AB ou C, emprestou dinheiro para o Palmeiras”, “que o FDP XPTO esta cobrando na justiça $$ do Palmeiras”. Velho na boa nem leio mas, fico apenas na manchete.
Foda viu!!!

Fico impressionado como até o Luverdense consegue patrocínios pontuais e o Palmeiras não…
http://www.lancenet.com.br/bizz/Bizz-Bizz_Patrocinio-Copa_do_Brasil-Corinthians-Luverdense-MT_0_982101937.html

Em tempos de vacas magras, não é possível costurar acordos para utilizar os espaços da camisa pontualmente? Um jogo como o de sábado transmitido pela TV aberta não poderia render um acordo pontual?

Por acaso isso desvaloriza os acordos que, aparentemente, estão em andamento?

Cadê a coluna ‘por onde anda?’ ? Não dá pra contar com esse Valdivia mesmo…

Novamente comentando sobre assuntos jurídicos no verdão, ventilados (como de praxe) com extrema tendenciosidade e um verdadeiro show de ignorância jurídica por parte da pobre imprensa Brazuca. A ação movida pelo Sr. Marcos Assunção, apenas e tão somente esta a seguir seu rito normal, alias cumpre-me informar que não obstante não ter localizado os Autos na Justiça Estadual para tecer comentários mais específicos, fato é que o jogador OU moveu uma ação de cobrança OU está a Executar um contrato. caso esteja movendo ação de cobrança, não há que se falar em depósito de valores. Caso seja uma Execução, o que nos parece ser o caso, de fato o unico modo de viabilizar a apresentação de uma Resposta/Defesa/Embargos é realmente caucionando o Juízo, até aí nenhum alarde como tenta se propagar na notícia. A matéria de defesa é mais restrita?! SIM, e levando em consideração que nosso “Presida” aparentemente resolveu se manifestar antes de consultar o jurídico, assumindo a dívida (muito embora, tal fato não represente lá muito prejuízo na situação jurídica, não é a situação mais inteligente “abrir as pernas sempre que alguém dá um berro”) provavelmente teremos que desembolsar uma grana. Mas, na pior das hipóteses o Palmeirs pode pedir o famoso “parcelamento” veículado na matéria, que funcionária da seguinte forma: 30% no ato, e o saldo dividido em 6 parcelas iguais com juros de 1% a.m. Isso na pior das hipóteses posto que nada impede que mesmo nesta fase, haja um acordo estabelecendo formas de pagamento divergentes. Outrossim, acredito eu que essa “multa” de 20% da qual trata a matéria, muito provavelmente não é MULTA, mas sim o pleito de honorários sucumbenciais ao advogdo vencedor da demanda, o que é praxe constar dos pedidos, mas dependen de provimento juridicional, inclusive quanto ao seu valor.LOGO, REALMENTE TEMOS QUE FILTRAR E MUUUUITO O QUE SAI NAS MATÉRIAS RELATIVAS AO VERDÃO NA IMPRENSINHA GAMBISTICA. (Obs.: desculpem eventuais erros de digitação, uma vez que escrito durante almoço em pleno escritório, hehehehe)

Bom pelo jeito somos colegas, leve em consideração que o tal Damato é um nojo e jamais deve ter passado pelo corredor de livros jurídicos de um sebo..Antes do Palmeiras pagar o que pede qualquer jogador, primeiramente a justiça deve entender que ele, autor da ação tem razão. Depois vem o que vc disse, da pra parcelar etc etc etc. Só muda se for uma execução, como escreveu, mas o caucionamento tb poderia ser dicutido, mas isso não quer dizer que caucionando, vc esta pagando, que perdeu a ação… etc etc etc.
esse caras me dão nojo.

Po novamente meu comentario pra moderação? Só pode ser porque critiquei o Beluzzo.

Até hoje não me entra na cabeça como o Belluzzo aprovou o Avanti com um custo absurdo de mais de R$500 mil só pra startarem o projeto. Nossa, na época ouvi muito aqui no 3VV sobre minhas criticas. Pra mim Beluzzo foi o pior presidente que ja tivemos, JA QUE ANTES DELE E DEPOIS NÃO TIVEMOS PRESIDENTE, antes do P. Nobre (nosso segundo presidente na história). So falta darem voto ao sócio Avanti pra ele bombar e ser o maior do páis. Mas ai é querer demais, eu sei.

No dia que sócio-torcedor puder votar eu, que moro no Rio, me alisto na hora!

Novidades no Avanti, beleza! Fui me associar, convenci meu cunhado que anda descrente, da importância, fui começar pelo meu cadastro, preenchi tudo até chegar na escolha da cidade, o site não carrega as cidades, pelo menos não do Paraná, pelo menos não nas varias vezes que tentei, e sem a cidade o cadastro não se realiza, ok! Fui em contate – nos, para tentar ajuda, novo cadastrinho, campo CPF, obrigatório, ok! Mas não aceita meu CPF, não reconhece, mas juro que é meu e existe, e sem CPF não aceita o envio de um simples e-mail, ok! O próximo passo é usar o telefone, o qual não fiz ainda por falta de tempo e paciência, mas me pergunto, é assim que o Palmeiras vai chegar a ter 40, 60, 100 mil sócios?

tive problemas com o avanti tbm no cadastro. Em MAC o site nao funciona… algum pau com o safari,pelo menos comigo….

Tenta fazer o cadastro pelo navegador internet exerplorer do windows, já aconteu comigo em outros sites e foi só trocar de programa pra eu consegui realizar meu casdastro.

A Outplan (empresa que administra o Avanti) é conhecida por ter bastante problemas. Mas tenta num navegador diferente, deve ser só um errinho besta de incompatibilidade que deve se resolver fazendo isso.

Abraços!

Os comentários estão desativados.