Categorias
Futebol com Números

Abel Braga em 2013?

Por Luis Fernando Tredinnick

A coluna Futebol com Números finalmente voltou, mas hoje para falar de outras coisas que não dinheiro.

A esta altura do campeonato, já sabemos que o acesso para a série A está garantido – acho que a questão agora é apenas saber quando ele irá ocorrer: se faltando cinco rodadas para o final, se mais ou se menos.

Já que está garantido, a questão passa a ser o que fazer para o ano do nosso Centenário. A estreia da Arena Palestra já é algo tremendamente animador, mas qual o time que irá jogar lá dentro? E antes de tudo, qual será o comandante desse time?

Particularmente eu acho que o Kleina não tem condição de ser nosso técnico durante o Centenário. Acho que ele provou que sabe montar um time para jogar no contra-ataque – afinal o nosso desempenho na Libertadores surpreendeu muita gente. Mas não sabe exatamente como fazer um time grande se impor.

Dos técnicos disponíveis, o Abel Braga é o que mais me agrada. Não só por ter feito grandes campanhas com times muito bons como o Inter e o Fluminense, mas principalmente no passado por ter feito um time ruim como o Flamengo jogar muito bem em 2004 – ainda que tenha perdido a Copa do Brasil para o Santo André.

Se eu fosse da comissão técnica do Palmeiras, eu já faria um contrato com o Abelão e já veria que jogadores ele quer indicar. Afinal, além de um novo técnico também precisamos de reforços.

Pessoalmente eu acho que temos a espinha dorsal de um time, mas precisamos de reforços para esse time (lateral esquerda, outro meia…) e de um banco de reservas quase no mesmo nível.

Alguém aí gostaria de ter outro técnico para, pelo menos, o nosso Centenário?

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

36 respostas em “Abel Braga em 2013?”

Eu preferiria um técnico de fora do país. Sampaoli e Bielsa, como já citaram, ou um alemão talvez, não sei qual, mas lá, técnico e jogadores tem que entender a filosofia do clube e levar a sério, seja clube rico ou não. Seria uma experiência interessante, mas de alto risco. Mas o preferido ainda seria o Sampaoli pela inteligência e ousadia (as duas devidamente alinhadas). Porém como é ano de copa esquece né, de fora não vem ninguém.
Aqui no Brasil vejo dois nomes, que aliás são os mesmos que citou o amigo André Lisa Biassi, Marcelo Oliveira ou Vagner Mancini. Entendem e estudam táticas e equipes, pena que estão em um país que os clubes não dão o devido tempo para que o trabalho seja feito, e que muitas “pessoas” dão pitacos no dia a dia do treinador.

Vão até me xingar pelo que vou postar aqui mas porque não o pofexô?
Ele tá precisando voltar pras cabeças. Tenha-se uma conversa séria que não vai ter pojeto, poposhta nem nada do tipo. O cara vem só como técnico, ganhando 100 mil por mês e sem rescisão.
Se ganhar o Paulista, 2 milhões na conta. Final, 1 milhão. Copa do Brasil mais 2 milhões, final 1 e semifinal 500 mil. e brasileiro mais 3 milhões ou 1,5 se for pra Libertadores.
Ou seja, se ele ganhar tudo, dá uns 650 paus por mês. E se ele começar a inventar, rua.

Olha gente, o Kleina é muito ruim. Acho que o Abel seria uma ótima solução. Mas existem muitos outros que teriam condições e capacidade para exercer o cargo de nosso técnico. E, cá entre nós, pior que o Kleina vai ser difícil, não tem como arrumar outro tão ruim.

Pelos passos que vão é capaz de renovarem com o Kleina e só perceberem o erro após o Paulista 2014 e aí pagarem multa de recisão, como prêmio.
Alexandre Ferguson é uma ótima opção, deveriam o quanto antes estabelecer contato com ele, além de toda experiência e atrairá a possibilidade de bons jogadores.
Turma da fileira H.

Mas acho que se a diretoria teve pensado com bastante antecedência poderia ter dado uma chance na base para o Evair, quando ele começou a carreira de treinador. De repente hoje teria maturidade e experiência para ser treinador no centenário.

Treinador caro com time barato? Sem estrelas será que vai rolar um trabalho de qualidade do Abelão? Um cara que eu detestava pelo jeito apático a beira do campo e pela identificação com o time da Marginal é o Osvaldo de Oliveira. Mas confesso que vendo o que ele vem conseguindo fazer com o Botafogo (mesmo perdendo jogadores) me fez repensar a opinião. Hoje gostaria de ver ele fazer um trabalho no Palmeiras. Cuca também me agrada pelo estilo de jogo voltado para o ataque.

Técnico,? Eu tentaria em um experiente, com conhecimentos de gestão em grandes clubes europeus: Carlos Queiroz, atualmente na seleção do Irã. Foi assistente do Alex Ferguson (ManUtd) por 5 temporadas, técnico do Real Madrid (galácticos – 2003/2004), com passagens pela seleção portuguesa sub20 e principal e Sporting(POR). Com mentalidade européia de gestão e comportamento, acho que seria uma boa para o futebol do Palmeiras em geral, incluindo times de base e aproveitamento de jogadores.

Kleina é uma boa pessoa, mas não tem “punch” para dirigir um Palmeiras.
Gosto do Abel, do Cuca e do Autuori.
Pra quem gosta de técnico que não tem medo de lançar jovens e desconhecidos, o nome é Osvaldo de Oliveira.
Há uma solução “caseira” que seria o Jorginho.
Existem bons nomes novos, como Guto Ferreira e Dado Cavalcante,

Uma coisa é certa: Kleina não dá.

TEM que ser técnico de salário pequeno pra clube pequeno !! e lembrem-se o PALMEIRAS não será refem do seu centenário !!!!!ASSINADO MUSTANOBRE e Amiguinhos !!!

MARCELO BIELSA, JÁ! É melhor que os considerados melhores do Brasil – Luxa, Abelão, Felipão, Murici, Mano, Tite etc. – e não custa mais que esses ultrapassados técnicos brasileiros!

Mais importante do que o técnico que contrataremos, o Palmeiras tem que definir qual o estilo de jogo que quer adotar. É visível que as equipes que jogam um futebol mais parecido com o Europeu, encurtando espaços, jogando pelos lados e com boas recomposição e transição entre a defesa e o ataque, estão se saindo melhor no futebol brasileiro. Vide o Atlético PR, Cruzeiro, Corinthians, etc.

Então, eu acho que o Palmeiras deveria trazer o Dorival Jr, pq ele me parece capaz de montar um time assim. Do contrário, eu acho que o Wagner Mancini e o Marcelo Oliveira seriam bons nomes também.

O tecnico deveria ser Dorival Jr ou Cuca pois são Palmerenses e sabem montar time e revelar jogadores e com eles mesmo com baixo investimento ,não corre risco de caír,jà que não vejo vontade dessa admnistração em ser campeão ou montar elenco prà disputar palmo à palmo com os adversàrios.

É amigo o medo é este. Confesso que estou com medo do que o Nobre vai fazer para o ano que vem. Para ser presidente e só equilibrar orçamento qualquer um serve. Onde está a criatividade, a capacidade de gerar receitas? Para que serve o nosso CARÍSSIMO departamento de marketing? E o patrocinador master, será que um dia teremos um? A única esperança que ainda tenho é que o Allianz Parque gere uma quantidade absurda de recursos que consigam fazer com que nosso presidente deixe de ser o presidente MENDIGO.

Tecnico boleiro, amigo do jogadores, taticamente estagnado e caro. Exigira times com estrelas, pois nao consegue mais montar boas equipes. Temos de garimpar tecnico novo, estudioso e ambicioso, que saiba identificar e posicionar talentos na formacao de uma equipe competitiva com uma filosofia agressiva de jogo.

Concordo plenamente.
Abel não vale 1/4 do salário que vinha ganhando. Aliás, nenhum dos técnicos brasileiros uma terça parte do que ganha. Não adianta ficar olhando para trás e para profissionais ultrapassados.
Marinaro, você mencionou os adjetivos chave para um técnico ter sucesso nos dias de hoje: estudioso e ambicioso.

Que tal o Ho-Gon Kim Tecnico da Coréia do Sul?

Afinal, para colocar a Coréia do Sul na Copa tem que ser bom. E lá tem um monte de Márcio Araujo.

Boa tarde amigos. Me desculpem mas ao meu ver Abelão é o Kleina com grife. Parece-me até que o Kleina foi pupilo dele. Lembro que isso foi comentado quando o Fluminense queria o Kleina para ficar interino até o Abel poder assumir o clube. Acho que devemos ir atrás de técnicos que gostem de ganhar jogos, não só de segurar resultados. Nomes que eu acho interessantes, sem entrar no mérito se é possível ou não, seriam Sampaoli, Cuca, Marcelo Oliveira, Vagner Mancini, aquele técnico do Tijuana-Mex. Abraços.

Excelentes sugestões. Assino em baixo de todas, exceto do Tijuana, mas este mais pelo fator q apesar de ter acompanhado a campanha dele na Liberta, pouquíssimo termos de concreto sobre ele. Mesmo assim é fato q é melhor q o Pep Kleina.
Acrescentaria o Jorginho Cantinflas tb. Conhece bem o Palmeiras, é ofensivo, não é caro e conseguiria firmar bons valores q temos como João Denoni.
E LF Treddinick, permita-me discordar de sua coluna. O Abelão é um dos de grife, caro e retranqueiro. Eu sinceramente gostaria de presente a todos nós palmeirenses no centenário um treinador mais arejado, mais ambicioso e ofensivo.

Caro amigo Palmeirense Luis Fernando Tredinnick.
Acho um tanto quanto infeliz este seu comentário a respeito do nosso técnico e possíveis contratações. Temos que fazer um passo após o outro com planejamento consciente pois antes de mais nada infelizmente temos um conselho(COF) cujo um dos mebros todos nós sabemos quem faz parte, Sr Mustafá e cia.
Diante disto acredito que o presidente deve pensar duas vezes antes de fazer qualquer tipo de loucura.
Hoje temos um bom ambiente entre os jogadores e comissão técnica mais diretoria e devemos cobrar sim um título com dignidade para a volta à serie A.
Respeito suas solicitações e desejos de troca mas não devemos desvalorizar jogadores e técnico pois como voce bem saber tudo que é gerado de notícias do Palmeiras gera-se muita especulação.
As expectativas para 2014 devem ser muito bem tratadas para não virar desilusão sem contar que existe um dívida que não pequena e deve ser admistrada.

Caro Ricardo,
acho então que devemos contratar o Estevam Soares de técnico, e os reforços Adriano Michael Jackson, Fernandão, Pikachu do Paysandu, dentre outros. Podemos mandar os jogos no Canindé ou Itu e alugar a Arena para outros clubes para tentar arrecadar algo e gastar pouco
Realmente começo a temer que grande parte da torcida está conformada em sermos pequenos. Vamos subir este ano e voltar para a Série B em 2014.
Outra coisa: precisamos de um CEO com este salário, com as lambanças que está fazendo, todas humilhantes, para um projeto Portuguesa deste tipo ? Precisamos gastar uma fortuna com os executivos de marketing e estes nem sequer arrumar um patrocínio de R$ 50 mil para salvar o Futsal ? Manda todos embora e então economiza estas despesas.
A expectativa a ser bem tratada para 2014 e o novo Rebaixamento para a Série B. Com esta politica, quem viver verá, infelizmente !!

Abel e também o Paulo Autuori, se realmente abrir contato e principalmente definir com a diretoria o que ela pretende, onde quer chegar para ai sim, pensar em indicação de reforços e ja desenhar o time de 2014. Acho que neste, aspecto o Autuori consegue fazer bons times.
Talvez o Palmeiras seja o único time que terá mais tempo para planejar e pensar 2014 . Mas a diretoria tem que se coçar.

Luis eu também gosto do Abel, o problema é que o salário dele é incompatível com essa política de “pé-no-chão” do Paulo Nobre, ou seja, acho muito difícil ele vir.

Você está de brincadeira!!!
Abelão no meu Palmeiras? Alternativa ao Kleina?
Sério?
Vamos de Joel Santana falando inglês então.
Tem casa conversa…

Gente desculpa comentar aqui!! Mas, é um absurdo!! A GLOB_OSTA tirou o PTD do ar!!! Alegando uso indevido de oonteúdo!!

Vamos encher o saco da Globo e do Rizek!!! Twiter e Facebook!!

Técnico de ponta com administração incompetente, já vimos que não funciona. Difícil ser otimista com um piloto de rally e um amiguinho mentiroso, envolvido em milhões de negociatas, no comando do Palmeiras.

Esse foi o principal fator em tudo que deu errado com o Felipão nos 2 últimos anos. Não tinha gente competente e com autoridade acima dele.

Os comentários estão desativados.