Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 07-09-2013: Verdão desafia dez desfalques, calor e Atlético-GO para se recuperar ❘ Gazeta Esportiva Net

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Verdão desafia dez desfalques, calor e Atlético-GO para se recuperar

Por William Correia

O Palmeiras inicia o segundo turno da Série B do Brasileiro às 18h15 (de Brasília) deste sábado em seu pior momento no torneio. Embora líder, o Verdão não vence há quatro partidas, três deles pela competição, e terá que superar dez desfalques e o calor em Itumbiara (GO) para se reabilitar diante do Atlético-GO.

A previsão é de até 31ºC na hora do jogo, temperatura que causou mal-estar em Alan Kardec e André Luiz na véspera do confronto e ambos nem conseguiram treinar em Goiás. Os dois, entretanto, estão à disposição, ao contrário de dez colegas impedidos de entrar em campo.

Por lesão, Juninho, Fernandinho, Ronny, Marcelo Oliveira e Léo Gago foram vetados. Henrique, Valdivia e Eguren estão com suas seleções, enquanto Wesley e Mendieta cumprem suspensão por terem se envolvido em confusão com jogadores do Paysandu. As opções são tão escassas que Gilson Kleina terá só seis atletas no banco, sendo um deles o goleiro Bruno.

Entre os titulares, uma mudança de esquema com a adoção de três atacantes que já era cogitada e virou única alternativa. E a certeza de, ao menos, uma improvisação: sem nenhum especialista na lateral esquerda, o técnico pode escalar Wendel por ali ou repassar o volante destro para a lateral direita, deslocando o lateral direito Luis Felipe para o outro lado.

No restante do time, Vilson volta a ser titular após a frustrada negociação com o Stuttgart, da Alemanha, e Charles ocupa o posto que seria de Wesley ao lado de Márcio Araújo. Felipe Menezes, apesar da péssima atuação no 0 a 0 com a Chapecoense, é o único armador por falta de opção e Vinicius, recuperado de lesão, formará o trio ofensivo ao lado de Leandro, que retorna de suspensão, e Alan Kardec.

Ter um time ‘remendado’, porém, não é considerado um problema. “Sempre trabalhamos aqui em prol do grupo. Quando o Barcos saiu, o (diretor executivo José Carlos) Brunoro falou que estava montando um grupo e hoje temos uma equipe com o mesmo objetivo: ser campeão e tirar o Palmeiras dessa situação. Por isso, com certeza qualquer um que entrar vai dar o mesmo valor”, previu Vinicius.

O clube terminou o primeiro turno na liderança, com dois pontos de vantagem sobre o segundo colocado, mas passa por um jejum de vitórias, acumulando duas derrotas e dois empates nos quatro jogos mais recentes (sendo três deles pela segunda divisão). O último triunfo foi em 21 de agosto, contra o Atlético-PR, pela Copa do Brasil. Na Série B, o Verdão não ganha desde a virada sobre o Paysandu, em 17 de agosto. Além disso, Gilson Kleina está abatido desde a bronca pública do presidente Paulo Nobre pela eliminação na Copa do Brasil.

“A equipe está tranquila, fizemos um primeiro turno impecável. Todos os times, em algum momento, encaram uma sequência negativa, é natural”, simplificou Felipe Menezes, lembrando que o Palmeiras realizou a segunda melhor campanha da história dos primeiros turnos da Série B, ficando atrás só do Vitória de 2012, que somou dois pontos a mais. Além disso, iniciou a 20ª rodada a 11 pontos do quinto colocado, primeiro a aparecer fora da zona de acesso.

Do outro lado, o Atlético-GO, que começou o torneio cotado para subir, terminou a primeira metade do torneio só um ponto acima da zona de rebaixamento. Mas a ordem do técnico PC Gusmão é ignorar até a derrota mais recente, para o Guaratinguetá. “Neste momento o Atlético iniciará uma competição, então, por isso tudo é válido nesse momento”, disse, completando com a possibilidade de mexer no esquema tático.

O mais provável, porém, é que o treinador mude só algumas peças: voltam o goleiro Roberto, recuperado de dores lombares, e o lateral esquerdo Ernandes, que estava suspenso. “Não temos mais tempo, não podemos mais vacilar. É uma decisão para nós, e contra o primeiro colocado. Precisaremos de uma atenção ainda maior. Temos um excelente grupo, com jogadores de cabeça muito boa e um excelente treinador. Precisamos reagir”, discursou Roberto.

FICHA TÉCNICA


ATLÉTICO-GO X PALMEIRAS

Local: estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara (GO) 


Data: 7 de setembro de 2013, sábado


Horário: 18h15 (de Brasília) 


Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS) 
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Rener Santos de Carvalho (AC)

ATLÉTICO-GO: Roberto; Rafael Cruz, Artur, Ednei e Ernandes; Dodó, Marino, Bida, Jorginho e João Paulo; Anselmo
Técnico: PC Gusmão

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Vilson, Tiago Alves e Luis Felipe; Márcio Araújo, Charles e Felipe Menezes; Leandro, Vinicius e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Contra um ‘frustrante’ Atlético-GO, Palmeiras tenta voltar a vencer

Atlético-GO e Palmeiras iniciaram o Campeonato Brasileiro da Série B apontados como dois dos favoritos para retornar à elite do futebol nacional. Depois de caírem em 2012, os times foram citados entre os quatro candidatos ao acesso, em pesquisa feita com 343 jogadores de 23 clubes das Séries A e B do Brasileiro, pelo GLOBOESPORTE.COM e pela revista “Monet”.

Passado o primeiro turno da competição, só o Verdão cumpriu as expectativas. Tem 42 pontos e está e segundo lugar, mas com um jogo a menos que a Chapecoense, que tem 43. Se vencer neste sábado, o time de Gilson Kleina retoma a liderança. Já o Dragão bem está longe do que previu a pesquisa: em 17º, com 20. Nesse panorama, as equipes se reencontram neste sábado, às 18h15m, no estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara (GO) – no confronto da primeira rodada, o Palmeiras venceu por 1 a 0.

De virtual favorito a candidato ao rebaixamento, o Atlético-GO perdeu 11 dos 19 jogos do primeiro turno e soma 20 pontos. Por isso, o início da segunda metade na competição chega como uma espécie de alento para o Rubro-Negro. A diretoria e o técnico PC Gusmão acreditam que essa é a hora certa de iniciar uma possível reação. Para tanto, celebram o fato de enfrentar justamente o líder.

Já o Verdão vive momento de instabilidade. Apesar de entrar na rodada como líder da Série B, com 42 pontos, o time não vence há quatro jogos: Boa Esporte, Atlético-PR, Ceará e Chapecoense. Jogadores e comissão técnica ressaltam as boas atuações da equipe, mesmo sem os resultados positivos, mas admitem que precisam reencontrar as vitórias. Mesmo com o time remendado, com nove desfalques.

O árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) apita a partida, auxiliado por Marrubson Melo Freitas (DF) e Rener Santos de Carvalho (AC). O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances, em Tempo Real, e o Premiere FC 5 transmite a partida ao vivo para todo o Brasil, pelo sistema pay-per-view.

AS ESCALAÇÕES

Atlético-GO: PC Gusmão tem o retorno de Ernandes, que volta a assumir a lateral-esquerda. Além disso, o treinador gostou da atuação de Régis contra o Guaratinguetá, e o volante deve aparecer na vaga de João Paulo. E Ricardo Jesus pode tomar a vaga de Anselmo. O time provável: Roberto; Rafael Cruz, Ednei, Artur e Ernandes; Dodó, Régis, Marino, Bida e Jorginho; Anselmo (Ricardo Jesus).

Palmeiras: na última hora, o técnico Gilson Kleina teve uma boa notícia: Wesley, que havia sido suspenso por duas partidas por expulsão contra o Paysandu, foi liberado na sexta à noite por um efeito suspensivo e vai jogar. Outra novidade é Vilson, de volta depois de ver a transferência para o Stuttgart, da Alemanha, fracassada. O time provável: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Tiago Alves (André Luiz) e Wendel; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Felipe Menezes; Leandro e Alan Kardec.

QUEM ESTÁ FORA

Atlético-GO: Mahatma Gandhi, com lesão no joelho, e Pituca, que ainda aprimora a parte física após se recuperar de contusão na canela.

Palmeiras: Mendieta (suspenso), Valdivia (na seleção do Chile) Eguren (Uruguai) e Henrique (seleção brasileira), todos convocados, além de Ronny (entorse no tornozelo direito), Marcelo Oliveira (fisgada na panturrilha direita), Ananias (lesão na coxa esquerda), Juninho (dores no púbis) e Fernandinho (lesão na coxa esquerda).

PENDURADOS


Atlético-GO: Ednei e Marino.

Palmeiras: Eguren, Luis Felipe e Mendieta.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Desfalcado de meio time, Palmeiras tenta se aproveitar de desespero do Atlético-GO

O Palmeiras entra em campo para enfrentar o Atlético-GO neste sábado precisando superar mais que o adversário. Mesmo líder isolado e campeão do primeiro turno, o time não vence há quatro jogos, contando a derrota para o Atlético-PR na Copa do Brasil, e terá mais de meio time de desfalques.

O desafio do técnico Gilson Kleina será atuar com uma equipe improvisada e ainda afastar a tímida, porém real,  ameaça de crise que ronda a Academia de Futebol.  A partida acontece às 18h15 (de Brasília), em Itumbiara, pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O comandante alviverde terá problemas para escalar a equipe.

A lista de desfalques é grande: Juninho (dores no púbis); Valdivia (seleção chilena), Eguren (seleção uruguaia); Henrique (seleção brasileira); Ronny (entorse no tornozelo direito), Marcelo Oliveira (panturrilha direita) e Ananias (lesão na coxa esquerda). Além disso, Mendieta e Wesley foram punidos pelo STJD e estão fora. Com isso, alguns atletas ganharão chance, como o meia Felipe Menezes, que salientou o fato de que as equipes entram mais motivadas contra o time alviverde.

“O mais importante é fazer bem o nosso papel, é uma equipe que temos de ter total respeito. Contra o Palmeiras, todo mundo está focado para fazer um bom jogo. Sabemos da visibilidade que o Palmeiras dá para um jogo assim. Temos o objetivo de conseguir a vitória e nos distanciar do segundo colocado”, afirmou.

Kleina também poderá contar com o retorno do zagueiro Vilson, que deve compor a dupla de zaga com Tiago Alves. O atacante Vinicius também deve ser titular. Com as poucas opções disponíveis, o comandante deve utilizar uma formação com três na frente. Assim, Vinicius deve atuar ao lado de Leandro e Alan Kardec.  Além disso, Wendel deve ser improvisado na lateral esquerda. O goleiro Fernando Prass alertou para o fato de que no segundo turno os jogos tendem a ficar mais complicados.

“Na reta final do Campeonato, as coisas ficam mais difíceis, já que times e jogadores começam a ver que não tem mais margem de manobra, que as chances começam a ficar escassas e os jogos vão se tornando decisões”, afirmou.

O Atlético-GO vive uma situação desesperadora. A equipe está somente uma posição acima da degola e fez uma campanha muito ruim no primeiro turno da competição. Foram seis vitórias, dois empates e onze derrotas, tendo um aproveitamento de 35%, terminando na 16ª colocação. O time vem de uma derrota por 2 a 0 para o Guaratinguetá. O treinador PC Gusmão terá a volta de Roberto ao gol e Ernandes, que estava suspenso, também está à disposição. Por outro lado, o volante Mahatma Gandhi está no departamento médico, se recuperando de uma contusão nos dois joelhos. Pituca ainda se recupera de dores na região da canela e do tornozelo, e não está confirmado.

FICHA TÉCNICA


ATLÉTICO-GO X PALMEIRAS

Local: Estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara (GO)

Data/Horário: 07/9/2013, sábado, às 18h15 (de Brasília)

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Rener Santos de Carvalho (AC)

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Rafael Cruz, Artur, Ednei e Ederson; Dodó, Marino, Bida, João Paulo e Jorginho; Anselmo. Técnico: PC Gusmão.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Tiago Alves e Wendel; Márcio Araújo, Charles e Felipe Menezes; Leandro, Alan Kardec e Vinicius. Técnico: Gilson Kleina.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Palmeiras tem sequência para retomar tranquilidade na Série B

Se o momento de um time não é bom, nada melhor do que pegar adversários teoricamente mais fracos para se reerguer. É justamente isso que o Palmeiras vive atualmente, e agora terá uma sequência que pode fazer a equipe se recuperar na Série B.

Nos próximos três confrontos, o Alviverde enfrentará rivais que terminaram o primeiro turno do meio para baixo da tabela: neste sábado, o duelo será com o Atlético-GO, que ficou em 16º. Na terça será a vez do ASA, em 13º ao fim dos 19 jogos, que também luta contra o rebaixamento. O último da lista é o América-MG, que acabou a primeira parte da competição em décimo.

O retrospecto do Verdão contra as equipes que estão do décimo lugar para baixo na Série B é excelente. A única derrota foi justamente para o Coelho. Contra o restante, foram oito vitórias e dois empates.

A sequência também chega em boa hora para devolver a paz ao Palmeiras. Se antes a tranquilidade imperava no clube, em menos de duas semanas tudo mudou: eliminação na Copa do Brasil, críticas públicas do presidente ao elenco, negociação fracassada de Vilson e até problemas com a WTorre por conta do Allianz Parque.

Os jogadores e o técnico Gilson Kleina não veem a equipe em crise e analisam o momento, de quatro partidas segudas sem vitória, apenas como uma oscilação. Porém, até vaias da torcida o Verdão recebeu no último jogo, mesmo com o título do primeiro turno.

Nada melhor do que uma sequência positiva para acabar com qualquer problema e devolver a tranquilidade ao Alviverde. O primeiro passo é hoje!

Duelos no primeiro turno

Atlético-GO

A estreia na competição foi contra o Atlético-GO, que também caiu no ano passado, em Itu. O Palmeiras teve dificuldades, mas venceu por 1 a 0, com gol de Tiago.

ASA

No primeiro jogo fora de casa, uma das melhores atuações no torneio. Com gols de Tiago Real, Juninho e Kleber, fez 3 a 0 no primeiro tempo e depois só administou o resultado.

América-MG

Mais uma vez atuando em Itu, a primeira derrota na competição. Apesar de pressionar bastante, o Palmeiras saiu atrás no placar, não conseguiu empatar e perdeu por 1 a 0.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

BLOG DO COSME RÍMOLI ❘ R7

• Sociedade Esportiva Paulo Nobre? O presidente já emprestou R$ 29 milhões do bolso ao Palmeiras. Sem consultar o Conselho Deliberativo. Ajudou o clube. Mas provocou o caos político.Todos querem explicações…

Sociedade Esportiva Paulo Nobre?

Conselheiros do Palmeiras querem explicações.
Não admitem de maneira alguma a situação revelada hoje.
O Palmeiras já deve R$ 29 milhões ao presidente.
Milionário, ele usa uma fórmula que consiiderou boa ao clube.
Pede dinheiro no mercado financeiro no seu nome.
E o repassa ao Palmeiras.
O dirigente garante que economiza cerca de 50% à entidade.
Utiliza esse recurso porque administrações passadas pediram empréstimos demais.
O clube teria crédito mas a preços extorsivos.
Isso porque ainda precisa pagar o que deve.
Teria sido esses R$ 29 milhões que deram fôlego ao Palmeiras.
A revolta dos conselheiros tem um motivo muito simples.
O presidente não teria pedido autorização para ninguém.
Tomou a decisão sozinho.
Como se o clube fosse uma propriedade sua.
Exatamente como fizeram presidentes de outros clubes.
Como Zezé Perrella no Cruzeiro e Marcelo Teixeira no Santos.
Ao deixarem seus cargos, retiraram o que investiram.
Sacrificaram administrações posteriores.
A Folha de S. Paulo revela que Paulo Nobre pode colocar até R$ 45 milhões.
Conselheiros exigem explicações.
Reclamam que o Palmeiras não tem dono.
E a decisão tomada por Nobre é ditatorial.
O Conselho Deliberativo quer a certeza de como ele pegará o dinheiro de volta.
Se receberá juros, correção monetária.
O dirigente foi contra a palavra empenhada.
Ele havia prometido durante a campanha eleitoral…
Não colocaria seu dinheiro de jeito nenhum no clube.
Mais rico que seus adversários políticos, seria covardia o argumento.
Só que diante de dificuldades para pagar salários, Nobre voltou atrás.
Pessoas ligadas a ele confirmam que não havia saída.
Seria impossível administrar o clube.
As dívidas do Palmeiras são assustadoras.
Mais de R$ 240 milhões.
Belluzzo e Tirone anteciparam cotas de transmissão da tevê.
‘Não havia de onde tirar dinheiro.
Além do salário dos jogadores, o Palmeiras tem vários outros compromissos.
Por isso que Paulo Nobre colocou seu dinheiro.”
O conselheiro da situação que me atende avisa que Nobre fez o melhor.
Mas membros da oposição não aceitam.
Insistem que o Conselho Deliberativo não ter sido consultado.
Repetem que o Palmeiras não pode ter dono.
Seja o milionário que for.
O dirigente terá de se explicar.
Dar todos os detalhes das transações financeiras.
A revelação orgulhou muitos conselheiros.
Mas indignou outros.
A verdade é um só.
Nunca na sua história o Palmeiras deveu tanto a um só homem.
Situação que só expõe o amadorismo inaceitável que domina o Palestra Itália.
Um clube que está para inaugurar uma moderníssima arena.
Construída com investimento privado.
Mas que precisa de assistencialismo de seu presidente para sobreviver.
Assistencialismo que ninguém pediu.
E que ele havia jurado que não daria…

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO COSME RÍMOLI ❘ R7

••

BLOG DO RICARDO PERRONE ❘ UOL

• MP pede para principais clubes de SP assinarem documento que pune quem financiar torcidas

O Ministério Público de São Paulo quer que os principais clubes do Estado se comprometam formalmente a não dar suporte a suas torcidas organizadas.

Na última quarta, Roberto Senise Lisboa, promotor de Justiça do Consumidor,  propôs a advogados de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo a assinatura de um documento que prevê punições a quem colaborar com as torcidas uniformizadas.

Ele sugeriu um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). Por meio do compromisso, os clubes se comprometeriam a não doar dinheiro, ingressos e a não financiar caravanas das torcidas. O descumprimento provocaria sanções, como multas.

Os representantes dos clubes receberam um esboço do TAC e ficaram de voltar ao MP no próximo dia 19 para dizerem se assinam o documento. Dirigentes, funcionários e conselheiros também ficariam proibidos de fazer doações. Os cartolas, no entanto, acham difícil controlar membros do Conselho. O promotor está disposto a aceitar sugestões e modificar alguns pontos.

Dos quatro, apenas o Santos afirma contribuir com as torcidas. “Ajudamos na viagem quando eles têm dificuldade para pagar os ônibus. Vamos estudar os termos do TAC, mas minha preocupação é com o Carnaval. Contribuímos para os desfiles da Torcida Jovem e da Sangue Jovem. Sem nossa ajuda ,não sei se conseguem participar dos desfiles.  O Carnaval faz parte de nossa cultura e a gente tem que tomar cuidado para não acabar com uma tradição de 40 anos deles nos desfiles”, disse Odílio Rodrigues, presidente em exercício do Santos.

Segundo ele, a decisão sobre o TAC será tomada pelo Comitê de Gestão do clube.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a direção do Corinthians afirmou que está disposta a colaborar no que for preciso para acabar com a violência.

Depois da briga entre uniformizadas de Corinthians e Vasco, o presidente corintiano, Mário Gobbi voltou a dizer que não ajuda as torcidas do time. Já havia feito isso após corintianos serem presos em Oruro, acusados de envolvimento na morte de Kevin Doulgas Beltrán Espada.

Porém, o antecessor de Gobbi, Andrés Sanchez, distribuiu a renda de uma partida contra o Flamengo, em 2009, para Gaviões da Fiel, Estopim da Fiel e Camisa 12. A justificativa foi de que o centenário do clube seria o tema usado por elas no Carnaval de 2010.
O São Paulo também nega ajudar financeiramente as uniformizadas. Mas recentemente, integrantes da Independente foram acusados de agredir opositores do presidente Juvenal Juvêncio no clube. Um dos acusados foi parar na delegacia dias depois sob a acusação de agredir um flamenguista em Brasília.

O departamento jurídico do São Paulo vai se reunir na segunda para analisar o TAC oferecido pelo Ministério Público.

Já assessoria de imprensa do Palmeiras informou que não localizou o dirigente responsável pelo assunto para informar a posição do clube.Em março, após torcedores da Mancha agredirem jogadores do Palmeiras, o presidente Paulo Nobre anunciou que deixaria de dar ingressos para a torcida em jogos fora de São Paulo.

“Expliquei aos dirigentes que se tirarmos os torcedores violentos dos estádios, as rendas podem melhorar. Quem se afastou por causa da violência vai voltar”, afirmou o promotor Senise.

Em conjunto com a Federação Paulista  e a Polícia Militar, o promotor estuda outras medidas, como restringir a circulação de membros das organizadas nos estádios.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO RICARDO PERRONE ❘ UOL

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Enfim…

Arnaldo Tirone deixou a presidência do Palmeiras em 21 de janeiro, mas suas contas de 2012 só serão analisadas pelo Conselho Deliberativo do clube na próxima segunda-feira.

• Reprovação à vista

A tendência é a de que Tirone saia da reunião do Conselho com as contas rejeitadas. O COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) não aprovou os números do ex-presidente.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

• Enquadrada

A WTorre enviou ao Palmeiras notificação extrajudicial lembrando que o clube assinou o contrato, que tem cláusula de sigilo. A notificação foi motivada por entrevista do presidente Paulo Nobre na semana passada, em que fala do acordo. Nobre é o segundo presidente a tentar renegociar o contrato, firmado em 2007.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

TV GLOBO – GLOBO ESPORTE → Atlético-GO recebe o Palmeiras em Itumbiara
 
BAND ESPORTE → Após suspensões, Palmeiras terá seis atletas no banco neste sábado
 
JP ONLINE → Com nove desfalques, Palmeiras enfrenta Atlético-GO para retomar a liderança da Série B
 
GLOO ESPORTE COM → Com nove desfalques, Kleina confia no elenco, mas admite: ‘Muda padrão’
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Palmeiras tenta aproveitar campo desconhecido também do Atlético-GO
 
GLOBO ESPORTE COM → Após boa atuação, Valdivia agradece aos médicos da seleção chilena
 
LANCENET → Cobrado para aparecer, Felipe Menezes se apega a boas lembranças em Goiás
 
••

5 respostas em “Verdão na Mídia 07-09-2013: Verdão desafia dez desfalques, calor e Atlético-GO para se recuperar ❘ Gazeta Esportiva Net”

Albuquerque, assino embaixo. Perrone e Rímoli? Ah contra a atual diretoria pode!! A atual diretoria é mais criticada que os nossos rivais bambis e gambás. Ah se o Perin tivesse ganhado, o que diriam?
3vv=Nobre=Perin=Tirone=Mustafá=Fanfulla, ou seja, incompetentes! Querem o poder, o clube em segundo plano.

Não sou defensor do sr. Nobre, mas acho hipócrita a posição do 3VV de postar matérias do Perrone e do Rímoli apenas quando lhe convém. Há certo tempo atrás foi colocado aqui pelo próprio 3VV que o site não compactuava com esses 2 integrantes da imprensa marrom.
Ué ? O que aconteceu com o 3VV que em 2013 começou a compactuar com ambos ?
A equipe do 3VV sabe, e muito bem, que a intenção desses 2 citados é apenas audiência.
Abs.

Temos sò 2 reservas, se perder nåo tem desculpa:

Sò duas baixas para o time titular: Prass ( tit), luis Felipe ( tit), vilson (tit), andre luis( reserv), Wendel ( mas ninguem quer juninho titular e menos wendel), maraujo ( 200% titular), Charles ( tit), Wesley ( tit), Felipe Menenezes ( reserva), Leandro (tit) , Alan Kardec (tit). Logo não ganhar hoje è desculpa e medo de por jogador da base.

Os comentários estão desativados.