Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 20-09-2013: Após agitação nos bastidores, Kleina ganha apoio do elenco para renovar ❘ Lancenet

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Após agitação nos bastidores, Kleina ganha apoio do elenco para renovar

Por Fabricio Crepaldi, Fellipe Lucena e Thiago Ferri

O nome de Vanderlei Luxemburgo, hoje no comando do Fluminense, ecoou na concentração do Palmeiras antes do jogo contra o Avaí, terça passada, em Florianópolis. Ele é apontado por algumas pessoas do clube como possível sucessor de Gilson Kleina em 2014, ano do centenário, mas o elenco saiu em defesa do atual técnico.

Os jogadores conversaram com o comandante, manifestaram apoio e prometeram jogar por ele até o fim da temporada. Depois de eliminações no Paulista, na Libertadores e na Copa do Brasil, o Verdão está perto de conquistar o acesso à Série A, com boas chances de conquistar o título da Segundona com sobras.

– O time vem em um bom momento, ganhando. (O nome de Luxemburgo) nos pegou de surpresa pelo momento que vivemos, mas todo mundo soube lidar com isso. Conversamos e falamos que estamos fechados com o Kleina. Ele tem a confiança dos jogadores – disse o zagueiro Henrique, capitão da equipe.

Valdivia, Vinicius e outros atletas adotaram discurso parecido e membros da diretoria ouvidos pela reportagem também se disseram favoráveis à manutenção do trabalho de Kleina.

Paulo Nobre conversou com o treinador em Santa Catarina para tranquilizá-lo. O presidente não está convicto de que a melhor opção seja renovar o contrato, que termina em dezembro, mas esclareceu a Kleina que não há outro nome na mira. O comandante – que já disse ter em seu trabalho o melhor marketing – segue trabalhando.

A possibilidade de extensão do vínculo atual ainda não foi discutida entre as partes. A diretoria não sabe quais serão as exigências do comandante, mas não planeja grandes investimentos para mantê-lo.

A questão salarial é, inclusive, um dos fatores que afastam o consagrado Vanderlei Luxemburgo, que dificilmente aceitaria voltar ao Palestra Itália com vencimentos semelhantes aos de Gilson Kleina.

Além disso, a rejeição a ele é grande no clube. O presidente Paulo Nobre e o diretor-executivo José Carlos Brunoro apreciam o trabalho de Luxa, mas sabem que sua contratação ficaria longe de ser unanimidade.

Membros da diretoria garantem que a chance de ser Luxemburgo o comandante do time no centenário é zero e afirmam que ele não foi cogitado em momento nenhum.

– Com relação ao Luxemburgo, as especulações são infundadas. Fiquei até assustado. Queria entender qual ligação eu tenho com ele. Quando fui vice-presidente (2007 e 2008), trabalhei com ele, mas também com o Caio Júnior – afirmou Paulo Nobre.

Veja o que jogadores do Verdão já falaram de Kleina:

“Nós gostamos muito do Gilson e estamos fechados com ele, mas se tiver mudança não cabe aos jogadores. Damos sempre o nosso apoio ao nosso treinador”, Valdivia.

“Ele fala o que nós queremos ouvir e também o que não queremos, porque amigo também avisa quando você errou. Ele nos blinda e corremos muito por ele”, Vinicius.

“O Gilson pegou um trabalho muito difícil, porque ele estava no grupo que foi rebaixado. Então isso traz um peso extra. Se fosse outro treinador, estaria com a conta zerada. Então o Kleina encarou uma pressão muito forte, num começo com grupo muito reduzido, tendo que improvisar jogadores. Passou pelos problemas e agora tem outro que é o grupo com muitas opções, que por um lado é bom e por outro é ruim. É difícil de se gerir um grupo grande, porque é complicado para o jogador trabalhar forte a semana inteira e saber que não vai para o jogo. E o Gilson está conseguindo gerir isso. A parte mais difícil no futebol é a de gerir grupo, pessoas, egos. No futebol se trabalha muito com isso, tem visibilidade, status e querendo ou não, entra no grupo”, Fernando Prass.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Palmeiras pede a jogadores que entrem menos pilhados para evitar confusões

Por Mauricio Duarte

Os jogadores do Palmeiras foram orientados a controlar os nervos nas partidas restantes de Série B do Campeonato Brasileiro. A intenção é não prejudicar ou atrasar o acesso antecipado por conta de possíveis ausências decorrentes de expulsões ou até mesmo punições do STJD. Internamente, considera-se que o clube é mais visado que os outros na competição e, por isso, tudo acaba superdimensionado.



”É difícil falar da arbitragem. Jogos da Série B não são fáceis, correria, às vezes a gente fica mais alterado”, afirmou o capitão Henrique.

“Todos os jogos contra o Palmeiras os times se dedicam ao máximo. Não é novidade. Enfrentamos isso sempre. Estamos preparados para o campeonato. Até o fim sabemos a importância de sábado, esperamos apoio da torcida, ajude como vem fazendo, para somar mais três pontos que serão fundamentais na caminhada”, completou, sobre o jogo contra o Sport, neste sábado.

O recado é para que os jogadores entrem menos pilhados em campo. Nas últimas partidas, mesmo com erros de arbitragem dando razão em alguns casos, os atletas do time alviverde mostraram certo nervosismo. Contra o Paysandu, houve um princípio de briga, Wesley foi expulso em Mendieta punido por meio de imagens recuperadas pelo STJD.

Contra o América-MG, nova briga e o vermelho para Alan Kardec. No último jogo, contra o Avaí, ninguém foi expulso, mas os jogadores estavam bastante irritados tanto com rivais quanto com o árbitro. Desde o início da partida, muita reclamação e nervosismo. Leandro chegou a se envolver em uma discussão com um rival dentro da área com direito a troca de empurrões e xingamentos. O saldo foram quatro amarelos para a equipe alviverde.

O próprio treinador Gilson Kleina trabalha com uma conta em que, a partir do jogo contra o Avaí, seriam cinco vitórias para colocar o time na primeira divisão. Ou seja, atingir a marca de 64 pontos. Uma já foi, faltam quatro. Os próximos adversários do time paulista são Sport e América-RN em casa, e Oeste e ABC fora. No primeiro turno, diante do clube de recife, o Palmeiras teve problema com a arbitragem e reclamou muito.

“Todos saíram com a cabeça inchada, era  um campo difícil de jogar, escanteio que não houve, gol de mão, mas superamos. Estamos tranquilos com a arbitragem, esperamos que não prejudiquem contra o Sport, um ponto faz muita diferença até fora de casa”, reiterou o zagueiro Henrique.

Faltando 15 rodadas para seu término, com 75% de aproveitamento no torneio, o Palmeiras é líder isolado, com 52 pontos. São 16 vitórias, quatro empates e somente três derrotas. A Chapecoense, vice-líder, tem 46 pontos e um jogo a menos.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Valdivia se diverte em treino com bola, e sub-15 tieta profissionais do Verdão

Por Marcelo Hazan

A principal novidade no treinamento do Palmeiras realizado na manhã desta sexta-feira, na Academia de Futebol, foi a presença de Valdivia no gramado. Depois de ficar na sala de musculação na última quinta, o chileno fez o aquecimento com todo o elenco e se divertiu no tradicional rachão realizado nas vésperas das partidas.

Com gol, assistência virando a cara e até dancinha de comemoração, ele se mostrou preparado para encarar o Sport, neste sábado, às 16h20, no Pacaembu, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Além de Valdivia, outra atração no treinamento alviverde foram os garotos do time sub-15. Depois de realizar atividade em um dos campos da Academia, eles aproveitaram a ocasião para tietar Vinicius e Vilson com fotos, além de cumprimentar alguns dos jogadores profissionais. No fim do treino, Alan Kardec, Wesley e Vinicius praticaram penalidades.

Para encarar o Sport, Gilson Kleina terá problemas e novidades. Leandro, com uma entorse no tornozelo e joelho esquerdos, novamente não treinou e deve ficar fora – Vinicius é o substituto. Além dele, Mendieta, com três cartões amarelos, também é baixa

– Kleina ainda pensa se reforça a marcação, com Charles, ou o ataque, usando Ananias ou Serginho.
Por outro lado, Alan Kardec e Luis Felipe, dupla que cumpriu suspensão na vitória por 4 a 2 sobre o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis, retorna ao time.

Líder da Série B, com 52 pontos, o Verdão tenta abrir ainda mais vantagem para ficar mais tranquilo na ponta. O possível time do técnico Gilson Kleina será: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, Vilson e Juninho; Márcio Araújo, Charles (Ananias), Wesley e Valdivia; Vinicius e Alan Kardec.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Último jogo do Palmeiras no Palestra Itália vira filme e será lançado em outubro

Por Alinne Fanelli

O Palmeiras divulga na próxima segunda-feira um documentário sobre o último jogo oficial da equipe alviverde no estádio Palestra Itália, realizado no dia 22 de maio de 2010, contra o Grêmio.

O filme “Primeiro Tempo”, além de episódio da série “Intervalo”, serão exibidos no Espaço Itaú de Cinema do Shopping Bourbon, na zona oeste de São Paulo.

O projeto usa uma analogia à uma partida de futebol e será dividido em dois momentos. “Primeiro Tempo” (1917-2010) tem imagens do jogo em que o Palmeiras venceu o Grêmio por 4 a 2, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro de 2010.

Os aspectos arquitetônicos do estádio em diferentes situações do dia foram enfatizados, desde o nascer do dia até o os refletores sendo apagados.

O filme conta com imagens e fotos de arquivo do estádio e depoimentos de pessoas que fizeram parte daquele jogo.

Já a série feita pela web chamada “Intervalo” vai mostrar histórias e personagens da construção e transformação do estádio Palestra Itália em Arena.

O DVD “Primeiro Tempo” deve chegar às lojas em outubro. O evento marcará também a apresentação do projeto “PalestraItalia.doc”, conjunto de ações e produtos audiovisuais que tem por objetivo documentar o processo de transformação estrutural e histórica do estádio.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Busto para ex-goleiro Oberdan no Palmeiras é questão de tempo

Por Bruno Ceccon

O ex-goleiro Oberdan Cattani finalmente ganhará um busto da Sociedade Esportiva Palmeiras. O Conselho de Orientação e Fiscalização do clube (COF) deve aprovar a homenagem ao veterano de 94 anos em sua próxima reunião, marcada para o dia 30 de setembro.

Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, já deu o aval para a construção do busto para Oberdan. O assunto foi citado na última reunião do COF, mas a votação ficou para o próximo encontro do órgão, formado por 19 membros – a decisão será por maioria simples.

“Está perto. Acho que não vai haver negativa alguma em relação a isso”, confirmou Alberto Strufaldi, presidente do COF, em entrevista à Gazeta Esportiva. Especialistas consultados pela reportagem garantem que não é necessário realizar uma nova votação no Conselho Deliberativo, mas isso pode acontecer, o que em tese não ameaçaria a aprovação da proposta.

Último remanescente da Arrancada Heroica de 1942, jogo que marcou a mudança de nome de Palestra Itália para Palmeiras, Oberdan iniciou a tradição de os goleiros do clube jogarem de azul, forma encontrada para homenagear a Itália. De 1941 a 1954, foi tetracampeão paulista (1942, 1944, 1947 e 1950), ganhou o Rio-São Paulo-1951 e a Copa Rio-1951.

Oberdan ainda fala com raiva de sua saída da agremiação e culpa o então presidente Paschoal Walter Byron Giuliano. Ele encerrou a carreira no Juventus e chegou a enfrentar o ex-clube, o que acabou usado como justificativa para descartar o busto, mas não há nada a respeito no estatuto, tanto que Ademir da Guia, ainda pelo Bangu, jogou contra o Palmeiras em 1960.

No começo de setembro, acompanhado por Paulo Nobre, Oberdan visitou a Academia de Futebol. Aplaudido pelos jogadores atuais, ele ganhou uma camiseta com seu nome de Fernando Prass. O ex-goleiro ainda não foi comunicado que a construção da estátua já é praticamente uma certeza.

“O busto poderia ter sido feito há muito tempo, mas você sabe como é a política. Fui feliz durante minha passagem pelo Juventus. Joguei bem, principalmente contra o Palmeiras, e calei a boca do diretor que me dispensou”, disse Oberdan em matéria publicada pela Gazeta Esportiva em dezembro de 2012.

Junqueira, Waldemar Fiúme e Ademir da Guia já contam com bustos nas alamedas do Palmeiras. Em 2014, ano do centenário do clube, Marcos e, provavelmente, Oberdan Cattani ganharão suas estátuas, o que faz os torcedores sonharem com uma inauguração conjunta das peças, embora o veterano tenha diferenças com seu sucessor.

“Isso seria o ápice: reunir todas as gerações no ano do centenário. O Oberdan representando o Palestra Itália, enquanto o Marcos simbolizaria o Palmeiras”, vislumbra o jornalista e escritor Fernando Galuppo, autor de um dos requerimentos para solicitar a homenagem ao antigo ex-goleiro no clube.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

BLOG DO LUÍS CARLOS QUARTAROLLO ❘ JP ONLINE

• Jogadores do Palmeiras não aprovam o nome de Luxemburgo e começam campanha pela permanência de Kleina em 2014

Jogadores do Palmeiras fecharam com Gilson Kleina. Está aberta a campanha pela permanência do treinador em 2014.

Henrique foi o expoente do grupo a pedir pelo treinador e falar que ele deve continuar no clube no próximo ano.

Alguns jogadores não gostam de Vanderlei Luxemburgo e também por isso a diretoria desmente a sua contratação.

Ontem falei com um alto dirigente esmeraldino e ele me garantiu: “Essa notícia que contratamos o Luxemburgo é uma grande mentira, é uma mentira escrota”

O dirigente até admitiu que Gilson pode sair, mas não será substituído por Luxemburgo.

“O tempo dele já passou. Ganhou muito aqui, faz parte da história do clube, mas não será contratado”

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO LUÍS CARLOS QUARTAROLLO ❘ JP ONLINE

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Baixando a pedida

O Palmeiras passou os últimos meses exigindo R$ 25 milhões pelo patrocínio máster para 2014. Mas, diante da ausência de um parceiro, há forte pressão para que a diretoria baixe a pedida para R$ 15 milhões.

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Marcelo Damato

• Dominando terreno

Em ascensão na Série B, o Palmeiras acertou para inaugurar mais três lojas oficiais. O novo acordo, com Meltex, sua parceira, prevê o lançamento de lojas em São Bernardo, em Osasco, e a terceira na Penha, na zona leste.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Damato

• Vigilância

O Ministério Público obteve na Justiça mais uma perícia nas obras do Allianz Parque. Desta vez, será verificado se a obra tem o mínimo legal exigido de área permeável. O órgão já entrou com diversas ações contra a WTorre, e tentou parar a obra em três ocasiões.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

GLOBO ESPORTE COM → Kleina mantém dúvida: três volantes ou três atacantes? Veja relacionados
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Palmeiras mantém dúvida entre Charles e Ananias para enfrentar Sport
 
GLOBO ESPORTE COM → Kleina revela ligação de Luxemburgo para tranquilizá-lo sobre especulação
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Luxemburgo liga para Kleina e garante que não acertou com Palmeiras
 
ESPN BRASIL → Luxemburgo liga para Kleina e garante que não acertou com Palmeiras
 
FOLHA ONLINE → Kleina diz que Luxemburgo ligou para desmentir negociação com o Palmeiras
 
ESTADÃO ONLINE → Kleina revela ligação de Luxemburgo após especulações
 
BAND ESPORTE → Luxemburgo liga para Kleina e nega conversa com Palmeiras
 
GLOBO ESPORTE COM → Com rumores sobre a saída de Kleina, Palmeiras só pensa no título da Série B
 
FOLHA ONLINE → Kleina reclama de violência dos adversários do Palmeiras na Série B
 
GLOBO ESPORTE COM → Após defender a Seleção, Henrique admite desejo por vaga em 2014
 
LANCENET → Henrique, do Palmeiras, admite ansiedade por vaga na Copa do Mundo
 
ESTADÃO ONLINE → Palmeiras lançará DVD do último jogo oficial no Palestra
 
••

18 respostas em “Verdão na Mídia 20-09-2013: Após agitação nos bastidores, Kleina ganha apoio do elenco para renovar ❘ Lancenet”

Para mim, testaria o time e o Kleina no Paulista, caso sejamos campeões o manteria no brasileiro. Acho besteira correr atrás de técnico antes disso.

O problema nisso é atrasar o planejamento, e aí há um risco muito grande. O fracasso no Paulista, na LIbertadores e na Copa do Brasil desse ano não fazem pensar que o trabalho do Kleina poderia ser muito diferente ano que vem. E esperar até o fim do Paulista ano que vem implica esperar até abril para começar a mexer na estrutura, e aí o atraso pode por o ano a perder.

E outra o Kleina não é técnico para o ano do centenário e tem alguns jogadores medíocres que não deve fazer parte dos planos para o ano que vem, como por exemplo o GB.

Se for pra demitir o Kleina, demita no final do ano, aí sim quando começar um outro ano (já com o acesso garantido), aí sim contrata um técnico melhor (pelo amor de deus nada de Luxa). O Palmeiras precisa de reforços pontuais para o ano do centenário de pelo menos para começar a temporada 2014 de uns cinco reforços no mínimo.

Essa justiça brasileira serve a quem,è sò ver o episòdio do mensalão:

Embora, os Ministros tenham realizado um trabalho bem fundamentado de
60 mil paginas, 8 anos de julgamento até agora, e não sabem o que vai
acontecer, pois a troca de 2 ministros, pode inocentar condenados que
demoraram oito anos prá ser condenado ,sem esses mesmos 2 ministros novatos,isso é a justiça brasileira, pois num mundo moderno onde se presume
Inteligencia, assertividade e conhecimento ,nossa Justiça ( ou injustiça) é atrasada e obsoleta e perdida. E se acha o máximo ao ignorar o povo, embora á contituição , que diz que ” O poder emana do povo ” e todo agente público deveria respeitar a supremacia do interresse do público, vemos que a pior
Instuição Brasileíra é a justiça . Pois onde não ha justiça nada prosprera
E isso é o Brasil, Sultōes ou apaniguados de toga se sentem melhor que o povo,
Não ouvem o mesmo, mas são pagos com altos sálario e benesses por esse mesmo povo, que ná verdade é o patrão.E a justiça não funciona , 8 anos de sálarios elevados não conseguem uma decisão de quem roubou os cofres publicos,já decidido por eles, isso prova que nossa justiça è falha, è pessima, e a cada momento se entra um juiz novo, o decidido era errado
ou não tem validade,que justiça è essa ,que a cada ministo muda a justiça,na verdade isso mostra a justiça do interesse de quem tem poder.
Que país è esse????

MENOS, BEM MENOS, É MAIS FACIL JOGAR A CULPA NAS COSTAS DO VIZINHO DO QUE ASSUMIR A CULPA, O MESMO POVO QUE CLAMA POR SER OUVIDO, É AQUELE QUE ELEGE PETRALHA, MENSALEIRO, TIRIRICA, KLB E MAIS UM MONTE DE TRASTE QUE LEGISLA EM FAVOR PROPRIO E FODE COM O POVO, ENTÃO A CULPA DESSE MONTE DE LADRÃO LEGISLANDO E ROUBANDO O POVO E SENDO ABSOLVIDO PELO JUDICIARIO PAUTADO NA LEI É TOTAL E COMPLETAMENTE CULPA DESSE POVO ESCROTO QUE RECLAMA MAS SÓ CONTINUA A FOD… O PAÍS

Está evidente que foram indicados dois novos “juízes” que, por coincidência, tem pensamento alinhado com os mensaleiros do PT. Ora, se houvesse justiça neste país, deveriam processar e julgar o verdadeiro chefe do mensalão, é aquele que deu, quer dizer roubou, um estádio para o timinho da marginal sem número.
Vivemos em um país onde o presidente (ou presidenta) indica um juiz que pode julgá-lo. Chocou ver uma jornalista da gobolixo, a Lílian Wite Fibe, afirmando no programa do Jô que, só não abandonava o Brasil, por causa da idade e do estado físico de seu pai. Olha estou pensando, seriamente, se devo continuar no Brasil, estou com vergonha de tudo o que está acontecendo.

A discussão não vai acabar nunca. Mas que o fraquíssimo Kleina não é treinador pro Palmeiras, disso eu já me convenci faz tempo.

Essa frase do Vinícius mostra o quanto jogador de futebol é FDP — “Ele fala o que nós queremos ouvir e também o que não queremos, porque amigo também avisa quando você errou. Ele nos blinda e corremos muito por ele”, Vinicius. — Então que dizer que o dia que não quiserem mais o Kleina vão parar de correr por ELE? vão fazer corpo mole, tomar umas goleadas e deixar a torcida ser humilhada… e o PROFISSIONALISMO? bando de safados, isso sim.

Exatamente! Foi isso que os jogadores do Flamerda fizeram com o Mano. Nenhuma novidade nisso!

Acho que você entendeu pelo mau lado, apesar de eu não ser fã do Kleina já é mais que comprovado que ele tem o grupo nas mãos. Que adianta ter um Luxa ou Felipão que, pelo nome, vão até o fim com suas teimosias (Rivaldo genérico, Capixaba, Patrick fenômeno, Gerley, etc…)?

Até o final do ano, não há porque trocar o Kleina, a não ser se pensarmos em planejamento para 2014. Agora, esse não é técnico para o ano que vem, nem a pau. Ganhar Série B com o Palmeiras não é mais do que obrigação, ainda mais com o nível fraquíssimo que esse campeonato está mostrando. Noa campeonatos que importavam, o Palmeiras foi eliminado em todos, e a mão de Kleina teve peso em todas as eliminações.

Concordo, o Kleina não mostrou que pode ser nosso técnico pra 2014. Ele teve a chance de tirar o time do rebaixamento, teve a chance de disputar a Copa do Brasil e não conseguiu bons resultados. Mas por enquanto, é irracional pressionar a saída dele. Vamos esperar que o time garanta a subida.. deixe o ano acabar, o mercado girar.. ficar criticando agora só atrapalha o clube.

Apesar dos fracassos, quer queira quer não, ele é o cara por trás desse novo elenco e pela calmaria atual.

Se depender de B3 (Nobre) e B4 (Brunoro) atendendo a pedidos do Maldito Mujstaphá com certeza o ano que vem teremos: BRUNO, WENDEL, ANDRÉ LUIZ, JUNINHO PIU-PIU, VINÍCIUS, PATRICK E MÁRCIO ARAUJO E GILSON KLEINA.
É subir e descer novamente.
Credo só notícia desanimadora. Como disse o Cúnio: O QUE FIZERAM COM MEU PALMEIRAS!!!!!

Tá certo pô.. quer mudar de técnico, mude no fim da temporada. Isso ai é uma frescura e um tremendo desrespeito com o profissional. Melhor o Kleina com um salário mais modesto que um desses dinossauros querendo holofotes.. Se for pra mudar de técnico.. prefiro que esperem aparecer uma grande oportunidade do que trocar 6 por meia dúzia.

Quanto ao profissional contratado pra gerenciar a Arena.. ótimo! Espero que ele gerencie também os jogos..

Esse MP quer é aparcer ao inves de ir atras de mensaleiro e estadio do governo ficam enxendo nosso saco. Alem do mais o pedido de minimo para area “PERMEAVEL” porra tem um campo de futebol no meio do estadio!

Os comentários estão desativados.