Categorias
Corneta do Cunio

Corneta do Cunio – Até nunca mais, Lilliput!

Por Alberto Cunio

Gullivers alviverdes, o Gigante voltou. E diante do cenário que nos foi apresentado na ilha que visitamos no início da Série B, nada de anormal. O retorno se deu dentro do tempo previsto diante do diminuto porte de nossos anfitriões.

Tudo seria normal não fosse a atitude mimada de parte de nossa torcida. Como um bebê irritado que pergunta “Cadê meu ursinho?”, tivemos nossos ouvidos bombardeados na última semana com toda sorte de asneiras e groselhas. Definitivamente, o torcedor palmeirense comum é uma mala sem alça.

Na visão dele, tudo o que provem de nosso clube é um lixo. Por outro lado, tudo o que nasce no quintal do vizinho é digno de exemplo a ser seguido. Vamos com calma. E vamos começar parando de falar bobagem.

O elenco e o técnico Gilson Kleina merecem, NO MÍNIMO, respeito. Se a incompetência de alguns dirigentes, atletas e comissões técnicas nos levaram à ilha de Lilliput, os que hoje nos conduziram de volta à Série A não tem NADA a ver com isso. Kleina assumiu em 2012 um time já rebaixado, sob a batuta de um presidente inexistente e um diretor de futebol pior ainda. Trabalhou duro com os atletas que se dispuseram a encarar o inferno, alguns deles novos e que nem sequer conheciam o Palmeiras, e cumpriu a meta de 2013: subir para a Série A. Caímos no Paulista, CB13 e Libertadores? Sim. Mas já sabíamos, TODOS NÓS, que não era este o foco do ano. O objetivo maior era voltar à elite no ano do centenário, algo que causava até calafrios de se pensar o contrário.

Atingida a meta, teve início então uma enxurrada de abobrinhas. Começando por dizer que nosso time, do jeitinho que está hoje, cairia de novo no Brasileirão Série A deste ano. Que me desculpem os profetas: se realmente estão assistindo ao referido campeonato, não podem proferir esta tolice. Se tirarmos o Cruzeiro, que é um ponto fora da curva, que futebol presta na Série A? O Botafogo é vice-líder! Socorro! O melhor paulista é o Santos em oitavo e com um time cheio de juniores!

Para tudo tem sua hora. Hora de planejamento, de análise e de ações. O palmeirense queria mesmo Allan Kardec de técnico. Não, não nosso atacante com um “L” a menos, mas o médium francês que viveu no século XIX. Quem sabe ele receberia o espírito de Telê Santana, Brandão ou Rinus Michels, únicos habilitados a dirigir a seleção alviverde na concepção ufanista do nosso torcedor. “Houston chamando palmeirenses: hora de retornar ao módulo lunar e embarcar de volta à Terra”.

Poderia deixar minha CORNETA de hoje para todos os palmeirenses que vaiaram o time ao final do jogo de sábado. Mas vou representá-los através de Clóvis Rossi, responsável pela pérola da semana que passou. Está difícil. E olha que nem começamos 2014.

A Corneta no Twitter quer saber: O CEO ainda trabalha no Palmeiras? Cadê ele? Siga! @Corneta3VV

49 respostas em “Corneta do Cunio – Até nunca mais, Lilliput!”

É Fato e não pessimismo: com esse time e técnico na série A 2013, brigaria até o final pra não cair.

Galera alviverde, muito legal ver tantos comentários lúcidos e coerentes. Sejam a favor ou contra a coluna. Assim é legal! Realmente sei que, independetemente da posição de cada um, queremos um Palmeiras reforçado e competitivo para ganhar SEMPRE o que disputa. E que seja assim com Kleina ou sem Kleina, mas com certeza com uma torcida que cobre, mas apóie o PALMEIRAS incondicionalmente. Um abraço!

AMIGO, ATÉ CONCORDO EM PARTES COM VC! realmente não vejo um time tão ruim do Palmeiras, nem uma serie A tão forte, mas ai que esta o problema… achar que esse time esta bem. Mas não esta! esse time não passa confiança assim como Gilson Kleina tambem não. Ele não transmite segurança, não sentimos atitude de vencedor nele. Logico que não podemos viver apenas de pre sentimentos, mas isso vem das eliminações, o cara não ganhou um mata mata sequer. conte comigo: perdeu na sulamericana para o Millionarios, perdeu feio. Foi eliminado pelo Tijuana em casa, sem demonstrar capacidade de sair da situação dificil. Perdeu para o Santos, em uma partida que faltou coragem dele, pois o Palmeiras poderia ter vencido no tempo normal. E por fim, foi eliminado melancolicamente contra o Atletico pr. quase 1 ano e meio se passou e não temos uma caracteristica definitiva, não temos um sistema tatico que olhamos e falamos, o Palmeiras joga de tal forma. Sou do tipo que acha que tem que manter o treinador, pois esse é caminho correto. No entanto ele não teve sequer um fiapo de genealidade, de coragem, de malicia, de atitude nos momentos mais importantes.
Serie B pra mim não é avaliação, porque ate hoje nunca vi um time grande permanecer 2 anos. então subir é mamão com açucar…
Se o Palmeiras quiser sonhar com a possibilidade de ao menos vencer o Paulistinha, que se mexa e traga uns 5 bons jogadores e um treinador que nos dê esperança e pespectiva de conquista, senão, vamos ficar chupando dedo de novo.

Kleina não dá. E não é pq veio da Ponte, treinou time pequeno e outras baboseiras… Simplesmente pq na prática se mostrou pouco decisivo.

A linha deve continuar sendo essa. Trazer um técnico que esteja fazendo reconhecidamente um bom trabalho e que não seja medalhão, tipo Guto Ferreira, Sidnei Moraes ou Dado Cavalcanti.

Agora, se for para trazer um medalhão, que seja um estrangeiro.

Caro Sr Cunio,Mestre das Alamedas,formador de opnião,Chefe da ala do Amendoin,Digno representante da corrente do Sr Mustafa.
Eu sou um Palmerense comum e como Sr mesmo disse,um ¨ Mala sem Alça¨, que esteve no Pacaembu e vaiou aquele jogo horrível apresentado pelo digno representante do Bom e Barato.
Vejo em suas palavras exatamente o discurso proferido hoje pelo seu lider máximo o Sr Mustafá,cujo disfarce em forma de cordeiro veste hoje o Sr Nobre.
Não só sou Eu que comenta a respeito de todos estarem de Saco Cheio de times mediocres que são montados pelas diretorias que entram e saem e nada eu disse Nada fazem para melhorar a situação do clube cujo, ápice da Incompentência foi atingida pelo Sr Tirone.
Espero continuar sendo um Mala Sem Alça mas que luta por um time digno que represente realmente um time Centenário cheio de glórias e tradições que é a SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS.
lucchesi il capo

O Kleina não pegou o Palmeiras rebaixado em 2012, ele dirigiu o time por 13 rodadas (1/3 do campeonato). Passado mais de um ano, ele ainda não sabe armar o time sem o Valdívia. Sem contar a entregada vergonhosa contra o Milionários da Colômbia, indigna da história do Palmeiras. Em suma, é um treinador previsível e covarde, que dirigiu na série B um elenco que é mais valioso/caro do que o de metade dos times da séria A. Na boa, até eu.

Quando o Ministro Aldo Rebelo, comentou que ate no item CT, fomos rebaixados, senti que estamos muito mal de torcedores, principalmente os que são ilustres, e meros aproveitadores da mídia predatória, que mantem as manchetes mais absurdas, quando o assunto é Palmeiras.
Senhor Cunio, creio que seu artigo seja uma peça teatral com enredo comico, pois acreditar que este elenco, ou melhor plantel , seja digno de representar o clube que tem a historia, do Palmeiras , é tirar as ultimas esperanças, de dias melhores em pleno centenário, já que Paulo de Almeida Nobre, ainda esta engatinhando em todos os aspectos administrativos, que permitam ate sua reeleição, a equipe é fraca, bem como este aprendiz de técnico, há necessidade de contratar , um lateral direito, um bom zagueiro, um bom quarto zagueiro, um lateral esquerdo, um volante de contenção , dois meias destros, um meia canhoto e dois atacantes de oficio, totalizando-se DEZ atletas de bom nível técnico e jovens, para que possamos novamente termos o Palmeiras como PROTAGONISTA, no Paulistão, na Copa do Brasil, e principalmente no Brasileirão, desta forma estive no Pacaembu sábado, e concordo com a manifestação da torcida, que tem consciência da importância de investir para conquistar, Senhor Cunio, eu como o Senhor e demais Palmeirenses, já estamos de SACO CHEIO, de termos times ridículos, envergonhando a torcida e expondo o nome de um clube centenário, nas paginas cômicas da comunicação esportiva,desta forma peço desculpas pelas palavras, mas, não é possível , termos uma década jogada no lixo!

Cláudio AMIGO VERDE como vai???? CONCORDO PLENAMENTE NO SEU COMENTÁRIO, o Palmeiras está atrasado a 3 décadas e meia e não podemos mais perder tempo com essa mediocridade, eu também assim com você estou de acordo com os manifesto da torcida, temos que fazer pressão até que tomem jeito,a primeira coisa que tem que fazer é eliminar a política do luciferiano Mustafá do seu bom e barato e toda essa influência negativa causada pelo SAPO BOI.

…Cláudio eu esquecido, o nosso atual presidente PN ou contrata 8 jogadores de níval que chegam para ser titulares e resolvam ou vamos brigar pelo TRI da segundona.

Já falei aqui que com 7 ou 8 reforços importantes o Palmeiras fica com um grupo capaz de lutar por títulos ( 2 laterais, 1 zagueiro, 1 volante, 2 meias e 2 atacantes).Mas temos que ter critério na escolhas, vai melhorar pelo menos 20% a posição contratada. Qual titulo o jogador possui, sabe passar,cruzar, finalizar,qtos gols no ultimo ano.Tem estilo de jogo que combina com o desejado e com o resto do elenco.Não adianta mandar thiago real embora e trazer Felipe Menezes.Em resumo,só devemos contratar titular e nivel de G4.Se não começa tudo de novo, e se investir tem retorno, foi 30 mil torcedores prá ver esse time meia boca e ficar chateado,imagina se colocarmos um time que empolgue a torcida,com um tecnico que jogue prá fazer gols.

Concordo com tudo, parabenizo o Kleina, os jogadores, a nova diretoria, mas como Palmeirense, nunca deixarei de pensar grande. Portando depois dos cumprimentos, fora Kleina, obrigado mas não tem pegada para o Palmeiras e muito menos para a serie A, mesmo que ela tambem não seja estas coisas. E fora Marcio Araujo, Juninho, Ananias, Léo Gago, Marcelo Oliveira, André Luiz, Fernandinho, Roni, e outros reservas que nem lembro o nome. Voltamos, vamos planejar, e pensar grande, vamos pensar como campeões que somos, e pelo menos em nossa midia jamais podemos admitir outra coisa além de títulos.

Time igual ao Palmeiras nao se apequena. E quanto a essa informação, tem um detalhe que alguns clubes lançam receitas de tv como credito e outros como debito nos seus balancos financeiros, pois foram antecipadas. Por isso que existe essa diferença abs

Objetivo alcançado??? não para mim e muitos Palmeirenses que vimos times briosos e mesmo sem tantos craques dava mais gosto de ver jogar do que este time pereba e cheio de mimimi…para nós Palmeirenses objetivo alcançado é ser Competitivo em tudo que disputamos e não simplesmente figura decorativa! ….como diz nosso maravilhoso hino “DEFESA QUE NINGUÉM PASSA, LINHA ATACANTE DE RAÇA” é o minimo que esperamos de nosso time ….me desculpe Cunio mas sua cornetada esta um pouco equivocada.

Desde 2000 ou 2001 é sempre a mesma coisa… PACIÊNCIA. Como se fosse fácil depois de anos e mais anos de política catastrófica. É fácil falar que o torcedor Palmeirense é Chato, é Corneta, é Bipolar, é isso ou aquilo. Quero ver MONTAR um time DIGNO de PALMEIRAS, não esses lixos que há décadas chegam de baciada no clube, seguindo a risca a política do bom e barato. Mustafá acaba de jogar na cara do Nobre que subiu com um time mais BARATO em uma Série B BEM MAIS FORTE que essa que disputamos. Não vou radicalizar, temos sim bons jogadores (Prass, Henrique, Wesley, Valdívia “Quando joga” e Kardec), mas para podermos BRIGAR por algo em 2014, vai precisar muito mais do que foi feito até agora em 2013.

O Kleina quase “acaba” com a carreira do Wesley no Palmeiras. Wesley, jogo após jogo, era sempre o pior do time. Por que? Porque o Kleina insistia em escalá-lo como meia. Aí, o próprio jogador veio a público e PEDIU para jogar de 2º volante. Resultado: foi um dos melhores do time no campeonato. Isto escancara como o técnico (não) entende de futebol. O jogador teve PEDIR para jogar na posição correta.

É verdade. Creio que sábado eles vão tomar um arrebento do Sport.

No mais, o Alberto tem razão. Acho que as vaias foram desnecessárias.
Mais ainda, a torcida organizada que promoveu as vais e contos execrando os jogadores (time sem vergonha) tem motivos políticos para fazê-lo.
Sim, as diferenças com um certo jogador do time e com o Presidente Paulo Nobre que rompeu com eles em virtude do episódio do aeroporto, ainda não foram resolvidas.

Dois fatores que o palmeirense já está de saco cheio: Mustafa e Mancha.

Esse time cai ano que vem sem reforços. Ouvi que o kleina não fica, mas independente precisamos de reforços….
AJUDA AI: Prass, um LD, henrique, Vilson ou Andre Luiz, LE, Eguren, Wesley, Valdivia e Alex, Kardec e Scocco, esse time pelo menos começa a botar medo no adversário, e não custa caro.
Sobre o texto, bem escrito diga-se, todo mundo sabia que a obrigação era subir, mas para mim a obrigação é ser campeão(isso não quer dizer que vá comemorar), mas campeão tem que ser.

Cunio, acho q a bronca da maioria da torcida e seu foco tem as seguintes linha:
1- Jogadores: pelo salario, estrutura e possibilidade deveriam te “passado o carro” na grande maioria do jogos. Especialmnte sabado, contra um futuro time de Serie C, com casa cheia.
2- Tecnico: por suas opcoes e insistencias em pecas erradas, alem da falta de atitude e direcao durante os jogos.
3- Diretoria: colocar a facilima Serie B como UNICO objetivo de 2013 eh imperdoavel para um Gigante como Palmeiras.

Reforco a Corneta no CEO, cade o trabalho deste senhor?

Abraço
FC

Perfeito Alberto! Alguns palmeirenses não tem o menor senso de realidade.
Diria mais, acho que se não for para trazer o Ney Franco, Cuca ou Marcelo Oliveira tem que renovar com o Kleyna.
O primeiro por ser um técnico em que acredito no potencial, o segundo pelos ultimos resultados e o terceiro pelos ultimos 3 anos.
Concordo que o Kleina não é técnico para fazer bonito em time grande porem contratar Dorival JR(rebaixou o Vasco), Abel Braga(demitido do flor pelos péssimos resultados), pofexô(não preciso falar né), Mano Menezes(depois que saiu do flamerda vimos o que aconteceu com o time),ou seja, técnicos com resultados ruins em times medianos só porque tem nome. Acho que não é a melhor coisa a se fazer, isso já foi feito antes, e não surtiu efeito nenhum.

com I OU Y é a mesma coisa. Faz um ano que não temos padrão de jogo, faz um ano que ele escala Marcio araujo e o Juninho. Faz um ano que o time não faz uma puuuu ta partida. Já passou da hora do bilhete azul.

O fato é que com o Kleina, não teremos chances. TALVEZ um técnico melhor saiba extrair mais destes poucos jogadores de bom nível (Henrique, Wesley, Kardec e Valdívia 50%).

Tirando o Felipão, que acabou de sair e fez milagres e merece hoje a outra seleção, e tirando Muricci (demitido da Santos recentemente) e Luxmburgo (Destruiu o Grêmio e faz o mesmo agora com o Fliminense levando-o ao Z-4). Os dois recém-demitidos do Palmeiras por incompetência e que juntos, deram um rombo de 4 milhões só de multa recisória, quem mais você sugeriria?
Dorival Jr. ? Demitido agora pois deixou o Vasco na penúltima colocação.
Abel Braga ?? Demitido do Fluminense também por deficiência técnica ?

Enfim, com competência e acima do Kleina, não vejo nada superior a ele no Brasil.

Do jeito que muitos torcedores palmeirenses acham que técnico poderá fazer um Juninho jogar futebol e acertar um cruzamento ou Felipe Meneses saber se a bola é redondo, nem o Mourinho e muito menos Pep Guardiola seria bom técnico para o Palmeiras. Eles não duraria 6 meses e seriam chamados de burro pelos torcedores que acham que técnico ensina cabeça-de-bagre a jogar futebol…

O CEO trabalha sim ! E ganha um salário de executivo de multinacional TOP e nem um mísero patrocínio conseguiu e ainda fez mil lambanças e humilhações ao clube e torcida !

Tá bom, então deixa o Kleina para o ano que vem: um sujeito que, em um ano, não conseguiu dar padrão de jogo para a equipe, que escala mal, que mexe mal, que conseguiu passar sufoco contra times como Icasa, Boa, São Caetano e Guaratinguetá, que tomou uma biaba no Paulista e na Libertadores (tudo bem que vencer a Libertadores era algo muito improvável, mas fomos eliminados por um time pior, essa é a questão), e que, no único confronto pela CB, contra um time que, segundo o nosso próprio Cunio, estaria “dentro da curva”, ou seja, não escaparia da mediocridade apontada, tomou um couro nos dois jogos (a vitória aqui foi circunstancial; a derrota só não foi pior por sorte). Teríamos uma perspectiva muito boa para 2014, não?
Diante disso, está errado o torcedor cobrar? Até agora, tudo o que está sendo falado não vai além do velho mantra “não tem dinheiro, não tem dinheiro”. E esse time atual, tirando 4 ou 5 jogadores, é muito fraco sim, precisa ser reforçado e bem reforçado, especialmente por conta do que 2014 representa para nós. O ano de 2013 deveria ter sido usado para isso, qualificar e reforçar o time, mas não foi; ficou-se nesse discurso de que a meta deste ano era voltar para a Série A. Desculpe, mas isso é balela, pois para um time como o Palmeiras, a subida não era nada mais do que a obrigação, e se era obrigação, não podia ser confundida como a “meta do ano”. Desde 2010 viemos capengando, até acontecer a queda no ano passado. E agora que voltaremos, não há sinalização alguma, por enquanto, de que o panorama será diferente.
A vaia no sábado foi sintomática, porque resultou do mau futebol apresentado. Foi pelo conjunto da obra, até porque a torcida apoiou o time sem parar durante o jogo; só vaiou depois do apito final. E, respeitando quem pensa de forma diferente, comemorar o acesso à Série A é passar recibo de mediocridade, coisa que o Palmeiras nunca deve assumir. Se a vaia incomodou, que a diretoria aja, apresentando o planejamento para o ano que vem, definindo a comissão técnica, contratando jogadores capazes de vestir a nossa camisa; assim se dá uma resposta à altura. Do contrário, com esse papo embromador, o clima vai continuar tenso, e com muitos motivos para tanto.

Fábio, parabéns, isso sim é texto de palmeirense de verdade, que conhece a história gigantesca do clube e que jamais vai “comemorar” acesso, nem se for de riso, tampouco vai aplaudir a mediocridade. Time tosco, mal treinado, muitíssimo mal administrado e cheio de soberba por parte de alguns “intocáveis”, principalmente da cúpula diretiva. E digo mais: se subimos no sábado e cumprimos o “hercúleo” objetivo da temporada, já perdemos quatro dias de planejamento para 2014. Cadê o trabalho? Cadê as reformas? Cadê o patrocínio? Cadê o “quinto elemento” do Grêmio?

Mas um empate com o magnífico São Caetano, q em breve será de SÉRIE C, em um jogo q era pra ser de “festa” não é digno de vaias? Constatar q o time é médio-fraco e q do jeito q está poderia sim correr risco na série A ano q vem é mero exercício de observação e realismo.
Mas claro q não será este time. De espinha dorsal mesmo, somente Prass, Henrique, Wesley e Kardec. Com um pouco de boa vontade Vilson e Luis Felipe, com situação a definir.
Em vez de dar experiência pro Denoni, q era um excelente valor, não, continuamos com a maldição araújo e com Charles baile funk. E Valdivia obviamente não dá pra contar. O time não tem padrão de jogo. Série B deveria ter servido pra entrosar e definir padrão, aí contratações pontuais já entram em um time, não em um bando.

Voce viajou como Gulliver ou, desculpe o trocadilho, como Cunniver. Esse time é pior ou no maximo semelhante ao do ano passado. Num campeonato de serie A é um time pra fazer de 38 a 50 pontos, ou seja altamente caível. Abracos.

Cunio.
Após um longo recesso pelos motivos que expus diretamente a você, volto hoje a comentar no 3VV.
Parabéns pela coluna de hoje.
Perfeita.
Em muitas oportunidades testemunhei a torcida sendo decisiva a favor do Palmeiras.
Porém, em outras ocasiões, foi decisiva contra o clube, ainda mais uma certa organizada.
Cornetada mais do que justa, personificada na figura do medíocre Clovis Rossi.

Nem céu, nem inferno. Objetivo atingido, legal, parabéns! Mas esse time hoje sem a base Prass, Henrique, Wesley, Valdívia e Kardec seria um forte candidato ao rebaixamento 2014 sim! É hora de muito trabalho, temos um tempo infinitamente maior que nossos concorrentes para nos prepararmos para o próximo ano, então, mãos na massa. Finalizando, aguardo ansiosamente a dispensa do Kleina meio de campo buraco e Marcio cara da derrota Araujo. Saudações!

Parabéns, foi a postagem mais lúcida de todas as que já li nos últimos 3 meses. Aliás deveria ser reproduzida para todo os palmeirenses.

Concordo com quase tudo. Nossa torcida está irritando mesmo. Porem, no final do jogo quem mais “reclamou” e quis ofender foi a torcida organizada e nao o torcedor comum.

Bom dia !!! Finalmente, um comentário com lucidez !!! Parabéns !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

“Definitivamente, o torcedor palmeirense comum é uma mala sem alça.”???? me desculpa, mas quem teve essa atitude foi a mancha verde… que inclusive foi vaiada pelos torcedores comuns… pelo menos no jogo que fui foi isso que aconteceu…. e outra, acho meio absurdo falar que tirando os +/- 200 mil torcedores “não comuns” o restante (18 milhões) são malas sem alça…. espero que tenha sido só erro de digitação… quem tem sido mala sem alça está no meio de algumas torcidas organizadas e não da torcida comum….

e só pra ficar claro… concordo com o conteúdo do texto… não é momento para mimimi… ano que vêm é outra coisa…. é momento de nos planejarmos para disputarmos títulos em 2014…. acho que se a Mancha Verde e TUP parassem de brigar e de chamar nosso time de “time sem vergonha” teríamos dias de paz… acho que os jogadores do atual elenco tem bastante vergonha na cara…

Perfeita colocação Alberto! Além de tudo isso, quero expressar o meu atual maior TEMOR, temo que a diretoria caia na onda da montagem de times caros e recheados de medalhões, coisa que Vasco, Botafogo e outros fazem com certa regularidade e invariavelmente após um campeonato mediano, passam sufoco no seguinte, de mediano para medíocre não há lá grande diferença. Meu atual sonho é ver o Palmeiras com uma base sólida, jogadores “franchise players” como foi o Marcos, como podem ser atualmente Henrique, Kardec e ladeado de esperanças como os jovens Dybal e L. Gustavo, um time em formação e não um time para parecer bonito e arrancar aplausos da mídia que gosta de usar o termo “clube tal investiu” mas quando o caldo entorna… Meu PAVOR é o Palmeiras começar acostumar em lutar para não cair, isso não pode, NUNCA! E para isso tem de por o pé no chão, fazer contratações pontuais com um grau maior de acerto do que passar a baciada de fim de feira como fizemos nos últimos anos de modo contumaz.

Caro, de mediano para medíocre não há lá grande diferença mesmo – basta você pegar um dicionário que vai perceber que os dois termos são sinônimos. Aliás, similares também são as atitudes de quem nos rebaixou no passado e de quem quer “modernizar” nossos caminhos futuros. Um discurso bonito na forma mas vazio no conteúdo, repleto de mentiras vindo de uma pessoa arrogante que tem compromisso apenas com a própria vaidade e com a sede de poder me preocupam muito mais do que time repleto de medalhões – o que, pode ficar tranquilo, não teremos nem em 2014 nem por um longo tempo. Por fim, sinto informá-lo de que seu temor já se tornou realidade, pois há pelo menos quatro anos o Palmeiras apenas participa dos campeonatos, deixando a verdadeira disputa para clubes mais estruturados e competentes. E infelizmente a tendência é piorar.

Exato Eduardo, aliás hoje eu diria que desempenho mediano seria lutar por vaga na libertadores e ficar com uma sul-americana e desempenho mediocre lutar por uma vaga na sul-americana e ficar contente por não cair. Olhando pouco tempo no retrovisor, 2005 4º, 2006 16º, 2007 7º, 2008 com Caio Jr tivemos um ano bom (4º com vaga na Libertadores), 2009 foi um desastre por conta de perder o título quando estávamos com 8 pontos a frente (fechamos em 5º), ai veio o mediocre 2010 (10º), medíocre 2011 (11º), e o pavoroso 2012. Vemos ai um padrão, alternando um ano com libertadores com dois anos sem, sendo um deles lutando pra não cair, isso é desempenho de Atlético Paranaense! Cruze os anos ruins com o cronograma político do Palmeiras e temos outro padrão, que é a gestão gastar muito no primeiro ano, fazer loucura no segundo e deixar uma bucha pro 3o.

Epa…mas, quem garante que em 2014, os times que hj “patinam” na série A, mas, COM TIME/ELENCOS MUUUUUITOS MAIS FORTES QUE O NOSSO, não irão se reforçar ainda mais? NA MINHA VISÃO, IRÃO SIM! E MUITO, POIS, LÁ A MENTALIDADE É OUTRA, bem diferente da nossa!!!Do nosso lado, sabemos que a ordem do Mustafá é economizar, que o presidente Nobre disse que a tal espinha dorsal do time será essa (QUE É MEDIANA), POIS, NÃO TEMOS 1 CRAQUE SEQUER NESSE TIME/ELENCO, onde se safam 4 nomes pra serem titulares, nada mais! E sem falar que , o Henrique oscila demais, o Wesley idem, o tal Valdívia (se ficar…e espero que não fique), joga 40% dos jogos e mais o Kardec (único atacante bom). O resto é pra compor elenco e/ou reservas.
Continuo com minha opinião: COM ESSA BASE FRAQUÍSSIMA BRIGAREMOS PRA NÃO CAIRMOS NOVAMENTE. E não se esqueçam: TODOS OS ANOS, NOS ROUBAM EM MÉDIA 12 PONTOS NO APITO, LOGO…CASO MONTEM TIME FRACO/MEDIANO (como na última década, com exceção a 2008 e 2009), brigaremos de novo pra não cairmos. Agora…querem viver de sonhos, que vivam! eu sou bem realista com esse timeco de série-B, e essa série-B nos provou o quanto esse time é fraco, pois, bastava jogar contra algum time mediano tbm, que nos complicavamos, e as vezes, ganhavamos sem jogar bem. No mais…puxem na memória, e me digam alguns jogos memoráveis que fizemos nessa fraca série B? E série A é outra história…muito mais difícil. Resumindo: o PALMEIRAS NECESSITA DE 6 A 7 JOGADORES DE ALTO NÍVEL TÉCNICO. E espero que o Nobre não caia no mesmo erro de sempre, de contratarem jogadores medianos, fracos (de esquemas de empresários/conselheiros), que só faz aumentar a folha salarial, e o pior, aumentar mais ainda a raiva da nossa torcida com mais um ano perdido, e brigando pra não cairmos novamente. Pois, nos últimos 10 anos foram: 2 quedas e mais 3 anos lutando pra não cairmos, FRUTOS DESSA MENTALIDADE DE TIME PEQUENO.

Concordo, não adiante dizer que esse time é bom e aguenta o tranco pois é ilusão e das grandes. Vide o confronto com Atletico Paranaense, que não grande coisa e este time aí levou um verdadeiro baile. Ou contrata ou briga pra não cair de novo, essa é a realidade!

Os comentários estão desativados.