Categorias
Corneta do Cunio

Corneta do Cunio – Eu já sabia! E agora?

Por Alberto Cunio

Promovidos alviverdes, agora que o retorno do Palmeiras ao seu verdadeiro posto é inexorável, começam a surgir algumas dúvidas que estavam repousando no imaginário dos fanáticos torcedores: o que será de nós.

Com um misto de boas intenções, atitudes conscientes e outras estapafúrdias, a gestão de Paulo Nobre insiste em manter canais ocultos de informação para seu público. Acreditem: os aficionados que não estão “antenados” nas mídias paralelas que falam do Palmeiras, não têm a menor ideia do que se passa lá dentro. O fato é que a imagem do bom mocismo, da renovação, da coerência de ideias e ações, está sendo transmitida muito bem ao povão. Porém, as verdadeiras movimentações só são divulgadas através de obscuros interlocutores virtuais, os quais não gozam da credibilidade que uma informação oficial teria. Quando a coisa se torna conhecida do grande público, o site oficial do clube e a sua assessoria de imprensa – esta suspeitíssima por estar com sua sede encravada em Itaquera – divulgam os fatos ou os desmentidos.

O que se pergunta insistentemente, e não é a primeira vez, é: o que está sendo planejado para nosso clube? E não falo aqui apenas em 2014, mas e a sequência? Onde está o plano sustentável de evolução política, administrativa, profissional, que levará o Palmeiras a sair deste ostracismo futebolístico que as gestões anteriores nos colocaram?

Uma dos dilemas que vamos viver em breve é o que fazer com o exército que aí está e nos deu o acesso à série A. Usaremos do expediente sórdido e dizer “Obrigado pelos serviços prestados, mas a competência de vocês era somente para nos reconduzir à Série A e não jogá-la”, ou seremos justos com os que comeram sabão em pedra e lhes daremos a oportunidade de desfilar nas telas globais dominicais?

Um dos profissionais que está mais do que na berlinda é o próprio comandante. Gilson Kleina não deve um só dia colocar a cabeça no travesseiro sem pensar qual será seu destino em 01/01/2014. E eu lanço aos nossos nobres leitores uma pergunta: se o cara pega o “catado” que ele pegou no ano passado, somado a umas contratações confusas e um atleta cerebral problemático, e mesmo assim coloca 10 pontos na frente do segundo colocado e quase 20 na frente do quinto, o que mais se esperava dele? Imaginem se o Palmeiras estivesse hoje com algum risco de não subir?

Tudo bem, muitos argumentarão que a Série B deste ano é fraquíssima (fato) e que o time do jeito que está não teria grande sucesso na Série A (outro fato). Mas hão de concordar que estamos falando de planos e objetivos completamente diferentes, certo? Podemos dizer que GK teve 100% de êxito em seu objetivo principal?

Enquanto refletimos, deixo aqui minha CORNETA para a nossa Assessoria de Imprensa, para os responsáveis pela comunicação e para todos da Diretoria que, seguindo o exemplo do inominável ex-presidente (ou atual?) Série B, insistem em se esconder dos microfones. Queremos ouvi-los. Estamos ansiosos por suas palavras!

A Corneta no Twitter continua com uma dúvida: “E NOSSO PATROCÍNIO MASTER, hein CEO?” Siga! @Corneta3VV

26 respostas em “Corneta do Cunio – Eu já sabia! E agora?”

Primeiramente, acho que tal “lealdade” deve ser dada a quem a fez por merecer: ter jogado a nível de Palmeiras mesmo em campeonatos de nível técnico baixo. E nessa não se enquadra o atual comandante Gilson Kleina: quando realmente importou, mostrou-se sem atitude, sem pulso, incapaz de fazer o time reagir perante uma adversidade (Libertadores) e fazer-nos impôr como Palmeiras. Não acho que o Palmeiras tenha nenhum tipo de “pacto moral”.

E fazer uma observação: acho extremamente lamentável tal postura de AINDA querer associar a imagem do Paulo Nobre ao Mustafá. Um presidente que durante a pausa para a Copa tirou do próprio bolso dinheiro para contratações de jogadores decididamente não combina com a imagem pífia de Mustafá. Sobre o tal “obscurantismo”, seria melhor ser mais específico sobre o que é. Pois em contratações, o mais certo é justamente essa postura de não vazar (curiosamente, se estivermos trabalhando na surdina, realmente não saberíamos que estão o fazendo!). Por curiosidade: você mesmo criticou essa postura de não deixar vazar…

O Kleina não tem a menor condição de dirigir o Palmeiras, continuar com ele seria um erro absurdo. Principais nomes para contratação (em ordem de preferência): Abel Braga, Dorival Júnior, Jorginho (o nosso), Mano Menezes, Vagner Mancini, Guto Ferreira,………… ou um cone. Todos os anteriores na frente do APRENDIZ DE ESTAGIÁRIO DE TÉCNICO.

Sinceramente vejo que qualquer um que estiver hoje na frente do time, classificaria o Palmeiras. Estamos jogando contra ninguém, todos os 19 times são fracos, pessimos e muito abaixo dos times da serie A. Ma se analisarmos friamente, nós não temos um time montado. O Palmeiras é mau convocado para os jogos, mal escalado e não temos um sistema definido. Como jogamos? 4-3-3 ou 4-4-2 ou 4-2-3-1, não sabemos. acho que nem o técnico sabe. Convictamente ninguem sabe quais os 11 titulares, e nem o técnico. O que sabemos é que tem jogadores fora de posição, jogadores que eram para estar fora, estão jogando, e quem tinha que estar jogando está fora. No jogo contra o America-RN o nosso GK conseguiu dar um nó tático nele mesmo. Ele está perdidinho, e só não apareceu porque como disse no incio, jogamos contra ninguem, e mesmo assim as vezes ainda assim ele consegue não ganhar.

concordo 100%. qualquer cone no lugar do Kleina faria o mesmo ou melhor do que ele está. não tem esquema, leva baile de qualquer técnico, a gente só tá com esta diferença por causa da ruindade dos outros. e da velhice também. tem time na B com média de idade acima dos 30. contra o Avai por exemplo. Para o ano que vem, tem que mudar. o kleina pode ser uma excelente pessoa. Mas, não quero ele para genro. Nem o Massaraujo. quero alguem que entenda de futebol.

Me desculpe Cunio, mas esse papo de exaltar o GK por ter “aberto 10 pontos sobre o segundo colocado” pra mim não cola. Dado o nível desta segundona, ele não fez mais do que sua obrigação. O fato de ter arrebentado neste campeonato pra mim não o credencia para permanecer na série A. A menos, é claro, que tenhamos a mentalidade de time de segundo escalão. Eu entendo que seria fundamental para o ano do centenário se ter um treinador de primeira linha.

Cunio, com todo o respeito, mas às vezes parece que a coluna critica por criticar.

Se vc perguntar, 8 de 10 torcedores acreditam que o GK não tem competência para continuar com Palmeiras no ano do centenário, que em jogos difíceis, ele mostra sua vdd face. Até em jogos da Série B, ele se mostra covarde e não inova, não escala nossas jovens promessas.

Com relação aos jogadores, não vejo nd d+ nisso. Se são profissionais, devem estar preparados para isso. Quem mostrar competência fica, quem não, poderá sair sim. Além do que, mostrar que serve para Série B não carimba o passaporte para “A”.

“O Palmeiras pode se desfazer de 37% do seu elenco no final do ano. Dos 35 jogadores que o clube alviverde possui no plantel, 13 terão seus contratos encerrados em dezembro: Márcio Araújo, Leandro, Vilson, Wendel, Bruno, Fernandinho, Marcelo Oliveira, Léo Gago, Ananias, Ronny, Charles, Rondinelly e André Luiz”

Desses 13, podem pegar o boné e procurar outro empreso M. Araújo, Wendel, Bruno, Ronny, Rondinelly e André Luiz.

Já que a onda é sonhar com 2014, tragam o Elias (Fla), Carlinhos (Flu), Willians (Inter) e Tiago Ribeiro (Santos) e Dalessandro (Inter) que o time papa tudo no próximo ano.

Gilson kleina nao tem capacidade para dirigir o Palmeiras que queremos , talvez esse da serie b, mantém- lo no cargo será pedir para voltar a serie b. Já esta na hora de todo pslmeirense cobrar nosso Palmeiras de volta, incluindo dirigentes, técnico e jogadores de alto nível , faz tempo que nao vejo nada disso…

Tudo depende do objetivo que a diretoria vai colocar, se investir em 3 titulares e usar bem o que tem temos chances. Já o trabalho de Kleina, sinto muito… Um cara que sempre deixa um ROMBO no meio campo, não tomamos muitos gols por conta da incompetência alheia. Acho que o objetivo para 2014 é o acesso a libertadores, sonhar com títulos demanda um pouco mais de preparo. Eu renovaria Araújo, Leandro e Charles, os outros 9, rua. Dos emprestados traria o l. Gustavo pro lugar do André Luís e o Denoni. Precisa de um técnico melhor, ou inovar e contratar um coordenador defensivo, já que o ataque relativamente vai bem com o Kleina. Incrível o L. Gustavo servir pra chegar jogando no Vitoria que esta lutando por vaga na libertadores e aqui ficar um semestre sem ser relacionado. Quem pedir o retorno de M. leite deve virar entulho lá no governao.

Se o Palmeiras der férias antecipada já sai na frente dos outros em 2013 pq vai ter a parada da Copa e o primeiro semestre vai ser curto, provavelmente com 4 classificados para as finais do Paulista. Copa do Brasil não sei quando começa, mas o bicho só vai pegar no segundo semestre, pra ganhar o Brasileiro tem que ficar entre os 6 primeiros no mínimo. Pra isso precisa de elenco e jogadores com mais qualidade de preferência alguns que tem o perfil de campeão e conhecem os “atalhos”, nisso incluo o técnico, ainda não me convenci que o Kleina sirva pra 2014 talvez com um time um pouco melhor..

Bom o projeto de 2013 era subir, abdicamos da Libertadores,do Paulista e da Copa do Brasil ,saindo todos no primeiro mata ou mata-mata ,logo os teste como serie A fomos reprovados, mas o projeto foi de acordo com o planejado,pois vamos subir.Agora tem que saber qual o projeto de 2014, ser Campeão de qual Campeonato, como montar um elenco diferente de flamengo,Vasco,Bambis,lusa,nautico, ponte ,criciuma e Coxa, ou seja um elenco prà brigar no grupo de cima do campeonato, como cruzeiro,gremio,botafogo,inter e galo.O atual elenco sabemos que se continuar o mesmo ,luta prà não caír. Logo temos que reforçar com pelo menos 5 jogadores de nivel.Aí vaí ter que usar a inteligencia,experirncia e se tiver elenco o tecnico è o de menos, vide o Barcelona, cruzeiro,galo e o peixe.Escolher os jogadores està o desàfio.

Caro Cunio.
Suas últimas publicações têm sido um tanto confusas.
De qualquer forma, vou procurar sintetizar minha opinião sobre o cenário atual da SEP`para sua apreciação e dos demais leitors.
O Palmeiras tem um passado recente de 20 anos de administrações incompetentes e desastradas. Mustaphá, Della Mônica, Belluzzo e Tirone deveriam, a meu ver, serem sumariamente eliminados de nossas fileiras.
O Palmeiras virou terra arrasada. um problema de difícil solução.
Entre erros e acertos, o saldo da atual administração é positivo.
Agora, chegou a hora da “onça beber água”.
O que fazer daqui prá frente ?
Minha opinião:
1-) Reformular a comissão técnica. GK, apesar de toda a sua boa vontade, não tem o perfil de comadar o Gigante.
2-) Enxugar o elenco, eliminando os menos capacitados a vestir nossa camisa. Agradecemos a ajuda e os serviços prestados, mas os atletas foram devidamente pagos. A missão é outra, logo, o perfil de atletas que precisamos é outro também.
3-) Contratação de 6 (seis) jogadores de nível de seleção, para as posições mais carentes do nosso elenco e promoção dos melhores valores das Categorias de Base.
Neste momento, com as contas ajustadas, temos condições de procurar jogadores de qualidade mais refinada. Com um elenco (e comissão técnica) devidamente capacitados teremos um “Produto” melhor para expor nas “Vitrines” (Transmissões na TV aberta), podendo barganhar melhores condições de cotas de TV e patrocínio máster.
Um abraço,
Marcos Donato

Se a diretoria tivesse tido um pensamento um pouco mais arrojado, investido um pouco mais no time, o ano que vem poderia já estar devidamente programado, com o retorno à A, disputa de Libertadores, inauguração da Arena (que estão fazendo um esforço enorme pra atrasar a obra), Centenário, etc. Poderíamos estar aproveitando Série B para treinamento da equipe, devidamente reforçada para os desafios de 2014. Mas não é isso que estamos vendo. Já deveríamos ter nomes à vista – estamos em outubro – e não temos nada. No próximo ano, a pré-temporada foi reduzida. Quando iremos contratar? Se é que vamos.

Vejam o time do Cruzeiro, lidera a “A”, o técnico Marcelo Oliveira não tem “pedigree”, começou a montar o time em outubro/2012, deu um padrão ofensivo de jogo ao time, acho este o diferencial do time. O time foi formado com jogadores rodados e sem uma grande carreira, os destaques Éverton Ribeiro estava no time gamba que perdeu para o Tolima, atuava no São Caetano antes de ser contratado, ta bombando no esquema la implantado, Dedé e Nilton são refugos do Vasco, o tal de Dedé da cada susto, Fábio goleiro tbm ex Vasco um jogador comum, Willian é aquele dos gamba, e outros que todos já conhecem.

O que quero dizer com isso, o Verdão já tem uma boa base para iniciar um bom plantel, planejando corretamente, rever a permanência no grupo de alguns jogadores( Márcio Araujo, Felipe Menezes, Juninho, Wendel, Ananias e outros), fazer contratações pontuais que supram nossas principais deficiências(laterais, meia e ataque), e assim teremos condições de ter um time muito bom e com condições de chegar na “A” e sermos campeões. Não vejo o GK neste momento como quem vai dirigir este time de 2014, acho ele previsivel e retranqueiro, não me passa confiança. Nestes últimos anos passaram pelo Verdão: Muricy, Felipão, Luxa entre outros, que não conseguiram nada, então é ilusão ter um tecnico de 1ª linha. Vamos no exemplo do Cruzeiro. Não estou vendo efeito no trabalho do Omar Feitosa, posso estar enganado, quero estar. O importante que retornaremos ao nosso lugar e espero que a Direção ( Nobre e Brunoro) ofereçam a nossa torcida um time que respeitem a nossa história de glorias no nosso centenário.

fora kleina. treinador de time série B. Não tem capacidade, inteligência ou carisma para comandar o palmeiras. VAZA KLEINA, E LEVA O SEU ENCOSTO MARCIO ARAUJO JUNTO. imperioso não renovar com araujo, kleina, bruno e wendel. nesta ordem

Bom pra mim, desde o inicio a obrigação do Palmeiras era ser CAMPEÃO e não ficar em segundo, terceiro ou quarto, série B, horrível, qual time é presença frequente mais 3 anos seguidos na série A?
Técnico fraco, tinha que abrir o jogo e falar, olha vou apostar num time ofensivo, pode ser que no começo não de certo, mas vocês seguram a bronca? Se bem que é tudo bundones lá. Poderia falar pra torcida isso, vocês ajudam, tem paciência? ainda mais agora que estamos anos luz na frente… mas podem esperar contra o poderoso ABC vamos de 3 volantes de novo, MA, Charles, Wesley e o fenomenal Felipe Menezes(até hoje pra que trouxeram esse cara e não deram chance pra um moleque da base?) Eguren pra que? pra fazer churrasco uruguaio, ele me lembra o zagueiro ruim pra cacete que o felipão trouxe do gremio, o rivarola, o cara nunca jogou, mas fazia um churrasco gaucho tchê.

Tudo é meramente profissional. Acredito que o responsável pelo texto imagina que o time precisa, por exemplo, melhorar pro ano que vem e que jogadores que aí estão não servirão. Na minha humilde opinião, o mesmo se aplica pro Gilson Kleina. E acredito que seu “trabalho 100%” se aplica só aos resultados, de uma maneira mais grosseira, já que considero a montagem do time, preferências com postura de jogo e escalações muito ruins. Os resultados conseguidos, em consequência do baixo nível da competição, mascaram muito do que tá ruim. Só acho que não vale a pena desperdiçarem mais 6 meses no ano que vem.

A mudança de elenco não deve ser dividida em serie b/serie a, mas sim em uma temporada e outra. é benefico pra qualquer time mudanças de peças q não dão certo. Por exemplo, marcio araujo e juninho não da mais, e ja tiveram oportunidade nas telas dominicais da globo, o erro esta em contar com eles AINDA!! E ai entro na questão kleina… o jair Picerni ja subiu o Palmeiras bem, e com time de mulecada… acredito que qualquer técnico subiria com essa mesma vantagem… ele cumpriu bem a meta de fazer o time subir, mas qualquer outra meta mais além, que é como devemos pensar o ano q vem (mais além) ele fracassou… além disso, mesmo o Palmeiras ganhando tanto, não vejo qualidade defensiva, a minima estrutura tatica, não vejo ousadia… fatores que são fundamentais. Não podemos errar mais, nosso tempo pra erros e pra nos apequenar acabou, 2014 é ano de pensar grande… abs e belo texto

No ultimo dia 21 de Janeiro, quando Paulo de Almeida Nobre , foi eleito presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras , tínhamos uma argumentação lardeada por muitos , que estávamos adentrando em uma nova etapa politica e administrativa do clube, que o profissionalismo, e administração, modificariam por completo as estruturas feudais e arcaicas , que foram mantidas solidas pelos 36 anos em que MUMU, o luciferiano, conduziu, seu cajado , pelas alamedas da hoje renovada sede social, sem obstáculos políticos, além de uma parceria constante de diversos aliados cegos pelas vantagens do poder transitório.
Hoje após oito meses de mandato, e articulações mantidas com a orientação luciferiana, Paulo Nobre expõe as mesmas “virtudes´´, que sempre foram criticadas, pelos mesmos que atualmente mantem cargos próximos ao Staff Alviverde, o planejamento tão apregoado é mera falácia, a administração profissional, esta sediada em algum local da “zona´´ que recebeu entulhos de nossa velha casa , os profissionais bem remunerados e experientes , em qualquer empresa seria , estariam procurando hoje emprego, ate a mais conhecida fonte de renda , esta em branco na nossa camisa alviverde , mas os salários nada modestos de um grupo de dignos profissionais, é mantido em segredo, como as próprias competências e resultados práticos, desta forma avaliar que estamos no caminho certo, torna-se uma aventura estranha , a cada dia pelo caminhar de um clube que é centenário, em glorias e conquistas , sendo conduzido ao fracasso eminente se não houver uma reação competente, de quem foi rotulado como digno de confiança capaz de retomar a velha estrada de êxitos.

Boas perguntas com difíceis respostas a serem dadas (para mim).

Gilson Kleina: No começo do campeonato fez algumas modificações erradas, e contra o o Atlético Paranaense foi covarde na escalação e posicionamento do time em campo. Eu vejo o GK como um técnico ofensivo, gosto da formação e do modo como o time vem jogando, o problema do GK são as “peças” que ele possui, a utilização dos mesmo (sem citar nomes para não ser repetitivo) e a não utilização de alguns jogadores (principalmente da base). Espero que com o time classificado ele faça alguns testes. Permaneceria com o GK no centenário. O resultado de campeão Paulista seria o divisor entre continuar ou agradecer pelos serviços prestados
Jogadores emprestados e que não estão sendo utilizados, devem ser devolvidos, e há vários.
Jogaodres com vencimento de contrato este ano – sabemos qual- Obrigado e siga seu rumo.
E nem precisa falar que precisamos de contratações, por isso espero também que a Diretoria avalie os profissionais contratados e que o GK comece o ano já com reforços, para que sua avaliação seja justa.

Voce com certeza não é palmeirense , ao querer que gilson Kleina se mantenha no cargo em 2014 Voce deve ser corintiano e ta torcendo pro clube voltar á série B……com certeza

Quantas vezes escrevi aqui para o verdão trazer o Nei Franco, olha o que ele está fazendo no Vitória., Mas, B3 e B4 preferiram manter o grande Kleina. Sábado o Nei Franco se vingará do narizudo frangueiro com certeza. Atenção B3 e B4 Nei Franco e Max Lopes do Vitória para o ano que vem. Manda para lá: Bruno, Wendel, André Luiz, Juninho Piu-Piu, MÁRCIO ARAÚJO, Vinícius, Patrick, Leandro Amaro, MUSTAPHÁ, PIRACI, FRIZO, TIRONE, AVALONE e GILSON KLEINA.

O GK está fazendo o bom trabalho, porém está bem abaixo do nível do Palmeiras. Nos grandes jogos não conseguiu bom desempenho, eliminado na libertadores, Paulista, Copa do Brasil. Ou seja, só está indo bem na série B. Porém a seu favor está o fraco elenco que pegou durante o inicio de seu trabalho. Por fim, o Palmeiras merece um técnico mais capacitado e ousado, agora quem, isso é outra conversa. #DalheVerdão..

Os comentários estão desativados.