Categorias
Drops

Drops 21-10-2013: finalmente

Redação 3VV

O Paulistão terá nova fórmula em 2014.

Quatro grupos com cinco times em cada grupo. Os grandes são os cabeças de chave.

Jogos contra os times de fora do grupo (essa é a aberração, sempre tem uma) e o campeão do grupo disputa as semi-finais.

http://globoesporte.globo.com/sp/futebol/campeonato-paulista/noticia/2013/10/fpf-quer-adiar-inicio-do-paulistao-e-estuda-mudanca-no-formato.html

***

Essa deu no De Prima

Allianz Parque: Palmeiras não acredita na paralisação das obras

Ninguém no Palmeiras, nem diretoria, nem conselheiros, acredita na possibilidade de que a WTorre pare as obras do Allianz Parque. O acordo prevê multa diária caso o empreendimento não seja entregue. A colocação do acabamento está no início.

A previsão da construtora é que o estádio alviverde seja entregue até o começo de maio. Já há dois shows da banda britância One Direction agendados para 10 e 11 de maio no local. São os primeiros eventos fechados pela AEG, empresa responsável por operar as atrações na arena pelos próximos 30 anos.

***

Tä chegando a hora…

No próximo sábado, contra o São Caetano, o Palmeiras deve sacramentas sua subida para a série A em 2014.

4300 ingressos já foram vendidos.

Chegou a hora.

***

Deu no blog do Jorge Nicola

Sem concorrência
No sábado, a Bandeirantes exibiu pela primeira vez um jogo do Palmeiras com exclusividade pela Série B. E obteve seu melhor resultado no ano: seis pontos de média, com 14% das TVs ligadas no canal.

Audiência baixa
Já o São Paulo teve seu terceiro pior resultado nos 11 jogos exibidos aos domingos pela Globo, anteontem, ao bater o Bahia.  Foram apenas 14 pontos de média.

***

Olha, tudo bem que somos tolerantes com o marketing palmeirense.

Mas essa matéria de se auto glorificar tá pegando mal…

http://3vv.com.br/2013/10/verdao-na-midia-21-10-2013-marketing-faz-palmeiras-sonhar-alto-%E2%9D%98-estadao-online/

***

Segue o jogo…

 

 

 

18 respostas em “Drops 21-10-2013: finalmente”

Por acaso os times da série A são competitivos? metade dos times da série A brigam para não cair. O Palmeiras, com alguns bons jogadores, em 2014 briga pelo título.

Jefferson,

Metade? Você é muito bondoso com os times da série A.
Quando faltavam dez rodadas para o final do campeonato, QUINZE times disputavam para não cair. Série A onde a maioria dos times é formada por catados e refugos.
Um campeonato onde o Botafogo Futebol e Refugos está no G4, junto com o Atlético do garotinho Paulo Baier. Onde as “revelações” são Alex, Seedorf, Juninho Pernambucano, Léo Moura são destaques do campeonato. Tem também os artilheiros Fernandão e Dinei fazendo sucesso na Bahia.
Para a imprensa brasileira e para uma parte da torcida do Palmeiras só o nosso time é limitado e não tem nível de série A. Estamos todos no mesmo barco. Parmalat e Academias fazem parte de um passado que não existe mais no futebol brasileiro.
Com essa base de 2013 e conseguindo alguns reforços com um pouco de qualidade, teremos totais condições de nos tornamos protagonistas em 2014, até porque Barcelona, Real Madrid, Milan, Manchester, Borussia e Bayern de Munique não disputarão o campeonato brasileiro.

Por estas declarações 2014 será uma montanha russa:
BY BRUNORO – “Acho esse time do Palmeiras bastante competitivo para a Série A. Esse time de hoje não é para cair, na minha visão. Lógico que precisará de mais jogadores. O planejamento foi feito para evitar sustos na Série B e ter uma base para a Série A, para depois fazer contratações pontuais. Conseguimos. Traremos jogadores competitivos, mas não faremos loucuras – explicou.

Em relação ao atual elenco, Brunoro, por fim, disse ter vontade de ver o trio Vilson, Leandro e Márcio Araújo no clube em 2014. Os três têm contrato até o fim do ano, assim como outros dez jogadores.”

O mais louco de tudo é que até agora não vi uma única nota do Paulo Nobre criticando a empreiteira, somente ele dizendo que procura resolver internamente.
Que a velharada do Palmeiras não é flor que se cheire eu já sabia, agora que o tal do Walter Torre também é gagá, essa é nova pra mim.

A pior sorte (tipo) de dirigentes se encontra no Palmeiras, com certeza. Lamentável.

” Não tenho culpa se o Paulo (Nobre, presidente) não consegue melhorar o time com novos jogadores. Por isso, ele foca a critica em nós. Como ele não tem dinheiro para o time, busca sucesso batendo em nós “. – declarou Walter Torre, dono da WTorre.
Ué, o piloto de rally disse estar tudo se resolvendo com a construtora, será mesmo ? fonte: h ttp://www.lancenet.com.br/palmeiras/Walter-Torre-Palmeiras-Estao-mentindo_0_1015098654.html

Pelo que entendi a ideia da WTorre e segundo o contrato, eles vendem as cadeiras. Quem comprar tem aquele acento adquirido durante todo o ano, mas para exercer o direito de utilizá-lo pagará o ingresso normalmente. Então, haverá uma preferência anterior ao Sócio-Avanti, os donos das cadeiras. Sendo assim, mesmo sendo sócio você corre o risco de não ter preferênci a nenhuma durante uma final. Se as 45 mil forem vendidas, e os caboclos quiserem exercer o direito de compra, esgotou os ingressos.
Por isso que o PN tá brigando. Se for assim pode minar o sócio-torcedor.
O melhor mesmo é chegar num acordo. Por exemplo, o Palmeiras adquire 35 mil cadeiras pelos próximos 30 anos e negocia um valor baixo com a WTorre, tipo 1,5 milhão ou 2 milhões por ano. Se forem 30 mil cadeiras a R$ 50 cada, chegaria nos R$ 1,5 milhão por ano. No final dos 30 anos seriam R$ 45 milhões que a SEP teria pago, e receberia de volta 7,8 milhões, ou seja teria pago na verdade 37,2 milhões por 30 mil cadeiras em 30 anos.

Entendemos a briga o que não entendemos ´e essa briga pública. Tomara que seja resolvido o mais rápido possível e assim ter um centenários mais tranquilo. Dentro de campo já é probelma suficiente, não precisamos fora tendo o risco de não ter um estádio.

O problema é justamente o que está e o que não está no contrato, meu caro Rodolfo. Parece que não há definição sobre a quantidade de cadeiras que cada parte tem direito.

Parar as obras eu acho que não param, agora pelo que estão falando por aí a situação está longe de um acerto final.
Pelas declarações do Walter Torre no Lance, parece que o impasse será resolvido na esfera judicial, o que é lamentável.

Acabaram com o futebol brasileiro sob o aplauso inocente da maioria.
A extinção dos estaduais (na prática é isso que ocorreu) aumentou o custo do futebol para os grandes, diminui drasticamente o mercado de trabalho para todo tipo de profissional do esporte (inclusive de jornalistas) e reduziu o campo para revelação de jogadores em clubes que pudessem dar a eles a experiência necessária para jogar nos times maiores.
Hoje, os clubes grandes brasileiros representam para os clubes europeus o que os pequenos e médios representavam para os nossos grandes. A extinção dos estaduais tornou o nosso futebol pequeno, atendendo apenas aos interesses da TV.
Paralelo a isso, a televisão trabalha para fazer do Brasil uma Espanha em termos de futebol, tendo dois ou três protagonistas e os demais como coadjuvantes. Lembrando que para ela o Palmeiras não está entre os protagonistas.
A competição que precisaria ser modificada é o cansativo campeonato nacional de 38 rodadas e não o Estadual que deveria ser modificado, mas abrangendo o primeiro semestre, ficando o nacional para o segundo semestre.

Seis meses de campeonato paulista… Deus nos livre. Que façam o nacional ao estilo NBA ou NFL com playoffs. Imagina NBA, NFL e MLB com pontos corridos… Pelo amor…

Enquanto o Nobre fica enchendo o saco da WTorre, com certeza a mando de seu padrinho, aquele @#@#@#, deveria pegar no pé do marketing e cobrar os caras.
E mais pensar no time no ano que vem e começar a limpeza já na próxima semana.
Adeus KLEINA, BRUNO, MÁRCIO ARAÚJO, WENDEL, JUNINHO PIU-PIU, FERNANDINHO, ANDRÉ LUIZ, LEANDRO AMARO, MAIKON LEITE, PATRICK, LÉO GAGO, RONDINELLI ETC.
Abel Braga já!!

Quanto a fórmula do Paulistão, seria melhor que o time jogasse entre o grupo e com outro, tipo entre A e AxB, seriam 9 datas, e ai fazia as semis pelo resultado geral. Seriam 9r 1ra fase, 2r semis, 2r final = 13 rodadas, poderia fazer um torneio do interior paralelo as semis e final, com mais datas para os times menores que precisam desses jogos.

Vamos ver qtos pontos vai dar o jogo do acesso, e da camisa amarela….chupa nike hahahaha

Situação do embate das cadeiras, os recadinhos não param.

Essa auto promoção seria uma resposta as criticas (CORRETAS) ao departamento que não retorna proporcionalmente o que custa? (custa caro x rende MUITO, inova MUITO)

Os comentários estão desativados.