Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 02-10-2013: COF aprova, e Palmeiras pegará empréstimo de R$ 54 milhões ❘ Globo Esporte Com

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• COF aprova, e Palmeiras pegará empréstimo de R$ 54 milhões

Por Marcelo Hazan

O Conselho de Orientação e Fiscalização do Palmeiras autorizou na última segunda-feira à noite o clube a pegar um empréstimo de R$ 54 milhões com um fundo de investimento ligado a um banco. O dinheiro será usado para pagar dívidas e também entrará no fluxo de caixa do Verdão, que terá 47 meses quitar o débito.

O presidente Paulo Nobre tentava a aprovação de R$ 120 milhões, mas o COF só autorizou o limite para o órgão de acordo com o estatuto, ou seja, valor correspondente a 30% da receita do orçamento deste ano (R$ 180 milhões).

Assim como já fez em outras oportunidades, Nobre usou seu nome para conseguir taxas de juros menores. Agora, o clube quer liquidar suas dívidas e concentrar todas em um só credor, para controlar as finanças. Caso seja necessário, outro empréstimo será feito no próximo ano para completar os R$ 120 milhões inicialmente pedidos.

Na luta para recuperar o caixa palmeirense, Nobre aposta no programa de sócio-torcedor Avanti, hoje com 33 mil fãs cadastrados, nas receitas de bilheteria e no retorno ao antigo Palestra Itália, agora conhecido como Allianz Parque, no primeiro semestre de 2014, ano do centenário. Os patrocínios no uniforme também são vistos como importantes nesse sentido. Atualmente, o time só ocupa o espaço dos números.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Com 17 pontos à frente do quinto, Kleina mantém cautela sobre acesso

Com a vitória por 2 a 0 sobre o Oeste, nesta terça, o Palmeiras abriu 17 pontos de vantagem para o Joinville, quinto colocado. Mesmo com a larga vantagem, o técnico Gilson Kleina mantém cautela sobre o acesso.

– Prefiro ainda fazer jogo a jogo. Vamos entrar na casa dos 60 pontos, temos condições para isso. Respeitamos todos os rivais, Série B é isso, muito contato, e temos de nos sobressair. Ainda faltam doze jogos, precisamos lutar pelas vitórias para ficar mais perto do que queremos – declarou ele.

O treinador admite a ansiedade para conquistar o acesso e pede que o elenco mantenha seriedade até o final da competição, mesmo muito à frente dos rivais.

– Gera expectativa de querer fazer a pontuação que dê a tranquilidade. Enquanto de fato não consolidar, tem de mobilizar, bater o tempo todo na tecla da seriedade. Aqui tem de ser desta maneira e incutir na cabeça dos atletas – falou.

– Essa é uma equipe que quer vencer, não pode entrar na zona de conforto. Quero é resgatar o orgulho de todos, principalmenete o do palmeirense, e poder estabelecer definitivamente o Palmeiras na Série A – completou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Kleina alerta sobre provocações, mas Verdão tem seis vermelhos na Série B

Por Marcelo Hazan

Vitórias, gols e expulsões. Líder isolado do Campeonato Brasileiro da Série B, com 59 pontos, o Palmeiras acumula gordura com boas atuações, mas também vê os cartões vermelhos atrapalharem. No total, o time acumula seis expulsões na competição, sendo a última delas de Leandro, autor de um dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o Oeste, na última terça-feira, em São José do Rio Preto, pela 26ª rodada. Márcio Araújo, Ronny, Charles, Wesley e Alan Kardec foram os outros que acabaram excluídos em outras partidas.

O técnico Gilson Kleina diz que conversa com os atletas diariamente na Academia de Futebol e antes das partidas para evitar expulsões, mas o time parece não esta assimilando o recado.

– Conversamos semanalmente e sempre antes dos jogos que alguns jogadores são referências. Tentamos falar para não caírem em provocação. No caso do Leandro, antes de ele chutar a bola, o árbitro não havia apitado. Ele tinha esperado o Leandro tocar na bola para apitar, e o goleiro agiu com violência. Não precisava daquele gesto – justifica Kleina, sobre o vermelho do atacante contra o Oeste.

Mas mesmo quando não sofreu com atletas expulsos, o Verdão conviveu com confusões nas suas partidas, como na vitória por 4 a 2 sobre o Avaí, em Florianópolis, no dia 14 de setembro. Ainda há os problemas do time com o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) – Alan Kardec, por exemplo, será julgado nesta quinta-feira pela confusão contra o América-MG, no dia 14 de setembro.

E em quase todas as partidas o alvo preferencial das intimidações e pancadas é Valdivia, destaque alviverde.

– Com o Valdivia é aquela situação: qualquer coisa que ele fale ou faça já querem fechar e fazer tumulto, porque sabem que a arbitragem vai dar cartão – diz Kleina.

O chileno, aliás, é desfalque para encarar o ABC, neste sábado, em Natal, com três amarelos, assim como Henrique. Leandro, expulso, também está fora. Por outro lado, o paraguaio Mendieta retorna ao time após cumprir pena estabelecida pelo STJD, por agressão em jogo contra o Paysandu, no dia 17 de agosto.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Mesmo com sucesso de estratégia, Palmeiras perde força máxima antes do previsto

O zagueiro Henrique e o meia Valdivia irão desfalcar o Palmeiras contra o ABC, no próximo sábado. Ambos tomaram o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Oeste. Como eles emendam a suspensão com suas apresentações a suas respectivas seleções, serão desfalque no time alviverde nas próximas quatro partidas. Suas ausências atrapalham em parte uma estratégia montada pelo clube para ter força máxima em campo.

Na semana passada, o clube pediu ao STJD a retirada de efeito suspensivo de Wesley e Mendieta para que eles cumprissem punição antes de Valdivia e Henrique se tornarem desfalque. O volante já cumpriu e voltou ao time no jogo contra o América-RN. O paraguaio, por sua vez, volta contra o ABC. A ideia era, portanto, ter os quatro disponíveis para o jogo em Natal. No entanto, os cartões amarelos inviabilizaram isso. Ou seja, embora a estratégia arquitetada tenha sido bem sucedida, ela não previu esse detalhe.

“Vamos ter que trabalhar bastante, ver como a gente vai armar o time. O importante é os que entraram. Salientar sempre o elenco. Não é porque não inicia o jogo que não tem que ter comprometimento com a vitória. São ausências de grandes jogadores, mas temos que enaltecer os que estão entrando. Vamos ter uma equipe competitiva”, comentou o técnico Gilson Kleina.

O Palmeiras também não poderá contar com o atacante Leandro contra o ABC. O jogador foi expulso após uma confusão com o goleiro Fernando Leal. Além disso, Alan Kardec será julgado nesta quinta-feira pelo STJD por causa de sua expulsão na partida contra o América-MG, no último dia 14, e pode se tornar mais um desfalque caso seja punido.

“Não tem problema se tem alguém suspenso. O elenco é grande e forte, tem muita qualidade. Volta o Mendieta agora. Ninguém está aqui para entrar no jogo e pensar em procurar cartão. Mas estamos mostrando no campeonato que quem faz igual ou melhor, por isso não preocupa muito”, contemporizou Valdivia.

O Palmeiras, que lidera a Série B do Campeonato Brasileiro de forma isolada, enfrenta uma sequência de mais cinco jogos longe de casa antes de voltar a São Paulo. Juntamente com os desfalques, esse é o principal obstáculo que terá que ser superado, segundo o comandante Gilson Kleina.

“Essa é a logística que tivemos que remanejar. Teremos que ter concentração antecipada porque são muitas viagens. Já conversamos com o elenco, é um sacrifício a mais que teremos que fazer”, lamentou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Suspenso antes de ir à seleção, Valdivia sorri e nega cartão forçado

Valdivia já desfalcaria o Palmeiras contra Figueirense, Guaratinguetá e Icasa por estar com a seleção chilena e antecipou sua ausência em mais um jogo: por reclamação, levou seu terceiro amarelo diante do Oeste e, por isso, cumprirá suspensão contra o ABC, no sábado, em Natal. O jogador sorriu ao comentar se forçou o cartão.

“Não, não foi”, sorriu na saída do campo, após a vitória por 2 a 0, ao ser questionado pelo SporTV. O meia chegou a ser punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após admitir ter forçado o cartão e ficar fora quando já seria desfalque do time por estar com a seleção.

Na sequência das entrevistas, contudo, o camisa 10 lembrou como se revoltou após o árbitro ter lhe mostrado o amarelo. “Foi um cartão no qual o juiz quis dar o cartão porque quis. Um jogador adversário veio na minha direção e tentei sair, mas não deu. Pela minha reação, dá para entender que eu queria jogar no sábado. Quero jogar todas. Infelizmente, vou ficar fora”, falou, em tom de lamento, o atleta que sempre deixou clara sua prioridade à seleção nesta temporada.

Apesar de negar a busca pelo amarelo, Valdivia sabia de um acordo sem detalhes revelados publicamente entre a diretoria do Palmeiras e a comissão técnica do Chile. A seleção do meia o liberou de amistoso contra a Espanha, no mês passado, lembrando que precisaria do jogador para as duas últimas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo, contra Colômbia, no dia 11, e Equador, no dia 15.

Ainda não está confirmado se Valdivia será liberado mais cedo para viajar ao Chile. O meia, porém, foi poupado ao sair no segundo tempo, mesmo sem ter nenhum jogo a fazer até o dia 11. “Pela intensidade do jogo, em um gramado fofo, poderia existir um desgaste maior. Ele aguentaria, mas, com um jogador a menos, em campo grande, cresceriam os espaços e o desgaste seria maior. Temos a preocupação de ter o Valdivia bem até o final do ano”, argumentou Gilson Kleina.

O treinador também se preocupou em ter mais um expulso além de Leandro. O árbitro deu uma bronca quando Valdivia já tinha recebido amarelo pouco antes de o técnico trocá-lo por Serginho, que entrou e fez o segundo gol. “O Valdivia tomou cartão e, de repente, acontece uma discussão e perdemos um jogador como ele, que é muito importante”, imaginou Kleina.

Embora não tenha reclamado, o jogador mais caro do Palmeiras garantiu que foi sacado a contragosto. “Não quero sair nunca, não gosto de sair por motivo nenhum. Mas é uma decisão do Kleina, então já foi. O importante é que tanto eu como o grupo estamos fazendo por merecer este acesso à Série A”, afirmou o chileno.

Além de Valdivia, outro jogador que será desfalque na próxima semana antecipou em um jogo sua ausência. Henrique levou seu terceiro amarelo nos últimos segundos do jogo desta terça-feira e cumprirá suspensão contra o ABC. Na madrugada de domingo, o zagueiro embarcará com a Seleção Brasileira para enfrentar a Coreia do Sul, no dia 12, e a Zâmbia, no dia 15.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• ‘O Palmeiras foi tudo na minha vida’, diz Oberdan, homenageado com um busto

Por Rafael Valente

Um dos maiores ídolos do Palmeiras finalmente terá as contas ajustadas no clube.

Oberdan Cattani, 94, goleiro nos anos 1940 e 50, será homenageado com um busto no Parque Antarctica.

A honra concedida até hoje somente a Junqueira, Waldemar Fiúme e Ademir da Guia foi aprovada anteontem pelo Conselho de Orientação e Fiscalização palmeirense.

A construção de um busto para Oberdan sempre foi considerada uma divida de gratidão do clube com o ídolo e único remanescente do período em que o Palmeiras ainda se chamava Palestra Itália.

Durante anos foi impedida com a justificativa de que a honraria somente poderia ser concedida a atletas que não tivessem enfrentado o Palmeiras – Oberdan encerrou a carreira no Juventus.

No estatuto do clube não há tal regra. O que havia era um acordo verbal para evitar que a homenagem fosse banalizada. A polêmica atrasou a aprovação do busto e só foi possível com a diretoria atual.

“Ele merece por toda dedicação, como jogador, sócio e conselheiro”, disse o presidente Paulo Nobre à Folha.

SENHOR PALMEIRAS

Oberdan nasceu em Sorocaba (SP). Filho de pai italiano e mãe brasileira, era caminhoneiro antes de ingressar no Palmeiras, com 21 anos.

Em uma das viagens que fez à capital paulista, foi convencido pelo irmão Athos a fazer um teste no clube, em 1940. Foi o único goleiro escolhido entre 14 testados.

“O Caetano de Domênico [famoso técnico] arremessava a bola no gol usando as mãos e gritava ‘vai, ragazzo’. Na minha vez, defendi uma e joguei outra para escanteio”, lembrou Oberdan.

Ele foi tetracampeão paulista, campeão do Torneio Rio-São Paulo e da Copa Rio. Deixou o Palmeiras em 1954, contra sua vontade, e foi para o Juventus, da Moóca.

Oberdan saiu por decisão do presidente Pascoal Giuliano, até hoje um episódio que incomoda o ex-jogador.

Tudo que envolve Oberdan tem relação com o Palmeiras, inclusive a casa onde ele mora com a filha Walkyria e o genro Roberto, em Perdizes. O local fica a pouco mais de um quilômetro do Palmeiras e é inteiramente verde. Dentro há um museu com taças, medalhas e fotos de toda a carreira do ex-goleiro.

A coleção é mantida pela filha Walkyria, mas foi ideia de Marcília, mulher de Oberdan, falecida em 1977.

Até Marcília vivenciou na pele a paixão do ex-goleiro pelo clube. O casamento deles foi no salão nobre do Parque Antarctica, em 1945. As bodas de prata também.

Hoje, ele se orgulha de ser considerado uma bandeira do clube e ao relembrar a carreira. “O Palmeiras foi tudo na minha vida”, resumiu.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• COF do Palmeiras aprova busto para o ex-goleiro Oberdan Cattani

Por Daniel Batista

O Conselho de Orientação e Fiscalização do Palmeiras aprovou a construção de um busto na Allianz Parque em homenagem ao ex-goleiro Oberdan Cattani, único jogador vivo que atuou no antigo Palestra Itália e no Palmeiras. Com 94 anos, ele receberá as mesmas homenagens dada para Ademir da Guia, Junqueira e Waldemar Fiúme.

Desde 2009 a possibilidade da criação desse busto é comentada no clube, mas os conselheiros contra alegavam que ele não merecia tal homenagem porque quando defendia o Juventus, chegou a enfrentar o Palmeiras e a honraria deveria ser dada apenas para quem nunca enfrentou o time. Entretanto, Ademir da Guia já foi adversário quando defendia o Bangu e mesmo assim ganhou um busto.

Além de Oberdan, outro ídolo que deve ser homenageado é o também ex-goleiro Marcos. A previsão é que a construção dos bustos tenham início ainda esse ano e que até o primeiro trimestre de 2014, data prevista para conclusão da arena, a obra esteja concluída.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

BLOG DO JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO ❘ LANCENET

• Lei da mordaça?

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) parece que quer impor a lei da mordaça e não deixar ninguém criticar o tribunal.

Valdívia, que parece ter virado alvo do STJD, assim como o Palmeiras, tem todo o direito de reclamar se acha as punições injustas.

Mas pelo jeito Paulo Schmidt, procurador-geral do tribunal, não pensa assim e quer analisar tudo o que o chileno tem falado de seu trabalho e da atuação do STJD.

Se achar que o jogador foi desrespeitoso, deve puni-lo mais uma vez.

Recentemente Valdivia pegou dois jogos de suspensão por ter forçado o cartão amarelo e reclamou que o rubro-negro Elias, que assumiu ter feito o mesmo, recebeu outro tratamento e não foi punido. Semana passada, voltou a reclamar do tribunal.

Se até o STF (Supremo Tribunal Federal) podemos criticar, por que não o trabalho do STJD?

Aliás julgamento transmitido ao vivo para todo o país mostrando como funciona o STF, com presidente do tribunal acusando colega de “chicana”, manobra para atrasar julgamento, ministros nomeados pela presidência para julgar casos de partidos e políticos ligados a ela, a questão do saber jurídico, que se mostrou tão relativa e tudo o que pudemos acompanhar pela TV ajudou a mostrar como funciona a Justiça no Brasil.

Se o mesmo fosse feito em relação ao STJD, para o futebol e o público que acompanha o esporte seria interessante. Até para cada um analisar se há mesmo um peso, duas medidas.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO ❘ LANCENET

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• Três volantes, time ofensivo e vitória sem sustos

Por Fellipe Lucena

A única medida tomada por Gilson Kleina após a queda na Copa do Brasil foi barrar Charles e abolir o esquema com três volantes. Foram quatro jogos no 4-4-2, com dois meias, e outros quatro no 4-3-3, com dois atacantes de velocidade e um centroavante.

O time não perdeu nenhum desses compromissos (ganhou quatro e empatou quatro), mas também não arrancou suspiros e ainda apresentou um problema crônico: a fragilidade da marcação no meio , que sobrecarregava Márcio Araújo e deixava a defesa exposta.

É mais um reflexo da falta de opções do elenco do que de incapacidade do treinador. Para soltar o time, seja com dois meias ou com três atacantes, o Palmeiras precisa de um primeiro volante cão-de-guarda. O torcedor clama por mais chances ao uruguaio Eguren, talvez o único atleta capaz de exercer a função no grupo, mas ele ainda não fez por merecer uma sequência.

O jeito, então, é congestionar o meio de campo. O jogo contra o Oeste – o primeiro em que o time começou com três volantes desde a derrapada em Curitiba – foi prova disso.

Wesley voltou de suspensão na vaga de Vinicius, e Charles, que vinha arrumando a casa sempre que entrava no decorrer dos jogos, foi mantido. Resultado: um Palmeiras seguro sem deixar de ser ofensivo.

Valdivia ganhou liberdade para se movimentar, deu bons passes (inclusive a bela assistência para Leandro) e chegou à área para finalizar. O mesmo se aplica a Wesley, incumbido mais de atacar do que de marcar.

A solidez se manteve mesmo após a tola expulsão de Leandro, embora o Verdão tenha terminado o jogo sem armador. Houve tempo para Serginho marcar mais um de seus gols no fim, contra o clube que o revelou.

Leia aqui a matéria completa → BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Neymar: politicamente correto demais. E o Mercado da Bola

Sem Messi, o Barcelona venceu o Celtic, fora de casa, por 1 a 0 (gol de Fabregas), pela Champions League. Bom resultado. Mas continuo achando Neymar por demais politicamente correto, sem aquele atrevimento dos tempos do Santos, sem aquela ousadia tipicamente brasileira, sem aqueles dribles moleques.

Assim foi durante o primeiro tempo, com Neymar ficando, obediente, pela ponta- esquerda. Na etapa final, no entanto, quando o técnico Gerardo Martino lhe deu permissão para jogar como meia, deslocando-se por todos os cantos do ataque, o Barça ganhou o jogo. Aí, sim, Neymar fez com que o desleal e violento Brown- que o derrubou com um pontapé e, depois, atingiu o brasileiro, mesmo caído, com outro chute-fosse expulso, começou a jogada do gol de Fábregas (de cabeça) e teve tempo ainda de perder um gol cara a cara com o goleiro.

Mas jogou. Foi um pouco mais Neymar.

Guardadas todas as proporções, fico a imaginar como seria a tentativa de transformar Mané Garrincha em um jogador mais discreto (como, aliás, tentaram), sem driblar tanto. Não seria o nosso Mané. Tudo bem que se deva ensinar a Neymar os segredos da obediência tática, pois esta, na Europa, é superior.

Mas mudar a característica de um craque, ah, isso não. Nem que seja para não despertar ciúmes em Messi, o melhor do mundo.

MERCADO DA BOLA

1- Por falar em Messi, contou-me uma fonte palestrina, que é bem provável a chegada do primo do melhor do mundo, Max Biancucchi, ao Palmeiras. Não sei se o negócio será concretizado, mas o trunfo, segundo minha fonte, é a de que o empresário do atacante argentino (que foi muito bem no Vitória até se machucar) é o mesmo que levou Mendieta e Eguren para o Palmeiras.

2- Rodriguinho já está em São Paulo e começou a fazer exames médicos no Corinthians. A opinião do blogueiro sobre o jogador está no post anterior.

3- Ganhará bem o meia Conca, que deve retornar ao Fluminense no ano que vem: entre 800 a 900 mil reais por mês, em contrato longo. Meu Deus!

4- Será uma boa para o São Paulo a contratação de Diego Cavalieri, do Flu, goleiro de qualidade. Não faz gol de falta e nem de pênalti, mas, debaixo das traves, não deve nada, atualmente, ao mito Rogério Ceni. Já quarentão, o capitão Ceni deve se aposentar no fim do ano.

Leia aqui a matéria completa > BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

• Lupa

Conselheiros palmeirenses pretendem pedir ao Conselho de Orientação Fiscal para dar atenção à comissão do centenário. Questionam a presença de profissionais do clube e jornalista já em outras ações profissionais no centenário e a ausência de ex-presidentes.

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Cota menor…

O COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) do Palmeiras só permitiu que Paulo Nobre pegasse R$ 54 milhões emprestados de bancos para saldar dívidas emergenciais.

• …culpa da burocracia

O presidente alviverde pretendia obter R$ 120 milhões, porém, um valor tão alto precisaria contar com a aprovação do Conselho Deliberativo. Paulo Nobre entende que os R$ 54 milhões são suficientes para arrumar a casa até dezembro.

• Déficit pequeno

Na mesma reunião, o COF foi informado de que o Palmeiras teve prejuízo de aproximadamente R$ 1 milhão em agosto. Ao menos no período houve queda no endividamento do clube com os bancos.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Pedro Lopes

• Fundo vai emprestar R$ 54 mi a Palmeiras

O Conselho de Orientação e Fiscalização do Palmeiras (COF) aprovou um empréstimo de R$ 54 milhões com um fundo de investimentos, ligado ao Banco Votorantim. O valor será pago em quatro anos, com de cerca de 1,05% ao mês. Cerca de R$ 20 milhões serão usados para pagar empréstimos tomados pelo presidente Paulo Nobre, que, com o clube, deu garantias na nova operação.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

TV GLOBO – GLOBO ESPORTE → Palmeiras vence o Oeste e fica mais perto do acesso para a Série A
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Kardec pode virar desfalque em julgamento e ampliar jejum de gols
 
ESPN BRASIL → Palmeiras vai a Natal sem Valdivia, Henrique e Leandro e pode perder Alan Kardec
 
UOL ESPORTE → Suspenso, Valdivia nega ter forçado amarelo: “Quero jogar todas”
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Valdivia aponta dor na mandíbula para “esquecer” toque de mão em gol
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Chamado de babaca, Leandro teve expulsão injusta na visão de Kleina
 
UOL ESPORTE → Kleina reclama de injustiça em cartões dados ao Palmeiras contra o Oeste
 
FOLHA ONLINE → Perto do acesso, Kleina mantém pés no chão e prega seriedade no Palmeiras
 
FOLHA ONLINE → Após vitória, Kleina diz que Palmeiras esteve vulnerável nos dois últimos jogos
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Vídeo: Palmeiras bate Oeste e fica mais perto de acesso
 
SPORTV → Cereto analisa vitória do Palmeiras sobre o Oeste pela Série B
 
SPORTV → Gilson Kleina discorda da expulsão de Leandro: ‘Goleiro agiu com violência, não precisava’
 
SPORTV → Melhores Momentos de Oeste 0 x 2 Palmeiras pela 26ª rodada do Brasileiro Série B
 
••

8 respostas em “Verdão na Mídia 02-10-2013: COF aprova, e Palmeiras pegará empréstimo de R$ 54 milhões ❘ Globo Esporte Com”

A única coisa que realmente espero é que essa grana seja gasta de forma HONESTA. Alguma notícia sobre a mudança no estatuto? Patrocínio Master? E quando será inaugurada a loja Academia Store no Shop. SP Market?

Ano que vem dois craques estarão no mercado. Ronaldinho Gaúcho e Alex Cabeção.. dois gênios em fim de carreira. Não acredito que Atlético MG e Coritiba terão bala na agulha para segurá-los.

Não acho que salvariam nada, mas poderiam ser ótimas opções pra qualificar a equipe, melhorar audiência e lotar estádios.

Esse empréstimo, isso de querer liquidar suas dívidas e concentrar todas em um só credor, juros menores, FOI PROPOSTO HA 10 MESES ATRÁS PELOS PREDADORES daqui do site ou estou errado? Antes de qualquer insinuação, desde já aviso que não concordo com todas as idèias, mas que se reconheça que isso demorou pacas, mesmo o Mudpilot ter a influência que tem.
Oberdan não é esse santo que apregoam não viu, detonou o mundial, e é amissíssimo do capeta esmeraldino, mas, como na revolução dos bichos, agora não tem nada escrito (como nunca esteve),tira-se o ponto, coloca-se uma virgula e bola pra frente.

Ia comentar isso sobre o Oberdan, mas achei que iam me malhar…

R$ 54 milhões não é dinheiro novo é alongamento de dívida.
A Boa noticia é que os juros são menores e a pressão no caixa diminui.
A má noticia é que não dá para usar esse dinheiro em novas contratações.

E já vazaram os valores do empréstimo, impressionante…

Nada é sigiloso no nosso clube!! Não dá pra contratar grandes nomes com este valor, mas dá pra investir em novas receitas! No máximo um ou dois vão ficar no clube (Leandro e Kardec), um monte de gente vai voltar pro RS… Tomara que contratem direito porque a coisa tá apertada

Os comentários estão desativados.