Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 08-10-2013: Palmeiras entra em campo contra Figueirense e arbitragem em Londrina ❘ Uol Esporte

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Palmeiras entra em campo contra Figueirense e arbitragem em Londrina

Por Mauricio Duarte

O Palmeiras está em uma cruzada contra a arbitragem da Série B do Campeonato Brasileiro. E é com esse espírito que a equipe enfrenta o Figueirense, nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio do café, em Londrina, pela 28ª rodada da competição. Embora seja o mandante do jogo, o clube jogará fora da capital paulista por estar cumprindo punição imposta pelo STJD.

Depois da derrota contra o ABC com erros do juiz, o Palmeiras resolveu comprar de vez a briga contra a arbitragem. O clube acredita que está sendo prejudicado no torneio. A diretoria alviverde disse aos atletas que vai tomar medidas junto à CBF para que o nível de arbitragem melhore. Um documento de repúdio será enviado à entidade, juntamente com vídeos de erros contra o clube. Os jogadores, inclusive, foram consultados sobre quais lances deveriam constar no vídeo.

O fato de ter que atuar fora de casa mesmo como mandante, segundo o atacante Alan Kardec, é um problema menor.

“Independentemente do lugar, sempre teremos muitos torcedores e nos sentiremos em casa, não tenho dúvidas disso. Nós teremos o fator torcida porque ela sempre nos acompanha. O fator principal é o campo. Quando falamos fator casa, sabemos que no Pacaembu o campo tem qualidade. Se o campo estiver bom e com qualidade, a nossa torcida nos apoiará e estaremos em casa. O principal para o jogador é ter um campo de qualidade. Quando isso acontece, as coisas fluem naturalmente”, explicou.

Dentro de campo, contudo, o Palmeiras terá alguns problemas. Com Henrique na seleção, Vilson suspenso e Tiago Alves lesionado, Kleina deverá improvisar Marcelo Oliveira ao lado de André Luiz na zaga. O Palmeiras ainda tem outros desfalques para a partida: Valdivia e Eguren também estão com suas seleções. Justamente por conta dessas ausências, o treinador deve manter o esquema com dois volantes em detrimento de três atacantes. Portanto, Vinicius continua no banco de reservas.

Por outro lado, Kleina terá o retorno de alguns jogadores importantes. O atacante Leandro volta de suspensão, enquanto o lateral direito Luis Felipe retorna de lesão e deve jogar. Ele passará por uma reavaliação antes do jogo. Caso não esteja em condições, Wendel permanece na equipe. O lateral esquerdo Juninho, que teve uma indisposição e não jogou contra o ABC, também está de volta ao time titular.

O Figueirense faz uma campanha mediana e está na décima colocação, com 39 pontos e sonha em se aproximar do G4. A ordem é tentar manter o ritmo e dar sequência à equipe, de acordo com o técnico Vinícius Eutrópio. Por isso, Paulo Roberto deve ser mantido na equipe, e o experiente Rodrigo Souto pode iniciar como titular, assim como Rodrigo. Maylson e Lucas Sotero disputam uma vaga no setor.



”Não pensei em mudar o sistema, até porque não há tempo para trabalhar. Mudando pouco sem tempo já pode desencadear uma série de erros, como fizemos no primeiro tempo [contra o Atlético-GO]. Esperamos tentar manter o mais próximo da escalação do segundo tempo. O ideal é manter e ganhar conjunto”, confirmou.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X FIGUEIRENSE

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)

Data/Horário: 08/10/2013, terça-feira, às 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva – Assistentes: Marcos Rogério da Silva e Luiz H. Souza Santos Renesto

PALMEIRAS: Fernando Prass, Luis Felipe (Wendel), André Luiz, Marcelo Oliveira e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Mendieta; Leandro e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

FIGUEIRENSE: Tiago Volpi; William Cordeiro, Douglas Marques, Nirley e Henrique Miranda; Paulo Roberto, Rodrigo Souto, Lucas Sotero (Maylson) e Rodrigo; Éverton Costa e Arthur. Técnico: Vinícius Eutrópio

Leia aqui a matéria completa > NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Palmeiras faz ‘estreia’ no Paraná diante do preocupado Figueirense

Voltar para a primeira divisão é objetivo comum de Palmeiras e Figueirense. Entretanto, a diferença de 20 pontos que separam o time paulista (líder, com 59) e o catarinense (10º, com 39) dá amplo favoritismo ao Verdão na partida desta terça-feira, às 19h30m (horário de Brasília), no estádio do Café, em Londrina, no interior do Paraná, que será a casa palmeirense nos próximos dois jogos. A punição pelo STJD se deu por problemas nas arquibancadas do estádio em Guaratinguetá: torcedores de duas uniformizadas palmeirenses se enfrentaram durante duelo contra o Guará, ainda no primeiro turno.

Mas para o técnico do Figueira, Vinícius Eutrópio, sua equipe deve tomar cuidado não apenas com o embalo e o favoritismo do rival. Ele se mostra preocupado com o comportamento da arbitragem. Depois das reclamações do Palmeiras na derrota para o ABC, Eutrópio acredita que o trio entrará pressionado. Logo após a derrota por 3 a 2, em Natal, palmeirenses deixaram o gramado criticando Marcos André Gomes da Penha, que, na opinião deles, exagerou ao marcar pênalti do segundo gol do time potiguar, e não viu suposta penalidade em Alan Kardec.

Com a certeza de casa cheia, atletas e comissão técnica do Palmeiras vivem a expectativa quanto à qualidade do gramado, ainda desconhecido pelo time. O Verdão precisa da vitória para se manter com folga na ponta, já que a Chapeoense tem um jogo a menos. O Figueira está seis pontos atrás do G-4 e ainda sonha.

O jogo será apitado por Edivaldo Elias da Silva, com Marcos Rogério da Silva e Luiz Souza Santos Renesto. como auxiliares O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances, em Tempo Real, e o Premiere FC 1 transmite a partida ao vivo para todo o Brasil, pelo sistema pay-per-view.

AS ESCALAÇÕES

Palmeiras: mais uma vez os desfalques forçam mudanças na equipe de Gilson Kleina. Por outro lado, o treinador terá a volta de Luis Felipe, que deixou o departamento médico, e Leandro, que cumpriu suspensão contra o ABC, além de Juninho, que havia ficado no banco por indisposição. Vinicius e Ronny também retornam, mas ficarão na reserva. A dupla de zaga terá formação inédita. André Luiz  Marcos Vinicius. Com isso, o Verdão deve iniciar o jogo com Fernando Prass; Luis Felipe, André Luiz, Marcos Vinicius e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Medieta; Alan Kardec e Leandro.

Figueirense: Vinícius Eutrópio confirmou o esquema e apenas parte do time. A principal dúvida é no meio. Nem e Rodrigo Souto disputam posição para fazer a marcação com Paulo Roberto. Apesar de não estar bem fisicamente, Souto , mais experiente, deve ser o escolhido. O provável Figueirense tem Tiago Volpi; William, Douglas Marques, Nirley, Henrique Miranda; Paulo Roberto, Rodrigo Souto, Rodrigo; Éverton Santos, Arthur, Pablo.

QUEM ESTÁ FORA

Palmeiras: o zagueiro Henrique, o volante Eguren e o meia Valdivia, foram convocados para as seleções brasileira, uruguaia e chilena, respectivamente. O zagueiro Vilson está suspenso. No departamento médico, seguem o zagueiro Tiago Alves e o lateral-esquerdo Fernandinho.

Figueirense: Zé Roberto rompeu os ligamentos do tornozelo direito e desfalca o time por um mês; Tchô, Rafael e Ricardinho estão liberados, mas abaixo fisicamente, e Rivaldo está na fisioterapia para tratar estiramento na coxa. Fora até o final do ano estão Douglas Silva, Willian Magrão, Ricardo Bueno e Ronaldo Tres, todos lesionados.

PENDURADOS

Palmeiras: Alan Kardec, Eguren, Leandro e Wesley.

Figueirense: Dener, Douglas Silva, Ricardo Bueno, Thiego, Tinga e Zé Roberto.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Palmeiras vai a Londrina em busca de reação contra Figueirense

Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o Palmeiras não poderá atuar no Pacaembu nesta terça-feira, mas tentará transformar o estádio do Café, em Londrina, em sua casa para buscar a reação na Série B do Campeonato Brasileiro, contra o Figueirense, às 19h30 (de Brasília).

O time de Gilson Kleina jogará longe da capital paulista porque perdeu dois mandos de campo em função da briga entre integrantes da Mancha Alviverde e da Torcida Uniformizada do Palmeiras (TUP) em Guaratinguetá, em 27 de julho. Agora, mesmo distante de casa, a ordem é de obter a reação depois da derrota para o ABC, na rodada passada da Série B.

“Independentemente do local, o Palmeiras vai levar muitos torcedores e, com certeza, nós nos sentiremos em casa”, afirmou o atacante Alan Kardec, que só mostra uma preocupação com o estádio. “O fator principal é o campo. Quando estamos no Pacaembu, sabemos que tem qualidade e facilita nosso trabalho. Se lá estiver bom, será melhor para nós”.

Neste confronto, o técnico Gilson Kleina volta a contar com jogadores importantes, como o atacante Leandro, que reassume sua vaga na linha de frente. Já Vinícius foi liberado pelos médicos e deve ficar como opção no banco. Porém, na zaga, o treinador não conta com Henrique, que está na Seleção Brasileira, e Vilson, suspenso. Assim, André Luiz deve formar dupla com o improvisado Marcelo Oliveira.

Já o lateral direito Luis Felipe está de volta à equipe, recuperado de inflamação nas duas canelas. O outro lateral, Juninho, é mais uma novidade, depois de ter sofrido uma indisposição antes do jogo passado. Entretanto, o meia Valdivia segue fora, por estar servindo à seleção chilena. Assim, Mendieta é o armador das jogadas do Palmeiras, que mantém a liderança isolada da segunda divisão, com 59 pontos.

Já o Figueirense sonha em se aproximar da parte de cima da classificação. O clube catarinense ocupa o décimo lugar na Série B, com 39 pontos, seis a menos do que o último clube posicionado no G-4.

O técnico Vinícius Eutrópio tem o retorno do lateral direito Willian, que cumpriu suspensão automática no jogo anterior e está confirmado entre os titulares. O volante Rodrigo Souto também deve aparecer como novidade, ganhando a posição no meio-campo.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X FIGUEIRENSE

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)

Data: 8 de outubro de 2013, terça-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR) – Assistentes: Marcos Rogério da Silva (PR) e Luiz Souza Santos Renesto (PR)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, André Luiz, Marcelo Oliveira e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Mendieta; Leandro e Alan Kardec – Técnico: Gilson Kleina

FIGUEIRENSE: Tiago Volpi; William, Douglas Marques, Nirley, Henrique Miranda; Paulo Roberto, Rodrigo Souto, Rodrigo; Arthur, Pablo, Everton Santos – Técnico: Vinícius Eutrópio

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Com trauma dos 6 a 2, Kleina deve improvisar no Palmeiras

Por Marina Galeano

Para não repetir a dupla de defensores da goleada por 6 a 2 contra o Mirassol, ainda no Campeonato Paulista, o técnico do Palmeiras Gilson Kleina pode recorrer ao improviso. Hoje, às 19h30, contra o Figueirense, é possível que o volante Marcelo Oliveira faça a função de zagueiro, ao lado de André Luiz.

Naquela partida de 27 de março, que quase custou o cargo do comandante alviverde, os titulares Henrique e Vilson estavam machucados e desfalcaram a equipe. André Luiz e Marcos Vinícius foram os substitutos.

Pouco mais de seis meses após a goleada, o treinador enfrenta o mesmo problema para definir o setor defensivo do Palmeiras. Henrique, na seleção brasileira, e Vilson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, estão fora. A maior dúvida é quem preencherá a outra vaga na zaga.

“Aquele jogo foi um acidente. A gente nem deveria mais comentar porque já passou, já faz tempo. Se fosse uma coisa normal, teria acontecido outras vezes e não aconteceu. Eu já esqueci, nem penso nisso. O grupo mudou e aprendeu muito desde o Paulista”, afirmou André Luiz.

Durante o treino de ontem, na Academia de Futebol, Gilson Kleina sequer esboçou o time titular, mas elogiou o desempenho de Marcelo Oliveira na Libertadores deste ano –quando ele formou parceria com Maurício Ramos na defesa–, dando indícios de que deve utilizá-lo.

Além dos dois zagueiros, Eguren e Valdivia –convocados por suas respectivas seleções nacionais– Bruno e Tiago Alves, em trabalho de recuperação de condicionamento físico, não estarão à disposição do técnico contra o Figueirense.

Apesar da derrota por 3 a 2 para o ABC na última rodada, o Palmeiras, que tem 59 pontos, continua com uma boa vantagem no topo da tabela –são sete pontos a mais do que a Chapecoense, vice-líder, com um jogo a menos. O elenco alviverde, no entanto, adota um discurso cauteloso para falar sobre o provável acesso à Série A.

Na parte intermediária da tabela, o Figueirense, em décimo lugar com 39 pontos, briga para se aproximar do G-4. São seis pontos de distância para o Paraná, quarto colocado.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• Erre na Série B e apite outra vez na Série A

Por Thiago Salata

Marcos André Gomes da Penha assinalou um pênalti inexistente para o ABC e não marcou dois para o Palmeiras, no sábado, pela Série B. Nesta quarta, será “promovido” com um jogo de Série A: está escalado para Naútico x Botafogo.

Os jogadores do Verdão ficaram justamente indignados (sem tirar aqui a parcela de culpa dos próprios pelo mau futebol do segundo tempo, em Natal). A diretoria prepara mais um daqueles “dossiês” que não têm efeito prático algum na CBF. Quantas vezes o clube, com outras diretorias, já não fez o mesmo? E o árbitro, quatro dias depois, apita outra vez.

O nível da arbitragem é ruim. E quem a comanda deixa acontecer aberrações deste tipo. Marcos da Penha, na melhor das hipóteses, deveria visitar a Série D por algumas rodadas. Mas ganhou o mesmo “prêmio” de Felipe Gomes da Silva há cerca de um mês.

O árbitro, com atuação desastrosa em Avaí 2 x 4 Palmeiras, apitou Corinthians 0 x 0 Cruzeiro depois, na mesma semana. Felipe trabalhará no duelo entre Ponte Preta e Atlético-MG, na quarta.

Se de fato existe um sistema de avaliação, ele tem falhas claras. Não é possível que alguém considere normais os erros cometidos nos jogos do Verdão contra Avaí e ABC. Falhas técnicas graves, como as de um atacante que perde gols absurdos e vira reserva.

Os árbitros, ao menos nestes casos recentes, seguem com a “titularidade” garantida. Na elite do futebol brasileiro. E assim seguirão com mais pênaltis ignorados, mal marcados, e por aí vai…

Há erros que, pela dificuldade do jogo, podem ser relevados. Os últimos não entram nessa lista.

Leia aqui a matéria completa → BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

••

BLOG DO BENJAMIN BACK ❘ LANCENET

• Tem que morrer gente para as coisas mudarem???

Claro que sou totalmente favorável ao Bom Senso FC, apelido dado ao movimento criado por alguns dos nossos jogadores de futebol em prol de mudanças no calendário. Sim, por mais que isso tenha demorado anos, mas antes tarde do que nunca!

No entanto, vivemos num país em que apenas bom senso não resolve, é preciso agir e brigar até as últimas consequências, caso contrário, como tudo no Brasil nada irá acontecer.

Sábado, na partida entre ABC e Palmeiras, em Natal, pela Série B, por um verdadeiro milagre não aconteceu uma tragédia daquelas de abalar o país inteiro. Pessoas pulando alambrado para não serem esmagadas, a nítida presença de muito mais gente do que o local comportava, a propósito,  um estádio como aquele jamais poderia abrigar uma partida de futebol com a presença de um grande clube!

E pergunto: onde estava o bom senso em não suspender a realização desse jogo? Será que é preciso que morram centenas de pessoas para que algo seja feito?

Vide a tragédia da boate Kiss no começo do ano.  E a mídia, seja ela esportiva ou não, precisa repercutir e muito esse episódio, afinal, foi um alerta de que é preciso tomar sérias providências em relação aos nossos estádios!

Estamos ás vésperas de realizar uma Copa do Mundo, porém, não adianta ter apenas meia dúzia de belos estádios e o restante em condições precárias tanto em termos de segurança quanto das condições dos gramados.

Temos falado tanto em profissionalismo, mas por onde ele anda? Enfim, como o descaso e a impunidade fazem parte do nosso dia a dia, ficamos satisfeitos quando há apenas o bom senso, mas ainda é muito pouco…

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO BENJAMIN BACK ❘ LANCENET

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Verdão estuda criar feira para centenário

O calendário de exposições de 2014 pode ganhar uma exclusiva para palmeirenses. Por sugestão da vice-prefeita de São Paulo, Nádia Campeão, o Verdão se movimenta para realizar um evento em homenagem ao centenário do clube, que será comemorado em 26 de agosto.

A ideia de Nádia inclui o aluguel do Memorial da América Latina por alguns dias. No espaço, o clube poderia fazer uma apresentação de todas as taças já conquistadas pela equipe ao longo de cem anos, além de medalhas, uniformes, flâmulas, presentes e objetos valiosos.

A feira ainda seria composta por stands de patrocinadores alviverdes, reservaria um bom espaço para o Allianz Parque, contaria com shows de palmeirenses ilustres,  músicas italianas e um festival com comidas típicas do país europeu.

Nádia Campeão foi convidada recentemente para compor um grupo de torcedores de prestígio que ajudarão a desenhar ações promocionais para 2014, sempre de olho no centenário.

• Medo no ar

A hipótese de Luxemburgo ser contratado pelo Verdão em 2014 está causando aflição na atual comissão técnica. É que Luxemburgo costuma levar um grande estafe para os clubes que o contratam.

• Pano para manga

“ Essa história de o lateral sair por ‘erro de digitação‘ precisa ser muito bem explicada. Estamos falando de milhões “ – Piraci Oliveira – Ex-diretor jurídico do Verdão, sobre a polêmica renovação de Luís Felipe

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri

• Dividida

“Aos que se sentem traídos, Affonso [Della Monica], [Luiz Gonzaga] Belluzo e Arnaldo [Tirone] é que poderão explicar” – Ricardo Pisani – Conselheiro do Palmeiras, em referência ao contrato com a WTorre pelo estádio

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Damato

• Mal estar

Membros da comissão de reforma de estatuto do Palmeiras querem revogar, já neste mandato, o artigo que torna todos os vice-presidentes conselheiros vitalícios após o mandato. A medida está gerando mal estar com aliados de Elio Esteves, vice do conselho, que derrotou o candidato de Paulo Nobre para o posto.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

GLOBO ESPORTE COM → Sucesso na pré-venda, nova camisa do Verdão tem mais de 1200 pedidos
 
IG ESPORTE → Artilheiro da equipe, Alan Kardec vira talismã do Palmeiras na Série B
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Kardec descarta administrar vantagem e dá valor a título da Série B
 
LANCENET → Para Prass, Kleina deve ficar para repetir Ney Franco e Mano
 
TV GLOBO – GLOBO ESPORTE → Ainda lamentando erros de arbitragem, Palmeiras encara o Figueirense
 
GLOBO ESPORTE COM → Jornalista vê centenário do Palmeiras sem Gilson Kleina: ‘Não tem tamanho’
 
SPORTV – REDAÇÃO → Ricardo Lombardi avalia trabalho de Kleina no Palmeiras: ‘É técnico de Série B’
 
••

4 respostas em “Verdão na Mídia 08-10-2013: Palmeiras entra em campo contra Figueirense e arbitragem em Londrina ❘ Uol Esporte”

Se ganhar, beleza. Se empatar “Temos de enaltecer o ponto valioso.” Se perder, o Kleina reclama do campo, da viagem e lembra dos desfalques, inclusive do gringo que não tem chance e só entra no finalzinho pra gastar o tempo.

nunca ví um clube fazer tantas ações de mkt para um jogo de futebol, quem for de Londrina tem grande chance de participar de todas as atrações!!!
Parabéns ao Mkt, Brunoro e Nobre são bão mesmo!!!!!!!!!!!!!!KKKKKKKKK

Os comentários estão desativados.