Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 16-10-2013: Kleina adverte elenco: “Não podemos achar que está tudo garantido” ❘ Gazeta Esportiva Net

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Kleina adverte elenco: “Não podemos achar que está tudo garantido”

O técnico Gilson Kleina se esforça para evitar a acomodação do elenco do Palmeiras na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar de a vantagem na liderança ainda ser tranquila, o treinador advertiu que o time não pode diminuir o ritmo neste momento crucial de confirmação do acesso.

“Temos uma pontuação boa, mas não podemos achar que está tudo garantido. Vamos ter de competir forte. Enquanto não fizermos entre 68 e 71 pontos, não teremos a condição (de retorno). Queremos fazer as duas vitórias que estamos programando. Hoje (terça), nossa vantagem diminuiu e temos de recuperar os atletas, para reagirmos rapidamente e voltarmos a vencer”, afirmou.

Na noite desta terça-feira, o Palmeiras sofreu apenas sua quinta derrota no campeonato, depois de 30 rodadas disputadas, ao levar o placar adverso por 1 a 0 diante do Icasa, em Juazeiro do Norte. Com isso, o Verdão viu a aproximação tímida da vice-líder Chapecoense, que empatou em casa com o Ceará. Já a distância para o quinto colocado, que agora é o Icasa, caiu para 18 pontos.

“Precisamos ver o nosso lado e conseguir nossas vitórias para consolidar (a volta à Série A). Temos 24 pontos para disputarmos e estamos com 18 de diferença. Esta derrota tem de servir de lição para continuarmos”, acrescentou o treinador.

O Palmeiras volta a campo na tarde de sábado, para enfrentar o Bragantino, em Bragança Paulista, quando o time realizará seu sexto compromisso seguido longe da capital paulista. Por isso, mesmo cobrando a reação do time, o treinador sabe que o grupo sofreu um desgaste nos jogos passados.

“Tenho de ser racional e fazer uma análise bem criteriosa, porque foi nosso quinto jogo fora. Alguns jogadores estão sentindo, mas, agora, estamos na reta final e precisamos de muito mais foco e força. Cada um briga por suas metas”, concluiu.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Kleina diz que Palmeiras não pode diminuir o ritmo

Por Daniel Batista

A derrota da última terça-feira para o Icasa acendeu o sinal de alerta no Palmeiras. A equipe segue soberana na liderança da Série B e muito próxima da volta à elite do Campeonato Brasileiro, mas já não vem exibindo o mesmo futebol nas últimas rodadas, o que preocupou Gilson Kleina. O treinador pediu a seus jogadores que não se iludam com a vantagem e não diminuam o ritmo na competição.

“Temos uma pontuação boa, mas não podemos achar que está tudo garantido. Vamos ter de competir forte. Enquanto não fizermos entre 68 e 71 pontos, não teremos a condição (de subir). Queremos fazer as duas vitórias que estamos programando. Temos de recuperar os atletas, para reagirmos rapidamente e voltarmos a vencer. Temos 24 pontos para disputarmos e estamos com 18 de diferença. Esta derrota tem de servir de lição para nós”, declarou.

A expectativa palmeirense ainda é de assegurar o acesso no dia 26 de outubro, quando enfrenta o São Caetano no Pacaembu, pela 32.ª rodada. Com 65 pontos, o time paulista é o líder da Série B, oito pontos à frente do segundo colocado, a Chapecoense, e 18 à frente do quinto, o Icasa.

O Palmeiras volta a campo neste sábado, quando enfrenta o Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid. Para o confronto, Kleina poderá contar com as voltas de Charles (que estava suspenso), Valdivia, Eguren e Henrique (todos estavam com suas seleções nacionais). Por outro lado, o lateral Juninho está fora, após ter sido expulso contra o Icasa.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Kleina culpa desfalques por derrota do Palmeiras e se prepara para novas baixas

Apesar de o Palmeiras não ter feito uma boa apresentação contra o Icasa na terça-feira, o técnico Gilson Kleina elogiou o esforço do time e culpou os oito desfalques pela derrota de 1 a 0, em Juazeiro do Norte, na Série B.

O Palmeiras não pode contar com os zagueiros Vilson e Henrique e os meio-campistas Charles, Eguren, Márcio Araújo, Mendieta, Valdivia e Wendel.

“Quando você vem com muitos desfalques e tempo muito curto para treinar, sente. Sabíamos que alguns não teriam ritmo e pegamos uma equipe que marcou muito forte”, argumentou Gilson Kleina logo após a partida no estádio Romeirão.

Ao menos quatro jogadores (Charles, Eguren, Henrique e Valdivia) deve retornar contra o Bragantino, neste sábado, em Bragança Paulista.

Mas o time alviverde terá novas baixas. Não poderá contar o lateral esquerdo Juninho, expulso contra o Icasa, que cumprirá suspensão.

Charles ficou fora contra o Icasa por estar suspenso, enquanto os outros três serviram suas seleções –Eguren, a do Uruguai; Henrique, a do Brasil; e Valdivia, a do Chile.

“Temos que ver de que forma [os jogadores que estavam nas seleções] vão se apresentar para poder fazer um time competitivo. Se eles tiverem condições, podem ir para o jogo. Precisamos do resultado para ficarmos perto de subir”, completou Kleina.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Kleina tira responsabilidade de Marcos Vinícius por falha em gol

O técnico Gilson Kleina está preocupado com a possibilidade de o zagueiro Marcos Vinícius ficar marcado negativamente no Palmeiras. O garoto, que já havia participado diretamente do vexame por 6 a 2 diante do Mirassol, voltou a ter uma infelicidade na derrota por 1 a 0 para o Icasa, nesta terça-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

No entanto, o treinador alega que o atleta não pode ser apontado como o culpado pelo tropeço. “A responsabilidade é minha, o erro não foi só dele. O Marcelo (Oliveira) chutou a bola nele, e não podemos colocar tudo nas costas do garoto”, comentou o técnico.

Na partida desta terça, o Icasa balançou as redes aos 29 minutos do primeiro tempo. Marcelo Oliveira tentou afastar a bola na intermediária com um chutão, mas acertou em Marcos Vinícius, e a sobra ficou para Juninho Potiguar superar Fernando Prass.

Com a desvantagem no placar, Kleina tirou o zagueiro para colocar o meia Felipe Menezes no intervalo. Mesmo assim, o técnico negou que tenha sacado o garoto da partida por conta da falha no gol.

“Falei para ele que eu estava tirando-o porque nosso time estava atrás. Todo mundo vai se lembrar desse jogo, futebol é assim, mas tinha mais gente na jogada com ele. O Marcelo também estava fazendo bem a função como terceiro (zagueiro) e estávamos ganhando bem a primeira bola. Infelizmente, chutamos um no outro e a bola resvalou”, acrescentou.

A estreia de Marcos Vinícius entre os profissionais do Palmeiras também não reserva boas lembranças ao torcedor do clube. Em março, o jogador fez seu primeiro jogo justamente contra o Mirassol e marcou um gol contra aos 40 segundos de partida, que terminou com a goleada por 6 a 2 do clube do interior.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Kleina pede invasão a Bragança e reação rápida do Palmeiras

Por Marcelo Hazan

Sem abatimento. A ordem no Palmeiras é recuperar o ânimo e seguir concentrado no objetivo de garantir o acesso antecipado à elite do futebol nacional. Para isso, o técnico Gilson Kleina pede reação imediata da equipe após a derrota por 1 a 0 para o Icasa, na última terça-feira, em Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, pela 30ª rodada da Série B do Brasileirão.

O objetivo é vencer o Bragantino neste sábado, em Bragança Paulista, para deixar o tropeço no Ceará logo para trás.

– O tempo mais uma vez é curto e vamos jogar fora novamente. Temos de invadir Bragança Paulista para conseguir  um bom resultado – diz Kleina.

Mesmo com a derrota para o Icasa, o Palmeiras tem 18 pontos de vantagem para o próprio time cearense, quinto colocado na tabela do Campeonato Brasileiro da Série B.

– Temos de conquistar a vitória para ficarmos mais perto de consolidar o objetivo. São 24 pontos a disputar com 18 pontos para o quinto, mas a derrota tem de servir de lição – completa o treinador.

Para encarar o Bragantino, o Palmeiras deve ter os reforços de Valdivia, Henrique e Eguren, trio de selecionáveis que desfalcou o time nas últimas rodadas. Charles, que cumpriu suspensão, também fica à disposição.

Já Vilson, Márcio Araújo, Wendel e Tiago Alves seguem em tratamento das respectivas lesões e podem retornar, enquanto Mendieta, com lesão no joelho esquerdo, só deve voltar em 2014. O Verdão ainda perdeu Juninho, expulso nos minutos finais da derrota diante do Icasa.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Kleina diz que revés não prejudica renovação: ‘Sou líder há quanto tempo?’

O Palmeiras jogou mal e perdeu por 1 a 0 para o Icasa, nessa terça-feira, mas o técnico Gilson Kleina acredita que o resultado não vai interferir na avaliação da diretoria sobre seu trabalho. Com contrato até o fim da temporada, ele ainda não foi procurado para renovar e tem futuro indefinido no clube.

– Não estou pensando nisso. Se for pensar a cada jogo, já tinha que ter renovado faz tempo. Sou líder há quanto tempo? Perder jogo acontece. A gente vem com muito desfalque, muita mudança. Você perde jogadores importantíssimos, o Icasa veio com força máxima. Meu maior objetivo é voltar para a Série A com o Palmeiras, não vai ser uma derrota que mudará meu futuro – declarou.

De fato, o Palmeiras navega em águas tranquilas na Série B: tem oito pontos de vantagem para a vice-líder Chapecoense e 18 a mais que o próprio Icasa, que agora aparece no quinto lugar. No entanto, foi eliminado em todos os campeonatos de mata-mata que disputou com Kleina desde sua chegada, em setembro de 2012: Sul-Americana, Paulista, Libertadores e Copa do Brasil.

– Claro que nós temos uma pontuação boa, mas não podemos entrar na zona de conforto e achar que está garantido. Temos que competir. A gente sabe que aqui dentro eles utilizam até o fator vento. A gente tem que competir, fazer pontos. Queremos fazer as duas vitórias que estamos programando, hoje diminuiu nossa vantagem – completou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Kleina deixa renovação de lado e pede para time evitar zona de conforto

Mesmo após a derrota por 1 a 0 para o Icasa nesta terça-feira, o Palmeiras manteve a folga na liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. Os oito pontos de vantagem e a boa campanha, no entanto, não são suficientes para garantir a presença do técnico Gilson Kleina no ano que vem. Questionado por parte da torcida, o treinador afirma não estar preocupado.

“Não estou pensando nisso. Se for pensar a cada jogo que eu tenho que ficar, já deviam ter renovado faz tempo. Eu sou líder há quanto tempo? Perder jogo faz parte. Não é uma derrotada que vai decidir isso. Meu maior objetivo é voltar com o Palmeiras, não estou preocupado. Quero subir e deixar na mão dos competentes”.

Substituto de Felipão, Kleina assumiu o comando do Palmeiras em setembro de 2012 com a difícil missão de evitar o rebaixamento. Não conseguiu, mas se manteve no cargo. Na Série B, o time caminha a passos largos para retornar à elite, mas o treinador pede atenção para evitar o clima de festa.

“Nós fizemos uma pontuação boa, mas não podemos entrar na zona de conforto e achar que tudo está garantido. Enquanto a gente não fizer 68, 71 pontos não podemos relaxar, a não ser que outros resultados nos deem essas condições. Temos que reagir rapidamente”.

O Palmeiras volta a campo no próximo sábado, em Bragança Paulista, contra o Bragantino. Com 24 pontos a disputar, o time alviverde tem 18 pontos de diferença para o quinto colocado e uma vitória deixaria o acesso ainda mais perto. O retorno, porém, deve ser confirmado apenas na partida contra o São Caetano, na 32ª rodada, no retorno da equipe ao Pacaembu.

“Temos que ver o nosso lado. Precisamos fazer a vitória para que possamos consolidar. Temos 24 pontos em disputa. A derrota tem que servir de lição, e a gente sabe da nossa responsabilidade”, finalizou Kleina. 

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Entrave com WTorre será discutido nesta quinta no COF do Palmeiras

Por Caio Carrieri

Foi marcada para esta quinta-feira a reunião extraordinária do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) do Palmeiras em que se discutiráo  impasse com a WTorre envolvendo o Allianz Parque.

Os responsáveis do clube pela arena apontam 12 pontos em que há divergências com a empresa. O que mais tem levantado discussão entre os conselheiros é a divisão do número de assentos aos quais a WTorre terá direito. O Verdão diz que são 10 mil da capacidade de 45 mil, número contestado pela parceira do Palmeiras.

Áreas administrativa e de outros departamentos do clube, como quadras de tênis, também foram pauta de reuniões recentes entre a cúpula alviverde e da WTorre.

O clube afirma que se baseia em contrato já aprovado pelo Conselho Deliberativo e que a WTorre cobra benefícios não autorizados pelo CD. Com 70% das obras concluídas, o estádio deve ser inaugurado em abril de 2014.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• Esta é a base do centenário?

Por Thiago Ferri

A derrota do Palmeiras em Juazeiro do Norte (CE) não atrapalhará a equipe em sua busca pelo acesso – feito praticamente já garantido, dependendo de apenas mais duas ou três rodadas para ser concretizado. Nem deve ser fator na disputa pelo título, pois a Chapecoense está oito pontos atrás e na divisão de acesso o Verdão caminha sem grandes preocupações, com chances de até fazer a melhor campanha da história da Série B.

Diante desta situação encaminhada, já se deve pensar no futuro. O presidente Paulo Nobre já disse que este grupo será a base daquele a ser montado para 2014, ano de centenário. Há, sim, boas opções no time, como o goleiro Fernando Prass, o lateral-direito Luis Felipe (que não tem futuro definido), o zagueiro Henrique (embora não viva grande fase, tem bom potencial), além de Wesley, Valdivia, Mendieta, Leandro e Alan Kardec, o qual precisa ter o contrato renovado até pelo menos o fim do ano que vem – ele vale até o meio de 2014.

É praticamente meio time com bons nomes, então a espinha dorsal está montada. No elenco, outros jogadores mostraram que podem ser boas opções para compor (Vilson, Charles, Léo Gago, Serginho, Vinicius…), mas as recentes atuações do Verdão preocupam um pouco, projetando a importante temporada que o clube terá em 2014.

Além do centenário, será a volta à elite, a estreia do Allianz Parque… a expectativa não é pequena para o que virá no Palmeiras. E o que está sendo apresentado nos recentes jogos não se aproxima do que a torcida espera para 2014.

O Palmeiras continuará vencendo, passando pelos rivais na Série B, mas as atuações não empolgam. Na terça, foi um desastre. Sem Valdivia, que se espera a volta neste sábado, e Mendieta, machucado, o time não tem uma boa opção para armar. A defesa é a menos vazada, mas os espaços cedidos assustam os palmeirenses e não é de hoje.

O Alviverde depende do chileno para atuar bem. E, apesar da sensível melhora de Valdivia no segundo semestre, não dá para se confiar ainda no camisa 10 por conta do seu número de jogos – são só 23 partidas em 2013, sendo que o time entrou em campo 60 vezes. A qualidade do meia é inegável, mas é impesável esperar bons jogos apenas em um terço da temporada.

Para o seu objetivo do ano (subir), o Palmeiras conseguirá o feito sem dificuldades – e com méritos. O que deverá ser levado em consideração ao término do campeonato, porém, é se o que foi apresentado na Série B é suficiente para começar a preparar por um centenário promissor.  Analisar só os números da campanha não é suficiente.

Leia aqui a matéria completa → BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Palmeiras: na derrota, um autêntico futebol de Segunda

Ah, o Palmeiras estava desfalcado de 9 jogadores? Sim, mas não de 9 titulares: Fernando Prass, Luís Felipe, Juninho, Wesley, Leandro e Alan Kardec são os donos de suas posições e jogaram, compondo mais de meio time, na derrota para o Icasa, por 1 a 0, gol de Juninho Potiguar. O Icasa, por justiça, mereceria pelo menos um golzinho a mais.

A derrota até significou pouco diante do que apresentou o líder da Série B, com futebol que beirou o ridículo. Foi a sua pior partida na competição, a começar pelo gol sofrido, em falha da defesa, digna de pastelão: lateral cobrado pelo Icasa lá de longe, Tadeu tirou André Luiz da jogada com um suave cabeceio e, estabanado, desejando chutar a bola para fora, Marcelo Oliveira carimbou o corpo do companheiro Marcos Vinicius (aquele do gol contra em Mirassol, na goleada sofrida por 6 a 2); aí ficou fácil para Juninho Potiguar, que nem agradeceu o presentão, driblou Fernando Prass e chutou para as redes.

Gol assim, nem na quarta divisão acontece. E creio que nem mesmo nos bons tempos da várzea, onde, pelo menos, até os menos dotados chutavam para onde o nariz estivesse apontando- e sem sustos.

Lições de futebol tão pobre apresentado? Embora tenha até um bom time quando joga completo- e, principalmente, com Valdivia- o Palmeiras tem elenco temerário para disputar uma Série A. São várias as suas deficiências, pois é de se supor que diante de tantos obstáculos que cercam os times- cartões, contusões, convocações, etc.- quem não tem um grupo forte está mesmo arriscado de rebaixamento.  Seria demais cair de novo, Palmeiras…

E então, que esse feio tropeço pelo menos sirva de lição para a direção palmeirense visando a próxima temporada, no ano de seu Centenário: é necessária uma avaliação fria do elenco, até mesmo de alguns titulares, passando também pelo técnico Gílson Kleina, sendo que o treinador ainda é uma grande incógnita para voos maiores.

Sem uma penca de reforços de bom nível, a vida palestrina promete ser dura para o ano que vem.

E então, não há outro remédio: é partir para as compras, já!

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

BLOG DO MILTON NEVES ❘ BOL

O Palmeiras já é campeão, mas a derrota para o frágil Icasa deixou a torcida preocupada com o time para o ano que vem! Afinal, com o que o Verdão tem, dá pra jogar a Série A em 2014?

É verdade que só um milagre tira o título da Série B do Palmeiras.

Mas, nesta terça-feira, após a derrota para o frágil time do Icasa, pelo placar de 1 a 0, o torcedor alviverde teve um bom motivo para ficar com a pulga atrás da orelha.

Afinal, esta equipe do Verdão, que está voando na Série B deste ano, pode fazer bonito também na Série A em 2014?

Se você acha que não, o que deveria ser feito pela diretoria para melhorar a equipe?

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO MILTON NEVES ❘ BOL

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Eduardo Ohata

• Aglutinador

O ex-vice de futebol do Palmeiras Roberto Frizzo recebeu em seu escritório, no fim de semana, grupos de diversos setores do clube. A pauta foi a mesma para todos: a construção da Arena Palestra.

• Pitonisa

Frizzo mostrou uma revista, produzida por seu grupo em 2008, que previa uma série de problemas entre clube e WTorre que agora se tornam realidade. E ele repete o bordão da época, que não era contra a nova arena palmeirense, mas questionava só o contrato.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Damato

• Portões fechados? Advogados querem jogos abertos apenas a mulheres e crianças

Advogados de diversos clubes do Brasil tentam convencer o STJD, em caso de briga de torcedores, a não decretar partidas com portões fechados, mas sim abertos apenas a mulheres e crianças. A medida foi adotada recentemente na Alemanha e obteve repercussão positiva no país europeu.

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• O corneteiro

“O Palmeiras jogou com oito ausências ontem, mas teve um importante reforço: Márcio Araújo não entrou em campo“ – Alfredo Loebeling – Ex-árbitro e torcedor assumido do Palmeiras

••

VÍDEOS ❘ TV GAZETA – SUPER ESPORTE

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

TV GLOBO – GLOBO ESPORTE → Palmeiras sofre com desfalques e perde para o Icasa
 
SPORTV → Gilson Kleina: ‘Não podemos tirar esse mérito, nós tentamos’
 
UOL ESPORTE → Palmeiras mostra falhas e sente falta de Valdivia em teste do elenco
 
BAND ESPORTE → Palmeiras terá volta de Charles e selecionáveis
 
ESTADÃO ONLINE → Kleina defende zagueiro de erro e fala em fatalidade
 
GLOBO ESPORTE COM → Kleina admite atuação ruim e lamenta erro decisivo: ‘Nós demos o gol’
 
GAZETA ESPORTIVA NET → Kleina admite atuação ruim e lamenta desfalques do Palmeiras
 
BLOG DO MAURO CEZAR PEREIRA → Palmeiras perde mais uma e tem mais derrotas do que Corinthians e Lusa campeões da segundona

••

 

24 respostas em “Verdão na Mídia 16-10-2013: Kleina adverte elenco: “Não podemos achar que está tudo garantido” ❘ Gazeta Esportiva Net”

E venho lembrar aos colegas algo nítido e cristalino já desde os tempos de Felipão, o Juninho Pampers é uma nulidade em campo, ele marca mal, cruza mal, dribla mal e finaliza mal! O time deveria assumir logo o 3-5-2 deixando o Vinícius de ala (já que marca, cruza, dribla e finaliza melhor que o Pampers) e colocando ou um terceiro zagueiro ou um primeiro volante nato (Denoni, Eguren) para ajudar o Araújo e o Vilson, aliás dois jogadores que pelo visto não interessam a diretoria alviverde, já podem sair de graça e que sem eles até esse time que joga a série B passa APUROS, fico imaginando a PIABA que tomaríamos na série A.

Sabe o que me deixa mais fulo da vida? O Kleina teve 2013 INTEIRO pra lançar e testar os jogadores que compõem o elenco, ao invés disso ele emprestou algumas poucas esperanças como Patrik Vieira, Denoni e L. Gustavo e preferiu confiar nos contratados F. Menezes, M. Oliveira e A. Luis para seus lugares… deu nisso que vimos contra o Icasa. Raramente coloca o “elenco” pra jogar, enfia o Eguren sempre aos 40 do segundo tempo (e o cabra ainda guarda um gol de vez em quando), no entanto jogadores medíocres como Juninho, Wendel, Oliveira, Menezes e André jogam quase sempre! Ficar com Kleina e esses GROSSOS é caminhar para o “sem-ter-nada” de centenário.

Olha os bambi se safando do rebaixamento (SPFW 2 X 0 Náutico). Só quem cai duas vezes e nunca aprende com os erros do passado e com certeza vai continuar errando, é só o Palmeiras!!! Será que o Palmeiras é um clube grande ainda????

Não entendo como a ida do Eguren para a seleção uruguaia pode ser considerado um desfalque ao time, se quando ele está disponível no clube nunca é escalado.

Mais uma pérola do GK: ” o Icasa veio com força máxima”….(????) Meldels….

A base para 2014 deve ser, Prass; Vilson; Henrique; Wesley; Valdivia e Kardec.O resto pode mandar todos embora e fazer contratações que realmente possam vestir a camisa verde , pq ontem deu nojo de ver o manto com aqueles jogadores sem amor , sem vontade e o mais importante ,sem capacidade .

Pra quem criticou o uniforme laranja do goleiro, o Cruzeiro está totalmente laranja no jogo de hoje.

Então posso continuar cornetando? Goleiro no Palmeiras joga de AZUL!

Calma pessoal. Série B é esse sofrimento mesmo, time mediano, tecnico pessimo mas os concorrentes e campos muito abaixo do nosso. Ano q vem tem tecnico novo (ja devem ter acertado com alguem né NOBRE) e contratações desde janeiro no elenco. Cair pra segundona é assim, 1 ano no inferno, ou achavam que ficar no inferno é tirar férias.

Desta maneira Chara você caiu da cama e acordou, não se iluda o limitado staff alviverde tem miopia crônica, além de retardamento mental privilegiado!

E planejamento prà 2014, com esse elenco pode caír no ano do centenàrio, Brunoro e Nobre tem que começar a trabalhar pensando grande e começar a acertar,pois a serie A ,não deixa errar como esse ano, que sò disputou a serie B e abdicou de outris campeonatos.

“Se for pensar a cada jogo, já tinha que ter renovado faz tempo. Sou líder há quanto tempo? Perder jogo acontece. A gente vem com muito desfalque, muita mudança. Você perde jogadores importantíssimos, O ICASA VEIO COM FORÇA MÁXIMA.”
O Poderoso Icasa. Tadeu, aquele mesmo, é o artilheiro e o capitão do time.
Eu achava que esse cara era só mau treinador. Mas só por ontem deu pra atestar definitivamente a sua covardia, sacando o rapaz (que teve zero de culpa no lance em questão) no intervalo e jogando tudo em cima dele, e o seu nível de imbecilidade, ao ser capaz de vomitar isso aí.

é Sr. Kleina, está acabando o campeonato e tu ainda não cansou que procurar culpados. A derrota diante o atletico PR acho ainda maior do que esta de ontem.

Kleina diz, Kleina adverte, Kleina culpa, Kleina deixa, Kleina tira, só não tem Kleina ESCALA certo. Kleina FAZ.
sem comentários perderem para o ICASA, vão pro inferno e queime bem devagar, pq não entrou o Serginho, pq o Kleina mil verbos, agora vem falar que o Marcelo OLiveira pode ser zagueiro… pq ele escala o wesley de meia?

Esse técnico demonstrou que não pode mais comandar um time como o Palmeiras.

Quanto ao próximo jogo, estamos falando de mais um timeco, saco de pancadas, que não mais o que fazer no campeonato. O Palmeiras tem a obrigação moral de ganhar e bem esse jogo.

Na terça feira, Palmeiras , com futebol de segunda, não há outra conclusão perante ao “espetaculo´´, de horror em Juazeiro do Norte, pois espera muito desta equipe, é buscar a cura do corrupção na politica brasileira, em Brasilia!

Os comentários estão desativados.