Categorias
Arenas

Arenas – Menos calor, mais luz.

Por Claudio Baptista Jr.

Como já faz parte da linha dessa coluna, sempre que posso trago pra cá alguns assuntos envolvendo novas tecnologias a respeito de várias disciplinas e hoje falo rapidamente sobre novas alternativas de materiais para utilização em coberturas.

Como sabemos, as coberturas nos novos estádios com perfil arquitetônico mais fechado podem gerar zonas de sombra o que não e muito bom para a preservação do gramado como também para as transmissões de TV, além de casos onde acabam gerando um efeito de estufa dentro do estádio.

E justamente em função deste último estão aparecendo materiais translúcidos que diminuem o sombreamento ao mesmo tempo em que refletem os raios infravermelhos responsáveis pelo aquecimento interno.

Mesmo que na Allianz Parque tal material ainda não seja aplicado, está aí mais um exemplo de que pode ser útil para o futuro.

Finalizando, vocês devem se perguntar porque essa coluna não aborda no momento este processo de indefinições envolvendo as cadeiras no nosso estádio.

Justifico pelo fato do presidente ter solicitado na última reunião do CD, que se possível conselheiros evitassem de se manifestar sobre o assunto a fim de evitar eventuais contratempos no processo.

Assim, em respeito a esta solicitação, estarei acompanhando os acontecimentos e no momento, se posso dizer algo, fica somente o desejo de se encontrarem os melhores termos envolvendo um acordo e que o processo resulte apenas em frutos positivos a S. E. Palmeiras em um momento tão importante da sua história.

Abraço,

Claudio.

 

4 respostas em “Arenas – Menos calor, mais luz.”

Boa noite Claudio, creio que teremos alterações quanto aos acentos , removíveis, já que os episódios, em referencia a precificação do ALLIANZ PARQUE, traz a tona um planejamento já avaliado e concretizado na própria escritura e documentos que avaliem os procedimentos legais, das duas partes. Os acentos fixos podem manter uma setorização aos blocos centrais, mas atrás dos gols , os torcedores seriam agraciados com o velho e bom ambiente das canchas antigas, com mais autenticidade da torcida ao espetáculo!

Sempre muito interessante as matérias sobre tecnologias das arenas. Espero que a W. Torre leia e aplique o máximo das sugestões. Prezado Cláudio, será que teremos as cadeiras removíveis, aumentando a capacidade do estádio?

Abç

Os comentários estão desativados.