Categorias
Futebol com Números

As receitas dos times de Minas vs o Palmeiras

Por Luís Fernando Tredinnick

Amigos, este parece ser realmente o ano dos mineiros.  Enquanto um time ganha a Libertadores – e pode ser campeão mundial caso o Sobrenatural de Almeida resolva dar as cara de novo – o outro time praticamente já é o campeão Brasileiro.

O que esses times têm de diferente do Palmeiras?

Observem no gráfico abaixo as receitas do Palmeiras comparada com as dos clubes mineiros:

 Receitas MG

É fácil perceber que o Palmeiras tem receitas bem superiores aos dos times.  No acumulado desses cinco anos, o Palmeiras teve receitas totais de R$ 706 milhões, enquanto o Cruzeiro teve R$ 540 milhões e o Atlético teve “apenas” R$ 460 milhões.

Apenas em um quesito os times mineiros realmente são melhores do que o Palmeiras. Sim, se você imaginou que seria a receita com a negociação de atletas, você acertou!

No gráfico abaixo temos as receitas acumuladas nos últimos quatro anos.


Receitas Atletas MG

O grau de competência do Atlético-MG de gerar receitas com atletas é melhor do que o do Palmeiras – ainda que isso não seja um grande mérito.

O Cruzeiro consegue gerar cerca de R$ 30 milhões por ano com a negociação de atletas.  Vale lembrar que esse é mais ou menos o mesmo valor que o São Paulo gera por ano, é menor do que o do Corinthians que gera cerca de R$ 40 milhões e é maior do que a do Santos que gera cerca de R$ 23 milhões.

Mais uma vez temos um exemplo de como o Palmeiras poderia ter receitas bem maiores se conseguisse desenvolver atletas da base e/ou contratar jogadores com potencial elevado (e não os trastes que andaram vestindo o manto alviverde nos últimos muitos anos).

A dúvida que resta é saber se esses times mesmo com receitas inferiores conseguem manter as contas em dia para investir em times competitivos e mandarem no futebol em 2013.  Mas isso é assunto para o próximo post!

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

23 respostas em “As receitas dos times de Minas vs o Palmeiras”

Administrado como clube de bairro a Sociedade Esportiva Palmeiras , hoje espelha a incompetência retratada em sua politica , com inúmeros aproveitadores, que sem competência minam o ambiente, procurando vantagens passageiras em poderes transitórios, pois a historia real alviverde nos últimos trinta anos, esta marcada de fracassos, mantidos pelos mesmos atores em um verdadeiro palco de tragédias já anunciadas , por muitas argumentações!

Realmente o atual futebol brasileiro vende os melhores jogadores prà Europa e outros países,o que fica aqui è bons jogadores que tem que estar em boa fase prà render,logo è necessàrio contratar 2 bons jogadores por posiçào prà ter elenco,o Atle pr tem jogadores esforçados e tà dando certo,Então o que precisamos è critèrio na hora de contratar,avaliar os jogadores que estão no G4 e ver se o que estão trazendo è melhor do que jà estão nesses times,se não,vamos lutar no grupo de baixo.Não ter a ilusão que sò titular resolve,tem que ter banco,que faça o titular ter medo de perder a posição.Hoje Prass,Wesley Valdivia e Alsn Kardec não tem sombra.

A verdade é que o Palmeiras tem que investir nas categorias de base e é pra ontem. Parar de contratar “caçambas” que o retorno é péssimo para o clube, além do mais, tem que investir no CT da base. Tenho certeza que o CT de Guarulhos não é a solução.

Dói pra ”cacete”, ver essas coisas… Um time que fatura mais em receitas e investe essas receitas muito mal… Não à toa, em um certo período o Cruzeiro conseguiu montar um time capaz de ser campeão. Ainda que não sejam todos ‘craques’, é um time muito bom. Inclusive o atual treinador.

Gostaria de saber de onde são os dados.
Questiono, pois observando a realidade do futebol brasileiro, acredito que as negociações de jogadores dificilmente são lucrativas para os clubes. Nos dias de hoje com a Lei pelé e a participação de empresas e empresários nos atletas o clube é fator secundário em uma negociação, salvo exceções de grandes negociações como a de um Neymar ou Lucas. A porcentagem dos clubes no valor total de uma negociação, na maioria das vezes, é pequena.
Dado que as categorias de base da maioria dos clubes não são estruturadas e a forte presença de empresários na participação de jogadores, o Palmeiras precisa se atualizar e pensar em novas formas de criar receitas. A venda de um bom jogador não é muito vantajoso para o clube e principalmente para os torcedores. Um bom jogador se mantido, muitas vezes, trás mais receitas do que a venda do próprio (dentro de campo jogando bola, venda de camisas e produtos do clube, exposição da marca do clube na mídia, atrai público ao estádio).

Dcello, os dados vêm diretamento do balanço dos clubes. já falei milhares de vezes que eu não confio muito nos números, porém são números oficiais e – auditados. Saber se uma venda de jogador deu “lucro” é um exercício quase transcendental…. entretando, ainda que os direitos econômicos possam estar repartidos, as vendas podem – e devem – ser lucrativas. No meu ponto de visto – que é muito próximo da contabilidade utilizada nos países europeus – o “lucro financeiro” na venda de um jogador seria simplesmente a diferença entre o preço de compra e o preço de venda. Os salários pagos ao longo do tempo que ele esteve no clube não entram na conta. Então, nesse caso, ainda que a participação do clube seja pequena, ele também pagou pouco e obteve um lucro.

Por outro lado, existe uma perda intangível gigantesca quando os clubes vendem seus ídolos. Particularmente, acho que os clubes devem manter os ídolos e vender os jogadores bons. Neymar alavancou demais as receitas do Santos e é esse exemplos que os clubes devem seguir. O maior patrimônio de um clube é a torcida e a formação da torcida passa pelos resultados e pelos ídolos em campo.

Saudações ALviVerdes

Ao ler qualquer coisa sobre a base me lembro de uma entrevista que o Jair Jússio deu aqui pro 3VV uns anos atrás, sobre como ele “economizou” 150.000/ano ao dispensar ou não fazer o contrato profissional de jogadores “caros” e ficar com o bom e barato, ai o jogador pula a cerca, é vendido por alguns milhões pouco tempo depois e? Precisava pra começo de conversa tirar o CT da base de Guarulhos, aquele lugar do lado da favela é péssimo, fazer aquele convênio tão falado com Vinhedo ou outra cidade próxima onde possa ter um cuidado maior com a base e ai sim esperar resultados em 5, 6, 10 anos…resultados sólidos e não viver de esperanças que um raio caia e achemos outro Marcos.

Isso prova que:

1. o Palmeiras foi MUITO mal administrado nos últimos 20 anos e que Mustafá e cia deveriam retirar-se da cena política há muito tempo (por vergonha ou amor ao clube)
2. é possível sairmos do buraco

O Palmeiras fará 100 anos e há 1000 anos trata mal as suas categorias de base. Tanto Atletico qto Cruzeiro tem infra-estrutura (CT(s) superior a do Palmeiras ( e tbem Sao Paulo, Corinthians, Santos, Atletico PR, Inter e Gremio). O Palmeiras precisa de um CT adequado para ontem e pelo que vejo Guarulhos nao é a solucao. Tirone e Frizzo foram péssimos e Sao Roque ficou pelo caminho. Espero que o Nobre tenha percebido esse problema e tenha vislumbrado alguma solucao para resolver isso de vez. Se no passado nao era problema hoje o Palmeiras necessita do ganho tecnico e financeiro que as divisoes de base podem proporcionar.

Concordo….
E gostaria de saber, “se alguem tem essa informação”, se o Paulo Nobre tem a intenção de rever o caso de São Roque, ou de um outro local para o CT da Base ??

Ótima matéria.
Mas porque será que o Palmeiras arrecada mais, e ultimamente só apresenta resultados ridiculos dentro de campo e negocia mal os jogadores, paga os salários dos jogadores emprestados, e doa ou vende os atletas a preço de banana?
1º) A Sociedade Esportiva Palmeiras é o “paraíso maravilhoso dos empresários”.
2º) As divisões de base raramente formam jogadores com qualidade para subir pro time principal.
3º) E quando sobem tem o mesmo tratamento que foi dispensado ao Patric Vieira, ao João Denoni, e ao Luis Gustavo que o Ney Franco escala como titular absoluto no Vitória..

O Palmeiras perde muito dinheiro na compra e venda de jogadores… Alem de não dar chances pra base, compra jogadores trastes e vende os mesmo pela metade do que paga!

Caro Luís Fernando,

Uma observação que considero importante sobre a valorização comercial dos jogadores dos clubes.
Enquanto em outros times existe a preservação do patrimônio, com a exposição positiva de imagem, no Palmeiras criou-se a cultura de menosprezar todo e qualquer atleta que vista sua camisa.
Esse fenômeno passa pela ausência das diretorias, pela ação nefasta da imprensa e pelo comportamento passional ao extremo da torcida.
Não é sem motivo que jogador do Palmeiras vale rende muito menos ao clube nas negociações. Pagamos caro e vendemos barato.
Para o Palmeiras, se tornou “politicamente correto” denegrir seu patrimônio. Criticar não é o suficiente, é preciso denegrir, acabar com a imagem de um ativo do clube. Por exemplo e apenas um exemplo: não será difícil o Cruzeiro ficar em definitivo com o Luan e depois vendê-lo muito bem para o exterior.

Perfeito!
O zagueiro Leonardo e o Pierre foram campeões da libertadores. Arrumamos apelidos que ridicularizam como “Kid Bengala” para o marcos assunção, ou que tal “Alexotan” para um dos maiores craques que, que tem menos de 45 anos, viu jogar com a 10 do verdão. No Palmeiras, se não é craque é perna de pau e ponto. 8 ou 80. E como craque tá difícil de achar ficamos achincalhando e ridicularizando todo mundo. É certo que tem muita gente ruim, mas vejamos o Wesley por exemplo. Uma coisa é o quanto ele ganha e o quanto pagaram nele, outra coisa é o futebol. Quantos segundos volantes na série A são melhores que ele? Se o vendermos quem compramos pra substituir? A que preço? O Luan não é, nem nunca será craque, mas pode muito bem fazer o papel que o Hulk faz na seleçao ou que o Jorge Henrique fazia nos gambás: tem condição física e disposição para isso. Pode ser sim uma peça importante para compor elenco na mão de um técnico inteligente. Mas tratamos o cara como m…

Gerar receita com a base como? No Palmeiras parece que é proibido ter mais de 2 atletas da base no time titular. Preferem trazer um traste, como você mesmo disse pagando o triplo do que dar chance pra muleque.

Eles não percebem que no mínimo o garoto da base não vai dar tanto prejuízo quanto um perna de pau vindo de fora.

Qual a difrença dos times mineiros e nosso time de colônia? OS MINEIROS MUDARAM A MENTALIDADE E PENSAM COMO TIME GRANDE!!! Simples assim!!! Estão ganhando tudo…e alguém duvida que com essa mentalidade vencedora, não estarão disputando títulos em 2014, 2015, 2016? Com certeza!!!
E vou além….gostaria que o “poderoso” Palmeiras contratassem (sei que seria um milagre, pois, o Mustafá não deixaria jamais, pois, gastaria muito), alguns reservas do Galo e do Cruzeiro. Olha..daria pra fazer um timaço com os referidos reservas. E eu estou pra dizer que o Palmeiras atual não tem 1 jogador que pudesse ser titular nesses 2 times mineiros. Acho que brigariam pela posição, e com grandes chances de serem reservas. Pois, Prass, Henrique, Wesley e Kardec, são só bons jogadores…nada mais. Se alguém comentar sobre o Valquíria…seria uma piada! Pois, o Everton Ribeiro está arrebentando, e seus gols e passes estão levando o Cruzeiro ao título, e sabe quem é o reserva dele? Julio Batista. Meu Deusss!!!! No Galo, tem um tal Ronaldinho….que levou o mesmo ao título da Libertadores. Pois é…ou o Palmeiras muda essa mentalidade de time pequeno, ou viraremos uma Lusa.

Meu Deus Aldo, vc chutou demais nessa hein hehe. Cara, olha o time do cruZeiro, bando de refugo de outros times e não tem ninguém que se destaca, o time simplesmente deu liga! APENAS ISSO. Não tem craque e muito longe de ter, agora pega esse Everton ribeiro refugo do coxa, bota uma camisa alvi verde nele, vê o que vira!!!?? Cara, o cruzeiro este ano acertou a mão no conjunto, e outra, a série esse ano está ridícula… Muito pior que os outros anos… O galo eu já concordo que vem pelo menos 3 anos contratando bem, COM UM BANCO LAVANDO GRANA por trás! Não tem segredo. Meu caro, eh só por dinheiro e ter um cara enxerga e eh torcedor e sabe o que acontece, time ficará quebrado de $$$ mas terá um batia elenco!

É, taí a prova do que o “bom e barato” musthafariano fez ao Palmeiras, enquanto os “grandes” dirigentes do palmeiras só contratam trastes a peso de ouro, os times mineiros contratam jogadores com preço real. Fazer o quê, são os gênios que dirigem a SEP né? E por falar em contratar com qualidade, tá na hora do Srs. Nobre e Brunoro se mexerem, pois com essa politica de contratação e da vinda de novos patrocinios a dívida só vai aumentar. Querem um conselho, contratem um bom olheiro, pois contratar por DVD, definitivamente, não dá!

Obrigado MUSTAPHÁ, TIRONE, FRIZZO, GILTON AVALONE, PALAIA, DEL NERO, PIRACI, PERSCAMONA ETC.
Que Deus ilumine o Paulo Nobre e o Brunoro para nos tirar desse buraco.

Os comentários estão desativados.