Categorias
Corneta do Cunio

Corneta do Cunio – Por que GK deve ficar e por que GK deve ficar

Por Alberto Cunio

Caminhoneiros alviverdes, quem sabe a pergunta que povoa o imaginário dos palmeirenses após o acesso não seja respondida… Lá no posto Ipiranga? Tudo bem, não precisam ir até lá. Vou dar minha humilde hipótese para a resposta.

Graças ao advento do Google, poderosa ferramenta da internet, encontrei artigos incríveis do final de 2003 e início de 2004. Naquele tempo, sob a batuta do ex-presidente que nos rebaixou, a “luta” era pela RENOVAÇÃO do contrato do técnico Jair Picerni, que alegou só ficar se recebesse aumento. O Palmeiras era, então, o clube mais atrasado para se reforçar na temporada 2004 (novidade). Mesmo assim, o ex-presidente trouxe ao final de 2003 o zagueiro Nen e em Janeiro de 2004 o atacante Adriano Chuva, atleta do estilo que Picerni desejava para a posição.

Se estas notícias tivessem sido veiculadas dez anos depois, acho que aconteceria uma tragédia. No mínimo algum atentado nas alamedas. Fazendo um paralelo 2003/2013, só posso concluir que GK sofre bullying da torcida palmeirense.

Dono de um estilo pacato e trabalhador, o emergente técnico palmeirense deixa ao menos uma impressão interessante: honestidade e ausência de rabo preso. Seja com empresários, seja com cartolas. O perfil dele parece mesmo ser o de um profissional relevante e presente apenas dentro da Academia e dos vestiários.

Se o futebol apresentado por suas equipes está longe de fazer brilhar os olhos dos palmeirenses até mais tolerantes, a campanha “nadando de braçadas” na fraca Série B não deixa de endossar que o comandante cumpriu o seu papel. Mesmo com um elenco mediano, mas esforçado e comprometido, passeou pelos buracos da “segundona” e trouxe o Verdão de volta. Porém, a massa quer sangue: centenário com GK, não dá.

Porém, vamos aos dois sentidos propostos para o verbo dever: pelo andar da carruagem, GK deve ficar. E por quê? Com algumas das melhores opções do mercado empregadas e outras muito caras (ou perigosas), restam diversas opções que, se não são de outros treinadores emergentes, são apostas. E para correr riscos com desconhecidos, GK fica.

E agora, por que GK deve ficar? Por vários fatores, além dos apresentados no parágrafo anterior. GK é praticamente unanimidade no elenco. Se não chega a ter o estilo “paizão”, é agregador de grupo. Não isola atletas, dá chances a todos nas horas devidas, tem fala mansa suficiente para não bater de frente com estrelinhas, muito menos criar caso com jovens promessas. Soma-se isso ao fato de que já deixou claro: não pretende nada além do que já ganha para continuar com a batuta, até mesmo porque deve ainda pesar sobre ele o rebaixamento (o que é, em grande parte, uma injustiça). Os efeitos Jorginho/Muricy ainda assombram as lembranças de muitos esmeraldinos.

Como resolver este impasse? Sinceramente, espero que já tenha sido resolvido na cabeça de nosso mandatário e que ele deixe de escorregar entre as opiniões alheias: vai ou fica, fale logo. Não podemos esperar janeiro para começar a reforçar as posições carentes, muito menos sem saber quem indicará nomes e comandará o elenco no ano 100 do Palmeiras.

Para isso, deixo aqui minha CORNETA na sala da presidência, para ver se Paulo Nobre saia do muro e não condicione a permanência de GK a coisas que vão levar meses para amadurecerem. Diminua, por favor, a agonia das massas, presidente.

A Corneta no Twitter parabeniza nosso elenco pelo retorno à Série A. Vamos em frente. Siga! @Corneta3VV

54 respostas em “Corneta do Cunio – Por que GK deve ficar e por que GK deve ficar”

TCHAU Kleina…..não deve ficar por ser manipulado por este fraco elenco Palmeirense ta na cara que ele é um banana….e que quem manda são os jogadores fanfarrões …que se acham o maximo e tem um futebolzinho bem pequeno.

Vejo com temeridade a manutenção de Kleina, mais pela deficiência tática que a Ponte apresentava ano passado e o Palmeiras apresentou esse ano: o ROMBO no meio campo deixando, no nosso caso toda marcação em cima de um volante que por mais esforçado que seja não faz milagre. A troca de Kleina por um medalhão me dá calafrios. Realmente é uma equação difícil de fechar. Achei ruim o não aproveitamento de Patrik Vieira e L. Gustavo, eu até nutro simpatia pelo Denoni, mas..convenhamos nem no Oeste de Itápolis ele vem sendo titular. Outra aberração que muitos aqui mesmo pedem é a contratação de medalhões (ou mercenários?) para o centenário e FELIZMENTE parece que o Nobre esta buscando eficiência. Assistam o filme Moneyball sobre baseball e como as contratações com base tecnocrata funcionaram e revolucionaram o esporte. Por falar em revolução, embora muito comum nos esportes americanos, no futebol não temos a figura de um “coordenador defensivo” e acho isso poderia ser uma inovação bem vinda, alguém que entenda do riscado como o AC Zago, Toninho Cecílio que não teriam salários astronômicos ou mesmo um técnico como o Gilmar Dal Pozzo que tirou leite de pedra com a Chapecoense para formar comissão. Só sei que “só” o Kleina não dá, mas também com Luxemburgo, Joel, Autuori, Celso Roth…também não!

Alberto Cunio,
Qual clube no Brasil não tem elenco mediano, no medíocre futebol que se joga no país?
Futebol onde quem já deveria ter parado de jogar há muito tempo se torna ídolo nos principais clubes. Não se esqueça estamos em 2013 e não em 1973 ou 1993.

Parabéns. Para criticar a diretoria, até pedir a permanência do gk serve.

o kleina ficar no centenário ?

vc deve tah de brincadeira ….

corneta e rivotril para vc meu amigo…..

abrax do Signorini !

me digam, tem outro técnico que possa assumir o lugar de kleina, quem vcs querem, o luxa pra fazer o que ele esta fazendo com o fluminense depois de passagem mediucre pelo gremio, e um outro um pouco mais caro já viu, acontecera o mesmo que o felipão fez que afundou o palmeiras, a aposta correta é em jogadores de nível, técnico já tem pra que apostar em outro que vai ter que começar tudo de novo!!!! e sabe la se vai dar certo ou não!!

Falam que ele fez boa campanha com um time mediano!! E os concorrentes do Palmeiras? Tinham oque? Tinham Alan Kardec, Valdivia, Henrique, Fernando Prass? Fora outros que sao de qualidade discutível mas que com certeza seriam craques nestes times.

Se ele ficar será demitido ao final do paulistão 2014 após campanha vexatória, então, pagaremos a multa rescisória em vinte e quatro parcelinhas…

Deve ficar porque conseguiu o acesso… Deve sair porque seu contrato acaba, ganha uns 300 ”contos” por mês, eliminado na libertadores com jogo na ”mão”, eliminado contra o atlético, ainda que foi no PR, mas o time foi medíocre naquele jogo. Arma muito mal o time mesmo que as peças não sejam grande coisa, passamos sufoco em vários jogos contra ”timecos” na série B. Contra o São Caetano foi ridículo com o Pacaembu lotado o time empatar. Time joga sem alma, sem ”tesão”. Isso é culpa do treinador. Ele deve ser muito bom no dia-a-dia mas é muito ruim de vestiário, não consegue ”inflamar” o time pros jogos. Entre pagar 300 pro Kleina, prefiro pagar 400, 500 pra qualquer um com mais ”cancha”…

Quem quer um Palmeiras forte, honrando suas tradicoes nao pode se contentar com GK.
Se quisermos resultados diferentes dos até aqui obtidos, temos que mudar, ousar, nao ter medo do sucesso, nao ter medo de ser campeão, ser comedido nos salários de Brunoro, mas pagar bem a quem tem valor…GK nunca, por favor volte para a Ponte Preta e ajude-a na série B/2014…Aqui é verdao …. somos acostumados com titulos e glorias.

Na verdade, pode ficar o GK, o que precisamos mesmo é de jogadores que honre o manto alvi verde, chega de perebas mancas que não consegue dar um passe de 1m.

Uma das raríssimas vezes que discordo frontalmente do seu texto Cúnio.
Primeiro queria saber que técnico não nadaria de braçadas com o Palmeiras nesta série B.
Segundo que ele não deu chances para ninguém da base, a não ser o Luís Felipe por falta de opções.
Mas deixou que toda a base, que poderia ser testada ao longo deste enfadonho campeonato, ser emprestada.
Terceiro… Que atleta que é titular vai fazer campanha contra um técnico que pode ser seu chefe na próxima temporada? Você não esperava que algum deles dissesse a verdade: o Kleina ainda não é técnico de time grande, né?
O que mais me impressiona é como a maioria dos palmeirenses hoje já se contenta com pouco, um técnico mediano e um time mais ou menos já está bom.
Aos poucos as diretorias foram apequenando o clube e a torcida foi se conformando, se conformando…
Só eu quero um técnico e um time de ponta?

Aí galera,

parece que se depender da torcida, GK está na roça. Bom, se ele sair, que venha alguém com pulso e vitórias. Mas se ele ficar, devemos apoiá-lo e cobrá-lo.

Agora, entre ir para o inferno e ser gambá, alivia aí pessoal! Nem um, nem outro só por uma opinião, não é verdade? Aqui é Palmeiras, kct!

Abraço!

Como diria Joel Santana: “VOCÊ TÁ DE BRINQUETION WITH ME, CARA?”

Técnico fraco, medroso, incapaz de colocar dois meio campos desde o começo, não tem plano de ataque, padrão tático fraquíssimo, incapaz de reverter a postura de um time durante um jogo (três jogos são vitais para entender isso: Mirassol, jogo de volta contra o Tijuana-MEX e volta contra o Atlético-PR). Eu o vejo como incapaz de bater de frente com o grupo para manter um suposto bem-estar (nem o VINÍCIUS cumpre o que ele diz).

Enfim, é como digo: o que perder uma eleição não faz…

Desconfio que o Kleina não terá capacidade de segurar um elenco mais renomado (principalmente se for contratado mais 3, 4 jogadores renomados), se depois da declaração do Valdívia que não jogava mais por culpa do treinador, no último jogo não teve coragem de tirar o apagado Chinelo. Imagina com mais estrelas no elenco? Numa primeira crise/cobrança os caras vão olhar para o Kleina e se perguntar: “Quem é esse cara pra falar assim? nunca ganhou nada”. Ai pode ser tarde e corremos um sério risco de perder o primeiro semestre e o planejamento vai pelo ralo. Agora vendo o trabalho dele, que insiste no 4-4-2 (Losango defensivo com 3 volantes) com SÉRIOS erros de posicionamente (SEM A BOLA) uma transição campenga, isso porque o time não é bem treinado, poodem não gostar, mas é verdade, para jogar nesse esquema o time precisa ser muito bem treinado e não vi isso durante toda série B. Falta jogadores com característica para jogar assim, depois tem o 4-3-3, mas insiste no M.Araújo que não é primeiro volante e não temos jogadores (Pontas/Extremos) que agradem, que poderiam decidir mas o jogo. Se o Kleina for ficar que repense sua Formação tática, treine muito bem o time e o principal, que contrate jogadores que funcione no esquema adotado.

Desconfie de técnico que o grupo implora por sua permanência…. jogador brasileiro é mimado e não gosta de cobranças….por isso estão clamando pela permanência do GK, o cara deve ser um tipo Márcio Araujo dos técnicos, simples, bom papo e etc….

Eu gostaria de outro técnico.

Mas, entre Luxemburgo e Kleina, eu prefiro o Kleina. Entre Dorival Jr. e Kleina eu prefiro o Kleina.

Espero que a diretoria não cometa o erro de outras administrações que trouxeram técnicos ditos tops, ganhando uma fábula e aí não sobrou recursos para contratar jogadores decentes.

Creio que o Alberto quis dizer isso.

O problema da permanência do Kleina é que, se perder 2 seguidas no paulistinha, vai dançar. Daí todo “planejamento” para o elenco feito por ele e o Nobre vai por água abaixo, com a chegada do novo técnico, lá por fevereiro. Já vi esse filme antes… quem morre no fim sempre é a torcida.

Concordo totalmente. Pra mim, a única grande falha do Kleina foi na Copa do Brasil. O time devia ter entrado pilhado, e não da forma que entrou. Na Libertadores, fomos eliminados pelo Bruno. No Paulista, caímos nas penalidades.

Quanto às escalações, eu acredito que ele fez o melhor com o elenco que tinha. Muitos podem indagar sobre a constante escalação do Márcio Araújo, mas eu tendo a discordar. Se não é um jogador brilhante, é um jogador muito eficiente, que por vezes e vezes carrega o meio-campo palmeirense. Todos os treinadores que passaram pelo Palmeiras nos últimos anos tinham o Márcio Araújo como titular absoluto. A imprensa vive ressaltando a eficiência deste jogador.

As lembranças terríveis, pra mim, são dele jogando na lateral, e é óbvio que depois disso todos ficamos com um pé atrás com o jogador. Mas pelo que ele vem jogando como volante, merece ficar e ser escalado.

A outra crítica que costumam fazer ao Kleina é o de escalar muitos volantes… Mas, ninguém pode negar que o Kleina tentou várias e várias vezes o esquema com 3 atacantes, e mais algumas vezes o esquema com 2 meias (Valdívia e Mendieta). E o time não encaixou nesta formação. Hoje, é uma tendência no futebol brasileiro atuar com volantes que cheguem ao ataque, e apesar de eu não gostar desta formação, creio que ela tem se mostrado eficiente. É importante lembrar que o Palmeiras não perdeu nenhum clássico esse ano, com o time desmontado do jeito que estava no começo do Paulista.

E, pra completar, que opções que temos no mercado? No futebol nacional, o único técnico que vejo que se encaixa no perfil que o Palmeiras deseja é o Dorival Júnior. E tenho sérias dúvidas se ele faria melhor do que o Gilson tem feito. Especula-se que o Palmeiras tem interesse em técnicos estrangeiros, e aí vem o problema: traremos um técnico que não conhece o elenco, não conhece os dirigentes, não conhece o Palmeiras… Só acho esta uma alternativa válida se tivermos paciência com o técnico, sem esperar resultados no primeiro ano de trabalho. E é óbvio que não teremos, que queremos resultado.

Pra mim, então, o correto é mantermos o Kleina como nosso treinador pro ano que vem.

Não gostaria da permanencia do GK pois acredito não ser técnico capaz de se destacar na série A.
Porém, a sempre um porém, se for para trazer técnicos com grife apenas pelo fato de ter grife,
ai a coisa muda de figura.
Se for para trazer Abel, Luxa, Dorival Jr…não estão apresentando resultados que os tornem capazes de figurarem nosso banco.
Se for assim prefiro pagar 300 para o GK e contratar jogadores bons(o que acho que surte mais efeito) do que contratar medalhão que recebe 700K para comandar um monte de pereba (ja vimos não funciona).
E concordo com a corneta.
Era para ter decidido a duas semanas e ja era para ter anunciado a decisão.

Vamos lá!
Salvo Luis Felipe, não promovemos ninguém da base. P. Vieira, B. Dybal e J. Denoni poderiam ter ficado. O custo benefício era muito melhor que por exemplo Ananias, Charles e M. Araujo, respectivos de suas posições.
Manter o tal Kleina será o maior erro para o ano que vem. Se possivelmente (Deus nos livre) renovar por mais um ano, após a eliminação no Paulista 2014 será demitido e teremos que herdar uma possível multa.
Vamos nos antecipar, demiti-lo logo agora e manter no elenco apenas Prass, Luis Felipe, Henrique, Vilson, Eguren, Wesley, Valdivia, A Kardec.

Bom, pacato, trabalhador e honesto são características que se aplicam também ao Márcio Araújo. Então ficamos com ele também?

Se o Kleian for mantido – e eu acho que vai – logo na primeira sequencia negativa será despedido e aí teríamos mais uma multa contratual para pagar.

Cunio, me desculpe, mas por mais que eu lhe respeite eu quero mais é que você á para o inferno. O Gilson Kleina é agregador do que? só se for de jogador vagabundo. Você não deve estar assisitindo os jogos do Palmeiras para dizer que o elenco está fechado com ele. Você diz que ele dá oportunidade aos jovens, então explica porque o Patrick Vieira e o João Denoni (sem falar em outros) que simplesmente foram emprestados para que tranqueiras como Ronny, Márcio Araújo e outras tralhas possam ser titulares. Tem horas que você parece gambá.

O grande problema do GK é o marcioaraujismo crônico. E não só referente a escalação do mito em si, mas tb ao esquema celsorothiano de jogo. Muita cautela, muito volante, pouco futebol e nenhum padrão tático, nenhuma ousadia.
O grande objetivo era subir certo? A diretoria e a patrulha chapa branca não se cansaram de repetir este mantra a mediocridade este ano, então pq não ousou, arriscou, arrojou na Copa Libertadores e BR? Caralho, se ninguém esperava nada, então correr um pouco mais de risco não faria diferença, certo?
Ele tem q sair sim e há opções de técnicos “medianos” bem melhores q o GK. Mancini, mesmo o Jorginho, C. Borges. Não sei vcs, mas eu gostaria de ver pelo menos um Palmeiras ofensivo e jogando bola no centenário, mesmo q seja pra conseguir um objetivo relativamente modesto (pela grandeza do clube) como classificar pra Libertadores 2015.
Mas o fundamental é definir logo e começar a contratar o qto antes. E se for com GK, pelo menos então q não se renove com Araújo, q apareça um trouxa pra levar o chinelito e q se contrate com inteligência.

Cunio, você tem que se definir em seus post. Você quer o Palmeiras grande como todos desejamos, ou se contenta com migalhas? O GK, é realmente tudo que falou, mas o mais importante é que ele não sabe escalar as equipes, não tem um padrão definido, fica completamente perdido e atônito a beira do campo, e usa o intervalo para corrigir as cagadas em que começou jogando. Entre ouras coisas, ele boicota sim alguns jogadores, como o caso do Ayrton que jogou no Coritiba e ta jogando no Vitoria, e no Palmeiras que é diferenciado entre estes dois times citados, precisaria um pouco mais de paciência e trabalho que ele não fez com o jogador, mas extrapolou por exemplo com o Marcio Araujo. Queimou o Eguren o ano todo e vimos que é infinitamente melhor que o Charles e ao Marcio Araujo que é tão somente bom menino, mas falta bom futebol que é o que queremos. Quando o GK chegou tentando salvar o rebaixamento, jogou com Patrik Vieira e João Denone que responderam bem e agora em 2013 na série B onde seria o cenário ideal para fazer esses 2 jogadores evoluirem, ele os boicotou e os emprestou relevando-os a segundo plano em times inexpressíveis, e preferiu Araujo, Felipe Menezes, Roni etc…sem dizer em outros da base que poderiam ter alguma chance e sequer eram relacionados. Isso que digo é apenas uma parte da coisa, e agora voce vem dizer em que ele tem que ficar. Voce não quer o Palmeiras grande? então também comece a pensar grande, quem quer vencer e ser vencedor tem que arriscar sim. Não deixe que agregadores como voce entre na onda da mídia e deixe a mídia palestrina se contaminar por esta onda de fica Kleina. Isso só é bom para os adversários.

Grande Cunio, normalmente concordo com suas colunas, hoje discordo peremptoriamente…
GK eh fraco de treino e de jogo, insiste em pecas erradas no time e eh um grande medroso.
Utilizando seu raciocinio 2003-2013, presidente-presidente, tecnico-tecnico… Fosse o GK em 2003 e nao o Picerni, tenho serias duvidas se teriamos subido com a propriedade que subimos.
Jogar um ano importante com GK no banco eh apequenar o Palmeiras e nossas expectativas.
Devemos buscar um destaqubsul-americano ou o Cuca.
Abraco,
FC

Eu acho que trocar um técnico com quem o elenco aparenta estar fechado é um tiro no pé, e você mesmo já deu um exemplo do qual lembramos bem, Cunio. Sou mais deixar o cara, que bem ou mal já tem o time pronto, e investir em peças mais qualificadas, do que pagar fortunas pra outro Felipão da vida, que arrumou briga com meio mundo, queimou atletas, insistiu em outros e o time em campo era uma bagunça maior que a de hoje.

A idéia não é apenas trocar o GK, mas sim boa parte desse elenco pífio. Tem que ficar que fecha com o PALMEIRAS e não com treinador A ou B.
As portas estão abertas para quem quiser acompanhar o Fraco GK aonde ele for. Vão com Deus!

Desconfie de técnico que o grupo implora por sua permanência…. jogador brasileiro é mimado e não gosta de cobranças….por isso estão clamando pela permanência do GK…

Opinião minha ? Kleina fora, agora, se ficar, na eliminação do Paulista. Ou alguém acha que ele escala time pra enfrentar gambás, sardinhas ou bibas de igual para igual ?

Gostaria de ver outro técnico no comando do Palmeiras. Não me pergunte quem? acho o GK “pouco ambicioso”… e tecnicamente fraco. Agora, o que queria mesmo é ver a dEretoria proativa… custa definir a comissão técnica e começar o planejamento para 2014? ou essa indefinição faz parte do pojéto do CEO?

Abs alviverdes.

Vi vários jogos contra times considerados pequenos em que nosso treinador insistia em escalar e manter 3 volantes por quase todo o jogo, que ao meu entender é MEDO. Deu muitas oportunidades para F. Meneses, Rony, Charles e Ananias e poucas pra não dizes pouquíssimas para Eguren, Serginho, Rondinelli. E tem mais, nunca muda o padrão tático, mesmo perdendo nunca muda. Portanto Gilson Kleina, obrigado. Tchau!

Concordo plenamente!
Acho que ainda não há pronunciamento porque o clube estaria vendo a possibilidade de trazer algum treinador estrangeiro e os negócios ainda estão em andamento. Se não houver essa possibilidade, concordo que Kleina deve ficar.

Achamos que KLEINA deve sim ficar !! Pois em um ano e 4 meses, só conseguiu ganhar um clássico contra o CRUZEIRO em Araraquara !!! ASSINADO; Gambá–BAMBY — SANTOS!!!!!OS JORNALISTAS e torcedores desses clubes, agradeceriam muito o MUSTANOBRE !!!!!

Seus argumentos não são justificativas para manter GK no cargo. Ele não é um técnico “barato” como você diz. 300 mil para alguém que só ganhou um Campeonato Alagoano, não é pouco. Não tem o elenco na mão. Obviamente que, seja qual técnico for, o elenco vai pedir a permanência dele. Você acha que pediria para tirar o técnico? Ele não dá chance pra base (prefere Ananias ao Patrik Vieira, prefere Márcio Araújo ao Denoni….). Não tem padrão de jogo (chegou a jogar com 5 volantes contra o Icasa).

O dia em que o corneteiro emitir uma opinião que bata com a minha o mundo acaba. Gk é trabalhador, sério e tudo mais. O elenco gosta dele? Todo subordinado gosta de chefe fraco. Tragam alguma nova aposta, esta falhou.

Eu gostaria de outro técnico. Mas, você tem razão, Alberto, quanto destaca que bons nomes estão empregados e alguns medalhões desempregados são caros demais e não têm apresentado bons resultados recentemente.
Agora a coluna acerta em cheio quando cobra definição do Presidente Paulo Nobre. Um certo clube do Jd. Leonor já se gaba de sair na frente dos rivais no planejamento para 2014, pelo simples fato de ter um técnico definido.

Discordo totalmente. Esse cara já teve sua chance, tomamos de 6 do grande Mirassol, perdemos a Copa do Brasil, Libertadores, insiste com Márcio Araújo, Bruno, Wendel, André Luiz, Vinícius, Juninho etc.
Olha o Erguren graças ao grande GK ele não foi convocado.
Por isso somos objeto de gozação de todo mundo, vide o caso Hulk.
O Palmeiras é grande, precisamos de um comandante de primeira. Todos criticam o Felipão, mas ganhamos a Copa do brasil graças a ele.
Até tú Cunio???

6 x 0 para o Coritiba em 2011 na Copa do Brasil tb não foi bonito, mas o Felipão no outro ano ajudou na Copa do Brasil. Talvez dar uma chance para o Kleina ano que vem possa dar frutos. Acho melhor contratar jogador com o salário dos treinadores tops, do que gastar com uma incógnita que pode ou não funcionar. O treinador tá colocando pra jogar o que tem nas mãos, ano que vem o time deve estar mais reforçado. O jeito é torcer.

Para quê comandante de primeira ????
Talvez pelo fato do seu (nosso) time não estar na série A, vc não acompanha os demais jogos e desconhece que o atual campeão brasileiro 2013 (Cruzeiro), tem como técnico o Marcelo Oliveira, um técnico nível Kleina.
Outros no mesmo nível Gilson Kleina: Mancini (2o. colocado), Renato Gaucho (3o. colocado), Osvaldo Oliveira (4o. colocado), Enderson Moreira (quem????) , (5o. colocado).
Procure saber onde estão os chamados “técnicos de primeira”.
Se não estão com seus times lá embaixo da tabela, foram demitidos, como o Dorival Jr. Para quê técnico de grife se não temos, no momento, nível financeiro para tal. Somente apenas para comer xuxu e arrotar caviar ??
Detalhe: Não defendo nem um nem outro, apenas defendo mudanças em campo, com bons jogadores dentro dele e não fora dele.

Depois reclama que o Palmeiras está se apequenando.

Numa hora mete o pé na diretoria, depois diz que o GK deve ficar.

GK não está pronto pra ser um técnico que sofra muita exigência no Palmeiras. Insiste em jogadores fracos. O time vira e mexe fica sem meio campo e ele não faz nada.
De vez em quando toma uns vareios que chega a dar dó da torcida.

Os comentários estão desativados.