Categorias
Opinião

Opinião: produtividade oportuna ou oportunística?

Por Vicente Criscio

Amigos o assunto da semana foi o salário de Kleina e o papo da produtividade.

Primeiro, minhas convicções:

– Salário de treinador no Brasil – e no mundo – é desproporcional; caro e acima do que valem;

– Treinador bom ajuda mas não resolve. Felipão caiu com o Palmeiras em 2012;

– Como falei na coluna da semana passada, não acredito mais em medalhões como treinadores, apesar de respeitar muitos deles. Por outro lado não me agrada treinador ruim. Treinador bom às vezes ganha jogo. Treinador ruim quase sempre perde.

Dito isto, o que eu acho sobre o tal modelo de “produtividade”? É uma palavra bonita para descrever o que já existe hoje. Qualquer treinador ganha “bônus” por produtividade. Ou alguém aqui acha que Muricy chegou no SPFC sem prêmio para salvar o time da degola? Ou que o Cuca não tem um belo prêmio para ser campeão da Libertadores e agora do Mundial? O Palmeiras – desde que eu conheço os bastidores do clube – paga bônus ao treinador por títulos. Paulista, Brasileiro, Copa do Brasil, … . Felipão ganhou um bom bônus pelo título da Copa do Brasil. Merecido!

Então qual a novidade? A “produtividade” é simplesmente para definir uma remuneração fixa menor e aumentar as metas de aumento desta remuneração. Só isso. Ou tudo isso.

Vale a pena? Vale! O problema é que um clube sozinho não muda esse modelo. Pense da seguinte forma: se o Santos, Corinthians, SPFC, Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco, Inter, Grêmio, Galo, Cruzeiro continuarem pagando – digamos – R$ 300 mil em média por mês a um treinador (e pagando ainda prêmios por títulos, como já o fazem hoje) o que faria um treinador vir treinar o Palmeiras para ganhar menos no salário fixo? As seguintes possibilidades:

i. o treinador está decadente e precisa de um espaço num grande clube brasileiro (alguém lembrou do Luxa?);

ii. o treinador não tem mercado nos grandes clubes brasileiros (a diferença para o primeiro item é que nesse caso pode ser um “jovem” treinador; alguém pensou no Kleina?);

iii. o treinador vê a possibilidade de treinar o time, ganhar “pouco” no fixo, mas ganhar muito no variável porque vai ganhar muitos títulos; nesse caso, ter um grande elenco é fundamental.

Agora vamos aterrizar no planeta terra. É essa a perspectiva de Kleina?

A partir daqui concordo com meu amigo exilado em Londres Danilo Cersosimo. O plano de pagar por produtividade poderia dar certo se fosse implementado gradativamente pelo próprio Palmeiras – e pelo mercado – e se este fosse O DISCURSO desde o início da gestão e não o discurso da pobreza, da miséria e do bom e barato.

Se o Kleina não quiser este modelo, que siga a vida dele (isso não minimiza o fato de que estão conduzindo mal essa questão com ele, com enorme desrespeito, lentidão e hesitação). Mas eu dizia se o Kleina não quiser, que se traga outro treinador que se encaixa no “projeto”, que a renovação dos jogadores com contrato a terminar se encaixe nessa nova política (com todos os efeitos colaterais citados acima) e que as novas contratações idem. Ah, vai ficar difícil trazer medalhão? Talvez! Mas quantos medalhões desfilaram corpo mole e má vontade por aqui nos últimos anos e não deu em nada?

Ou seja, não sou contra esse modelo – que de inovador não tem nada. Mas em minha opinião foi mal conduzido e agora, depois de tanta hesitação e falta de convicção, soa como desculpa e improviso. E o que é pior: soa como uma nova roupagem do discurso do bom e barato. Parece uma ação oportunista para dizer o seguinte: se o treinador não aceitou, a culpa é dele. Se aceitou, foi porque o modelo é bom… e barato.

Essa gestão parece titubeante na hora que precisa de capacidade e velocidade nas decisões difíceis . Uma pena!

Abraços e boa semana.

72 respostas em “Opinião: produtividade oportuna ou oportunística?”

Se o Luxapoker vier, será na mesma base que ofereceram para o GK????

E o Rodrigo que trabalha aqui comigo disse: “E os caras que ELE dispensou no Gremio? (Transação do Barcos) como vai ficar?” que situação…

No fórum do PDT falam que Kleina está fora. E o medo do profexo chegar é real. AFF… se vier que venha o da década de 90… f…u

Bye bye Kleina! A esperança voltou! O problema é que fizeram a coisa de um modo errado, até quando… ? 2014 promete, não esqueçam o check up cardíaco no fim do ano!

Não acho que Felipão nos rebaixou, pelo menos não sozinho… Teve grande parcela de culpa sim, mas gahnhamos a copa do Brasil no 1° semestre e as forças estavam todas concentradas nesse campeonato. Poucos de nós achavam que iríamos ganhar. Acredito que se Felipão tivesse ficado até a última rodada do BR 2012 não teríamos caído. Mas é só suposição. Os principais responsáveis foram Tirone e sua diretoria. Tivesse um time mais qualificado só um pouco mais não teríamos caído nem com ”juquinha” no banco de técnico. Quanto a proposta totalmente normal nada excepcional. Treinador ganha muito mais do que devia, sem obrigação nenhuma de se fazer um bom trabalho e quando é demitido recebe multas estratosféricas e absurdas! Pelo menos assim não acomoda técnico de se fazer ”arroz feijão”. Não vejo problema nenhum em conversar com treinador qualquer mesmo que fosse o Guardiola. Todo mundo sabia que Bielsa tem mais valor do que o Kleina. Não importa se eu ofereci 100 e o cara pediu 1000. O que importa é porque isso tornou-se público. Porque ”cazzo” falou que foi atrás do ”cara”? Brunoro ”pisou feio” nessa de querer dar satisfação pra imprensa e torcida, muito por causa do ano do centenário,o que gerou todo esse caso. Fazer isso só pra constranger o Kleina não pode ser… O Palmeiras deu pé no Luxemburgo com time pra ser campeão de série A e vai ter receio de dar um ”pé” no Kleina? Façam-me o favor. Isso é pura ”cagada” do Brunoro. Brunoro tem que calar a boca e trabalhar mais. Deixar que o presidente fale em seu lugar quando necessário pois já vimos que o nível é bem melhor que o dele. Prefiro elenco melhor a treinador melhor pro ano que vem..

Alem disso, Brunoro e Luxapoker foram visto almoçando num famoso restaurante em SP, ou seja, mais uma para a lista.

Vicente creio que estamos buscando ouro nas matas virgens da África Central , pois em pleno mês de Novembro , estamos ainda discutindo se Kleina é bom ou ruim para o Palmeiras no ano de seu centenário, pelo que vejo estaremos no calvário, mais uma vez, agora há uma questão, onde esta a administração profissional, que tanto lardearam em Janeiro ultimo?
O famoso CEO, com sorriso amarelo e sem graça, mantem blindada sua “carreira´´, demonstrando a todos uma visível decadência, pois não é possível avaliarmos seu trabalho , pelas ocorrências, como a de seis de Fevereiro, quando Hernan Barcos, foi peça chave , para a negociação da Década, onde viriam cinco atletas, mas ate o momento, só quatro estão no plantel alviverde, ou estamos enganados?

Boa noite a todos, Vicente Criscio, se o candidato Gilson Kleina, se apresenta para ocupar um cargo de confiança , na sua empresa, você o contrataria?

Os jogadores estão fazendo esse movimento do “Bom Senso”. Muito justo, mas, deveriam aproveitar para apoiar essa idéia de ganho pela produtividade. Como já foi dito, teríamos estádios cheios (com menos jogos) elencos menores (pois o desgaste seria menor) e consequentemente salários em dia, como querem. Estaria bom para todos os envolvidos e melhor ainda para a torcida, que veria seu time dando o sangue em campo, e quem sabe, também levaria a selecionar melhor os atletas da bola, acabando com os pernas-de-pau. Ah! Os juízes, esses também devem ganhar por produtividade, isto é, por acertos.

Marcelo, nenhum empresário de jogador será louco de aceitar esse tipo de situação, como ficarão as polpudas ” bolas” em negociões ? . Hoje os demais clubes alem de pagar altos salários, também pagam por vitórias sobre determinados times, X vitórias fora de casa e X em casa, bônus para classificação para Campeonato X e Y… Por isso desconfio que jogadores TOPs dificilmente vestirão a camisa do Palmeiras em 2014.

Tá falando odo Kleina? Esse rapaz já refez o contrato há muito tempo e só foi jogar 10 minutos faltando duas rodadas pra acabar o ano. Isso é “oportunidade oportunidade”?

Ele teve outras oportunidades. Independente de quantidade e tempo, o que importa e ressalto, é que nas poucas oportunidades que teve, ele foi notado.
Poderemos ter uma opção na LD sem ga$tar aquilo que medalhões obrigariam o clube a gastar e muito menos eles dariam 10 minutos a quem quer que seja da base.

Vicente, eu concordo com esse modelo de produtividade, alias acho que independente de ser Kleina ou outro técnico, deve ser assim. Toda a NBA é assim. Mas isso não tem nada de Novo : o Bonus de Incentivo Com Honorários de Ouro , vulgo BICHO existe desde que inventaram a bola. Ganhou ? Quem jogou ganha o bicho. Campeão ? Conforme combinamos aqui está o Bicho. Acho mais que o PN tá no caminho certo.

E tem outra coisa… para um contrato de produtividade o empregador deve fornecer as ferramentas/recursos necessários para se atingir a meta acordada. O técnico (Kleina ou qualquer outro) terá um time competitivo para ter chance de ganhar algum campeonato?

foi como o Vicente disse, o modelo vale a pena ? claro, mas não é um clube que irá mudá-lo…

Ao Vicente Criscio,

Vc não acietam mais meus comentários? Incomodam? pois, toda vez entra na moderação e muitas delas vc nem posta. Deixo bem claro que: NÃO TENHO OPÇÃO POLÍTICA NEM POR A , B OU C…apesar de ser sócio…NÃO VOTAREI PRA NINGUÉM…POIS, SOU 10000% A FAVOR DAS MUDANÇAS DE FORA DESSA ALA ITALIANA.

Recomendo, aliás para todos que aqui escrevem e que gostam de torrar o amendoim.

A Bola Não Entra Por Acaso
Autor: Soriano, Ferran – Editora: Larousse Brasil – Categoria: Administração / Administração Geral
Ferran Soriano transformou o Barcelona em um dos mais festejados e promissores clubes espanhóis. Em sua gestão, profissionalizou o clube, refez a estrutura de negócio e hoje é certo afirmar que o Barcelona é uma empresa em ascensão. Baseado nessa experiência, ele escreveu o livro “A Bola não Entra por Acaso”. Muito mais do que um livro de… http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/2881430/a-bola-nao-entra-por-acaso

Achei perfeita e oportuna o aumento da remuneração com base no sucesso. Mesmo que “os outros” não queiram o Nobre e o Brunoro estão corretíssimos. Esse negócio de que os outros não fazem isso não deve ser levado em conta. Engraçado, dá certo na Europa e aqui não dará? Não estamos copiando os Europeus?

Já esta mais que provado que com pagamento de salários em dia e jogadores nota 6 pra cima da para ganhar campeonato. Deveriam estipular um minimo e um máximo de salário fixo( não da pra pagar a mesma coisa para o Wendell (zero gols na vida) e para o Kardec) e uma gratificação por cada etapa de trabalho, como escrevceu o José. Simples, classificou para tal fase, mais tanto, foi campeão mais tanto. Bônus por partidas jogadas (isso da medo no Valdivia), jogou 30% nada, 40% mais 5%, e assim por diante. TIME BOM E COM SALÁRIO EM DIA VAI PRAS CABEÇAS independente do treinador.

Poxa, estava para comentar, mas você postou antes. Concordo. Uma ressalva, o Paulo Nobre precisa definir um teto máximo, se não fizer isso e ajustar o contrato dos jogadores (tanto para os que vão renovar quando para os novos contratados) para essa modalidade de produtividade, nenhum jogador vai querer carregar chinelinho nas costas. Será questão de tempo para o elenco estar rachado.

com essa toupeira pode colocar messi…cr7…iniesta…xavi…neymar..Falcão Garcia. ..ibraimovic…..que ele não vai ganhar nada….Gilson kleina é a mediocridade em pessoa…esse cidadão nos roubou dinheiro nesse 1 ano e meio quase e só passamos vexame. ..vide o grande Mirassol. ..Paysandu. ..boa esporte. …icasa….patético Paranaense. …esse cara tem que ser demitido com uma ressalva de nunca mais passar nem a 1000 metrs do palestra…..

Concordo com vc Vicente. Agora essa de pagar por PRODUTIVIDADE deveria ser “implantado” no futebol para todo mundo. Inclusive , ou principalmente, para os jogadores. Um salario teto e ganho a mais por vitoria( que ja existe) e por titulo conquistado. Essa ideia o Rippolli( acho que é isso) ex presidente do XV de Piracicaba propos na decada de 60 ou 70 e disseram que ele estava doido. Pois eu acho que ele estava é certo e ainda cairia bem. Mas para funcionar TODOS deveriam adotar. Ja imaginou o Valdivia quanto ganharia se fosse por PRODUTIVIDADE? Quantos jogos ele jogou esse ano? É bom jogador so que de 5 partidas joga uma. Assim nao tem clube que aguente. Por outro lado ele joga quase sozinho e ai fica dificil. Em tempo…. 2014 esta ai… CONTRATAÇOES JA.

Casuística ou oportunística não sei, mas ontem eu ouvi do Flávio Prado (que é muito próximo do diretor executivo do Palmeiras) no seu programa, que pra o Bielsa foi proposto o mesmo modelo, mas que logicamente com o fixo sensivelmente maior, já que ao contrário do CEO, eu acho que a semelhança entre os dois treinadores começa e acaba no branco dos olhos. O modelo realmente não é novo, como no caso citado do Muricy, acho que é o mesmo que já acontece, com a diferença de o Palmeiras pagar um fixo muito abaixo do oferecido pelo mercado. Também não acho ruim, mas poderiam oferecer pra um treinador realmente promissor e em verdadeiro início de carreira. Pra quem acha que o Kleina tá começando, ele já caminha pra 15 anos na função, com um único título alagoano conquistado 7 anos atrás.

concordo, fiz comentário por volta das 9:00 e até agora está esperando moderação

O Palmeiras precisa de uma Comissão técnica permanente, independente do técnico. Esta comissão teria como principal função fazer a transição entre base e o time profissional, identificando as necessidades no time de cima e preparar na base. Ficar atenta ao mercado identificando possíveis reforços etc, e preparando e fazendo o planejamento durante o ano para o ano seguinte mas sem interferência no time principal O Técnico e seu auxiliar cuidaria somente do time, e iria trabalhar ja sabendo previamente somente com os jogadores disponíveis. O ganho disso, é que numa época como essa, onde se discute renovação do técnico ou qual será o técnico, não influenciaria no planejamento do time, que já estaria em curso independente do técnico.

O que vemos no futebol hj é vários pernas de pau e técnicos que se acham acima de tudo e todos ganahndo fortunas de salários. Acho que o método é válido e que também pode levar a dúvida. Vejo que Técnicos aceitariam treinar o Palmeiras se o elenco for competitivo e se o bônus for realmente bom, e jogodaores idem. Vejo que a dificuldade está na formação desse primeiro elenco.

Por outro lado, são poucos os jogadores que se comprometem com o clube, como no passado. Acredito que o pensamento é: se não der certo aqui, vou jogar em outro clube. E continua ganhando altos salários.

Sim, concordo. Esse pensamento tem muita influencia do empresário, isso se agrava quando o clube não oferece condições do jogador evoluir. Complicado.

Alguma coisa ter que ser feita para mudar os rumos do futebol no Brasil, mesmo porque os clubes estão afundados em dívidas, justamente por esse modelo de gestão, com altos salários a treinadores e jogadores, com baixa produtividade. Ora, assim como no mercado de trabalho, se ganha pelo que se faz, o jogador e treinador deveriam seguir o mesmo critério. Ganha jogo, ganha prémio, prede jogo, não ganha nada, além do salário base. Simples. Mas, infelizmente, os clubes, com sede de mercado e de levar público aos estádios, se endividam com altos salários.

Com ou sem produtividade, o Kleina não merece o PALMEIRAS.

Sou 100% a favor de técnico medianos, custo baixo, mas, com potencial (O Ney Franco ou Mancini seriam boas opções…assim como foi o jovem Luxemburgo do Bragantino em 90, contratado pela Parmalat)! Só que, assim como o Palmeiras dos anos 90…tem que ter no mínimo 7, 8 craques no time titular. Concordo! técnico de ponta só ajuda…mas, eu prefiro um time recheado de craques. Dizem que o Brunoro quis contratar o Bielsa…e caso ele aceitasse, seria por quase 700 mil/mês, e o Bielsa pediu 1 mi/mês. Mesmo por 700 paus eu seria contra, pois, daria pra pagar quase 2 craques, ou, jogador acima da média. Assim como acorreu com o Felipão (700 paus/mês), caso colocassem um técnico jovem, mas, pegassem essa $$ e pagassem 2 jogadores acima da média, nos safaríamos da série-B. Apesar que na minha opinião, os responsáveis pela queda foram: Bruno, Juninho, M.Ramos e Valdívia (que fez corpo mole)…e claro, as eternas arbitragens, com aval da Globo e CBF…frutos dos descasos dos 2 bananas Tirone e Frizzo.

Gente… Vamos parar de reclamar!
Ou ninguém até agora percebeu que é isso que a imprensa corinthiana quer ? Que critiquemos nosso time, diretoria, e tudo mais, só para entrarmos em crise, assim como aquele outro timinho ?!

VAMOS APOIAR !

Temos que concordar que muita coisa mudou desde a entrada da atual diretoria… Isso é notório!
Porém, sabemos todos que o rombo no nosso cofre era absurdo, e que por mais que não pareça, nossa diretoria vem fazendo milagress…

Grande parte da torcida critica Paulo Nobre, mas o que querem ? Que volte Tirone e Frizzo ? Que volte Mustafa ?
Claro que não!

Vamos dar credibilidade a essa diretoria… Ela só nos pede paciência até a próxima temporada… Vamos esperar!
Ou acham que ela não merece essa credibilidade ?

Não podemos exigir Cristianos Ronaldos, Messis, no nosso clube. Até porque, sabemos de nossas dificuldades financeiras e natureza do futebol. Olhem o exemplo do Pato gente…

Temos que ser inteligentes… Quem foi o unico bom jogador do Criciuma que segurou o time na Serie A ? LINS!
Imagine ele junto com Kardec, e cia ltda ?
Calma amigos… Garanto a todos que 2.014, será um ano de muita felicidade aos “AMICOS PALESTRINOS”, e que 1 titulo vai ser pouco!

Fortes Abraços e AVANTI! Palmeiras!

Concordo com seu ponto de vista, é uma pratica que não é nova, mas seu sucesso depende da forma que será administrado. E o treinador seja ele experiente ou iniciando a carreira, fatalmente para assinar um contrato deste tem que no mínimo se resguardar em alguma clausula que garanta a vinda de bons jogadores e a manutenção de outros. Desta maneira o treinador terá condições de realmente disputar titulo. Caso contrario, qual a razão para assinar um contrato assim?
Por outro lado, a diretoria peca nas decisões por hesitação, isto é nítido mesmo para quem acompanha de fora como nós torcedores. A impressão que tenho é que o PN não consegue fazer o que pensa, por que tem que agradar pessoas internas, caso contrário, não vai conseguir governar. Mas talvez ele não saiba, ou sabe mas se esqueceu, que os grandes governantes foram aqueles que conseguiram realizar seu governo com destaque, atendendo os anseios do seu povo (torcida), sem perder o apoio político, de maneira a não deixar que estes políticos interfiram em seu governo. É ai que o PN erra. Vendo de fora , a forma para ajudar o presidente corrigir isso, é o grupo consciente que o apoiou na candidatura, blindá-lo da ala mesquinha que hipoteticamente de modo bom e barata o apoia. Este desafio também são destes, chegou o momento de mostrarem a diferença e não isolarem o presidente.

Vicente:

Por que será que quando somos oposição, mesmo que os projetos sejam bons nós não temos a capacidade de reconhecer e elogiar a sua implantação. Veja no seu texto, que a meu modo de ver, acaba sendo contraditorio, fala que o projeto é bom, mas por ser oposição quer criticar a forma da sua implantação. Por pensamentos como o seu, o nosso Palmeiras tem que ter uma enorma corporação de bondeiros para apagar a implantação de incendios e crises diária.
Grato
Eduardo

Ou será que é o contrário?
Quando apoiamos e acreditamos muito numa gestão não conseguimos enxergar os erros e defeitos?

Por pensamentos como o seu a atual gestão passou o ano todo sem conseguir patrocínio máster (nem pontuais para os jogos da TV), não começou a montagem do elenco há 3 meses atrás quando fomos eliminados da Copa do Brasil e subir para a Série A já era questão certa, e até agora não definiu um treinador para o próximo ano (sem entrar no mérito que manter o Kleina é lamentável e até para isso estão enfrentando dificuldades).

Assino embaixo. Depois falam que não é oposição predatória. Se o Vicente que é considerado um dos caras com nova mentalidade lá dentro age como os antecessores, o que vai mudar a longo prazo?
Saudações alviverdes!!!!

Desculpem, mas o Palmeiras já fez a proposta para o Kleina, essa demora de renovar é simples, nosso treinador esta à procura de um time que possa oferecer algo melhor. Quem esta com dó do Kleina e achando que a SEP esta prejudicando esta redondamente enganado. Outro assunto é essa tal de produtividade, tá na cara que isso é o igual ao RUIM E BARATO, imaginem você trabalhando dando seu melhor e do lado um empregado ganhando R$500mil mês e jogando metade dos jogos, não funciona. É simples então , já que nosso estimado presidente em sua administração arrojada e moderna, cabe a nós pobres torcedores ajuda-lo com esse novo projeto, por exemplo se não produzir em 2014, não compramos mais camisas , não iremos mais nos estádios e por fim cancelaremos nosso sócio-torcedor, não produz não recebe. Para encerrar uma pequena frase mas que serve como uma luva “Cada povo tem o governo que merece.” Acorda torcedor querem nos enganar de novo.

Mas essa gestão não pode fazer nada em relação ao salário do Valdívia…
Então, acho que tem que começar de algum jeito, independente do caso citado por você.
O fato de ter havido um erro na contratação dele lá atrás, não justifica que o Palmeiras continue errando em todas as contratações e renovações, nem que não se possa cobrar o restante do elenco.
Essa, inclusive, é uma medida para tornar essa cobrança mais efetiva…
Pena que não começou antes, aliás…imagina se o Valdivia tivesse um contrato por produtividade…

discordo da maioria que fals em desrespeito a esse anta que acha que é treinador…nos roubou 3600 ( tres milhões e 600 mil) nesse um ano e dois meses ….obrigado tirone….e essa mediocridade não nis trouxe nada de bom..fez oque treinadores que ganham 10x menos tambem fizeram vide chapecoense….vá para o inferno seu trouxa miserável e não volte nunca mais….

As vezes o remédio é bom, mas aplicado de maneira equivocada pode resultar em efeitos contrários.

Eu acho o modelo bom, justo e adequado sim. O salário de R$ 300 mil pagos a Gilson Kleina configura-se em anormalidade, absurdo e produto de um gestão desastrosa. Aquela gestão sim, quando se exigia capacidade e velocidade decidiu da pior forma possível. Isso sem falar da anterior que contratou medalhões a peso de ouro e rescindiu com os mesmos. Um desastre após o outro.
Quanto a Gilson Kleina, ele não ganhou um campeonato importante, não revelou ninguém, teve resultados desastrosos como a goleada para o Mirassol e a eliminação patética da Copa do Brasil. A conquista da série B não pode ser considerada como uma grande conquissta, pois o nível dos clubes é baixo e o Palmeiras possui um orçamento dezenas de vezes maior que os demais clubes daquele campeonato. Ou seja, um cone no banco já era o suficiente.
Técnicos de futebol (ainda mais do padrão Kleina), ganham muito, não assumem risco algum, pois o salário é fixo e a multa, via de regra, é elevadíssima.
Vejam o exemplo do SPFC. Por lá, técnicos de futebol não ganham fortunas. Aliás, eles tem fama de não pagar fortunas para qualquer um.
Por fim, eu acho que o erro da diretoria foi justamente o de dar publicidade a proposta apresentada ao Kleina e pior, reconhecer ter procurado o Bielsa.
Quanto a medida em si, eu acho justa e conveniente. É bom lembrar que NENHUM CLUBE PAGARÁ R$ 300 MIL AO KLEINA.

Com todo o respeito que você merece, até porque, creio, que não é apenas uma opinião mas que o seu depoimento é calçado na sua experiencia profissional, discordo. O fundamental no modêlo é a maneira como ele será aplicado e monitorado. Esse pode ser o segredo do sucesso. Boas idéias, você sabe, se perdem por serem mal administradas. Premiar conquistas sem critérios, entendo que sejam até comuns como nos exemplos que você bem citou, mas dentro de um plano, fundamentado, de metas e com monitoramento de forma objetiva, isso pode ser novidade.
Com relação a adoção por outros clubes, eu concordo. Só que empresas adotam práticas administrativas baseadas em modelos geralmente originados de empreendedores de sucesso. Corremos riscos de irmos ao céu ou ao inferno, por sermos inovadores. O Palmeiras tem esse DNA.

Amigo discordo de ti. Há muito não possuímos o tal DNA da inovação… E, os profissas não planejaram nada disso, agiram por conveniência do momento, pautado pelo discurso da pobreza.

O Yzquierdo eu não sei como sabe, mas eu te digo, se a diretoria tivesse planejado algo não teriam ido passar vergonha com o Bielsa semana passada, ou você acha que era isso que propuseram para ele?

Gaetano, concordo com você… sempre acreditei em meritocracia, em pagar por desempenho, etc… vou mais além, para mim jogador de futebol deveria ganhar salário mínimo, e ganhar um bônus por jogo (variável de acordo com o resultado) + bônus por campeonato, etc… o problema é que não sei quem toparia uma coisa dessa… mas ok.

Agora voltando ao caso atual, eu não sinto essa firmeza toda neste “projeto” do Palmeiras exatamente porque ele vem atrelado a esse discurso de “não temos dinheiro”, “somos pobres”, “estamos no vermelho”… quando você junta as duas coisas, dá uma sensação ruim…

Gaetano…. AONDE eu assino!??? Respeito a opinião do Vicente, mas discordo. Eu sou a favor também de usar a doutrina passada também para o CEO. Dê metas para ele, se não cumprir é rua… mas não dê metas de “conquistar a série B”… essa é facil, quer ver ganhar o BR 2014, ou COPA BR, SULAMERICANA… ou seja, ganhar 2 campeonatos em 2014…. se derem essa meta e ele cumprir, ótimo trabalho…vai ganhar $$$$$ se não cumprir…. RUA! …

E mais alguém me responda, como o SPFC conseguiu jogar no panetoni?? Não tinham que cumprir suspnesão?? Parece nossa diretoria!!!

Vicente por onde anda Décio Perin? Poxa no verdão não temos oposição para cobrar essa diretoria? Concordo com o Eduardo, o Bielsa sim seria oideal. Ganhamos a Copa do Brasil por causa do Felipão e caimos por causa do B1 e B2, aqueles …..
FORA GILSON KLEINA, BRUNO, WENDEL, MÁRCIO ARAÚJO, JUNINHO, FERNANDINHO, ANDRÉ LUIZ, LÉO GAGO, RONDINELLI ETC. Engraçado até o Verdazo já está apoiando o Kleina. Não dá para acreditar em mais nada. FORA GILSON KLEINA. A TÉ PARECE QUE GANHAMOS A LIBERTADORES DE NOVO. SE ESSE KLEINA FOSSE BOM JÁ TERIA IDO EMBORA, TÁ VENDO QUE NINGUÉM O QUER. FORA KLEINA. NEI FRANCO JÁ (já que não pode ser o Bielsa).
E para não esquecer EI MUSTAPHÁ VAI ….

Lito, o Palmeiras tem oposição até demais, porisso é esta zona que não deixa o clube andar. No Palmeiras antes das eleições tem sempre dois grupos fortes disputando e uns 10 grupinhos pentelhando. Quando um grupo ganha, geralmente abandona o presidente e passa a fazer oposição. Resumindo, todos ficam brigando pelo poder, e o presidente fica sozinho. Onde se chega assim?

cara vc pode colocar a culpa 3 mil vezes em 3 mil posts em cima do Felipão, e eu vou 3 mil vezes dizer que não foi Felipão que rebaixou o Palmeiras. O cara saiu em Setembro! eu disse “Setembro” o Palmeiras teve 3 meses pra escapar desse rebaixamento! Não sou babão, nem procurador, nem puxa saco do Felipão, mas a verdade é preciso ser dita! Felipão tem suas teimosias, aliás quem não tem? Mas ele não teve as condições ideais pra vencer, mesmo assim deixou de presente a copa do brasil. Com essa mania besta de desmerecer o trabalho de luis Felipe, vocês ficam cegos ao ponto de não enxergar que esse “cara que rebaixou o Palmeiras”. Nos ajudou a conquistar nossas unicas duas copas do brasil e nossos unicos dois titulos internacionais em toda nossa centenaria historia. agora o cara não presta! é brincadeira viu…
no resto concordo em tudo!
grande abraço e aprenda que nossos herois não devem ser desprezados nunca…

O time foi montado por Felipão. A tática também: fazer o time rodopiar em frente à área pra tomar falta e o ancião Assunção cobrar. Depois que os adversários descobriram a tática genial, não fez mais gol. As contratações do São Caetano. O clima de entrega de informações internas à imprensa. Tudo do Felipão. Aí o Kleina, sem prestígio, nem conhecimento do elenco e do clima interno, teve DOIS meses para acertar as coisas, com o elenco do Felipão (Betinho!!!). E você quer dizer que o Felipão não rebaixou o Palmeiras? Pelo menos 2/3 da culpa é dele sim!

foi ele quem trouxe os jogadores que nos rebaixaram, ele que trouxe sei lá quantos do São Caetano e que trocou o pierre pelo Barril de Carvalho(é amigo do pai dele)….. o de 98/99 eu saúdo e de 2012 eu desprezo.

Concordo com vc. O cara que rebaixou o Palmeiras foi o GK. Se ele fosse competente ( já mostrou que não é ) teríamos saído do rebaixamento ( Olha lá o Muricy, mesmo tempo, saiu muito antes da zona R ). O GK já deu o que não tinha que dar e ganhou o seu din din, logo pode ir embora. O fato de ter sido oferecido um salário menor, prova o quanto a diretoria vê o trabalho dele. Não deveriam nem perder tempo e já tinham que ter dispensado. Eu pergunto a todos: neste um ano de comando, que benefício trouxe ao time? Me dêem um pra calar a minha boca. Abs

Engraçado, Felipão comandou o time por mais da metade do campeonato mas não tem culpa nenhuma no rebaixamento? Por outro lado, a diretoria que ficou 2 anos no comando, tem culpa no rebaixamento, mas não no título? Felipão, já fez muito pelo Palmeiras, mas é responsável DIRETO pela catástrofe do ano passado tanto quanto a diretoria, que apesar de péssima, também teve participação no titulo.
Engraçado que já vi muita gente que diz que o Felipão não teve culpa no rebaixamento odiar o Luxa, pois creditam o rebaixamento de 2002 a ele. E olha que o cara também foi muiticampeão por aqui e saiu nas primeiras rodadas do campeonato.

Aviso a todos, ainda estamos em Novembro, sem definir técnico, sem contratar atletas necessários, sem termos um patrocinador máster, enfim não há mais vazamentos e noticias toscas, mas também não há perspectivas favoráveis em vista, não sendo pessimista , mais bem realista, quando acabar a serie A garanto que os adversários do ano que vem , estarão se reforçando , e o Palmeiras brigando em ter mais medíocres no plantel, esta novela já conhecemos, ou alguém tem alguma duvida sobre o final?

Sem querer defender ou dar apoio. Quem já tem seu plantel contratado, treinador definido e o planejamento divulgado para seus torcedores. Exceções: Cruzeiro, que já tinha Marcelo Oliveira, campeão (manutenção), Gambás que, ao que parece, já estava acordado com Mano Menezes até antes de sua saida do Flamengo (não divulgado – vergonha!!) e Atletico, que renovou com Cuca (Manutenção). Santos? Flamengo? Internacional? São Paulo? (ainda não renovou com Muricy?), Atlético Paranense?, Grêmio? Vaxco? Fluminense? Botafogo? Pois é, nós criticamos o nosso jardim sem nem ver o jardim dos outros.

Espero queimar a língua, mas a aparência é que essa ideia surgiu assim… uns dias atrás e não fruto de um planejamento que deveria estar sendo efetivado desde setembro. Não foram resolvidas negociações básicas, como Vilson, o fica não fica do L.Felipe e ainda tem esse desrespeito todo com o Kleina, que eu não gosto como treinador mas jamais o desrespeitaria assim.

Luiz. Lembro que essa idéia fazia parte do plano de governo dos dois candidatos a presidência e também do plano da candidatura anterior de Nobre.

Ganhamos a copa do Brasil do ano passado so por causa do Felipão! Pra mim vale ter um treinador como o Bielsa, por exemplo, mas é óbvio que se nao der um time competitivo pra ele dirigir, nao vai ganhar mais do q o Paulista. Agora se derem um time competitivo para o Kleina ele ainda vai jogar com o massaraujo e mais 2 volantes. Ficar com o Kleina é sonhar no máximo por uma vaga na libertadores no Brasileiro. No Paulista, temos chance igual a todos, nao por merito nosso, mas por incompetência dos rivais.

Já que falou do Bielsa, uma observação interessante. O diretor executivo é quase sócio do Mesa Redonda da Gazeta, o que faz parecer verdade o discurso do apresentador do programa, que diz ser muito amigo dele. Ontem foi dito que a conversa com o Bielsa durou muitas horas, e que o acordo esbarrou mesmo nos nomes dos jogadores que possam ser contratados.

É preciso saber qual a gratificação por cada etapa do trabalho. Ao que parece não será a cada conquista, mas a cada meta alcançada, chegou em tal nível do campeonato, X, ganhou o bônus é Y e aumenta W no salário a partir dali.
Bonus realmente sempre há, além dos bichos, mas se esse modelo for implementado em todos os novos contratos, acho positivo, principalmente no Palmeiras que aos finais de torneios nos últimos anos dá uma bela caída de produção.

Penso exatamente igual a você cara. E sinceramente não acho que pro timo ser BOM precisa ter medalhões desfilando toda sua falta de motivação em campo. O cruzeiro provou isso e provou também que não precisa ter um técnico de grife para ser campeão.

a ideia é otima, mas não o fato pra qual esta sendo usada, a diretoria quer que o Kleina saia, mas não tem peito pra falar isso pra ele, e fica agindo de forma vergonhosa, não vejo o Kleina capacitado para o Palmeiras, mas deveira ser tratado com respeito

Concordo. Independente de ser desprovido de competência a altura do desafio, é muita falta de respeito com o cara. Diretoria profissa!

Os comentários estão desativados.