Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 15-11-2013: Postura de Brunoro em negociação com Kleina irrita conselheiros ❘ Globo Esporte Com

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Postura de Brunoro em negociação com Kleina irrita conselheiros

Por Felipe Zito

A maneira como a diretoria de futebol do Palmeiras vem conduzindo as conversas para definir a comissão técnica para a próxima temporada irritou alguns conselheiros e membros do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) do clube. A tentativa frustrada de contratação do argentino Marcelo Bielsa foi considerada um desrespeito ao trabalho realizado por Gilson Kleina neste ano.

O nome do ex-técnico das seleções argentina, chilena e do Athletic Bilbao, da Espanha, surgiu como forte candidato para dirigir o Verdão no ano do centenário ainda no mês de outubro, quando a equipe palmeirense tentava ratificar o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro.

Kleina, porém, só foi notificado do interesse alviverde em Bielsa nesta semana, quando a negociação já estava praticamente descartada. Brunoro admitiu na última terça-feira que viajou para Rosario, na Argentina, ao lado do vice-presidente Genaro Marino, para tentar um “reforço de impacto” para 2014, considerando o atual treinador como plano B.

Membros do Conselho consideraram a postura como uma forma de menosprezo ao trabalho da comissão técnica, desvalorizando assim todo o trabalho conduzido pelo próprio departamento de futebol profissional nesta temporada.

Com o fracasso nas negociações com Marcelo Bielsa, o clube voltou todas as atenções para a renovação de Gilson Kleina, agora apontado como prioridade. O acerto entre o treinador deve ocorrer entre sexta-feira e a próxima segunda-feira. A ideia é que o anúncio seja feito após a confirmação do título da Série B. Na última quinta-feira, houve a primeira reunião com o técnico.

Brunoro ganha ‘bicho’

Conselheiros e membros do COF prometem cobrar explicações do presidente Paulo Nobre em reuniões futuras. Outro ponto a ser discutido e que causa bastante desconforto no clube é a suposta premiação para Brunoro em caso de conquista da Série B do Campeonato Brasileiro: cerca de R$ 250 mil.

Segundo membros do órgão de fiscalização, o valor é alto demais e vai contra toda a política de responsabilidade financeira pregada pelo Verdão neste ano.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• De Barcos a Kleina: Palmeiras volta a se complicar em negociação-chave

Por Caio Carrieri e Fellipe Lucena

A diretoria do Palmeiras voltou a se complicar em um momento de importantes definições para o departamento de futebol. Nove meses depois de se enrolar na liberação de Barcos para o Grêmio na montagem do elenco – vendeu o argentino sem saber exatamente quais jogadores receberia em troca (leia ao lado) –, os dirigentes não cumpriram uma promessa feita antes do acesso: a de decidir o futuro de Gilson Kleina logo depois de reconquistar a vaga na Série A, o que aconteceu há 20 dias.

Pior do que isso: causou grande mal estar interno a confirmação do diretor-executivo José Carlos Brunoro de que o Verdão tentou contratar Marcelo Bielsa antes de conversar com o atual treinador. Kleina foi procurado apenas na segunda, após a cúpula ver ir por água abaixo a chance de ter o treinador argentino. A busca por El Loco Bielsa foi revelada pelo LANCE!Net na última terça-feira, mesma data em que Brunoro se pronunciou.

A entrevista do executivo palmeirense em Belém (PA) surpreendeu os presentes no Mangueirão. Estava previsto que o presidente Paulo Nobre atendesse à imprensa após o jogo. A expectativa era que o mandatário falasse depois do título, que seria alcançado com um empate, mas o Palmeiras acabou derrotado pelo Paysandu e a conquista foi adiada.

O adversário deste sábado é o Boa Esporte, e a taça pode ser alcançada com um empate no Pacaembu.

Os dirigentes pretendem sacramentar hoje a renovação de Gilson Kleina, cujo contrato, de 15 meses, se encerra no fim de dezembro.

As partes já fizeram reuniões preliminares para tratar do assunto, mas o vazamento da reunião com Bielsa na Argentina irritou bastante o treinador. Ele já estava incomodado com a demora da diretoria em dar uma posição e se aborreceu ainda mais nesta semana.

Com salário na casa dos R$ 300 mil, Gilson Kleina quer aumento para permanecer. Pessoas próximas a ele dizem que a pedida não é alta.

O centenário do Verdão bate à porta, e a torcida ainda não sabe quem estará na comissão técnica.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• ‘Blindados’, jogadores evitam falar sobre futuro de Kleina

Por Felipe Zito

Se depender da vontade dos jogadores do Palmeiras, Gilson Kleina será o técnico da equipe na próxima temporada.O lateral-direito Wendel e o meia Felipe Menezes compareceram à sala de imprensa da Academia de Futebol nesta quinta-feira para fazer eco às outras diversas manifestações públicas por parte dos atletas nas últimas semanas.

Desta vez, porém, os atletas evitaram se alongar no assunto e jogaram a responsabilidade para a diretoria sobre a renovação. Após a tentativa na contratação do argentino Marcelo Bielsa fracassar, Kleina foi colocado como prioridade no clube.

– Gilson é um cara que mostrou a capacidade dele ao longo do campeonato. No dia a dia ele tem passado para nós que o foco é o título. E é nisso em que estamos focados também. O que for acontecer fica a cargo da diretoria, o que eles escolherem nós vamos acatar – disse.

– Nós temos defendido a continuidade no trabalho. No Brasil se troca demais de treinador. Se ele continuar vai mostrar ainda mais a capacidade dele – completou o meia.

Wendel foi outro que defendeu o treinador. Na visão do ala, o grande mérito de Kleina foi ter conseguido unir e agradar todo o plantel palmeirense.

– Tem o nosso respeito e carinho. Ele tem o comando do grupo e terá o nosso apoio sempre. Estamos juntos. Mas isso é uma questão da diretoria, que é competente e sabe o que faz. A comissão técnica tem feito um grande trabalho – disse o ala.

– Muitas vezes o elenco ficou grande e ele soube agradar a todos. O Kleina teve comando e por isso estamos em primeiro lugar – finalizou.

No clube, a preocupação é tanta para evitar uma maior exposição de Gilson Kleina durante o período de negociação para renovar seu contrato que o treinador não vai conceder a tradicional entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Com 73 pontos, o Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro da Série B e precisa de apenas um empate com o Boa Esporte, neste sábado, às 16h20m, no Pacaembu, para garantir o título do torneio.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Kleina não muda nem fisionomia para distanciar elenco de negociação

Por William Correia

Desde a conquista do acesso à Série A do Brasileiro, quando a diretoria prometeu procurá-lo para discutir sua permanência ou não no Palmeiras, Gilson Kleina sempre ressaltou que tentava manter seu elenco à parte da negociação. Os jogadores, que já iniciaram campanha para o chefe ficar, confirmam: a informação de que ele é prioridade entre os técnicos brasileiros não mudou nem a sua fisionomia.

“Não posso falar o sentimento dele neste momento. Não percebi euforia nem que ele ficou mais triste. Continua igual”, disse Felipe Menezes, ciente de que Kleina só foi procurado porque faltou dinheiro ao clube para contratar Marcelo Bielsa. O meia relata que ele e seus colegas sabem da situação do treinador mais pela imprensa.

“Ele diz mais nas entrevistas dele do que para nós, no dia a dia. Não fala nada disso conosco, só que precisamos focar no título, como estamos focados. Não fala nada de renovação, nada mesmo”, assegurou o jogador. “Ele só nos passa que, como todos, está focado na primeira colocação da Série B”, confirmou Wendel.

O que tem sido recorrente nos treinos de Kleina é a reunião de todos os jogadores e até da comissão técnica completa no centro de um dos campos da Academia de Futebol para conversar por cerca de dez minutos. Mas, de acordo com os atletas, o bate-papo não passa de assuntos visando o título da Série B, cada vez mais próximo.

É inegável, porém, que o ambiente melhorou desde que a diretoria, mais de duas semanas após a promessa do presidente Paulo Nobre de procurar Kleina, declarou publicamente que agora tem como prioridade renovar o contrato que acaba em 31 de dezembro. A favor do técnico, o elenco tinha cogitado enviar seus líderes para pedir a sequência do chefe à diretoria.

“O que acontecer fica a cargo da diretoria e vamos acatar, mas temos defendido a continuidade no trabalho. O Gilson é um cara que demonstrou a capacidade dele. Troca-se muito de treinador no Brasil, e sabemos que o Gilson terá condições de mostrar ainda mais sua capacidade se continuar”, argumentou Felipe Menezes.

“Esse é um assunto da diretoria, que é competente, sabe o que faz e tem feito um grande trabalho. Mas o Gilson tem o nosso apoio, respeito e carinho e tem comando no nosso grupo, todos o respeitam”, declarou Wendel.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Kleina arma 4-3-3 com Marcelo Oliveira na zaga e Serginho no ataque

Por William Correia

Para somar neste sábado o ponto que falta para ser campeão da Série B do Brasileiro sem depender da Chapecoense, Gilson Kleina abriu mão dos três zagueiros. Diante do Boa, às 16h20 (de Brasília), no Pacaembu, o Palmeiras terá o volante Marcelo Oliveira na zaga em 4-3-3 que terá Serginho como uma das novidades no ataque.

Na ensolarada manhã desta sexta-feira na Academia de Futebol, o treinador realizou atividade posicionando seus titulares sem nenhum adversário no campo principal. A formação é: Fernando Prass; Wendel, André Luiz, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, Márcio Araújo e Felipe Menezes; Serginho, Leandro e Alan Kardec.

Na movimentação, o treinador trabalhou a saída de bola, pedindo que a equipe avance em bloco, e cobrou que Serginho e Leandro trocassem de lado constantemente, com Alan Kardec como referência. Felipe Menezes ficava recuado na armação, formando um losango ofensivo com o trio da frente. Mais tarde, foram trabalhadas jogadas de bola parada.

Em relação à equipe que perdeu do Paysandu na terça-feira, desperdiçando a chance de já ter garantido o título, as novidades, além de Serginho, são Leandro, suspenso na última rodada, e Fernando Prass, que ficou no banco para Kleina dar chance a Fábio, terceiro goleiro do elenco. Ananias saiu do time por opção do comandante.

Os desfalques são Henrique, expulso em Belém, Valdivia, à disposição da seleção chilena, Wesley, tratando de pancada no joelho esquerdo, Léo Gago, com dores na coxa direita, Vinicius, com recorrente incômodo no tornozelo direito, Caio, com corte na canela direita, Vilson, com tendinite no joelho esquerdo, e Mendieta, em recuperação de cirurgia no joelho esquerdo.

Enquanto os titulares trabalhavam no gramado principal do centro de treinamento, reservas, incluindo Luis Felipe, que está perto de sair, Charles, recuperado de amigdalite, Ananias, que tinha sido titular na terça-feira, e Tiago Alves, cotado para substituir Henrique, faziam exercício em campo reduzido.

Neste sábado, o Verdão garantirá o título na antepenúltima rodada da Série B se a Chapecoense não vencer o Bragantino em jogo também marcado para as 16h20 deste sábado. Para depender apenas de si, contudo, basta o Palmeiras não perder do Boa no Pacaembu.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Palmeiras corre risco de perder mais mandos de campo

Por Daniel Batista

O Palmeiras deve mais uma vez ser punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa do comportamente de parte de seus torcedores. O árbitro Anderson Daronco relatou na súmula da partida contra o Paysandu, realizada na última terça-feira, em Belém, que foram arremessados objetos no gramado em direção à arbitragem e que o ato partiu do lado onde estava a torcida alviverde. Com isso, o time corre o risco de voltar a perder mandos de campo.

Segundo consta em súmula, “após o término da partida, a torcida do Palmeiras arremessou laranjas em direção à equipe de arbitragem, bem como um cano de PVC de aproximadamente 40cm que não nos atingiu em virtude da proteção realizada pelo policiamento presente no estádio. Informo que o tal cano de PVC segue em anexo à súmula da partida”, escreveu Daronco.

Outro que também pode ser punido é o zagueiro Henrique, expulso na partida. Sobre o capitão palmeirense, o árbitro relatou que ele foi expulso por “bater as mãos no solo” e falar: “Tá maluco? Tá de palhaçada (sic). Parabéns, conseguiu o que tu queria”.

O palmeirense deve ser denunciado pelo artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em “desrespeito aos membros da arbitragem” e a punição pode ser de um a seis jogos e multa entre R$ 100 a R$ 100 mil. O Palmeiras já fez seis partidas longe da capital só nesta Série B por causa de punições causadas por indisciplina de sua torcida.

Caso seja punido novamente, a pena será cumprida nas partidas da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro de 2014.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Sonhando alto

Um dos nomes discutidos pela diretoria do Palmeiras como reforço para 2014 é Jonathan. O problema é que o lateral-direito virou titular da Inter de Milão em outubro.

••

24 respostas em “Verdão na Mídia 15-11-2013: Postura de Brunoro em negociação com Kleina irrita conselheiros ❘ Globo Esporte Com”

Esse B4 (Brunoro), é um fanfarrão.Assim como oB3 (nobre). O cara foi passear na Argenitna, para gastar oprêmio da série B, que ele tanto merece. Ai para se aprovetiar da mídia, falou vou enganar os nosso torcedores de novo, é pegadinha. Pelo jeito vamos da mesma …….. de hoje. Com Seo Girson e o nosso poderoso elenco (só dá para aproveitar o Prass, Henrique, Vilson, Ergueren, Mendieta, Mago e o Alan Kardec, quem sabe o Leandro, o resto ….)
Imprensa marron maldita, quer empurrar esse Kreina de todo jeito para nós novamente. Olha o Tite dando sopa. Ei Mustaphá vai……

O que o Brunoro fez de bom para o Palmeiras, até agora? Nada. Aliás, foi péssima a negociação com Barcos. Continuamos sem time, sem técnico (porque o Kleina mais parece pescador de pesque-e-pague) e o Brunoro falando e fazendo besteiras e ainda vai levar bicho. Estamos fritos.

Eu acho que no meio da temporada européia será complicado repatriar jogadores de lá. Considerando que temos pelo menos uns 4 ou 5 jogadores que podem ser considerados titulares para a próxima temporada, deve vir uns 2 ou 3 para o primeiro semestre, e uns outros 3 para o segundo semestre. Porque se pensar bem, não adianta trazer 5 ou 6 jogadores melhores para jogar o paulistinha e as fases iniciais da Copa do Brasil. O negócio vai pegar de verdade no segundo semestre depois do Campeonato da FIFA.

Vcs estão contaminados pela imprensa de gambás, parece que nasceram de 6 meses. Nem terminou a série B, já querem o palmeiras montado como uma seleção e o Pepe guardiola treinando…. Menos menos, eu escrevi no outro post do drops, que apoio a diretoria até o início do paulista pois quero ver o time que vão nos entregar p o centenário, se for os mesmos perebas irei ser um predador de linha de frente, por enquanto estou no aguardo…E POR FAVOR, PAREM DE SOFRE POR ANTECIPAÇÃO! E parem de ler noticia da mídia de gambás, valeu!

O link é esse:

‘Jogo do título’ não empolga, e Palmeiras vende poucos ingressos
Verdão depende de um empate para confirmar a taça contra o Boa, neste sábado, no Pacaembu. Apenas 8.500 ingressos já estão nas mãos dos torcedores

LANCEPRESS! – 15/11/2013 – 20:16 São Paulo (SP)
A chance de ver o Palmeiras confirmar o bicampeonato da Série B não empolga a torcida. Até agora, apenas 8.500 ingressos foram vendidos para o jogo contra o Boa, marcado para as 16h20 deste sábado, no Pacaembu. Há entradas disponíveis para todos os setores. As vendas seguem somente pela internet (até o início do confronto), nas bilheterias da sede social do Palmeiras, das 10h às 15h, e no próprio Pacaembu, das 10h até o intervalo da partida.
O público deve ser bem inferior ao do jogo que carimbou o acesso à Primeira Divisão, dia 26 de outubro, contra o São Caetano. Naquele dia, foram registrados 33.748 pagantes, recorde da equipe na competição. A média, em 11 jogos no Pacaembu, é de aproximadamente 18 mil.

A equipe de Gilson Kleina ostenta desempenho invejável no Estádio Municipal: são oito vitórias e três empates na competição nacional. Este será o último duelo no local em 2013, já que o mando do jogo contra o Ceará foi vendido, mandando o confronto para o Morenão, em Campo Grande.
O Verdão precisa só de um empate para confirmar a conquista e até uma derrota pode servir: basta que a vice-líder Chapecoense não vença o Bragantino, em Chapecó, no mesmo horário.

E dá-lhe risadinha do Brunóquio e seu alto salário, é por isso que só vive dando risadas e achando que o torcedor é palhaço. FORA BRUNORO!!!!

Harley, se você ganhasse 250 mil de bicho sem jogar, não ia estar dando risada também?

Amigos, a globo não é gamba, ela faz aquilo que dá lucro pra ela, esqueçam essa de que a impressa odeia o Palmeiras, não é assim !
e se preparem para o pior, ao que tudo indica a partir do ano quem a serie b vai passar na rede tv, então 2015, vai ser tenso

Brunor R$ 250 mil de bônus pelo acesso? Deve ser intriga da imprensa ou da oposição, só pode.
Jumento Kleina: renovar com essa anta, ainda mais com aumento de salário? Série B em 2015 à vista. Ou rescisão com multa em 2014, o mais provável.
Paulo Nobre, o B3: até aqui, uma puta decepção, não mostrou absolutamente nada de diferente.
STJD: continuaremos a saga de Geni do futebol, enquanto seres como esses aí comandarem o Palmeiras.

Venda do Barcos e emprestimos de 4 jogadores medianos do Gremio;
O caso do quinto jogador envolvido na negociação do Barcos (e aí?);
Eliminados no Paulista, Libertadores (pelo Tihuana) e Copa do Brasil (chocolate);
Campanha de altos e baixos na serie B;
Direoria x WTorre;
Suposta renovação com Marcio Araujo;
Suposta renovaçao com o Kleina.

Eu criei muita expectativa no Nobre e Brunoro, mas realmente quanto maior a expectativa, maior a decepção.

O ano do centenário certamento podeira ser avaliado com mais ambição. Ou menos burrice.

Será que a maioria dos palmeirenses ( que são contra a renovção do Kleina) nao tem razao?!!

Escutem um pouco a torcida diretoria, é possivel que nós entendemos mais de futebol que o Gilson Kleina.

Parece piada….. flamenguistas jogam garrafa na cabeça do bandeirinha, bambis brigam com gambás e flamenguistas, gambás brigam em estádio, jogam objeto nos bandeirinhas e por ai vai…. e quem perde mando outra vez??? O Palmeiras. Acordem e abram os olhos para esse absurdo em vez de ficarem atacando o Palmeiras.

E continuamos caindo na pilha da imprensa gambambi tupiniquim e de quem trabalha internamente contra o clube imediatamente entrando em desespero…

Maior besteira administrativa se continuarem com esse Gilson Kleina: o time vai passar todo o Paulistão e o Brasileirão em 2014 rondando a zona de rebaixamento.

O Palmeiras poderia inovar e criar um realitty chamado O Treinador. Nele, 12 profissionais que nuna estiveram na Série A participariam de provas e testes criados por Ademir da Guia, Marcos, Edmundo, Evair e Cesar Maluco. O prêmio seria o cargo de técnico para o ano do centenário, com salário mensal de 100 mil reais e bônus de 3 milhões por titulo.

Essa tática de jogar pra torcida é velha. Deixar “vazar” na imprensa que negocia com Bilesa, Johanatan, Neymar, Messi, Hulk, etc., é apenas para acalmar torcida.
Por que na verdade, os que virão vão ser os Ananias, Carlinhos Capixaba, Charles, Leo Gago, Ricardo Bueno, Juninho Pampers e outros que sempre chegam para reforçr o plantel, como dizem os incompetentes Paulo Nobre e Brunoro.

Que isso Luiz, isso tudo é invenção da imprensa gambambi. Vamos manter a base deste ano, renovações de Wendel e Marcio Araújo, as voltas de M. Leite e Luan e tá montado o esquadrão.
O importante é que teremos um clube no AZUL no ano do centenário, cem mil sócios no Avanti e um time “sangue na veia”.

Kkkkkkkk….

Lucas, essa foi boa. Muito criativa a pergunta…….

Boas risadas pra alegrar essas notícias ruins… hehehe

wlw

Pra mim o diretor-executivo viajou já sabendo que voltaria sem nada e fez a ida à Argentina vazar de propósito. Como reproduzido aqui no 3VV, notícias dariam conta de uma pressão pela permanência do Kleina por parte dos jogadores e também do Mustafá. Estão fazendo essa palhaçada toda pra tentar fazer o incompetente do Kleina desistir e sair sem ser dispensado.

Os comentários estão desativados.