Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 16-11-2013: Líderes do elenco do Verdão ‘ignoram’ vaias e prometem festa para o título ❘ Lancenet

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Líderes do elenco do Verdão ‘ignoram’ vaias e prometem festa para o título

Por Fabricio Crepaldi e Fellipe Lucena

Quis o destino que o Palmeiras tivesse a chance de carimbar o título da Série B no Pacaembu, diante da torcida. Depois de perder fora de casa para o Paysandu, adiando a confirmação da taça, o time recebe o Boa às 16h20 deste sábado dependendo de um empate – ou de qualquer tropeço da Chapecoense contra o Bragantino, em Chapecó, no mesmo horário – para ser bicampeão. Se a conquista está praticamente certa, a atmosfera que será encontrada no estádio é uma incógnita: festa ou vaias?

Depois do jogo que assegurou o acesso, o 0 a 0 contra o São Caetano, em 26 de outubro, os jogadores foram surpreendidos com cobranças da organizada e chegaram ao vestiário irritados. Dessa vez, o discurso é de ignorar as críticas e festejar a conquista do maior objetivo da temporada.

– Esse título está devolvendo o gigante ao seu lugar, temos que celebrar. Quem passou aqui viu a dificuldade e sabe quantos dias de trabalho nós tivemos, quantas vezes deixamos nossas famílias. Tem que valorizar esse esforço, essa coroação – disse Alan Kardec, ao L!Net.

Os atletas sabem que a conquista da Segunda Divisão tem peso reduzido para um clube grande, mas julgam ter o apoio da maioria na arquibancada e tentam ignorar as críticas.

– Essa cobrança é de um setor da torcida, está virando rotina. Ganhando, perdendo ou empatando, jogando bem ou mal, sempre tem essa manifestação. O importante é a grande parte da torcida estar ao nosso lado. Se quiserem comemorar, que comemorem. Temos de fazer a nossa parte – declarou Fernando Prass.

Capitão do time na ausência de Henrique, suspenso, o goleiro diz que o maior motivo de celebração não é o título, mas a renovação da esperança por um ano melhor em 2014.

– Claro que estamos muito preocupados com o jogo. Mas, conseguindo o título, já tem de focar no ano que vem. No futebol o que vem pela frente é o que mais importa, o que ficou para trás se comemora, se guarda na memória… O futuro se faz com o presente. Quando chegar às 18h30, acabando o jogo e sendo campeão, tem de pensar no ano que vem de uma forma bem prática – acrescentou o camisa 25.

– Não vamos pensar em quem vaia, não. Temos de pensar naquele palmeirense que incentiva com o corpo e com a alma, que está sempre presente – complementou Alan Kardec.

Confira um bate-bola com Fernando Prass:

LANCE!Net: O título da Série B merece ser comemorado como os outros?

Fernando Prass: É um torneio de menos dimensão, sem dúvida alguma, o clube foi para Série B porque foi mal, é como se fosse um castigo. Não tem que comemorar como Série A ou Copa do Brasil, mas tem de comemorar, é importantíssimo pro ano que vem.

As vaias da torcida incomodam?

Ninguém gosta de ouvir vaia, independentemente de saber se é algo direcionado ou não. Ninguém gosta, todo mundo preferia que a torcida estivesse apoiando, seria bom para nós e para todo mundo.

Essa indefinição do Kleina atrapalha em algo os jogadores?

É chato, está ficando chato responder as mesmas perguntas e a coisa não anda, o tempo passa. Isso influencia no nosso trabalho, não dá para negar, é o nosso comandante. Só podemos torcer para que se resolva o mais rápido possível.

Será especial conquistar o título como capitão da equipe?

Ser capitão de um time grande é sempre especial, ainda mais no jogo que pode marcar o título. É sempre marcante e especial ser capitão em jogos emblemáticos. É uma posição que exige responsabilidade.

Confira um bate-bola com Alan Kardec:

LANCE!Net: Depois da reação dos torcedores no jogo do acesso, o grupo já espera possíveis vaias contra o Boa?

Alan Kardec: Olha, eu nunca vou entrar em campo esperando vaia da torcida em uma situação como essa. Temos que levantar a cabeça, porque o futebol é dinâmico. Se na terça a vitória não saiu, pode sair agora, garantindo o título para a gente.

Vocês se chatearam com aquela cobrança? Esperavam mais festa?

Em partes. Alguns acabaram vaiando, têm o direito. Eles incentivaram durante toda a partida, é bom ressaltar, mas após a partida é natural quando você não consegue o resultado. Logo em seguida, a maioria aplaudiu. O torcedor sempre quer vitória, nós também, mas naquela partida não aconteceu.

O que pensou ao saber que a diretoria foi atrás de Marcelo Bielsa?

Isso entra por um ouvido e sai por outro. Temos um treinador aqui e temos que respeitar. Esse é um assunto da diretoria e da comissão técnica. Não sei se falo por todos, mas tenho que confiar em quem está aqui trabalhando comigo.

Kleina parece chateado?

Não, não falou nada. É um assunto que não interfere no clima.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Palmeiras tenta confirmar título da Série B contra o Boa Esporte

Clube com a maior quantidade de títulos nacionais no Brasil, o Palmeiras está muito perto de garantir mais uma taça para a sua galeria nesta terça-feira. Um empate com o Boa Esporte, neste sábado, às 16h20m (horário de Brasília), no Pacaembu dá o título do Campeonato Brasileiro da Série B ao Verdão com duas rodadas de antecedência. A conquista pode vir até em caso de tropeço, caso a Chapecoense não vença o Bragantino no mesmo horário, em Santa Catarina.

É verdade que a taça não será exibida com tanto orgulho e ficará em segundo plano junto do troféu vencido em 2003, mas a campanha na Segundona deste ano serviu para resgatar o orgulho da torcida e reconduzir a equipe para a elite.

Numa espécie de vestibular para o centenário alviverde, o técnico Gilson Kleina conseguiu “convencer” os dirigentes de que pode permanecer no clube em 2014. Depois de ver a diretoria procurar o argentino Marcelo Bielsa, o comandante aguarda a confirmação do título para prorrogar seu vínculo. Para este sábado, ele aposta em uma formação mais ofensiva para não deixar passar em branco a chance de vencer o campeonato no Pacaembu.

Na 11ª colocação, o Boa Esporte tem chances remotas de conquistar o acesso. Com 50 pontos, a equipe mineira está seis atrás do Icasa – o 4º colocado – com nove em disputa. A equipe vem embalada por duas vitórias consecutivas para tentar estragar a festa alviverde e repetir feito do primeiro turno, quando venceu o Verdão em Varginha.

O trio de arbitragem neste sábado será paranaense. Edivaldo Elias da Silva auxiliado por Edina Alves Batista e Luiz Souza Santos Renesto. O canal PremiereFC transmite o jogo ao vivo para todo o Brasil, por meio do sistema pay-per-view. O GloboEsporte.com também acompanha o duelo em Tempo Real, com vídeos exclusivos.

AS ESCALAÇÕES

Palmeiras: com Fernando Prass de volta ao gol, o técnico Gilson Kleina abriu mão da formação com três zagueiros e voltou ao 4-3-3. Devido aos diversos desfalques, Marcelo Oliveira será improvisado na zaga, e Serginho ganha chance no ataque. Assim, a equipe vai entrar em campo com Fernando Prass; Wendel, André Luiz, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, Marcio Araújo e Felipe Menezes; Serginho, Leandro e Alan Kardec.

Boa Esporte: o time do técnico Nedo Xavier vai quase completo para o confronto no Pacaembu. O Boa Esporte deve entrar em campo com: Douglas, Rafinha, Ciro Sena, Neylor e Crystian; Rodrigo Souza, Vinícius Hess, Betinho e Marcelinho Paraíba; Fernando Karanga e Luiz Paulo (Filipe).

QUEM ESTÁ FORA

Palmeiras: Henrique, expulso contra o Paysandu, cumpre suspensão automática. Valdivia está com a seleção chilena. Já Vilson, Mendieta, Wesley, Léo Gago, Vinícius e Caio foram vetados pelo departamento médico.

Boa Esporte: o meia-atacante Malaquias sentiu uma indisposição e ficou em Varginha para realizar exames.

PENDURADOS

Palmeiras: André Luiz, Leandro, Luís Felipe e Marcelo Oliveira.

Boa Esporte: Betinho, Crystian, Everton Luís, Fernando Karanga, Malaquias e Xandão.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Palmeiras encara Boa para cumprir protocolo e levar o título da Série B

O Palmeiras tem na tarde deste sábado a segunda chance de conquistar o bicampeonato da Série B na partida contra o Boa Esporte, pela 36ª rodada da competição, no estádio do Pacaembu.

Para sacramentar a conquista, basta um empate na partida contra a equipe mineira, já que a diferença para a vice-líder Chapecoense é de oito pontos e faltam apenas três rodadas. Como o Palmeiras tem quatro vitórias a mais, leva vantagem no desempate.

Na última rodada, o time alviverde foi derrotado pelo Paysandu por 1 a 0, estacionou nos 73 pontos e adiou a comemoração.

Apesar de ser mais uma conquista para a sala de troféus do clube, o fato é que até mesmo alguns jogadores não se mostram tão empolgados com a possibilidade. Wendel lembrou durante a semana que o título é obrigação e nem o torcedor se anima.

Já o atacante Alan Kardec, maior reforço do time na temporada, pensa diferente do companheiro de time e fará a festa caso o título seja confirmado neste sábado.

“Sei quantas vezes eu fiquei fora de casa, deixei a minha mulher me esperando por três ou quatro dias. Tivemos viagens longas e campos irregulares para hoje estarmos próximos de realizar um sonho, que é conquistar um título pelo Palmeiras”, afirmou o camisa 14.

Gilson Kleina, que ainda negocia a sua renovação de contrato com o clube, não poderá contar com o chileno Valdivia, que está com a seleção chilena, com o volante Wesley, machucado, e os zagueiros Henrique, suspenso, e Vilson, machucado.

Por outro lado, o goleiro Fernando Prass está de volta e será titular contra o Boa Esporte.

O time mineiro está no meio da tabela e tem poucas chances de conquistar o acesso. Com 50 pontos, a diferença para o Icasa, quarto colocado, é de seis pontos.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X BOA ESPORTE

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 16/11/13

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR) – Assistentes: Edina Alves Batista (PR) e Luiz Souza Santos Renesto (PR)

Palmeiras: Fernando Prass; Wendel, André Luiz, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, Márcio Araújo, Felipe Menezes e Serginho; Leandro e Alan Kardec. – Técnico: Gilson Kleina.

Boa Esporte: Douglas, Rafinha, Ciro, Neylor e Thiago Carvalho; Rodrigo Souza, Vinícius Hess, Betinho e Marcelinho Paraíba; Fernando Karanga e Malaquias. – Técnico: Nedo Xavier

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA

• Colegas sentem “cheiro” e Kardec sonha com gol do título no Pacaembu

Por William Correia

Ainda no campo do Mangueirão, Alan Kardec foi um dos jogadores que mais demonstrou frustração pela derrota para o Paysandu que adiou o título do Palmeiras na Série B do Brasileiro. O atacante pensa em todas as noites, contudo, que pode apagar aquela tristeza já neste sábado, contra o Boa, garantindo a conquista fazendo a sua principal função: gol.

“É um sonho. Toda hora que coloca a cabeça no travesseiro, fico imaginando como pode ser esse gol. Começo a pensar que pode pensar em uma bola parada, de cabeça, uma bola que sobra na área, uma jogada individual, com um passe de um companheiro… Passam filmes na cabeça que vão gerando confiança”, comentou.

Um gol facilitaria ainda mais a tarefa do Verdão para ser campeão neste sábado. Para conseguir o título, basta não perder no Pacaembu e, em caso de derrota, precisa torcer para que a Chapecoense não vença o Bragantino em compromisso também às 16h20 (de Brasília), em Santa Catarina.

O centroavante, que usa a camisa 14 para homenagear o francês Thierry Henry, se anima com incentivos dos companheiros.

“Alguns companheiros falam: ‘ó, estou sentindo cheiro de gol’. Gosto dessa confiança, você vê que o grupo está unido e acredita no seu trabalho, mesmo brincando. Como um camisa 9, nada mais justo do que assumir essa responsabilidade”, indicou.

Alan Kardec é o artilheiro do Verdão na Série B com 13 gols, mas vive um jejum: após balançar as redes contra o Bragantino, em 19 de outubro, passou em branco nos outros três jogos em que participou. A seca, porém, não o incomoda, já que, neste período, o time conquistou antecipadamente o acesso para a primeira divisão.

“Acima de tudo, a vitória da equipe. Às vezes, é tão prazeroso quanto fazer um gol das um passe para o companheiro balançar as redes”, apontou o jogador. “Tenho tentado ajudar dentro das minhas características”, disse Kardec, que chegou a acertar a trave na derrota em Belém, mas não quer nem lembrar muito da partida de terça-feira.

“Temos que pegar as coisas que não aconteceram bem contra o Paysandu e apagar, sem trazer nada para cá. Precisamos ser humildes para vermos onde erramos, mas pensar que é uma história nova e buscar a vitória desde o primeiro minuto”, indicou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Com futuro incerto no Palmeiras, Kleina desperta interesse do Coritiba

Por Caio Carrieri e Fellipe Lucena

Se foi segunda opção para a diretoria do Palmeiras, que procurou o argentino Marcelo Bielsa antes de ouvi-lo sobre 2014, Gilson Kleina é bem visto longe do Palestra Itália. Segundo o L!Net apurou, o Coritiba já fez uma consulta para tê-lo na próxima temporada – ainda não houve proposta formal. O técnico diz que não ouvirá outras equipes enquanto não houver definição no Verdão e nega a procura, assim como a direção paranaense.

Péricles Chamusca, que tenta salvar o Coxa do rebaixamento na Série A e recebe menos do que os cerca de R$ 300 mil mensais de Kleina no Palmeiras, tem contrato até dezembro, exatamente  como o atual comandante do Verdão.

Nascido em Curitiba, Kleina era torcedor do Atlético-PR na adolescência, mas já trabalhou no rival como preparador físico da base e auxiliar de Abel Braga, em 1999. Além disso, é padrinho de casamento de Alex, principal jogador do atual elenco dos paranaenses.

Enquanto isso, o Palmeiras segue negociando. O clube paulista planejava definir até essa sexta-feira a renovação do treinador, mas ele não tem facilitado na negociação. Kleina ficou irritado ao saber que o diretor-executivo José Carlos Brunoro viajou até a Argentina para falar com Bielsa antes que a promessa do presidente Paulo Nobre, de iniciar as tratativas na semana seguinte ao acesso, fosse cumprida.

De acordo com pessoas ligadas à diretoria do Palmeiras, Gilson Kleina têm conversado “todos os dias” com Brunoro. Ele quer aumento salarial, além de multa alta.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri

• Você…

Está nas mãos de Gilson Kleina se ele será ou não técnico do Palmeiras em 2014. O treinador está com a proposta e deve responder à diretoria do clube se a aceita na próxima semana.

• …decide

Até agora, a diretoria alviverde procurou apenas Marcelo Bielsa, mas a pedida do argentino fez com que o negócio fosse abortado. A sensação dentro do Parque Antarctica é que Gilson Kleina deve ficar.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

BLOG DO JORGE NICOLA → Mancha Verde promete protestar mesmo com título
 
LANCENET → Palmeiras deve aderir a protesto do Bom Senso F.C. neste sábado
 
FOLHA ONLINE → Palmeiras tenta superar oito desfalques e confirmar título
 
ESTADÃO ONLINE → No Pacaembú, Palmeiras espera, enfim, confirmar o título da Série B
 
BAND ESPORTE → Após adiar a festa, Verdão pega o Boa para confirmar o bicampeonato
 
GLOBO ESPORTE COM → Artilheiro do Palmeiras na Série B, Alan Kardec sonha com gol do título
 
AGORA SÃO PAULO → Palmeiras garante título da Série B se empatar hoje

••

9 respostas em “Verdão na Mídia 16-11-2013: Líderes do elenco do Verdão ‘ignoram’ vaias e prometem festa para o título ❘ Lancenet”

Esse B4 (Brunoro), é um fanfarrão.Assim como oB3 (nobre). O cara foi passear na Argenitna, para gastar oprêmio da série B, que ele tanto merece. Ai para se aprovetiar da mídia, falou vou enganar os nosso torcedores de novo, é pegadinha. Pelo jeito vamos da mesma …….. de hoje. Com Seo Girson e o nosso poderoso elenco (só dá para aproveitar o Prass, Henrique, Vilson, Ergueren, Mendieta, Mago e o Alan Kardec, quem sabe o Leandro, o resto ….)
Imprensa marron maldita, quer empurrar esse Kreina de todo jeito para nós novamente. Olha o Tite dando sopa. Ei Mustaphá vai……

SE o KLEINA, continuar , eu desisto do AVANTI e ainda faço campanha CONTRA !!!!

Kleina quer aumento e multa alta….para continuar levando nó tático de técnicos desconhecidos???
E por suas invenções táticas a láprofessor pardal???

Meu Deus, estou em vigília, orações, novena… Tudo é válido para que o Kleina, Caramujo, Juninho e perebas, deixem o Palmeiras e seus torcedores em paz.

Pode parecer maluco porque ainda estão negociando, mas pra quem entendeu tudo (liguem os fatos), tá claro que a diretoria NÃO QUER o incompetente do Kleina. O problema tá em não definir logo e ficar arrastando essa palhaçada toda. Estão com medo do quê, ou quem?

Palmeiras 0x0 São Caetano, Sport 3×0 São Caetano….. Paisandu 1×0 Palmeiras, Icasa 2×1 Paisandu, e tem nego que acha que ta tudo lindo e maravilhoso, nego ri igual a hiena…

Festa por um “título” que NÃO deveria estar objetivado? O time NUNCA deveria estar disputando ESSE título. Fazer festa por um título que não deveria estar na pauta é um acinte para a torcida.

Os comentários estão desativados.