Categorias
Futebol com Números

O modelo (financeiro) a ser seguido

Por Luís Fernando Tredinnick

“Quando você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve”. Essa famosa frase pertence ao livro “Alice no País das Maravilhas” e parece se aplicar perfeitamente ao momento do Palmeiras. Por momento eu me refiro aos últimos 15 ou 20 anos, naturalmente.

O Palmeiras ainda não definiu o modelo financeiro para o futebol. Essa história de “não vamos gastar mais que arrecadamos” ou “não vamos fazer loucuras” não é um modelo – muito longe disso.
No artigo anterior discutimos um pouco que tanto Atlético-MG quanto Cruzeiro têm prejuízos semelhantes ao do Palmeiras e mesmo assim montaram times competitivos que foram campeões em 2013.

Na semana seguinte à publicação desse artigo, apareceu a notícia que o Atlético-MG não iria vender mais nenhum jogador pois com a venda do Bernard (cerca R$ 70 milhões, salvo engano) o caixa de 2013 e 2014 já estariam garantido. Obviamente o fato do jogador ter participado de um time de destaque valorizou o seu passe. Imaginem se ele tivesse jogado nesse campeonato na Portuguesa – alguém aí imagina que pagariam o mesmo valor pelo jogador?

Mas, voltemos à questão do modelo a ser seguido.

O Internacional-RS optou por um modelo de venda de jogadores para “fechar as contas”. O clube concentra esforços na busca e formação de atacantes, que segundo o próprio clube são mais valorizados, e de tempos em tempos vendes seus destaques. Alexandre Pato e Damião são os dois exemplos mais recentes desse modelo adotado.

Já clubes como o Santos e o São Paulo optaram por gerar receitas de modo a não precisar vender jogadores para “fechar as contas”. O Santos talvez tenha feito história ao manter Neymar e com isso ter aumentado receitas e conquistado títulos – entre outras coisas, o contrato com a Globo previa uma remuneração maior com o Neymar e uma menor sem ele – o que, convenhamos, faz todo sentido do mundo.

E o Palmeiras?

Bom, já tentamos diversos tipos de parcerias, tentamos a famosa “Cesta de Atletas”, tentamos também andar com nossas próprias pernas, sem estabelecer nenhum tipo de estratégia ou de modelo. E por isso, se não sabemos onde queremos ir, qualquer caminho serve.

Podemos discutir qual modelo é o melhor, mas não escolher nenhum modelo é ainda mais prejudicial para o Palmeiras.

Honestamente acredito que o Palmeiras tem condições de ter um modelo em que não seja necessária a venda de jogadores para “fechar as contas”. A nossa torcida já provou que além de numerosa, é uma grande geradora de receitas para o clube.

O grande equívoco da maioria das pessoas quando discutimos “modelos” é achar que a adoção de um modelo pressupõe algum tipo de extremismo. Se optarmos por um modelo de venda de jogadores para fechar as contas, isso não quer dizer que o elenco será completamente trocado a cada um ou dois anos! Não é isso! Para administrar esse modelo com sucesso quer dizer que temos que vender poucos jogadores pelo maior preço possível – e sempre que qualquer jogador for vendido já ter o seu substituto pronto (seja nas categorias de base, seja em uma nova contratação).

No próximo artigo vamos conversar um pouco mais sobre o modelo de sustentabilidade financeira sem a necessidade de venda de jogadores aplicado ao Palmeiras.

Enquanto isso, permitam um trocadilho mais do que óbvio: esperemos que o nosso Presidente, também um piloto de rali, encontre logo o caminho para os títulos!

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

39 respostas em “O modelo (financeiro) a ser seguido”

a frase do livro em questão é uma adaptação grosseira de Sêneca:

“Se o homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável.”

gde abrax do Signorini

Balanço até agosto ,mostra prejuízo de 23 milhōes, e ainda nossa folha ,pelo elenco,é muito elevada,alguem sabe o salario real de cada jogador????
Abaixo o resultado até agosto,tirado do site do Palmeiras:
Receitas com clube social agosto 2.520.883,48 acum ano 18.095.216,43– Despesas com clube social ago. 2.783.073,53 acum ano 17.749.239,58—- Receitas esportes profissio ago 14.913.596,68 acum ano 99.635.806,65— Despesas esportes profis. Ago 15.053.054,13 acum ano 117.560.344,44– Depreciação e amortização ago. 291.657,57. Acum ano 2.464.186,13—- Líquido de receitas (despes ago -363.168,50. Acum ano 3.284.464,92—– Outras despesas. ——— Ago -6.401,79——acum ano 126.396,73—— Resultado Líquido. Ago(1.062.875,36. Acum ano(23.453.608,72)

Não sei mais o que fazer. e ai pergunto: Avanti? Camisa oficial? Jogos em Baruieri? Comentários no 3VV? Sempre tive esperanças, Felipão? Serie B? Sempre acreditei! Paulo Nobre? Foi uma das minhas ultimas… Fé. Vi o Tirone sair com o rabo entre as pernas, vi Barcos brilhar, Campeões ontem… E AI? As conquistas ficaram pequenas? Infelizmente… respondo: sim.
A cada dia uma vergonha, falta de profissionalismo básico, de bom senso, de transparencia…de amor. E o tempo passa… Acreditei no acerto com a Wtorre, parece piada, nem os mediadores?… Kleina… kkk se ficava ou não, se foi campeão ou não, ninguém merece uma “negociação” dessa.
Contrato por produtividade? Quem garante produção sem saber qual é o elenco? sem Valdivia agora? sem Vilson? Só falta mandar o Prass, o Kardec embora! Como pode? Vai Palmeiras teu futuro ta garantido!
E ai? O que fazer?… desistir?

Em resumo aos comentários, todos são incompetentes para administrar o Palmeiras, TODOS, não há planejamento, estratégia, e metas, são na verdade verdadeiros capachos dos velhos caciques, que nunca ganharam me jogos de bolinha de gude, verdadeiros idiotas, o reflexo é este, um clube com letargia crônica!

Não sabemos vender jogador,vide Barcos,em outro time venderiam por 10 milhōes de euros,não sabemos negociar com jogador,vide Souza,Vitor,Luis Felipe e etc,não sabemos conseguír patrocínio e parceiros, peixe tá contratando com parceiros,logo é grande nossa incompetencia,mas gostamos de desculpas e lamentaçōes ( patrocínio só em outubro,aí em novembro é ano de copa, e chavão não tem dinheiro),gostamos de brigar,brigamos com Diego Souza,brigamos com o parceiro do estádio WTorres, brigamos entre COF e o Presidente e nunca temos paz na política do clube.Será que não era hora de ter profissionais que conhecessem o mercado de futebol, e bons negociadores, em vez de ficar fazendo do Palmeiras um time cobaia de presidentes aprendizes.

A coisa mais gostosa que existe para se ter tranquilidade é ter dinheiro sobrando e isso o Palmeiras não tem! Gestores dêem um jeito e arrumem uma saída monetária para esse clube arcaico e defasado no tempo e espaço ! Terceirizem; arrumem um mecenas; achem uma empresa cogestora; se virem

Pessoal não está esquisita a história de que a ADIDAS não produzirá mais camisas amarelas do Palmeiras comemorativas da seleção brasileira? Olha que faltam no mercado todos os tamanhos menos o P. É sabido por todos que a procura pelos outros tamanhos é enorme. Ou a ADIDAS não gosta de ganhar dinheiro ou “”tem boi na linha”. Que a própria empresa ou o nosso inútil marketing respondam, se é que existe uma explicação plausível.

No caso do Palmeiras, acredito que o problema é o interesse pessoal (Ou de um grupo) em benefício próprio, deixando de lado o FUTEBOL.

Com certeza Mário. Qualquer pessoa que conheça o clube bem por dentro, sabe que muita gente vive às custas dele e da influência que um cargo gera. Basta ser conselheiro e puxa-saco do Mustafá, que você é incluído em rodas de interesses. O maior problema é que esses interesses passam longe dos interesses da torcida.. são coisas muito mais banais que movem esses senhores, como jantares de graça, clientela para comprar herbalife.. e por aí vai..

Só o voto pra sócio torcedor poderia nos livrar disso.. um pouco né.. porque os sacanas colocaram o filtro.

A incompetÊncia se acumula há anos. Não adianta colocar tudo numa conta só. E é algo irritantemente repetitivo.. foi o V Love, o Barcos.. e tantos outros.. enquanto vemos o Bernard ser vendido por 80 mi de reais.. e o Luis Felipe sair de graça.. olha.. é de f…

Acho que o Nobre devia se preocupar principalmente na questão de abrir os votos de presidente para sócio torcedor. Isso seria um passo muito maior que ganhar o Paulista de 2014..

A falta de plano é o pior mesmo, o Barça durante anos não teve patrocinador mas com receitas de royalties, vendas pontuais de jogadores e associados manteve “o” time. Perguntem para a Adidas quanto vende de camisa SEM patrocínio em proporção as com patrocínio, aposto que vende muito mais, e isso “vale” mais para o Palmeiras. Revelamos sim poucos jogadores até pela pressão que recebem da torcida mais exigente do mundo, más tivemos na última década boas vendas, algumas perdas inexplicáveis como o L. Felipe, Ilsinho, Taddei (que chamávamos de grosso mas foi titular da Roma mais tempo que o Falcão). Vejo o Palmeiras colocando sempre 2-3 jogadores nas seleções de base e que depois se perdem emprestados para times mediócres como São Caetano, Oeste e Boa. Como estão fazendo com o menino Edilson, com o Diego Souza…ao invés de lapidarmos nossos diamantes, os entregamos como pedras brutas e acabam se perdendo. Alguém imagina o Santos emprestando o Neymar com 18 por ser inexperiente? Ou agora o Neilton? Pois aqui fazem isso. Passamos um ano na medíocre série B e o covarde do GK não escalava nem a pau essa molecada, coisa que o Santos faz na série A. Agora Nobre vai vender o Valdívia e talvez o Henrique, vai contratar 6 cabeças de bagre e 2 medalhões e rezar para não cair. ANOTA AI.

A nossa torcida já provou que além de numerosa, é uma grande geradora de receitas para o clube e o Avanti está estancado em 37.054 associados. A nossa torcida tá devendo tanto como os mandatários do clube. Na perrenga que estamos e a maioria diz “acho que não vale a pena”. Então fiquem ai esperando um milafre, uma Parmalat. Fiquem ai olhando o passado, mas não esperem um futuro melhor. Vou falar de novo : se cada Palmeirense doa-se R$ 2,00 POR ANO, não precisaríamos de patrocinador Master. Mas como muitos disse “não vale a pena…”

Oi Rebelo, se entendi errado desculpa, mas você está cobrando da torcida algo mais ? Não pago avanti, vou pra estádio, viajo pra fora, adquiro produtos oficiais pra ver meu dinheiro ser enfiado na ****** daquele clube social cara. Se foi isso que quiz dizer deixo meu dedo do meio pra você, do contrário, sinceras desculpas!

Concordo mais que plenamente, a Torcida do Palmeiras tem que parar de olhar sempre no passado (claro que o nosso passado é riquíssimo e devemos valorizar), MAS SIM OLHAR PRO FUTURO DO PALMEIRAS, que parece distante perante a atual situação do clube.

Vcs sabem o que o Vilson está pedindo?? Ninguém sabe…. e a atitude do mesmo na transação no meio da copa do brasil, faz com que fiquemos com o pé atrás com esse jogador. Não vamos tirar conclusões de coisas que não sabemos. Muita calma nessa hora. abc

O marketing tem que arrumar dinheiro, eles não são pagos para isto? Ou é só cabide de emprego? Duvido que estejamos arrecadando mais de R$ 1 milhão por mês com o AVANTI. Portanto, sem patrocínio máster morreremos de fome. Que tal contrato de produtividade para o Brunoro e para o Marketing? Neste caso, eles todos morrerão de fome, mas pelos menos pararemos de jogar dinheiro no lixo com o salário deles. Contrato de produtividade não funciona no mundo futebolístico. Só técnico sem mercado (o PRENDIZ) e jogador problema que precisa recuperar a imagem (tipo Adriano imperador) aceitam isto, profissionais de verdade nunca. Presidente SONHADOR volte para a realidade. E as renovações necessárias (Leandro, Vilson, Araújo, Charles e só)? Deixar o Vilson sair e contratar o Lúcio é BURRICE, IGNORANCIA, ESTUPIDEZ!!!!!! E novas contratações virão? Duvido, afinal não temos dinheiro. O Santos tinha, pelo orçamento deles, apenas R$ 4 milhões para contratações, mas já gastou muito mais que isto e não é time de se endividar, Claro, na Vila existe criatividade, aqui só lamentações. Presidente, sua política nos levará para as séries B do paulistinha e do brasileiro. Deixe de ser MENDIGO.

O grande problema de tudo, é que em todos esses tempos, o mentor das estratégias é sempre a mesma pessoa, e por isso não temos mudanças. E os grandes pontos são os seguintes; 1. No futebol, primeiro você tem que gastar, para depois ter a receita… quem vai investir num time com Wendell, Thiago Alves, Marcio Araujo, etc ??? Tem que ter os craques, jogadores de visibilidade, para que existam interessados em investir dinheiro. 2. Tem que ter continuidade de trabalho.. a cada dois anos, começa uma nova faxina, novas teorias, novas maneiras de gerir… assim não da tempo de se criar um modelo de gestão. 3. Não adianta investir em jogadores bons e baratos, se não existirem os jogadores bons, para darem a liga no time.. igual foi falado do Bernard.. ele fez sucesso e rendeu dinheiro… mas para isso, ele estava cercado por Ronaldinho, Tardelli e Jô… aí sim da pro cara jogar tudo o que sabe.. agora o moleque entra, pra jogar com Felipe Menezes, Luan, Ronny, etc… só se for um Messi pra conseguir brilhar !

Piada de péssimo gosto. Parece que nosso presidente vai deixar não vai renovar com o Vilson, mas vai contratar o Lúcio. Que “grande negócio”. Quem faz um negócio deste deveria ser processado.

Concordo… com o Thiago Silva dando bobeira por aí , assim como o Balotelli, o Messi (este ainda tá analisando a proposta), Fábregas, enfim, com esses caras por aí, querendo receber qualquer salário, para quê contratar Lúcio, não é mesmo ??

E piada de mau gosto essa de Lúcio se vier vestir o nosso manto sagrado será uma VERGONHA!!!! E outra se vender o Vilson será mais uma DOAÇÃO, agora a pergunta que fica é: Porque os melhores jogadores do Palmeiras (ou jogadores de grande destaque) não são valorizados e sim quando aparece a primeira proposta não espera valorizar o atleta em vez de DOAR????

PRA QUEM TEM UMA PIADA COMO TÉCNICO, LUCIO NÃO É PIADA NENHUMA !! KLEINA É PRA CLUBE QUE NÃO TEM PROJETO DE SER CAMPEÃO DE NADA !!!

AINDA BEM QUE PARECE QUE O CORINTHIANS VAI AJUDAR O PALMEIRAS, E VAI CONTRATAR O UENDEL DA PONTE !!! UM PEDIDO QUE SERIA DO BURRO KLEINA !!NOSSA DIRETORIA NUNCA APRENDE !!! JOGADOR VINDO DA PONTE, É JOGAR DINHEIRO NO LIXO !!! NO PALMEIRAS NUNCA DEU CERTO !!!

No Palmeiras as “promessas” não vingam os jogadores de alto nível são vendidos à preço de banana (vide V.Love), os jogadores importantes não são valorizados pelo clube E PELA TORCIDA e claro, o dinheiro real que entra misteriosamente “some”. Vide 2012, o Palmeiras entrou o ano com uma divida de, se eu não me engano, 140 milhões e entrou um “caminhão de dinheiro” da KIA, Globo e tudo mais, saiu rebaixado, com quase 200 milhões de dívidas e com 70% do caixa de 2013 comprometido….. isso gera muita estranheza para todos, pra mim gera indignação pois sabíamos que diretores cobravam “taxinhas” nas transações de jogadores e claro, vários “craques” como betinho, arthur e patrik barriga de cavalo foram contratados de um único clube, sem contar os outros…. Portanto, esse é o fruto da gestão financeira. No futebol temos que ser ousados e ao mesmo tempo fazer alianças certas, temos que ser malandros e despojados. Eu tenho muita vontade de ajudar o clube, fiz o avanti, comprei camisa oficial, a camisa amarela, mas toda vez que eu acesso a mídia palestrina e leio as patifarias das alamedas e a inoperancia perante a mafia italiana (e turca) da velha guarda, tenho vontade de pular do barco e jogar uma dinamite no parque antartica!!!! Boa sexta à todos!

Faço de suas indagações as minhas também Mauser. Fiz tudo o que você fez ( comprei camisa oficial a verde e amarela, sou sócio AVANTI e antecipei todos os pagamentos desde junho até dezembro de 2013) e morando no interior de SP e dificilmente indo a jogos no estádio. É uma vergonha a tamanha incompetência de nossos administradores. Ta na hora de acordarmos e exigirmos mais de quem administra o clube. Separação total do futebol do social seria o começo. O Musgambá ficaria feliz, ele seria eleito presidente do social e afundaria rapidinho com ele como fez com o futebol.

Incompetência talvez não seja a palavra certa amigo, o que acontece no Palmeiras é grave, é caso de polícia e só não vê quem não quer. O importante lá dentro é manter sempre as mesmas pessoas no poder, o futebol é usado para sustentar um clube deficitário e gerar dinheiro para os envolvidos. Sinceramente, não vejo saída nenhuma sem a mudança desse estatuto, o Palmeiras acabou, simplesmente não entramos no século XXI e nem vamos entrar, os velhinhos vivem bem assim, a torcida que procure outro hobbie, outra paixão, a SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS é deles e ponto! Queria muito acreditar nessa reforma estatutária, mas o histórico todo e os últimos acontecimentos me tornam cada dia mais cético, o Palmeiras está acabando, dia pós dia, talvez em uma ou duas gerações isso se torne fato concreto e de Palmeiras, só havera histórias e lembranças.

Faço das minhas as suas palavras, concordo plenamente no seu comentário Mauser, é por isso que eu sempre digo, enquanto o Turco Mustafá estiver vivo o Palmeiras NUNCA vai se profissionalizar de verdade, eu digo, PROFISSIONALISMO REAL e ano que vem é ano de ELEIÇÃO e temos que ficar atentos e de olhos bem abertos porque o Mustafá vai continuar aprontando das suas e indicando mais marionetes para a presidência do clube. ABRAÇOS.

Os comentários estão desativados.