Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 05-12-2013: Contrato de produtividade não funciona para atleta de ponta, avalia mercado ❘ Uol Esporte

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Contrato de produtividade não funciona para atleta de ponta, avalia mercado

Por Mauricio Duarte

Assim como fez com o treinador Gilson Kleina, o Palmeiras quer implementar para seus atletas o modelo de contrato por produtividade. O mercado, no entanto, enxerga a iniciativa com restrições. Empresários ouvidos pelo UOL Esporte acreditam que esse tipo de vínculo só irá funcionar para promessas ou atletas em fim de carreira. Jogadores de ponta dificilmente aceitarão esse tipo de acordo.

Adriano Spadoto cita um exemplo bastante claro. Empresário de Bernard, revelou que o primeiro contrato profissional do atacante com o Atlético-MG foi por produtividade. Hoje, sendo um dos nomes mais promissores da seleção brasileira, uma negociação desse tipo seria inviável. Apesar disso, recomenda o modelo para jovens jogadores terem a oportunidade de vestir a camisa de um clube grande.

“É um risco para os dois lados, tanto para o clube quanto para o jogador. Do jeito que está a crise de clubes, vale a pena. É complicado, o mercado hoje está muito supervalorizado. O jogador brasileiro não quer mais ir para fora, ele ganha muito bem aqui hoje”, comentou o agente.

O empresário Guilherme Miranda, que trabalha com o lateral direito Luis Felipe, que está deixando o Palmeiras, afirma que um atleta de ponta sempre terá uma proposta melhor do que o contrato por produtividade na hora de escolher. Desta forma, quem optar por oferecer esse tipo de contrato vai perder na concorrência.

“Jogador muito bem remunerado não vai correr risco. A máxima é que jogador que joga é sempre barato para o clube. Ele dá retorno. O problema é que tem quem receba muito e não jogue. Se for para apostas, nomes menos tarimbados, ou em final de carreira, aí é válido”, avaliou.

“É o método deles agora. Vai depender de um monte de coisa, tem que ver os parâmetros que vão colocar. Nossa cultura não é essa, mas eles têm todos os direitos de apresentar, e o jogador de aceitar ou não. Os clubes faziam isso quando o jogador tinha histórico de contusão, de balada. Não sei se isso pega”, acrescentou Cláudio Guadagno, empresário do volante Márcio Araújo, que negocia para renovar contrato com o Palmeiras.

Junior, agente que trabalha com Wagner Ribeiro, empresário de nomes como Neymar e Lucas, vê a iniciativa com bons olhos na teoria, mas sabe que, na prática, dificilmente funcionará no Brasil. Só seria viável caso os clubes se unissem para adotar esse modelo, algo que está longe de acontecer.

“Você evita erros e os clubes contratam com mais segurança. Mas a verdade é que jogadores renomados não gostam disso. Apesar disso, se pratica muito na Europa”, disse. Outro problema, segundo ele, é a alta rotatividade de técnicos.

“Chega um novo treinador, saca o cara do time e ele perde as bonificações”, justificou.

Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, defende a ideia de que o atleta pode vir a receber muito mais com a produtividade atrelada ao contrato do que ele receberia com o salário normal. É uma prática muito comum no mundo dos executivos de grandes corporações, mas encontra resistência no futebol brasileiro.

“Em toda mudança você encontra uma resistência inicial, até as pessoas envolvidas entenderem a filosofia. Com o Kleina foi mais fácil devido ao ótimo relacionamento dele com o clube, sempre tivemos um diálogo transparente. A minha transparência me deu credibilidade para que ele entendesse a filosofia da ideia”, afirmou.

O contrato de produtividade prevê bonificações de acordo com metas atingidas. No caso, podem ser a quantidade de jogos disputados, títulos etc.

“Já iniciamos o conceito da produtividade na hora de pagar o ‘bicho’, foi assim que fizemos em 2013. Estamos tentando chegar a uma forma ideal para deixar essa produtividade muito clara. O conceito da produtividade não é pagar menos, mas pagar muito mais do que receberia”, explica Nobre.

O Bom Senso FC, movimento encabeçado por diversos atletas e que luta por mudanças no futebol nacional, prefere não opinar sobre o tema por enquanto. Por meio de sua assessoria de imprensa, disse que “o foco do momento não é esse. Não é debater isso agora, e sim o calendário”, completando que o modelo de negócios é uma “opção de cada clube”.

Já a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf), por meio de seu presidente, Rinaldo Martorelli, afirmou “que só poderá avaliar de forma jurídica o contrato se tiver o modelo. Não tem como avaliar se é bom ou não baseado em hipótese, já que nenhum jogador se manifestou sobre o assunto”.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Palmeiras prioriza renovações de cinco jogadores do atual elenco

Por Marcelo Hazan

O Palmeiras corre atrás de reforços para o centenário e também começa a definir a permanência de jogadores do atual elenco. Dentre os 13 atletas com contratos encerrados no fim deste ano, cinco são vistos como prioridade. O clube quer manter Leandro, Vilson, Charles, Marcelo Oliveira e Márcio Araújo. Na última quarta-feira, diretoria e comissão técnica conversaram para seguir definindo estas pendências. Assim como fez com Gilson Kleina, o Verdão propõe contratos de produtividade aos atletas. Ou seja, vai pagar salários mais baixos do que os de mercado, mas concederá bônus por metas.

A ideia é acertar com esse quinteto e depois analisar a situação dos demais. São eles: Ananias, André Luiz, Bruno, Fernandinho, Ronny e Wendel, que diz ter um acerto verbal para permanecer. Além deles, Rondinelly e Léo Gago estão na mesma situação, mas não devem ficar. Isso porque o Verdão enviou ao Grêmio documento oficializando o desejo de renovar com Leandro, mas não fez o mesmo pela dupla, deixando clara a falta de interesse na permanência deles. Os três e Vilson, que definirá seu futuro diretamente com o Palmeiras, foram trocados no mesmo pacote por empréstimo pelo argentino Barcos.

O caso de Leandro é o mais adiantado. Após entrar em contato com o Grêmio para renovar o empréstimo até dezembro de 2014, o Verdão precisa acertar com seu agente, Gilmar Veloz, o novo salário do atleta. Já com Vilson o Palmeiras enfrenta mais dificuldades. Há distância entre o que o clube deseja pagar e o zagueiro receber.

Para ficar com Charles e Marcelo Oliveira até o fim da próxima temporada, o Palmeiras também pode exercer opção unilateral. Basta comunicar sua intenção ao Cruzeiro, dono dos direitos econômicos dos atletas, e acertar salários. A dupla foi trocada por Luan, cedido pelo mesmo período para a Raposa, que deseja mantê-lo em Minas Gerais. Charles e Marcelo Oliveira já manifestaram o desejo de seguir no Verdão.

Por fim, Márcio Araújo, atleta com mais jogos do elenco alviverde (252), também conversa para permanecer. O agente do volante foi chamado para negociar e ele é muito elogiado por Kleina.

Além de renovar com esses jogadores, o Verdão também deseja contratar laterais (um esquerdo e um direito), zagueiro, meia e centroavante. O clube também já sabe que não contará com Luis Felipe, prestes a ir para o Benfica, de Portugal. Nomes como Anderson (Fluminense), Lúcio (São Paulo), Lucas Lima (Sport), Elano (Grêmio) e Bruno César (Al Ahli) estão na mira.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Kleina aprova chegada de dupla ex-Seleção, meia e laterais sul-americanos

Por Caio Carrieri e Fabricio Crepaldi

Para ganhar um salário maior, Gilson Kleina precisará mostrar resultados em campo. Logo, necessita de um time bom. É o que o treinador tem tentado montar já no início do mercado do Verdão, pelos nomes que ele tem aprovado para atuar no clube em 2014.

Entre desejos do comandante e oferecidos ao clube, segundo o LANCE!Net apurou cinco receberam o aval da comissão técnica: o zagueiro Lúcio, encostado no São Paulo; os laterais-direitos Stefan Medina, do Atlético Nacional (COL) e Jorge Moreira, do Libertad (PAR); o meia Elano, hoje reserva do Grêmio; e Bruno César, do Al-Ahli (SAU). Todos estão na lista de possíveis reforços do Alviverde para o centenário.

Com larga experiência na Seleção Brasileira, Lúcio e Elano foram oferecidos ao Palmeiras e agradaram ao treinador. Um empecilho são os altos salários que ambos recebem. Mesmo assim, Kleina deu sinal verde caso o clube tenha condições financeiras.

Já os laterais esbarram na questão do número de estrangeiros em cada equipe. Hoje, o máximo é de três (o Verdão tem Mendieta, Eguren e Valdivia), mas a CBF deverá aumentar para cinco já no próximo ano.

Caso isso aconteça, o Palmeiras tentará a contratação de um dos dois. Moreira é um antigo desejo do treinador alviverde, que já declarou admirar muito o futebol do paraguaio. Em julho houve uma tentativa por ele, mas o negócio não foi para a frente. Já Medina, de 21 anos, que tem dois jogos pela seleção da Colômbia, agradou à comissão técnica e é outro da lista de Kleina. Por enquanto, segundo o Atlético Nacional, o próprio jogador e seu representante, ainda não aconteceu nenhum contato do Palmeiras para negociar.

Para a meia, o nome aprovado pelo treinador é Bruno César. O clube fez um contato pelo jogador, que interessa a outras agremiações. Com contrato até 2016, o empréstimo seria o mais viável agora, já que comprá-lo seria muito caro. O ex-corintiano não esconde o desejo de defender o Alviverde.

Mesmo com a demora para renovar seu contrato, Kleina já deu o aval para várias contratações. Para concretizá-las, a diretoria pretende encontrar parceiros e investidores, já que o clube tem pouco dinheiro.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Brunoro confirma interesse do Palmeiras em Bruno César

Por Diego Iwata lima

O diretor executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, confirmou à Folha que o Palmeiras está de fato estudando a contratação do meia Bruno César, atualmente no Al-Ahli, da Arábia Saudita.

“O Bruno está no nosso radar”, afirmou Brunoro.

O jogador de 25 anos foi oferecido ao Palmeiras pela Traffic, que representa o atleta. De acordo com Marcos Casseb, executivo da empresa, Bruno César está disposto a receber salários menores do que os atuais para atuar pelo clube alviverde em 2014.

“O dinheiro não é a prioridade. Estamos interessados em um bom projeto para o Bruno jogar em 2014. E o Palmeiras demonstra ter um projeto sólido”, disse Casseb.

Para trazer o jogador de volta ao Brasil, o Palmeiras não precisaria desembolsar os R$ 16 milhões que custam os direitos econômicos do meia.

“Nós já conseguimos abrir a possibilidade de o Bruno vir ao Palmeiras por empréstimo”, revelou Casseb.

Aos 25 anos, Bruno César se destacou pelo Corinthians em 2010 e foi negociado com o Benfica. Mesmo sem muito brilho no clube português, o jogador acabou negociado com o Al Hilal. Na Arábia, Bruno jogou bem, mas não se adaptou à cultura local.

O técnico Gilson Kleina já demonstrou entusiasmo com a possibilidade de contar com o jogador em 2014.
Bruno César já atuou pelo Palmeiras. Em 2007, o meia jogou pelo Palmeiras-B e pelo sub-20.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Com nomes à frente, Lucas Lima fica em segundo plano no Palmeiras

Por Fabricio Crepaldi

Outro nome cogitado no Palmeiras para o próximo ano é o do meia Lucas Lima, que pertence ao Internacional, mas estava emprestado ao Sport. Porém, por enquanto não foi aprovado pela comissão técnica do Verdão, apesar de Gilson Kleina já tê-lo elogiado.

Recentemente o próprio atleta disse que “ficou sabendo” de um possível interesse do Alviverde nele, mas a princípio não é um nome com aval para reforçar o elenco. Uma possibilidade seria envolvê-lo em uma troca por Luan, que está nos planos do Colorado.

Segundo o ex-diretor da base, Jair Jussio, Lucas já teve uma breve passagem pelo Palmeiras B. Porém, sumiu do clube.

“Lucas Lima veio para o time B em 2011, ficou 30 dias. Acertei salário e tudo, mas ele sumiu. Apesar disso, é bom jogador”, postou ele nesta quarta em seu Twitter.

Lucas Lima se destacou na Série B jogando no Sport.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Por reforços, Palmeiras testa a paciência e espera por Lucas Lima

Por Daniel Batista

O Palmeiras pretende anunciar pelo menos um reforço antes de acabar o ano, mas precisa ter paciência. Alguns dos jogadores que interessam ao clube estão em uma semana decisiva – ou vão entrar em campo nos clubes atuais para lutar pela permanência na Série A ou tentar uma vaga na Libertadores. Caso por exemplo do meia Lucas Lima, do Internacional.

Mais do que pensar em montar o time no ano que vem, a preocupação dos dirigentes colorados é escapar da queda, mesmo com pouco risco de rebaixamento. Após garantir a permanência na elite, o clube gaúcho deve abrir negociações para a troca de Lucas Lima por Luan.

O meia, que atuou emprestado pelo Sport neste ano, foi um dos primeiros indicados por Gilson Kleina, que acompanha e admira o jogador de 23 anos. Como o time gaúcho já manifestou o interesse em Luan, que foi campeão brasileiro pelo Cruzeiro, a ideia seria propor uma troca. Lucas Lima, inclusive, chegou a treinar no extinto Palmeiras B em 2011, ficou cerca de 30 dias, mas não entrou em acordo com o Verdão.

O empresário de Luan, o ex-jogador Magrão, admite contato da equipe gaúcha. “Ele se valorizou bastante por ter sido campeão brasileiro e o Inter é um dos interessados. O Cruzeiro também pode ficar com ele por mais um tempo. Mas, em relação ao Inter, eles estão pensando mais no Brasileiro. Semana que vem devemos ter alguma novidade”, disse Magrão, em entrevista ao Estado.

O atacante deixou o clube debaixo de muitas críticas, teve uma passagem discreta no Cruzeiro e, apesar do interesse de outras equipes, ele quer voltar ao Palmeiras, contrariando seu agente.

“O Luan tem um carinho muito grande pelo Palmeiras e gostaria de voltar. Nós que temos mais tempo no futebol, entendemos que não é a hora dele retornar, mas temos que respeitar sua vontade”, disse Magrão.

Outro que interessa ao Palmeiras, o lateral-direito Medina está na fase final do Campeonato Colombiano com o Atlético Nacional e, após o término da competição, também pode fechar – desde que a CBF autorize amanhã o aumento no número de estrangeiros por clube, de três para cinco.

BRUNO CÉSAR QUER VIR

Nesta quarta-feira, outro atleta que pode chegar admitiu o interesse do Palmeiras. O meia Bruno César, do Al-Ahli, da Arábia Saudita, foi oferecido e seu nome agradou aos dirigentes e a Gilson Kleina.

“Sou profissional e vou defender a camisa do meu time, independente se tive uma passagem boa pelo Corinthians. Tem de ver que outros jogadores já passaram pelas duas equipes e isso não tem problema nenhum”, disse o jogador, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

A empolgação em poder retornar ao Brasil é tão grande que o meia aceitaria abrir mão das férias. “Se for para o Palmeiras mesmo, vou ter de correr por conta das datas. Se tiver de ficar sem férias, paciência”, minimizou. Bruno César foi dispensado do Palmeiras em 2007. Ele foi promovido do time B para o principal, mas não agradou ao técnico Caio Júnior e foi liberado para procurar clube.

Segundo o jornal AS, da Espanha, o Rayo Vallecano sonha com a contratação do meia Valdivia, mas o jogador não tem interesse em deixar o Palmeiras.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Palmeiras vai construir ‘hotel’ em seu CT

Por Diego Iwata Lima

O Palmeiras começa nesta semana uma reforma para modernizar a Academia de Futebol, seu centro de treinamento, inaugurado em 1991.

Parte do ginásio de esportes existente no local vai ser demolida para a construção de um hotel para concentração dos jogadores, entre outras melhorias.

No projeto das instalações, que servirão de alojamento para os os jogadores profissionais durante os períodos de concentração, haverá mais de 30 quartos, além de piscina, sala de jogos, auditório para palestras e minicinema.

A previsão para a conclusão da obra, no valor de R$ 8 milhões, é janeiro de 2015.

Antes disso, por volta de junho do ano que vem, o clube já espera inaugurar novas instalações para os departamentos médicos e de fisiologia –além dos refeitórios.

De acordo com José Carlos Brunoro, diretor executivo do Palmeiras, 80% da obra serão bancados pela Ambev.

O dinheiro será repassado ao clube por meio do programa “Movimento por um futebol melhor”, ligado aos programas de sócios torcedores dos clubes, que também tem levantado fundos para outras agremiações.

“Para os 20% restantes vamos tentar alguma parceria ou patrocínio”, diz Brunoro.

A reforma não vai mexer com os campos de futebol da Academia, considerados satisfatórios pela diretoria.

Além dos profissionais do futebol, as categorias de base e atletas de outros esportes poderão utilizar o local eventualmente.

CONCESSÃO

O Palmeiras não demonstra preocupação com o fato de a Academia estar localizada em um terreno concedido pela prefeitura ao clube por tempo determinado.

O Palmeiras pode ocupar o local até 2078.

“A nossa concessão ainda vai durar quase 70 anos. Poderemos aproveitar bem as instalações”, diz Brunoro.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Sob interesse espanhol, o Palmeiras venderia Valdivia?

Segundo o jornal espanhol As, publicação de Madri, o Rayo Vallecano deseja o futebol de Valdivia já para janeiro. Trata-se de uma indicação do técnico do clube, Paco Jémez, que já trabalhou com o jogador no mesmo Rayo, na temporada de 2003/2004.

E daí? Se a proposta espanhola chegar, qual seria a reação do Palmeiras? Não creio que seja oferta das mais atraentes, pois o Rayo Vallecano está longe de ser um dos grandes de Madri, com estádio que comporta pouco mais de 15 mil pessoas. Em todo o caso…

Quanto ao Palmeiras, se topasse o negócio, estaria se desfazendo de seu melhor jogador, tecnicamente. No entanto, em relação ao custo-benefício, o craque Valdivia é um dos piores negócios que já testemunhei, desde a sua segunda passagem pelo clube, quando se mostrou um verdadeiro recordista de lesões musculares. E tão sucessivas que até o técnico da seleção chilena, Jorge Sampaoli, fã do jogador, mostra-se apreensivo quanto à sua utilidade na Copa do Mundo, se não der um jeito no físico e nos músculos.

É um dilema, bem sei. Em minha opinião, em todo o caso, a não ser que seja uma proposta mirabolante, deixaria Valdivia por aqui mesmo.

E o amigo internauta, o que faria?

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

• Palmeiras quer diretor de futebol em 2014

Por Bruno Andrade

O presidente Paulo Nobre bateu e martelo e aceitou a contratação de um diretor de futebol para o Palmeiras em 2014. A diretoria quer que o novo profissional faça o meio campo entre o diretor executivo José Carlos Brunoro, que também cuida do marketing e dos esportes olímpicos, e o gerente Omar Feitosa. A criação do cargo executivo era um velho sonho do presidente.

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Livre da faca

O atacante Vinícius recebeu uma ótima notícia nos últimos dias: ele não vai precisar passar por cirurgia no tornozelo direito. “Era uma possibilidade que preocupava”, admite o agente dele, Hugo Garcia.

• Bicho dobrado

Pelo novo contrato, Gilson Kleina terá direito a ganhar um prêmio duas vezes maior do que os demais jogadores do Palmeiras por vitória na próxima temporada.

••

OUTRAS NOTÍCIAS :

GAZETA ESPORTIVA NET → Palmeiras inicia obras para modernização e ampliação da Academia
 
ESTADÃO ONLINE → Palmeiras inicia obras de modernização do seu CT
 
LANCENET → Palmeiras inicia reforma do CT com previsão de entrega em 2015
 
UOL ESPORTE → Palmeiras anuncia início das obras de modernização da Academia de Futebol
 
SPORTV → Cereto diz que Palmeiras está em busca de reforços de peso para próxima temporada

••

26 respostas em “Verdão na Mídia 05-12-2013: Contrato de produtividade não funciona para atleta de ponta, avalia mercado ❘ Uol Esporte”

BOM SR JAIR

O SR ERA DIRETOR DA BASE , QUANDO O LUCAS LIMA PASSOU PELO PALMEIRAS , ESTA MUITO ERRADA AS SUA INFORMÇÕES QUE LUCAS LIMA SUMIU . ELE NÃO SUMIU , O PALMEIRAS NÃO QUIZ APROVEITA-LO COMO ELE TERIA CONTRATO COM INTERNACIONAL DE LIMEIRA , ELE ACABOU VOLATNDO PARA SERIE A3 , ENTÃO O PALMEIRAS PERDEU POR NEGLIGENCIA E FALTA DE CONHECIMENTO DO ATLETA , CUJO NÃO ERA QUALQUER ATLETA TINHA CONTRATO COM A INTER DE LIMEIRA , PARA ONDE ELE VOLTOU E MAIS COISAS QUE ACONTECEU , DEIXA PRA LA O RUIM QUE PALMEIRAS TEVE A CHANCE DE TER UM GRANDE ATLETA , ONDE O DEPARTAMENTO TEM QUE SABER QUE ERROU , NÃO QUERO DIZER POR INCOMPETECIA , MAIS POR NEGLIGENCIA , ESTA TUDO DOCUMENTADO

Palmeiras quer gastar R$ 10 milhões numa obra que será demolida

O Palmeiras quer construir instalações no CT que utiliza na Barra Funda que, à princípio, estão sendo orçadas entre R$ 8 e 10 milhões.

Significa, evidentemente, seguindo o padrão brasileiro de orçamentos, que custarão mais.

Estranho gasto para um clube já informado pela Prefeitura sobre a não continuidade do acordo de utilização do terreno.

Ou seja, terá que deixar o local.

Por que tentar viabilizar a construção em propriedade do clube ?

A quem interessa a obra na Barra Funda, então ?

Não se sabe, ainda, mas o empenho de José Carlos Brunoro em explicar o empreendimento a dirigentes e amigos da imprensa nos dão alguma dica sobre os possíveis felicitados.
by paulinho

Estamos analisando… a semana que vem vamos cuidar disso…. é um nome interessante… estamos estudando essa situacao… vamos definir isso nos próximos dias (os mantras da diretoria do Palmeiras: depois chegam Rivaldo genérico, os Max – o original e o Pardalzinho – Michael Jackson, Ivo e outros perebas).

Contrato de produtividade é o novo nome dado à incompetência. De 3 anos para cá, o Palmeiras só consegue contratar jogadores que ninguém quer ou quando não há concorrência.

Parece que as coisas não são bem assim. Começou o noticiário de que Gremio, atletico, portuguesa, vasco entre outros que ainda não sabemos. O futuro é esse, se não readequar esses salários extratosfericos, os clubes irão quebrar. Aposto que daqui alguns dias que sá meses, todos os clubes vão adotar esse tipo de remuneração pros seus atletas. Ou vcs acham que os empresários e seus pupilos iriam gostar dessa ideia? Quero ver se a maioria dos clubes adotassem essas idéias eles continuaram com esse pensamento.

Eu desisto, Charles e Marcelo Oliveira renovando… Esses caras foram limados do cruzeiro quando a raposa quase foi rebaixada, agora são prioridades no Palmeiras.

Marcelo Oliveira é BIZARRO, jogador dispensado do corinhians e cruzeiro, futebol abaixo da média, marca mais ou menos e não sabe passar do meio campo com a bola dominada no mano a mano é uma tragédia, basta lembrar das atuações desse desgraçado na libertadores.

Charles é o pior tipo de jogador de futebol que existe, volante de origem que se beneficiou por jogar de terceiro homem de meio campo, o MERDA não precisava marcar e chegava como homem surpresa, assim até minha bisavó conseguiria destaque, quando esse VERME precisou jogador de volante foi um fiasco, marcando mal e com qualidade ZERO no apoio, quando leio essas noticias fico cada vez mais desanimado para o ano que vem.

Eu sempre fui um dos Palmeirenses mais fanáticos que já conheci, já fui em mais de 200 jogos do Palmeiras, mas se jogadores como Wendel, Charles, Marcelo Oliveira e Marcio Araujo renovaram eu vou cancelar aquela merda de AVANTI e vou me afastar do Palmeiras até que ele volte pensar grande, NÃO TEM CABIMENTO, É PENSAR PEQUENO DEMAIS… Pra se ter ideia dos quatro atletas que citei, todos podem jogar de volante, O JOÃO DENONI que é da base e ganha uma mixaria joga muito mais que esses quatro merdas juntos e ão tem oportunidade. E AINDA QUEREM QUE O PALMEIRAS VOLTE A SER CAMPEÃO…

EU DESISTO!

Espero não ter que falar que essa gestão é uma Merda, igual o Tirone foi. Vou esperar para ver o Elenco que o Kleina terá para trabalhar.

Se querem mudar alguma coisa no Palmeiras, comecem tentando tirar o Mustafá de lá. Atacar qualquer outra pessoa não vai adiantar nada.

Pegar a opinião de Claudio e W. Ribeiro sobre contrato de produtividade é a mesma coisa q nada. Dois dos maiores exploradores dos quais eu tenho fortes dúvidas com relação ao carater….só faltou pedir a opinião do Pepe Dioguardi. Basta ver a grande vontade do Neymar no começo desse ano, já sabendo q iria pro Barça….fizeram o Santos de refém ainda querendo levá-lo de graça pra Europa.
Torcedor reclamava q jogador era chinelinho, q encostava o corpo (na maioria das vezes q vi isso nesse futebol recente, por coincidencia, os jogadores eram emrpesariado por esses 3). Qdo chega alguém e bate com o pau na mesa pra acabar com essa palhaçada, são criticados. Vai entender. Criticar é fácil, quero ver é apresentar solução melhor.
Tudo é hipotético nesse caso, já q não temos noção de valores iniciais, nem finais dos contratos, então, estamos apenas numa discussão num bar virtual (minha cerveja está aberta e gelada aqui do meu lado…a de vcs tb?).
Qto aos reforços, pra mim, da forma como está sendo, o Bruno César já está contratado, aguardando a abertura da janela pra ser apresentado, e pra mim um baita reforço, já q só temos o Charles como chutador de longe, sobre a dupla Elano e Lucio, tenho minhas dúvidas qto ao preparo físico…..o Elano é multifuncional e pode render muito. Já o Lucio, tem q estar em forma e se estiver, joga mais q o Henrique fácil. Talvez serei criticado pela minha opinião, já q pra muitos só vão se lembrar de algumas trapalhadas dele no começo desse ano, como se fosse fácil jogar fora de forma e ao lado do Rodolfo e no jogo do Brasil contra a Holanda na copa 2010. mas enfim, opinião, cada um tem a sua.
Mas o q mais me espanta mesmo, é criticarem o tal contrato de produtividade. Vamos combinar q 300.000 por mes pro Kleina é um valor alto, não duvidando da capacidade dele (pra mim ainda está muito vivo na memoria aquela sequencia de goleadas q demos na serie B, onde começaram a bater demais pra segurar nosso time..basta ver o q apanhamos no jogo contra o Avaí no returno q a partir daí foi onde ele mudou completamente a nossa forma de jogar, talvez visando só garantir o acesso e o título, afinal série B não é lugar de espetáculo), mas foi um contrato assinado no desespero por uma diretoria amadora. A atual diretoria apenas corrigiu o erro, dando possibilidades pro Kleina ganhar até mais do q já ganhou. Afinal, quem aqui não quer ser campeão? Melhor um elenco comprometido com um objetivo, do q dois ou tres estrelinhas só preocupados com o dinheiro pingando na conta corrente no fim do mes. Pra mim, ponto pro Brunoro e Nobre.

Credo, eu juro que tinha muita esperanca no Palmeiras depois da Serie B…

Infelizmente ja estou com aquele velho sentimento de descrença+raiva que todo final e começo de ano representa pros Palmeirenses. Credo, to cansado.

Enquanto muita gente reclama de várias coisas, venho aqui implorar para a diretoria do Palmeiras NÃO RENOVAR o contrato do pseudo goleiro Bruno e digo o pq:

1- Foi o responsável direto pelo rebaixamento do Palmeiras; toda bola que ía entrava facilmente e inúmeras bolas defensáveis entravam também.

2- Foi o BOBO alegre que tomou aquele gol do Ronaldo ao não sair do gol naquele escanteio ridículo

3- Foi o principal responsável pela eliminação da libertadores e paulista desse ano.

4- É um jogador acomodado que só pensa em outras coisas que não seja futebol

5- Conseguiu ser terceiro reserva da Portuguesa quando foi emprestado para lá

6-Para participar do Bom senso futebol clube aparecendo em fotos ele é bom, para treinar e tentar ser um goleiro de verdade não aparece

7- Tem uma mania de ficar estralando aqueles dedinho antes dos jogos que já demosntra que as bolas irão passar por suas mãos invariavelmente

8- Parece que gosta de tomar gols somente para aparecer nos melhores momentos ou gols do fantástico

Se alguém lembrar de mais alguma por favor acrescente

Abs e BRUNO NUNCA MAIS

Curiosa matéria do UOL afirmando que jogador de ponta não aceitaria contrato por produtividade. Ainda bem que não temos mais jogadores de ponta no Brasil.. assim, todos que estão por aí podem aceitar a nova ideologia de contratação – que ao meu ver – é ótima. O cara que se garante, vem. O perna-de-pau que só quer ganhar dinheiro, não.

Ter esperança em êxitos em pleno ano de centenário com Paulo Nobre e Brunoquio, é buscar milagres sem se disponibilizar de trabalho, a “dupla´´, esta mostrando que a capacidade politica do Palmeiras em produzir IDIOTAS, esta em pleno vapor, não há uma sequer linha dos pronunciamentos midiáticos da “dupla´´, que servem de parâmetro para o tal “profissionalismo´´, tão lardeado por muitos que apoiam linhas de “planejamento´´, que foram ditas por inúmeras vezes, sem contexto e conteúdo, hoje somos mais pobres em estrutura, que muitos clubes, que a décadas estavam bem distantes do Palmeiras que eu e muitos vimos liderar o futebol tupiniquim, o tal “hotel´´, foi projetado em 1992, só que MUMU, impediu seu prosseguimento, afinal, criar puxadinhos na sede Palestra Itália, sempre lhe renderam votos!

“Atenção craques do planeta futebol, grande oportunidade. Jogue em um Clube grande com expectativas pequenas por um salario baixo e com oportunidade de ganhar bônus (salario + bônus = salario fixo nos outros clubes grandes e até médios do Brasil). BOA SORTE AOS CORAJOSOS E A + 15 MILHÕES DE TORCEDORES. FELIZ 2014

A reforma do CT/Academia é o tipo de noticia que me alegra. Na minha visao isso além de ganho patrimonial é ganho institucional, e o Palmeiras anda precisando das duas coisas. Legal o hotel e as instalacoes para o setor de fisiologia/fisioterapia, estamos correndo atras do prejuizo em relacao aos rivais mas vamos chegar. O Rosan ex-Sao Paulo está realmente no Palmeiras e tem coordenado isso? Se alguém souber por favor me esclareca. No aspecto patrimonial esta noticia do CT e a provavel inauguracao da Arena no próximo ano representam um grande avanco ao Verdao. Falta ainda instalacoes adequadas para a base, que deve ser foco do proximo planejamento da diretoria.

Contratos de produtividade funcionam com quase-ex-jogadores-em-atividade… tipo Lucio, e talvez Elano (sinceramente não acompanhei sua passagem pelo Gremio, aquele jogaodr da Santos seria bem-vindo…)… jogador bom sempre terá um contrato mais vantajoso (no sentido de ganhar sem qualquer compromisso).

Respeito tua opinião, mas se olharmos os principais nomes de boleiros que atuam no futebol brasileiro atualmente, verás que jogador caro e renomado está sendo um péssimo investimento:
Rafael Moura, Leandro Damião, Scocco e Alex (Internacional) – retorno: zero
PH Ganso, Luis Fabiano e Lucio (São Paulo) – retorno: zero
Barcos, Vargas e Kleber (Grêmio) – retorno: zero
Wagner e R. Sobis (Fluminense) – retorno: zero

Os melhores negócios estão nas apostas e nos jogadores mais velhos (que embora estejam em final de carreira estão jogando muita bola).

Quer dizer que o GK vai ganhar “bicho” dobrado por vitória…………..ta errado, não é este tipo de bônus que deveria ser oferecido, não pode ser por vitória simples, tem que ser pelo conjunto da obra. Vai gerar cíumes entre elenco e técnico, por mais “paizão” que ele possa ser. OU realmente eles vão correr pelo treinador e engordar a conta bancária dele. Vamos ver.

“O empresário Guilherme Miranda, que trabalha com o lateral direito Luis Felipe, que está deixando o Palmeiras, afirma que um atleta de ponta sempre terá uma proposta melhor do que o contrato por produtividade na hora de escolher. Desta forma, quem optar por oferecer esse tipo de contrato vai perder na concorrência.” Será que só o Brunoro e o Nobre não sabem disso? Ou, só propuseram o modelo para conseguir reduzir o salário do nosso treineiro?

Ou será porque alguém, que possui influência sobre pessoas que aprovam finanças, ordenou um corte nos investimentos do futebol? Com certeza sabem da falta de capacidade do treinador e de jogadores com os quais tentam renovar o contrato. Será que os nomes do Bielsa e outros jogadores de nível vazaram/estão vazando ou aparecem de propósito, como uma tespécie de “justificativa disfarçada” pelo que vem e não vem por aí?

Nosssa, o Brunoro trabalha tanto assim.
Ei KLEINA seu ….. leva o MÁRCIOA ARAÚJO PARA SUA CASA, SEU …
Esperar o quê de GILSON KLEINA, PAULO NOBRE, FEITOZA E BRUNORO. Não nos esqueçamos que quem manda é o Mustaphá Contursi. Em relação a Bruno, Márcio Araújo etc. não adianta falar mais nada. Nossa diretoria zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

Os comentários estão desativados.