Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 09-12-2013: Leandro vai contra política de Nobre e quer aumento para seguir no Verdão ❘ Globo esporte Com

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Leandro vai contra política de Nobre e quer aumento para seguir no Verdão

Por Marcelo Prado

Entre Palmeiras e Grêmio, o acordo está encaminhado. Mas, para que o atacante Leandro continue jogando no Verdão na próxima temporada, ainda falta acertar o salário do atleta que foi o artilheiro da equipe em 2013, com 19 gols. E é isso que o empresário Gilmar Veloz buscará nesta semana, quando virá a São Paulo para se reunir com o diretor executivo do alviverde, José Carlos Brunoro.

A negociação não será fácil. Isso porque, apesar de adaptado ao clube, Leandro já deixou claro que quer ser valorizado para continuar. E isso vai contra o que pensa o presidente Paulo Nobre, que está adotando o modelo de produtividade no clube. O atacante seguiria ganhando o mesmo salário e receberia alguns prêmios por metas alcançadas. O técnico Gilson Kleina, por exemplo, teve de reduzir seus vencimentos para permanecer.

– Minha vontade é permanecer, estou muito feliz no Palmeiras, mas isso não depende só de mim – afirmou o jogador, logo após a goleada sobre o Ceará, ainda pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Na última, contra a Chapecoense, o goleador acabou poupado pela comissão técnica.

Para continuar com Leandro, o Palmeiras tem duas opções: adquirir os direitos por € 5 milhões (R$ 16 milhões) ou renovar o empréstimo gratuitamente por um ano. Se a segunda alternativa for a escolhida, o clube paulista perde os 15% a que teria direito se o atleta fosse negociado. Leandro foi um dos atletas do Grêmio incluídos na negociação que levou o argentino Hernán Barcos para Porto Alegre.

Nas conversas que teve com a diretoria, Gilson Kleina deixou claro que conta com Leandro para formar a dupla de ataque titular com Alan Kardec. Mesmo assim, a diretoria busca novas peças para o setor, já que Vinícius interessa a clubes da Europa e Ananias só tem contrato até o final do Campeonato Paulista.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Desinteresse da diretoria incomoda atletas em fim de contrato

Por Fabricio Crepaldi e Felipe Lucena

Os jogadores que não têm o futuro definido estão incomodados com a falta de explicação da diretoria do Palmeiras, ou até pelo desinteresse deles em tentar resolver a situação rapidamente.

Eles se queixam de que a cúpula promete que entrará em contato para negociar, mas não fez isso no prazo estipulado e o atleta tem de ir atrás do clube depois.

Um desses jogadores já chegou a procurar a reportagem do LANCE!Net para saber se tinha alguma informação da permanência ou não dele no Alviverde em 2014, já que a direção não dava nenhuma explicação direta para ele.

Segundo esse mesmo atleta, essa parte do elenco conversa e ninguém sabe sobre como será o futuro. Na visão deles, além de não definir o que será feito no Palmeiras, ainda impede que já consiga negociar com outros times.

Muitos deles, inclusive, ou já viajaram ou viajarão para o exterior para aproveitar as férias, sem saber onde estarão em 2014.

Aluguel de apartamento e escola dos filhos são as outras maiores preocupações desse grupo.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Palmeiras define cinco nomes como prioridades para renovação

Por Fabricio Crepaldi e Thiago Ferri

A comissão técnica do Palmeiras já definiu os jogadores em fim de contrato que são as prioridades para a diretoria renovar. São eles: o atacante Leandro, o zagueiro Vilson e os volantes Márcio Araújo, Marcelo Oliveira e Charles.

Dos 13 atletas com vínculo até o fim do ano, são estes que a cúpula ou já começou a negociar uma prorrogação ou fará isso nos próximo dias.

Os casos mais complicados são os de Leandro e Vilson. O primeiro ainda tem contrato com o Grêmio, mas o Verdão tem a prioridade para renovar. O problema é que ele pedirá um aumento substancial após a boa temporada que realizou. As conversas estão em fase inicial ainda.

Já Vilson não tem mais ligação com o Tricolor gaúcho, mas as tratativas estão emperradas. Havia um valor acordado para a renovação antes, mas agora o Alviverde quer pagar menos e já chegou a sinalizar um contrato por produtividade.

Charles e Marcelo Oliveira pertencem ao Cruzeiro e o Palmeiras também tem a prioridade para renovar. Nesse caso, ambos já deixaram claro que querem permanecer e não deve haver grandes obstáculos para o acerto, até porque os dois não foram sempre titulares em 2013.

Márcio Araújo é o único que já era do Verdão antes. Ele quer ficar e Gilson Kleina gosta muito do jogador. Ainda não houve conversas, mas elas deverão começar nos próximos dias, uma vez que é visto como um jogador fundamental para a equipe.

Com os cinco colocados como prioridades, parte dos outros oito ficará em situação de “espera”. Isso porque a opção por renovar com eles vai depender dos reforços que o clube conseguir trazer até o fim do ano. Quem ficará nesta condição será Bruno, André Luiz, Wendel, Léo Gago, Ananias e Ronny. Caso a direção não tenha êxito em determinada posição, eles poderão ser procurados.

Fernandinho e Rondinelly completam a lista dos 13, mas já estão com as situações definidas. O primeiro retornará para o Oeste, com quem ainda tem contrato, enquanto o meia voltará para o Grêmio.

A demora nas definições tem irritado parte desses jogadores. Mesmo os que são prioridades não estão com nada avançado para definir a negociação.

Apesar da demora, o Palmeiras de 2014 já começa a ter um rumo. Resta saber se tudo que a direção planeja com os atletas dará certo.


Emprestados em situação igual

Além dos que estão em fim de contrato, os jogadores que estão emprestados a outros clubes e voltam no fim do ano também precisam ter suas situações definidas dentro do Palmeiras.

Tiago Real, Ayrton, Deola e Luan são os principais, mas a condição deverá ser a de esperar também. Caso o clube não consiga se reforçar como deseja, eles poderão ser opções. Os dois primeiros são os que têm mais possibilidades de alguma chance.

Luan está na mira do Internacional e não está nos planos da comissão técnica do Verdão, assim como o goleiro Deola.

Todos se reapresentarão no Verdão. Alguns jovens que estão emprestados também não deverão ser aproveitados.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Amigo de Kleina e na mira do Verdão, Alex desconversa sobre futuro

Sonho de consumo do Palmeiras para 2014, o meia Alex não sabe em qual equipe atuará na próxima temporada. Após a vitória do Coritiba por 1 a 0 sobre o São Paulo, neste domingo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, o jogador disparou críticas contra o presidente do Coxa e desconversou sobre seu futuro.

Questionado sobre um possível retorno ao Verdão na próxima temporada, o camisa 10 falou sobre sua relação com o técnico Gilson Kleina, mas negou qualquer negociação e disse que vai tomar uma decisão durante as férias.

– O Kleina é mais que um amigo, ele foi meu padrinho de casamento. Ele me ajudou muito desde menino, foi meu preparador físico desde o mirim. As nossas vidas esportivas caminharam juntas, só nos separamos quando eu me transferi para o Palmeiras e ele foi seguir o Abel Braga. Mas isso não muda nada não. Agora é um período de reflexão e descanso, principalmente porque foi um ano pesado. Nas férias, com a cabeça fria, a gente vê o que é melhor fazer – afirmou, em entrevista ao SporTV.

Depois de definir a renovação do técnico Gilson Kleina para a próxima temporada, a diretoria do Palmeiras agora trabalha para reforçar o plantel alviverde. O nome de Alex para o ano do centenário agrada aos dirigentes pelo fato dele ter uma grande identificação com a torcida.

– Não parei muito para pensar nisso. Com alguns resultados você perde muito tempo com isso. Consome muito da sua energia.

Agora não, com a cabeça fria dá para analisar melhor os fatos e aí sim tomar a decisão que neste momento eu ache que seja a correta – disse o meia, ainda no gramado do estádio Novelli Júnior.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Irritado com a diretoria do Coxa, Alex pode reencontrar Kleina

Por Luiz Felipe Fagundes

O Coritiba garantiu sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro ao vencer o São Paulo por 1 a 0, mas pode ter se despedido de sua grande estrela. O meia Alex, desapontado com o ano coxa-branca, agora sinaliza que pode aceitar a proposta do Palmeiras para ser a grande contratação do ano do centenário e se reencontrar com o técnico Gilson Kleina, um velho conhecido.

“Alguns resultados ruins te consomem muito a energia. Agora nas férias, com a cabeça mais calma, tomarei uma decisão correta. Minha carreira sempre seguiu junto com a do Kleina, já trabalhei bastante com ele”, disse o jogador, que não esperava chegar ao final do ano lutando contra a degola.

“No futebol brasileiro, não tem muito como imaginar isso. Vejam o Fluminense, que acabou rebaixado. Ninguém imaginava. Você às vezes vai para um time achando que a coisa vai ser redonda, mas não acontece. Existe planejamento, mas pode falhar”, analisou.

O desabafo tinha como alvo o presidente Vilson Ribeiro de Andrade, que publicamente cobrou o grupo e, como resposta, pode ter afastado o maior ídolo do clube de uma renovação.

“Vou conversar com o presidente e, se for para continuar assim, não dá. Ele falou muita besteira. Você ouve o dirigente do seu clube dizer que os jogadores não têm vergonha na cara… Não posso concordar. Engoli nessas últimas semanas, mas não dá. Se não houvesse dedicação, teríamos caído faz tempo. Mostramos a hombridade que muita gente achou que não tínhamos”, afirmou.

Alex, que jogou os últimos meses com uma lesão no pé, agora terá tempo para se recuperar e pensar em 2014. A condição, aliás, deveria ter sido digna de reconhecimento, mas virou agravante para rebater as críticas e abrir espaço para a sua saída do clube do coração.

“No memento em que todo o mundo vai para as férias, vou trabalhar, seja na mesa de cirurgia ou na fisioterapia. E nesse contexto a coisa feriu mais. Na imprensa, fica um diz que me diz, e não engoli até o momento. Mas foi graças a esse grupo de jogadores comandado pelo Tcheco, que foi fantástico, que conseguimos a permanência”, concluiu.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

BLOG DO ALEX MÜLLER

• Se vierem o elenco melhora muito

Confesso que ainda estou receoso sobre o nível de reforços que o Palmeiras irá contratar para a próxima temporada, mas, nesse primeiro momento, os nomes que estão sendo tentados pela diretoria me agradam.

O primeiro da lista é o meia Elano. Aos 32 anos e querendo mostrar que ainda tem muita lenha para queimar, o jogador seria muito importante para dar experiência e qualidade ao meio campo do Verdão. Titular fácil!

Já o zagueiro Lúcio é mais contestado. Mas se olharmos com a visão de que é um vencedor e que não teve chance no rival do outro lado do muro da Academia, certamente irá fazer de tudo para mostrar aos tricolores que ele foi injustiçado por lá. E já obtive informações que ele está louco para defender o Palmeiras, o que não deixa de ser positivo.

Quanto a Bruno César, apesar de ser uma aquisição financeiramente não muito fácil de ser concretizada, também acrescentaria em qualidade, além de não deixar mais o time dependente de Valdívia, que mais fica fora do que joga. Seria muito útil.

Sobre o ídolo Alex, mesmo com seus 36 anos de idade, mostrou pelo Coritiba que tudo girou em torno dele e se não fosse por seu futebol, o Coxa certamente seria rebaixado. Sou 100% a favor de seu retorno. O respeito dos adversários aumentaria imensamente ao vê-lo em campo com o manto alvi-verde.

Para a lateral direita, os nomes de Medina, do Nacional de Medellín-COL e Edílson, do Botafogo, estão presentes na lista de tentativas da diretoria palmeirense. Qualquer um que viesse jogaria de olhos vendados e de calça jeans molhada.

Para a lateral esquerda, o nome de Uendel, da Ponte Preta, é o mais forte. Se vier a mesma análise dada acima sobre a lateral direita aplico para a esquerda.

Ainda não vejo um nome forte para o ataque e isso me preocupa. Não acho que Leandro e Alan Kardec formam uma dupla consistente para dar conta em toda a temporada. São bons, mas é preciso ter pelo menos mais dois jogadores para fazer sombra ou até brigar pela titularidade. A não ser que Gílson Kleina treine a equipe com um meia avançado como atacante.

Se esses reforços forem adquiridos, o elenco melhorará muito. Podemos até imaginar uma escalação com Fernando Prass; Medina ou Edílson, Lúcio, Henrique e Uendel; Eguren, Elano, Bruno César, Alex; Valdívia e Alan Kardec.

Assim o time teria bastante qualidade e ainda contaria com um banco de respeito, com Vílson, Mendieta, Wesley, Leandro e até mesmo Juninho e Márcio Araújo, que não podem ser titulares absolutos, mas para um banco de reservas até que podem compor bem.

Aí você pode me perguntar: “Mas quem vai marcar nesse time?” Aí eu te respondo: “Quem vai se abrir muito para atacar um time desses?” Que saiam muitos gols no jogo, sempre com o maior número do lado palestrino.

Bem, essa é a minha opinião, mas gostaria de saber a sua também. Obrigado e um grande abraço verde a todos!!!

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ALEX MÜLLER

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

E Alex no Palmeiras?

Alex deu indícios de que poderá deixar o Coritiba e jogar pelo Palmeiras, ao criticar o presidente do Coxa, Vilson Pereira de Andrade, e elogiar o técnico palmeirense, Gilson Klein. E isso foi logo depois da vitória contra o São Paulo (1 a 0), triunfo que livrou o Coritiba da degola.

Na verdade, o Palmeiras busca jogadores em várias frentes. Alex pode ser um deles. Assim como não está descartado o interesse em Elano e Lúcio (desde que reduzam bem os seus salários) como existe a procura por um lateral-direito (o colombiano Medina, o botafoguense Edílson e o paraguaio Moreira são citados) e também a busca por um lateral-esquerdo, despontando Uendel, da Ponte Preta, como favorito.

E para o ataque, pode acontecer uma surpresa: um jovem desconhecido do interior de São Paulo, 20 anos, goleador e de quem dizem maravilhas. Nome guardado em sigilo.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Lúcio: o São Paulo descarta dividir salários

Encostado no São Paulo desde a eliminação na Copa Libertadores, em junho, o zagueiro Lúcio pode reforçar o Palmeiras na próxima temporada.

Apesar de mostrar interesse na saída do experiente jogador, de 35 anos, o clube do Morumbi descarta dividir os salários dele com o arquirrival.

“O São Paulo não procurou o Palmeiras oferecendo o jogador. Pelo contrário, foi sondado pelos representantes do Lúcio se haveria algum tipo de negociação com o Palmeiras dentro dessas condições de divisão salarial”, explicou João Paulo de Jesus Lopes, vice-presidente do São Paulo,  à Rádio Globo.

“O que dissemos foi que não temos interesse em dividir o salário. Estranhamos que um clube da grandeza do Palmeiras necessite de remuneração por parte do São Paulo”, explicou.

De qualquer forma, o cartola são-paulino disse que não vai criar obstáculos para que o contrato de Lúcio seja rescindido – o vínculo terminará apenas em dezembro de 2014.

“É óbvio que gostaríamos de conversar com o Palmeiras, se o interesse realmente existir. Podemos providenciar uma rescisão contratual. Com isso, o Palmeiras acerta com o jogador a remuneração que quiser. Essa foi nossa posição”, explicou.

O grande problema para a negociação dar certo é o salário de Lúcio. Mesmo sem jogar, o zagueiro recebe R$ 450 mil por mês no Tricolor.

Amparado pelo contrato até o fim do próximo ano, o ex-capitão da seleção brasileira não deverá aceitar uma redução drástica nos vencimentos.

Sem condições de arcar com o salário atual de Lúcio, o Palmeiras quer repetir a estratégia usada com o técnico Gilson Kleina e propor um contrato de produtividade.

Com isso, caso o zagueiro não tenha sucesso no Verdão, o prejuízo financeiro seria muito menor.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

••

BLOG DO JORGE NICOLA ❘ IG

• Verdão tem volta de 15 emprestados

Não são apenas as renovações de contratos que vão dar trabalho à diretoria do Palmeiras até janeiro.

O clube receberá nos próximos dias o retorno de 15 atletas que têm vínculo e estiveram emprestados ao longo desta temporada.

Seriam 16, se o contrato do lateral-direito Vitor não acabasse no dia 31 — ele deverá renovar com o Goiás.

Os emprestados que retornarão ao Palestra Itália são os goleiros Deola, Borges e Pegorari, os zagueiros Leandro Amaro e Wellington, os laterais Ayrton, Gerley e Luiz Gustavo, os meio-campistas Mazinho, Patrick Vieira, Tinga, Patrik e Tiago Real, além dos atacantes Miguel e Luan.

A tendência é que apenas um ou dois desses atletas sejam mantidos. Em uma conversa recente com a diretoria, o técnico Gilson Kleina deu carta branca para que os demais sejam reemprestados ou vendidos.

E o assunto vem sendo tratado como prioridade no Palmeiras, já que a ordem é economizar e elenco inchado representa folha salarial grande.

OS EMPRESTADOS:

Deola (goleiro) – foi reserva no Vitória e não jogou qualquer partida no Brasileiro

Pegorari (goleiro) – praticamente não atuou com a camisa do Bragantino

Borges (goleiro) – esteve no São Carlos e depois no Barueri, rebaixado à Série D

Leandro Amaro (zagueiro) – jogou 15 partidas pelo Náutico, pior time da Série A

Wellington (zagueiro) – ficou na reserva do ASA, último colocado da Série B

Ayrton (lateral) – disputou 22 jogos, marcou três gols e deu três assistências no Vitória

Gerley (lateral) – foi vice-campeão da Série D com a camisa do Juventude

Luiz Gustavo (lateral/zagueiro) – esteve em 11 jogos do Vitória na Série A do Brasileiro

Tinga (volante) – foi pouco aproveitado no Figueirense, que voltou à elite nacional

Mazinho (meia) – garantiu o vice-campeonato da 2ª divisão japonesa com o Vissel Kobe

Patrik (meia) – teve boa temporada no Gangwon, da Coreia do Sul

Patrick Vieira (meia) – usou a 10 do Yokohama FC, mas o time foi mal na 2ª divisão japonesa

Tiago Real (meia) – fez 25 jogos, marcou dois gols e deu três assistências pelo Náutico na Série A

Miguel (atacante) – jogou a temporada pelo Chungiu Hummel, da Coreia do Sul

Luan (atacante) – era titular absoluto do campeão Cruzeiro até se machucar; depois, foi reserva

• Moeda de troca

Uma das missões do diretor executivo Brunoro é fazer com que os atletas que voltam de empréstimo possam ser usados pelo Verdão para trazer reforços. Luan poderá ir para o Inter, em troca de Lucas Lima.

• Programa pronto

Kleina e a comissão técnica já decidiram todos os treinos que serão feitos ao longo da pré-temporada, em Itu. “Definimos até os horários e as cargas de trabalho”, festeja o treinador.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JORGE NICOLA ❘ IG

••

40 respostas em “Verdão na Mídia 09-12-2013: Leandro vai contra política de Nobre e quer aumento para seguir no Verdão ❘ Globo esporte Com”

No Grêmio estava numa draga desgraçada, só ficava no banco, agora só porque jogou a serie B bem quer aumento? Não fez mais do que a obrigação! foi contratado para isso mesmo; Devia é agradecer o Palmeiras que deu oportunidade a ele de desenvolver um bom futebol.
Em minha opinião se não aceitar o mesmo salario que estava ganhando na série B, manda de volta para o grêmio, que esta atrasando o salario dos jogadores, vai sumir igual o assunção e o Barcos, que nunca mais foi convocado pela seleção argentina, e olha que o Barcos joga muito mais que ele; Se jogar a série A bem, ai merece aumento, o palmeiras é time grande e esses jogadores tem que começar a perceber isso, para colher bons frutos tem que, honrar o manto sagrado que é o uniforme do verdão.

O pepkleina fala que gosta de trabalhar com garotos da base, que está acompanhando o Brasileiro Sub-20 e acompanhará a copinha, mas a realidade é que ele emprestou três jogadores da base que jogariam facilmente no grupo atual-João Denoni/Patrick Vieira/Luis Gustavo- e NÃO utilizou Bruninho, Bruno Dybal e Edilson, vamos torcer para não ser os novos ilsinho, Elias e Bruno Cesar. Espero que o Luis Gustavo tenha mais atenção na próxima temporada, ele era TITULAR do vitória, um time que brigou até a última rodada pela libertadores, se for para não jogar, melhor emprestá-lo novamente ao vitória.

Ele deve acompanhar de olhos vendados porque nao aproveitou ninguem. Alem de trazer varios perebas rifou varios moleques com potencial. Voce tem toda razao Gregório.

Mas isso é senso comun no Pameiras. O Kleina não é pioneiro nesse expediente. Não se utiliza ninguém da base! Deve ser ordens da diretoria…Só pode ser…

Esse Jorge Nicola é um FANFARRÃO… O cara passa a informação que o Patrick “bucho” de cavalo foi bem no time sul-coreano, como assim? ele não sabe que o mesmo foi DISPENSADO e emprestado ao xpóti? menos crédito a este cidadão 3VV.

CBN de Campinas falou que Uendel da Ponte vai pro Cruzeiro que vai comprar 100% dos direitos federativos, mais a multa. Será que vão oferecer contrato por produtividade? Duvido.

O nosso presidente não consegue nem renovar os contratos que estão vencendo no Palmeiras. Esta história de contrato de produtividade só pode ser usada para técnico que não tem outra alternativa (caso do APRENDIZ) e para jogado problema (Tipo Adriano imperador). Profissionais com bom mercado jamais aceitarão esta idéia do SONHADOR Nobre. Acho que é melhor pararmos de pensar que seremos novamente no brasileiro este ano, com certeza estamos caminhando para o rebaixamento já no paulistinha. Quem mandou elegerem o presidente MENDIGO.

Meu deus !! Só na cabeça do PAULO MOLE que contrato de produtividade vai dar certo com esse bando de cabeça de BAGRE vai dar certo !!!!DIRETORIA continua no ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ !!!

O único ponto positivo do GK ter ficado é seu relacionamento com o Alex. Tomara q pelo menos isto sirva de trunfo pra q ele venha jogar aqui e termos um meia q de fato jogue no centenário enquanto o chinelito bebe, chinela e firma na putaria.
Agora claro q lance não dá pra levar em conta, mas se estas forem as prioridades da diretoria profissa, meu Jesus na cruz. Dos 5, 3 não valem o q comem: o eterno, Charles e M. Oliveira. 3 refugos q seria mandatório serem limados para termos alguma chance no centenário.
Além da agonia deste ano pífio agora tem esta das bizarrices pré.

Responsável pelo 3vv …dá um desânimo de comentar aqui com essa moderação. Perde toda a dinâmica do site. É uma pena. Vc posta e fica torcendo para passar o comentário. Se o conteúdo for ofensivo ou sei lá o que mais, apaga a postagem e pronto. Mas, desculpem-me, isso é por demais irritante.

Gustavo! Vc deve até conhecer o jogador chamado Alex. Mas o ser humano, pelo visto, vc está longe de conhecer. Ele não virou as costas para o Palmeiras, apenas optou pelo time do coração que o formou e o projetou.

Como sempre insisti, acho que a mudança no Palmeiras poderia começar por nós mesmos. Nem bem começaram as especulações, o jogador já é chutado. E não é de qualquer jogador que estamos falando.

Quem merece Ronny e Serginho no time é você. Prefiro mil vezes o Bruno César ao Alex (o atual, não o de 1999) e a essas duas merdas aí citadas.

Se o Coritiba é o clube de coração dele, então porque ele não fica por lá? Virou as costas sim, porque o Palmeiras tava na Série B. E quem o projetou foi o Palmeiras, não o Coxa. E outra coisa, concordo que a mudança tem que começar por nós mesmos, mas com Alex no time não é mudança, é um retorno ao passado, a pré-história alviverde.

Supondo ( e apenas supondo ) que o Lucio seja contratado, o time vai ter que jogar com 3 zagueiros. Desse modo, Henrique e Lucio se revezariam nas decidas ao ataque que tanto gostam, com Vilson mais fixo.

Paulo não acredito que com a contratação do Lúcio seja necessário jogar com três zagueiros, se o pepekleina for um pouco esperto, vai perceber que o time rende muito mais com o Henrique de primeiro volante.

Eu como palmeirense sou muito grato pelo que o Alex fez pelo clube no passado. Pórem, quando o Palmeiras sondou uma possível vinda do jogador, no início de 2013, para diputar a Série B, ele simplesmente não quis disputar a segundona, virou as costas e foi para o Coritiba. Agora que o Palmeiras voltou para Série A, que é ano de centenário e inauguração da Arena, esse malandro quer se encostar por aqui? Se sou a diretoria do Palmeiras, viraria as costas para ele também. Não precisamos mais dele, prefiro mil vezes o Bruno César.

Como jogador profissional, faria a mesma coisa. Se eu como torcedor não aguentava assistir aos jogos imagina jogá-los. Não o culpo por isso. Agora se ele tiver proposta da SEP e for para o Flam@ngo… aí é de ser considerado persona non grata.

Não entendo esses jogadores: Ganharam um campeonato de coitados e foram eliminados da Copa do Brasil levando um surra do CAP. O QUE ELES FIZERAM DE TÃO ESPETACULAR PARA RECEBEREM AUMENTO SALARIAL?

Ué mande de volta para o gremio, assim disputa posição com o Barcos, Vargas e Kleber. tranquilo. fez meia duzia de gol na série B e já se acha o Romario.

Os nomes causariam um impacto positivo, pelo alto custo envolvido, duvido que o Palmeiras ao menos faça uma sondagem, sem contar que o trio tem uma musculatura tão frágil quanto a do Valdívia,

LEANDRO – Vale a pena investir nesse jogador, a compra do passe seria mais interessante e o valor pode ser negociado e aplicado o desconto de 15% que o Palmeiras tem direito. Temos que aproveitar o potencial do centenário para que os jogadores ganhem mais notoriedade. — VILSON, acredito que está na mesma pegado do Leandro, quer uma boa grana para renovar, a pergunta que não quer calar: Vai aceitar contrato por produtividade? vamos aguardar. — CHEGA DE SER BONZINHO, essa é a hora para trazer Alex (Coritiba), oferece um contrato de 2 anos e boas bonificações que o jogador vem. Será nosso maior expoente em campo e no centenário, é um jogador TOP, muito acima da média e dos cabeças de bagres que temos no elenco. — ALEX MULLER, vou com o blogueiro, se vier os nomes citados (Menos o LUCIO) o Elenco ganhará corpo considerável. Mas foram nomes que a imprensa usou e abusou por mais de 3 semanas de especulações. Só acredito quando assinar e for apresentado.

Pelo o quê eu entendi é que estamos no dia 09/12/2013 e não contratou ninguém, e pior não renovou com os perebas que estão no elenco. Isso que é planejamento né PAÚlo Mole.

O Fluzinho caiu. Que tal levarem o Kleina? Dois acessos nas duas últimas vezes que disputou a Série B. Um verdadeiro especialista na competição, além de pupilo do Abel Braga, que tem toda a moral lá. Poderiam quebrar essa.. Trezentinho fixo com multa, e ele vai correndo.

Essa diretoria, mais o técnico, vão levar o Palmeiras de volta para a Série B para o Brasileirão e quiçá, para o Paulistão 2014. Já demonstraram que o Palmeiras, com eles, não vão a lugar NENHUM!!!!!

Sinceramente…essa lista de refugos é de se impressionar. E não quero dizer que foi a diretoria A, B, ou C, quem contratou essa gente…pois, ficou mais que provado que essa tal Famíglia não tem a mínima condição de administrar um clube de futebol como o Palmeiras. O Palmeiras é muito grande pra essa gente. Fato! O duro é que essa lista está incompleta…pois, ainda temos mais de uma dúzia de refugos. Fico imaginando os desperdícios de $$ pra pagar os salários desses rebas. Não é a toa que entra ano, sai ano…dizem que estamos quebrados, socorro…não temos $$$…não podemos fazer loucuras (mas, FAZEM)….e os pernas-de-paus continuam a chegar. Até quando??? continuaremos com essa mentalidade de contratar refugos aos montes? Pq o Paulo Mole não muda a estratégia e ao invés de contratar 3, 4 refugos, não contrata 1 craque…pois, os salários dos 3,4…pagariam o do craque? Será que o Paulo Mole irá ouvir (DE NOVO) o seu mentor Mustafá? Não é possível…pois, seria muita falta de personalidade.

O Patrik (fenomeno) jogou na Coréia ou no Sport Recife?
Quem deve ficar e/ou ser usado como moeda de troca: Airton, Luis Gustavo, Patrik Vieira, Mazinho, M. Leite (que nao esta nesta lista) e Luan.

Ele foi dispensado do time asiático, ao chegar no Brasil foi emprestado ao xpóti.

Acho a posição do Leandro mais que correta, Paulo Mole e sua “genial” ideia de produtividade que vá pro ******* , se o Palmeiras não pagar, existirão 10 clubes querendo pagar. Produtividade funciona apenas com ex jogador em atividade (Lucio e Elano que o digam), jogador em boa fase e valorizado jamais aceitaria isso sabendo que o vizinho paga o que interessa. Todo o resto é conversa fiada de dois bananas que não fazem ideia do que fazem na administração do Palmeiras. Não precisamos de Leandro CEO Brunoro, vamos fazer um contrato de produtividade com o Caça Rato, o Pikachu e o craque Lins, vai que cola. Pensamento pequeno, de gente pequena faz o Palmeiras se tornar pequeno dia pós dia.

Amigos, na boa, talvez o Lucio, em fim de carreira, aceite um contrato de “produtividade”, qualquer outro jogador com potencial e outras propostas vai rir da nossa cara… a ideia pode até ser boa, mas é utópica. Como no outro post, o discurso continua o mesmo em 30 anos…

Os comentários estão desativados.