Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 13-12-2013: Após reunião com presidente, Alex fica no Coritiba em 2014 ❘ Terra

NOTICIÁRIO ❘ TERRA

• Após reunião com presidente, Alex fica no Coritiba em 2014

Por Guilherme Moreira – Direto de Curitiba (PR)

O presidente Vilson Ribeiro de Andrade, na quarta-feira, já tinha garantido a permanência do meia Alex para 2014. Antes da coletiva desta sexta-feira, quando anunciou Dado Cavalcanti como novo técnico, o dirigente e o atleta se reuniram para a conversa solicitada pelo atleta. Ao fim, a garantia foi repetida: Alex fica e cumpre contrato até o final do próximo ano.

O encontro aconteceu no próprio Couto Pereira e durou cerca de uma hora e meia. Andrade apresentou os nomes que ficam à frente do clube no futebol. Além de Cavalcanti, confirmou Tcheco como gerente de futebol e Andre Mazucco como superintendente. Uma solução caseira, que foi divulgada à imprensa nesta sexta-feira.

Depois da vitória contra o São Paulo, em Itu, por 1 a 0, Alex colocou seu futuro em aberto e deixou claro que precisava de uma conversa com a diretoria para saber qual o rumo que o clube tomaria. Tendo proposta do Palmeiras, fora sondagem do campeão brasileiro, Cruzeiro, o Coritiba usou a semana para traçar um plano para o seu “carro chefe”.

A diretria agradou ao camisa 10 do Coritiba, que – após a reunião – se mostrou satisfeito com as decisões da diretoria.

“Não vejo o Coritiba sem o Alex. Com a vinda do Dado e dos outros profissionais, ele vai nos ajudar muito em 2014“,  acredita o mandatário do clube.

Cavalcanti também já teve uma conversa preliminar com Alex. “Meu contrato é de um ano. Tive a oportunidade de conversar com Alex, é um jogador diferenciado e é muito bom ter ele no time. Sua presença dentro de um elenco dispensa comentários”, elogia o novo treinador da equipe.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ TERRA

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL

• Cúpula do Palmeiras mostra pessimismo sobre orçamento em ano do centenário

Por Mauricio Duarte

Conselheiros e diretores estão pessimistas em relação ao orçamento do Palmeiras para 2014, que será apresentado na próxima quinta-feira em reunião do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização), órgão responsável por fiscalizar a gestão no Palestra Itália. Nem mesmo o centenário do time alviverde parece promissor para atrair mais verba.

A não ser que haja uma surpresa de última hora, conselheiros e diretores trabalham com a hipótese de 2014 ser mais um ano de vacas magras em termos de investimentos no clube. Segundo apurou o UOL Esporte, o COF já tem um conhecimento prévio do que será apresentado na reunião, que terá a presença do presidente Paulo Nobre.

O principal ponto de desconforto é a falta de patrocínio máster. O Palmeiras não estampa um parceiro comercial em sua camisa desde o início do ano. As verbas pagar pela TV Globo pela transmissão de jogos já estão comprometidas. Logo, o clube fica sem uma “gordura” para poder trabalhar.

Nem mesmo a notícia de que o clube irá receber ainda neste mês R$ 54 milhões de um fundo deixou a situação mais tranquila. O montante foi obtido usando um processo denominado Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), por meio do banco Votorantim. Desta forma, os juros são mais baixos do que um empréstimo comum. O clube irá usar seus créditos futuros para pagar dívidas. Ou seja, irá movimentar um dinheiro que ainda não tem, mas que vai receber futuramente.

Embora ainda não falem disso abertamente, os dirigentes irão usar o dinheiro do fundo para investir em contratações, pagar dívidas – como o empréstimo feito em nome do próprio presidente Paulo Nobre, de R$ 35 milhões – e também para melhorias na sede social do clube.

“Vamos falar que o Palmeiras era um cobertor que não cobria a cabeça e os pés ao mesmo tempo. Eu dei uma atenção ao futebol em 2013, porque não existiria 2014 para o Palmeiras na segunda divisão. Em 2014, as atenções serão mais voltadas ao clube”, confirmou o presidente Paulo Nobre na última terça-feira.

Sobre o pessimismo dos conselheiros em relação ao planejamento orçamentário para o ano do centenário, o Palmeiras, procurado pela reportagem, preferiu não se manifestar. Não comentar assuntos considerados internos é uma política do clube na atual gestão. A forma como o dinheiro será gasto também não foi divulgada.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Palmeiras tem mais dificuldades para contratar do que esperava

Por Daniel Batista

Quando resolveu adotar o contrato por produtividade para montar o elenco do Palmeiras de 2014, o presidente Paulo Nobre sabia que teria dificuldades, mas não imaginava que seriam tão grandes. Passaram-se 48 dias do acesso para a Série A do Brasileiro e nenhum atleta foi contratado ou teve o contrato renovado.

Conselheiros e parte da diretoria pedem ao presidente para que ele volte a oferecer contratos convencionais e, assim, consiga montar o time, mas Nobre não pretende mudar de ideia. Com isso, muitos jogadores que interessavam ao Palmeiras estão preferindo ir para outros clubes, como por exemplo o atacante Lins, do Criciúma.

Pela dificuldade, Nobre já admite que não tem mais tanta certeza de que conseguirá anunciar um reforço antes de acabar o ano. Um bom nome para o ano que vem seria o meia Alex, mas o presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, praticamente descartou a possibilidade de perder o jogador.

O meia tem contrato até dezembro do ano que vem, mas está chateado com o dirigente, que dentre outras coisas, chamou o elenco do Coritiba de “sem vergonha”.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Após pedidas altas no Brasil, Verdão mapeia América do Sul por atacante

Por Caio Carrieri e Fellipe Lucena

Em busca de um atacante, o Palmeiras resolveu concentrar esforços nos países da América do Sul. A diretoria chegou a sondar alguns nomes no Brasil, mas os valores solicitados não agradaram. Se for preciso colocar a mão no bolso, investidores devem ajudar. O Palmeiras já acionou diversos grupos de empresários para mapear o continente, priorizando o ataque.

Lins, do Criciúma, é agenciado por Nick Arcuri, mesmo empresário do volante Marcelo Oliveira. As partes conversaram, mas o assunto esfriou após a pedida salarial.

A ideia é encontrar um jogador de qualidade, mas sem “grife”, cujos ganhos se encaixem na política salarial do clube – vencimentos mais baixos e bonificações altas. O último atacante estrangeiro a cair nas graças da torcida foi o argentino Barcos, contratado por Arnaldo Tirone sem muito alarde no início de 2012, quando defendia a LDU (ECU). Ele deixou o clube pela porta dos fundos em fevereiro.

Gilson Kleina está satisfeito com Leandro e Alan Kardec, titulares na Série B, mas o futuro de ambos é incerto. Emprestado pelo Grêmio até 31 de dezembro, Leandro ainda não chegou a um acordo para renovar – a última reunião da diretoria com Gilmar Veloz, seu empresário, foi há quase um mês. Já Kardec está cedido pelo Benfica (POR) até junho e será preciso gastar mais de R$ 15 milhões para adquirir seus direitos.

O ataque não é a única posição que a diretoria alviverde pretende reforçar: a ideia é buscar também um zagueiro, um lateral-direito, um lateral-esquerdo e um meia. Ao menos dois jogadores observados são de outros países da América do Sul, ambos para a lateral direita: Moreira, do Libertad (PAR), e Medina, do Atlético Nacional (COL).

A CBF acaba de ampliar de três para cinco o número de atletas estrangeiros que os clubes têm direito a relacionar por partida. O Verdão já tem o chileno Valdivia, o paraguaio Mendieta e o uruguaio Eguren.

ATACANTES GRINGOS NOS ÚLTIMOS ANOS:

Barcos

Contratado da LDU, do Equador, teve ótimo desempenho de imediato e ainda cumpriu a meta de gols. Prometeu fazer 27 gols em 2012 e marcou 28. Argentino foi campeão da Copa do Brasil.

Ortigoza

Paraguaio, atuou durante a temporada de 2009 e foi peça importante na disputa da Copa Libertadores daquele ano. Foi pinçado do Sol de América (PAR). Está vinculado atualmente ao Cerro Porteño (PAR).

Florentin

Outro paraguaio, jogou sob o comando de Caio Júnior, em 2007. Não teve grande destaque e ficou a maior parte do tempo na reserva. Em março de 2010, morreu em um acidente automobilístico em Luque, no Paraguai.

Gioino

Centroavante argentino, passou pelo Palestra Itália entre os anos de 2005 e 2006. Com pouquíssima técnica, até hoje é exemplo entre os torcedores de uma contratação que não deu certo no clube.

Muñoz

Vestiu a camisa alviverde entre 2001 e 2006 e chegou a empolgar o torcedor em algumas partidas com a sua velocidade e agilidade. Brigou com o ex-goleiro Marcos em um rachão. Campeão da Série B em 2003.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Palmeiras pede mais tempo para decidir se fica com Léo Gago

Por Fellipe Lucena

O volante Léo Gago terá de esperar pelo menos até este sábado para começar a negociar a renovação de seu contrato com o Palmeiras. Emprestado pelo Grêmio até o fim do ano, ele já manifestou o desejo de permanecer, mas a diretoria ainda não está convicta.

– Liguei para o Brunoro na quarta-feira e ele me pediu para esperar mais dois dias, porque eles ainda tinham que decidir – contou Jorge Morais, empresário do volante, ao LANCE!Net.

Léo Gago tem contrato com o Grêmio até dezembro de 2014. Ele retornará a Porto Alegre caso o Verdão não queira ampliar o vínculo de empréstimo atual, firmado na negociação que levou Barcos ao Tricolor Gaúcho.

O Palmeiras tem preferência unilateral para renovar. Ou seja: para ficar com ele, basta manifestar o interesse ao Grêmio e acertar salários. O clube gaúcho ainda não foi comunicado.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Alecsandro, reserva no Atlético-MG, interessa ao Palmeiras

Por Diego Iwata Lima

O atacante Alecsandro, 32, do Atlético-MG, é mais um nome na lista de reforços pretendidos pelo Palmeiras para 2014, ano do centenário de fundação do clube alviverde.

O jogador tem a aprovação do técnico Gilson Kleina e da diretoria do clube.

Há dez dias, representantes do clube e de Alecsandro já conversaram sobre a possibilidade de o centroavante, atualmente reserva de Jô no clube mineiro, defender o Palmeiras no ano que vem.

Mas a negociação pela chegada do atleta não é simples. Isso porque Alecsandro tem contrato com o Atlético-MG até o fim de 2015.

Um empréstimo ou uma negociação amigável para uma rescisão de contrato facilitada -com condições de pagamento menos onerosas ao Palmeiras- estão na pauta do clube e do estafe do jogador.

Sem caixa para contratações, o Palmeiras tem optado por tentar negociações com base na troca de jogadores. A estratégia também pode ser tentada com o Atlético-MG nos próximos dias.

VITRINE

O estafe de Alecsandro entende que uma transferência para o Palmeiras seria uma boa oportunidade para o atacante, devido à exposição ampliada que o clube deve ter por conta do centenário.

Além das comemorações pela data, o Palmeiras vai inaugurar o Allianz Parque, seu estádio, no primeiro semestre de 2014.

Alecsandro, que está no Marrocos com a delegação do Atlético-MG para a disputa do Mundial de Clubes, não tem sido aproveitado como titular pelo técnico Cuca.

Mesmo assim, com 8 gols, o jogador foi o artilheiro do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro e quer ser titular em algum clube.

O Palmeiras já havia tentado contratar Alecsandro no fim de 2012. Mas, na ocasião, o jogador, que estava com salários atrasados no Vasco, optou pelo Atlético-MG.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Para aceitar Lúcio, Verdão vai usar “papo reto” que mudou Valdivia

Por William Correia e Tossiro Neto

Lúcio volta a estar entre os pretendidos pelo Palmeiras, mas, diferentemente do ano passado, tem como entrave os atos de indisciplina que o deixaram sem jogar no São Paulo durante todo o último semestre. Para saber se vale a pena apostar no veterano, contudo, Paulo Nobre conta com uma fórmula: repetir o “papo reto” que adotou com Valdivia ao assumir a presidência, em janeiro.

“Não existe nenhum preconceito, ninguém tem bola preta para vir para o clube, mas, obviamente, teremos uma conversa direta e franca com os jogadores que têm problema”, afirmou o mandatário do Verdão, sem negar nem confirmar oficialmente o interesse no defensor do Tricolor.

Lúcio ainda tem um ano de contrato com o São Paulo, mas o clube não deve impor dificuldades para liberá-lo. O zagueiro desrespeitou Ney Franco publicamente e, internamente, também Paulo Autuori, sendo afastado de imediato pela diretoria. Em sua chegada, Muricy Ramalho foi avisado para nem contar com o atleta por conta de seu temperamento.

Valdivia iniciou 2013 com problema diferente: no ano passado, em meio à briga contra o rebaixamento, escapou de agressão de Marcos Assunção porque se considerava no clube que lhe faltava comprometimento para se recuperar de lesões. Nos dias seguintes aos que se tornou presidente, Nobre teve o que chamou de “papo reto” com o chileno e ficou convencido de que, nesta temporada, não lhe faltaria motivação.

Embora desfalque em todos os jogos decisivos do time em 2013, o atleta mais caro do elenco virou presença mais frequente em campo no segundo semestre. Por isso, a diretoria crê na conversa diante de qualquer dificuldade extracampo. “Vamos tratar qualquer um da mesma maneira que tratamos qualquer jogador que tenha problema de conduta no Palmeiras. É a nossa prática”, falou Nobre.

Lúcio já foi um pedido de Gilson Kleina a Arnaldo Tirone, antecessor de Nobre, que tentou vencer a disputa com o São Paulo ligando para o zagueiro no momento em que ele assinava o contrato com o clube do Morumbi. Na época, faltava dinheiro ao Palmeiras para trazer o titular da Seleção nas três últimas Copas.

Hoje, o Verdão ainda tem dificuldades financeiras, mas Lúcio já não está tão caro porque se desvalorizou em sua passagem pelo São Paulo. Se convencer Nobre de que poderá ser disciplinado e aceitar o contrato de produtividade, no qual receberia salário menor e prêmios maiores do que o comum, será um dos reforços para o centenário. “Todo bom jogador tem espaço no Palmeiras, desde que as partes entrem em acordo”, limitou-se a dizer o presidente.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• A contragosto

Gilson Kleina já deixou claro à diretoria do Palmeiras que é contra a chegada do zagueiro Lúcio. O treinador ouviu de um amigo que trabalha no São Paulo a sugestão de não contratá-lo de jeito algum.

••

37 respostas em “Verdão na Mídia 13-12-2013: Após reunião com presidente, Alex fica no Coritiba em 2014 ❘ Terra”

O Palmeiras, hoje em dia é:
Um paciente com cãncer altamente agressivo (Mustafá), que necessita uma quimioterapia de última geração (Musfáxecam) para ser totalmente curado.
Desde 1978 estamos assim; com Mustafá no comando estamos nos acabando.

Pq os conselheiros não tentam (pelo menos) expulsar esse verme do clube?

faço uma proposta a todos: vamos espetar a bunda do nobre. só pagar os avantis se tiver contratação. isto é contrato de produtividade. não é isso que ele quer?

Volto a repetir: concordo com o Clóvis Rossi. O Palmeiras (hj time pequeno em mentalidade), brigará pelo tri da segundona em 2015. Eu havia dito aqui mesmo…que o B3 e B4 não contratariam ninguém diferenciado, pois, bons jogadores no mercado já desdenhava o Palmeiras, pelo apequenamento, e sabiam que não seriam campeões. Agora…piorou ainda mais…pois, o Mustafá (opss)! B3 (MustaNobre), teve é “brilhante” ideia da tal produtividade. kkkkkkkkkkkk. Só esse banana acha que craques e jogadores acima da média teriam coragem de jogar nesse clube pequeno (em mentalidade), e ainda mais ganhando menos…Oras, chega a ser piada!!! E adivinhem pq o Palmeiras não consegue patrocínio? Oras…o time é medonho de ruim, e a chance seria contratando uns 6 acima da média pra brigar por algum título ou libertadores. Pois, qual empresa vai querer colar a imagem dela num clube decadente? que entrará nos campeonatos pra passar vergonha? O exemplo foi a KIA que pulou fora da barca furada, dessa mentalidade pequena.

Já to com o saco cheio das mesmas notícias: queremos fulano mas esbarramos nos valores pedidos…
sicrano interessa mas os valores são muito altos…e por aí vai. É samba de uma nota só, NAO TEMOS DINHEIRO!!!!.
Tento entender que isso é estratégia, que poderemos dar uma volta nos concorrentes, mas esse papo cansa.
E Adidas, eu quero uma camisa comemorativa de 65 no meu tamanho, M, tem jeito???

…12 meses = 2,4mi); PATROCÍNIO (25mi); PROFISSIONAIS DE MKT E FUTEBOL (não sei quanto pra não fazer nada); VALDÍVIA (se fosse dispensado no início do ano economizaria 6mi.), etc, etc

Estava fazendo umas contas do prejuízo que o PN deu este ano ao Palmeiras e gostaria que me ajudassem nos números: DOAÇÃO DO BARCOS (pelo menos 15 mi, já que ele estava muito valorizado): SALÁRIO DO BRUNORO (200 MIL X

patrocinio master, derratas na liberta e copa do brasil, campeonatos teoricamente fracos esse ano

Não há como negar a visão catastrófica , que esta sendo formada , pela postura mesquinha da atual gestão, além de incompetente, mantem a soberba de ser vitima das gestões anteriores, mas há o porem, já não estava tudo sido analisado pelos `´competentes´´, membros das alas progressistas que deram apoio ao Senhor Nobre? Agora sim temos uma real visão panorâmica da inoperância imediata dos que sempre alegaram ter soluções aos diversos problemas do clube, uma verdadeira concha de alegações estapafúrdias, com blindagem aos que querem expor a realidade, este é o Palmeiras “moderno e profissional, esta é a realidade dos fatos, composta pela soberba e mentira!

Porra se não tem dinheiro temos que usar o mercado ao nosso favor ! Vendam o valdivia e o Henrique que tem propostas e nós livramos dos salários!
Contratem reposições sem grife mas com futebol e ponto final ! É tão difícil fazer algo?

Todo ano a mesma coisa, ficam enrolando e depois só contratam sobras que ninguem quer,como barril de carvalho,e etc.esse ano quem será o ricardo bueno 2014,acho que até Tirone é mais ousado que a tartaruga Nobre.

Todo ano a mesma coisa, ficam enrolando e depois só contratam sobras que ninguem quer,como barril de carvalho,e etc.esse ano quem será o ricardo bueno 2014,acho que até Tirone é mais ousado que a tartaruga Nobre.

Saiu ai que o Vilson deve sair mesmo, a diretoria havia fechado com ele um acordo por 4 temporadas em fevereiro (já com Nobre), porém esse mês resolveram mudar para a tal produtividade…dia 25 vence a opção do Palmeiras, se até lá não chamegarem o contrato o zagueiro pode pular a cerca ou ir para fora do país. O que os Mendigos não sacaram é que só jogador que ainda não é destaque vai aceitar o contrato de performance OU medalhões já desgastados, jogador de destaque vai onde pagar mais e ponto. Na rádio saiu que podem renovar com Leo Gago pois ele aceitou o contrato por performance.

A aposta da direção é que Léo Gago seja o nome do nosso centenário, inclusive, angariando recursos através de ações de marketing… [ironic mode on].

Nenhuma palavra ofensiva ou de baixo calão no meu comentário e ficou preso na moderação?

Momento depressão: fui procurar notícias do Palmeiras e na pagina inicial do site selecionei a série-B… Devido as grandes ambições da nossa direção tinha esquecido que subimos há quase dois meses…

Momento depressão: fui procurar notícias do Palmeiras no globoesporte e na pagina inicial selecionei a série-B… Devido as grandes ambições da nossa diretoria tinha esquecido que subimos há quase dois meses…

E a imprensinha segue chutando. Vão chutando ai, quem sabe acerta uma. Como não vaza mais nada eles ficam chutando, chutando, chutando…

E os inocentes palmeirenses continuam caindo a pilha da imprensa tupiniquim. Acreditam na pírula dourada das bambis para vender o Lúcio. As bibas querem se livrar do zagueiro que custa 500 mil por mês e usam o Palmeiras. Chegam inclusive a a dizer que “podem vetar a transferência”, que time grande não precisa contratar jogador pagando meio salário…kkkk

esse Jorge nicola está pior que o perrone, o cara não sabe o que fala, dá uns tiros para se aparecer na mídia.

Agora ouvir que, Gago, Araújo, Charles, M. Oliveira, Wendel, irão continuar na SEP é muito brochante.

Ainda bem que meu tempo livre para acompanhar o Palmeiras em 2014 estará totalmente preenchido, pelo andar da carruagem será um ano semelhante aos últimos…

Mas na verdade o Lúcio foi(2012) e é um pedido de contratação do pepkleina.

Depois desse tempo todo e nada, começa fazer todo o sentido deixarem jogadores como Márcio Araújo, Marcelo Oliveira, Ananias, Léo Gago, entre outros, que segundo o próprio CEO foram contratados até o final do ano por possuírem perfil de série B, em espera, sem dispensar logo. Trabalham forte com a possibilidade de a própria falta de competência impossibilitar as contratações que o time tanto precisa. Com treinador de série B e time cheio de jogador de série B onde será que vai dar?

Uma vaga na copa sul-americana, conquistada de forma sofrida, provavelmente na última rodada.

AINDA tem muitos torcedores IDIOTAS , que acreditam , que quem derrubou o PALMEIRAS, foi o FELIPÃO !!! Tivémos B1 e B2 Depois entra em cena B3 e B4…….TEMOS UMA GRANDE PLANTAÇÃO DE BANANAS É só COLHER !!!!

Paulo Pobre, o presidente coitado. Se é teimoso assim com 40 anos, imagina quando ficar velho. Que vá chafurdar no lixo do Rally Dakar. ESTAMOS NA MERDA

E a diretoria do Palmeiras segue firme no seu planejamento para o tricampeonato da série B em 2015.

Palavras de Paulo Mendigo Pobre: “Em 2014, as atenções serão mais voltadas ao clube”; “Nobre já admite que não tem mais tanta certeza de que conseguirá anunciar um reforço antes de acabar o ano.” Cantei a bola no “verdão na mídia” de ontem: “Galera, sem ilusão, o Nobre só vai contratar quando os verdadeiros times grandes (pelo menos os que pensam grande), fecharem seus respectivos elencos. Ou seja, lá pro final da primeira quinzena de janeiro de 2014 nossos competentes presidente e CEO, começarão a pegar o resto da feira… FATO!”

Falou tudo. Jogador q ficar sem time vai aceitar a proposta do espertão. o Problema é q só vai sobrar Zezinhos da vida. Feliz Centenário.

E não adianta criar expectativas, será o que tem, com o acréscimo de sobras.

Essa vinda do Lúcio só pode ter haver com comissão e não é das técnicas e sim das gordas, não é possível. Suspeito que não tem nada vazando para imprensa marrom por um bom motivo, não tem nada acontecendo, mais uma vez a fala da diretoria sains culote será que não tem dinheiro mimimi não aceitam produtividade e no começo do ano vem Juquinha do Icasa, Luisinho do Oeste, Pereirinha do ABC…e séééégue o jogo.

Os comentários estão desativados.