Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 17-12-2013: Márcio Araújo está de saída do Palmeiras ❘ Band Esporte

NOTICIÁRIO ❘ BAND ESPORTE

• Márcio Araújo está de saída do Palmeiras

Após três temporadas jogando como titular do Palmeiras, o volante Márcio Araújo está de saída do clube. A informação foi dada nesta terça-feira pelo jornalista Alex Muller, no programa “Jogo Aberto” da Band.

De acordo com Alex Muller, Márcio Araújo queria uma valorização nos seus vencimentos para continuar no Palmeiras em 2014. A diretoria, porém, negou o aumento pedido pelos representantes do atleta.

Os dirigentes do Palmeiras, aliás, mudaram a maneira de negociar a chegada e a permanência de jogadores para 2014. Agora, eles optam por oferecer contratos de produtividade – como no caso de Elano, que está no Grêmio e interessa ao clube para o ano que vem.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ BAND ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Leandro recusa proposta do Palmeiras e quer aumento maior para ficar

Por Caio Carrieri e Fellipe Lucena

O lado torcedor de Leandro, palmeirense desde pequeno, não será suficiente para mantê-lo no Verdão. O atacante exige aumento salarial maior do que o oferecido pela diretoria e está na mira de outros clubes. Até o fim desta semana, quando está prevista uma reunião entre as partes, a prioridade será do Alviverde. Depois…

Emprestado pelo Grêmio até 31 de dezembro, Leandro fez 19 gols na temporada e foi o artilheiro do Palmeiras, mas recebe um dos menores salários entre os titulares: R$ 40 mil líquidos. De acordo com pessoas próximas ao atleta, o clube ofereceu R$ 90 mil para renovar.

O atacante gostaria de receber mais de R$ 150 mensais, o que representaria um aumento próximo a 300% em seus vencimentos.

O estafe de Leandro sabe que a situação financeira do clube é complicada e tenta convencê-lo a diminuir a pedida, sob o argumento de que ele estava sem espaço no Grêmio quando o Verdão o contratou.

Uma alternativa seria turbinar o salário com bonificações por metas, expediente que vem sendo utilizado por Paulo Nobre em quase todas as negociações, mas que por enquanto não foi oferecido ao jovem.

Por outro lado, o interesse de outras equipes pode inflacionar a negociação. Há sondagens de ao menos três clubes, todos dispostos a desembolsar mais de R$ 90 mil mensais.

No contrato de empréstimo firmado em fevereiro na negociação que levou Barcos a Porto Alegre, o Grêmio deu ao Palmeiras o direito unilateral de renovar o empréstimo de Leandro por uma temporada: ou seja, basta acertar salários. Se houver uma venda para outro clube (o valor estipulado é de R$ 16 milhões), o Verdão tem direito a 15% do total.

O próprio Tricolor pode virar concorrente. O clube anunciou na segunda-feira o técnico Enderson Moreira e não descarta a possibilidade de aumentar o salário para ter a revelação de volta.

A diretoria do Palmeiras não se posiciona publicamente sobre nenhuma negociação, mas o LANCE!Net apurou que a comissão técnica está temerosa com a chance de perder uma de suas prioridades para o centenário.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Grêmio cogita troca de Elano com Verdão e revela assédio por Leandro

Grêmio e Palmeiras construíram uma relação cordial a partir da troca envolvendo Hernán Barcos por Leandro, Vilson, Léo Gago e Rondinelly, em fevereiro. O canal aberto fez o Tricolor gaúcho aceitar a conversa com o clube paulista por Elano. Para a negociação se concretizar, pode haver uma troca de jogadores.

– Eu costumo dizer que criamos um portal entre nós e o Palmeiras. De tão boa que é nossa relação. Houve um contato deles sobre o Elano. Nós sabemos que há uma série de acertos que precisam ser feitos entre eles e o jogador. Está longe de um acerto ainda. Mas pode sim vir um jogador em troca, tudo é possível. Estamos avaliando nosso lado, houve investimento do Grêmio no Elano – diz Rui Costa, diretor executivo do Grêmio.

Além de uma troca, não está descartada a volta de Leandro ao Grêmio. Emprestado ao Verdão até o fim do ano, o atacante se valorizou e está em tratativas para renovar seu vínculo. O Palmeiras tem encontrado dificuldade para colocar em prática o contrato de produtividade – com salários menores, mas premiações por metas atingidas -, filosofia adotada pelo presidente Paulo Nobre.

– É uma possibilidade (o retorno). São três situações: não foi exercida a opção de compra, esse prazo passou. A segunda era pedir a prorrogação do empréstimo. E a terceira era voltar para o Grêmio, embora ele também esteja sendo muito assediado. É um jogador com passagem e gol pela Seleção. Pode ser que o Leandro não fique nem no Palmeiras, nem no Grêmio – diz o dirigente gremista.

O Verdão se interessa por Elano e conversa com o clube gaúcho, mas não aceita pagar os atuais R$ 400 mil de vencimentos do meia. E o Grêmio também deseja negociá-lo para diminuir sua folha salarial. Por isso, uma composição entre Tricolor e Palmeiras é possível

No caso de Leandro, o Verdão tem a opção unilateral de prorrogar o empréstimo por mais uma temporada, mas precisa reajustar o salário do atacante. Mesmo assim, o Grêmio tem a opção de venda do jogador, já que o Palmeiras não exerceu a compra do atleta.

Nesse caso, como o jogador estaria emprestado, o clube paulista receberia uma compensação financeira, mas com uma fatia menor no direito de vitrine – o que é uma cláusula da prorrogação do empréstimo.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• WTorre comunica Palmeiras sobre atraso de mais dois meses em novo estádio

Por Mauricio Duarte e Pedro Lopes

O novo estádio do Palmeiras teve novamente seu cronograma revisto e agora a entrega está prevista para junho de 2014. A data fixada anteriormente era abril. O UOL Esporte apurou que o atraso de dois meses já foi comunicado pela alta cúpula da construtora WTorre ao clube alviverde. Atualmente, a obra tem mais de 70% de conclusão e segue com a finalização da cobertura, além de trabalhos de instalações e acabamento.

A construtora também garantiu ao clube que o ritmo da obra não diminuiu e que o novo atraso é um percalço previsto nas estimativas, já que um empreendimento dessa proporção é suscetível a inúmeros contratempos. Na última segunda-feira, a WTorre divulgou um vídeo que mostra detalhes do sistema acústico do Allianz Parque e o içamento da última viga mestra de sustentação da cobertura.

O prazo contrasta inclusive com um evento marcado para acontecer no local. A banda inglesa One Direction tem shows marcados para os dias 10 e 11 de maio de 2014.  Os sites de ingressos estão vendendo os bilhetes normalmente. Alguns setores, inclusive, já foram esgotados. Tanto no site oficial da banda quanto nos de venda de bilhete, não há nenhuma menção ao fato de o estádio ainda não estar pronto.

Clube e construtora estão atravessando uma mediação sobre pontos conflitantes no contrato da obra. É a última tentativa amigável antes de o caso ir para a arbitragem, que tem o mesmo valor de uma decisão do Poder Judiciário. Palmeiras e WTorre vivem um dilema em vários pontos. O principal deles é no que se refere à divisão dos direitos de comercialização das cadeiras e da receita proveniente delas. Caso não haja um entendimento, a questão será levada para o conselho de arbitragem.

A Arena deverá custar no total R$ 500 milhões, superando em R$ 200 milhões a conta inicial. Até o início deste ano, a conta já estava estimada em R$ 350 milhões. A previsão inicial de término da obra também não foi cumprida, já que o estádio deveria ter sido entregue no segundo semestre de 2013.

A seguradora Allianz pagou R$ 300 milhões para dar o nome ao estádio palmeirense por 20 anos. A tendência é que esse vínculo seja renovado por mais 10 anos, que é o prazo que a WTorre terá controle da casa alviverde. O estádio terá capacidade para até 45 mil torcedores em dias de jogos, e até 55 mil pessoas em eventos e shows.

Procurada pela reportagem para dar uma posição, a WTorre não se manifestou sobre o assunto até o fechamento desta matéria. O Palmeiras, por sua vez, mantém a política de “não comentar assuntos internos na imprensa”.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Programa de sócios-torcedores planeja dobrar alcance no ano da Copa

Por Helder Junior

Um encontro em um bar da Vila Madalena, bairro boêmio de São Paulo, serviu para os líderes do Movimento por um Futebol Melhor fazerem um balanço do que alcançaram em 2013 e planejarem novas metas para 2014, na noite de segunda-feira. O projeto tem o intuito de aumentar sensivelmente os números de sócios-torcedores dos clubes brasileiros através de parceria com a iniciativa privada.

Com a instituição do Movimento por um Futebol Melhor, os sócios-torcedores de 37 equipes nacionais (outras estão próximas de aderir ao programa) passaram a ganhar descontos na compra de produtos das empresas participantes. A ideia teria ajudado na obtenção de 173.000 novos associados de times paulistas neste ano, o primeiro de funcionamento. A intenção é dobrar o alcance em 2014, aproveitando também a temporada de Copa do Mundo no Brasil.

“Ainda estamos sonhando, mas certamente isso tem tudo para virar realidade”, confiou Pedro Paulo Moraes, gerente de marketing esportivo da Ambev. A empresa calcula que, com a maior adesão de torcedores ao Movimento por um Futebol Melhor, oferecerá um lucro extra de R$ 50 milhões por ano aos clubes de São Paulo.

Hoje, o time paulista com o maior número de sócios-torcedores é o Santos, com 53.898 adeptos do Sócio Rei. Presente no encontro do Movimento por um Futebol Melhor na Vila Madalena, o gerente de marketing santista Fernando Montanha se orgulhou do número e garantiu que o clube tem feito a sua parte para seguir na dianteira. Recentemente, o departamento dele concluiu um mapeamento de regiões distantes da Baixada Santista que reúnem um grande número de fãs do time. Eles serão o público-alvo do programa no próximo ano.

Atrás do Santos no ranking de sócios-torcedores, entre os clubes paulistas, aparecem o Corinthians com o seu Fiel Torcedor (43.962), o Palmeiras com o Avanti (36.899) e o São Paulo (19.835). Surpreendentemente, o modesto Grêmio Osasco angariou uma boa quantidade de associados (9.937) e está bem colocado na relação.

Os números dos times de São Paulo, no entanto, ainda não são considerados tão expressivos pelo Movimento por um Futebol Melhor. Principalmente se comparados com o que já atingiram os líderes brasileiros no quesito, os gaúchos Internacional (111.069) e Grêmio (74.440). Segundo Pedro Paulo Moraes, da Ambev, o “desafio” de os paulistas ultrapassarem a dupla de rivais do Rio Grande do Sul já foi aceito.

Com um representante no bar da Vila Madalena, o Palmeiras corroborou com as palavras do executivo da cervejaria. O diretor de marketing Marcelo Giannubilo lembrou que a sua diretoria assumiu o clube com pouco mais de 8.000 sócios-torcedores e está disposta a chegar aos 100.000 em 2014, temporada do centenário.

“Espero que todo o mundo consiga aumentar os seus números, mas que o Palmeiras melhore um pouco mais”, sorriu, ao falar em público. Pouco depois, quando já havia voltado a degustar o chope do local, ele rejeitou o espaço para divulgação ao se negar a conceder entrevistas.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• Como superar a resistência?

Por Thiago Salata

Paulo Nobre tem toda razão em achar que os salários de jogadores e técnicos ultrapassaram o limite do bom senso há muito tempo. É válida a tentativa por contratos mais realistas, com ganhos extras condicionados ao desempenho em campo.

Mas era esperado que esse tipo de conduta fosse encontrar resistência no mercado. E o clube tem de estar preparado para lidar com isso, e saber que tem a necessidade de contratar ao menos cinco bons reforços para 2014. As negociações não estão nada fáceis, relatam os envolvidos no Verdão.

Pior do que encontrar dificuldade em contratar, é ter problemas para renovar com quem já está lá, casos de Leandro, Vilson e Márcio Araújo. Nenhum craque, mas peças úteis para o elenco. Nem mesmo quem já está no clube e poderia ter “boa vontade” com a diretoria está acertando.

O Palmeiras completa na semana que vem dois meses da conquista do acesso, obtido em 26 de outubro. O saldo do período: renovação de Gilson Kleina, a muito custo, e contratação do jovem Rodolfo, uma mera aposta. A situação hoje, dia 17 de dezembro de 2013, incomoda o treinador.

O mercado não está fácil para nenhum clube grande. Como contratar bem, assim? É com Nobre.

Leia aqui a matéria completa → BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Mercado da Bola

Leio no site do jornal gaúcho Zero Hora, que o Grêmio pode ter Leandro, emprestado ao Palmeiras, de volta. Há uma clausula contratual que protege os palmeirenses dessa perda. Em todo o caso, de técnico novo (Enderson Moreira), sabe-se lá quais são as pretensões gremistas e se o atacante renovará mesmo o seu contrato  com o Palmeiras.

A conferir.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Vilson recusa oferta e deve mesmo sair

Por João Pontes

O zagueiro Vilson não deve permanecer no Palmeiras no ano do centenário do clube. Com vínculo até o fim deste mês, o jogador recusou o contrato de produtividade oferecido pela diretoria.

De acordo com Tiago Faria, agente de Vilson, o Verdão não cumpriu um acordo que tinha com o defensor. Em janeiro, após o zagueiro trocar o Grêmio pelo Alviverde, os dirigentes prometeram aumentar o salário e pagar luvas ao jogador em caso de renovação.

“É uma situação complicada. O Palmeiras ofereceu um salário bem abaixo do que tinha sido combinado na opção de renovação”, explicou Faria, em entrevista ao DIÁRIO.

Embora tenha recusado a oferta inicial, o agente garantiu que a intenção de Vilson é permanecer no Palmeiras.

“O Vilson quer ficar. Porém, com os valores apresentados, fica complicado a permanência dele. Por tudo que fez nesta temporada, o Vilson deveria ser valorizado pela diretoria. O Palmeiras ofereceu um salário inferior ao que ele ganha atualmente”, comentou.

Caso o Verdão não apresente uma nova proposta até o fim do mês, o zagueiro deixará o clube do Palestra Itália.

“Estamos aguardando um novo contato da diretoria do Palmeiras. O que posso dizer é que o Vilson está valorizado. Já recebi sondagens de duas equipes da Série A do Campeonato Brasileiro. Também tem uma equipe do exterior interessada na contratação dele”, garantiu.

Dos 13 jogadores do Palmeiras com contrato vencendo ao fim desta temporada, Vilson é tratado como prioridade pelo técnico Gilson Kleina.

• Substituto

Com a iminente saída de Vilson, o nome do zagueiro Lúcio ganha ainda mais força no Palmeiras. O ex-capitão da seleção tem contrato com o São Paulo até dezembro de 2014 e está encostado.

O principal obstáculo para a contratação é o salário do jogador. No time do Morumbi, Lúcio ganha cerca de R$ 500 mil. A princípio, o Verdão pretendia dividir o salário. Porém, o Tricolor recusou a ideia.

• Bahia busca empréstimo de Maikon Leite

O atacante Maikon Leite não deve retornar ao Palmeiras na próxima temporada. Fora dos planos da diretoria alviverde para o centenário, o jogador está na mira do Bahia.

Artilheiro do Náutico no Campeonato Brasileiro, com oito gols marcados, Maikon Leite tem contrato de empréstimo com o Timbu até abril de 2014. No entanto, devido ao rebaixamento para a Série B, o clube pernambucano não pretende dificultar a saída do atacante.

Segundo a imprensa de Salvador, o Bahia negocia o empréstimo do jogador por uma temporada. Ontem, inclusive, a diretoria do Tricolor baiano esteve reunida com os representantes de Maikon Leite para discutir uma eventual transferência.

Revelado nas categorias de base do Santos, Maikon Leite acabou contrato pelo Palmeiras em 2011 e assinou vínculo de cinco temporadas. No Verdão, o atacante não conseguiu repetir as boas atuações pelo Peixe e perdeu espaço no time titular. Para piorar, ele passou a ser perseguido pela torcida.

Leia aqui a matéria completa > BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Por telefone

Agente do lateral-direito Sueliton, César Bottega diz ter sido consultado pelo Palmeiras. “Foi um dos clubes que sondaram o Sueliton, mas ainda não houve uma segunda conversa. Quero resolver isso logo”, avisa.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Bruno Andrade

• De saída

O atacante Maikon Leite, do Palmeiras, tem uma proposta do Morélia (MEX) e de um time da Coreia do Sul, para atuar em 2014. O atacante deve receber 120 mil dólares por mês, quase o dobro que recebia neste ano, parte pago pelo Palmeiras e parte pelo Náutico.

••

VÍDEO ❘ LANCE TV

• Especial: a grande caminhada do Palmeiras de volta à elite

Assista aqui → VÍDEO ❘ LANCE TV

••

37 respostas em “Verdão na Mídia 17-12-2013: Márcio Araújo está de saída do Palmeiras ❘ Band Esporte”

Há jogadores e jogadores. O Leandro estava encostado, veio para o Palmeiras, jogou uma temporada e se acha “o cara”. Ora, ganhe campeonatos de interesse e depois peça aumento. A impressão é que alguns jogadores, que se acham indispensáveis, querem fazer o clube de refém. “Se não pagar mais, não jogo”. Ora, o que você ganhou até agora Leandro? A série B?

Bom, pelo menos uma boa noticia. Parece que o GB está saindo, vamos ver quem vai querer ele…
E parece mesmo que o PN vai conseguir perder o Vilson de graça(mais um) e vai perder o Leandro tbm. Começo a sentir saudades do Tirone, pelo menos eu dava risada da cara dele nas entrevistas desastrosas que ele dava.

E lá vamos nós pra mais um ano medíocre, afinal o presidente já disse que ano que vem a prioridade é o clube então vamos torcer no campeonato de bocha e de judô. Esqueçam o futebol ,ordens do mestre Mustafá.

Marcio Araujo estaria de saída do Palmeiras, mas o fluminense entrou com recurso e nosso querido Araújo fica!

Agora falta Bruno, Wendel, André Luiz, Juninho Pampers, Leandro Amaro, Maikon Leite, Vinícius, Caio Mancha, Patric, Paulo Nobre, Brunoro, Feitosa, MUSTAPHÁ CONTURSI, Gilton Avalone, Piraci, Del Nero.
SOCORRO BELUZZO!!!!!!

A cada linha lida, um depoimento importante, que deixa claro o estado terminal desta gestão fantasiosa , o Senhor Paulo Nobre, se mostra um verdadeiro piloto, que esta levando um gigante como o Palmeiras , definitivamente ao fracasso, esta claro que sua administração não tem nada de profissional, apenas argumentos furtivos, sem conteúdo e nexo!

Quer ver que vão dar o Valdívia em definitivo pelo Elano (por empréstimo…)

Nossa diretoria não contrata/renova com ninguém, e o que é pior renovou com o APRENDIZ. Ser presidente para apenas repetir: “Não temos dinheiro”, qualquer um é. Contratar um departamento de marketing que, em um ano, não conseguiu nem arrumar um patrocínio master para o time é característica de péssima administração. Das reformas prometidas nem sinal. O Nobre foi eleito apenas pagar dívidas? Porque a diretoria não tenta inverter o ciclo: em vez de diminuir as despesas, que tal AUMENTAR RECEITAS. Está mais que provado que a torcida responde, veja a arrecadação conseguida na série B.

O que não entendo è que com esse elenco fraco,temos um prejuizo atè agosto conforme site oficial de 23 milhões, então temos jogador ruím e caro, e outros times com folha similar ,tem elenco melhor,acho que falta diretores que conheçam o mercado e saíbam negociar,aqui doam barcos,souza,luis felipe e agora Vilson, fazem midia prà Leandro e não levam nada,provavelmente Ayrton ficarà no vitòria e nòs pagaremos parte do salario e aqui joga um pereba pior,o mesmo com Vitor.Sò tem amador nessa admnustração.

Nossa mano que comédia, era só o q faltava o único destaque q veio do Grêmio ser negociado msm para o Elano vir.

O Vilson sai e vem o Lúcio que pra mim até seria uma boa contratação. Mas agora trocar uma peça q já deu certo e e “de graça”, por uma cara e que não pode vingar já é outra piada de mau gosto para um clube que vive dizendo q esta endividado.

O PN está de parabéns. Não só não consegue contratar ninguém, como ainda está perdendo os poucos que tem. Até os perebas querem distância dessa idéia genial. . O Mustafá não faria melhor..

É triste ler de alguns “palmeirenses”, que o PALMEIRAS virou time pequeno. O PALMEIRAS não é e jamais será time pequeno. Independentemente da qualidade de seus jogadores, treinadores e administradores. Acho até falta de respeito. Não escolhemos ser palmeirense. Nascemos assim. Só nós sabemos o tamanho desse sentimento. Outro ponto é: Gostem ou não do Paulo Nobre e sua austeridade financeira, lembremo-nos que o Bom Senso FC está pedindo e deve conseguir o tal Fair Play financeiro. Gastar e não conseguir pagar será punido. Até mais pessoal.

É, tá difícil manter as esperanças pro centenário… E tem gente que ainda tem coragem de falar mal do Belluzzo, único MACHO e PALMEIRENSE que dirigiu o clube.

Todo mundo consegue passar seus perebas para frente menos o Palmeiras, que fica emprestando os seus (e pagando metade ou totalidade do salário) como Lovinho, Vitor (que veio com grife e nao vingou), Wendel e outros. Melhor vender o M. Leite e faturar algum do que emprestá-lo pagando parte do seu salário.

“Eu costumo dizer que criamos um portal entre nós e o Palmeiras…” Como eu vi por aí na internet, escrito por alguém, só se for um portal do inferno. Da última vez saiu o melhor jogador do time na temporada anterior com 28 gols na troca por dívidas não tão grandes o suficiente pra um clube do tamanho do Palmeiras e por jogadores que se provaram inúteis e agora estão sendo dispensados. Só não precisavam pateticamente dizer que com a troca montaram um elenco. Com Léo Gago e Rondinelly não se monta time nem pra campeonato de várzea. Outra vez falam em troca. Os atuais jogadores com as maiores pendências financeiras (além de provavelmente os únicos que interessariam aos gaúchos que não são trouxas) parece que são Henrique, Wesley e Valdivia. Os únicos três jogadores que seriam quase indispensáveis se o objetivo for de alcançar alguma coisa em 2014.

Bruno, as únicas coisas que essa diretoria busca são: austeridade financeira, manter-se na série-A e manter o status-quo vigente nas alamedas para obter a reeleição no próximo biênio…

Nobre, é tão inútil que Nem a base do elenco atual foi ele que montou, ja que Prass, Henrique, Wesley e Valdivia, vieram na gestões passadas, a tendencia em 2014. é apenas se manter na serie A, o que divido… 2015 é o ano do tri !

DESSE GEITO OPALMEIRAS VAI JOGAR COM O SUB 20,NINGUEM VAI FICAR COM ESSE PLANEJAMENTO DE PRODUTIVIDADE

Hoje o futebol é para poucos, se não tiver dinheiro é melhor fechar.
O gambá tem muito, o Inter está forte, o Santos ousado, o Cruzeiro audácioso entre outros grandes que são grandes mesmo.
O Palmeiras foi grande, hoje não vejo futuro em torçer para ele, perdi o tesão de torçer, faz tempo que não temos um time decente.
Fecha logo.
Palmeirense 2014 vá ao teatro, ao cinema, vá pescar…

Tà na hora de Nobre e Brunoro começarem a trabalhar,nada de patrocínio nada de contratação,tão mais mole que Tirone e Frizzo,que nessa epoca ,já tinham contratado Pràss e Ayrton e Vilson tava chegando.

Se esta notícia do Alex Muller se concretizar, será o melhor reforço do Palmeiras no ano. Infelizmente as notícias que chegam da Band não são nenhum pouco confiáveis.

Ia ser pedir muito se o caramujo saísse. Não vou comemorar porque alegria de pobre costuma durar pouco

POSICIONAMENTO DE TIME PEQUENO = RESULTADOS DE TIMES PEQUENOS = RETORNO IMEDIATO À SÉRIE B EM 2015.

SERÁ QUE UM DIA O PALMEIRAS VAI VOLTAR A SER PALMEIRAS ???? POR ENQUANTO A METAMORFOSE NOS LEVA A SER UM PALMEIRAS DE DESPORTOS !!!!

Concordo. Se fosse o Palmeiras no lugar da Lusa ia perder a briga no STJD. Se fosse Gambás ou Bambis e até Lambaris não perderiam. Parabéns Nobre e bem vindos jogadores da série B e C q é o q vão conseguir contratar. E o Pior é ouvir um banana dizer q espera 100 mil no AVANTI. Será q só nós somos idiotas assim? E pra finalizar, PARABENS MAÇARAUJO pq vc é horrivel mas vai sair de um time com o futuro pequeno (vc é um iluminado mesmo)

Os comentários estão desativados.