Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 20-12-2013: Em reunião, Nobre admite que não montará time de ponta no Palmeiras em 2014 ❘ Uol Esporte

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Em reunião, Nobre admite que não montará time de ponta no Palmeiras em 2014

Por Mauricio Duarte

Na noite da última quinta-feira, o presidente Paulo Nobre apresentou o orçamento do Palmeiras para 2014 ao COF (Conselho de Orientação e Fiscalização), órgão que controla os gastos do Palmeiras. Ele revelou que não conseguirá montar um time de ponta em 2014 e que o dinheiro está curto. Os conselheiros pediram um tempo para analisar os valores e uma nova reunião foi marcada para o dia seis de janeiro.

“Vai ser um ano difícil. Vamos ter que cortar muitos gastos”, disse ao UOL Esporte Alberto Strufaldi, presidente do COF. Embora não tenha revelado os valores, ele adiantou que eles são insuficientes para fazer tudo o que é preciso. Por isso, a urgência em conseguir rapidamente um patrocínio máster, que não consta no orçamento apresentado por Nobre.

No encontro, o presidente do time alviverde revelou ainda que está sofrendo muito para conseguir contratar e que não será capaz de montar um time de ponta por conta dos preços que os atletas estão pedindo no mercado. “Ele disse que pelos preços que estão pedindo fica impossível montar time de ponta. E é isso mesmo”, afirmou Strufaldi.

Recentemente, o Palmeiras conseguiu  R$ 54 milhões de um fundo de investimento. A iniciativa já foi aprovada pelo Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) e terá como garantia o contrato da rede Globo de transmissão de jogos do clube. Agora, a diretoria analisa como será usado o dinheiro.

O montante foi obtido usando um processo denominado Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), por meio do banco Votorantim. Desta forma, os juros são mais baixos do que um empréstimo comum. O clube irá usar seus créditos futuros para pagar dívidas. Ou seja, irá movimentar um dinheiro que ainda não tem, mas irá receber futuramente.

Embora ainda não falem disso abertamente, os dirigentes irão usar o dinheiro do fundo para investir em contratações, pagar dívidas- como o empréstimo feito em nome do próprio presidente Paulo Nobre, de R$ 35 milhões – e também para melhorias na sede social do clube. enquanto o patrocínio máster não chega, essa foi a solução encontrada.

O Palmeiras vive uma situação financeira difícil e, justamente por isso, Nobre já disse em diversas oportunidades que não será “refém do centenário”. Ou seja, não fará grandes loucuras. Dentro desse ponto de vista, o clube optou pelo contrato de produtividade, tanto para jogadores quanto para o técnico Gilson Kleina. Dessa forma, os salários são reduzidos e os vencimentos aumentam de acordo com metas alcançadas.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Verdão sofre para explicar nova política contratual a possíveis reforços

Por Rodrigo Faber

De olho na próxima temporada, o departamento de futebol do Palmeiras adotou uma medida para todas os possíveis reforços: oferecer contratos por produtividade. Até agora, apenas o atacante Rodolfo, ex-Rio Claro, foi anunciado como novidade para o centenário. O presidente Paulo Nobre assegura que a movimentação alviverde no mercado é grande e que o novo modelo contratual não chega a dificultar as negociações, mas admite: os atletas sondados demoram a entender o conceito.

– O que eu venho enfrentando é uma dúvida de como funciona isso. Há a questão da produtividade, das metas e tudo mais. Depois que você explica, a pessoa vê que não é um bicho de sete cabeças. É muito interessante. Eu preciso de profissionais que acreditem na própria capacidade. Quero atletas que queiram vencer. Essa nova política acaba valorizando muito esse tipo de profissional – afirmou Nobre, em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com.

Formado em direito e investidor do mercado financeiro, Paulo Nobre demonstra convicção ao dizer que os atletas só tem a ganhar com o contrato assinado de acordo com a produtividade. Ciente de que em um primeiro momento será complicado fazer com que os possíveis reforços entendam a ideia, o mandatário tem certeza de que, em breve, a nova política beneficiará tanto os atletas quanto o próprio Palmeiras.

– Aqui eu explico o porquê das coisas e trato tudo com muita transparência. Toda quebra de paradigma é complicada. Em um primeiro momento, as pessoas podem achar: “Pô, ele está querendo diminuir nosso salário”. Muito pelo contrário. Os salários serão maiores, desde que as pessoas atinjam as metas. Assim, conseguiremos dar a volta por cima – completou.

Nos bastidores, nem todos parecem concordar com a política. Uma das peças mais antigas do atual elenco, o volante Márcio Araújo quer um aumento no salário fixo para renovar seu contrato com o Palmeiras, e prefere não correr o risco de manter o valor atual sem incrementos, caso ele próprio e o time não batam as metas pré-estabelecidas para 2014. Vilson e Charles são outros que ainda não chegaram a um acordo com o Verdão.

O fato de o Palmeiras comemorar o centenário na próxima temporada não assusta Paulo Nobre. Com a estreia no Campeonato Paulista marcada para o dia 18 de janeiro, contra o Linense, no estádio do Pacaembu, o presidente já assegurou que não fugirá da realidade econômica do clube em relação às contratações. A ideia é anunciar mais jogadores, mas manter a base do elenco que foi campeão da Série B neste ano.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Meta de curto prazo é dica do mercado para Palmeiras emplacar produtividade

Por Mauricio Duarte

“Colocar a cenoura na frente do cavalo”. É com essa expressão que especialistas em gestão de pessoas ouvidos pelo UOL Esporte aconselham o Palmeiras a fazer os jogadores aceitarem o tão temido contrato de produtividade, que tem emperrado diversas negociações que o clube tenta realizar. Esse modelo de negócios nasceu e prosperou no mundo corporativo, principalmente entre os altos executivos. A intenção do presidente Paulo Nobre é fazer com que essa meritocracia seja adotada também no futebol.

Para atrair o funcionário, é necessário ter metas bem definidas, atrativas e factíveis. O bônus precisa entusiasmar o atleta, no caso, e fazê-lo andar para a frente sempre. Ou seja, é a cenoura na frente do cavalo. Além disso, elas precisam motivar a curto prazo.

“Tudo depende da transparência e clareza que você estabelece em seus parâmetros. O mais importante é estar muito claro o que vai levar o funcionário a receber essas variáveis. As metas e as remunerações precisam ser intermediárias, não só para títulos. Aí o funcionário começa a trabalhar com módulo e começa a enxergar chance de ganhar em curto prazo”, disse Sergio Sabino, diretor de marketing da Michael Page, empresa de recrutamento especializado de executivos para média e alta gerência.

Marcus Soares, professor de Gestão de Pessoas do Insper, vai pelo mesmo caminho. “Metas não podem ser de longo prazo nem acima ou abaixo da capacidade do funcionário. As duas são desmotivadoras. A meta que é desafiadora e atingível é a ideal, que anima a ir buscar o objetivo”, explicou.

Soares complementa ainda que é fácil medir o desempenho de um atleta e determinar metas ainda mais consistentes. “No caso de um atleta você tem mensurações quantitativas, número de partidas, gols e assim por diante. É quantitativo e qualitativo. Então eu posso fazer uma avaliação dentro de um período de tempo. Posso determinar quantidades de aproveitamento. E posso ou não te dar um prêmio dependendo do desempenho”, completou.

Outro fator de convencimento é mostrar números de fato ao funcionário. “Tem que conscientizar que não é impossível não só ter os mesmos ganhos, mas melhorar. Você sabe com mais clareza onde tem que investir e o que precisa superar. Tem que mostrar a finalidade dessas metas de desempenho”, afirmou Luis Henrique Stockler, consultor e sócio-diretor da Stockler.

Além disso, Stockler defende que esta é a melhor maneira de evoluir profissionalmente e não se acomodar. “É um incentivo para melhorar. Quem quer crescer não vai ter medo do desafio. Quem está acomodado, sim. Esse não vai ficar. Você começa a separar quem quer crescer e quem está acomodado e vivendo do passado”, analisou.

No mundo dos atletas e empresários do futebol, no entanto, a coisa segue sendo vista com desconfiança. A produtividade é associada a atletas em início ou final de carreira. O presidente Paulo Nobre, por sua vez, segue solitário em sua cruzada contra os altos salários pedidos pelos jogadores.

“Não é pagar menos, mas muito mais, só que de uma forma em que todos ganhem juntos. Esse conceito, caso vingue, será muito saudável ao futebol. Temos que buscar atingir todos os objetivos e, nesse conceito, cada vez que você paga mais aos contratados é porque o clube ganhou. É como falamos no mundo do mercado financeiro. É a famosa cenoura na frente do cavalo para ter mais ambição de correr mais rápido” explicou, recorrendo à mesma imagem usada pelos especialistas.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Libertad pede US$ 2 mi por Moreira, e reunião deve selar ida para o Verdão

Por Bruno Andrade e Caio Carrieri

O Palmeiras pode concluir na tarde desta sexta-feira a contratação de Moreira, lateral-direito do Libertad (PAR). Está agendado um encontro entre dirigentes dos clubes em Assunção (PAR), e provavelmente o diretor-executivo José Carlos Brunoro será o emissário palmeirense no Paraguai – ele fez a mesma viagem no meio do ano para trazer o meia Mendieta.

A pedida do Libertad é de US$ 2 milhões (R$ 4,7 milhões), e o Alviverde espera que seu emissário retorne do país vizinho com a confirmação do reforço na bagagem.

O jogador já acertou bases salariais com o Verdão. Se a transferência vingar, receberá no Palestra Itália entre US$ 30 mil e US$ 40 mil (R$ 70 mil e R$ 95 mil) por um contrato de três ou quatro temporadas.

– Nesta sexta no máximo finalizamos tudo. Em princípio está certo. Vamos ver alguns pontos que os clubes têm que acertar. Ele vai jogar no Palmeiras – declarou Hector Peralta, agente do jogador, em entrevista ao LANCE!Net.

O atleta de 23 anos de idade está na lista de reforços de Gilson Kleina desde março deste ano. O interesse surgiu depois do Verdão enfrentar o Libertad na fase de grupos da Copa Libertadores.

Na última quarta-feira, Moreira e seu representante se reuniram com o presidente do clube paraguaio, Carlos Aguero. Durante a conversa, o lateral deixou clara para o mandatário a sua vontade de defender as cores do Palmeiras.

O vínculo do paraguaio com a sua equipe atual vai até o fim do próximo do ano. Por conta deste prazo, os gumarelos têm seis meses para receber uma recompensa financeira em uma possível venda. Depois, Moreira poderá assinar um pré-contrato e sair de graça.

O Verdão topou fazer a investida após a CBF aumentar o limite de três para cinco estrangeiros por equipe – Valdivia (chileno), Mendieta (paraguaio) e Eguren (uruguaio) são os gringos do grupo.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Perto de Cruzeiro e Inter, Luan pode ser usado para baratear Elano

Por William Correia

Luan está mais próximo de renovar com o Cruzeiro ou assinar com o Inter, mas o Palmeiras deseja usar o jogador para reforçar o elenco no ano do centenário. O atacante já foi procurado pelo Grêmio e esse interesse pode ser um atalho para o Verdão dividir o alto salário solicitado por Elano.

O acerto entre Elano e Palmeiras esbarrou nos problemas financeiros, mas o clube paulista conta com a possibilidade de oferecer o empréstimo de Luan por um ano em troca de alguma ajuda nos gastos mensais com o meia, nem que seja pedindo para que o Grêmio se empenhe mais para convencer o jogador a aceitar receber menos.

Os gaúchos já deram mostras de que abrem mão de Elano e manifestaram a vontade de contar com Luan, a pedido do recém-contratado técnico Enderson Moreira. Como o titular da Seleção na Copa do Mundo de 2010 é visto como um reforço chamativo para o centenário, o atacante que era reserva no Cruzeiro pode virar a última tentativa de acerto com Elano.

O Grêmio já procurou, inclusive, os representantes de Luan para avançar nas negociações. No momento, porém, Cruzeiro e Inter estão na frente. “Existem vários clubes interessados que já conversaram comigo. Cruzeiro e Inter são os mais firmes”, contou Magrão, empresário do atacante, à Gazeta Esportiva.

A intenção do agente é acertar o destino de seu cliente, no máximo, na semana que vem, para que o jogador já saiba em que clube deve se apresentar em janeiro. Com contrato com Luan até 2015, o Palmeiras deseja usá-lo como moeda de troca e estuda o que Cruzeiro e Inter também podem oferecer por ele.

Enquanto não há acerto, Luan tem como obrigação se apresentar ao Palmeiras, mas tanto ele quanto o clube não desejam estar juntos no ano que vem. “No futebol tudo pode acontecer, mas tudo está direcionado para que o Luan não jogue no Palmeiras no ano que vem. A princípio, a ideia é de que ocorra um novo empréstimo por um ano”, disse Magrão.

Luan começou 2013 no Verdão, mas se cansou das críticas que recebia de torcedores, ampliadas após o rebaixamento no ano passado, e pediu para sair. Foi repassado ao Cruzeiro, que cedeu os volantes Marcelo Oliveira e Charles em troca. O empréstimo dos dois acaba no dia 31 e a prorrogação não depende da negociação de Luan, já que, para liberar o volante Souza, o Palmeiras adquiriu direito unilateral de renovar por mais um ano com ambos.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

BLOG DO ALEX MÜLLER

• Sem fazer “loucuras”, Palmeiras pode levar torcida à loucura

O discurso já é decorado por todos! O Palmeiras não fará loucuras para contratar jogadores de qualidade para o ano que vem. Que bom né? Pois bem, eu não acho e discordo.

O clube é muito grande para se apequenar tão facilmente. Por mais difícil que esteja a situação financeira, sabemos que muitos jogadores não continuarão por razões diversas. Leandro, por exemplo, que se diz tão palmeirense, pede mais de 6 vezes o que ele ganha hoje como aumento salarial. Pode vazar!

Juntando os salários de todos que deixarão o clube, penso eu que seria possível se concentrar em 4 ou 5 aquisições pontuais sem gastar mais do que se gastava com um elenco meia boca de nível de Série B.

Já falei aqui que os nomes ventilados para reforçar o clube me agradam e merecem o investimento. Lúcio, Elano, Bruno César e Carlinhos, por exemplo, qualificariam demais o elenco, mas sinto que o pensamento é ou está muito medroso.

Claro que só o presidente sabe as dificuldades de se administrar um clube com dívidas enormes, mas um GRANDE presidente certamente consegue driblar tais dificuldades para priorizar uma equipe digna das tradições de um Palmeiras.

E quando se ouve falar em não fazer loucuras, o que dá mais significado para isso, contratar grandes jogadores ou deixar o Palmeiras passar mais vexames bem no ano do centenário, que não deve ser o foco principal, mas é um detalhe que tempera a próxima temporada?

As coisas estão muito lentas para quem esperava ver um Palmeiras sendo desenhado com mais força para 2014.

Preocupação total!!! Não sei se suportaríamos a busca de um tal “tri” em 2015….

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ALEX MÜLLER

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Mercado da Bola

O Mercado da Bola andou movimentado nesta quinta-feira. Tanto pela contratação já consumada de Edinho (ex- Fluminense, Palmeiras, Inter) pelo Grêmio que lhe dará a camisa número 8, como pelos acertos praticamente definidos entre o Palmeiras e os jogadores Moreira (23 anos, lateral-direito do paraguaio Libertad) e Marquinhos Gabriel (meia e atacante, que estava no Bahia) ou pela tentativa do São Paulo em comprar parte dos direitos de Vargas junto ao Napoli.

Além disso, como destaque do Mercado, surge o Cruzeiro tentando a volta de um centroavante que fez sucesso vestindo sua camisa- Marcelo Moreno- e nem tanto depois pelos vários clubes pelos quais passou.

Com muitos jogadores curtindo suas férias fora do Brasil, a tendência é a de que o Mercado fique ainda muito mais agitado depois do Natal.

• Novos talentos

Mudando o assunto para novos talentos, Palmeiras e Inter de Porto Alegre farão neste sábado a final do Campeonato Brasileiro Sub- 20. Nesta quinta à noite, o Palmeiras empatou com o Grêmio em 1 a 1 no tempo regulamentar e venceu na decisão por pênaltis, 5 a 4. Já o Inter passeou em campo e goleou o Cruzeiro por 4 a 0, completando a marca de 14 gols a favor e dois contra na competição.

Destaques individuais? Pelo Palmeiras, o melhor foi o zagueiro- central, Gabriel Dias, autor do gol (de cabeça) e de uma ação sensacional, também de cabeça, ao salvar um gol do Grêmio quase em cima da linha. O goleiro Vinicius também se destacou.  Já pelo Inter foram vários os destaques, mas os principais, em minha opinião, foram o centroavante Andrigo (técnico, toque de bola refinado) e o atacante Leandro, muito veloz.

Deve dar bom jogo essa decisão.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri

• Memória

Acertado com o Palmeiras, Marquinhos Gabriel tinha propostas de outros clubes: Santos, Grêmio e Cruzeiro entraram em contato com o estafe do jogador. A opção pelo clube da capital paulista se deu porque o meia era fã de ídolos alviverdes, como Zinho e Evair.

• Variável

No Palmeiras, Marquinhos terá contrato de produtividade e poderá dobrar seu salário mensal, dependendo de seu desempenho. A contratação do jogador depende ainda do BMG, que está adquirindo parte de seus direitos, e precisa autorizar a realização do negócio.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Damato

• Interminável

Conselheiros que acompanham o Allianz Parque já duvidam que a obra acabe em outubro de 2014 – oficialmente a WTorre ainda fala em junho. Dizem que a falta de transparência da WTorre, as mudanças nos prazos e os 30% que ainda faltam cumprir indicam que a obra vai atrasar de novo.

• Redimensionado

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, comentou com um amigo num jantar que no ano que vem pretende que o diretor executivo José Carlos Brunoro fique mais concentrado no futebol, deixando áreas como o Marketing de lado. Nobre considera que o clube está mais estruturado e que não precisa mais de um “superdiretor”.

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Corneta verde

O presidente tricolor, Juvenal Juvêncio, prevê que o Palmeiras terá insucesso com a política de pagamento de salários por metas. “No São Paulo, enquanto eu for presidente, isso está descartado”, avisa.

• É Natal

Ex-vice de futebol do Verdão, Roberto Frizzo pretende juntar pelo menos 30 conselheiros para um evento de confraternização. E também de política. Há quem garanta que ele sonha em ser o próximo presidente do Palmeiras.

••

56 respostas em “Verdão na Mídia 20-12-2013: Em reunião, Nobre admite que não montará time de ponta no Palmeiras em 2014 ❘ Uol Esporte”

Boa noite a todos, as criticas são validas, mas há um porem, onde esta a solução em resolver o problema, além dos argumentos que são repetitivos, em alegações absurdas que não temos dinheiro? Se tivéssemos competentes dirigentes que já são remunerados, não estaríamos lendo criticas que são alvo dos mesmos que alegam que Paulo Nobre é um bom administrador, , mas realmente é? Se for seu trabalho ainda é pífio, pois errou em varias circunstancias, que municiam as criticas que revelam a realidade dura de não termos pessoas competentes, na politica alviverde, ou alguém duvida? Desta forma Paulo Nobre esta correndo altos riscos de ser mais um que assume a presidência de uma forte marca como o Palmeiras , com resultados nulos, e prejuízos técnicos e financeiros, ENORMES!

Desde a época da comunidade do orkut tenho visto algumas pessoas que defendem dirigentes e jogadores, por mais medíocres que sejam.

Criticou a contratação de Max Pardalzinho, Enílton, Gerley, etc? Corneta! Anti-palmeirense!

O técnico insiste no Márcio Araújo e deixa o Eguren no banco e você o acha burro? Não vale vair, temos que apoiar!

De 99 pra cá, o que ganhamos? Quantas vezes fomos rebaixados nesse tempo?

O presidente, que vive passando uma imagem de time quebrado e condenado à insignificância, está fazendo uma operação financeira usando as cotas de TV como garantia e diz que não vai montar um time decente. Vai, ainda, utilizar parte da grana pra investir no clube social… A Globo paga o Palmeiras pra mostrar o clube? Esse playboy tá tirando dinheiro do futebol pra agradar as múmias da turma do Mustafá. “Mas temos que apoiar, comprar Premiere e pagar o Avanti”, dizem as nobretes, que já foram mustafetes, moniquetes e até tironetes (no primeiro ano, pelo menos).

Tem muito torcedor aqui que me lembra o cavalo do livro “A Revolução dos Bichos”, que, a cada dificuldade e por mais explorado que fosse sempre dizia: “Vou trabalhar mais”.

Encontrei o super master plus torcedor palmeirense. Não importa se é eliminado do Paulista, da CB, da Libertadores,. O super master plus torcedor palmeirense é aquele que comemora como um título, soltando fogos e rojões quando o C. O. F. aprova as contas. F#-se o futebol, a razão de existir da SEP é o social.

Com uma torcida dessa, nao precisa de torcida contra. A nossa propria torcida faz esse papel de achincalhar nossos jogadores e possíveis contratações se ao menos esperar se os caras vão jogar bem ou não. Vamos dar um tempo nas críticas e caso realmente as contratações não derem resultado, aí sim podem reclamar. Pelo menos vamos incentivar e dar força ou vcs acham que gambás, bambus e lambaris vão aplaudir nossos jogadores???

Leonardo, nao é achincalhar, mas muitos aqui foram forjados nos anos da fila e ja conhecem de cor e salteado a cartilha do bom e barato. Gostaria muito de ser contrariado por essas apostas mas o Palmeiras ja nos pregou cada peça que fica dificil ser otimista ao extremo.

Quem achincalha ? Ninguém achincalha ninguém. Se o próprio C. E. O. diz que o time é de segunda divisão e o próprio preside.nte afirma que não montará time de “ponta”, ou seja, montará um time médio (mediocre), quem achincalha o time e as contratações são aquele que fazem a gestão. Os cornetas-mor da SEP são nossos próprios gestores. Vai reclamar com eles, não com a torcida. A torcida só reverberá as bobagens que eles fazem questão de dizer.

Muita gente achincalha aqui sim. E como. (Não me refiro a você, não sei se faz isso ou não).
Mas já vi mais de 10 aqui reclamando que contratou Rodolfo ou Marquinhos Gabriel, com comentários de que são ruins, pensamento pequeno, vamos cair e blá blá blá.
Agora eu pergunto, quantos desses caras que reclamam assim viram jogos do Bahia e do time sub-20 do Rodolfo, que nem lembro qual era? Quantos jogos viram?
A resposta é 0. Ou seja, o cara reclama por reclamar apenas. E depois ainda se diz Palmeirense.

VLM, não achincalho jogador por entender que é patrimônio da SEP. Nem o Massaraújo xingo. Só que o discurso da diret. oria é que leva a isso. Chega e fala: “Vamos brigar por título”.” Estamos trazendo peças pontuais para suprir a necessidade do time”. “Nossa meta é ganhar campeonatos no Centenário”. Mas não, falam um monte bobagens e todos tem que falar amém ?

VLM, nós não estamos achincalhando por querer, o problema é que quando chega o período de contratações, a diretoria simplesmente ela fala um monte de besteira dizendo a quatro ventos que: ” O CLUBE NÃO TEM DINHEIRO…, NÃO PODEMOS FAZER LOUCURAS…, OS JOGADORES SÃO ESSES PARA O ANO DO CENTENÁRIO…, É POR CULPA DA COPA DO MUNDO…, aí nós Torcedores começa entrar em desespero e aí as nossas esperanças de ver um Palmeiras FORTE, LIVRE E VENCEDOR ir por água abaixo.

O Amadorismo de Nobre se mostra a cada dificuldade que aparece,sem conseguir patrocínio,sem saber negociar,sem sber a verdade do mercado de futebol, sabe lamentar,se fosse presidente de empresa de primeira linha ,ia dizer,agora è a vez dos concorrentes,nòs não sabemos como competir nesse mercado, è o preço de termos aprendizes como presidente.

Futebol se ganha com inteligência, não apenas com dinheiro. Vejam o time do Cruzeiro de 2013. Que ganhamos com Muricy e Luxa? Dívidas? Vamos dar um tempo pessoal. Podemos sim montar um time sem estrelas e surpreendermos. Não é passar a mão na cabeça desta diretoria, afinal a questão do patrocínio e da Arena me parecem muito mais sérias. Mas ainda tenho esperanças. E ela é verde!

Ai é que está… Ninguém quer estrelas… Jogador de futebol tem que ter fome, vontade de vencer na vida, agora só isso não basta, o ímpeto deve vir sempre acompanhado da QUALIDADE!!!

Volta e meia o pessoal cita o Cruzeiro como referência, entretanto, se esquecem que os Marias se reforçaram E MUITO para esta temporada: MARCELO OLIVEIRA,DEDÉ, EVERTON RIBEIRO, WILLIAM, DAGOBERTO, BRUNO RODRIGO, NILTON… Fora os que lá já esta estavam (BORGES, FÁBIO, CEARÁ…..)

Tá doido… Que galera corneta!!!! As notícias que o 3vv colocam é para uma discussão reflexiva e que agregue algo a mais para o Palmeiras… Só cornetar é dar tiro no próprio pé….

NÃO SABIA QUE TINHA TANTO GAMBÁ PALPITANDO NO 3VV !!!!! ESTÁ NA HORA DE FAZER UMA TRIAGEM POR AQUI.

Frizzo presidente vai ser a pá de cal. O Palmeiras e o torcedor e a história não merecem isto.

Cancelou o avanti porque? porque o presidente não vai dobrar a divida do clube, e para virarmos um flamengo?

Concordo com vc!!! Gosto do elenco atual e com mais 6 reforços e destaques desse sub-20 vamos ganhar tudo ano que vem!!!! Os cornetas existem apenas para tumultuar…..

Lembrete: Apesar de sermos uma sociedade, não somos uma S.A. (forma de organização societária que tem como objetivo o LUCRO!!!) O objeto-fim de um clube de futebol é tão somente o de VENCER CAMPEONATOS, não podemos desvirtuar a coisa.

Equilíbrio financeiro é fundamental? Sim, contudo a que se zelar sempre pela montagem de uma equipe de ponta (não necessariamente de estrelas). Tiremos como exemplo o próprio Flamengo citado por ti. Nesta temporada conteve gastos, pagou dívidas, parte delas com a verba advinda do AUMENTO DE RECEITAS (ST, PATROCÍNIOS), mas não relegou o futebol a segundo plano, contratou jogadores de qualidade (Elias, Chicão, André Santos, Paulinho…), montou uma equipe suficientemente capaz de conquistar títulos. e assim o fez… SALDO EXTREMAMENTE POSITIVO (detalhe tudo isso em apenas um ano de mandato, num clube em situação econômica mais crítica do que a nossa) TRABALHO PRESTADO COM EFICIÊNCIA, SEM BLÁ BLÁ BLÁ, E DESCULPINHAS.

Agora como se não bastasse vender a imagem do Palmeiras como agremiação falida (maior antimarketing do mundo, afinal que marca deseja atrelar seu nome a algo decadente, caindo pelas tabelas), nosso presidente playboy ainda descarta qualquer tipo de chance de conquistas num ano emblemático como o de 2014, lamentável…

Procure saber como o Barcelona saiu de uma profunda crise financeira, num passado muito recente, tornando-se referência no futebol mundial… A estratégia aplicada em nada se assemelha a esta da “austeridade”, criada pelo sapo-boi nefasto (que nos colocou na vala comum da mediocridade), novamente empregada, desta vez pelo nosso playboy.

Imagino a seguinte situação:

Você é diretor de marketing de uma grande empresa que tem uma boa verba pra investir em patrocínio de um grande clube de futebol.

Aí você vai ver as opções disponíveis.

Todos os times brasileiros estão na merda, sem excessão. Aí você tem um time que diz “ano que vem lutaremos pra ser campeões”, e outro que diz “ano que vem vai ser uma merda, o time vai ser fraco, estamos sem dinheiro, não dá pra pagar nada, o torcedor que não se empolgue”.

Em quem o diretor de marketing vai querer vincular a imagem da sua empresa? Em quem ele vai investir?

Porra…

A situação tá ruim pra todo mundo, mas tá na hora do nobre presidente mudar o discurso.

Tava ruim antes dele entrar, entrou sabendo que tava tudo cagado, agora é trabalhar, e não ficar reclamando… E trabalho que é bom, até agora, não vimos…

se não vai montar um time de ponta é assinar atestado de inconpetência, então pede pra sair sr Paulo Nobre.

O pior de tudo é ser obrigado a ouvir os nomes de Frizzo e Pescarmona como possíveis candidatos à Presidência da SEP.
Se o Pescarmona ou o Frizzo um dia se tornarem presidentes da SEP, considerarei seriamente a possibilidade de deixar de acompanhar o Palmeiras (jamais deixarei de torcer).
O Palmeiras não merece a humilhação de ter presidentes do naipe desses dois.

Esse discurso irrita muito, sem contar essa mentalidade… “Não faremos loucuras”, “O mercado está difícil”, “Não temos dinheiro”, “Manteremos o pé no chão”….. tb sou contra o discurso pessimista ao extremo de parte da torcida, mas é difícil sonhar com algo muito maior do que a 10a colocação no Campeonato brasileiro.

Bom pessoal, depois dessas só me resta desejar um ótimo natal e um ano de 2014 repleto de realizações à todos.
E que Deus tenha misericórdia de nós em 2014.

Abraço

O Alex Müller está certíssimo. Venho dizendo isso desde que esse Paulo Nobre assumiu: que ele é um presidente que pensa pequeno e por isso NÃO SERVE para ser o mandatário do Palmeiras. Se não tinha competência para tal, por que se candidatou? Para que o clube e seu consequente time de futebol continuasse a mesma m…. da gestão anterior? O homem só sabe dizer que a situação do clube é caótica, se um executivo de empresa não esportiva tiver o mesmo comportamento é demitido pelos sócios na mesma hora!!!!! O que ele está fazendo lá para reverter a situação? Como vive apregoando o tal de “contrato por produtividade” por que não faz um para si próprio? Por exemplo, se não ganhar nem um título até junho de 2014 pegaria o boné e cairia fora da presidência!!!!
Querem apostar que em janeiro de 2014 ele vai aparecer com a cara mais lambida do mundo e anunciar que O TIME É ESSE!!!!? (Rodolfo, Moreira (quem é esse?), Márcio Araújo, 1/2 Valdívia, etc., etc., etc..).

Feliz Série B 2015. Vamos ao Tri-Campeonato!!!!

GALERA, QUEM É SÓCIO DO AVANTI , não seja sócio, voc~es estão dando $$$$$$ de GRAÇA para o clube sem o ter o RETORNO (CONTRATAÇÃO DE JOGADORES DE NÍVEL).

Mentalidade igual a sua causa uma das coisas mais feias no futebol: estádio vazio; sem sócio-torcedor, fica mais difícil gerar receitas, e aí não dá pra trazer grandes jogadores – afinal, pelo que eu acompanho você é contra o salário de produtividade, acha melhor pagar o valor que qualquer cagão pede.
Quem você quer no Palmeiras? Nem nomes você tem, já que hoje o futebol caiu e muito de nível; mas você quer reforços, e quem quer que chegue você mete a boca, achando que não vai render nada. Deixa de ser sem-noção, se não tem dinheiro não pode contratar.
No único momento que o Palmeiras teve grana, o presidente era o Mustafá: Não investiu em nada, criou o Palmeiras B e colocou jogador de empresários; depois o Della Monica, que também não investiu; depois o Belluzzo, que vocês adoram elogiar e que arrebentou as finanças do time fazendo aquilo que torcedores de video-game como você pedem: trazendo jogadores/treinadores aclamados por torcida/mídia – tirou o Luxa, que estava muito bem, por causa do Keirrison, que nem vingou no futebol; trouxe o Muricy, que 90% da torcida critica por perder o título, quando ainda há quem diga que os salários estavam atrasados, e não me lembro se é verdade ou não, para ser sincero; caso seja verdade, justamente no mandato de quem? Ah tá, depois o Tirone, que pagava qualquer coisa a quem ele tivesse interesse em contratar – Artur, Betinho, e o próprio Riquelme, que mesmo com todo o nome que tinha, a gente já viu no que deu. Aí vem o Nobre, acaba com a festa da mancha (minúsculo, igual àquele timinho escroto) , vende o Barcos, que queria um aumento violento e estava relutante em jogar a Série B, não se importando que fosse o Palmeiras; Trouxe todo um elenco – que tinha como únicos reforços o Avenida Ayrton e o Prass (que veio como uma contratação espetacular, mas recebendo um salário muito irresponsável, de 300 mil reais) e montou todo um elenco, que apesar de não ser uma primazia, nem próximo da história do meu time, ainda assim fez aquilo que lhe foi proposto: subir. E se ganhasse a Libertadores, o Paulista, a Copa do Brasil, o Mundial e ficasse na Série B no centenário? Aí viriam os “Harleys” da vida encher o saco pela Série B, e os títulos ficariam para trás.
Então, ao invés de criticar e xingar quem você nunca viu jogar – disso eu tenho certeza – só porque não tem nome; até porque, os de nome que foram ditos na IMPRENSA você criticou também; antes de encher o saco, faça a sua parte para ajudar e decida que jogadores você quer ver no time.

Victor e AMIGOS PALMEIRENSES, eu peço DESCULPAS pelo comentário que eu fiz, que foi INFELIZ, eu sei que eu estou errado, mas a minha INDIGNAÇÃO é grande demais, eu estou acostumado com o Palmeiras VENCEDOR e não esse Palmeiras que eu estou vendo atualmente. ABRAÇOS.

Realmente, estamos sofrendo, e muito além da conta pra um time grande; mas temos que entender que o Nobre não trabalha pra torcida/imprensa saberem, ele usa o silêncio pra evitar problemas/leilão de jogadores, e como antes vazava muita coisa, acabamos ficando insatisfeitos pela “falta de mobilidade”, que já vimos que não é verdade, tendo em vista jogadores que só foram noticiados no fim das negociações..
Abraço

Uma hora vai cair a máscara dos sites que estão protegendo esse presidente, principalmente do verdazzo!

PENSAMENTO DE TIME PEQUENO = TRICAMPEÃO DE SERIE -B = O PAPAI MUSTAFÁ ESTÁ MUITO CONTENTE = VAMOS ESQUECER O PALMEIRAS !!!!!

acho que a maldita “turma do amendoim” que só faz merda, está em peso aqui no 3vv… Faz igual aquele jornalista otário, que disse que vai passar a torcer para o Barcelona, e para de ser só um corneteiro que não ajuda em nada

Palmeiras o time CEM:
Cem técnico, Cem jogadores (exceto Prass, Henrique, Mago, Wesley), CEM diretoria, CEM presidente, CEM campo., Apenas tem aproveitadores.
Paulo Nobre ……………

FELIZ 2015 !! porque 2014 PAULO MOLE JA ACABOU COM a ESPERANÇA !!!!VAZA !!CAI FORA SR. PAULO MOLE MARIONETE DO SAPO BOI !!!!

Do discurso de “não temos dinheiro”, evoluímos para “não teremos um time de ponta”. Qual é o próximo passo? O grande objetivo do ano que vem será “não sermos rebaixados”?
E se não temos dinheiro, como até agora gasta-se com uma equipe de marketing cuja maior realização é não fechar um patrocínio master?

Junta o fato do estádio ficar cada vez mais para 2015.
Só na cabeça do PN que este cenário é coerente com uma expansão do Avanti.

oque eu respondi para o Harley, serve para vc tb.. farinha do mesmo saco

Isso eu havia comentado aqui bem antes, no meio do ano eu já previa isso. Pois, pelo que notava, esse cidadão não tinha e não tem a mínima condição de ser presidente do Palmeiras. Não é a toa que ele foi pedir bênção pro Mustafá. E as cagadas foram acontecendo: doação do Barcos, contratação de Weldinho por 4 anos (qualquer semelhança com o cracaço contratado ontem do Bahia, é mera coincidência), Vilson saindo de graça, contrato do Luis Felipe (está saindo de graça tbm), falta de patrocínios (por pura incompetência…por soltar a 4 ventos que estamos “quebrados” e que não montaremos times de ponta – como agora…onde falta AMBIÇÃO E PENSAR GRANDE). Volto a dizer que o Clóvis Rossi estava certo: RUMO AO TRI DA SEGUNDONA!!!

Os comentários estão desativados.