Categorias
Corneta do Cunio

Corneta do Cunio – O Fantástico Mundo de Bobby

Por Alberto Cunio

Defumados alviverdes, a @Corneta3VV deseja a todos um excelente ano de 2014, repleto de saúde, justiça e paz, tripé sem o qual não podemos sequer sonhar em realizar os demais intentos.

Iniciamos o ano em que nosso querido Palmeiras completa 100 anos de existência. Como dificilmente a maioria de nós chegará até este número em idade, o momento é único para que possamos renovar nossas expectativas, ao menos, a cerca do futuro esmeraldino.

O século XXI literalmente nos atropelou. Fomos TRAGADOS como fumaça por uma época de mudanças brutais e repentinas, as quais se assemelham a uma daquelas “bigwaves” da praia portuguesa de Nazaré. E o Palmeiras estava lá, com sua pranchinha de isopor, tentando escapar do turbilhão descomunal. A fé inabalável de nossa comunidade, porém, traz uma sobrevida a cada dia: mais que brasileiro, o palmeirense não desiste.

E como não poderia deixar de ser, estamos esbarrando esta fé na incapacidade das pessoas que seguram as rédeas do clube. Como um piloto de rally sem navegador a bordo (qualquer semelhança não é mera coincidência), Paulo Nobre não parece trazer absolutamente nada de sua “suposta” experiência de vida para o comando do clube. Afinal, tropeça em todas as esferas possíveis no campo administrativo, principalmente naquelas que são capitais para o sucesso: comunicação interna e externa, marketing, finanças, comercial… Se equacionar as dívidas do clube foi sua grande tarefa este ano, além de subir para a Série A, podemos dizer que isto NADA significa para um clube da grandeza da Sociedade Esportiva Palmeiras, ainda mais às portas de um dos anos de maior visibilidade e anseios por parte do mundo e de seus fanáticos seguidores.

Nobre está perdido. Luta com seu próprio ego, incompetência e arrogância, fechado em seu mundinho do “eu resolvo, eu cuido, eu faço”. Enfrenta a inabilidade e inércia de sua equipe, enquanto é enforcado pelas pressões arcaicas e nefastas dos que o ajudaram a assumir o poder. O resultado disso é um discurso miserável, sem esperança, conformado e derrotado. Suas palavras positivas são de uma retórica infantil, mas que não convenceria nem mesmo os miúdos. E uma pessoa só tem sua capacidade colocada à prova quando é submetida a situações extremas. E ele está nesta fria.

Como dito anteriormente, resta a todos os palmeirenses depositarem mais uma moedinha na inabalável fé, seja no Avanti!, seja nos ingressos, seja no clube, ou no PPV. Mas não deixemos de dedicar a CORNETA DO ANO para Paulo Nobre, um dirigente que não disse ao que veio após um ano de mandato e que não leva jeito de fazer nada diferente em 2014 a não ser farofa e campanha no clube para ser reeleito. Sorte para todos nós, palmeirenses. Sorte que já temos, pois o Palmeiras não pode causar maiores danos graves a nossa vida, que não despesas evitáveis na conta bancária. O resto é diversão. Venha centenário, parabéns Palmeiras e palmeirenses, e que Deus abençoe a todos nós.

A Corneta no Twitter promete novidades em 2014. Siga! @Corneta3VV

103 respostas em “Corneta do Cunio – O Fantástico Mundo de Bobby”

Boa Cunio !!!

So faltou citar mais um feito da gestao Paulo Nobre: criacao dos palmeirenses adoradores de dirigentes !!!!

E’ o fim…

Regina, eu concordo plenamente no seu comentário, aliás, o seu comentário foi perfeito, E VOCÊ TEM TODA A RAZÃO, o Palmeirense é DESUNIDO, brigam entre nós, mas, não tomam uma ATITUDE maior, quem acaba sendo prejudicado, como sempre, é o Palmeiras. As vezes sinto também inveja da Torcida dos Gambás, os caras colocaram os dirigentes pra correr e nós ficamos aqui só brigando entre si não fazemos nada.

Os comentários estão desativados.