Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 04-01-2014: Palmeiras estreia na Copa São Paulo em busca do primeiro título no centenário ❘ Ig Esporte

NOTICIÁRIO ❘ IG ESPORTE

• Palmeiras estreia na Copa São Paulo em busca do primeiro título no centenário

Por Gabriela Chabatura

O Palmeiras inicia neste sábado a busca pelo primeiro título no ano de seu centenário. Diante do Fluminense de Feira, em São Carlos, a equipe estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior de olho na conquista inédita da competição. O elenco, recheado de atletas da equipe sub 20, é reflexo de um último ano de muita mudança e reestruturação nas categorias de base do clube.

Desde que Paulo Nobre assumiu a presidência, em janeiro do ano passado, o futebol amador passou por diversas alterações e adequações das funções. Para a profissionalização do setor, foi contratado Erasmo Daminani, ex-Figueirense, que assumiu a função de coordenador geral, além da troca das comissões técnicas sub 15, sub 17 e sub 20.

Diogo Giacomini foi dos treinadores que chegou no ano passado. Contratado em abril, depois de cinco anos no juvenil do Atlético-MG, Giacomini será o responsável por comandar o Palmeiras na Copa São Paulo de 2014. Nas mãos, ele terá um time experiente e finalista do Campeonato Brasileiro da categoria, torneio disputado em dezembro último.

“Disputar o Brasileiro foi muito positivo. Você vai para um campeonato de nível com 20 times da Série A e você faz o maior número de jogos possíveis. E o grande segredo das categorias de base é dar essa sequência de jogos difícil para os jogadores porque são as equipes que eles enfrentarão no profissional. Ter chegado à final, foi atingido o máximo do nosso objetivo no sentido de fazer sete jogos em alto nível contra grandes do futebol brasileiro”, exaltou o treinador.

Com o time composto essencialmente de atletas que disputaram o Brasileiro Sub 20, a comissão técnica palmeirense preocupou-se em planejar um cronograma específico de treinamento para os jogadores, a fim de preservá-los durante uma competição que possui um número excessivo de clubes participantes, maratonas de jogos e viagens longas.

O Palmeiras voltou aos trabalhos um dia depois do réveillon e viajou para São Carlos, a 255 quilômetros da capital paulista, na última sexta-feira. “Os treinamentos, juntamente com o departamento de fisiologia e preparação física, serão curtos, porém, intensos. Não vamos perder intensidade, mesmo porque jogamos assim. O volume e a duração dos treinamentos serão mais curtos, porque esses atletas ainda estão em recuperação física e existe a fadiga mental, que é muito estudada no futebol. Esses atletas chegaram ao ápice de uma competição, e nós precisamos deles para fazer uma boa estreia”, explicou Giacomini.

Diogo ainda comentou sobre a obsessão dentro do clube em conquistar a Copa São Paulo. “O foco precisa ser mudado. Aqui fala-se muito somente em ganhar a Copa São Paulo. Enquanto o Palmeiras ficar só assim, ele não vai conseguir ganhar nem revelar jogadores. A Copa São Paulo é de tiro curto, não podemos fazer terra rasada por ter conquistado ou não a Copa São Paulo. É lógico, temos de reestruturar o departamento de base para que tenhamos jogadores talentosos em todas as categorias e que a metodologia seja forte e tenha sequência. A partir do momento que o Palmeiras tiver esse trabalho fortalecido, vai ganhar não só uma, mas sim várias Copa São Paulo e outros campeonatos”, discursou.

Conheça o elenco do Palmeiras para a Copa São Paulo

Foram convocados 25 atletas para a disputa da competição, a maioria deles compõe a equipe sub 20. Do grupo formado, destacam-se: o goleiro Vinícius Silvestre, o zagueiro Gabriel Dias, o volante Lucas Morelatto, o meia Juninho e os atacantes Lucas Taylor e Hugo. Todos eles já disputaram a Copinha pelo Palmeiras.

Outro jogador que vale ressaltar é o zagueiro Thiago Martins. O defensor foi contratado do Mogi Mirim – clube pelo qual disputou três vezes a Copa São Paulo – e logo passou a integrar o elenco profissional de Gilson Kleina. Martins foi titular na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, contra a Chapecoense, e ficou no banco no duelo contra o Icasa.

O lateral-esquerdo Mateus Muller, ex-Desportivo Brasil e São Paulo, e o atacante Erik, ex-Guarani, foram contratados no segundo semestre e também se destacaram. É para ficar de olho neles!

Reformulação nas categorias de base

Fim do Palmeiras B: O time encerrou as atividades no início do ano passado, e um gasto de cerca de R$ 10 milhões anual foi cortado. A equipe foi criada em 2000, na gestão do então presidente Mustafá Contursi, inspirado em modelo dos clubes espanhóis Barcelona e Real Madrid.

Corte de atletas: Antes, o clube antes possuía 56 jogadores no sub 20, 62 no juvenil e pouco mais de 40 no infantil. O número foi reduzido e hoje o trabalha-se com cerca de 35 a 40 garotos por equipe.

Integração: Todas as categorias foram integradas, com uma comunicação estreita entre as comissões técnicas para assim permitir o intercâmbio de jogadores entre uma categoria e outra.

Criação de novas categorias: Foram criadas mais duas categorias, a sub 11 e sub 13.

Sistema de captação: Foi criado um sistema de captação de atletas do futebol de campo com futsal, além do recrutamento de jogadores pelo Brasil inteiro. A união das duas modalidades tem a finalidade de aprimorar fundamentos específicos de garotos de nove a 17 anos.

Novo departamento médico: Com o objetivo de integrar as principais áreas da medicina, psicologia e nutrição, o clube criou um novo FutCare, serviço terceirizado, chefiado pelo Dr. Gustavo Magliocca.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ IG ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Teste no vestiário vai definir titulares do Palmeiras na estreia da Copa SP

Por Angelo Tedeschi

O técnico da equipe Sub-20 do Palmeiras, Diogo Giacomini, tem duas dúvidas para a partida deste sábado, contra o Fluminense-BA, na estreia do time na Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Além dos desfalques já confirmados pelo departamento médico – o meia Juninho com uma lesão no tornozelo direito e o atacante Mateus Gonçalves com dores na parte posterior da coxa direita estão fazendo tratamento médico em São Paulo -, o treinador pode ser obrigado a fazer mais duas modificações por contusão.

Embora tenham participado normalmente do primeiro e único treino do time em São Carlos nesta sexta-feira, o volante Lucas Morelatto e o atacante Erik, também com problemas físicos, vão fazer um teste no vestiário minutos antes da partida para saber se estarão à disposição do treinador.

– Para o lugar do Juninho entra o Yuri e no lugar do Mateus Gonçalves joga o Caio. Caso o Lucas e o Erik não possam jogar, o Matheus Sales e o Hugo serão os substitutos – disse o treinador alviverde, que conquistou recentemente o vice-campeonato brasileiro Sub-20, ao ser derrotado na final pelo Internacional, por 2 a 0.

Disposto e à disposição

Provável titular na partida deste sábado, o atacante Caio, que deve substituir seu companheiro Mateus Gonçalves, garantiu que está pronto para entrar na equipe. Mesmo não sendo considerado titular da equipe, o jogador quer aproveitar a oportunidade na primeira fase para convencer o treinador a deixá-lo no time titular, já que Mateus Gonçalves pode retornar à equipe no mata-mata.

– A gente tem trabalhado forte pensando na Copinha há bastante tempo. O time está focado e muito unido. Quem entrar jogando como titular vai dar conta do recado – garantiu o jogador.

Giacomini deve mandar a campo o time com: Vinicius, Léo Cunha, Gabriel Dias, Thiago Martins e Mateus Muller; Josimar, Lucas Morelatto (Matheus Sales), Chistopher e Yuri; Erik (Hugo) e Caio. Além do Fluminense de Feira-BA, o Verdão enfrenta na primeira fase o Piauí-PI e o São Carlos.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Menos badalado, Palmeiras sai na frente de rivais paulistas em reforços

Mesmo sendo o menos badalado dos grandes de São Paulo por ter disputado a Série B do campeonato Brasileiro no ano passado, o Palmeiras saiu na frente dos rivais paulistas no anúncio de reforços no começo de 2014. Enquanto Corinthians, São Paulo e Santos não anunciaram ninguém, o clube alviverde já oficializou três contratações nesta sexta feira: Diogo, que veio da Portuguesa, Rodolfo, do Rio Claro, e também o volante França, que se transferiu do Hannover, da Alemanha.

Entre os grandes de São Paulo, nenhum nome de peso foi anunciado oficialmente, com exceção de Leandro Damião no Santos. O São Paulo fechou com o lateral direito Luis Ricardo, que defendia a Portuguesa, há tempos. O Corinthians acertou a contratação do lateral esquerdo Uendel, ex-Ponte Preta. Todos ainda no ano passado.

“Estou satisfeito, mas a gente sabe que nunca para. As oportunidades aparecem, a gente tem que estar atento ao mercado, tem que estar com o radar ligado. O radar não vai desligar”, afirmou José Carlos Brunoro, diretor executivo do Palmeiras.

Embora não confirme publicamente, o Palmeiras segue atrás de outros reforços de peso. O zagueiro Lúcio, ex-São Paulo, William Matheus, ex-atleta do Goiás, e Marquinhos Gabriel, do Bahia, estão apalavrados e devem ser anunciados em breve.

O time tem negociação adiantada também para contratar o lateral direito paraguaio Jorge Moreira, do Libertad (PAR). A diretoria alviverde também observa de longe o fim do contrato de Ronaldinho Gaúcho com o Atlético-MG e aguarda resposta do Al Ahli (SAU) pelo meia Bruno César, ex-Corinthians.

Corinthians e São Paulo, por sua vez, após terem fracassado em investidas no atacante Marcelo Cirino, do Atlético-PR, sonham com o volante Jucilei. Ao contrário do rival alviderde, porém, os times não anunciaram nenhum atleta de impacto por enquanto. O tricolor paulista também disputa com o Santos o atacante chileno Vargas, ex-Grêmio.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Primeiros reforços do centenário palmeirense demonstram ansiedade

O Palmeiras conta, até agora, só com três caras novas na pré-temporada para o ano de seu centenário. Todos cientes da responsabilidade que terão em 2014. O volante França e os atacantes Diogo e Rodolfo não escondem a ansiedade de serem os primeiros reforços de uma época tão importante na história do clube com mais títulos nacionais no futebol brasileiro.

Principal nome entre os confirmados, Diogo chegou por ser um “jogador rodado”, mas não esconde a apreensão. “É uma honra participar do centenário do clube. A felicidade é muito grande por chegar a uma equipe tão tradicional e ainda mais em um ano especial como esse. É um sonho para qualquer jogador. Estou ansioso”, disse.

França, emprestado pelo Hannover, da Alemanha, por um ano após passar 2013 sem jogar por problemas de saúde, destaca a grandeza do Verdão. “Além do Palmeiras, outro time brasileiro e um de Portugal me procuraram, mas, pelo tamanho do Palmeiras, por estar voltando à primeira divisão e ser o ano do centenário, decidi vir para cá. Estou muito satisfeito”, afirmou o volante.

Já Rodolfo, o primeiro reforço acertado para 2014, tem 20 anos e assinou até novembro de 2018 depois de marcar 24 gols no último Campeonato Paulista sub-20. Dificilmente será titular, mas sente o peso de ser a contratação que ‘inaugurou’ o centenário alviverde.

“Ser contratado por um clube deste tamanho e em um ano tão importante me deixa muito feliz. Estou muito motivado e ansioso para defender as cores do Palmeiras. A ficha ainda não caiu. Está caindo aos poucos. Mas sei do que sou capaz e, com certeza, virão muito mais gols”, apostou.

Como estrela dos já anunciados, Diogo sabe como acalmar a ansiedade de todos: já começar o ano do centenário como campeão paulista. “O Paulistão é o nosso primeiro objetivo. Será uma competição rápida, ainda mais neste ano, e vamos entrar para vencer, como sempre deve acontecer com o Palmeiras. Temos uma torcida gigantesca, que apoia e incentiva bastante”, discursou o atacante, cujo contrato acaba em dezembro.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Palmeiras aproveitará quatro atletas da base e deve emprestar outros

Por Marcelo Hazan

O Palmeiras seguirá aproveitando garotos da base no elenco profissional no ano do centenário. De acordo com o diretor executivo José Carlos Brunoro, Bruno Oliveira (lateral-direito), Thiago Martins (zagueiro que disputará a Copa São Paulo), Luiz Gustavo (zagueiro que retornou de empréstimo do Vitória) e Renatinho (volante) serão integrados ao plantel do técnico Gilson Kleina e podem ser aproveitados.

– Aproveitamos 12 jogadores da base no último ano. Não sei se é algo inédito, mas é, sim, diferente na história do Palmeiras. E isso seguirá acontecendo. Profissionalizamos a base para aproveitar os jogadores – diz Brunoro.

Enquanto usará alguns garotos, o Verdão seguirá a prática de emprestar outros jovens para que eles ganhem experiência. Esse modelo deu certo com Patrick Vieira, que retornou de empréstimo do Yokohama, do Japão, e poderá ser repetido com Wellington, zagueiro que estava no ASA, além da dupla de atacantes Tutinha e Miguel, ambos de volta após defenderem o Chungju Hummel, da Coreia do Sul.

Além deles, o trio João Denoni, Emerson e Bruno Dybal ficará no Oeste ao longo da temporada.

– Alguns jogadores podem sair por empréstimos que fazem parte de um plano de carreira. Foi muito bom o que aconteceu nesse ano. No caso do Patrick, essa experiência internacional foi importante – afirma.

Em 2013, o lateral-direito Luis Felipe, que tem saída iminente e treinará sem ser aproveitado, e o atacante Vinicius foram os jogadores criados no Palmeiras mais usados por Kleina. A categoria Sub-20 do Verdão, aliás, acaba de conquistar o vice-campeonato do Brasileiro e agora disputará a Copa São Paulo.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Libertad reduz a pedida ainda mais, e agente de Moreira viaja para fechar

Por Fabricio Crepaldi e Fellipe Lucena

O lateral-direito paraguaio Jorge Moreira pode, enfim, virar jogador do Palmeiras neste fim de semana. Ele tem tudo acertado com o clube desde o início de dezembro e só depende da liberação de seu clube, o Libertad (PAR). Seu agente, Hector Peralta, vai embarcar otimista para o Brasil.

– Chego ao Brasil sábado ou domingo para me reunir com o Palmeiras. O que falta é o Libertad se acertar com o Palmeiras, mas a pedida deles já diminuiu bastante – contou o empresário, ao LANCE!Net.

José Carlos Brunoro, diretor-executivo do Verdão, encontrou-se no Paraguai com Carlos Agüero, presidente do Libertad, e ouviu inicialmente uma pedida de US$ 2 milhões (R$ 4,7 mi) pela venda. Ele voltou de viagem com o valor já reduzido, e novas conversas nos últimos dias, intermediadas por Peralta, deixaram tudo encaminhado.

Pessoas que participam das conversas dizem que uma viagem do presidente Paulo Nobre à Suíça, de férias, na época em que Brunoro estava no Paraguai, foi um empecilho para a concretização do negócio. Nobre já está de volta ao Brasil.

Moreira, que já manifestou publicamente o desejo de defender o Palmeiras, reapresentou-se ao Libertad para a pré-temporada, mas não esconde a ansiedade pelo acerto.

– Sim, claro (muita expectativa). Estou esperando e com muita vontade que as coisas deem certo – disse o jogador de 23 anos, ao L!Net.

Se o negócio realmente for fechado, ele receberá entre 30 mil e 40 mil dólares (R$ 70 mil e R$ 95 mil) por um contrato que deve ser de quatro temporadas. De acordo com o agente, não há cláusula de produtividade.

– Vou ao Brasil para adiantar a situação e, depois disso, o jogador deve ir também – completou Peralta.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESPN BRASIL

• Sócio-torcedor do Palmeiras ‘bomba’ em 2013, mas segue longe de rivais

Por Francisco De Laurentiis

Se o 2013 do Palmeiras não foi um ano de muita festa, apesar do título da Série B, o palestrino tem o que comemorar. Segundo o diretor executivo de futebol do clube, José Carlos Brunoro, o número de sócios-torcedores da equipe quadruplicou durante a temporada.

“O Avanti (programa do clube) foi um sucesso em 2013. Saímos de 9 mil (sócios-torcedores) no início do ano para 40 mil no final, cumprindo nosso objetivo”, disse o cartola, na última sexta-feira. Com o centenário alviverde, aliás, as expectativas para 2014 também são boas.

“Agora, queremos dobrar esse número até o final do ano. Para isso, a gente conta com a comunidade palmeirense, que eu tenho certeza que vai atender a esse apelo”, discursou Brunoro.

Segundo o Movimento por um futebol melhor, site que contabiliza o número de sócios-torcedores, porém, o time do Palestra Itália possui 35.459 cadastrados, aparecendo na 7ª posição entre as equipes brasileiras. Como comparação, o São Paulo aparece em 12º, com 19.885 registrados.

Inter e Grêmio lideram

Apesar do crescimento em 2013, o Palmeiras ainda está atrás de vários rivais neste quesito. Maior ‘inimigo’ alviverde, o Corinthians tem 43 mil sócios-torcedores, mas apresenta queda: no final de 2012, tinha 103 mil. O ranking é dominado pelo Internacional, com 111 mil, seguido pelo Grêmio, com 75 mil.

Depois dos gaúchos, aparecem Flamengo (58 mil), Santos (54 mil) e Cruzeiro (45 mil). Cariocas e mineiros, inclusive, registraram vigoroso aumento de sócios-torcedores no final do ano, quando venceram, respectivamente, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

Para Brunoro, porém, o torcedor palmeirense ganha cada vez mais confiança no clube, graças à “transparência” e à “profissionalização” implantadas pela gestão Paulo Nobre. Com isso, segundo o diretor executivo, a tendência é que o Avanti cresça cada vez mais.

“Passamos por um ano de adaptação, no qual implantamos muitas coisas novas. As áreas técnicas do clube estão todas com diretores profissionais: jurídico, financeiro, marketing, base, futebol profissional… Todos estão trabalhando forte, em um processo que terminará em dezembro de 2014”, salientou o cartola.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESPN BRASIL

••

BLOG DO JORGE NICOLA ❘ IG

• Limpa no elenco dá ao Palmeiras R$ 1 milhão para reforços

O Palmeiras já perdeu nove jogadores em relação à temporada passada: Vilson, Márcio Araújo, Léo Gago, Charles, André Luís, Rondinelly, Fernandinho, Ananias e Ronny. A lista ainda pode ganhar o atacante Leandro.

No entanto, a debandada é proposital. O presidente palmeirense Paulo Nobre já havia confidenciado aos integrantes do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) do Palmeiras que a saída de jogadores em fim de contrato seria o grande trunfo para reforços.

Nobre calculou que o Verdão seria capaz de economizar até R$ 1 milhão em salários com as saídas. “A ideia dele era utilizar esse dinheiro para pagar quatro grandes atletas, que viriam com salários na casa dos R$ 250 mil”, explica Luiz Carlos Granieri, que faz parte do COF.

Lúcio é o primeiro dos reforços garantidos graças à política de contenção de custos. O zagueiro, que ganhava R$ 450 mil no São Paulo, vai embolsar R$ 200 mil mensais no Verdão – o salário pode chegar a R$ 250 mil em caso de conquistas de títulos.

Entre as baixas, a única sentida até o momento pelo técnico Gilson Kleina é a de Márcio Araújo. Há quatro anos no Palestra Itália, o volante não aceitou a redução salarial oferecida e se mandou. Kleina também demonstra preocupação com o risco de ficar sem Leandro – o Verdão insiste em pagar R$ 90 mil por mês ao atacante, que quer R$ 300 mil.

No final do ano passado, o Palmeiras chegou a tentar comprá-lo do Grêmio – ofereceu 3 milhões de euros, mas o time gaúcho insistiu nos 5 milhões, valor da multa contratual. Assim, a negociação voltou a ser do empréstimo por mais um ano.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JORGE NICOLA ❘ IG

••

BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Ano novo, time novo

Por João Pontes

Repleto de novidades, o  Palmeiras iniciou ontem a pré-temporada na Academia de Futebol. Primeiros reforços para o centenário, o volante França, ex-Hannover, e os atacantes Diogo, ex-Portuguesa, e Rodolfo, ex-Rio Claro, passaram por testes físicos e correram ao redor do gramado, com o restante do elenco.

“Temos de ter opções para cada posição. Estamos aproveitando o mercado de acordo com aquilo de que o Gilson Kleina precisa”, disse Brunoro, diretor executivo do Palmeiras.

Além dos reforços, oito jogadores que retornaram de empréstimo participaram da atividade, entre eles o atacante Patrik Vieira, que permaneceu por uma temporada no Yokohama, do Japão.

Para completar as novidades, três jogadores que tinham contrato até o fim do ano passado renovaram o vínculo com o clube do Palestra Itália: o goleiro Bruno, o lateral-direito Wendel e o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira.

Em contrapartida, oito jogadores que participaram da conquista da Série B deixaram o clube, entre eles o zagueiro Vilson e o volante Márcio Araújo, considerados peças fundamentais pelo treinador.

Gilson Kleina, aliás, ganhou um dia a mais de férias e retornará ao comando do Palmeiras no treinamento de hoje. Outra baixa na primeira atividade do ano foi o lateral-esquerdo Juninho. Alegando problemas pessoais, o jogador prometeu se reapresentar hoje.

Base valorizada

Animado com o desempenho de sua base — o Verdão foi vice-campeão brasileiro sub-20 no mês passado –, Brunoro disse que alguns jogadores da Copinha serão usados no time principal.

“Um nome certo é o Thiago Martins, que será capitão na Copa São Paulo. Também há alguns que estavam emprestados para pegar experiência, como o Luiz Gustavo. Além deles, aproveitaremos o Renatinho e o Bruno Oliveira”, explicou.

Atacante Diogo traça título estadual como primeira meta

Enquanto o Palmeiras não confirma oficialmente a chegada do zagueiro Lúcio, o atacante Diogo pode ser considerado o principal reforço do clube para o centenário. Animado, o ex-jogador da Portuguesa chegou ao clube falando em títulos.

“É uma honra participar do centenário. A felicidade é muito grande por chegar a uma equipe tão tradicional em um ano como esse.  O Paulistão é o nosso primeiro objetivo. Será uma competição rápida. Vamos entrar para ganhar o título”, disse.

No Palmeiras, Diogo jogará novamente com Alan Kardec – os atacante atuaram juntos pelo Santos, em 2011.

“Ele é um grande jogador e faz muitos gols. Jogamos juntos no Santos e fomos bem. Tem tudo para dar certo novamente”, disse.

OPINIÃO

Fernão Ketelhuth,  editor de Esportes do DIÁRIO

Refém de sua história

O discurso da diretoria do Palmeiras é de que o clube não pode ser refém do centenário. Faz até sentido. Em tempos de vacas magras, não adianta dar um passo maior do que a perna, endividando-se a ponto de colocar em risco o próprio futuro. Para um time do tamanho do Palmeiras, tão importante quanto ser competitivo em um ano de celebração é ser competitivo sempre.

O problema está justamente neste nó: a despeito da austeridade, Paulo Nobre tem a obrigação de montar um elenco forte, capaz de brigar por títulos nesta e nas próximas temporadas. E um elenco forte não se forja somente com apostas, como Diogo, França e Rodolfo.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

••

13 respostas em “Verdão na Mídia 04-01-2014: Palmeiras estreia na Copa São Paulo em busca do primeiro título no centenário ❘ Ig Esporte”

com esse time e ainda o “gênio” seo girso kleina no banco, é bom começarmos a entrar em agônia ao desespero…. vamos rezar com antecedência para garantir mais um ano lutando na parte de baixo da tabela sofrendo para não cair…somente a lamentar oque estão fazendo com o campeão do século 20…cada ano que passa se apequena ainda mais…lamentável. ..

Gosto das contratações até agora e dos nomes que estão na eminência de fechar. Infelizmente não é o que gostaríamos, não é o que o Palmeiras merece, mas após anos de desmando e administrações pífias, temos que ter paciência! Minha avaliação deste primeiro ano de gestão PN é positivo, subimos, só, também acho pouco, mas com o elenco, perspectivas e a “terra arrasada” que tínhamos no início de 2013, até que conseguimos muito. A organização internas que “imagino” deva estar sendo feita internamente, com principalmente a reestruturação de nossa dívida, será nossa salvação para os próximos anos. Concordo totalmente com a premissa de que o Palmeiras deva ser competitivo “sempre” e não só no ano de seu Centenário.
Destes jogadores que estão saindo, não sentirei falta de nenhum, não tem craques nesta relação, não tem jogador insubstituível. Se Leandro não renovar pelo salário que ele “vale”, 100 mil no máximo, by by, o Diogo é a mesma coisa e mais experiente, nossa volância será bem mais qualificada em 2014, o que dará uma segurança a mais a defesa. Emfim, acredito neste time, acredito no Palmeiras em 2014 e faço votos que o PN se reeleja no final do ano!

Você está enganado, tem alguns outros bons valores como o meia Cristopher, o atacante Erik, o Lucas Morelato (que não jogou) e o Juninho( que também não jogou).

Mazinho Black Messi de volta possivelmente para ocupar os lugares de Ananias (MBM é melhor) e de Leandro, que nao deve ficar (Leandro é melhor que o MBM). Alias o Leandro é mais um dos muitos fios mal amarrados na transferencia do super estimado Barcos.

Estréia na Copinha e uma magra vitória simples. Que o time engrene durante a competicao como no campeonato brasileiro. Destaque para o goleiro Pavao do Fluminense de Feira de Santana da Bahia (se nao me engano a terra do extinto Palmeiras do Nordeste).

Franca = Alceu
Diogo= Aquele centroavante decadente que veio da Portuguesa que nao lembro o nome

Li que o Dybal mais uma vez será emprestado. E quanto ao Edilson? Estava machucado, será que vai ser aproveitado este ano?
E na minha opinião, o Gabriel, zagueiro capitão do sub 20, joga muito mais que o Thiago.

Ser autentico torcedor do Palmeiras é ver times medíocres que espelham a politica interna do clube, não há mais argumentos para justificar esta politica administrativa de Paulo Nobre, se houver seriedade, ela esta longe da Rua Turiaçu 1840, argumentar ausência de dinheiro é texto completo pata apresentar a incompetência administrativa que é demonstrada em vários episódios, no ultimo ano , o contexto da ausência de seremos reféns do centenário , torna-se a justificativa do não ter planejamento, este é o real quadro do clube, há alguma duvida?

Time que dará para encarar Ponte, Criciúma, Sport, Náutico, Bahia, Chapecoense e cia. estes nossos verdadeira Adversários nos próximos anos !!!

LEGAL, NÃO TEM GRANA! ENTÃO POR QUÊ SE PAGA TANTO PARA OS EXECUTIVOS E ATÉ AGORA NEM PATROCINADOR ELES CONSEGUIRAM, POR QUE? ESSA TALVEZ SEJA UMA BOA PERGUNTA AO PAULO NOBRE.
TODOS OS TIMES TEM PATROCINADOR, SERÁ QUE O PALMEIRAS É TÃO RUIM QUE NÃO MERCE UM? SERÁ QUE NINGUÉM QUER COLOCAR SUA MARCA, NUM DOS MAIORES CLUBES DO BRASIL? OU SERÁ INCOMPETÊNCIA? P R O D U T I V I D A D E NELES.

Não é o time dos sonhos mas pode dar liga e trazer títulos a torcida tem obrigação de apoiar afinal Palmeiras acima de tudo!!!!!!

Os comentários estão desativados.