Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 27-01-2014: Valdivia aprova reforços: ‘Agradeço quando tem jogador de qualidade’ ❘ Globo Esporte Com

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Valdivia aprova reforços: ‘Agradeço quando tem jogador de qualidade’

Por Marcelo Hazan

As oito contratações e a manutenção de boa parte do elenco para o centenário fizeram o Palmeiras ser menos dependente de Valdivia. É o que próprio Mago pensa. Chegaram Lúcio, Victorino, William Matheus, França, Marquinhos Gabriel, Diogo, Rodolfo e Bruno César. E seguem no Verdão nomes badalados como Fernando Prass, Henrique, Wesley, Leandro e Alan Kardec.

Por isso, Valdivia comemora ter com quem dividir a responsabilidades. 

- Quando você tem um elenco qualificado fica melhor. Esperamos que a adaptação dos novos jogadores seja rápida e fácil. Agradeço sempre quando temos jogadores de qualidade – elogiou.

Depois de liderar o time na goleada por 4 a 1 sobre o Atlético Sorocaba, no último domingo, no interior, quando marcou o gol que abriu o caminho para a goleada, Valdivia se vê bem fisicamente. Ainda assim, ele lembra que seria impossível para qualquer atleta estar 100% preparado no início da temporada.

- Eu me sinto normal, como todos. Se algum jogador do nosso elenco falar que está 100%, vai estar mentindo. E eu estou junto com eles. À medida que os jogos vão passando, vamos melhorando e nos soltando – projetou.

Assim como todo o elenco, o Mago se reapresentará na tarde desta segunda-feira, na Academia de Futebol. Com três vitórias e 100% de aproveitamento, o Palmeiras soma nove pontos e lidera o Grupo D. Agora, o time vai encarar o Penapolense nesta quinta-feira, às 19h30m, no Pacaembu. A partida marcará o lançamento do novo uniforme para o centenário.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Brunoro elogia elenco e promete calma com novos reforços

O Palmeiras foi o que mais contratou entre os grandes de São Paulo, com oito reforços para a temporada. Após a vitória por 4 a 1 sobre o Atlético de Sorocaba, neste domingo, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Paulista, o diretor-executivo José Carlos Brunoro elogiou a força do elenco.

– A ideia era montar o elenco diferente do ano passado, um grupo, e formar uma equipe. Estamos na fase de formação da equipe, mas é mais que elenco, é unidade, compreensão, técnica e tática. Estamos construindo. A equipe está muito unida, trabalhando forte – disse ele.

Segundo o dirigente, agora o clube diminuirá a busca por reforços, mesmo com a carência na lateral direita.

– Não tem nenhuma prioridade, mas essa é uma função com pouca gente. Mas vamos ter calma para procurar – completou ele, que descartou a chegada de um novo zagueiro.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Após Bruno César, Brunoro breca contratações: ‘Vamos dar um tempo’

Por Marcelo Hazan

Victorino, Lúcio, William Matheus, França, Marquinhos Gabriel, Diogo, Rodolfo e Bruno César. As oito contratações do Palmeiras para o centenário satisfazem o diretor executivo José Carlos Brunoro. Após fechar o empréstimo do meia ex-Corinthians e que saiu do Al Ahli, da Arábia Saudita, negociação mais longa dentre as realizadas, o dirigente breca a chegada de novos reforços.

– Vamos dar um tempo agora. Não existe elenco fechado, porque às vezes acontece contusão ou alguém não dá certo, mas nesse momento estamos tranquilos. Vamos ver o que acontece – disse Brunoro.

Agora, a principal necessidade do elenco alviverde é acertar com um lateral-direito. Sem fechar com o paraguaio Jorge Moreira, do Libertad, Brunoro diz que o clube não desistiu do jogador, mas admite que a negociação esfriou. Com Wendel, Bruno Oliveira (em recuperação de lesão) e Serginho improvisado no setor, ele reconhece a necessidade de um jogador para esta posição. Mas garante não ter pressa para preencher tal lacuna.

Luis Felipe, que era o titular da posição, briga com o clube na Justiça. Palmeiras e atleta iniciaram a discussão jurídica por conta de um desacordo na renovação de contrato do lateral.

– Não digo prioridade, mas é uma função com pouca gente. Vamos trabalhar com calma para buscar alguém – finalizou.

Dentre os reforços, Victorino, William Matheus, Rodolfo e Bruno César ainda não estrearam. Este último, aliás, será apresentado nesta terça-feira, na Academia de Futebol. Lúcio tem sido titular, assim como Diogo, mas o atacante sentiu uma pancada na região da bacia. Já Marquinhos Gabriel e França são opções no banco de reservas.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Kleina se anima com elenco superior e prepara entrada de Bruno César

Técnico que mais recebeu reforços entre os grandes paulistas, Gilson Kleina abre sorrisos ao constatar que conta com um elenco superior ao que conquistou a Série B do Brasileiro no ano passado. Bruno César, a última contratação, já está até com seu espaço sendo preparado antes mesmo de ter sido apresentado oficialmente.

Mazinho atuou mais próximo de Valdivia na goleada sobre o Atlético Sorocaba, nesse domingo, da forma como o meia emprestado pelo Al Ahli, da Arábia Saudita, deve ser escalado. Embora o provável futuro dono da camisa 7 ainda não tenha a estreia estipulada pelo treinador.

“Jogaram Valdivia e Mazinho e vamos começar a treinar e ver como Valdivia com Mendieta, Marquinhos Gabriel, Felipe Menezes, Bruno César. Vamos analisar”, disse Kleina, preocupado em não desmotivar os outros meias, mas já com um perfil traçado. “Queremos sempre colocar uma equipe com posse de bola e que verticalize, e há opções importantes.”

Tantas alternativas, entretanto, é a comprovação de que os nomes trazidos pela diretoria qualificaram o grupo que recolocou o clube na primeira divisão nacional. “Sem dúvida nenhuma o Palmeiras deste ano é melhor. Não equiparando, porque sou muito grato ao grupo que trabalhei no ano passado, mas se você tem condições de trazer jogadores nas características que pedimos, fica muito mais fácil”, sorriu.

Mais do que qualidade, Kleina aprova o espírito visto até nos reforços. Após o triunfo por 4 a 1 em Sorocaba, o técnico lembrou que o estreante Marquinhos Gabriel saiu do banco e, de cara para o gol, optou por dar assistências a Juninho e Wesley, que estavam desmarcados na grande área.

“A inteligência e o espírito coletivo são importantes. O Marquinhos, com o jogo definido, poderia decidir por outra jogada e preferiu o melhor companheiro. Tem que continuar assim. Se todos forem solidários e se motivarem, teremos uma equipe forte”, celebrou, gostando do empenho mesmo de quem está na reserva.

“Estamos formando a equipe mudando também. É importante todos trabalharem forte porque estão aparecendo muitas situações rápidas e perdemos jogadores importantes. Faz valer quem está preparado e realmente comprometido. Esse é um rótulo desse grupo, querem sempre fazer o melhor”, elogiou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

BLOG DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ ESPN BRASIL

• Palmeiras não começava 100% em três rodadas desde 2009. Último campeão assim foi Santos 2011

Faz exatamente cinco anos que o Palmeiras fazia seu terceiro jogo de Campeonato Paulista e comemorava 100% de aproveitamento. Aconteceu na estreia de Keirrison, contra o Marília, em 27 de janeiro de 2009. Keirrison perdeu pênalti aos 16 minutos do segundo tempo, o Palmeiras venceu por 3 x 0 com gols de Lenny, Cleiton Xavier e Evandro e isolou-se na liderança com 9 pontos, sete gols pró, nenhum contra.

Nas três primeiras rodadas daquele ano, o Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo ganhou por 1 x 0 do Santo André, 3 x 0 do Mogi Mirim e 3 x 0 do Marília. Não foi campeão. No ano anterior, do último título estadual, o time também dirigido por Vanderlei Luxemburgo começou com vitória por 3 x 1 sobre o Sertãozinho, mas empatou o clássico contra o Santos na segunda rodada.

O último campeão paulista com 100% de aproveitamento nas três primeiras rodadas foi o Santos de 2011. Nos primeiros jogos, 4 x 1 no Linense, 3 x 0 no Mirassol e 4 x 2 no Grêmio Prudente.

NInguém dá muita bola para o início de campanha irretocável, mas pode ser importante com a fórmula do atual Paulista. Nas quartas-de-final, os dois classificados de cada grupo se enfrentarão. Se o Santos ficar atrás do São Bernardo, como está a classificação atual, jogará na Vila Euclides, no ABC paulista. E não há confronto direto, para anular a distância atual de três pontos a favor do clube do ABC.

Os times que chegarem às semifinais com mais pontos jogarão em casa. Nessa fase, vão se enfrentar o melhor classificado contra o quarto melhor, o segundo contra o terceiro. Não há vantagem do empate, mas somar mais pontos evita ter de jogar como visitante. Não é desprezível começar com nove pontos como faz o Palmeiras. Também não é garantia de título. Em 2009, o time de Vanderlei Luxemburgo terminou a primeira fase na liderança, foi eliminado pelo Santos, quarto colocado, e assistiu ao título do Corinthians, terceiro na etapa de classificação.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ ESPN BRASIL

••

BLOG DO ALEX MÜLLER

• Com foco e motivação, Vadívia é mago

Ainda não é o momento de dizer que o Palmeiras é o maior favorito para ganhar todos os campeonatos do ano de forma invicta, até pelo pouco tempo e pelos adversários limitadíssimos. Mas é óbvio que a confiança vai aumentando à medida que os resultados e as boas atuações vão acontecendo.

E individualmente alguns jogadores começam a aparecer com maior destaque. Contra o Atlético de Sorocaba ficou claríssimo mais uma vez que Valdívia é um dos melhores em atividade no Brasil.

Quando ele demonstra vontade, motivação e não se machuca dá gosto de vê-lo em campo. Sempre fica a sensação de que algo diferente e especial pode acontecer quando ele pega na bola.

Enquanto ainda é tempo, o Palmeiras tem que aproveitar a presença de Valdívia no clube, já que o foco daqui a pouco muda para a Copa do Mundo e, se ele for bem, não se sabe se ele poderá ir embora.

Além do mago, devemos destacar também o crescimento do time na segunda etapa neste domingo. Lúcio evoluiu, Henrique também foi bem, os laterais participaram de bons lances, inclusive Juninho fazendo um dos gols com presença de chegada na área, Leandro mostrou que quer seguir como titular fazendo um golaço e quero enaltecer a estreia de Marquinhos Gabriel, que mostrou que pode brigar por uma vaga na equipe também.

Como não sou poste, nem cone e, como um ser que pensa e que tem opiniões, me dou ao direito de mudar de ideia quando acho que tenho que mudar. E a sensação que eu tenho agora é que está se criando um elenco mais forte e com um banco sempre disposto a dar a boa dor de cabeça ao treinador. Não quero me precipitar, mas o trabalho parece estar dando resultado. E com Bruno César chegando,. a qualidade crescerá ainda mais.

O que eu sempre falei é que a diretoria estava contratando mais apostas do que realidades e, por isso, ficava a dúvida de como o time iria ficar ao longo da temporada. Mas as apostas estão agradando e no caminho de se tornarem gratas realidades. Ótimo para todos os palmeirenses. Que siga assim…

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ALEX MÜLLER

••

BLOG DO FÁBIO SALGUEIRO

• Com Valdivia, Palmeiras empolga e pode sonhar

O Palmeiras do Centenário começa bem o Paulistão, com três jogos e três vitórias. Muito cedo para festejar? Pode ser, mas que o time tem um início empolgante isso é fato.

Até Valdivia estreou bem no estadual, diante do Atlético Sorocaba, dando um toque de classe à equipe.

Com o chileno, o Palmeiras deixa de ser um time comum e passa a ter o camisa 10 especial, capaz de num toque fazer a diferença. Valdivia estreou bem na temporada com gol, bola na trave, bons passes e aplausos da exigente torcida alviverde.

Pode-se dizer que o Mago foi o grande líder alviverde na goleada por 4 a 1 sobre o time sorocabano.

No entanto, a pergunta que fica sobre Valdivia é a seguinte: Até quando ele jogará e se mostrará comprometido com o time? Isso ninguém sabe, afinal o chileno não é confiável e sua trajetória pelo clube alimenta tal desconfiança.

O Palmeiras é um time com Valdívia e outro sem ele. Com o chileno, o Palmeiras ganha na criação. O camisa 10 dá um ritmo diferente à equipe. Por mais que Valdivia não mereça o respeito do torcedor, até pelas suas atitudes desde que retornou ao clube, não se pode negar sua qualidade com a bola nos pés.

Sem Valdivia, o time do Palmeiras pode ser competitivo, mas sente a falta do toque diferente, da assistência precisa e até dos gols do chileno.

Nestes três primeiros jogos do estadual ficou claro que o Palmeiras tem um espinha dorsal composta por bons jogadores. As contratações foram pontuais e corretas. Com Bruno César à disposição, Gilson Kleina ganhará mais uma opção na armação das jogadas. O cenário vai mudando para melhor…

O Palmeiras já é competitivo e pode crescer ainda mais na temporada. É preciso ter os pés no chão e trabalhar duro. E se puder contar com Valdívia o desempenho será ainda melhor. O duelo diante do Sorocaba provou isso.

A zaga apresenta problemas. O veterano Lúcio tem recuperação lenta e não pode jogar exposto. Henrique gosta de ser tudo menos zagueiros e, desta forma, o setor fica com buracos. Isso pode ser ajustado com conversa e posicionamento. Mas é preciso que Kleina interfira e defina a proteção a Lúcio, além de domar as descidas de Henrique.

O Palmeiras empolga no início de temporada. O bom começo no estadual é importante, pois traz calma e confiança ao time, além de abrandar a ira da torcida alviverde, que se mostra desconfiada sobre o verdadeiro potencial do Alviverde.

O Palmeiras, assim como os demais rivais do estado, precisa de tempo para apurar ainda mais o folego e o ritmo. Oba-oba à parte, o Palmeiras está no caminho certo. E pode crescer ainda mais com Valdívia em campo, mas isso depende apenas do chileno e aí que está o problema ou a solução. É aguardar e torcer…

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO FÁBIO SALGUEIRO

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Palmeiras, lampejos de show

Não foi o jogo inteiro, é bom que se diga. Mas em alguns momentos o Palmeiras teve – especialmente em Valdivia, Leandro e Marquinhos Gabriel- a luz de jogadas individuais que o levaram a golear o Atlético Sorocaba por 4 a 1 (gols de Everton, Valdivia, Leandro, Juninho e Wesley), fora de casa. Não é nada, não é nada, já são 9 pontos em três jogos, aproveitamento de 100 por cento.

Voltando ao talento individual, começo por Valdivia, em seu primeiro jogo no ano, o melhor em campo: fez um belo gol, chutou uma bola na trave, comandou o ataque. Ah, se pudesse jogar com mais constância…

Vou de Valdivia para Leandro, o autor do segundo gol, depois de drible desmoralizante no zagueiro, a resgatar sua importância para a equipe, logo em seu (como no caso de Valdivia) seu primeiro jogo na temporada. Nem vinha tão bem na partida, mas em jogadas individuais, fez o gol da virada e quase marcou outro.

E termino a galeria dos destaques com Marquinhos Gabriel, que fez sua estreia pelo Palmeiras ao entrar na partida já além da metade do segundo tempo. Pois foi o suficiente para Marquinhos oferecer o terceiro gol para Juninho e o quarto para Wesley, com duas assistências de quem sabe jogar.

Enfim, quando entrosado e bem fisicamente, ainda mais com a chegada de Bruno César, esse Palmeiras promete.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

BLOG DOIS TOQUES ❘ ESPN BRASIL

• Palmeiras faz segredo com busca por certidões negativas

Por Camila Mattoso e Marcus Alves

O Palmeiras ainda aguarda um posicionamento da Caixa Econômica Federal para saber se vai poder contar com o banco como patrocinador máster da equipe nesta temporada. Enquanto isso, o clube também corre para providenciar suas certidões negativas de débito para poder fechar o acordo, exigência primordial da empresa.

O assunto, no entanto, é tratado como sigiloso pela diretoria palestrina, para não dar pistas sobre a fase de negociação em que as partes estão. O blog apurou que o clube não tem mais débitos estaduais, mas não conseguiu informações sobre a situação com o governo federal.

Estar em dia não significa necessariamente que o clube não deva mais nada, mas sim que conseguiu refinanciar qualquer dívida e está pagando em dia.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DOIS TOQUES ❘ ESPN BRASIL

••

COLUNA DO ANTERO GRECO ❘ O ESTADO DE S.PAULO

• Palmeiras toma forma

Já vai longe a época em que o Campeonato Paulista era parâmetro para avaliação criteriosa de um time. Pra ser justo, nenhum Estadual hoje em dia se mostra confiável nesse quesito, e manda a prudência ficar com pé atrás. Por isso, dá calafrios pincelar prognósticos, favoráveis ou negativos, com um punhado de rodadas jogadas. Há risco de mandar bola fora e quebrar a cara – o grande temor de qualquer cronista.

Mas, cáspite, negar tendências equivale a ficar no muro – o que é pior ainda para a reputação do bendito comentarista. Então, como estamos aqui para o que der e vier, emendo de primeira: o Palmeiras da largada da temporada 2014 deixa boa impressão. Se Gilson Kleina não tem elenco requintado, pelo menos recebeu opções para montar equipe competitiva, dentro dos padrões nacionais.

A base vem da turma que disputou a Série B no ano passado, com o amadurecimento que a experiência amarga proporciona e com a autoestima elevada pelo retorno à elite. O elenco passou por depuração e desembarcaram no Palestra alguns rapazes para oferecer alternativas ao técnico. Ok, noves fora o fato de ser muito cedo para passar entusiasmo para a torcida, ontem se saiu muito bem o recém-chegado Marquinhos Gabriel. Entrou no lugar de Mazinho (apagado) e participou dos dois últimos gols nos 4 a 1 sobre o Atlético Sorocaba. Tornou o meio-campo mais ágil e criativo. Logo mais, Bruno César ficará à disposição.

Importante, também, a presença de Valdivia. O chileno, tratado como porcelana frágil, estreou na competição e seguiu o roteio que dele se espera: fintou, passou, discutiu com adversários, catimbou e fez gol. Nada do repertório habitual ficou fora. Ou melhor: faltou o drible no vácuo ou o que o valha.

A defesa carece de ajustes – e para tanto serve o torneio doméstico, adequado para observações e afinação para saltos maiores, como a Copa do Brasil e o Brasileiro (sabe-se lá com quantos participantes). Lúcio e Henrique se expuseram além da conta, nos primeiros minutos em Sorocaba, ao ficarem no mano a mano com Ewerthon. Na terceira tentativa, o atacante deixou o Atlético em vantagem. Corrigida a falha, com Marcelo Oliveira a cobrir os espaços, o trabalho da zaga fluiu.

O Palmeiras, sem alarde, parece embicar na direção certa. Antes, precisa de tempo – o mesmo vale para os rivais de igual expressão. O palestrino é impaciente, mas não custa deixar Kleina e seus moços um pouco em paz. Quem sabe não dá samba? Tá bem, tarantela, para os mais nostálgicos e apegados às raízes italianas, como o Nilson Pasquinelli, o diagramador do Estado que tem sangue verde nas veias. Exagerado, já pediu para uma vizinha costureira fazer faixa de campeão. Calma, Nilsão, seu time gosta de fortes emoções e tem muito chão pela frente!

••

COLUNA DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ FOLHA DE S.PAULO

• Novidade verde

Ainda não é possível dizer o que será do novo Palmeiras. Mas dá para ver como os novos jogadores reforçaram o elenco. Marquinhos Gabriel entrou e participou de dois gols ontem. Ainda tem Bruno César e Diogo. Se houver um ambiente bom entre eles, o Palmeiras será forte no ano do centenário.

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri

• Do sofá

O Palmeiras deve apresentar nesta semana, no centro de treinamento do clube, seu canal de TV oficial. Mas, mesmo sem ter sido lançada oficialmente, a página palmeirense no YouTube abriu as inscrições para fãs e fechou a semana passada com 17 mil adeptos.

••

14 respostas em “Verdão na Mídia 27-01-2014: Valdivia aprova reforços: ‘Agradeço quando tem jogador de qualidade’ ❘ Globo Esporte Com”

Começo realmente animador , pra só pra perder o costume : fora estagiário ! Espero, do fundo do coração, que ele me faca engolir as palavras! Fooommmmmmmm, kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

É exatamente assim que temos que agir.
Temos um pé atras? TODOS nós temos, mas não adianta ficar criticando tudo o que ele faz(até as coisas boas) e praticamente torcendo para que de tudo errado só pra ter razão…
Kleina esta lá? SIM
Vai sair? NÂO
Então o que nos resta é torcer para que ele faça um grande trabalho e nos de alegrias…

Fora kleinanta…… Esse é o único que pode atrapalhar!!!! Todo jogo é a mesma história, entra com o time errado, substitui mal, e nas individualidades como aconteceu ontem com Leandro e valdivia, acabam consertando as cagadas do “Seo Girso burro”…Só que ainda não enfrentamos nenhum time nem razoável, somente times péssimos e medíocres! !! Oque será que vai acontecer quando sairmos perdendo para times mais qualificados???? VALE LEMBRAR QUE NOSSO MANAGER ” KLEINANTA” NUNCA GANHOU UM CLÁSSICO, EM QUASE DOIS ANOS DE PALMEIRAS. .ENTÃO ESSA CAMPANHA DE 100% EM TRÊS RODADAS PODE SER ENGANADORA, POIS AINDA NÃO FOMOS TESTADOS EFETIVAMENTE. …SAUDAÇÕES ALVI- VERDES

É.. esses caras parecem o Arnaldo Jabor, criticam só por criticar, nem sabem muito bem do que estão falando e mesmo assim criticam, é por prazer…
Foi notavel a melhora do time no terceiro jogo, tento tática como técnicamente, e não acho que é só pelo fato do Valdivia e do Leandro estarem em campo, é TAMBÉM por isso, mas não SÓ por isso. Marquinhos Gabriel entrou e jogou muito bem. O Kleina não se tornou o Guardiola mas na minha visão, até o momento está tudo OK, confesso ter pensado diferente nos 2 primeiros jogos mas descobri que existem jogadores contundidos e ainda sem condições de entrar(Egurem), mas mesmo assim o time esta arrumadinho, imagino quando estiverem TODOS 100%. Ele ja renovou o contrato, agora não adianta criticar sem argumento, agora é apoiar e torcer para que ele faça um grande trabalho e nos leve aos titulos.

Começamos bem, mas o teste que vale é contra os tricolinos, ai vamos saber se vamos ganahr alguma cisa ou não. PALMEIRASSSSSSSSSSSSS FIU FIU FIU

Até que enfim, estamos começando um ano tranquilo, com um bom time, que, com o tempo e a melhora, que certamente virá, de entrosamento, seremos, sim, competitivos. Agora, amigos palmeirenses, é a hora de alavancar a campanha de sócio-torcedor e não dependermos de patrocinadores. Se abraçarmos essa campanha e tivermos um aumento considerável de associados, como já disse antes, seremos comparáveis a qualquer time de ponta do exterior. VAMOS NESSA minha gente.

Discordo, não acho o Henrique lento e não acho que esteja em má fase… Só acho que é uma nova dupla que está treinando junto à algumas semanas e fez apenas dois jogos… Falta entrosamento e estarem 100%…

Ótimo começo de campeonato! Meu Deus, como é bom ter um pouco de paz e esperança! Avante, Palmeiras!!

Pro ano começar melhor só anunciando patrocínio e ter vitória sobre os bambis na próxima semana…

Nada como termos bons resultados dentro de campo para desfrutarmos de paz e sossego. Nisso parabenizo jogadores, comissão técnica e diretoria.

Os comentários estão desativados.