Categorias
Resenha dos Jogos

Pós Jogo Botafogo 3×1 Palmeiras: fim da invencibilidade em Ribeirão

O Palmeiras perdeu nesta tarde-noite de domingo em Ribeirão Preto para o Botafogo. 3×1.

O que falar do jogo? Pouca coisa. Ou muita coisa.

O time estava desfalcado. É verdade. Bem desfalcado. Sem Kardec, Leandro, Diogo, nosso ataque era frágil.

Mas o nome da noite – pro mal sentido – foi o lateral William Matheus. Com responsabilidade direta em um dos gola, e participação indireta em outros dois, WM foi o vilão palestrino da noite.

Não quer dizer que o rapaz tenha que ser frito na banha. Terá outras chances de mostrar seu valor. Até por isso, Seo Girso Kleina bem que podia ter tirado o rapaz no intervalo e poupá-lo. Não o fez e arriscou encerrar a carreira do lateral na primeira partida.

E o time? Uma bagunça.

Único jogador que teria alguma chance de organizar – sim, falamos de Valdivia – foi colocado de centroavante jogando de costas.

Eguren, esforçado, não sabia qual a função dele.

Os laterais …. como há tempos…

E o Botaofgo que joga assim desde o primeiro jogo desse Paulistão.

Segue o campeonato.

As notas para o time do seu Girsu:

• Prass: 7,5 – não teve culpa da tragicomédia que se passava à sua frente.

• Wendel: 1,0 – apesar de seu evidente apreço pelo clube, não tem estofo para vestir a camisa do Palmeiras, não sabe passar, não sabe cruzar e marca mal.

• Lúcio: 4,0 – vai ter que provar em todos os jogos que ainda não chegou a hora de se aposentar. Errou dois passes de 3 ou 4 metros de maneira bisonha.

• Marcelo Oliveira: 5,0 – foi o menos pior da defesa, o que convenhamos não é lá grande coisa.

• William Mateus: 0,5 (de cortesia) – medonho em todos os aspectos, técnico e empenho. Não sabe cruzar uma bola, não acerta passes curtos, quanto mais longos. Tá com pinta de que é um forte candidato à cruz no imaginário da torcida alviverde.

• Eguren: 3,0 – fraco na marcação, quase não apareceu no jogo. No final foi tirar onda de atacante, retrato da desorganização tática do time. Não parecia ter a menor ideia do que o Kleina queria dele. Mas, tem a desculpa: nem o próprio Kleina sabia isso.

• França: leva 5,0 pelo esforço constante, principalmente na marcação. Apareceu duas ou três vezes no ataque pela direita, mas não soube o que fazer com a bola.

• Marquinhos Gabriel: Ele jogou? Jura? Tá bom, então leva 0,5 (meio), por ter entrado em campo. Jogou bem os seus dois primeiros jogos, mas agora já parece que foi fogo de palha.

• Mendieta: 3,0 – apareceu pouco, sua capacidade de armar jogadas está cada vez mais em cheque. Em alguns momentos parece displicente, pois corre pouco e não marca ninguém.

• Valdívia: 6,0 – o melhorzinho em campo. Único no elenco que tem qualidade técnica apurada, mas estava sempre bem marcado. No segundo tempo foi parar no meio dos zagueiros, cortesia da esperteza do Kleina. Tentou, lutou, brigou pela bola, mas hoje nenhum companheiro ajudou.

• Miguel: Quem? Nunca vi mais gordo, ou magro. Fica com 0,5 que é para não desestimular.

• Bruno César: Nunca vi mais GORDO (literalmente). Fora de forma, fora do prumo e nervosinho. Se já estava difícil com onze, com dez então ficou impossível. Leva, portanto, um redondo Zero!

• Serginho: 1,0 – correu e se esforçou, mas errou 90% dos passes, até os de 2 metros.

• Gilson Kleina: 0,0 (zero, vírgula zero) com louvor e distinção! – mandou a campo um time sem qualquer senso tático. Quando a vaca já parecia ter ido para o brejo, em vez de desatolar, mandou o Valdívia ir de centroavante, uma asneira sem tamanho! O time foi incapaz de criar jogadas de ataque e mal chutou a gol no jogo todo. Enfim, tomou um vareio do poderoso Botafogo. Fica cada vez mais óbvio que não treina fundamentos com os jogadores, por conta do número de passes e cruzamentos errados.

O elenco montado está desbalanceado. Não temos laterais (direito ou esquerdo) capazes de vestir a camisa do clube e temos uma abundância de volantes e meias de qualidade medíocre. O ataque está igualmente desqualificado, pois só temos Kardec e Leandro (que quebra um galho). Os demais atacantes, são muito fracos.

67 respostas em “Pós Jogo Botafogo 3×1 Palmeiras: fim da invencibilidade em Ribeirão”

Uma hora a casa de GK ia cair. Fica inventando todo jogo, depois corrige para sair como o estrategista! Chega neh! Vamos por um padrão de jogo um time descente dêsde o início! Aliás o Lúcio só não ta tomando um vareio de bola na zaga por causa do Marcelo Oliveira que segura bronca lá. Precisamos de laterais urgente e de um outro bom zagueiro, desde a saída de henrique ficamos sem opções! E Kleina peloamordedeus PARA DE INVENTAR se fizer isso nas demos teu barco vai afundar!

Quem achava o PALMEIRAS imbativel? Muito pelo contrario PESCUMA. Fez um bom jogo contra os bambis, razoavel contra os gambas. Tomou vareio do AUDAX (todo poderoso) , uma correria danada do XV e tivemos nosso goleiro como salvador da patria em alguns jogos. Isso é ser imbativel? Obvio que não e certamente não tinha torcedor pensando assim. Mas não tem explicaçao que consiga me convencer a postura da nossa comissao tecnica. Claro, sem muitos titulares fica dificil para qq time. Mas postura tatica isso é coisa primaria no futebol. Ontem o PALMEIRAS parecia um time jogando um solteiroXcasados. O pepekleina consegue inventar o Valdivia como centroavante. Mata o que temos de bom. E o Miguel( é o proprio Migué) sacou de onde? Se não tem outra opçao monta uma retranca e joga no contraataque. Como time pequeno. Assume nossas limitaçoes e ponto. Mas mostra que tem um esquema tatico presente. De minha parte, smj, nao vejo isso no PALMEIRAS.

CALMA LÁ!!! Perdemos, ponto! Há 4 rodadas, éramos imbatíveis, etc… e agora somos de segunda divisäo?? O GK n é de longe o melhor técnico do mundo, porém, ontem, n tínhamos 7 titulares. Tire 7 titulares de qualquer time e o resultado será o mesmo….outra coisa, o time está em formaçäo, tivemos várias mudanças no início do ano… Dito isso, temos que melhorar sim e muito, mas lendo todos esses comentários, parece que somos o Paulista de Jundiaí…. Alguém pode me apontar um técnico muito melhor do que o GK, sendo que nos últimos 4/5 anos tivemos WL, MR, F….

NA MINHA OPINIAO, o jogo de ontem serviu para mostrar duas feridas abertas que temos. A primeira… NAO TEMOS ELENCO. Quando precisamos dos “reservas” para jogar a ferida sangrou. Contratamos um caminhão de volantes mas se juntar tudo não sobra nada. Lateral esquerdo não joga em time amador razoavelmente organizado. Mediocre. Entretanto, o MIOLO DA FERIDA é o nosso TECNICO. Escalou mal o time e substituiu pior ainda. O Mazinho que vinha sendo titular estava no banco. Portanto deveria entrar no intervalo( embora não seja jogador para o PALMEIRAS). O L.E.( acho que ganhou bicho do Botafogo pela participação nos tres gols do time de Ribeirão) deveria ser sacado. E o Miguel? Esse deu uma de Migué e não pegou na bola. O que penso é que não temos ELENCO e muito menos COMISSAO TECNICA. Foi ate bom acontecer agora. Se tiver que corrigir alguma coisa ha tempo. Mas nas fases seguintes eu temo pelo nosso futuro. Infelizmente!!!!!!

O problema do Palmeiras não é treinador, lateral esquerdo, zagueiros… O buraco é mto mais embaixo, e o paulistinha tava só enganando nossa cega torcida. Com essa diretoria comandada nos bastidores pela mentalidade tacanha Mustafá Contursi, e com esse elenco de HOJE, não caindo no Brasileiro está de bom tamanho. Ainda vai demorar pra voltarmos a brigar por títulos e sermos novamente protagonistas nos campeonatos de expressão. Só não vê isso quem não quer.

Calma! Foi só perder a primeira e com 7 desfalques para novamente o time ser rotulado como medíocre. Vamos aguardar mais um pouco pois os demais estão piores do que nós!

Ah, faltou escrever que o Bruno César está parecendo o barril de carvalho fisicamente. Só espero que entre logo em forma, porque será muito útil para o time, ajudando a desafogar a marcação sobre o Valdívia.

Jogar contra nós ficou fácil, basta marcar o Valdivia e o Wesley que o time fica completamente acéfalo (igual ao treinador). Se no meio do ano esses dois jogadores forem vendidos porque não estão dentro do programa de “remuneração variável” como o resto do elenco, teremos sérios problemas no 2º semestre.

É irritante ver o Palmeiras jogar. Dois jogos sem o Wesley, dois jogos sem segundo volante, pois nos dois o Mendieta (que não é meia, mas segundo volante), foi adiantado para armar o time. Jogar com dois volantes que não sabem sair pro jogo acaba com a saída de bola.
Ontem, para piorar, tínhamos apenas um meia de criação (Valdívia) que depois ainda foi jogar de centroavante, mostrando que nosso técnico não sabe, realmente, nada de futebol.
Com apenas um meia de criação, sem segundo volante para sair com a bola e dar opção, e com um ataque que jamais deve ter jogado junto, fica realmente muito difícil cobrar alguma coisa.
Na defesa, o problema é ainda pior. Dois laterais fracos, com nenhum fundamento, e uma dupla de zaga que não encaixa (Wellington conseguia encobrir os muitos erros do Lúcio, M. Oliveira não). E dois volantes lentos que não conseguem fazer a cobertura.
Como cereja do bolo, uma falha individual grotesca. Só espero que o Willian Mateus tenha ainda oportunidade para mostrar o mesmo futebol do ano passado pelo Goiás. A camisa pesou, mas ele pode ainda ser útil ao Verdão.

Impossível um time ter 8 desfalques e continuar jogando bem, os erros desse jogo não podem ser esquecidos, nada funcionou, pelo menos não foi 6 do Mirassol. Mas é fato que os reservas não estão no mesmo nível dos titulares, apesar que um jogo desse tbm dá ritmo pra galera, dessa vez não vou criticar o Kleina.

pelo amor de Deus, Manda o estagiário embora. ano passado tinhamos a desculpa que não tinha elenco. este ano? qual a desculpa? tá provado que quando pega um adversário mais forte, toma um “vareio” de bola. Estamos iludidos pela vitória contra o CENI fc. que são ridículos, por sinal. sofremos contra o XV, contra o audax, contra o entulhão, contra o botafogo. estamos ganhando ou empatando na bacia das almas, porque temos um goleiro muito bom e um atacante acima da média (o kardec). fora isso, ainda somos Valdivia dependentes. ou estou errado? quero saber quem contratou: w. matheus, egurem, mendieta, juninho, mazinho, serginho, etc. Contrataram o tal de rodolfo para ser atacante. Por que não joga quanto precisa de um atacante? por que poe nosso melhor meia de atacante? por que o time entra tão pilhado em campo? por que o técnico reclama tanto do juiz? to de saco cheio. este mes, não tem mensalidade do avanti. e olha lá se tiver mes que vem.

A verdade é que depois da vitória contra as Bibas o time parou de jogar, se acomodou e a besta do Gilson Kleina não parece ser capaz de tirar o time do marasmo. Criou-se o mantra de que começar mau a partida e tomar um gol não é problema, pois temos banco para reverter qualquer placar, ontem ficou provado que não é bem assim. Para parar o Palmeiras basta marcar o Valdivia, pois com ele anulado o time simplesmente não sabe o que fazer com a bola. E o bruno César cada vez mais me lembra o Daniel Carvalho……

Alguém aí sabe por que o Victorino foi contratado? É inacreditável contratar um jogador que está parado há um ano e meio.
Por que o Patrick Vieira não joga? O Denoni é pior que os outros volantes? O Rodolfo é pior que o Miguel? Se for, tem que procurar outra profissão.

Já disse anteriormente. O “JÊNIO DO JILSON KLEINA”, vai pipocar no mata-mata como foi domingo contra os gambás. E mais, cadê o lateral direito??? Para jogar o Wendel coloca um cone. Bruno, Wendel, Juninho Pampers, Vinícius, Kleina não dá mais.

Os comentários estão desativados.