Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 05-02-2014: Com fracasso na mediação, W. Torre e Palmeiras já se preparam para disputar estádio na arbitragem ❘ Paulo Vinícius Coelho

BLOG DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ ESPN BRASIL

• Com fracasso na mediação, W. Torre e Palmeiras já se preparam para disputar estádio na arbitragem

Palmeiras e W. Torre já não têm esperança de solucionar o impasse pela divisão das cadeiras do Allianz Parque com mediadores. As reuniões dos últimos meses não produziram avanços. Os dois lados já consideram inevitável avançar para a arbitragem, por contrato realizada por especialistas da Fundação Getúlio Vargas. A tendência é chegar a esse colegiado.

O impasse se dá porque a W. Torre julga ter direito de vender todos os 43 mil lugares do novo estádio, enquanto o Palmeiras entende ser obrigado apenas a entregar 10 mil cadeiras especiais. Independentemente da quantidade de cadeiras negociada pela W. Torre, a construtora deve remunerar o clube pelo preço do ingresso equivalente à arquibancada em todos os jogos. Isso pode dar ao Palmeiras renda equivalente a R$ 1,8 milhão por partida. No ano passado, a maior arrecadação foi de R$ 1,3 milhão em uma partida da Libertadores.

O contrato entre Palmeiras e W. Torre é omisso quanto ao número de cadeiras negociadas, mas o clube argumenta ter negociado desde a aprovação pelo Conselho Deliberativo. A escritura não é omissa. Diz que a W. Torre venderá 10 mil cadeiras especiais. À frente, trata de todos os lugares com os números de cada setor e refere-se a cadeiras. O estádio inteiro terá cadeiras.

A direção do Palmeiras sabe que a arbitragem pode levar até dois anos. Nesse período, não está claro se o estádio pode ser inaugurado com o dinheiro depositado em juízo até a solução ou se o impasse adiará a inauguração do Allianz Parque. A W. Torre indica a seus funcionários que pretende ter o novo palco pronto em junho de 2014.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ ESPN BRASIL

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Mediador do Palmeiras prefere agenda cheia por tempo indeterminado

Por Mauricio Duarte

O advogado Kazuo Watanabe reforçou a intenção do Palmeiras de evitar que o impasse com a WTorre sobre o novo estádio alviverde vá parar em um conselho de arbitragem. Ele é o mediador indicado pelo clube para tentar solucionar o conflito com a construtora. “Faremos mais vinte reuniões se for necessário”, declarou ao UOL Esporte.

Kazuo disse que um encontro entre as partes, que era para acontecer no início deste mês, ainda não foi marcado. “Espero que ainda ocorra em fevereiro e que possamos resolver o quanto antes”, contou. A data para mais essa etapa da mediação ainda não foi definida por problemas de agenda, principalmente do presidente alviverde Paulo Nobre e de Walter Torre, dono da construtora.

Paralelamente, os advogados das partes estão conversando informalmente para costurar um acordo. Isso porque Nobre e Torre não davam o braço a torcer, tornando o trabalho dos mediadores bastante complicado. Embora não haja pressa, houve avanço no ponto de vista deles. Clube e construtora estão atravessando uma mediação sobre pontos conflitantes no contrato da obra. É a última tentativa amigável antes de o caso ir para a arbitragem, que tem o mesmo valor de uma decisão do Poder Judiciário.

Palmeiras e WTorre vivem um dilema em várias questões. A principal deles é no que se refere à divisão dos direitos de comercialização das cadeiras e da receita proveniente delas. Caso não haja um entendimento, a questão será levada para o conselho de arbitragem.

A Arena deverá custar no total R$ 500 milhões, superando em R$ 200 milhões a conta inicial. Até o início deste ano, a conta já estava estimada em R$ 350 milhões. A previsão inicial de término da obra também não foi cumprida, já que o estádio deveria ter sido entregue no segundo semestre de 2013. Agora, está prevista para junho deste ano.

A seguradora Allianz pagou R$ 300 milhões para dar o nome ao estádio palmeirense por 20 anos. A tendência é que esse vínculo seja renovado por mais 10 anos, que é o prazo que a WTorre terá controle da casa alviverde. O estádio terá capacidade para até 45 mil torcedores em dias de jogos, e até 55 mil pessoas em eventos e shows.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Sem tirar pé do acelerador, Palmeiras duela com animado XV de Piracicaba

Nada de tirar o pé do acelerador pelos lados do Palmeiras. Para manter o embalo no ano do centenário e conquistar a vantagem na fase final do Campeonato Paulista, o Verdão vai até o interior nesta quarta-feira para enfrentar o XV de Piracicaba, às 22h (horário de Brasília), no estádio Barão de Serra Negra, pela sexta rodada do torneio estadual.

Único time com 100% de aproveitamento na competição, o Palmeiras, líder do Grupo D com 15 pontos, chega com moral extra para esta rodada. No último domingo, a equipe do técnico Gilson Kleina conseguiu vitória incontestável contra o São Paulo, feito que acabou com um jejum alviverde diante de seus rivais paulistas que durava desde fevereiro de 2012.

Embalado após três jogos sem derrota, o XV de Piracicaba tem três metas. A primeira delas é aumentar a série invicta. A segunda é derrubar a invencibilidade palmeirense e, assim, alcançar a terceira, que é entrar na zona de classificação do Grupo B. O Alvinegro soma sete pontos e figura em terceiro lugar, sendo que a trinca sem derrota do Nhô Quim passa por vitórias sobre Portuguesa (1 a 0) e Ponte Preta (4 a 1), e empate contra o Paulista (0 a 0).

O árbitro Vinicius Furlan apita a partida, auxiliado por Vicente Romano Neto e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo. A TV Globo transmite ao vivo a partida para todo o estado de São Paulo, menos para Campinas e região. O canal PremiereFC mostra o duelo para todo o país, por meio do sistema pay-per-view. O GloboEsporte.com também acompanha todas as emoções do jogo em Tempo Real e com vídeos exclusivos.

AS ESCALAÇÕES

XV de Piracicaba: Raphael Macena vai estrear entre os titulares, na vaga de Adilson, que sequer foi relacionado para o jogo após se queixar de ofensas racistas da própria torcida. O Nhô Quim começa com Márcio; Paulo Henrique, Pitty, Leonardo Luiz e Aélson; Adilson Goiano, Rodolfo, Danilo Sacramento e Gilsinho; Cafu e Raphael Macena.

Palmeiras: à exceção de Valdivia, poupado, o restante do time é o mesmo que bateu o São Paulo. Marquinhos Gabriel entra no lugar do chileno. Assim, a escalação é: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Wellington e Juninho; Marcelo Oliveira e Wesley; Mazinho, Marquinhos Gabriel e Leandro; Alan Kardec.

QUEM ESTÁ FORA

XV de Piracicaba: estão no departamento médico o goleiro Thiago Passos (entorse no tornozelo esquerdo), os laterais Vinicius Bovi (estiramento muscular na coxa direita) e Felipe Chagas (entorse no tornozelo esquerdo), os zagueiros Gleison (lesão de ligamento cruzado do joelho direito), Gláuber (cirurgia de ligamento cruzado no joelho direito) e Everton Dé (cirurgia de púbis), os volantes Clayton (fratura no tornozelo direito) e Adriano Ferreira (estiramento muscular na coxa direita), e o meia Breitner (estiramento muscular coxa esquerda).

Palmeiras: Victorino (dores na panturrilha), Renato (lesão na clavícula) e Thiago Martins (lesão no ligamento do joelho direito) estão fora. Em fase final de recuperação, Eguren, Tiago Alves e Bruno Oliveira fazem trabalho de recondicionamento físico. Apresentados na última semana, Bruno César e Paulo Henrique continuam fora. E Valdivia será poupado.

ÚLTIMO CONFRONTO

Palmeiras e XV de Piracicaba fizeram uma partida bastante movimentada no Paulistão do ano passado. No dia 3 de fevereiro, pela quinta rodada do torneio estadual, Nhô Quim e Verdão empataram por 3 a 3, no Barão de Serra Negra. Márcio Diogo, Rodrigo e Vinicius Bovi marcaram para os donos da casa, enquanto os alviverdes fizeram com Márcio Araújo e Henrique, duas vezes. O gol do empate, aliás, saiu nos descontos da partida.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Sem Valdivia, Palmeiras joga em Piracicaba para continuar perfeito

Por William Correia

O início do centenário palmeirense não poderia ser melhor, e o time segue com o desafio de continuar assim nesta quarta-feira. Em visita ao XV de Piracicaba, às 22 horas (de Brasília), a equipe não terá Valdivia, que descansa, na tentativa de se manter como única com 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista.

Para o confronto válido pela sexta rodada, o Verdão tem o estímulo da vitória sobre o São Paulo, na quarta-feira, encerrando um jejum de dois anos sem ganhar um clássico. O posicionamento não muda, apenas com a entrada de Marquinhos Gabriel no lugar de Valdivia, ainda em tratamento especial para diminuir suas contusões.

“Estamos no caminho. Conseguimos um grande passo dentro da competição. Sabemos da importância do Paulistão e o importante é ter o resultado positivo. A equipe está bem unida e ciente do que pode fazer”, comentou Wesley, mais uma vez titular e peça importante neste começo de ano perfeito no clube.

Ainda com reforços como Bruno César à espera da estreia, Gilson Kleina não muda a fórmula que tem dado certo, apostando, agora, em Marquinhos Gabriel pelos lados e a movimentação de Mazinho para levar a bola para Leandro e Alan Kardec. A força, contudo, segue na humildade para cobrir os espaços no campo e não deixar o rival jogar.

Treinador do XV, Edison Só já alertou para as complicações do adversário e pede que o estádio Barão de Serra Negra esteja cheio. “Vamos ter muitas dificuldades, com certeza. Eles estão confiantes e bem acertados dentro de campo. Quero convocar a torcida para nos incentivar e, assim, nos ajudar para fazermos um bom jogo”, pediu.

O time piracicabano vem de três jogos de invencibilidade – venceu Portuguesa e Ponte Preta e empatou com o Paulista no domingo –, mas terá que superar seus próprios desfalques diante de um dos grandes do torneio. Adriano e Gleison são os novos companheiros de Breitner, Vinicius Bovi, Glauber e Clayton no departamento médico.

FICHA TÉCNICA

XV DE PIRACICABA X PALMEIRAS

Local: estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba (SP)

Data: 5 de fevereiro de 2014, quarta-feira

Horário: 22 horas (de Brasília)

Árbitro: Vinicius Furlan (SP)

Assistentes: Vicente Romano Neto e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (ambos de SP)

Assistentes adicionais: Flávio Rodrigues Guerra e Adriano de Assis Miranda (ambos de SP)

XV DE PIRACICABA: Márcio; Paulo Henrique, Leonardo Luiz, Luiz Paulo Pitty e Aelson; Adílson Goiano, Rodolfo, Danilo Sacramento e Gilsinho; Jonathan Cafú e Adílson – Técnico: Edison Só

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Wellington e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley, Marquinhos Gabriel e Mazinho; Leandro e Alan Kardec – Técnico: Gilson Kleina

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ IG ESPORTE

• Recuperado, Diogo mira sequência no Palmeiras e já fala em título do Paulistão

Por Gabriela Chabatura

O histórico do lesões que o atrapalhou na carreira hoje é encarado como motivação. Esse é o pensamento que o Diogo tem para mirar uma sequência positiva no Palmeiras. Contratado no início de janeiro, o atacante sofreu uma pancada na região da bacia e agora, recuperado, espera colocar uma dúvida na cabeça do técnico Gilson Kleina para arrancar uma vaga entre os titulares.

Suplente no clássico contra o São Paulo, no último domingo, Diogo espera uma chance no duelo desta quarta-feira, diante no XV de Piracicaba, no estádio Barão de Serra Negra. Motivado, ele já fala em título para presentear a torcida palmeirense no ano de seu centenário.

“O Palmeiras está formando uma equipe forte, e quando participa de qualquer competição não quer outra coisa a não ser títulos. Nós vamos lutar bastante para conseguir um”, garantiu o atleta em entrevista ao iG Esporte.

Diogo também destacou pertencer a uma família palmeirense e se inspira no time que conquistou o Campeonato Paulista de 1993, após quase 17 anos de jejum, com Edmundo, Zinho e Evair.

“É legal poder jogar no Palmeiras, porque meu avô e o meu tio são palmeirenses. Embora eu tenha começado a minha carreira na Portuguesa e por ela ter um carinho, eu assistia os jogos do Palmeiras quando criança. Eu lembro muito de 93 e 94 e, claro, do super time da Copa Libertadores de 1999“, recordou.

Além de um bom Campeonato Brasileiro no ano passado pela Portuguesa, Diogo viveu o seu melhor momento na carreira quando defendeu o Olympiacos, da Grécia. Depois de ter sido vendido em 2008 por 9 milhões de euros, o atacante virou ídolo da equipe e conquistou três títulos do Campeonato Grego e dois da Copa da Grécia. Ele também chegou a disputar pela equipe duas edições da Liga dos Campeões da Uefa e uma da Liga Europa.

“Aquele foi um momento muito especial na minha vida. Eu saí muito jovem da Portuguesa e vivi anos muito marcantes na Grécia. O Olympiacos é uma equipe que gosto bastante, e sempre acompanho. Apesar da diferença com o Brasil, eu tive uma adaptação muito rápida e todos me acolheram muito bem por lá”, disse.

Por outro lado, nem todas as lembranças são boas para o atacante. Na segunda metade de 2010, quando transferiu-se para o Flamengo, ele sofreu com diversas lesões musculares e não conseguiu emplacar. Foram 18 partidas, apenas um gol e o “pior momento da carreira”.

“No Flamengo eu vi o quanto a torcida é fanática por um clube. Infelizmente, eu cheguei em um momento difícil, de muitos conflitos políticos que atrapalhavam o ambiente do clube, e me machuquei muito. Foi o pior momento da minha carreira, mas serviu de experiência e hoje não tenho nada contra o Flamengo”, encerrou.

Com 100% de aproveitamento no Paulistão e a liderança do Grupo D, com 15 pontos, o Palmeiras defende a invencibilidade nesta quarta, contra o XV de Piracicaba, às 22h (de Brasília), no interior de São Paulo. Diogo estará à disposição.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ IG ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Academia Store completa um ano e prepara homenagem para Lúcio

Dono absoluto de uma das vagas na zaga do Palmeiras, Lúcio será homenageado nas próximas semanas com uma camisa especial da Academia Store, rede de lojas do Verdão que hoje completa um ano  de seu lançamento.

– Ele é uma referência e chega com status de xerife. Queremos homenageá-lo e fazer algo nesse sentido – declarou Rafael Bedin, gerente de marketing da Meltex Franchising, responsável pelos estabelecimentos em parceria com o clube.

São 13 unidades espalhadas em shoppings do estado e uma em Londrina. A previsão é fechar 2014 com 40 lojas.

Os produtos mais procurados são as camisas de jogo e de comemoração pelo título de 1993, as blusas femininas, a linha casual e infantil e a miniatura Allianz Parque. Os produtos para bebês e mulheres representam um total de venda de 40%.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ MÁQUINA DO ESPORTE

• Palmeiras e XV fecham pontual para duelo desta quarta

O Palmeiras e o XV de Piracicaba fecharam acordos pontuais de patrocínio para o confronto desta quarta-feira (5), no Estádio Barão de Serra Negra, em duelo válido pelo Paulistão Chevrolet. 

O clube da capital assinou com a metalúrgica Grofe, que irá estampar a sua marca na barra frontal da camisa alviverde.

Já o time alvinegro do interior fechou com a fabricante de materiais para construção Joli. A marca da companhia ficará exposta nas mangas da camisa do clube.

Ambos os acordos foram intermediados pelas agência de marketing esportivo Wolff Sports & Marketing. O contrato foi fechado graças à transmissão da partida desta quarta-feira pela Rede Globo e pela Bandeirantes, o que aumenta a exposição das marcas.

Em janeiro deste ano, o clube palestrino também acertou um vínculo com a escola de idiomas Minds até o final desta temporada – a parceria com a escola renderá, inclusive, benefícios aos sócios-torcedores Avanti, que terão 40% de desconto na mensalidade.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ MÁQUINA DO ESPORTE

••

BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Empréstimo de Kardec termina em junho. E depois?

Por João Pontes 

Contratado por empréstimo em junho do ano passado, o atacante Alan Kardec justificou a fama de artilheiro com a camisa do Verdão. Agora, faltando quatro meses para o término do vínculo, a torcida palmeirense já vislumbra a contratação definitiva do jogador.

“Pelo grande momento que o Alan Kardec  está vivendo no clube, tenho certeza de que o Palmeiras vai querer ficar com ele após o fim do empréstimo. A negociação com o Benfica não é complicada”, comentou o agente Reinaldo Pitta.

Nesta quarta, contra o XV de Piracicaba,  o camisa 14 é a principal arma de Gilson Kleina para manter os 100% de aproveitamento no Campeonato  Paulista. A partida, válida pela sexta rodada, será disputada às 22h, no Barão de Serra Negra.

De acordo com Reinado Pitta, para comprar Kardec, o Verdão teria de desembolsar 5 milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões). Os direitos econômicos  estão divididos igualmente entre o Benfica e um fundo de investimentos do  clube português, o “Benfica Stars Fund”.

“Que grande  centroavante você consegue contratar por esse valor? O Kardec tem muito potencial. Será um ótimo investimento para o Palmeiras”, comentou o agente.

• Otimismo

Pelo contrato de empréstimo assinado com o Benfica, o Verdão pode exercer o direito de compra até o fim de maio. Com isso, o  clube paulista ainda tem tempo para viabilizar a permanência de Kardec.

“Sei que algumas conversas podem estar acontecendo, mas procuro não me meter, porque o futebol é dinâmico. Tenho vontade de permanecer, mas vou deixar nas mãos dos meus agentes. Espero que aconteça do jeito que queremos”, declarou o atacante.

Confiante na permanência, o camisa 14 acredita que o Palmeiras pode fechar o negócio gastando menos dinheiro.

“É difícil dizer como será, porque tem um valor pré-estabelecido, mas ele pode ser negociável. A relação entre as diretorias de Palmeiras e Benfica é muito boa. Isso pode ajudar”, explicou.

O atacante também revelou que  a contratação de Leandro aumentou a confiança na própria permanência.

“Dá um ânimo. Sabemos das dificuldades não só do Palmeiras, mas de muitos clubes brasileiros. Porém, quando vê uma contratação dessas acontecendo, você se anima”, disse.

Cinco motivos para contratar o atleta

Atacante jovem

Embora seja considerado um jogador experiente, com passagens por grandes clubes como Santos, Vasco e Benfica, Alan Kardec é jovem. O centroavante de 24 anos ainda tem muita lenha para queimar.

Goleador

O camisa 14 sempre mostrou faro de gol. Em 36 partidas pelo Palmeiras, ele marcou 16 gols, média de 0,47 por jogo. No ano passado, o atacante foi artilheiro do Alviverde na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Não é caro

Alan Kardec está avaliado em 5 milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões). Para contratar Alexandre Pato, por exemplo, o arquirrival Corinthians pagou 15 milhões de euros (mais de R$ 40 milhões) ao Milan, da Itália.

Adaptado ao time

O centroavante se sente em casa no Palmeiras e nunca escondeu o desejo de permanecer atuando no clube paulista. Para completar, taticamente, é peça fundamental no esquema de jogo do técnico Gilson Kleina.

Versátil

O atacante é muito aplicado e pode desempenhar outras funções dentro de campo. No clássico contra o São Paulo, atuou como centroavante e, ao mesmo tempo, marcou o lateral-esquerdo Alvaro Pereira.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Damato

• Esfriou

A criação de uma comissão para investigar as contas do ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo esfriou o ânimo dele para sair candidato como vice-presidente na chapa de Vlademir Pescarmona a presidente do Palmeiras. Arnaldo Tironie, que também sofrerá sindicância, negociava apoio a um candidato de situação.

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri

• Sem…

A briga entre Palmeiras e WTorre pela divisão de cadeiras do estádio do clube deve ser resolvida na arbitragem. Isso significa que o imbróglio poderá durar até dois anos, período estipulado para que a disputa seja resolvida. O árbitro que decidirá quem tem razão será da Fundação Getúlio Vargas.

• …acordo

Palmeiras e WTorre tinham indicado mediadores para tentar entrar em um acordo, mas não houve entendimento até agora.

• Contraste

Em boa fase, o Palmeiras é o clube com a melhor média de público do Paulista: 15.214 torcedores por jogo. O Corinthians é o segundo, com média de 11.726 pessoas por partida.

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Pedido de socorro

O presidente Paulo Nobre esteve ontem na sede da FPF. No encontro com Marco Polo Del Nero, ele solicitou a antecipação de um dinheiro para tentar manter os salários do Palmeiras em dia.

••

3 respostas em “Verdão na Mídia 05-02-2014: Com fracasso na mediação, W. Torre e Palmeiras já se preparam para disputar estádio na arbitragem ❘ Paulo Vinícius Coelho”

A Wtorre vai apertar até a última gota, mas creio que não chegue na arbitragem, seria um tiro no próprio pé dado pelo “Wartão”.

Um ano sem patrocínio… O Nobre é bom, mas as vezes merece se matar um pouco para deixar as contas em dias, o Dep. de Marketing é horrível, o acordo com a Caixa é sempre para o mês seguinte, nunca possuem dinheiro…

Ano de Centenário… Imagina se não fosse…

Os comentários estão desativados.