Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 21-02-2014: Valdivia diz que só não joga mais por opção de Kleina ❘ Folha Online

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Valdivia diz que só não joga mais por opção de Kleina

Por Marina Galeano

Poupado do jogo contra o Ituano, na quarta-feira, Valdivia retorna ao time titular do Palmeiras contra o Botafogo, domingo, às 18h30, em Ribeirão Preto. A partida é válida pela décima rodada do Campeonato Paulista.

Apesar de reconhecer que o planejamento elaborado pela comissão técnica está ajudando a evitar lesões, o chileno não cansa de repetir que preferia atuar mais vezes. Para ele, o fato de não ter uma sequência resulta na perda de ritmo de jogo.

“Gostaria de estar sempre em campo. Mas respeito o que o Kleina manda. Ele tem deixado bem claro nas entrevistas que me poupar é uma opção da comissão técnica, e não a minha vontade”, afirmou o jogador em entrevista coletiva nesta sexta-feira, na Academia de Futebol.

Valdivia também fez questão de ressaltar que ser preservado não significa “três dias de férias curtindo praia e piscina”. Quando não é relacionado para algum jogo, ele precisa ir ao centro de treinamento em dois períodos.

De acordo com a assessoria do clube alviverde, a última vez que o meia desfalcou a equipe por causa de lesões foi na 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado. Com dores no joelho esquerdo, ele não enfrentou o Bragantino, dia 19 de outubro.

“Estou me preparando, me cuidando para ter uma carreira mais longa. Acredito que toda essa melhora é por mim. Como resultado, reflete no Palmeiras e na seleção chilena”.

Nesta sexta-feira, Valdivia foi convocado pelo técnico do Chile, Jorge Sampaoli, para o amistoso contra a Alemanha dia 5 de março, em Stuttgart.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Valdivia volta no domingo e avisa: não ficou “puxando ferro de boa”

Por William Correia

Valdivia deu entrevista coletiva antes do treino desta sexta-feira confirmando o que Gilson Kleina se mostrou temeroso para afirmar há dois dias. O chileno garantiu que estará em campo no domingo, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto, e avisou que não ficou descansando a semana só porque foi poupado diante do Ituano, na quarta-feira.

“Poupar não significa folga para ir à praia, curtir uma piscina, ficar em casa de boa assistindo a um filme. Tem que vir aqui todos os dias. Quando sou poupado, fico treinando”, disse o meia, reiterando que ficar forte não é o objetivo.

“Não fico na academia para ficar bombado, puxando ferro e tomando anabolizante. Trabalhamos potência, força. É que tem jogador que gosta de ficar mostrando o que trabalho, mas eu não, não é o meu perfil”, comentou.

Faz parte do perfil do jogador mais caro do elenco, contudo, antecipar sua escalação para a partida. “Volto no domingo, normal. Faz parte da preparação que a comissão técnica tem feito. Estou bem, sem problema nenhum, e espero que seja uma volta com vitória”, afirmou, reiterando a responsabilidade de Gilson Kleina nas suas escalações.

“É a comissão técnica que poupa. O Gilson não vem falar que o jogador que pede para não jogar. É bom deixar isso bem claro como ele tem deixado em todas as entrevistas”, contentou-se o atleta, presente em cinco das nove partidas da temporada.

“Estou aqui para jogar. Quero disputar todas. Mas respeito sempre e sempre vou respeitar o que o Kleina mandar. Se ele decidir que tem jogos em que preciso ser poupado, sem problema”, declarou.

“É difícil ficar fora porque você perde um pouco de ritmo de jogo, treinar não é a mesma coisa que jogar. Cinco jogos te dão uma força a mais, um gás a mais. Quando você faz dois, três jogos e fica fora, sente no próximo. Mas treinamos para melhorar e, até então, está dando resultado. Espero, um dia, não ter mais que ser poupado”, imaginou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Sem Juninho e Wesley, Palmeiras pode ter seis desfalques em Ribeirão

Único invicto e detentor da melhor campanha do Campeonato Paulista, o Palmeiras deve seguir com desfalques para o jogo do próximo domingo com o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto (SP).

Wellington (lesão no posterior da coxa esquerda), Diogo (adutor da coxa direita), Victorino (panturrilha direita) estão no departamento médico. Wesley e Juninho se queixam de dores musculares, foram poupados do treino desta sexta-feira e dificilmente vão para a partida. Além deles, Alan Kardec cumpre suspensão por ter sido expulso na vitória por 1 a 0 sobre o Ituano.

Por outro lado, Valdivia retorna à equipe após ser poupado no meio de semana, e Leandro volta depois de cumprir gancho por excesso de cartões amarelos. Gilson Kleina não concedeu entrevista coletiva pré-jogo nem esboçou uma possível formação dos 11 titulares, mas William Matheus deve herdar a vaga na lateral esquerda.

Segue uma possível escalação para domingo: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e William Matheus; França, Josimar (Tiago Alves), Valdivia, Mazinho, Marquinhos Gabriel e Leandro.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Palmeiras traça nova estratégia para comprar ‘o melhor’ Alan Kardec

Por Caio Carrieri e Thiago Ferri

Bastante otimista, o Palmeiras já traça outro plano para segurar Alan Kardec, goleador alviverde que pertence ao Benfica (POR) e está emprestado ao Verdão até o fim de junho. Após cogitar envolver Luis Felipe na transação, o plano atual da diretoria é utilizar o dinheiro que recebeu da venda de Henrique para o Napoli (ITA) – cerca de 3,2 milhões de euros  – e outras receitas para alcançar os 4 milhões de euros (R$ 13 milhões) pedidos pelos Encarnados na preferência de compra depois do acordo vigente.

O clube procura investidores para completar o valor total. No caso mais recente, na aquisição de 64% dos direitos de Leandro com o Grêmio, o aporte de R$ 8 milhões aconteceu do presidente Paulo Nobre, que já repassou empréstimo de mais de R$ 75 milhões para os cofres verdes.

Artilheiro do time no Paulista com cinco gols marcados, Kardec tem no clube sua melhor média na carreira – bem acima em comparação às de Vasco, Santos e Benfica, clubes pelos quais marcou.

No Verdão, ele já fez 19 gols em 38 jogos (um a cada duas partidas) e é cada vez mais decisivo, como na última quarta, quando fez o gol da vitória sobre o Ituano, no Pacaembu. No Rio, com o segundo melhor desempenho, Kardec ia à rede uma vez a cada quatro jogos, em média.
Em meio à crescente expectativa por uma chance na Seleção Brasileira, o jogador tem recebido apenas elogios no clube, mesmo depois de sua expulsão no fim do último jogo.

– Ele tem recurso fora da área, faz três funções no ataque e é versátil. Se vier a convocação, ficarei muito feliz – disse o técnico Gilson Kleina.
Com contrato até 30 de junho, sua permanência é vista como “obrigatória” por membros da diretoria. Entre os fatores que fizeram Alan Kardec receber aplausos no clube, está o fato de suas atuações terem feito Hernán Barcos ser esquecido.

Artilheiro do clube em 2012, o argentino deixou o Palmeiras no início de 2013 para jogar no Grêmio. A troca, que mandou Leandro (único que permanece), Rondinelly, Léo Gago e Vilson ao Verdão, e ajudou a aliviar dívidas no clube, foi muito criticada pela torcida, a qual agora faz sátira do Pirata, que não se destacou no Sul, e vibra com os gols de Kardec.

No domingo, o palmeirense não verá Kardec no time: suspenso, ele não pega o Botafogo-SP e ainda não tem substituto definido. Será o primeiro teste do único invicto sem ele.

Kardec no Palmeiras, melhor aproveitamento da carreira:

VASCO: 24 gols em 93 partidas. Média: 0,25 gol/jogo

INTERNACIONAL: Dois jogos, nenhum gol

SANTOS: 13 gols em 64 jogos. Média: 0,20 gol/jogo

BENFICA: Oito gols em 43 jogos. Média: 0,18 gol/jogo

PALMEIRAS: 19 gols em 38 jogos. Média: 0,5 gol/jogo

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

BLOG DO LUIZ ANTÔNIO PRÓSPERI ❘ ESTADÃO ONLINE

• Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos não encantam

Corinthians e São Paulo não entusiasmam. Palmeiras e Santos apenas dão para o gasto. Há uma distância enorme entre a grandeza desses quatro clubes e o futebol que têm praticado neste início de temporada. Números das campanhas de cada um no Campeonato Paulista não interessam aqui. Importante é analisar a falta de sintonia no campo de jogo e as propostas dos treinadores.

Antes de tudo, cabe ressaltar que, fora o aprendiz Gilson Kleina, os grandes de São Paulo estão sob a batuta de técnicos top, de primeiro time: Mano Menezes, Muricy Ramalho e Oswaldo de Oliveira têm currículo para contrapor aos céticos e dar algo mais às suas equipes.

Veja o caso do Corinthians. Contratado desde novembro do ano passado e anunciado apenas em janeiro deste ano, Mano Menezes teve tempo de sobra para analisar o grupo de jogadores à sua disposição e montar sua estratégia de jogo. Passou um tempo danado sem dar uma resposta e só reformulou o grupo pressionado pela destemida invasão dos vândalos ao CT. Aliás, diga-se de passagem, com suspeita da polícia de que a entrada dos “universitários da fiel” foi facilitada por gente do clube.

Mano não aproveitou o tempo entre sua contratação e o início da temporada para repensar o Corinthians. Por isso não chega a ser uma surpresa o futebol medíocre que o time tem apresentado até aqui.

O caso de Muricy Ramalho também não é muito diferente ao de Mano. Reinstalado no Tricolor desde meados da temporada passada, o sábio do Morumbi não conseguiu reinventar o time. Seus alicerces continuam os mesmos da temporada 2013, com o tripé Ceni, Ganso e Luis Fabiano. Dois desgastados beirando a aposentadoria e sem solução para os problemas da equipe; e um gênio que se escondeu na lâmpada e de lá, parece, não quer sair.

Oswaldo de Oliveira é outro catedrático sem conteúdo para recolocar o Santos nos trilhos. Entre a dúvida de apostar nos meninos ou se escorar nos mais escolados, o treinador deu alguns lampejos de que o time da Vila seria a sensação do Paulistão. Nada feito. Nem o Santos é uma mina de pepitas, nem Oswaldo é de outro planeta. O Santos continua refém de Cícero e Arouca e às boas defesas de Aranha. O frescor da juventude não tem o poder de fazer o time voar como nos tempos de Neymar, que saiu da casa há menos de um ano.

E chegamos a Gilson Kleina, a novidade da temporada. O Palmeiras deu a ele toda a paciência do mundo e recheou o grupo com jogadores de bom nível técnico. Se fosse um desses destemidos do futebol, Kleina poderia ter a ousadia dos sonhadores e fincar seu nome no Palestra Itália. Mas, que nada! Obediente aos dogmas do futebol do interior onde foi forjado, Kleina trata o seu time como alunos aplicados que não podem fazer uma algazarra. Todos têm funções burocráticas.

Com tamanha aplicação de seus jogadores, Kleina tem levado o Palmeiras ao topo do Paulistão e se vangloriado de mexer certo no time quando a situação é adversa dentro de campo. É aquela história, escala errado e depois corrige para sair do jogo como um estrategista. A ingenuidade de Kleina pode custar caro ao Palmeiras.

Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos seguem o curso do rio capitaneados por seus acomodados treinadores. Nenhum deles pensa em desafiar a correnteza. Por isso jogam um futebol chato e, muitas vezes, de puro tédio. Os que gostam de futebol estão desapontados.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO LUIZ ANTÔNIO PRÓSPERI ❘ ESTADÃO ONLINE

••

BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Chuta-chuta só precisa entrar em forma

Por João Pontes 

Embora ainda esteja um pouco fora de forma, o meia-atacante Bruno César precisou de apenas 20 minutos para conquistar a confiança de Gilson Kleina. Animado com o desempenho do camisa 30 na vitória sobre o Ituano (1 a 0), nesta quarta-feira, o treinador avisou que o Chuta-Chuta, em breve, terá espaço garantido no time titular.

“Exigimos um pouco do Bruno na preparação para ele ter mais intensidade. A estreia foi muito boa. Depois do jogo contra o Botafogo (no próximo domingo), acho que ele estará preparado para começar jogando”, avisou o comandante.

Em sintonia com o chefe, o armador fez coro às declarações de Kleina. “Estou melhorando fisicamente. No próximo domingo, vai dar para jogar 45 minutos. Acredito que, daqui uma ou duas partidas, estarei pronto para começar jogando”, comentou o meia palmeirense.

Na estreia contra o time de Itu, o meia-atacante cavou a expulsão do zagueiro Denner e quase marcou seu gol em cobrança de falta. Ao fim do jogo, foi aplaudido pela torcida presente ao Pacaembu.

“Agradeço aos torcedores pela recepção. Não é qualquer atleta que joga no rival e é tão bem recebido aqui. Estou feliz. O  apoio, realmente, ajuda. Também fico feliz por ter sido bem recebido pelos jogadores e pela comissão técnica do Palmeiras”, destacou.

• Impressionado

De acordo com Gilson Kleina, o camisa 30 é um jogador diferenciado.

“O Bruno César tem uma leitura de jogo impressionante, isso ficou claro nos treinamentos. Não vou deixá-lo rápido como um velocista, mas posso deixá-lo mais rápido dentro da característica dele”, disse.

Apesar da boa impressão causada na sua primeira vez com o Verdão, o Chuta-Chuta avisou: ainda pode render muito mais. “Não atuava no futebol brasileiro havia três temporadas. Tenho de me adaptar novamente. Espero que seja o mais rápido possível. Quero ajudar o Palmeiras”, disse.

• Verdão apresenta Bruninho, ex-volante da Portuguesa

Destaque da Portuguesa na reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado, o volante Bruninho, de  21 anos, foi apresentado nesta quinta como jogador do Verdão, na Academia de Futebol.

“É uma alegria muito grande, a minha família inteira é palmeirense. A minha mãe sempre sonhava com isso. Fico até emocionado de falar. É um sonho que está sendo realizado”, comentou.

Além de realizar o sonho da família, Bruninho destacou que o imbróglio envolvendo o rebaixamento da Portuguesa no Brasileirão fez diferença na decisão de assinar contrato de quatro temporadas com o Palmeiras.

“Não sabia em qual divisão a Portuguesa ficaria. Isso pesou. Essa situação atrapalha, porque você faz um planejamento e acaba mudando o desenvolvimento da carreira do jogador”, disse o reforço alviverde.

Durante a apresentação, Bruninho também destacou o sonho de conquistar o primeiro título como profissional. Na opinião do jogador, o Palmeiras tem tudo para vencer o Paulistão.

“O Palmeiras está se portando muito bem no estadual. O ambiente aqui é muito tranquilo. Por causa do empenho dos jogadores, o Palmeiras é favorito ao título”, opinou.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Pior público…

O Palmeiras  contou com apenas 6.420 pagantes na vitória sobre o Ituano, por 1 a 0, na quarta-feira. Foi, de longe, o menor público nos cinco jogos como mandante em 2014.

• …e segundo lugar

Para piorar, a pequena presença na quarta derrubou a média de público do Verdão no Paulistão para 12.923 pagantes. O Corinthians, que jogou fora, manteve a média de 13.942 e virou líder do ranking.

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Damato

• Mordida

Conselheiros e sócios do Palmeiras elevaram o tom de reclamação com o último atraso nas mensalidades. Desde a posse de Paulo Nobre, o valor passou de R$ 125 a R$ 195 (mais de 50%), fora taxas para fazer vários esportes e academia. Nobre diz agora que a área social vai ser auto-sustentável.

• De Letra

“(Paulo) Nobre vive em outro mundo. Até agora, seu maior feito é a ausência de patrocinador na camisa do Palmeiras” – Wlademir Pescarmona, conselheiro de oposição e pré-candidato a presidente do Palmeiras.

••

33 respostas em “Verdão na Mídia 21-02-2014: Valdivia diz que só não joga mais por opção de Kleina ❘ Folha Online”

Quando o Palmeiras é destaque de um campeonato, esse não encanta, não vale nada. Quando o Palmeiras ganha um campeonato, esse é de baixo nível.
Nada mais a acrescentar!!!
==============
Pequena presença de público no Pacaembu, em uma cidade com doze milhões de habitantes, lastimável. Porém, se o Palmeiras resolver mandar um jogo fora da capital para promover sua marcar, a torcida que não vai ao estádio cairá de pau. Se cada palmeirense que mora na capital fosse a pelo menos UM JOGO POR ANO, o Maracanã não seria suficiente para abrigar esses torcedores.
Sócio Avanti, cartão de crédito com desconto, desculpa por preço não cabe mais e não cabe mais desculpa por horário para uma cidade que é a maior do hemisfério sul. Preço e horário poderiam ser desculpa para Lins e Penápolis, nunca para São Paulo.
==============
Matéria do UOL, seja ela qual for, para qualquer assunto referente ao Palmeiras sempre vai tentar trazer algo de negativo, criar alguma polêmica. Não é uma questão de falha de jornalismo é questão falha de conduta moral da edição do portal.

Atacantes relacionados para amanhã: Vinicius, Miguel e Rodolfo,eu colocaria vinicius e Rodolfo ,para testar Rodolfo que parece ser artilheiro, e pode concorre com Leandro, que depois que compraram e passou a ganhar bem,sò to a de lado e corre pouco.

Escutei que nossa a. imprensa vai melhorar muito após o meio do ano, até lá vamos ter um pouquinho de paciência!

Prosperi foi cirúrgico no seu comentário. GK precisa se soltar das amarras de treineiro de clube pequeno e encarar o Palmeiras como seu maior desafio. Penso que aquela sapatada de 6×2 ano passado tirou o ímpeto dele.
Que maravilha vir num blog palmeirense e ler matéria de um babaca chamando o Bruno Cesar de chuta-chuta!!! Dar ibope pra esses pseudo-jornalistas que desmerecem nossos jogadores é pra acabar com meu sábado. Ah, teve a cereja do bolo: Pescarmona abrindo a boca…MelDeos, deixa eu tomar um plasil….

É aquela história, escala errado e depois corrige para sair do jogo como um estrategista. A ingenuidade de Kleina pode custar caro ao Palmeiras.

Perfeita análise do Luis Antônio Prosperi, GK escala mal para acertar no segundo tempo e sair como o estrategista, quero só ver quando o BC30 e o Valdivia estiverem disponíveis, se continuara forçando a barra com o messi genteboa, o dia que tomar um sacode no primeiro tempo e não conseguir reverter, eu quero ver. Ele ainda acha que joga a série B pela ponte?!! O GK por outro lado tem os jogadores na mão pelo seu modo honesto e franco, mas não eh o suficiente.

Pescarmona??? Frizzo?? Olha o naipe dos candidatos a presidente do Palmeiras, que coisa deprimente, que lastima, que piada. Eu já falei uma vez e vou falar de novo, se depender desses candidatos que eu citei é melhor o Paulo Nobre conseguir a reeleição, não por mérito a PN que também não é flor que se cheire, mas por falta de opções a CANDIDATOS PREPARADOS QUE TENHAM CONDIÇÕES A GOVERNAR O CLUBE COM MAIS DE 18 MILHÕES DE PALMEIRENSES!!!

Capaz de ganhar ainda, vc acha mesmo que os sócios lá são todos palmeirenses??? Pra ser sincero somos a minoria, tenho amigo sócio que ele e toda Família é gambás

até ai Mauser, não vejo problema (talvez agora que sócio vote e eles façam a pior opção), mas o pior de tudo é ter conselheiro e diretor (o que é proibido pelo estatuto) torcedor d eoutro time que não o Palmeiras.

Estamos no caminho certo atè Pepe Kleina tà fazendo 70% certo,estamos classificados ,então è testar jogador e acertar o time, ele tem certos gosto que torcida discorda,juninho,mazinho e agora josimar, mas todo tecnico tem sua teimosia,Mazinho na minha visão tà jogando melhor Leandro, e tà muito pressionado pela torcida, acho que ele bom reserva de Bruno Cesar,Juninho tà jogando bem e não temos ninguem melhor, Josimar è uma incognita,eu colocaria Serginho ou Mendieta na posição, mas a verdade è que o ataque sò tem Kardec, Leandro e Diogo tão jogando mal, que to com saudade de Vinicius e poderia experimentar Patrick Vieira,domingo vamos ver quem salva sem Kardec.

Zek, Desculpe discordar, mas Juninho PIU PIU é fraquinho no ataque e uma verdadeira RODOVIA MÃE na marcação (aquela com várias faixas, onde todos transitam tranquilos, quando e como querem…!). Não tenho certeza sobre o vínculo dele com o Palmeiras, mas a única justificativa razoável para ele permanecer no time é que este deve ser o último ano de contrato dele e o Palmeiras o mantém na ‘vitrine’ para vender a algum interessado! O futebol dele é compatível com o nome (diminutivo)…Não vejo a hora do PepKleina sacar Juninho e Mazinho…Quando isto ocorrer, finalmente vou acreditar que podemos ganhar alguma coisa no centenário! Willian Matheus e Eguren (pra proteger nossa zaga) já! SDS

A análise de Luis Antônio Prosperi foi perfeita!!!! Digo isso em casa a quase dois anos em que temos que suportar esse asno desse kleina!!! Em todos os jogos em que tivemos dificuldades foi por escalações mal feitas e que tiveram que ser corrigidas durante os jogos já na base da agônia ao desespero…no próprio derby, domingo passado se ele tivesse entrado mais precavido. ..fechadinho…aproveitando do desespero do rival, teríamos chances de conseguir um resultado melhor..que não foi pior que empatar com aquele lixo, ou seja sermos derrotados, pois do outro lado tem outro imbecil chamado Mano Meneses, então foi empate dos asnos!!! como pode um time como o Palmeiras lider isolado e invicto ficar tomando gols de contra ataques de timecos ridículos???? temos que ter o time montado conforme joga o adversário, e não um jeito só de jogar que ai fica manjado. ..como a avenida juninho no domingo…só o kleiasno não sabe que o Juninho não marca ninguém? ?? faça uma boa corbetura então…muda o esquema..3.5.2 ou coloca um volante na cobertura. .o.wesley advertiu no primeiro tempo mas nada de mudança. .somente depois de levar o gol ele mudou…haja coração com este cidadão no banco de reservas…

Perfeito o Luiz Antonio Prosperi.
Quanto ao Pescarmona, que vergonha dos candidatos a Presidente do Palmeiras. Que coisa deprimente!

Qualquer clube mequetrefe cobra mensalidade de 400 paus.
E o clube oferece, mesmo que ainda em obras, opções ao associado.
Agora, quem não está feliz ou acha que não vale, bye-bye.

qual clube mequetrefe Carlos cobra 400 reais? me passa o nome e endereço.

Luiz Antonio Prosperi fez uma análise perfeita sobre o nosso treinador. E aumentar a mensalidade foi muita sacanagem, o clube não oferece nada hoje em dia para pagarmos um preço desse.

Mais sacanagem ainda é o Departamento do futebol sangrar mais de R$1 milhão por mês para sustentar o clube social. FINALMENTE um presidente TENTA deixar a área social autossustentável, não conheço o clube e então não posso palpitar sobre o aumento (se é injusto ou não) mas espero que ao menos pare de dar prejuízos milionários e que os sócios possam usufruir de um clube condizente com a mensalidade que pagam.

Marco o clube hoje me dia não oferece muita coisa não para seus associados, de graça apenas o parquinho. O resto das atividades, TODAS são pagas. Então além da mensalidade se paga para fazer qualquer tipo de esporte. Fora o tênis que parece ser um espaço a parte dentro do clube. Deveriamos nos preocupar em não jogar dinheiro fora com contratações de quinta categoria, pagamento para empresários, et etc, senão houvesse disperdicio não estariamos nesta situação, e ninguém ia reclamar sobre o clube.

Que mundo vc vive cara pálida? Palhaçada é o futebol ficar sustentando esses associados para ficarem tomando banho de piscina !
Por mim pode aumentar o preço, mais ainda , por mim pode dar fim a esse clube social que não nos leva , nem nunca nos levou a nada

Foi ótimo você responder desta maneira, isso só comprova que por termos pessoas com o seu pensameno é que não vamos longe hoje em dia. Tentarei ser sucinto para não confundir muito a sua cabecinha. 1 – Pela resposta não é sócio do clube, 2 – Senão é sócio do clube, não sabe se a mensalidade é cara ou não, pois não sabe o que o clube esta oferecendo neste momento, 3 – Obviamente é daqueles obtusos que queriam o fim dos esportes olimpicos/amadores, em prol do futebol. Estou dando muito chance para uma réplica????. Em vez falar bobagem, como “pode aumentar o preço quanto quiser”, você deveria se preocupar em expurgar quem contrata mal jogador, quem disperdiça dinheiro do futebol, quem paga empresário para intermediar negociações, enfim quem joga fora o dinherio que vem do fuebol. E o que o gostosão ai, faz sobre isso? niente né amigo, então vai mais devagar que não sabe o que esta acontecendo correto.

Qualquer clube social que não se mexe , e não se sustenta, acaba falindo. Não é certo o futebol da SEP ter que bancar sócios da sauna que nem palmeirenses são. E receberão um clube totalmente remodelado.
Tá caro? Procure outro clube pra se divertir.

o foco de vocês esta errado, primeiro que ninguém me mostra quanto o fuebol “deu” pro social do clube, e Verdi, como já escrevi, temos que nos preocupar com negociatas, pessimas contratações, dinheiro jogado no ralo pelo futebol… sobre outro clube para se divertir, deou meu exemplo: eu pago 250,00 para o meu filho jogar bola no palmeiras e continuar sendo palmeirense, (apesar dele siputar campeonatos não federados pelo clube). Eu poderia simplesmente coloca-lo em uma escolinha de futebol pela metade do preço.

Victor, o pessoal esquece que a área do Estádio e sua construção foi comprada e bancada pelo Clube, em 1920. Claro que todas as reformas e melhorias foram feitas em conjunto. Mas, até o advento Arena, todas as despesas de manutenção e melhorias eram lançadas como despesas do Clube Social.
Para aqueles que querem a completa separação do Clube Social do Futebol, isso já foi tema de discussões em várias épocas. A pergunta principal é como repassar o Estádio e suas despesas para o Futebol?? Deveria o Futebol pagar (comprar) o Estádio do Clube, ou apenas pagar um aluguel?? Qual seria esse valor???
Percebam que este é um assunto complexo, que não se resolve apenas com o argumento de que teremos Sócio-Torcedores em quantidade suficiente para “lotar” a Arena. Hoje, o ST do Palmeiras dá prejuízo e oscilará sempre, pois é baseado em descontos de ingresssos, sem preocupação de fidelizar o Torcedor..
Abraço

Boa Sergio, o pessoal imagina que é fácil e que toda a “culpa” do futebol mal jogado é do “social” que hoje não oferece muita coisa.

Os comentários estão desativados.