Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 23-02-2014: Palmeiras esquece folga na tabela e faz teste difícil contra o Botafogo-SP ❘ GLOBO ESPORTE COM

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Palmeiras esquece folga na tabela e faz teste difícil contra o Botafogo-SP

O capitão Fernando Prass alertou após a vitória sobre o Ituano, por 1 a 0, na última quarta-feira, no Pacaembu: nada de acomodação no Palmeiras na reta final da primeira fase do Campeonato Paulista. Líder do Grupo D, o Verdão defende a melhor campanha da competição e sua invencibilidade na temporada diante do Botafogo-SP, neste domingo, às 18h30 (horário de Brasília), no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. A meta é atender aos conselhos do goleiro e seguir invicto.

Apesar da situação tranquila em sua chave (oito pontos de vantagem para o vice-líder, Rio Claro, e dez a mais que o Bragantino, na terceira posição), o Palmeiras tem o foco nas seis partidas restantes e quer avançar ao mata-mata em alta. 

Dono da quarta melhor campanha do Paulistão, o Botafogo tenta recuperar embalo no torneio após tropeçar diante do Rio Claro na última temporada. Com 16 pontos, o Pantera entra em campo para manter aproveitamento perfeito em casa – foram quatro vitórias em quatro jogos – e permanecer na liderança da chave.

A partida será comandada pelo árbitro Robério Pereira Pires, auxiliado por Leonardo Schiavo Pedalini e Giulliano Neri Colisse. O SporTV (menos para a região de Ribeirão Preto) e o canal Premiere transmitem o jogo ao vivo, com Milton Leite e Maurício Noriega. O GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real, com vídeos, a partir das 18h.

AS ESCALAÇÕES

Botafogo: o técnico Wagner Lopes deve manter a base da equipe que enfrentou o Rio Claro na última terça-feira. A única mudança está no sistema defensivo, com a entrada do zagueiro Henrique Mattos na vaga de César Gaúcho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O time deve ser escalado com: Gilvan; Daniel Borges, Henrique Mattos, Lima e Giovanni; Gilmak, Hudson, Camilo e Wellington; Marcelo Macedo e Mike.

Palmeiras:  Sem poder contar com o suspenso Alan Kardec e os lesionados Diogo e Leandro, Gilson Kleina deve optar por Vinicius no ataque da equipe. Marquinhos Gabriel é o principal candidato para a outra vaga. Na lateral esquerda, William Matheus será titular. O Verdão deve ir a campo com Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Tiago Alves e William Matheus; França, Marcelo Oliveira, Mazinho e Valdivia; Leandro e Vinicius (Marquinhos Gabriel).

QUEM ESTÁ FORA

Botafogo: César Gaúcho (suspenso).

Palmeiras: Juninho, Wesley, Josimar (poupados por conta de dores musculares), Victorino, Wellington, Diogo (lesionados) Leandro e Alan Kardec (suspenso).

ÚLTIMO CONFRONTO

Leandro foi o destaque do último encontro entre Palmeiras e Botafogo. No dia 20 de março do ano passado, o atacante marcou os dois gols da vitória alviverde por 2 a 0 sobre o time de Ribeirão Preto, em partida disputada no Pacaembu e válida pela 13ª rodada do Campeonato Paulista.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Sem Kardec, Verdão crê em Valdivia para se sentir nas quartas em Ribeirão

Por William Correia

O Palmeiras começou a décima rodada do Campeonato Paulista com dez pontos de vantagem para o terceiro colocado de sua chave e buscará, em jogo às 18h30 (de Brasília) deste domingo, a vitória que Gilson Kleina acredita faltar para garantir vaga nas quartas de final. Diante do Botafogo, em Ribeirão Preto, o time não terá o seu principal jogador, mas contará com a peça mais cara do elenco.

Artilheiro do clube no ano do centenário, Alan Kardec foi expulso após marcar o seu quinto gol na temporada, na quarta-feira, garantindo a vitória sobre o Ituano. Mas, se o atacante, está suspenso, Valdivia descansou durante a semana para desafiar uma das surpresas do torneio.

O chileno volta disposto a fazer o time da melhor campanha da competição manter a performance. “O Palmeiras está jogando bem. E jogar bem não significa que tem que repetir o que o Barcelona faz, mas se defender bem, contra-atacar, saber a hora certa de atacar. O Palmeiras tem feito isso e, por isso, nossa campanha é muito boa”, disse o camisa 10 do único invicto do torneio.

O meia é reforço em um time desfalcado. Além da ausência de três atacantes (Alan Kardec está suspenso, Leandro sofreu corte e levou sete pontos na perna, e Diogo tem lesão na coxa direita), o volante Wesley e o lateral esquerdo Juninho foram poupados por conta de desgaste muscular, e as opções na zaga continuam restritas – Wellington ainda não se recuperou de contusão na coxa esquerda e continua se tratando ao lado de Victorino e Thiago Martins no departamento médico.

Na lateral esquerda, a novidade é William Matheus, com Marcelo Oliveira mantido no miolo da defesa ao lado de Lúcio e França e Josimar marcando no meio-campo. Com poucas alternativas na frente, Gilson Kleina deve escalar Valdivia com Marquinhos Gabriel e Mazinho na armação para Vinícius ou Serginho.

Se vencer em Ribeirão Preto, o Verdão, ao menos, manterá a confortável distância de dez pontos para o primeiro clube fora da zona de classificação no grupo D. Número que pode até não garantir matematicamente a vaga na próxima fase, mas assegura tranquilidade nas cinco rodadas que restam.

Do outro lado, o Botafogo precisa fazer valer o mando de campo para continuar na liderança do grupo B, que tem o Corinthians. O time vem de derrota, mas o único desfalque é o zagueiro e capitão César Gaúcho, que recebeu o terceiro cartão amarelo e deve ser substituído por Henrique Mattos.

Uma provável novidade, mesmo que no banco de reservas, é o veterano atacante Leandro, ex-São Paulo e Corinthians. Mas a grande aposta é na torcida, que promete aparecer em bom número no estádio Santa Cruz. “O Palmeiras é o time a ser batido, quem vem apresentando o melhor futebol entre os grandes da capital e vai ser um teste muito bom para nós, que estamos 100% atuando em casa”, disse o meia Camilo.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-SP X PALMEIRAS

Local: estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)

Data: 23 de fevereiro de 2014, domingo

Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Robério Pereira Pires (SP)

Assistentes: Leonardo Schiavo Pedalini e Giulliano Neri Colisse (ambos de SP)

Assistentes adicionais: Alessandro Darcie e Cássio Luiz Zancopé (ambos de SP)

BOTAFOGO-SP: Gilvan; Daniel, Henrique Mattos, Lima e Giovanni; Gilmak, Hudson, Camilo e Wellington Bruno; Mike e Marcelo Maced – Técnico: Wagner Lopes

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; França, Wesley, Marquinhos Gabriel, Valdivia e Mazinho; Vinícius (Serginho) – Técnico: Gilson Kleina

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Em duelo de líderes, Palmeiras defende invencibilidade

Por Daniel Batista

Com um time cansado e cheio de problemas musculares, o técnico Gilson Kleina resolveu recorrer a um velho conhecido para manter a invencibilidade no Campeonato Paulista e conquistar mais um resultado positivo diante do Botafogo, às 18h30, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 10.ª rodada. Valdivia está confirmado para o jogo e não faltam motivos para o chileno comandar a equipe.

O meia foi poupado contra o Ituano para estar 100% neste domingo. Como Bruno César vai começar mais uma vez no banco de reservas, caberá ao chileno a função de organizar o time. E o técnico do Chile, Jorge Sampaoli, estará de olho no polêmico meia, que foi convocado para o amistoso contra a Alemanha, no dia 5 de março.

Defender a seleção chilena na Copa do Mundo é a grande obsessão de Valdivia no primeiro semestre. Por isso, sempre que chegam boas notícias para ele vindas do Chile, a motivação aumenta. Além disso, um fato curioso é que Valdivia não perde um jogo pelo Palmeiras há quase um ano. A última vez em que deixou o campo derrotado foi no dia 6 de março do ano passado, quando o Tigre fez 1 a 0, pela Copa Libertadores.

De lá para cá, foram 25 jogos em campo, sendo 16 vitórias e nove empates. A última exibição foi no clássico contra o Corinthians, quando não foi bem. “Não jogo sozinho. Então se tem essa marca é mérito dos jogadores que evitaram a derrota. Mas não me preocupo com isso”, garantiu o jogador.

Gilson Kleina não pode contar com cinco jogadores sendo Alan Kardec o único suspenso. Juninho e Wesley foram poupados com dores musculares e Wellington e Diogo sentem dores na coxa. Sem contar Victorino e Thiago Martins, que estão machucados, mas nem atuaram pela equipe ainda.

O treinador não quis dar pistas de quem joga, mas a dúvida maior é em relação ao ataque. Na lateral esquerda, William Matheus tem mais uma oportunidade de agradar e conquistar a vaga que atualmente pertence a Juninho. Na zaga, Marcelo Oliveira deve continuar ao lado de Lúcio e França e Josimar permanecem no time.

No ataque, Leandro retorna de suspensão e pode ter a companhia de Vinícius. Assim, a formação tática sofreria pouca alteração, já que Leandro faria a função de Kardec e Vinícius seria o “clone de Diogo”.

Mas o treinador já deu indícios de que pensa em fazer testes com Marquinhos Gabriel. Assim, mudaria a formação para o 4-5-1, com Valdivia chegando mais ao ataque e Marquinhos Gabriel e Mazinho ficariam na armação. Certo mesmo é que Bruno César entra no segundo tempo.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Valdivia coloca em campo 11 meses de invencibilidade

Por Marina Galeano

Invicto no Campeonato Paulista, o Palmeiras conta com ajuda extra para tentar manter a boa campanha.

Valdivia, poupado contra o Ituano, volta à equipe titular hoje, às 18h30, diante do Botafogo, em Ribeirão Preto.

A última derrota da equipe alviverde com o chileno em campo aconteceu em 6 de março do ano passado, quando os palmeirenses perderam por 1 a 0 para o Tigre (ARG), pela Libertadores.
Desde então, são 25 partidas de invencibilidade do time com Valdivia.

O jogador, porém, adotou um discurso modesto e definiu a estatística positiva como uma “feliz coincidência”.

“É mérito de todo mundo. Se há esta marca, não é por causa de um só, é pela equipe toda. Eu tive sorte. Bem na hora em que eu joguei, o time não perdeu”, brincou o meia.

Assim como no ano passado, Valdivia segue um planejamento especial elaborado pela comissão técnica, com o objetivo de evitar novas lesões. Por isso, é preservado em algumas partidas.
Ainda que a contragosto, o chileno respeita a decisão de Gilson Kleina e reconhece que a estratégia tem ajudado a mantê-lo longe do departamento médico do clube.

“Gostaria de estar sempre em campo. Quem sabe daqui a pouco eu não precise mais ser poupado”, completou.

• Desfalques

Líder do Grupo D, com 23 pontos, o Palmeiras terá oito desfalques para a partida contra o Botafogo.

Anteontem, Juninho e Wesley sentiram dores musculares e não treinaram com o restante do elenco.

Os dois atletas se juntam à lista formada por Alan Kardec, expulso na quarta-feira passada, Wellington, Josimar, Diogo e Victorino –todos recuperando-se de lesão.

De última hora, Kleina também perdeu Leandro, que voltaria de suspensão. O atacante cortou a perna no treino de ontem e não viajou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Dívida coloca Wesley em lista de negociáveis do elenco do Palmeiras

Por Pedro Lopes

A dívida do Palmeiras com o presidente do Criciúma, Antenor Angeloni – o dirigente foi avalista na contratação de Wesley, ainda na gestão de Arnaldo Tirone – não provoca no alviverde medo de perder o jogador. A pendência, entretanto, pode acelerar a saída do volante do elenco palmeirense.

Angeloni move ação judicial contra o clube paulista, cobrando R$ 15,3 milhões, e chegou a conseguir no processo o bloqueio de mais de R$ 21 milhões das receitas de transmissão pagas pela Globo ao Palmeiras. O departamento jurídico alviverde conseguiu reduzir o bloqueio para cerca de R$ 6 milhões.

O UOL Esporte apurou que a cúpula palmeirense descarta perder o jogador em virtude da dívida, por duas razões: a ação ainda deve levar tempo até chegar uma decisão final e os diretores enxergam brechas nas provas documentais apresentadas por Angeloni. Apesar disso, em caso de uma boa proposta, a saída de Wesley será facilitada.

A diretores e membros do Conselho de Orientação e Fiscalização do Palmeiras, o presidente Paulo Nobre foi claro ao colocar o volante em uma lista de jogadores imediatamente negociáveis em caso de propostas razoáveis. No caso específico do meio campista, o valor poderia inclusive ser inferior aos R$ 15,3 milhões da dívida. Os nomes citados pelo mandatário aos cartolas incluíam Henrique, já negociado com o Napoli (ITA), e Valdivia.

Além da ação judicial, existem outros fatores que indicam a possível saída do camisa 11. Seu contrato vence em abril de 2015 – a partir de outubro deste ano, estaria livre para assinar um pré-contrato com outro clube. O Palmeiras tenta ainda a contratação em definitivo de Alan Kardec, que custaria cerca de 4 milhões de euros, e precisa levantar o dinheiro para a transação.

Desde que a dívida se tornou pública – a ação de Angeloni começou em novembro do ano passado – o Palmeiras se resguardou, contratando três volantes: França, Josimar, e Bruninho. O primeiro joga mais recuado, enquanto os dois últimos atuam mais adiantados, na posição de Wesley. Os reforços se juntaram aos cinco atletas já presentes no elenco, que agora conta com oito peças para o setor.

Com um desconforto muscular, Wesley foi poupado na última partida do Palmeiras, na quarta-feira, vitória sobre o Ituano. As dores continuaram, e o volante não participou com o restante do elenco do treinamento desta sexta-feira, e dificilmente irá para o jogo contra o Botafogo-SP no domingo, fora de casa.

Em Ribeirão Preto, uma das vagas do meio de campo ficará com França. A escolha do outro volante que comporá o setor ficará entre o recém chegado Josimar e Marcelo Oliveira, caso o último não seja aproveitado na zaga.

Além de Wesley, o atacante Diogo, o lateral Juninho e os zagueiros Wellington e Victorino não devem estar à disposição de Gilson Kleina para essa rodada. Alan Kardec, autor do gol da vitória da última quarta, cumprirá suspensão por ter sido expulso em confusão com o zagueiro Jackson, do Ituano. Já Valdivia está confirmado como titular.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Fernando tenta ser o novo milagreiro do time

Por João Pontes

Contratado para assumir o lugar de Marcos, um dos maiores ídolos da história do Palmeiras, Fernando Prass parece trilhar o mesmo caminho santo de seu antecessor. Nas últimas partidas, ele fechou o gol e garantiu a manutenção da invencibilidade do Palmeiras nesta temporada. Empolgados,  alguns torcedores já comparam o atual goleiro ao eterno camisa 12.

“É até covardia me compararem ao Marcos. Estou há pouco tempo no clube, só ganhei a Série B. O Marcos tem uma história absurda no Palmeiras e na seleção. Mas é sempre bom ouvir isso da torcida, ainda mais com a cobrança que tem no Palmeiras.

Que bom que o parâmetro foi o Marcos, significa que o trabalho está sendo bem feito”, disse Prass, orgulhoso.

Neste domingo, contra o Botafogo, às 18h30, em Ribeirão Preto, a responsabilidade do camisa 25 será ainda maior. Cheio de desfalques, o técnico Gilson Kleina não contará com os atacantes Alan Kardec, Leandro e Diogo, o zagueiro Wellington, o lateral-esquerdo Juninho e os volantes Wesley e Josimar.

• Vaga próxima

Único time invicto no Campeonato Paulista, com sete vitórias e dois empates, o Palmeiras está próximo de garantir a classificação antecipada à próxima fase.

De acordo com as contas do técnico Gilson Kleina, uma vitória hoje praticamente garante o Verdão nas quartas de final.

Em caso de triunfo, a equipe do Palestra Itália chegará a 26 pontos e abrirá, no mínimo, dez de vantagem sobre o terceiro colocado do grupo. Com isso, faltando cinco rodadas para o término da primeira fase, o Palmeiras terá acumulado gordura suficiente para queimar.

Embora a confirmação da classificação seja apenas uma questão de tempo, o Palmeiras descarta diminuir o ritmo na primeira fase do estadual.

“Não podemos tirar o pé do acelerador em momento algum. Mesmo se estivermos classificados. É preciso ter prazer e gosto pela vitória. No futebol, não tem nada melhor do que vencer. Se perder, o ambiente fica pesado. Não queremos que isso aconteça”, destacou “São” Fernando Prass

• Marcos exige conquista de título no ano do centenário

Aposentado dos gramados, o ex-goleiro Marcos deixou aflorar o lado torcedor do Palmeiras e exigiu a conquista de pelo menos um título nesta temporada.

“O Palmeiras está muito bem. Nossa meta é voltar para a Copa Libertadores, mas não adianta só jogar bem no começo da competição. Temos de levantar algum caneco neste ano”, disse.

Apesar do alerta, o eterno camisa 12 destacou que o time de Gilson Kleina está dando provas de que pode coroar o centenário alviverde celebrando algum título.

“Todo torcedor palmeirense está bastante esperançoso porque o time foi bem montado pelo Gilson Kleina e pela diretoria. Temos grandes jogadores e totais condições de conquistar algum título. Estou na torcida”, disse o santo palmeirense.

• Opinião: Marcos, ex-goleiro do Palmeiras

Espero que ele fique no clube até se aposentar

O Fernando Prass está se destacando bastante no Campeonato Paulista. E não apenas nos jogos contra os arquirrivais, como São Paulo e Corinthians, mas em todas as  partidas do Palmeiras. Ele é um grande goleiro e acredito que o clube está bem servido na posição por algumas temporadas. O Fernando é um cara centrado, tranquilo e pega muito. Pela idade que tem (35 anos) e pela forma como foi recebido no Palmeiras, acredito que ele deva permanecer no clube até se aposentar.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

••

Uma resposta em “Verdão na Mídia 23-02-2014: Palmeiras esquece folga na tabela e faz teste difícil contra o Botafogo-SP ❘ GLOBO ESPORTE COM”

Os comentários estão desativados.