Categorias
Verdão na Mídia

Verdão na Mídia 28-02-2014: Palmeiras aposta em esquema para ter Valdivia artilheiro e comemora sucesso ❘ UOL ESPORTE

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Palmeiras aposta em esquema para ter Valdivia artilheiro e comemora sucesso

Foram sete jogos e quatro gols de Valdivia em 2014. O lado artilheiro do meia chileno é uma aposta do treinador Gilson Kleina para que o rendimento do jogador seja ainda maior neste ano. Após um 2013 cheio de ausências e lesões, o camisa 10 tem sido constante na equipe.

“O posicionamento que a gente faz com o Valdivia é mais adiantado, mas não quero que ele fique entre os zagueiros. Ele é nosso articulador, nossa cabeça pensante. A presença do Valdivia na área é porque a gente quer que ele fique mais próximo do gol. A gente começou a trabalhar isso ano passado. Você ter um jogador com esse pensamento, essa chegada, perto do gol, é diferente. A gente sacrifica algumas situações, mas ele está entendendo o que estamos passando e estamos tentando extrair a melhor qualidade dele”, explicou Kleina.

O Palmeiras se adaptou para ter um Valdivia diferente e o resultado tem sido animador, tanto na visão da comissão técnica quanto na do jogador. Até mesmo um preparador pessoal foi contratado pelo atleta para que sua forma física fosse aprimorada.

“A diferença é que estou mais em campo. Sempre falei que quando você joga adquire ritmo. Quando você fica dois, três jogos dentro e um fora, perde um pouco isso. A gente está levando o planejamento a sério. Tem um profissional que eu contratei para cuidar de mim. Isso não significa que eu não vou machucar nunca mais, mas ele ajuda, isso já está comprovado. Estamos trabalhando juntos todo mês e espero que isso me ajude a continuar com esse número de gols e jogos”, falou o atleta.

Embora goste de sua nova função de chegar mais perto das redes adversárias, no entanto, Valdivia tem cautela ao falar sobre artilharia. “Tem que ir com calma. Sou um cara tranquilo, humilde, quem me conhece sabe. No jogo passado, fiz um gol de pênalti e a gente perdeu. Não adianta nada, só acrescenta nos números. O gol acompanhado da vitória é muito melhor. Prefiro não fazer gols e conseguir o objetivo, que é a taça”, comentou.

Valdivia, porém, não estará em campo na próxima partida do Palmeiras, contra a Portuguesa. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória contra o São Bernardo, na noite desta quinta-feira. Mas antes, deixou anotado seu gol, o segundo e último do alviverde no jogo.

Com o resultado desta quinta-feira no Pacaembu, o Palmeiras vai a 26 pontos e segue líder isolado do Grupo D da competição, e enfrenta a Portuguesa na próxima rodada.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Mais perto do gol, Valdivia relata esforço para marcar e armar também

Por William Correia

A preocupação de Gilson Kleina em poupar Valdivia para evitar suas lesões é tanta que o chileno chega a virar centroavante durante os jogos, já que tem reduzida responsabilidade na marcação enquanto colegas do ataque voltam até a linha de fundo defensiva. Nesse posicionamento, o meia marcou quatro gols em sete partidas no ano. Mas avisa que treina para marcar e armar como seus colegas.

“Quando jogo mais adiantado, fica mais fácil fazer o gol porque estou mais próximo. Mas tenho me preparado para jogar  na frente, voltar, marcar, criar as jogadas. Está dando certo e não tem porque mudar”, avisou, garantindo que mantém sua característica criatividade em campo. “A minha visão de jogo sempre foi a mesma. Está boa, não uso óculos”, sorriu.

Gilson Kleina lembra que liberou Valdivia de voltar para marcar desde o segundo semestre do ano passado, quando esperou mais de 100 dias para seu jogador mais caro se recuperar de lesão muscular e começou a implantar planejamento que o tira até de treinos no campo, além de sacá-lo de alguns jogos. Tudo para aproveitar a sua qualidade.

“Posiciono o Valdivia mais adiantado desde o ano passado, mas não quero que ele fique entre os zagueiros. É nosso articulador, nossa cabeça pensante. A presença do Valdivia na área é para ficar mais próximo do gol. Ter um jogador com esse pensamento, essa chegada, perto do gol, é diferente. Sacrificamos algumas situações, mas ele entende o que passamos e estamos tentando extrair sua melhor qualidade”, disse o técnico.

Para o camisa 10, o que realmente mudou é a sua frequência nas partidas. “A diferença é que estou mais em campo. Sempre falei que, quando você joga, adquire ritmo. Quando você fica dois, três jogos dentro e um fora perde um pouco isso. Estamos levando o planejamento a sério”, indicou.

Autor de gol nos dois últimos jogos, o meia, que embarca nesta sexta-feira para defender a seleção chilena em amistoso contra a Alemanha, em Stuttgart, na quarta-feira, só se recusa a estabelecer uma meta de gols. “Tem que ir com calma. Sou um cara tranquilo, humilde.”

O camisa 10 começou o ano prometendo muitos gols, mas tem somente títulos como objetivo. “No outro jogo, fiz um gol de pênalti e perdemos. Não adianta nada, só acrescenta nos números. O gol acompanhado da vitória é muito melhor. Prefiro não fazer gols e conseguir o objetivo, que é a taça”, afirmou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

• Kleina celebra boa fase, mas fala em reforçar Palmeiras para o Brasileiro

Por Diego Iwata Lima

O técnico Gilson Kleina está feliz com o rendimento do Palmeiras no Campeonato Paulista. Mas já começa a pensar em reforçar o time para a disputa do Brasileiro, a partir de abril.

Nesta quinta-feira, a equipe bateu o São Bernardo por 2 a 0.

“O Paulista serve como parâmetro, mas não dá para achar que não precisamos qualificar nosso trabalho para a Série A”, disse o técnico no Pacaembu, em entrevista coletiva após o jogo.

“Na Série A, o erro tem que ser muito menor, porque não existe refresco. Você sai de um jogo com o Cruzeiro em BH e logo tem um clássico, um Flamengo no Maracanã. Não é fácil”, disse o técnico. “Precisamos nos reforçar e temos falado isso nas reuniões internas”, afirmou.

Uma das contratações que o técnico espera que o clube faça não vai aumentar o plantel. Trata-se da aquisição definitiva de Alan Kardec, que está emprestado ao Palmeiras pelo Benfica até julho.

“A gente sabe que se trata de uma negociação difícil, mas creio que vai acontecer. Nem pensei em outro nome, caso a negociação com ele não dê certo”, afirmou o treinador.

O Palmeiras já fez onze novas contratações em 2014, além de adquirir em definitivo o atacante Leandro, que esteve emprestado ao clube alviverde pelo Grêmio.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ FOLHA ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Wesley diz que sua permanência no Palmeiras não está definida

O volante Wesley admitiu nesta sexta-feira que sua permanência no Palmeiras não está definida. Na última terça, o jogador afirmou que as conversas para sua renovação já haviam começado. Seu contrato é válido até fevereiro de 2015, mas a dívida do Palmeiras com o presidente do Criciúma, Antenor Angeloni – o dirigente foi avalista na contratação de Wesley, ainda na gestão de Arnaldo Tirone – é algo que incomoda a diretoria alviverde e coloca a permanência do jogar em xeque.

“Acontecem coisas na vida que a gente tem que ser forte para superar. Eu deixo isso para a diretoria resolver. Eu quero ficar no Palmeiras, mas nem tudo é como a gente quer”, afirmou o camisa 11 ao programa Jogo Aberto, da TV Bandeirantes.

O atleta, porém, reiterou o desejo de continuar no clube do Palestra Itália. “O que eu tenho para adiantar é que eu estou bem adaptado e dinheiro nenhum paga isso”, explicou o meio-campista.

Angeloni move ação judicial contra o clube paulista, cobrando R$ 15,3 milhões, e chegou a conseguir no processo o bloqueio de mais de R$ 21 milhões das receitas de transmissão pagas pela Globo ao Palmeiras. O departamento jurídico alviverde conseguiu reduzir o bloqueio para cerca de R$ 6 milhões.

Após ser poupado de duas partidas no Campeonato Paulista, Wesley voltou a campo na noite da última quinta-feira, na vitória do Palmeiras por 2 a 0 em cima do São Bernardo. O time alviverde lidera o Grupo D da competição, com 26 pontos conquistados.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

BLOG DO ANTERO GRECO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Valdivia aprende a ser cínico

Em agosto do ano passado, Valdivia forçou terceiro cartão amarelo, em jogo contra o Paraná, e se enroscou todo. Na ocasião, não escondeu a artimanha, viu o caso parar no tribunal esportivo e tomou dois jogos de suspensão. Pagou caro por velha malandragem no futebol e, sobretudo, pela sinceridade ao reconhecer o artifício.

Agora, pelo jeito, aprendeu a ser cínico. Ao menos agiu assim, na noite desta quinta-feira, ao término do jogo em que o Palmeiras bateu o São Bernardo por 2 a 0 pelo Campeonato Paulista. Como estava pendurado e na semana que vem jogará pela seleção do Chile, forçou a mão e conseguiu o terceiro amarelo. Mas ficou na dele.

Como? Ao driblar perguntas de repórteres, que queriam saber se a suspensão vinha a calhar. “Fiz uma falta”, disfarçou. “Não pode fazer falta no jogo?” Manteve a cara de pau, apesar da insistência no tema. Só baixou a guarda ao falar a respeito de mais uma vitória do Palmeiras.

Valdivia muitas vezes arruma encrenca, por ser temperamental e atrevido. Aos poucos, porém, aprende que, no futebol (como em tudo na vida), não se pode abrir o jogo. A transparência leva a situações embaraçosas. Não é à toa que se opta com tanta frequência por comportamento hipócrita.

Uns fingem que fizeram uma coisa sem querer e outros fingem acreditar. Assim nada se altera e se mantém tudo como está. Uma pena que seja assim. O ideal seria sinceridade a todo custo. Mas não condeno o Valdivia, de maneira nenhuma. E desta vez nem o tribunal pode julgá-lo.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ANTERO GRECO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Folia para o Mago começou antes do carnaval

Por João Pontes

O meia Valdivia tem motivos de sobra para comemorar. Nesta quinta, na vitória do Palmeiras contra o São Bernardo, por 2  a 0, o camisa 10 marcou o quarto gol nesta temporada. Em apenas sete partidas, ele igualou a marca do ano passado, quando disputou 27 jogos pelo Verdão.

Alan Kardec, para variar, foi outro destaque do Palmeiras. Suspenso na derrota diante do Botafogo, o camisa 14 não mostrou abatimento pela ausência na convocação para  a seleção brasileira e voltou ao time marcando gol. Além do atacante,  o Verdão contou com o retorno de outros dois jogadores importantes: o volante Wesley e o lateral-esquerdo Juninho.

Wesley, inclusive, criou a primeira chance de perigo do Verdão contra o São Bernardo. Em cobrança de falta, o camisa 11 bateu no ângulo. Com a ponta dos dedos, o goleiro Wilson Junior desviou para fora.

Após o susto, o time do ABC  respondeu em jogada de contra-ataque. Careca recebeu lançamento  e bateu cruzado para a defesa de Prass.

Pouco depois, porém, o Palmeiras abriu o placar com o Alan Kardec. Wendel recebeu passe de Marquinhos Gabriel pela direita e cruzou na medida para o camisa 14, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede.

Apesar da vantagem no placar, o Verdão não diminuiu o ritmo e quase ampliou ainda na primeira etapa. Wesley levantou na área e Lúcio desviou de cabeça. No rebote do goleiro, Alan Kardec testou no canto, mas a bola bateu em cima da zagueiro Luciano Castan.

• Ano do Mago

No início da etapa final, o time visitante foi para cima e deu trabalho para  Fernando Prass. Em chute na entrada da área do atacante Careca, o camisa 25 fez a defesa mais importante do jogo.

Quando o São Bernardo começava a gostar do jogo, brilhou a estrela de Valdivia. O Mago recebeu cruzamento de Vinícius, dominou a bola e bateu no canto: 2 a 0.

Com a vitória, o Palmeiras praticamente assegurou uma vaga nas quartas de final do Campeonato Paulista. Faltando quatro jogos para o término da primeira fase, o Verdão tem 11 pontos a mais que o Rio Claro, terceiro colocado do Grupo D.

• Audiência não resolve imbróglio com Luis Felipe

A polêmica envolvendo o contrato do lateral-direito Luis Felipe com o Palmeiras está longe do fim. Ontem, na primeira audiência no Tribunal de Justiça do Trabalho, a juíza incumbida de apreciar o caso não decidiu se o vínculo do jogador é válido ou não até o fim desta temporada. Uma nova sessão será marcada em breve.

No primeiro semestre do ano passado, o Palmeiras acertou a renovação do contrato de Luis Felipe até dezembro deste ano. No entanto, por causa de um erro de digitação do departamento jurídico, o lateral assinou vínculo válido até dezembro de 2013.

Após notar a falha, o Palmeiras procurou o jogador para reparar o erro. Luis Felipe e seus agentes, porém, pediram um salário maior e exigiram o pagamento de luvas.

Apesar do equívoco cometido, o Alviverde conseguiu registrar na Federação Paulista o contrato válido até dezembro deste ano.

Assim, o pré-contrato que Luis Felipe assinou com o Benfica, de Portugal, perdeu a validade.

Devido ao imbróglio, Luis Felipe foi afastado do elenco palmeirense. Desde o começo da temporada, ele treina sozinho na Academia de Futebol, CT do Verdão.

Leia aqui a matéria completa > BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

••

Uma resposta em “Verdão na Mídia 28-02-2014: Palmeiras aposta em esquema para ter Valdivia artilheiro e comemora sucesso ❘ UOL ESPORTE”

Gostei de mais quando o Valdívia deu uma “RESPOSTA NO VÁCUO” kkkkkkkkk . Na minha modesta opinião, a maioria dos repórteres esportivos só faz pergunta cretina e comentário idiota. Do tipo: “O QUE FALTA O TIME FAZER PARA GANHAR??”, “COMO VOCÊ AVALIA ESSE JOGO??”, “COMO FAZER UM GOL??” etc., etc. Essa raça só serve pra polemizar o que aparece na frente para vender reportagem, são uns abutres que só querem criar polêmica, querem tumultuar o ambiente no clube

Os comentários estão desativados.