Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 19-03-2014: Gramado, assentos, vestiários… O que ainda falta na Arena Palestra? ❘ UOL ESPORTE

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Gramado, assentos, vestiários… O que ainda falta na Arena Palestra?

Por Danilo Lavieri

Problemas de corte de arbitragem? Quem vai comercializar mais ou menos cadeiras? Boa parte da torcida do Palmeiras não está nem aí com o fim da briga da diretoria da sua equipe com a WTorre, construtora da Arena Palestra. A pergunta que fica para eles é: afinal, quando vamos ter nossa casa de volta?

Atualmente, a reforma está quase 85% concluída. A previsão é que no fim de junho as obras acabem e em julho, no meio da Copa do Mundo, testes sejam feitos e a limpeza seja concluída. Em agosto, mês do centenário, a bola rola. O UOL Esporte foi visitar as obras e ver como está o andamento para mostrar o que já está pronto e o que está precisando de muito ajuste. No total, serão cerca de R$ 550 milhões investidos.

• Vamos para a arquibancada porque tem mais emoção

Com a parte bruta praticamente finalizada, a arquibancada começa a receber as estruturas com o nome de guarda-corpo. Esse é o principal trabalho neste momento na Arena Palestra. Depois, será a vez das cadeiras darem ainda mais o aspecto de uma verdadeira casa de futebol. Serão cerca de 45 mil lugares cobertos.

• Ar condicionado, comida e o luxo de um camarote

Os espaços já estão delimitados e agora aguardam a decoração para que possam ser oficialmente chamados de camarotes. A construtora disponibiliza um modelo pronto e decorado para que interessados em adquirir um espaço possam ter uma ideia do que irão comprar.

• Como é que eu ando lá dentro?

O acesso ao estádio está praticamente finalizado. Elevadores já estão instalados, escadas já dão livre circulação para quase todo o palco de jogo e até escadas rolantes já estão em seus devidos lugares. Restam degraus que ligarão andares diferentes de arquibancada no mesmo anel.

• Os espaços mais disputados do intervalo

Os banheiros começam a receber o revestimento da parede e do piso. As peças sanitárias, como pias e privadas, já foram adquiridas e poderão ser instaladas em breve. No caso palmeirense, não haverá o luxo de contar com peças de mármore como é na casa corintiana. Os bares e restaurantes ainda precisarão de muito trabalho. O espaço já está reservado, mas é quase impossível entender que ali estarão as instalações responsáveis pelos comes e bebes. Especialmente com o refinado cardápio que a arena promete.

• Pode cair o mundo…

A cobertura não sofrerá nenhuma mudança em seu formato atual. A construtora trabalha com a ideia de que 95% das instalações já foram feitas e agora restam algumas partes que servem para que os telões sejam colocados. A cobertura protegerá todos os torcedores de luz, raio, estrela e luar e tampará até uma parte do campo.

• Sem gramado bom, a bola não rola

O que realmente falta para que o torcedor acredite que a inauguração está perto é o plantio do gramado. Isso começará a ser feito na segunda quinzena de maio. A empresa já está definida e é a World Sports. Se você fizer uma visita até lá, verá os operários trabalhando no sistema de drenagem do novo estádio palmeirense. As traves, obviamente, ainda não foram instaladas.

• O último recado do técnico e a primeira pergunta da imprensa

Os vestiários são os locais que estão mais longe de ficarem prontos. Completamente sem nada, é possível apenas ter ideia do espaço dos locais. Mas é necessária muita imaginação para entender que, ali, no futuro, jogadores farão os últimos ajustes antes de entrar em campo. A entrada dos times será no estilo europeu, lado a lado, passando pela zona mista, com os jornalistas prontos para as perguntas.

• Onde deixar seu carro

O prédio que receberá os carros já subiu. Agora, resta apenas pintar e delimitar as vagas para cada um dos 3 mil veículos que poderão estacionar dentro do local da partida. Não é nem de perto a quantidade ideal para um evento de casa cheia. Por isso, a construtora conta com estacionamento de shoppings em torno do estádio.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Bruno César relembra 2010 e avisa: “Sempre jogo bem contra o Santos”

Por William Correia

Em preparação para o seu primeiro clássico pelo Palmeiras, Bruno César avisa que costuma ter sorte contra o Santos. Defendendo Santo André e Corinthians, o meia tem quatro vitórias, um empate, três derrotas e dois gols marcados. A atuação também costuma ser convincente, inclusive nas finais do Campeonato Paulista de 2010. Como há quatro anos, o jogador participa de um time tão ofensivo quanto o Peixe.

“São os dois times que jogam mais ofensivamente, até por isso fazem duas belas campanhas. É muito parecido com 2010, quando Santo André e Santos fizeram campeonatos bem parecidos”, disse Bruno César, camisa 10 do Ramalhão naquele ano. “Não quero comparar Santo André e Palmeiras, mas jogávamos abertos também, buscando sempre o gol.”

Pelo Santo André, no Paulista de 2010, Bruno César perdeu duas vezes do Santos e ganhou uma, mas balançou as redes para abrir a primeira final do torneio. Pelo Corinthians, no Brasileiro daquele ano, na estreia como titular do time, marcou gol na vitória por 4 a 2 sobre os litorâneos. Pelo arquirrival palmeirense, alcançou mais dois triunfos, um empate e uma derrota para o Peixe.

“Tenho um pouquinho de sorte. Apesar de ter perdido alguns jogos, sempre jogo bem contra o Santos”, comentou o camisa 30, duas vezes vice-campeão estadual diante do Santos. “O que fiz no passado, já foi. Agora o principal é Palmeiras x Santos e sabemos da dificuldade”, comentou, de olho no clássico de domingo, no qual o Verdão garantirá a melhor campanha do Paulista até a final se vencer.

“Na Vila, sempre é muito difícil. Quando joguei lá, teve apoio para eles da torcida, que fica em cima do gramado. Mas temos que jogar, ganhar de qualquer adversário e focar em um só objetivo: ser campeão”, falou, sem esconder que pensa, mesmo sem obsessão, no primeiro gol pelo Verdão no clássico em Santos.

“Claro que fico ansioso pelo primeiro gol, ainda mais em um clássico no qual é disputado um campeonato à parte, e o Palmeiras leva isso bem a sério. Se sair o gol, vai ajudar o Palmeiras. Mas estou muito tranquilo. O mais importante é sair com os três pontos e o primeiro lugar geral”, indicou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Palmeiras nega ‘corpo mole’ para evitar clássico na semi do Paulistão

Por Daniel Batista

O regulamento do Campeonato Paulista, aliado à má campanha do Corinthians na competição, faz com que uma situação curiosa aconteça na última rodada. O perdedor do jogo entre Santos e Palmeiras deste fim de semana tem grandes chances de escapar de um clássico na fase semifinal, caso passe pelas quartas. No Palmeiras, esse é um assunto ignorado.

“É claro que é mais complicado jogar a semifinal contra um rival grande, mas não temos de pensar nisso agora. Estamos focados desde o início do Campeonato Paulista em vencer as nossas partidas”, avisou o meia Bruno César.

Na semifinal do Paulistão, o time de melhor campanha encara o quarto colocado, enquanto o segundo enfrenta o terceiro. Como Palmeiras e Santos brigam para saber quem será o primeiro colocado na classificação geral, a tendência é enfrentar o São Paulo na semifinal. No outro lado da chave, a equipe de segunda melhor campanha pegaria um rival do Interior. Isso, claro, contando que os favoritos avancem nas quartas de final.

“Independentemente do adversário que vamos enfrentar nas quartas, semifinal ou final, o foco é ser campeão, e para isso teremos de passar por cima de qualquer adversário”, avisa o jogador palmeirense, que deve ser titular contra o Santos domingo.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

BLOG DO ALEX MÜLLER

• Que venha um grande

Essa onda de entregar jogo já passou dos limites. Depois do vexame corintiano no Paulistão, muito se questionou sobre a conduta dos atletas do São Paulo na partida contra o Ituano. Até por conhecer a fundo o técnico Muricy Ramalho, posso assegurar que nada foi orquestrado para perder o jogo intencionalmente.

Agora, mal termina essa polêmica, já surge uma nova situação. Domingo Santos e Palmeiras se enfrentam na Vila Belmiro. O Verdão joga pelo empate para terminar a fase de classificação com a melhor campanha.

O detalhe é que o time que acabar em segundo, pelo cruzamento pré-estabelecido no regulamento da competição, escapa de um grande numa eventual semifinal. Ou seja, o primeiro colocado, que hoje é o Palmeiras, pode enfrentar o São Paulo na semifinal.

Portanto, o time de melhor campanha acaba tendo mais dificuldade, na teoria, para chegar à decisão do Campeonato Paulista do que o clube que acabar esta etapa na segunda posição.

E aí, o que pensar? O que fazer? Poupar jogadores? Entregar o jogo para escapar do São Paulo na semifinal e enfrentar um pequeno? Ou se joga para confirmar a melhor campanha, confirma o favoritismo nas quartas de final e encara o time do Morumbi na semifinal?

Fique à vontade para se manifestar, mas eu já vou logo dando a minha opinião. Penso que tanto o Santos como o Palmeiras tem totais condições de ganhar em casa do São Paulo na semifinal. Vale ressaltar que os dois não podem ser alcançados pelo Tricolor na pontuação e este confronto é único, tendo como mandante a equipe de melhor campanha.

E como o que vale é o que acontece dentro de campo, curta a minha narração pela Rádio BandNews FM dos 3 gols do Palmeiras na vitória sobre a Ponte Preta por 3 a 2 no último sábado no Pacaembu.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ALEX MÜLLER

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Palmeiras e Santos: o duelo por qual vantagem mesmo?

Já vou avisando logo de cara que sou sempre a favor de se jogar para vencer. É o princípio do esporte, embora o Barão de Coubertin preferisse dizer que importante mesmo é competir. Além do que, o vencedor é ungido de moral, de autoconfiança, coisa e tal, para futuros duelos.

Reconheço, no entanto, que certas ocasiões são inusitadas. Como esse clássico de domingo entre Santos e Palmeiras, marcado para a Vila Belmiro: um empate bastará ao Palmeiras para ser o líder geral na fase de classificação do Campeonato Paulista: uma vitória dará o “título moral” da fase ao Santos, o melhor ataque da competição.

Já se respira um clima de decisão.

Só que, calma, muita calma nessa hora: qual a vantagem conferida pelo regulamento ao vencedor, o que suou e ralou durante toda uma fase para chegar lá? Bem, além de o fato de poder jogar em casa, quase nada, pois um empate levará a decisão para os pênaltis, sem se levar em conta os pontos antes acumulados.

E o pior é que no caso do primeiro colocado, é grande a possibilidade de ter enfrentar o São Paulo na semifinal até pela baixa pontuação do tricolor, enquanto o segundo colocado, numa projeção deverá enfrentar um time do Interior. O São Paulo é mais forte que a equipe interiorana, principalmente em jogo decisivo, tornando- se o tricolor uma parada dura e até mesmo uma ironia para “O Campeão da primeira fase”- seja lá qual for.

Em todo o caso, tem aquela tese que diz que “quem ser campeão, não escolhe adversário”. Assim, não vou desmerecer a importância do confronto dos dois melhores times do Campeonato até agora: o ofensivo Santos dos muitos gols e o equilibrado Palmeiras, dono da segunda defesa da competição e do segundo melhor ataque também.

Que façam um grande clássico!

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Corinthians entra na briga por Kardec

O Palmeiras ganhou um concorrente na contratação de Alan Kardec: o Corinthians. E o maior rival do Verdão já até informou o Benfica de que topa pagar os R$ 19,5 milhões previstos pela rescisão do contrato do atacante, que faz sucesso no Palestra.

A preocupação no Palmeiras é de que o interesse alvinegro inflacione a negociação. “Existe um acordo verbal entre Benfica e Palmeiras para a venda do Kardec por R$ 13 milhões”, revela uma pessoa ligada à transação. “Só que não está nada no papel. Apenas de boca”, acrescenta.

Ao menos até 31 de maio, o Palmeiras tem prioridade na compra. Até por isso, o presidente Paulo Nobre tem pressa em bater o martelo.

Levando-se em conta que o Benfica vai manter a palavra e fazer negócio por R$ 13 milhões, falta um acerto com o pai de Alan Kardec, que representa o centroavante desde 2012.

O Verdão já sabe, porém, que terá de conceder um bom aumento ao seu artilheiro. Kardec topou baixar em quase 30% o salário quando acertou o contrato de empréstimo do Benfica para o Palmeiras, em 2013.

• Sonho antigo

O interesse alvinegro por Alan Kardec começou em 2012, depois da boa passagem do atacante com a camisa do Santos. Na época, porém, a ideia era contratá-lo por empréstimo e o Benfica queria vendê-lo.

• Família Kleina

O aniversário de uma das filhas do auxiliar técnico palmeirense Juninho foi capaz de reunir toda a comissão e alguns atletas do Verdão, na noite da última segunda-feira.

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri

• Prioridade

A diretoria do Palmeiras bateu o martelo. A partir de agora, em todos os jogos do clube como visitante, os sócios-torcedores do time terão prioridade na compra dos ingressos para as partidas. Eles terão um período exclusivo para compra e, caso as entradas se esgotem, não haverá venda em bilheteria.

• Pra já

A regra começará a valer já para o clássico de domingo, contra o Santos.

••

17 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 19-03-2014: Gramado, assentos, vestiários… O que ainda falta na Arena Palestra? ❘ UOL ESPORTE”

3VV, por favor, avalie NÃO publicar notícias veiculadas por este tal de Jorge Nicola, assim como Perrone, Cosme Rímule e Neto. Estes caras são gambás e bambis e sempre querem fomentar o mal do Palmeiras.

Ok Helcio. Redação, vamos por um período evitar os colunistas acima citados e ver o que acontece.
Saudações Alviverdes!

meu comentário foi deletado……………..porque? escrevi que a matéria é do tal jorge nicola, e que o Kardec não é burro, nem o Barcos entrou nessa………ta duro hein 3vv

Pessoal,
Aí está. Conforme o Campeonato vai afunilando, a imprensa, com seus nicolas e perrones da vida vão trabalhando para tumultuar o ambiente no clube. POR MAIS DIFERENÇAS QUE POSSAM EXISTIR, TEMOS DE UNIR A MÍDIA PALESTRINA E FAZER UM ESTRONDOSO REPÚDIO CONTRA ELEMENTOS DESTE NAIPE QUE PLANTAM NOTÍCIAS PEJORATIVAS CONTRA NOSSO CLUBE.

Lógico que isso é coisa da imprensinha, pois tá faltando assunto… Nem o mais burro negociante oferece 50% a mais em um lance. E os empresários agradecem…

Fácil: Compra o Kardec pelo falor fixado no empréstimo (o resto é especulação da imprensinha que esta desesperada porque não consegue mais tumultuar), e oferece aos gambás: Quer comprar, vendemos: R$ 100 milhões. Deposita a grana e pode levar.

porra a noticia é do tal jorge nicola… e vê se o Kardec depois de tudo e de todas as reportagens que fez (tem uma com o cara do basquete, bem legal) vai querer ir pro curintia. Nem o Barcos foi insano assim.

Alguém acredita nessa dos Gambá? Eu não.

Além do mais, até onde eu sei, o empréstimo é com valor de compra fixado, ou seja… História para boi dormir.

Olha só q benção. Meu tio Adamastor q mora ali no começo de Piruibe, palestrino doente, não vai mais precisar subir a serra nem correr o risco de ser agredido por aqueles meninos q se acham donos da arquibancada, pra conseguir comprar um ingresso pra um jogo proxímo de sua casa. O tio Adamastor tem 87 anos, mas mesmo assim paga religiosamente sua mensalidade do ST. O tio Adamastor não reclama da falta de patrocinio master, ele diz q quem depende de dinheiro de fora é puta (tio Adamastor é um peralta!), e q podemos bancar um time vencedor só com os ST. Somos milhões.

Os comentários estão desativados.