Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 25-03-2014: Em fase final, Arena Palmeiras terá assentos em três tons de verde ❘ GLOBO ESPORTE COM

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Em fase final, Arena Palmeiras terá assentos em três tons de verde

O Allianz Parque será mais verde do que nunca. Em fase final de acabamento, o estádio se prepara para iniciar a instalação dos 43.603 assentos que vão receber os torcedores do Verdão ainda nesta temporada. E, para deixar a casa palmeirense ainda mais tradicional, a construtora vai distribuir cadeiras em três tons de verde. A informação foi divulgada pelo jornal “O Estado de S.Paulo” nesta terça-feira e confirmada pela WTorre.

A distribuição dos assentos nas diferentes cores formará faixas que deixarão o local mais com a cara do Palmeiras. Segundo a construtora, as cadeiras, que serão retráteis e do mesmo modelo aos do estádio de Wembley, na Inglaterra, devem começar a ser instaladas na segunda quinzena de abril.

Tanto o assento quanto o encosto serão produzidos por sistema de injeção assistida por gás, o que possibilita melhor acabamento, resistência, diminuição do peso e aumento da durabilidade. Entre a capa e a espuma existe uma camada à prova de fogo, composta por lã de vidro. Todas as cadeiras terão rebatimento automático, como em cinemas e teatros.

No segundo andar do estádio, operários já fazem a marcação dos espaços das cadeiras. Alguns guarda-corpos já foram instalados nas áreas que receberão os torcedores, assim como os corrimãos.

Apesar da disputa entre Palmeiras e WTorre pela comercialização das cadeiras, a construtora mantém prazo de término das obras, que registram 85% de avanço, para o mês de junho. O cronograma é que o estádio seja liberado para uso do clube no mês de agosto, data do centenário alviverde.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Palmeiras vai pagar parte do ingresso de até 8 mil pessoas. Entenda

O Palmeiras precisará pagar parte do ingresso de torcedores que forem ao Pacaembu no setor do Tobogã para assistir ao jogo de quartas de final do Campeonato Paulista, diante do Bragantino, na quinta-feira. Caso o torcedor compre a entrada com o valor inteiro, a diferença bancada pela diretoria será de R$ 10 por tíquete. Segundo a assessoria de imprensa do clube, são cerca de 8 mil lugares neste espaço.

O prejuízo máximo gira na casa dos R$ 80 mil, mas este valor não deve ser alcançado, uma vez que há a possibilidade de o torcedor comprar o ingresso com a metade do valor caso ele seja estudante, por exemplo. Nesta possibilidade, a diferença assumida pelo Palmeiras será de R$ 5.

O problema aconteceu porque o time presidido por Paulo Nobre iniciou as vendas das entradas já na semana passada, antes mesmo de ficar definido quem seria o rival palmeirense. Nesta segunda-feira, o Palmeiras foi informado pela FPF (Federação Paulista de Futebol) de que o time visitante teria participação na precificação das entradas e também na divisão de rendas, como já acontecia em anos anteriores.

Segundo a nota oficial alviverde, o Bragantino pediu que os bilhetes do Tobogã tivessem o preço de R$ 60, enquanto que o Palmeiras bateu o pé para que os R$ 30 anunciados na semana passada fossem mantidos. Depois do problema, a FPF interveio e definiu que a cobrança seria de R$ 40 para o ingresso inteiro.

Vale destacar que o preço de R$ 40 definido pela entidade vale apenas na hora dos times dividirem a renda. O valor real para o torcedor do Tobogã seguirá sendo R$ 30.

Confira a nota oficial divulgada no site do Palmeiras

A Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público prestar esclarecimentos quanto ao preço dos ingressos do Tobogã para o jogo contra o Bragantino, na próxima quinta-feira, 27.

1)     O Palmeiras havia definido o valor de R$ 30,00 para o setor desde a última quinta (20) no intuito de garantir maior tempo de comercialização para o torcedor Avanti;

2)     Durante o conselho técnico desta segunda (24) decidiu-se que, por se tratar de um jogo único, o visitante também teria direito de participar da precificação da partida das quartas de final;

3)     O Bragantino solicitou que o valor do Tobogã fosse de R$ 60,00, enquanto o Palmeiras manteve a pedida inicial. Após intervenção da Federação Paulista, definiu-se pelo preço de R$ 40,00;

4)     Como a SEP já havia fixado o valor de R$ 30,00 na pré-venda, a diretoria decidiu manter o preço,  subsidiar seu torcedor e pagar a diferença ao adversário;

5)     Os outros valores anunciados na última quinta (20) estão mantidos.*

Os valores dos ingressos são:
Arquibancada Verde – R$60,00 [R$30,00 meia-entrada]
Arquibancada Amarela – R$60,00 [R$30,00 meia-entrada]
Arquibancada Laranja – R$60,00 [R$30,00 meia-entrada]
Cadeira Laranja – R$100,00 [R$50,00 meia-entrada]
Cadeira Descoberta – R$150,00 [R$75,00 meia-entrada]
Cadeira Coberta Azul – R$ 250,00 [R$125,00 meia-entrada]
Tobogã – R$ 30,00 [R$15,00 meia-entrada]
Arquibancada Visitante Lilás – R$60,00 [R$30,00 meia-entrada]

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Verdão tenta tirar lições de inícios desastrosos em suas duas derrotas

Por William Correia

Em suas únicas derrotas no ano, o Palmeiras culpou as atuações no primeiro tempo, tanto quando perdeu do Botafogo-SP por 3 a 1 quanto no jogo em que caiu diante do Santos por 2 a 1. Em ambas as partidas, o times sofreu todos os gols antes do intervalo. E tenta aprender que, no mata-mata do Campeonato Paulista em confronto único, a instabilidade custará a permanência no torneio.

“Tivemos um primeiro tempo desastroso, irreconhecível, sem colocar a bola no chão, sem sair jogando, forçando com chutões e tentando se desfazer da bola. Tomamos gols e não deu para correr atrás. Agora, não podemos errar mais, não podemos dar brechas como temos dado e colocar em jogo toda a campanha que fizemos na primeira fase”, ensinou Tiago Alves.

Em relação ao clássico na Vila Belmiro, a melhora no segundo tempo não foi suficiente, mas serve de exemplo. “Nosso aprendizado tem que ser como mostramos naquele segundo, com inspiração, posse de bola. Precisamos dominar o jogo todo, não podemos ser instáveis na quinta-feira como fomos na Vila Belmiro”, completou o zagueiro.

A teoria das lições precisa ser colocada em prática já nesta quinta-feira, nas quartas de final do Estadual, diante do Bragantino, no Pacaembu. Os jogadores já conversaram sobre a fraca atuação na primeira metade da derrota na Vila Belmiro na viagem de volta de Santos e no treino dessa segunda-feira.

“Voltamos quietos, mas comentamos nossas falhas, o que poderíamos ter feito. Pelo pouco que conversamos, vimos que podemos acertar algumas coisas ainda para entrarmos com o pé direito no mata-mata e conseguirmos a classificação”, disse Tiago Alves, já tentando colocar o clássico no passado.

“Estávamos brigando pela primeira posição geral e, infelizmente, não deu. Temos que digerir isso o mais rápido possível porque, na quinta-feira, já tem jogo decisivo. Nunca é bom perder, gera um desconforto. Cabe a nós tirar lições. Em jogo de mata-mata, temos que minimizar esses erros”, indicou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Com quarteto em risco, Palmeiras pode ter formação inédita na quinta

Por Fellipe Lucena e Thiago Ferri

Depois da euforia pela boa atuação contra a Ponte Preta e o desempenho ruim no primeiro tempo do clássico contra o Santos, o quarteto ofensivo do Palmeiras não está garantido nas quartas de final do Paulista.

O apático início de clássico rendeu ao Verdão apenas um chute certo na primeira etapa, mesmo usando o esquema considerado ideal. No total, foram 17 chances de gol, contra as 31 da partida contra a Macaca no Pacaembu, melhor jogo ofensivo do time alviverde no ano.

Gilson Kleina tem normalmente usado a equipe ou com dois meias ou com três atacantes (exceto nas duas primeiras rodadas, em que escalou três volantes) e manterá o padrão. A dúvida, porém, coloca em risco a vaga de Bruno César.

Dos quatro, é o camisa 30 quem tem mais chance de sair. Ainda sem estar no ápice físico, o meia perdeu duas boas chances no segundo tempo do jogo na Vila, e deu lugar a Patrick Vieira, um de seus concorrentes para o jogo contra o Bragantino (veja mais abaixo).

Durante esta temporada, em 16 jogos, o comandante já escalou 11 diferentes formações de ataque. Caso escolha usar Valdivia, Alan Kardec e Patrick Vieira ou Vinicius, opção mais plausível, no lugar do quarteto, será o primeiro jogo do ano com estes atletas juntos.

Na quinta, o ataque ainda deve ter ajuda de Wesley, um volante que apoia melhor do que Eguren e Marcelo Oliveira, e pode deixar o time ofensivo e equilibrado, como pede o chefe.

– Quando coloco os dois (Bruno César e Valdivia), aumenta criatividade e qualidade. Mas quem vem de trás leva perigo. Temos que corrigir. Vamos avaliar, entrando com eles ou no decorrer do jogo. Mas vamos deixar o time ofensivo e equilibrado como sempre foi – avisou.

OS ‘RIVAIS’ DE BRUNO CÉSAR

Patrick Vieira

Com jogadores lesionados no ataque, conseguiu emendar uma série de três partidas como titular, contra Portuguesa, Paulista (fez um gol) e Vilhena (RO). Contra Ponte Preta e Santos, ficou no banco de reservas e entrou no decorrer dessas partidas – ambas na vaga de Bruno César. Na Vila, perdeu uma incrível chance de cabeça, no fim. Prefere, e joga, aberto pelo lado direito.

Vinicius

Atuou como titular em quatro partidas antes de o quarteto assumir suas respectivas vagas. Ainda assim, tem entrado também no decorrer dos jogos (foi assim contra a Ponte Preta e Santos). Nestas duas últimas, assumiu a posição de Leandro, mas ainda não marcou na temporada. Realizou recentemente o 100º jogo pelo time alviverde, e atua sempre aberto pelo lado esquerdo.

AS ESCALAÇÕES OFENSIVAS NO ANO

Linense – Mazinho – Diogo – Alan Kardec

Comercial – Mazinho – Serginho – Alan Kardec

Atlético Sorocaba, Penapolense, São Paulo, Audax e Corinthians – Valdivia – Mazinho – Leandro – Alan Kardec

XV de Piracicaba – Marquinhos Gabriel – Mazinho – Leandro – Alan Kardec

Ituano – Mendieta – Mazinho – Diogo – Alan Kardec

Botafogo – Valdivia – Mendieta – Marquinhos Gabriel – Miguel

São Bernardo – Valdivia – Marquinhos Gabriel – Vinicius – Alan Kardec

Portuguesa – Mendieta – Patrick Vieira – Vinicius – Alan Kardec

Paulista – Mendieta – Bruno César – Patrick Vieira – Vinicius

Vilhena – Valdivia – Patrick Vieira – Vinicius – Alan Kardec

Ponte Preta e Santos – Valdivia – Bruno César – Leandro – Alan Kardec

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

BLOG DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ ESPN BRASIL

• WTorre planeja eventos testes em julho e inauguração do Allianz Parque em agosto

O Palmeiras julgou durante todo o final do ano passado que a W. Torre diminuiria o ritmo das obras por causa da disputa pelo número de cadeiras especiais a serem vendidas. A W. Torre pensa poder vender 43 mil lugares, o Palmeiras imagina ceder somente 10 mil lugares para a construtora. O ritmo das obras não diminuiu e a previsão de entrega do estádio é a segunda quinzena de junho.

A ideia é realizar a entrega no padrão Fifa, fazer eventos teste em julho e inaugurar com eventos no mês do centenário do Palmeiras, em agosto. No início de abril, começarão a ser colocadas as cadeiras no cimento das arquibancadas. O Allianz Parque terá 43 mil lugares sentados, com cadeiras.

Em junho, também estarão instalados os dois telões, já comprados pela W. Torre e que ficarão situados atrás dos gols.

Palmeiras e W. Torre continuam disputando judicialmente a questão das cadeiras. A construtora pediu para que o caso siga para a arbitragem e o processo pode levar até dois anos. A intenção, no entanto, é inaugurar o estádio com um acordo parcial e dividir a remuneração depois da sentença de acordo com o que a Justiça determinar.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ ESPN BRASIL

••

BLOG DO JORGE NICOLA ❘ IG

• Bragantino ameaça não entrar em campo contra Palmeiras

O Conselho Arbitral, nome dado ao tradicional encontro entre os presidentes dos clubes classificados à segunda fase do Paulistão, costuma ser marcado pelo clima ameno. Mas ontem o tempo fechou por causa da discussão entre Paulo Nobre, do Palmeiras, e Marquinho Chedid, do Bragantino.

O motivo: os descontos concedidos pelo Verdão a seus sócios-torcedores. “Só vamos aceitar que paguem meia-entrada os estudantes e aposentados, como manda a legislação”, avisa Chedid. “Se o Palmeiras quiser vender ingresso com 50% de desconto para sócio-torcedor, terá de pagar essa diferença para nós.”

O presidente do Bragantino levantou a discussão durante a reunião, mas saiu sem uma posição do Palmeiras ou da Federação Paulista. “Por isso, eu protocolei um ofício. Se o Palmeiras não pagar essa diferença, não tem jogo”, ameaça.

Apesar de o mando de campo ser do Palmeiras, que teve melhor campanha na 1 fase, a receita com bilheteria será dividida. “Se o Palmeiras quer fazer concessão, faça… Mas com o boné dele e não com o do Bragantino”, acrescenta.

O clube de Bragança se assustou ao constatar que 70% dos palmeirenses que foram ao clássico contra o São Paulo pagaram meia-entrada. “Não posso deixar de ganhar dinheiro para o bem do Avanti”.

Já o Penapolense agiu de maneira diferente do Bragantino e aceitou, sem reclamar, o preço de R$ 5 que o São Paulo cobrará de seu sócio-torcedor para o setor de arquibancada. Os acertos entre Santos x Ponte e Botafogo x Ituano também foram tranquilos.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JORGE NICOLA ❘ IG

••

21 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 25-03-2014: Em fase final, Arena Palmeiras terá assentos em três tons de verde ❘ GLOBO ESPORTE COM”

Caros Matheus e Claudio apenas sugiro que passem a observar como o clã PCO e outros apitam contra o Palmeiras. Por favor, jamais relativem uma coisa que está mais do que escancarada. E ela decidem títulos e nós rebaixaram em 2012. Eu não quero ser ajudado, mas muito menos prejudicado. Nada é por acaso e essa turminha sabe quebrar a moral de uma equipe. Apenas colocarem as arbitragens das bibas e gambás, para ver como eles jogam mais confiantes e tranqüilos. Ou aguardem nossos próximos jogos. O Palmeiras pode ter o pior time do mundo, mas n quer dizer que tem direito adquirido de ser roubado.

O dia que não ocorrerem erros na arbitragem , contra o Palmeiras seremos afortunados , mas justificar uma derrota como ocorreu contra o time do litoral, é buscar a cobertura de fatos e sequelas , dos problemas táticos de um time que possui um plantel limitado, este fato já é marcante, o atual técnico mantem seu cargo , ate a sua jornada infeliz , caso acontecendo sera eliminado do tal estagio!

Olha só o que dá esses ridículos estaduais.
Esse timeco do Bragantino vai colocar quantos torcedores no Pacaembu? E ainda estão reclamando?
Já deu esse medonho paulistinha.

Levi, eu respeito muito o trabalho da Clorofila e concordo que o histórico do PCO é catastrófico em jogos do nosso Verdão.
Mas no jogo contra o Santos não!!! Temos que jogar bola e pronto, esses encostões são coisas do futebol. O Marcelo Oliveira ficou olhando a bola e esperando ela chegar, o cara do Santos subiu e usou o braço, isso é normal até porque é impossível subir sem fazer movimentos com os braços. Vamos focar em analisar onde erramos para ter perdido o jogo (como no lance em que o Marcelo Oliveira fica “marcando” a bola, no passe errado do Kardec que proporcionou o contra ataque do 2o gol dos caras, no posicionamento e no tempo de recomposição da zaga após o passe errado do Kardec, no gol perdido pelo Bruno César, enfim, vários erros. Se ficarmos jogando a responsabilidade pela derrota no árbitro, esquecemos todos os nossos erros e não vamos corrigi-los.

Quero saber de futebol: Palmeiras 2 x 1 Braga na rolha! E, arena é show! E, sem dinheiro público, vou lembrar disso até a morte, pois, o tempo apaga as coisas, ou vocês pensam que os mais jovens (independente de que time torçam), sabem das maracutaias do morumbi durante sua construção?

Já estão querendo inventar moda na Arena. Pra que tres tons de verde. Coisa ridícula. Tem botar as cadeiras só em verdão esmeralda e umas cadeiras brancas formando “S E PALMEIRAS”. Sem frescura.

Nossa, como tem torcedro chato mano.. Corneta até quantos tons de verdes vão ter nos acentos da Arena…

HAHAHA! Se as cadeiras fossem apenas em verde e branco alguém diria: ” Porque não usar três tons de verde com alguma forma abstrata, ficaria lindo “.

sugestão: tira as cadeiras e pinta tudo no mesmo tom de verde, vai agradar ao Gustavo, o Nobre e o Walter Torre hehehehehehehe

Impressionante como tem torcedor que gosta de dar pitaco na opinião dos outros. Se não gosta é corneta, não pode colocar noticia de tal comentarista, de tal site… Pô… não gosta, não lê.

Esse presidente do bragantino só pode tá de brincadeira, além de ganhar dinheiro às custas do Palmeiras, ainda fica fazendo confusão. Simples: é só não entrar em campo e o Palmeiras ganha por W.O.

a arena vai ficar linda hein, Palmeirasssssssssssssssssssssssssss fiu fiu fiu

Está faltando informações sobre os ingressos o Braga entrou em acordo com o Palmeiras, vamos atualizar isso, pra que colocar um blog discutivel na mídia palmeirense?

Que fique a lição para o Palmeiras: Quando jogar contra esse time inexpressivo, cota mínima de ingressos. Quando a Federação propor essas cláusulas de divisão de valores, NÃO ASSINA! Fomos melhores por mérito, que não foi que se exploda! Afinal, quantos torcedores desse lixo vão ao jogo? Mil? Dois Mil? Vão ganhar dinheiro fácil as custas da nossa torcida… Até eu que sou mais bobo quero ganhar um “trocado” fácil.

Maldita filial dos gambás num faz de conta q é time grande. Linguiça neles!

O presidente do Bragantino deve agradecer aos céus pela classificação e por metade da renda que vai levar e ainda quer mais ? Primeiro ponto é esse regulamento ridículo, os clubes ditos “grandes” jamais deveriam aceitar esse tipo de acordo, uma vez aceito, a margem pra reclamação diminui muito. Agora, o Palmeiras é o mandante, por sua vez, obviamente que mais de 90% da torcida presente ao Pacaembu amanhã será nossa, o preço do ingresso é o clube mandante quem define, está no regulamento, será que esse Chedid sabe ler ? Espero por goleada, uns 4 ou 5 pra esse ****** pegar sua parte e treinar pro próximo Paulistão! Já comprei meu ingresso, com 50% avanti e 50% Itaucard. Ao pessoal daquela T.O que nem ensino fundamental deve possuir, não gastei R$ 20,00 pilas! Saudações!

Os comentários estão desativados.