Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 25-04-2014: Avisado sobre concorrência pelo Benfica, Palmeiras amplia proposta por Kardec ❘ LANCENET

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Avisado sobre concorrência pelo Benfica, Palmeiras amplia proposta por Kardec

Por Fellipe Lucena

O Benfica (POR) recebeu uma proposta de 4,5 milhões de euros (R$ 13,7 milhões) por Alan Kardec, notificou o Palmeiras e ouviu que o clube do Palestra Itália está disposto a cobrir o valor. Os portugueses não informaram quem é o outro interessado no goleador. A negociação de salário do Verdão com o jogador segue sem um desfecho positivo.

Benfica e Palmeiras haviam apalavrado que a compra de Alan Kardec sairia por 4 milhões de euros (cerca de R$ 12,5 milhões), com prazo até 31 de maio para ser efetuada. Até este dia, o clube paulista possui o direito de cobrir qualquer oferta. O contrato de empréstimo do jogador acaba em 30 de junho.

O Corinthians, amparado por investidores, é um dos interessados, mas no momento só monitora o caso. O São Paulo é outro e, de acordo com o que apurou o LANCE!Net, já conversou com os portugueses disposto a oferecer mais do que o valor cobrado ao Palmeiras.

Na tarde desta quinta-feira, Alan Kardec abandonou o treino do Palmeiras antes da hora. O jogador conversou com o gerente de futebol Omar Feitosa e o médico Otávio Vilhena e, enquanto os titulares se reuniam antes de um coletivo, seguiu para a área interna da Academia.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET 

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Benfica oficializa proposta do SP e faz Palmeiras gastar mais por Kardec

Por Danilo Lavieri

O Benfica notificou o Palmeiras do interesse do São Paulo em contratar Alan Kardec. Como o UOL Esporte havia adiantado, o clube do Morumbi fez uma proposta de 4,5 milhões de euros (R$ 14 milhões) para o Benfica para adquirir os direitos econômicos do atacante.

Para preservar sua preferência, os palestrinos precisaram garantir aos portugueses que estão dispostos a desembolsar a mesma quantia. Ou seja, a demora para fechar o negócio inflacionou a contratação em R$ 1,6 milhão em relação aos R$ 12,4 milhões combinados.

Vale lembrar que o acordo para o valor de R$ 12,4 milhões era verbal, feito entre presidentes das instituições. O valor acordado no papel é de 6 milhões de euros (R$ 18,6 milhões).

Ciente da demora do acordo entre o atacante e a equipe do Palestra Itália, os são-paulinos foram diretamente ao time português, fizeram a proposta pelos direitos econômicos do atleta e já até acertaram salários com o artilheiro do Campeonato Paulista: R$ 350 mil. Conforme apuração do Blog do Birner, a diretoria alviverde acredita que este valor de vencimento não será alcançado pelo seu presidente.

A reviravolta na negociação aconteceu porque Paulo Nobre preferiu não dar o “ok” para a proposta acertada entre o estafe do jogador e seu diretor-executivo, José Carlos Brunoro.

Em uma reunião no fim da última semana, as partes haviam se entendido nas propostas salariais, mas o presidente palmeirense, que estava no Rio de Janeiro para a eleição para presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), voltou a São Paulo e preferiu tentar barganhar cerca de R$ 20 mil mensais.

A atitude revoltou o jogador, seus empresários e até mesmo parte da diretoria alviverde.

Desde então, Kardec e seu pai estão escutando propostas de outras equipes e gostaram do que ouviram do São Paulo. Mais do que isso: nem atendem aos telefonemas da diretoria palmeirense.

Antes de chegar a esse ponto, Alan Kardec já havia topado diminuir sua pedida salarial em três ocasiões. Nem mesmo toda essa força de vontade foi capaz de comover Nobre, que preferiu manter a política de austeridade financeira.

Na última quinta-feira, o camisa 14 deixou o treino alegando gastrite. O curioso é que ele havia conversado rapidamente com o gerente de futebol, Omar Feitosa, antes de ter o problema.

Os diretores do Palmeiras receberam com bastante insatisfação a notícia do interesse rival e até citaram atritos passados, quando os são-paulinos levavam a fama de aliciadores de atletas entre os clubes.

No Morumbi, Kardec chegaria com o aval de Muricy Ramalho, grande entusiasta de seu futebol, e brigaria com Luis Fabiano para ser o homem gol.

Apesar das insistentes tentativas do UOL Esporte em conversar com dirigentes do São Paulo, eles preferiram negar que estavam interessados no futebol do atacante.

Alan Kardec tem contrato até 30 de junho com o Palmeiras e, se não tiver acordo para ficar, precisaria voltar para Portugal, para atuar no Benfica. Isso é tudo que o jogador não quer por causa de seu passado recente, quando ele entrava em campo para disputar apenas um minuto de partidas.

Com 25 anos, ele se considera na sua melhor fase e está nitidamente chateado e desgastado por não entrar em acordo com o Palmeiras. Seu grande desejo é ficar e assinar por cinco anos. Isso pesou muito para a negociação ainda não ter se encerrado.

O Corinthians também havia manifestado interesse em contar com o jogador, mas o arquirrival palmeirense havia dito que só tentaria alguma coisa caso o contrato entre jogador e clube expirasse.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• São Paulo fará nova oferta ao Benfica e aposta em alto salário para Kardec

Por Carlos Augusto Ferrari e Fabricio Crepaldi

O São Paulo não vai abandonar tão facilmente as negociações para contratar o atacante Alan Kardec. Depois de o Palmeiras igualar a proposta de € 4,5 milhões (cerca de R$ 13,7 milhões), a diretoria do Tricolor prepara uma nova oferta a ser enviada ao Benfica, dono dos direitos do jogador.

Os dirigentes são-paulinos consideram que os valores envolvidos na negociação estão dentro da previsão orçamentária. Além disso, caso não consigam entrar em acordo com os portugueses, pelo menos obrigarão o Verdão a se desdobrar para não perder um jogador para um rival.

Ss conversas estão sendo mantidas pelo novo vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro e pelo gerente de futebol Gustavo Vieira de Oliveira. A ideia é oferecer um novo montante aos Encarnados ainda nesta sexta-feira.

Antes da primeira investida são-paulina, Palmeiras e Benfica tinham um acordo verbal para o Verdão pagar € 4 milhões (R$ 12,5 milhões) pelo centroavante. A nova proposta inflacionou o preço do camisa 14, artilheiro do time na temporada, com dez gols.

O Palmeiras foi informado nesta semana que o São Paulo ofereceu de € 4,5 milhões (cerca de R$ 13,7 milhões) e tinha três dias para, pelo menos, igualar o valor. O Verdão exerceu o direito na quinta-feira à noite, mas ainda não tem garantias de que o acordo está fechado.

O São Paulo corre também pelo outro lado. A diretoria tem conversado com o pai e representante de Alan Kardec. A proposta salarial é bem maior do que o Palmeiras vinha oferecendo. A diferença nas luvas – bônus pela assinatura – também é grande: pelo menos três vezes mais.

Para ficar com o jogador, o Verdão terá de abrir o bolso. Os representantes do atleta se irritaram com as baixas ofertas feitas pela diretoria nas conversas, conduzidas pelo gerente de futebol Omar Feitosa e pelo diretor-executivo José Carlos Brunoro.

A postura da cúpula do clube também decepcionou o estafe. Isso porque em mais de uma vez ficou-se próximo de um acerto, mas após consultas ao presidente Paulo Nobre, um valor menor era proposto.

O Tricolor se comprometeu a pagar um salário alto, sem os ganhos por produtividade, política instituída no Alviverde e que já havia sido aceita por Kardec.

A contratação do atacante teve o aval do técnico Muricy Ramalho, com quem o jogador trabalhou no Santos. O treinador cobra a chegada de um outro centroavante para reforçar o elenco. Além disso, ele poderia atuar no meio de campo, posição ocupada agora por Ganso e Boschilia.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ JP ONLINE

• Insatisfeito com novela, Kardec estaria “sem cabeça” para enfrentar Flu

O assunto mais comentado nos bastidores do Palmeiras segue sendo a novela de renovação de contrato de Alan Kardec. Com futuro incerto, o atacante estaria “sem cabeça” para atuar diante do Fluminense neste sábado (26), no Pacaembu, e mesmo relacionado pode não entrar em campo. Além de não conseguir se acertar com o seu artilheiro, o Verdão vê seu atleta sofrer assédio do rival São Paulo, que teria enviado uma proposta de 16 milhões de reais ao Benfica, clube que detém os direitos de Kardec.

No treinamento da última quinta (24), Kardec deixou a atividade alegando estar com gastrite, ato que cresceu os rumores sobre sua insatisfação com o imbróglio que cerca sua renovação contratual. Segundo informação apuradas pela Jovem Pan, o atacante estaria “sem cabeça” e confuso com toda a novela, desejando não atuar diante do Fluminense neste sábado. Oficialmente, Kardec, artilheiro do clube na temporada com 10 gols, está relacionado e é cotado para ser titular. O camisa 14 tem contrato de empréstimo com o alviverde até dia 30 de junho. A intenção do clube é adquirir os direitos e fixar um contrato de cinco anos, 

O que agrava a situação é que a novela tem mais um personagem. O Palmeiras teria obtido a informação com o Benfica de que o São Paulo teria oferecido 16 milhões de reais para contar com o atacante, superando os valores propostos pelo Verdão. Até por isso, o alviverde estaria pensando em abandonar a filosofia de pagamento de salário por meio de bonficação por metas alcançadas, método que estaria deixando Kardec insatisfeito. Correndo para fechar a renovação, o Palmeiras pode oferecer salário nos moldes tradicionais para o atleta.

Ainda sem saber se Kardec jogará, o Palmeiras recebe o Fluminense neste sábado (26), no Pacaembu, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ JP ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ BAND ESPORTE

• Empresário diz que Wesley quer ficar no Palmeiras

O empresário do volante Wesley garantiu que a vontade do atleta é permanecer no Palmeiras. Hugo Garcia disse que o jogador está adaptado e feliz no Verdão e que o contrato por produtividade, nova norma no clube, não será empecilho para a renovação.

“Estamos em processo de conversa com o Palmeiras e não vejo porque não renovar. Quando ambas as partes estão interessadas eu sempre vislumbro um final feliz. O contrato de produtividade não seria problema, mas ele é muito amplo. Poder ser individual, coletivo. Desde que seja algo palpável e do interesse do atleta eu não vejo problema”, disse ele em entrevista ao programa “Esporte em Debate”, da Rádio Bandeirantes.

Apesar de ressaltar a vontade do jogador de permanecer, Garcia não descartou uma mudança de ares caso apareça uma boa proposta, mas negou que já tenha entrado em contato com Grêmio e São Paulo.

“O que eu quero para todos meus atletas é uma carreira de sucesso e que ele tenha independência financeira quando se aposentar. Jogadores tem momentos e tem que saber o que quer. Não dá para falar que trocar de clube é ruim, se aparecer uma proposta vantajosa, vamos estudar, mas não falei com ninguém do Grêmio nem do São Paulo”, afirmou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ BAND ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Jogadores adotam discurso diferente de Brunoro no Palmeiras

Por Daniel Batista

O vice presidente executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, disse, em entrevista ao jornal Lance!, que o título não é obrigação para o clube na temporada mesmo sendo o ano do centenário. Os jogadores palmeirenses não concordaram com o dirigente e fazem questão de reafirmar o quanto o time se cobra para levantar uma taça nesta temporada.

“Esse grupo precisa de título e eu preciso de um título de expressão. Os jogadores entram em campo só pensando no título, com uma ganância grande”, disse o volante Josimar, repetindo o discurso já dito por outros jogadores, como Fernando Prass, Lúcio e Alan Kardec.

“O Brunoro está pensando a longo prazo e também poderemos pensar assim, mas disputamos o campeonato e temos que pensar em título”, completou o volante palmeirense.

O técnico Gilson Kleina bate bastante na tecla da necessidade do clube conquistar um título nesse ano. Além da importância por ser a temporada do centenário, é a chance também de muitos atletas do elenco conseguirem conquistar um título de expressão.

O elenco é jovem e poucos jogadores já tiveram o gosto de levantar taças importantes na carreira. Um dos mais experientes do elenco, o zagueiro Lúcio é um dos que comandam o time nessa busca pelo título.

“Não tem segredo. O mais importante é que temos que jogar sempre pelo time, sem pensar na individualidade. Precisamos entrar em campo com a vontade de sempre vencer”, alertou o xerife palmeirense.

A luta pelo título brasileiro continua neste sábado para o Palmeiras, quando a equipe enfrenta o Fluminense, às 21h, no Pacaembu.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Palmeiras não precisa provar nada para sonhar com título, diz Leandro

Por William Correia

O diretor executivo José Carlos Brunoro pode até dizer que o Palmeiras não tem a obrigação de conquistar um título no centenário, mas os jogadores do atual campeão da Série B estão certos de que podem levantar a taça na primeira divisão. Leandro não mostra dúvidas quanto à capacidade do elenco.

O Fluminense, no sábado, será o primeiro grande clube a enfrentar o Verdão no torneio, mas, independentemente do resultado, o atacante confia no plantel de Gilson Kleina. “Pode ser o jogo da afirmação, mas não temos que provar nada pra ninguém. Sabemos do nosso potencial e da qualidade do grupo”, avisou Leandro.

O camisa 38, palmeirense desde a infância, não se conforma em ter como meta somente para não ser rebaixado no maior torneio do País. “Quero lutar pelo título. O Palmeiras é muito grande para entrar no Brasileiro se preocupando em ficar na Série A”, definiu, admitindo, porém, o óbvio nível diferente em relação à segunda divisão.

“O Campeonato Brasileiro é muito longo e exige elenco para chegar na frente. Temos um elenco bom, mas temos que trabalhar muito porque o Brasileiro é muito difícil, muito diferente da Série B. Sem trabalho, não alcançaremos os nossos objetivos”, alertou Leandro.

A má atuação na vitória sobre o Criciúma na estreia, porém, não muda o ânimo do jogador de 20 anos. “Se começarmos perdendo todos os jogos e virarmos no segundo tempo, está ótimo”, declarou. “Começar ganhando foi muito importante para dar sequência ao time, nos faz adquirir mais confiança voltando para a Série A.”

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Com bustos e ‘torneio retrô’, Verdão festejará o centenário até janeiro

Centenario-Palmeiras

Por Caio Carrieri, Fellipe Lucena e Thiago Ferri

O Palmeiras está preparando uma festa digna de sua grandeza para comemorar o centésimo aniversário. Uma não, várias. O Comitê do Centenário, nomeado e presidido por Paulo Nobre, elaborou um cronograma de eventos para os próximos nove meses: o pontapé inicial será em maio, e o fim das festividades está previsto somente para janeiro de 2015.

O LANCE!Net teve acesso aos detalhes da programação, que inclui a inauguração dos bustos dos ex-goleiros Marcos e Oberdan Cattani na sede social, em 15 de maio. A saúde de Oberdan, que tem 94 anos e acaba de passar por uma delicada cirurgia cardíaca, pode alterar a data. Há o temor de que uma grande emoção prejudique a recuperação do ídolo, única pessoa viva que jogou tanto no Palestra Itália quanto no Palmeiras.

Outro grande evento acontecerá entre agosto e setembro (vejas as datas possíveis abaixo). Será uma reedição do antigo Torneio Início, que era disputado em um único dia e tinha o número de escanteios como desempate. A ideia é chamar o maior número possível de ex-atletas, não só do Palmeiras como também de São Paulo e Germânia, equipes que farão parte da disputa. Os uniformes, a bola e até o estádio (a Rua Javari, na Mooca) serão “retrô”.

Haverá ainda uma exposição itinerante, com troféus e objetos históricos, que passará pela estação Palmeiras-Barra Funda do Metrô, pelo Memorial da América Latina e chegará até a sede social do Verdão.

Está sendo criada uma “cápsula do tempo”, que receberá informações sobre 2014 e será reaberta daqui a 50 ou 100 anos. O local em que será colocada e a data de lançamento ainda não estão sacramentados.

Outra data a ser escolhida é a da “blitz verde”, em que os torcedores tentarão pintar o país com a cor do clube saindo às ruas uniformizados. Também serão confeccionadas novas camisas comemorativas para o time, todas com a marca d’água do novo brasão do centenário, lançada nesta sexta no site do clube.

O Verdão não marcou eventos no Allianz Parque porque não sabe quando terá o estádio à disposição – a WTorre garante que deixará tudo pronto no fim de junho. A ideia, porém, é que o estádio faça parte das comemorações, de preferência com a sua reabertura para jogos.

Em 26 de agosto, data do aniversário, haverá um banquete para mais de 2 mil pessoas no Citybank Hall, com show musical, exibição de um filme e homenagens.

Eventos pré-agendados:

Bustos – 15 de maio é a data prevista para a inauguração dos bustos dos ex-goleiros Marcos e Oberdan Cattani – o primeiro está pronto e o segundo, em fase final de confecção. A tendência é de que fiquem ao lado das imagens de Ademir da Guia, Waldemar Fiúme e Junqueira, mas há possibilidade de ser em outra alameda da sede social.

Torneio retrô – Será a reedição do antigo Torneio Início e terá veteranos de Palmeiras, São Paulo e Germânia, na Rua Javari, em São Paulo. Uma data será escolhida, e as opções são 30 de agosto, 6 de setembro e 13 de setembro.

Exposição – Será itinerante e terá início em junho, na estação Palmeiras-Barra Funda do Metrô. Em agosto, migrará para o Memorial da América Latina. A última parada é a sede social, de setembro até dezembro. Até lá, a diretoria espera que as obras no Allianz Parque estejam totalmente concluídas para que a localização exata da exposição seja definida. Haverá uma calçada da fama para os 100 maiores ídolos.

Banquete – O antigo Credicard Hall, hoje chamado de Citybank Hall, receberá uma festa para mais de 2 mil pessoas no dia do aniversário do clube (26 de agosto). O evento terá show musical, a exibição de um filme contando a história do Palmeiras desde os tempos de Palestra Itália e homenagens a ídolos da história.

O brasão – A figura, cujo lançamento é hoje, será utilizada nas ações referentes ao centenário e estampada nas camisas de jogo em forma de marca d’água ao lado do escudo. O número 1 (estilizado e originado da letra I presente no escudo do Palestra Itália, em estilo romano) se junta aos símbolos do Palestra Itália e do Palmeiras sobrepostos e forma o número 100. A frase “Vincit qui se vincit” significa “vence quem se vence”. É uma expressão em latim que representa garra e perseverança. Abaixo do 100, aparece uma flâmula em movimento com os anos 1914 e 2014 em seu interior e, entre o 100 e a flâmula, em algarismos romanos, o dia e o mês da fundação.

O Comitê – O clube criou o “Comitê do Centenário”, cujo presidente é o próprio Paulo Nobre. Jota Christianni, Luciano Pasqualine, Sérgio Pellegrini, Tarso Gouveia, Marcio D’Andrea, Felipe Giocondo, Eduardo Silva, Rafael Zanette, Edd Jackson e a assessoria de imprensa do clube se juntam a Marcelo Giannubilo, diretor de marketing, e aos vices Mauricio Precivalle , Genaro Marino, Antonino Jesse Ribeiro e Victor Fruges na elaboração das festividades.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Novela Kardec tem até Choque-Rei no final

Depois de tantas nuances neste caso, não cravo qual será o desfecho no último capítulo que deve ser exibido hoje. Que novela! Com suspense igual à da “Próxima Vítima”, sucesso de 20 anos atrás e que reunia um elenco de primeira- José Wilker, Lima Duarte, Tony Ramos, Aracy Balabanian, etc.

Mas posso falar de tendências, pois não? Pelo que ouvi e li- desta vez sem informação oficial- a tendência é a de que o Palmeiras vença o São Paulo e a si mesmo, arrematando junto ao Benfica os direitos de Alan Kardec, já não sei se por aqueles quatro milhões de euros combinados. Ou então igualando a suposta oferta do tricolor que teria (no condicional, pois é notícia que li já quase de madrugada) oferecido 500 mil euros a mais.

Com isso, deduzo, acontecerá o acordo entre o Palmeiras e os Kardec, pai e filho, pois sem a concordância do jogador a contratação não seria efetivada. Novela complicada, sim.

Nos bastidores, muita angústia e uma certa curiosidade. A angústia era de torcedores palmeirenses, irritados com a lentidão do presidente Paulo Nobre em resolver a questão, alguns deles mostrando-se dispostos até a cancelar o programa de sócio torcedor caso fosse infeliz o final da novela.

E a curiosidade fica por conta de que um dia antes em Maceió, o novo presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, e o agora diretor de futebol, Ataíde Guerreiro, desmentiram movimentação por Alan Kardec. Ou terei visto mal pela tevê (declarações de Aidar) ou lido mal as palavras de Ataíde? Creio que não, pois se estivessem sendo dissimulados poderiam estar à altura dos atores que citei acima, de tão competentes…

Ah, nem digo que seja falta de ética. Diria que é a prática do mercado, do futebol especialmente, onde prevalecem a rapidez e a melhor oferta. Quantos e quantos casos já aconteceram e quem, como dizia minha santa avó, “pode atirar a primeira pedra”?

Mas se é mesmo que existiu a disputa, o Choque-Rei, neste clássico não haverá empate: a não ser que dê zebra ou o autor decida mudar o final da novela, o Palmeiras vencerá o São Paulo. E pelo histórico do caso, por ter recuperado esse bom jogador que estava encostado no Benfica, com toda a justiça.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

BLOG DO LUCIANO BORGES ❘ TERRA

• Se não acertar com Palmeiras, Kardec já tem acordo com São Paulo

O acordo entre Alan Kardec e São Paulo já está fechado. O atacante só não mudará de clube se o Palmeiras conseguir convencê-lo com mais salário. Oficialmente, o Tricolor nega que tenha negociado com o jogador. 

Nesta sexta-feira, o presidente Carlos Miguel Aidar disse ao Blog do Boleiro que só vai falar com Kardec “se ele não tiver mais nenhum compromisso com o Palmeiras, aí o São Paulo vai falar com o Benfica e com ele”, disse.

Se Aidar não participou, o vice presidente Athaíde Gil Guerreiro e o gerente de futebol Gustavo Vieira entraram em contato com a Traffic, empresa que administra a carreira de Kardec. Foi através dela que o Benfica recebeu uma proposta de 4,5 milhões de euros pelo atacante. Ao mesmo tempo, a dupla de dirigentes tricolores costurou um acordo para contratar o atleta.

Enquanto o Palmeiras negociava com a família Kardec, pai e filho, Corinthians e São Paulo acenaram nos bastidores com o interesse. Falaram em salários. E os números ficaram muito mais próximos do que Alan pedia. Sem cláusula de produtividade.

O contrato de Kardec com o Palmeiras dura até 30 de junho. Os dirigentes palmeirenses ainda tentam um acordo. Se ele sair, o artilheiro do time pode até permanacer por mais tempo. Caso contrário, ele já tem um acordo firmado com outro clube: São Paulo.

E Aidar avisou: “Não vamos entrar em concorrência. Vamos esperar a definição do Kardec com o Palmeiras.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO LUCIANO BORGES ❘ TERRA

••

66 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 25-04-2014: Avisado sobre concorrência pelo Benfica, Palmeiras amplia proposta por Kardec ❘ LANCENET”

Esta claro que não podemos culpar o atleta, pois é profissional, mas o atual presidente do clube é um verdadeiro inocente, em todos os aspectos perante ao profissional futebol, que exige competência e malandragem, dois fatores inexistentes em Paulo Nobre!

A direção já perdeu também nesta questão do Kardec. Mais uma lastimável para a conta como no caso Barcos, dos 5 que foram quatro, e que ficou um, mas pagando um monte. Não tem explicação, nem justificativa. Podem tentar descaracterizar, dizendo que jogador é mercenário, nem é tão bom assim, etc etc etc. Mas seja qual for o desfecho, a economia “porca” já gera prejuízo para ganhar a parada. E Pior!!!!!! Além de tudo ler o post aqui, e saber que o “atravessador” bambi, que tentou tomar estádio e fechar o Palestra em 1942 vai ser convidado para a festa do Centenário. Para mim essa diretoria já acabou! Mais uma vitória mustafiana, que levou o Palmeiras duas vezes para a segunda divisão, uma liderando e outra indicando e elegendo o tirone. E agora levando os “nobres profissionais” a nos ridicularizarem ainda mais. Permitam um desabafo: VPPQP!!!

Paulo Pobre: seguir a cartilha mustafaniana lhe rendeu a seguinte situação: na melhor das hipóteses, sua economia de R$ 20 mil vai se transformar em despesa de € 500 mil; na pior das hipóteses, levará um chapéu monstruoso do pior inimigo palmeirense, passando atestado de burro e incompetente. Se bem que esse atestado acho eu você já garantiu de qq jeito. Jêêêênio!!!

Caso haja a perda do Kardek, esse fracasso será inteiramente debitado na conta do Paulo Mustafá Nobre. E não só pela mesquinharia dos 20 mil, mas também por todas as vezes que declarou “não temos dinheiro”, “não vamos comprometer o caixa”. Sem contar essa porra de “produtividade” que afugenta os bons jogadores. Foram a senha para que dirigentes historicamente anti-éticos como os do SPFW se aproveitassem da situação. Assim, vou adiando meu Avanti indefinidamente como minha represália pessoal a essa diretoria incompetente,

O Kardec é um bom jogador. E ponto. Mas 350 mil/mês é muito para um jogador do nível dele. Não vale tudo isso.
Como disse um amigo mais acima: Kleber , Barcos e agora Karce. Todos sumidos em seus clubes no exterior, chegam no Palmeiras e voltam a jogar, se acham a última bolacha do pacote e decidem triplicar salários, e acabam saindo pela porta dos fundos para outros clubes. O pior é que hoje em dia nenhum deles exibirão o futebol que tiveram no Palmeiras.

O Kardec fez de tudo pra ficar aqui. Se não acontecer, terá sido por incompetência extrema e exclusiva do piloto de autorama. Torcemos pelo Palmeiras, não por dirigente, acho eu.

Calma pessoal!
O Palmeiras não vai ter que pagar nada a mais ao Benfica, pelo menos até o dia 31/05. Isso é mais um chute dessa imprensa FDP. O que aconteceu foi que a Traffic, que cuida da carreira do AK, recebeu uma proposta dos bambis que, se o Palmeiras não arcar com os € 4mi até 31/05 , eles pagam € 4, 5 mi. O Benfica perguntou ao Palmeiras se vai exercer a prioridade de compra e foi confirmado pelo Verdão. Ainda tem um detalhe: no contrato de Kardec tem uma cláusula indicando que após 31/05 o valor de compra será de € 6 mi. Mas a história da economia de R$ 20/40 mil no salário, parece que é verdade mesmo.

EU JÁ VI.
Mustafa ser reeleito um mês depois de rebaixar o Palmeiras.
EU JÁ VI.
Mustafa eleger presidente que nos levou denovo a serie B.
EU JÁ VI.
Mustafa eleger o P N.
NÃO ME SURPREENDERIA.
Ver P N reeleito, mesmo com eleições diretas, pelos FILHOS DO MUSTAFA.

Fora Kardec !! Vai virar reserva nos Bambis e daqui um ano estará jogando no Paraná Clube ! De nossa parte vamos nos conformar que neste momento somos coadjuvantes e que teremos que lutar muito para nao ser Rebaixado !

Os comentários estão desativados.