Categorias
Arenas

Arenas – Jogo Palmeiras x Itália: só que não!

Por Claudio Baptista Jr.

Não chega a ser novidade para vocês que a seleção italiana chegará ao Brasil e fará um treino-amistoso contra o… Fluminense, em Volta Redonda. O Drops da última 2ªf fez menção a isso.

http://3vv.com.br/2014/05/drops-26-06-2014-de-vez-em-quando-aparece/

arenas-italia-bTemos alguns aspectos que podemos debater envolvendo somente este jogo.

Primeiramente o Palmeirense se questiona como no ano do seu centenário o clube não foi capaz de realizar um trabalho que pudesse viabilizar tal encontro.

Muitos de nós não se importam, pois o Palmeiras, apesar das origens italianas tornou-se um clube legitimamente brasileiro e que já seria hora de se descolar da imagem de clube de colônia.

Concordo, em parte. Também acho que o Palmeiras hoje é um clube simplesmente brasileiro e que esta imagem tem sim que ser trabalhada e enaltecida. Por outro lado, o centenário celebra nossa história e nada mais normal aproveitar a presença da seleção italiana no Brasil as vésperas da Copa do Mundo para concretizar tal encontro.

Nunca é demais lembrar que o clube carioca, sim, aquele, ganhará dinheiro com o evento e mais, vai expor sua imagem no mínimo para toda a Itália.

A não realização de tal partida nos dá a liberdade de levantarmos hipóteses, sendo que uma delas poderia ser o abandono da ideia por questões logísticas, afinal, o Palmeiras teria que viajar até o estado do Rio de Janeiro. Mas aí entra a dúvida. É ruim se deslocar até o Rio após a última rodada do brasileiro antes da Copa, mas não é em 7 dias fazer Chapeco/SC, Prudente/SP e  Caxias do Sul/RS?

Com a palavra nossos gestores, e claro, vocês nos comentários.

Outro ponto e que até extrapola a questão da perda da oportunidade do jogo entre Palmeiras e Itália é a total ausência da S. E. Palmeiras em tudo o que envolve a realização da Copa do Mundo.

Não tenho problemas em expor para vocês que guardo certa frustração em não ver nosso estádio dentro dos acontecimentos da Copa. Não falo apenas sobre receber jogos, mas também por não estar a disposição para nada! Base para treinamentos, amistosos, fans fest, etc…

Vemos hoje a Allianz Parque em fase final de construção e segundo a construtora o estádio estará pronto para receber jogos em agosto, ou seja, daqui a 2 ou 3 meses.

Muitos ao verem este cronograma aceitam o fato apenas por perceberem que hoje, mesmo se quiséssemos não poderíamos estar envolvidos com o evento.

Acontecesse que os primeiros passos deveriam ocorrer tempos atrás, e não falo apenas da atual gestão, mas também das anteriores. Caso houvesse um planejamento e envolvimento do consórcio agindo em direções coincidentes, mirando a integração com a organização da Copa talvez pudéssemos ter hoje o estádio finalizado de dentro do cenário da Copa do Mundo e Ano do Centenário. Vai saber…

arenas-italia-C

Claudio, você não está lá dentro e não sabe como a banda toca.

Pode ser, mas tenho mantido o mesmo discurso a respeito e privilegio ouvir várias opiniões, no mesmo sentido ou não.

Oportunidades de receitas diretas e exposição da marca. Simples assim e deixamos passar.

Ausência de planejamento, de estrutura e de profissionalismo de fato. É desta forma que vejo o Palmeiras atualmente e faz muito tempo.

E vocês?

Abraço,

Claudio.

38 respostas em “Arenas – Jogo Palmeiras x Itália: só que não!”

Cláudio, nenhum clube no Brasil pensa sequer 5 anos à frente. A diferença é que talvez o Palmeiras não consiga pensar nem 6 meses à frente…Grande abraço !

ÓTIMO não estar envolvido com a Copa. Um evento que ficará para história como exemplo de ROUBO E MÁ GESTÃO poderia arranhar a imagem límpida duramente construida do Palmeiras / Arena

Claudio , PARABENS, pelo texto, sempre leio seus comentários, sempre também vejo que a alternativa seja a lucidez de pessoas como você e Vicente Criscio, que politicamente visam aspectos diferenciados,antagonicas as mentalidades caducas de uma politica viciada, hoje são raras as pessoas que possamos confiar dentro as SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS, eu acreditava muito que Paulo de Almeida Nobre, estivesse preparado para iniciar uma modificação profunda nos alicerces da conjuntura politica feudal alviverde , mas ele foi um ledo engado , uma verdadeira fraude, trazendo a tona sua limitação em vários aspectos, principalmente em competência de solucionar as arestas de seu próprio ego, que compartilha com os que lhe deram guarida no processo eleitoral definido em 21 de Janeiro de 2013, que ainda não iniciou-se graças as medidas estapafúrdias sem argumentos corretos , sem conteúdo e nexo, mas agora já é tarde, seu caminho foi traçado , suas medidas já avaliadas, e seu destino comprometido, este é o quadro, que nunca poderia imaginar, naquela noite úmida de Janeiro, que perdura pelo mistério de sua própria razão !

Para quê fazermos um jogo contra uma seleção se nós não temos capacidade de ganhar nem do Figueirense.
Melhor deixar como está. Como disse em outro site, já estamos no fundo do poço. Precisamos alguém que puxe para cima.

Srs. podemos ficar colocando ideias e mais ideias que possam voltar a colocar nosso querido Verdão ao lugar que nunca devíamos ter saído, mais alguém pensou que nosso presidente, o qual respeito em algumas atitudes e ao mesmo tempo fico horrorizado em outras, tendo posições dew menino mimado, tentou implantar um Depto de MKT profissional no clube.? O que temos hoje alem de mais sócios na Avanti ? Quanto gastamos com esse depto inútil ? Qual força temos dentro dessa corja da CBF? Essa promotoria sempre nos perseguindo, nunca conseguimos mudar nenhum jogo, mesmo tendo viajado igual caixeiro viajante. Agora ouço que nao pagaremos o valor para o centroavante que queremos . É muito triste, e pior de tudo se sair esse menino mimado quem fica ? Mustafá ? Olha esse pode ser o nosso câncer mais por incrível que pareça tínhamos alguma força na CBF. É trágico. Embora tudo isso a cada dia que passa amo mais esse VERDÃO.

Cláudio, parabéns…. Me sinto desapontado em saber que teremos a ITALIA aqui e veremos o Flunimerda em nosso lugar. Nosso Marketing tem culpa nisso, nosso presidente tem mais culpa ainda. Não creio que nos próximos anos voltaremos a protagonizar nos prélios. De fato seremos massacrados, humilhados pelos nossos torcedores rivais, afinal somos motivo de chacota. Canso de ouvir que somos e “Guarani da Capital” e na atual circunstância, somos mesmo!

Como o Cláudio colocou muito bem, isso não vem só da atual administração…passa por todas as anteriores também. Prá que pudéssemos tirar benefícios com a realização da Copa, poderíamos ceder nosso CT em São Roque, mas deixamos passar o tempo e perdemos a concessão dada pela prefeitura de lá. Poderíamos dispor nossa Arena pra jogos treinos ou até mesmo alguns shows durante o período da Copa, mas a Arena não estará pronta por diversos fatores, alguns atrasos por parte de orgãos fiscalizadores e outros também por parte das administrações Tirone e Nobre (demora por parte do B1 em assinar o contrato e atraso na entrega de alguns dctos por parte do Nobre).
E assim, ficamos a ver um evento grandioso desse passar ao nosso lado e ficarmos inertes por erros e equívocos cometidos lá atrás.
Penso que a WTorre, se pudesse, com toda certeza teria terminado a obra entre fevereiro e abril, pois iria arrecadar muito com eventos durante a Copa. Quanto que os bambis ganharam ao ceder o panetone pros shows da banda One Direction??
E como muitos já disseram por aqui…que tremenda decepção é essa gestão do Paulo Nobre!!!

Para as proximas eleiçoes realmente não temos ninguem com o perfil adequado para implantar mudanças radicais e profissionalizar a gestão do clube. Mas em 2016 teremos. O VICENTE CRISCIO tem todas as condiçoes (profissional, etica, moral, etc etc) para mudar os rumos do clube e , principalmente, do futebol do PALMEIRAS. Se querem REALMENTE mudanças no PALMEIRAS o caminho é esse ai. Fora disso fica dificil…….

O tempo estagnou no ano de 1976 após o apito final do arbitro da partida entre Palmeiras e XV de Piracicaba no parque Antártica na qual aquele foi o último título do Palmeiras.
Depois todos sabem a história. Dezessete anos na espera por um outro campeonato paulista graças a ajuda da PARMALAT. E após Parmalat , estamos convivendo com fracasso em cima de fracasso.
O Palmeiras pertence hoje a velhos rabugentos e arcaicos que não pensam grande. Quem manda no Palmeiras é Mustaphá , Palaia , Della Mônica. Paulo Nobre é um bosta igualmente foi o Tirone.
Ou seja , destruíram o Palmeiras e sua história está sendo manchada. Virou time pequeno , sem sonhos , sem ambição , um time altamente perdedor , sem espirito de luta , sem raça , sem coragem , sem vibração , sem alma.
Coitado de nós torcedores e olha que eu estou com 40 anos de idade e estou cansando. Não estou aguentando mais.

A gestão Paulo Nobre é uma enorme decepção, mesmo se comparada ao pouco que se esperava de alguém eleito com as bençãos de Mumu.

A Arena atrasou muito pela má-vontade da Administração Pública, em todos os níveis, mas as brigas internas do Palmeiras e com o parceiro também ajudaram.

Cláudio, uma perguntinha, será que nosso Estádio seria utilizado de forma coerente e com sua devida importância, ou apenas como algo secundário, espécie de quebra-galhos? Inclusive esse é o tratamento que vem recebendo das autoridades até aqui, e creio que vai ser terrível agora pós-copa, pois vão pedir até a cor da calcinha da mãe do Walter Torres para conceder o `habite-se`. Além do que a maioria dos empecilhos foram colocados por terceiras pessoas e não pelo Palmeiras e W Torre. Salvo engano, e pelo tamanho do empreendimento, com exceção desse último litígio envolvendo as partes citadas, o processo correu de maneira regular.

Ótimo texto, como de costume, mas, mostra que apesar da contratação de profissionais de marketing, o Palmeiras, como instituição, continua amador e sem credibilidade, em razão de seus dirigentes colocarem a vaidade pessoal acima de tudo. Com um pouco de humildade, poderíamos utilizar a estrutura profissional e o conhecimento profissional da AEG, como parceira e não como adversária, para ajudar o GRANDE PALMEIRAS se reerguer.

Bom dia. Concordo com o Ferracini. Há alguns dias atrás no blog da Clorofila foi mencionado inclusive que há alguns itens importados pela WTorre que estão presos na alfândega. Fora tudo que presenciamos com a liberação dos documentos que a nossa arena passou, sendo que as outras não passaram. Infelizmente “os bastidores”, não só do futebol, como da política também, são muito sujos e nós não influenciamos em nada. A bem da verdade, tenho um sentimento um pouco ambíguo sobre isso, fico muito chateado em ver que somos desrespeitados sempre por conta desses bastidores, por outro lado, também tenho um pouco de orgulho de ter a certeza que quando ganhamos, realmente ganhamos e é indiscutível. Abraços.

Sinceramente, eu coloco toda a culpa na gestão anterior do Sr. Tirone/Frizzo que derrubou o time para a segunda divisão, elevou teratologicamente a dívida do clube (Belluzzo também, mas ele conseguia muito patrocínio), assinou acordos esdrúxulos com a W.Torre e agentes, ajudou a atrasar as obras, trouxe jogadores irrisórios, etc. e a atual gestão teve que receber toda essa herança e tentar tirar leite de pedra. Pecou na ausência de patrocínio master e poderia se sair um pouco melhor nas negociações. Mas, me frusta não termos a Arena desde abril/13 (pzo dado pela W. Torre), só qdo voltarmos p casa é que vamos poder galgar algo melhor

Parte 1: Todas as partes: Palmeiras(sempre o bonzinho da história), W Torre (quer expor o estádio sendo o centro), corja do PT(itaquerão sem concorrência), pseudo dirigentes palmeirenses(atrasaram as obras o que podiam:arvores,saunas, etc), tem culpa;
Parte 2: 100 anos de conquistas e glórias são uma história para ser revivida e cabe sim amistoso contra qualquer clube que nos fez chegar até aqui;
Parte 3: a roda vai girar, e nós votaremos a ser grandes não no boca a boca ou revivendo a história, e sim vivenciando os alicerces de mais 100 anos de conquista e glórias simplesmente porque o estádio nos trará receitas que mesmo não acertando aqui ou ali seremos novamente protagonistas;
Parte 4: Daqui há pouco todos vão pagar pelas suas ações: quem tem arena terá de pagar e bancar o estádio(sccp, gremio,at-pr e por ai vai), o dinheiro vai minguar para muitos(sccp e bambis antecipando receitas de 2019) e nós teremos receitas extras via estádio e zero de manutenção;
Parte 5: As 3 ultimas administrações nos trazem lições: amor desmedido(belluzo) despreparo total (tirone) austeridade excessiva(nobre); independente de que for espero o próximo presidente mais equilibrado, podendo até se repetir algum desses nomes, tudo será diferente pelos erros cometido e não pelo acertos, enfim a roda vai girar e a nosso favor…..tomara que comece logo.

Cláudio.
Parabéns por mais este texto diferenciado.
Você tocou em um ponto chave – Profissionalização.
Nosso País é um dos piores lugares do mundo para se fazer negócios – Estamos em 116º lugar. Temos sérios problemas de infraestrutura. O regime tributário é um dos mais confusos e caros do mundo – temos a pior relação impostos/retorno à população. A corrupção come solta. A produtividade do País é inferior à de Chile, Panamá, Costa Rica e México – estamos em 56º lugar.
Ou seja, estamos em um país que não preza pelo profissionalismo. Quando vamos para os clubes de futebol, as mazelas se intensificam. O que já é corrupto se torna mais corrupto, o que é improdutivo fica mais improdutivo. E o Palmieras está neste bolo todo, servindo aos interesses políticos dos “donos” do futebol brasileiro que são apoiados pela grande mídia para manipular uma população com baixo nível de instrução.
Por que toda esta introdução ?
Porque, no dia em que o Palmeiras tiver uma administração verdadeiramente organizada, verdadeiramente profissional, que saiba onde esta, onde quer chegar e como fazer para atingir seus objetivos, o Palmeiras reinará absoluto no futebol brasileiro e criará um novo patamar de referência, devendo ser seguido pelos demais clubes.
Sabemos que o processo não será fácil. Teremos de enfrentar a resistência e os “interesses” dos “donos” do futebol brasileiro. Mas não podemos deixar de tentar.
Temos a oportunidade de liderar uma mudança radical no futebol brasileiro e na sociedade como um todo.
Para isto, temos que fazer nossa lição de casa. Tirando as amarras colocadas pelos velhos caciques que nos colocam na vanguarda do atraso. E não falo somente do Mustafá. Todos os que lideraram e os atuais líderes são responsáveis pelo nosso atual cenário. E como vencer estas limitações? A meu ver, com a participação maciça e cobrança contínua sobre os que comandam o clube.

Carlos, obrigado.
De forma simples posso afirmar que o atual mandatário não pensa neste caminho. Não quer e não ENTENDE como implementar a profissionalização de FATO!

E do jeito que as coisas andam Carlos me cada vez mais a vontade em dizer que não existe mais como mudar o cenário. Sai um, entra outro e os mesmos lideres continuam lá, e quando eles morrerem deixarão sua cementinhas para continuar o legado…Me arrisco a dizer que a solução é vender o time de futebol…

Cláudio,. nem o atual mandatário e nem Mustafá, Fachina, Della Mônica, Belluzzo, Palaia, Pescarmona, Frizzo, Tirone, Cippullo, Clemente, João Gavioli, Genaro Marino,, etc… não pensam e não querem implementar a profissionalização. Que é o que o Breno disse acima. Hoje não temos ninguém. O que podemos fazer é participar e cobrar mundanças. É muito parecido com o cenário político Brasileiro.

O problema do Palmeiras é similar ao problema da politíca brasieira: Tira a Dilma, colocará quem? Todos são a farinha do mesmo saco, pode tirar o Nobre e por EU lá…. Vou sofrer com a pressão política, minhas contas não serão aprovadas, minhas idéias não serão aceitas, e tudo o que eu fizer será barrado pelo COF, Deliberativo…. Eu apenas gostaria de entender o MOTIVO de tanto problema na política palmeirense, o Palmeiras não é responsável por pagar plano médico, dar moradia, saneamento, segurança…. O que deveria ser é apenas o Lazer para seus fãns….. isso é intrigante! Seria, “o mostrar poder”, “quem manda mais”??? Seria “roubos” de dinheiro que entram no clube??? Ficaria curioso em saber qual o real motivo de manter MUSGAMBÁ a 35 anos controlando tudo….. deve ser uma quadrilha e das grandes…. Suposições…. vai saber!

Para mim o buraco é mais embaixo. Ninguém me tira da cabeça que nosso estádio não ficou pronto para a copa devido a interferência do governo federal.
Já pensou se tivéssemos um estádio disponível mais bonito que a sede paulista e construído sem nenhum dinheiro público ? Seria uma saia justa daquelas para os nossos brilhantes governantes.

Ferracini, você lei a revista Exame dessa semana que fala sobre o Itaquerão?
Após a leitura percebemos que toda suspeita, incluindo a sua, não pode ser descartada.
Mas o que acho realmente é que nós, o Consórcio, não nos preparamos para aproveitar as oportunidades que surgiriam. E no final não é que elas se apresentaram e foram perdidas?
Abraço.

You Bet!!!!! Cara, isso mesmo… Nosso estádio que iníciou-se 1 ano antes do esgoto de itaquera ( e que na época não estava definido como sede de SP) foi barrado diversas vezes com alvarás municipais e só depois que tudo foi definido em pró ao LIXO, liberaram nosso estádio, e que por “coincidências” não vimos mais nenhum prefeito, governador, ninguém interferir na obra. Muito mais que na face da população paulistana, não só contra o Palmeiras, mas tb contra o Morumbi que estava com projeto pronto 3 ou 4x mais barato e que deram N´s desculpas para não jogar lá….. RESUMO: O Buraco é MUITO mais em baixo, nessa sujeira tem o LULA, R.Teixeira, Andres, Kassab…. etc etc.

Na verdade, na minha opinião, o Governo estadual e o municipal, na gestão do ex-prefeito bambi estavam fazendo de tudo para dificultar a viabilização da nossa arena para a Copa. O federal, na verdade, melou o bambinazzo planejado e criou o gambazazzo. Mas de fato, nenhuma das instâncias de poderes de estado precisaram atrapalhar muito o Palmeiras. A própria ação fraticida, ciumenta e tacanha dos grupos políticos que infestam as alamedas, se encarregaram de inviabilizar qualquer possibilidade. E agora, por mesquinharia, continuam atrapalhando até o estádio no centenário, ao invés de criarem situações positivas com os parceiros fortes envolvidos no projeto. Enquanto não tivermos um unificador da Itál …quer dizer do Palmeiras, vai ser difícil vencer a mediocridade, que já beira a ruindade extrema.

Cláudio, bom dia, ao contrário das gestões anteriores, esta se dizia profissionalizante, que trataria o futebol (assim como o clube) como um business. Não é o que eu estou vendo.

Tudo isso que você escreveu apenas reflete os fatos de que o Palmeiras foi um Gigante e hoje esta tão pequeno que ninguém nota mais. Único grande de SP Sem participação na Copa, nenhum prestigio nos Bastidores, esquecido pela TV, nenhum patrocinador interessado, sem dinheiro, sem estádio, time e dirigentes medíocres. Só restam 2 itens: história Gloriosa e impar e Ainda tem uma Torcida numerosa e apaixonada !

Mostra que o Palmeiras NÃO É NINGUÉM, está falido, não temos representantes tanto dentro do clube quanto fora dele, é por isso que o Palmeiras não tem (ou quase nulo) força nos bastidores tento no stjd, cbf e na TV. O Palmeiras só vai voltar (que na atual circunstância muito provavelmente que isso não aconteça) a ser grande quando VENDER O CLUBE para os russos e americanos!!! Ou na pior hipótese se… eu digo SE acontecer uma PARMALAT da vida que na minha opinião NUNCA MAIS isso vai acontecer de novo

Os comentários estão desativados.