Categorias
Ser palmeirense é... Você manda o Recado

Momentos inesquecíveis!

Por Anônimo Torcedor

Sim, foram dois finais de semana inesquecíveis!  bem próximos um do outro.  Para quem mora em Bauru (mais de 300 kms da capital paulista) e assistiu no máximo, umas 30 partidas da gloriosa Sociedade Esportiva Palmeiras “ao vivo e a cores”, qualquer chance de estar próximo ao amado Palmeiras é sempre momento de enorme alegria e satisfação.

Pois bem, em junho de 2007 foi o primeiro final de semana. Estive com minha filha, na ocasião ela estava prestes a completar 11 anos, na Academia de Futebol acompanhando o treinamento do Palmeiras… e no dia seguinte, fomos ao Palestra para assistir a uma partida pelo Campeonato Brasileiro daquele ano.  Inesquecível! mesmo obtendo um empate contra o Botafogo carioca.

Retornei a Bauru com fotos e mais fotos… e – claro! – levei ao trabalho para mostrar para alguns colegas Palmeirenses.  Dentre eles, mostrei para o Rafael, menor aprendiz na ocasião e para o Jorge, que na época era nosso ajudante geral.  Ambos ficaram maravilhados ao ver as fotos.  Mostrei também alguns vídeos que fiz na arquibancada do Palestra e foi neste momento que vi os olhos do garoto se encherem de lágrimas… além da emoção dos dois em ver as fotos, vídeos e de ouvir minhas “histórias”, se emocionaram quando ouviram os gritos da torcida que (en)canta e vibra.  A mim, foi emocionante ver a reação dos dois.

Depois de tudo isso, o garoto – Rafael – praticamente chorando fez um juramento: “Um dia vou ver o Palmeiras jogar no Palestra!”.   Nesse momento não tive dúvidas: peguei a tabela do campeonato eescolhemos um jogo que nos possibilitaria estarmos em São Paulo.  Seria em agosto, dois meses depois, para um Palmeiras x Flamengo, 1ª rodada do returno do Brasileirão de 2007.  Não quis nem saber quanto aos custos, avisei minha esposa: “vou fazer uma boa ação!” para com eles, para mim e, principalmente, para o Palmeiras!  vou levá-los e pronto!  custe o que custar!

Minha esposa na ocasião nem pestanejou, além de me apoiar, perguntou-me se não havia outro jogo antes da data escolhida…. “está tão longe!” disse ela.  Falei para eles que seria tudo (aliás, quase tudo!) por minha conta…. a única exceção seria o custo do ingresso de arquibancada (que era o item mais barato).  Cada um deles, pagou o seu ingresso.

Até chegar o grande dia contatei o Finelli [ nota do editor: Fabio Finelli, na época assessor de imprensa do Palmeiras ] – grande amigo!, então funcionário do Palmeiras, que viabilizou, mais uma vez, a visita na Academia de Futebol na véspera da partida. Ainda com antecedência combinei com o saudoso e querido Ronaldo Paiva para franquear a entrada deles no clube para conhecerem a estrutura e a sala de troféus no domingo pela manhã.

O assunto era um só nos dias que antecederam a viagem: a visita na Academia e assistir ao Palmeiras!  Na madrugada de sexta para sábado, 3 da matina quando passei na casa de um e de outro, estavam sem dormir com medo de perder a hora e principalmente porque não conseguiriam dormir tamanha a ansiedade.

Foi o final de semana dos sonhos para eles. Sábado pela manhã, visita na Academia.  Fotos e mais fotos!  Contato direto com os jogadores.  Lembro-me perfeitamente do Rafael, ainda quando estávamos assistindo ao treino na Academia pelo sábado de manhã… o irmão dele ligava a cada 15 minutos de Bauru para saber o que estava ocorrendo… e ele no celular, ao meu lado ia contando o quê e quem havia visto.  Sempre com o brilho e a alegria nos olhos.

Findo o treino fomos para um hotel e no domingo, tudo se reiniciou. Chegamos cedo ao Palestra e fomos fazer um tour pelas instalações do clube e conhecer a riquíssima sala de troféus.

E depois veio o jogo… e lá fomos nós para a arquibancada.  Para fechar com chave de ouro, assistimos a uma vitória do Palmeiras no Palestra lotado contra o Flamengo.  Foi a glória para eles!

Não tinha como ser diferente.  Tudo isso tornou meu final de semana – assim como o deles – inesquecível!

***

[ Fotos abaixo: Rafael (esquerda) e Jorge na Academia; Rafael e Jorge na sala de troféus
acima, Manoel Pinho, Rafael e Jorge no Palestra Italia ]

DSC02620  DSC02654

***

A coluna Anônimo Torcedor é uma homenagem a essa imensa e apaixonada torcida. É um espaço para o torcedor contar sua história, compartilhar sua emoção. Mostrar a todos que aquele cara com uma camisa verde, sem ser Avanti, organizado, sócio do clube, sem poder ir ao estádio por morar longe, esse torcedor em o mesmo sangue verde na veia.

E merece todo nosso respeito e homenagem por isso.

Por isso torcedor palmeirense de tantos rincões. Do interior de São Paulo, do Brasil, do Mundo, venha aqui amplificar esta voz! Mostra a cara, torcida palmeirense!

11 respostas em “Momentos inesquecíveis!”

Esta é a VERDADEIRA torcida do PALMEIRAS. Ouso dizer que esse é o VERDADEIRO PALMEIRAS. E não aquele amontoado de geriatras, carcamanos, cheirando urina perambulando, qual alma penada, pelas alamedas ( hj nem sei se tem ) esperando um “favorzinho” do presidente. E o pior é que os maledetos tem direito a voto. Mas NOS SOMOS O PALMEIRAS e não eles. Parabens Pinho….. realmente é de emocionar.

Os comentários estão desativados.