Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 19-05-2014: Treinador recusa méritos e vê Palmeiras resgatar trabalho de Kleina ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Treinador recusa méritos e vê Palmeiras resgatar trabalho de Kleina

Alberto Valentim conquistou sua terceira vitória no comando do Palmeiras neste domingo, mas manteve um discurso de bastante humildade. O treinador interino explicou que essa mudança de postura da equipe só foi possível por causa da determinação dos jogadores, já que não houve nenhum tipo de trabalho especial por parte da nova comissão técnica. O atual comandante, aliás, relembrou até mesmo o que foi feito por Gilson Kleina no início da temporada.

“O time resgatou aquilo que nós vínhamos apresentando antes. Ficamos um tempo sem fazer isso, mas voltamos. No Campeonato Paulista nós fizemos isso também. Eu acredito que foi um momento ruim que nós passamos, que não conseguimos fazer aquilo que vínhamos fazendo antes”, explicou Valentim, lembrando a boa fase vivida pelo Palmeiras no início da temporada.

De acordo com o interino, o trabalho feito nestas duas semanas de trabalho foi relativamente ‘fácil’, já que os jogadores demonstraram muita vontade. Alberto Valentim também quis ressaltar a conduta do elenco não só dentro do gramado, mas também nos bastidores da Academia, quando os jogadores se reúnem para acertar os detalhes internos.

“Eu sou muito novo para enganar alguém: o mérito é dos jogadores, porque a entrega deles é algo impressionante. Fica ‘fácil’ quando está todo mundo querendo. Você vê as reuniões deles, as conversas antes e depois dos jogos, é pela equipe, pelo Palmeiras. Quando os jogadores se mobilizam e tem essa organização, dá nisso que estamos vendo”, destacou o modesto treinador.

No triunfo deste domingo, por 1 a 0, sobre o Vitória, Alberto Valentim utilizou jogadores que não vinham com sequência de jogos nesta temporada, como o zagueiro Wellington, que teve a confiança do treinador para atuar até mesmo improvisado na lateral. O atacante Diogo foi outro destaque em Salvador, demonstrando muita garra em campo para ajudar na marcação.

“Eu falo o seguinte: se tem uma coisa que não é frase feita no futebol é que o treinador vai depender do elenco todo. O jogador tem que treinar forte, tem que sair esgotado do pescoço para baixo, já que o lado psicológico não é exigido nos treinos. Todo mundo está comprando essa ideia de treinar forte”, finalizou o treinador, rasgando elogios aos seus comandados.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Mesmo com novo técnico, interino espera sequência do atual trabalho

Por Andre Hernan

Enquanto a diretoria do Palmeiras busca um novo técnico para a vaga deixada por Gilson Kleina, Alberto Valentim segue com 100% de aproveitamento como interino. Ciente de que não continuará no cargo, o funcionário do clube prevê que, mesmo chegando um novo comandante, o trabalho será mantido.

– Não vai estragar nada (chegar um treinador gringo para o cargo). Não sei se o treinador será estrangeiro ou brasileiro, mas o treinador que chegar vai dar continuidade ao que estamos fazendo – afirmou, depois do triunfo sobre o Vitória, em Salvador (BA).

Entre os jogadores, os elogios ao trabalho de Valentim são grandes. Ainda assim, a cúpula do clube não cogita por enquanto deixá-lo até a Copa do Mundo no cargo, pois a pausa para o torneio de seleções é tida como vital para aquele que chegar.

O argentino Ricardo Gareca e Dorival Júnior, ambos desempregados, estão na disputa pelo cargo, com vantagem para El Tigre. A diretoria conversou com o ex-comandante do Vélez Sarsfield (ARG) na última semana e se animou com o contato. O Racing (ARG), porém, também deseja o técnico.

A expectativa é de que no início desta semana comecem a avançar as tratativas em busca de um novo comandante. Por enquanto, Valentim segue no cargo. O Verdão volta a campo na quinta-feira, para enfrentar o Figueirense, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Otimista, Palmeiras apresenta oferta para Gareca nesta segunda-feira

Passada a fase primária das entrevistas, o Palmeiras avança nesta semana na escolha do seu novo comandante. E o favorito da direção alviverde é Ricardo Gareca, que comandou o Vélez Sarsfield até o fim do ano passado. Nesta segunda-feira, o clube vai até a Argentina apresentar sua primeira oferta ao treinador.

Para fechar com Gareca e anunciar o seu novo comandante ainda nesta semana, o Verdão aposta na desvalorização do peso argentino em relação ao real. O valor convertido para a moeda local é considerado pelos palmeirenses como fora dos padrões do futebol argentino.

Depois de se encontrar com representantes do Palmeiras na última sexta-feira, Gareca, que também negocia com o Racing, da Argentina, pediu uma semana para pensar. Com a proposta do Verdão em mãos, o treinador pode decidir o seu futuro nos próximos dias.

Apesar do otimismo em relação a um desfecho positivo na negociação, os alviverdes adotam cautela e não demonstram pressa na definição. O bom desempenho do interino Alberto Valentim – triunfos contra Goiás, Sampaio Corrêa e Vitória – deu tranquilidade para a direção conversar com diversos nomes. Desde a saída de Gilson Kleina, o clube conversou com Vanderlei Luxemburgo, Dorival Júnior, Arce e Jorginho.

Com nove pontos em cinco jogos, o Palmeiras ocupa a sexta colocação do Brasileirão, dois pontos atrás do líder Internacional. Na próxima rodada, o Verdão encara o Figueirense, às 19h30, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP).

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Fábio colhe louros da boa sequência do Palmeiras mesmo sem Prass

Fábio foi eleito o substituto do lesionado Fernando Prass em uma escolha ousada da comissão técnica, que preteriu Bruno, mais experiente. Quatro jogos depois, o jovem de 24 anos se firma na posição com boas atuações e uma média baixa de gols sofridos.

“O Fábio foi fantástico, fez com que nós saíssemos vencedores”, disse Alberto Valentim, técnico interino do Palmeiras, logo após o 1 a 0 sobre o Vitória, em Salvador, no qual o goleiro foi apontado como o melhor jogador alviverde em campo.

“Goleiro não tem de escolher bola, tem de se virar. Só tenho a agradecer o apoio do Palmeiras. Todo mundo foi melhor em campo”, disse Fábio, mantendo o discurso humilde.

Contra o time baiano, Fábio interveio em dois chutes de longe e uma finalização da marca do pênalti, que ele conseguiu espalmar para longe. São quatro jogos e só dois gols sofridos. Bruno, às turras com a torcida, já não tem perspectivas de assumir o lugar durante a lesão de Fernando Prass. O jovem, então, precisa manter o nível para sonhar ainda mais alto.

“O Fabio já demonstra ess qualidade desde a época de juvenil, infantil. Sempre foi um goleiro que sempre demonstrou essa paz, até na sua presença dentro de campo. É um garoto que tem muito e evoluir. Tem biótipo, tem postura, tem tudo para se tornar mais um grande goleiro do Palmeiras”, disse Carlos Pracidelli, preparador de goleiros histórico, hoje membro da comissão técnica de Luiz Felipe Scolari, na seleção brasileira, em entrevista à rádio Globo.

O problema é a pressão que um goleiro das categorias de base do clube, caso de Fábio, pode receber. Os fracassos recentes de Deola e Bruno na função, acreditam Pracidelli, podem fazer diferença para o futuro do atual titular palmeirense.

“Tem de dar essa tranquilidade para o Fábio para que ele possa desenvolver todo seu potencial sem nenhuma cobrança em cima dele. Ele é jovem, precisa de experiência e isso vem com os jogos. Quando ocorrer o erro, tem de dar a ele toda a retaguarda”, disse Pracidelli.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ IG ESPORTE

• Nobre não apresenta condições, e Palmeiras não sabe como pagará os R$ 85 milhões

Por Gabriela Chabatura

O Palmeiras está, de fato, nas mãos de seu presidente Paulo Nobre. O último dia 15 era a data em que o mandatário se comprometeu a apresentar ao COF (Conselho de Orientação Fiscal) um planejamento de quitação de dívida de cerca de R$ 85 milhões que ele mesmo emprestou ao clube. Durante ra eunião, no entanto, o empresário alegou não ter tido tempo hábil para fazê-lo e, por esse motivo, uma nova conversa para tratar sobre o assunto ocorrerá no fim do mês.

O encontro era esperado com ansiedade pelos conselheiros, uma vez que ali seriam apresentadas a forma de pagamento e as condições para o Palmeiras quitar o valor astronômico. Ainda durante a assembleia, o COF aprovou, por unanimidade, as contas referentes ao mês de março.

Apesar do parecer favorável ao balancete, a atitude de Paulo Nobre gerou descontentamento dentro do clube. Associados alegam que, por ele ser um empresário bem-sucedido e conseguir empréstimos com maior facilidade, emprega o dinheiro para assim ser reeleito e continuar no comando.

Outro fator que pesa contra Paulo Nobre é ainda não ter fechado um patrocinador master. O Palmeiras está há um ano sem uma empresa parceira, e membros do COF criticam a postura do presidente em não diminuir receber menos que R$ 20 milhões. Aos conselheiros, Nobre diz que está em conversa com empresas, mas, por ser ano da Copa do Mundo, o mercado não tem contribuído.

Em meio a dificuldades financeiras, o Palmeiras viu o seu ex-treinador Gilson Kleina recusar uma proposta do Vitória para assim continuar recebendo salários de R$ 200 mil por mês, devido à quebra do contrato. O Palmeiras ainda busca um substituto.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ IG ESPORTE

••

BLOG DO FÁBIO SALGUEIRO

• Imagens exclusivas do Allianz Parque e a emoção de um palmeirense

20140519_Allianz-Parque_1

O Blog Salgueiro FC visitou o Allianz Parque, o novo estádio do Palmeiras, e apresenta agora um show de imagens da arena alviverde. O campo recebe os últimos acabamentos quanto à drenagem para, enfim, receber a grama.

A visão da beirada do campo impressiona o visitante. Não apenas pela beleza da arquitetura do estádio, mas sobretudo pela proximidade da torcida com o campo. É possível afirmar que a pressão será enorme sobre os rivais e, é claro, em cima do time alviverde.

Dos dois telões que fazem parte do projeto, um já está instalado. O segundo segue sendo montado. A iluminação do estádio também está adiantada, provando que os trabalhos seguem em ritmo forte.

A previsão de entrega da nova Arena é para depois da Copa do Mundo.

O Blog visitou a área interna do novo estádio e constatou que as câmeras de monitoramento já foram instaladas, assim como as caixas de som. Vale lembrar que a segurança promete ser o ponto alto do novo estádio.

A WTorre, empresa responsável pela reforma do antigo Palestra Itália, promete um verdadeiro “big brother” ao vivo durante os jogos e shows promovidos na nova arena.

Todas as pessoas que entrarem no estádio vão passar antes por um sistema de reconhecimento de face. Dentro da arena terão 64 câmeras que conseguirão identificar a fisionomia de todas as pessoas que estiverem nas arquibancadas.

Caso comece uma confusão, por exemplo, a câmera vai detectar quem são os envolvidos e o clube poderá encaminhá-los para a Polícia Militar, que terá o controle dos vídeos.

Emoção à flor da pele

Nesta última visita à arena, o Blog resolveu realizar o sonho de um torcedor fanático pelo clube e que conta as horas para poder curtir a nova casa palmeirense. “Era um sonho poder ver de perto como está ficando o antigo Palestra Itália”, afirmou o empresário Ricardo Parente. “Está ficando muito lindo. Estou emocionado e surpreso. Não é possível ter uma noção apenas vendo as imagens publicadas na imprensa.”

Ricardo foi à beirada do campo, passeou pelas arquibancadas e camarotes do Allianz Parque e não escondeu a emoção. Fez questão, inclusive, de sentar em uma das cadeiras que já estão instaladas na nova arena. “Impressionante como está tudo muito bonito. A cadeira é extremamente confortável e a visão é privilegiada em todos os setores do estádio. O problema agora é domar a ansiedade para assistir um jogo aqui.”

Com a emoção à flor da pele, Ricardo revelou qual duelo deseja ver “in loco” na nova arena alviverde. “Quero assistir a um clássico Palmeiras x Corinthians. A pressão da torcida será tamanha que nenhum adversário vai resistir. A torcida ficará muito próxima ao campo. Será um verdadeiro caldeirão”, vibrou.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO FÁBIO SALGUEIRO

••

BLOG DO LUCIANO BORGES ❘ TERRA

• Fábio salva Palmeiras, ganha elogios e agradece confiança

Alguma coisa está mudando na vida de Fábio. O goleiro titular do Palmeiras há quatro partidas anda recebendo cumprimentos dos vizinhos na Vila Menk, em Osasco (SP), onde mora. “Não mudou muito, mas já tem gente me dando parabéns quando pego o carro na garagem”, contou o arqueiro de 24 anos, nove deles passados no Palmeiras. Na vitória deste domingo sobre o Vitória (1 a 0) na Bahia, Fábio deu mais motivos para ganhar elogios. Realizou pelo menos três defesas difíceis e virou tópico nas redes sociais.

Fabio Szymonek completou o sexto jogo como titular do Palmeiras. Foi lançado no time principal pelo técnico Gilson Kleina, demitido na semana passada, que o colocou para enfrentar o Paysandu no ano passado, pela Série B. Depois da derrota para o Flamengo (2 x 4) no Maracanã, quando Fábio Prass sofreu contusão no cotovelo e Bruno sofreu três gols, Kleina decidiu escalar o reserva contra o Sampaio Correa, no Maranhão. O time foi derrotado por 3 a 1, Kleina caiu e Fábio continuou titular.

Nos últimos três confrontos, ele não sofreu gols. O Palmeiras soma nove pontos no Campeonato Brasileiro e se aproxima do G4. Fábio vem se firmando enquanto o técnico interino Alberto Valentim o mantém titular com a camisa 47. “O Fábio foi fantástico!”, afirmou Valentim.

Elogiado, o arqueiro aponta um outro fator que o ajuda a trabalhar direito.“Cargo de goleiro é de confiança. Sinto o apoio dos meus companheiros e a confiança do Valentim. Isso me ajuda muito”, disse Fábio depois do jogo em Salvador.

Considerado um cara tímido pelos colegas, Fábio diz que é mesmo um sujeito caseiro, que gosta de ficar em casa jogando vídeogame. Ele reconhece a ajuda de Kleina em 2013 quando não quis a contratação de mais um goleiro experiente, garantindo que o jovem vindo da base era uma grande promessa. “Eu só tenho que agradecer ao Gilson Kleina. Esta confiança em mim é que me deu força”, afirmou.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO LUCIANO BORGES ❘ TERRA

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• Palmeiras, o show de Fábio

Fábio foi o grande destaque do Palmeiras em seu importante triunfo diante do Vitória, em Salvador, por 1 a 0, gol de Marquinhos Gabriel: entre outras belas defesas, uma foi especialmente decisiva quando o o goleiro palmeirense, 1 metro e 96 de altura, esticou-se todo no ar e, de mão trocada,  ao estilo de São Marcos, desviou um chute venenoso e forte de Marquinhos, impedindo o gol de empate dos baianos.

Foi a terceira vitória consecutiva do time desde que passou a ser dirigido pelo competente técnico- interino Alberto Valentim (contando o jogo contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Brasil), com 6 gols marcados e nenhum sofrido, o que chega a surpreender para uma equipe que não é nenhum primor técnico e que vive a improvisar na lateral-direita, Wendell inclusive.  No Campeonato Brasileiro, já se levando em conta o critério de desempate, até o momento o Palmeiras é o melhor entre os clubes paulistas na pontuação.

Isso talvez faça diminuir um pouco a pressa ou a ansiedade pela definição do novo técnico, que pode ser o argentino Ricardo Gareca se o Palmeiras vencer a disputa com o argentino Racing, que também deseja- e muito- o ex- técnico do Velez Sarsfield.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

COLUNA DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO

• Corrida dupla

Além de buscar um novo técnico, a diretoria palmeirense tem se esforçado para contratar um lateral-direito. E o paraguaio Moreira, do Libertad, voltou à pauta de Brunoro.

••

COLUNA DO ANTERO GRECO ❘ O ESTADO DE S.PAULO

• Interino eficiente

O Palmeiras procura técnico, cisca aqui e ali. Enquanto isso, Alberto Valentim consegue o terceiro triunfo seguido: 1 a o no Vitória, com uma equipe arrumadinha.

••

COLUNA DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ FOLHA DE S.PAULO

• O estrangeiro

A provável contratação do técnico argentino Ricardo Gareca pelo Palmeiras encerra um longo período em que se pediu novidades nos bancos brasileiros. Gareca passou quatro anos no Vélez e foi campeão nacional três vezes. Não é o mais criativo e vencedor dos sul-americanos, mas pode trazer novidades.

Se tiver tempo.

Nos últimos dez anos, pelo menos duas vezes clubes do Brasil contrataram treinadores da América do Sul. O argentino Daniel Passarella começou a campanha do título brasileiro do Corinthians, mas foi substituído por Márcio Bittencourt depois de apenas 15 partidas.

O uruguaio Jorge Fossatti classificou o Internacional para as semifinais da Libertadores de 2010. Foi demitido antes de disputar o mata-mata contra o São Paulo e o treinador campeão foi o brasileiro Celso Roth.
Fossatti ficou empregado no Beira Rio por 33 jogos.

Não é justo avaliar um treinador estrangeiro com quantidade tão pequena de partidas quanto as de Passarella e Fossatti. Também não é justo condenar os brasileiros que não passam pelo menos um ano no cargo.

Mas é importante lembrar a história do futebol do Brasil para compreender como é benéfica a entrada de culturas novas. A cultura tática por aqui começou com as ideias do húngaro Dori Kruschner, no Flamengo, em 1937.

Em 1957, o São Paulo foi campeão paulista sob o comando do também húngaro Bela Guttmann. Sua influência foi decisiva sobre Vicente Feola, membro de sua comissão técnica e levado por Paulo Machado de Carvalho para a seleção brasileira na Copa de 1958.

Feola foi o campeão, o Brasil virou vencedor e a influência de Guttmann certamente contribuiu.

O Palmeiras já foi feliz com estrangeiros no seu banco de reservas. Filpo Nuñez era argentino, mas residente no Brasil, quando dirigiu a Academia, campeã do Rio-São Paulo em 1965.

Voltou mais duas vezes, a última em 1978, num período curto em que as vitórias produziram o apelido de Ciclone em sua equipe.

Está na história também o título estadual de 1966, conquistado por Mário Travaglini como interino, porque o argentino Alfredo González foi dispensado a três partidas do final da campanha. A influência estrangeira era evidente.

Gareca monta suas equipes num 4-4-2 tradicional. Não é um revolucionário, mas é competente. Só não adianta cobrar dele resultados em tempo recorde. Repetir com um argentino a experiência brasileira de demitir na terceira derrota é queimar uma ideia.

O Palmeiras preservou Gilson Kleina por 20 meses e deve fazer o mesmo com Gareca, se o contrato for mesmo assinado. Ousar é verbo poucas vezes conjugado no clube de Paulo Nobre nos últimos meses. Desta vez, a audácia deve ser elogiada. Mas é preciso dar condições de o trabalho ser avaliado até o fim.

••

52 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 19-05-2014: Treinador recusa méritos e vê Palmeiras resgatar trabalho de Kleina ❘ GAZETA ESPORTIVA NET”

“Pato surpreende e vence disputa de faltas contra Ceni, Ganso e Fabuloso”…. como a globo deu garantia e apoiou a troca do patinho para os bambis…. todo dia tem uma notícia “boa” dele, mesmo até isso abóbrinha. E nós palmeirenses sem coragem de irar o Mustafá do clube, so no fogo amigo…

Essas manchetes bambis são fodas! O Ganso faz um jogo bom em dez, e, é considerado o novo Messi. “Que falta fará à seleção”, apregoam os tricolinos da imprensa. Incrível!

Exército rubro-negro……….Maior interessado na aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, o Flamengo enviou um e-mail aos sócios pedindo que compareçam ao Plenário da Câmara para fazer lobby pela aprovação da lei. Cerca de 52% da dívida do clube entraria no programa de renegociação federal.

O pior de tudo é que o campeonato tem um nível técnico fraquíssimo. Se nossos dirigentes tivessem um pouco de ousadia poderíamos até disputar o título. Mas Paulo Nobre nem em sonho pensa nisso,
quer apenas manter o time na 1 divisão pra não perder dinheiro. Só vão trazer outro treinador depois
de pagar a multa do Girso.

França vai pro Figueirense, uma pena. Um dos melhores volantes do elenco, mas pelo jeito um cabeça fraca. Que tenham sido apenas as festas que o levaram embora, não coisa pior. Pelo bem dele.
Serginho também não fica, mas não fará tanta falta.

Serginho não fará falta nenhuma, ja o França concordo contigo, ele poderia ser MUITO util, tem qualidade e na atual conjuntura seria titular, o caso dele é tipo o do Bernardo(que está aqui agora), menino BOM de bola mas sem nenhum juizo…

Bom dia Marcelo, como vai? É brincadeira o caso do Parraga, quis apenas falar que a demora que essa diretoria usa para acertar as negociações são revoltantes. No fim não vamos trazer ninguém. Abraços.

Mendieta, M. Oliveira, M. Gabriel, Henrique, Diogo, Wendel, Victorino, Diogo, Josimar e ainda estão pensando em técnico, como se faltasse somente isso. Esses caras não servem como reserva para o Palmeiras. E ainda o Brunoro quer trazer o tal de Moreira, que somente o Palmeiras tem interesse, desconfie disso.

Brunoro deve estar indo para o paraguai para muambar….. que novela! E outra essa moreira merece tanto esforço assim, é MUITO melhor que Luis Felipe? Não sei.

A ideia de trazer um treinador estrangeiro é boa. Porém ele por si só não vais resolver os nossos problemas. Temos um elenco mediano (para não dizer fraco) e sem contratações não chegaremos a lugar nenhum.

Concordo. Tem muitos colegas iludidos com vitórias expressivas sobre o Goiás, S. Correia e Vitória, quando o campeonato afunilar, não teremos café no bule!

Confirmado: Gareca não passou na prova escrita, foi reprovado.
Parraga vem aí. Meu Deus que novela para contratar o cara.
Em relação a Prato, o Mustaphá concorda pois os pratos que têm na sauna, não são suficientes para os quitutes.

AVISO: Cuidado com esse goleiro Fábio. O cara será nosso novo goleiro, mas o goleiro narizudo dos bambis vai se aposentar, e cuidado com o VAIDAR. FICA ESPERTO NOBRE E “CEO” BRUNORO, O HOMEM DO TESÃO.
Falta ainda vazar BRUNO, WENDEL, JUNINHO PAMPERS, FELIPE SONO.
E o técnico??? Depois da entrevista vai ter teste prático, psicotécnico etc.
Esta diretoria parece a novela Maria do Bairro não termina nunca.
Para não perder o costume: Ei Mustaphá vai tomar …..

eu sempre tive a impressão de que, quando as coisas são ruins, para um palmeirense é pior ainda, pior saber que n há esperança de mudança a médio prazo nessa politica do palmeiras, ano de eleição, Nobre n é o que a gente esperava, mas se apegar ao que, perscarmona, del grande, nem no futuro podemos nos apegar.

Não há mais como ser iludido por Paulo de Almeida Nobre e seu staff, de almofadinhas, esta visível o poder da mediocridade imposta pelos mesmos que rotulavam, o Nobre colecionador de porquinhos de pelúcia ROSA, como o redentor profissional para alterar o futuro alviverde , pela competência que ate hoje é mera falácia, tendo um grupo de cegos funcionais, na vanguarda dos templários defensores de algo que jamais existiu, hoje somos um clube grande sendo administrados por anões, que tem visão encoberta pela mesma nefasta figura, que mantem poderes, pelo simples motivo de oferecer guarida , aos prostituidos senhores feudais, esta é a simples realidade dos fatos!

Esse Juninho pumpers e o Bruno mão de alface não poderiam nem passar perto do CT ! Vão ser ruins pra lá do Itaquerao
Deus nos livre dessas duas criaturas que enganam e roubam o Palmeiras

Henrique, Kardec, Barcos, Valdívia, Wéslei… concordo! Todos caros e improdutivos! Manda o Prass também! Só se machuca esse vovô! Ironic mode on no máximo! MODERATION EM 3, 2, 1, 0…

O importante è que ainda dà prà conquistar titulos nessa temporada,è sò Nobre começar a acertar e ter mais agilidade,como jà errou bastante agora tem que acertar,trazendo zagueiro,lat direito e atacante e novo tecnico,vai dà Palmeiras.

Levi, o inicio é ilusório, do primeiro fora do G-4 ao primeiro fora do Z-4, a diferença é ínfima.

Com certeza, o início é enganoso, só palmeirense sem noção viria que o time estaria as mil maravilhas. Vamos ver como o time vai se comportar nos clássicos. A conferir.

ganhamos 2 de sérios candidatos ao rebaixamento. um por culpa do juiz e outro por pura sorte. Graças ao Fábio. dos outros dois times médios (unimed e flamerda) perdemos. não sou pessimista nem profeta do apocalipse, mas se não reforçar, vai ficar feio.

França e Serginho fora…espero que a economia com os 2, seja usada para pagar um bom jogador. Vitorino come e dorme é outro que custa caro.

Finalmente Paulo Nobre e Brunnoro estão reforçando o elenco.
Devolveram serginho pro Oeste. Falta dar o fora em juninho pampers, mazinho, felipe meneses, bruno mão de alface, miguel,vitorino, josimar.
Só pelo fato desse perebas sumirem já é um reforço pro elenco.

Paulo Pobre deve estar iludindo a nossa torcida, só para váriar. É uma prática muito comum no nosso clube quando se quer desviar o foco!

Paulo nobre errou algumas vezes mas, acho que esta no caminho certo e bem intencionado(aparentemente), esta vendendo jogadores caros e improdutivos, e colocando operários que as poucos serão produtivos, o corinthias depois que subiu, ganhou títulos com jogadores que não eram muito tarimbados inclusive Paulinho, e deram certo, depois que contrataram pato, o santos contratou damiao, o time desandou, isso gera ciúmes, os operários tem que ganhar salario parecido, pra não haver briga de vaidades, valdivia adios , Wesley ou renova por menos, ou adios não fazem falta…

Discordo de você apenas em relação a Valdívia. Se ele continuar com vontade, disputando as bolas como estava fazendo nos últimos jogos, acho que a torcida palmeirense quer ele no time. Agora o que se anda comentando é que ele tá com essa vontade por causa da copa, se isso for realmente verdade, não acho que ele será decisivo de verdade depois da copa, nesse caso boa sorte pra ele em seu novo clube.

Mas eu quero esse Valdívia brigador no meu time, mesmo porque ele é um dos melhores jogadores da posição jogando no Brasil.

Quer dizer que o Henrique era improdutivo? O Alan Kardec também era? E o Barcos não era operário? Me desculpe, mas esse negócio de vender jogadores caros e improdutivos nada mais é do que a filosfia Mustafônica do “bom e barato” que está sendo adotada pelo nosso presidente Tio Patinhas. Quer dizer que o Josimar tem que ganhar o mesmo que o Wesley? Não concordo.

VIVA A DEMOCRACIA! Mas, olhos arderam ao ler este comentário. Fazer o que né? O que seria do branco se todos gostassem do verde? MODERATION EM 3, 2, 1, 0…

cara, respeito sua opinião, mas você ter certeza que acompanha futebol? assiste jogos? desafio você a mostrar um ponto positivo, só um, da nossa nobre administração.

Esqueci de colocar o link a que me fez pensar no que escrevi acima. UOL COPA “Obsessão contra verde deixa Itaquerão incompleto para a Copa“

Cara. esse Andres “Cara de areia mijada” Sanches tem raiva de todos os clubes paulistas, ele deve ter medo pois sabe que sem a ajuda da arbitragem não chega tão longe como os outros clubes da cidade. Ele brigou com o São Paulo na gestão dele e mostra mais essa mágoa com o Palmeiras, chega a ser algo doentio.
Tem coisas erradas que a atual gestão anda fazendo, mas acredito nesse modelo de gestão. Os outros times que ainda não perceberam que se todos fizessem isso poderiam ter muito mais dinheiro para montar times melhores e conseguir pagar os salários. O marketing não parece estar fazendo muitas ações, e a parte de comunicação deixa a desejar as vezes. Lembrando que quando reabrir nosso estádio vai entrar dinheiro de todos os lados, com eventos, shows e é claro jogos. Ontem na inauguração do Caçambão deu 3MI de renda para 36 mil pagantes, cara com certeza nosso estádio vai dar mais dinheiro. Com o novo estádio vamos ter sim, melhores jogadores e mais condições de brigar por títulos.
Agora, dos possíveis prováveis candidatos a presidência da SEP, quem lhe parece ser a melhor opção Paulo Nobre, Pescarmona? dos que espera que concorram?

Cara, essa entrada de dinehiro vai existirm, mas ai dizer que haverá melhores jogadores, planteis capazes de ser campeão de qualquer campeonato eu ja não acho…A diretoria palmeirense faz questão de estragar tudo SEMPRE… Sei que a pergunta não foi pra mim, mas a minha resposta é que não há hoje nenhum candidato que seja melhor do que o Paulo Nobre, mas também não existe ninguém pior do que ele…Triste não é???

Pode parecer incrivel, mas é a verdade pura. Os caras valorizam mais o Palmeiras do que nossos dirigentes. Acho que se o Andres conseguiria ter uma gestão melhor do que os cippullo , os nobres, os sapos, os brunoros da vida. Ele sabe da importancia do Palmeiras para a história, para grande parte da população desse pais. Nobre? Não tem a minima noção do que é o Palmeiras. Cippullo? Quando para pensar na história desse cara no clube lembro da Familia Soprano.
Os rivais se importam mais com o Palmeiras do que nossos dirigentes. Que triste, juro, da vontade de chorar. Espero antes de morrer, nunca mais ouvir falar em P.Nobre, mustapha, Frizzo/Tirone e Cippullo.

http://www.redebomdia.com.br/blog/detalhe/3254/Goleiro+Fabio+comeca+a+trilhar+seu+caminho
08/01/2012 14:34
“Goleiro Fábio começa a trilhar seu caminho”

Sempre que comenta sobre os goleiros do Palmeiras, o técnico Felipão elogia o jovem Fábio. No clube, ele é apontado como candidato a suceder São Marcos como mais um grande goleiro da tradicional escola da Academia. “Nesses últimos tempos, vi uma evolução fantástica do Fábio. Fiquem de olho nele, pois é um atleta comprometido”, disse o treinador, por exemplo, em fevereiro de 2011.

No último Brasileiro, com a constante ausência de Marcos, Fábio disputou com Raphael Alemão a condição de reserva imediato de Deola. A partir da 29 rodada, o revezamento acabou e Fábio tornou-se a primeira opção no banco.

Hoje, Bruno está de volta de empréstimo e deve ser titular na primeira rodada do Paulistão, na vaga do suspenso Deola. Mas não será surpresa se, em breve, Fábio conquistar espaço. A história mostra que Felipão, quando pega apreço por um goleiro, não o larga mais. Basta se lembrar de Marcos.

DIÁRIO_ Já são quantos anos de Palmeiras, Fábio?

FÁBIO_ Cheguei ao clube em 2005, aos 14 anos, vindo do Grêmio Barueri. São seis anos então, né? Fui indicado pelo Claudinei (Muza), coordenador das categorias de base do Palmeiras atualmente. Passeis seis meses no Juventus. O restante do tempo, estive por aqui.

Quem foi o técnico que o promoveu ao profissional?
Vanderlei Luxemburgo me chamou para completar alguns treinos, em 2008. Mas era uma questão mais de tapar buraco. Com a chegada do Felipão e do (preparador) Carlos Pracidelli, em 2009, subi de vez.

Como é trabalhar com a dupla que forjou Marcos e outros?
É um privilégio, mesmo. Muito goleiro bom trabalhou com o Pracidelli.

Na disputa para ver quem ficará mais perto de ser titular, você está à frente do Raphael, atualmente, não está?
Nós nos revezamos no ano passado, mas, nas últimas nove rodadas do Brasileiro, acabei indo para o banco sempre. Talvez esteja um pouco à frente. Até sonhei que entrava no jogo contra o Vasco, mas ficou no sonho. Ainda não fiz nenhum jogo oficial.

O Felipão gosta de elogiar você sempre. A que se deve isso?
Além do trabalho, acho que é pelo temperamento tranquilo, um pouco frio. A frieza, inclusive, é minha maior qualidade.

O que você sentiu quando Felipão o elogiou publicamente pela primeira vez?
Minha mãe, Maria de Fátima, foi a primeira a ver. Ela me acordou na hora, feliz da vida. Até chorou de emoção (risos).

Os goleiros do Palmeiras são todos amigos, mesmo, ou isso aí é marketing?
(Risos) Não, cara, é amizade mesmo. Deve ser porque estamos sempre treinando juntos, criamos laços. Ficamos por último no refeitório conversando, jogamos videogame, somos amigos.

O Marcão também era da turma dos goleiros? Ele faz muita falta?
Era da turma, sim. Esse jeito dele não é marketing, não. Ele é gente boa, mesmo. Convidava a gente para a casa dele. Olhar o armário dele vazio nos dá uma grande tristeza.

Todo goleiro do Palmeiras tem número fixo. Qual o seu?
É o 47. Usei pela primera vez no dia do aniversário de 47 anos do meu pai, o Zeno, por coincidência.

Já imaginou um dia ser chamado de São Fábio pela torcida?
Quem sabe, um dia, né, isso poderá acontecer? Tem um som legal, você não acha (risos)?

Dificuldade em arranjar patrocínio…em função de dificuldade de manejar o ego….

O Staff da RedBull que o diga…

AVANTI PALESTRA!!!

Os comentários estão desativados.