Categorias
Drops

Drops 03-06-2014: 495 dias depois…

No dia 23 de janeiro de 2013 a então nova diretoria de marketing palmeirense estava sendo empossada.

São quase 500 dias.

E não há nada para comemorar.

***

Brunoro veio dizer na segunda-feira, dia 2 de junho, 495 dias depois que Paulo Gregoraci assumiu (e Brunoro)  que

“Palmeiras tenta compensar falta de patrocínio com ações de marketing”.

***

Algumas justificativas do CEO (fonte: Gazetaesportiva.net):

“Brunoro destacou a TV Palmeiras, a revista, o site do clube e o programa Avanti (de sócios-torcedores)”.

Nota do estagiário: site do clube? revista?

“O (patrocínio) máster não é o foco do marketing, de um modo geral. O Palmeiras trabalha com três vetores: estratégia de marca, torcida e comercial. O plano de sócio-torcedor do Palmeiras foi o que teve crescimento mais exponencial. Com as ações feitas em 2014, já atingimos parte do valor que conseguiríamos com um patrocínio máster. O departamento de marketing não está parado”.

Nota do estagiário: como assim o patrocínio master não é o foco?

***

Vamos agora à entrevista de Paulo Gregoraci, diretor estatutário de marketing, que em 23 de janeiro de 2013 foi nomeado o principal responsável pela estratégica e importantíssima diretoria palestrina (a fonte é Coluna Revista Época Negócios de 6 de fevereiro de 2014 em matéria As três prioridades do novo marketing do Palmeiras).

Os trechos são da entrevista.

“1. Patrocínios
Para um clube que assumidamente não tem dinheiro, a primeira preocupação do novo marketing é conseguir verba. A meta de Gregoraci é elevar a receita com patrocínios e publicidade entre 20% e 30% em relação à que o time obteve no ano passado e chegar a R$ 40 milhões.”

Seguramente este foi o maior fracasso desta diretoria. Patrocínio – ao contrário do que tenta passar Brunoro – é importantíssimo. É a maior fonte de receita depois dos direitos de TV. Mais ainda: Gregoraci prometeu receitas em 2013 (de patrocínio e publicidade) de 20% a 30% maior do que em 2012.

“2. Sócio-torcedor
O programa de sócios-torcedores é a segunda prioridade de Gregoraci. Atualmente, há 13 mil associados com mensalidades em dia, e a meta é elevar este número para 40 mil até o fim deste ano.”

Sim, este programa atingiu os 40 mil. Está estacionado nesta marca desde o ano passado. É o sétimo clube em sócios, atrás de Inter, Grêmio, Cruzeiro, Flamengo, Santos, Corinthians (fonte: Por um futebol melhor).

Acredita-se que o programa só terá um salto se: 1. deixar de ter o apelo de desconto de ingresso e oferecer vantagens reais aos palmeirenses que estão no interior de SP e do Brasil; e 2. se o time e diretoria encantar o palmeirense. Coisas que não vêm acontecendo nos últimos tempos.

3. Branding
Muitos sabem que o Palmeiras é um grande clube e tem uma marca forte. Mas basta falar em Palmeiras para que as pessoas o associem a desordem e má gestão.

Gregoraci quer mudar esta história.

“A marca Palmeiras é muito forte, tem 15 milhões de torcedores fiéis, mas que estão distantes. É um trabalho de longo prazo, mas que teremos de fazer para fidelizar o nosso consumidor”

Efetivamente não sabemos o que foi prometido aqui. Não conseguimos avaliar.

***

O ponto é: a atual gestão tenta encobrir seus fracassos no tema marketing com ações pontuais do centenário. Projetos interessantes, pena que anunciados tardiamente. Além disso estamos passando um centenário de brigas (WTorre, organizada, jogadores) e “não seremos reféns dele”. Seguramente essa postura não ajuda a atrair parceiros comerciais.

E o único projeto efetivo de marketing dessa diretoria, o Avanti, se confunde com uma ação política.

TV Palmeiras é um achado. A equipe que está tocando o projeto – toda terceirizada – acertou na mão. Nada é à toa.

O site palmeirense chegava a ser o 2o em visitação no Brasil entre 2009 e 2010, bem como sua loja online era a segunda (e muitas vezes a primeira) em vendas no Brasil comparando os principais clubes brasileiros.

Seria interessante saber esses números hoje.

Revista do clube dispensa comentários.

***

Ou seja, depois de 595 dias, andamos prá trás no marketing.

***

E por falar em andar prá trás, o Presidente na tarde desta 2a feira em entrevista coletiva tinha apenas que discorrer sobre os eventos de marketing do centenário.

Perguntado sobre Gareca e as declarações de reforços do treinador, poderia não responder. Ou confirmar que o Palmeiras , grande que é, sempre está atrás de oportunidades de fortalecimento de seu elenco.

Mas não: preferiu desmentir o treinador dizendo que “Gareca brincou sobre reforços”.

Impressionante: esta diretoria não permite ao palmeirense o menor dos sonhos. Qual foi nosso pecado?

Segue o jogo…

79 respostas em “Drops 03-06-2014: 495 dias depois…”

Fazer marketing com uma torcida brochada, não me parece inteligente. Ta difícil, estamos sendo zoado o tempo todo e mal podemos reagir, alias não podemos. Paulo Nobre é um viagra ao contrário.

Os reforços prometidos para o Gareca de “brincadeirinha” estão lembrando os camarões do Felipão, a tendência é o cara fica p. da vida e ameaçar sair a cada sequência ruim do time… MODERATION em 3, 2, 1, 0…

olha amigos palestrinos! nao adianta a gente ficar aqui opinando, falando, questionando, etc… etc…
essa é a pior diretoria de todos os tempos do palmeiras, a maioria pensa assim. mas ao adianta nada a gente ficar aqui comentando sobre isso, temos que agir amigos! vcs lembra o que aconteceu no ct dos gambas? depois disso mudou muita coisa, e o que a gente fez até agora desde que essa diretoria mediocre, incompetente, ridicula, medrosa, filha da puta, etc… etc… assumiu o nosso palmeiras? nao fizemos nada, nada, nada. se nao agirmos agora, depois pode ser tarde demais amigos, pensem nisso. o beluzzo é palmeirense de coraçao, ele tentou fazer o nossso palmeiras de novo forte, mas infelismente barrou na incompetencia dos outros dirigentes canalhas, corruptos, bandidos, safados, etc… etc… temos que agradecer sempre o beluzzo amigos! pelo menos ele tentou, ao contrario desse pauloenganobre e burronoro, que vendeu nosso melhor jogador pro gaymio. perdeu o kardec pro nosso pior rival no momento, só contratou perna de pal, e vendeu nosso maior xerifao e até agora ninguem sabe, ninguem viu o dinheiro do nosso ex xerifao. se a gente nao abrir os olhos, vamos cair cada vez mais, corremos sm, risco de serie b novamente. o pior que é no ano do centenario. volta B E L L U ZO. fora paulo enganobre e burronoro. estamos hj em 11 lugar no campeonato brasileiro sem nossas peças principais, era pra gente estar bem melhor na tabela. se tivessemos mais dois laterais, um meio de campo, um zagueiro e mais um atacante. brigariamos por todos os titulos. mas infelismente estamos jogados as traças caros palestrinos. pq se depender dessa diretoria estamos fudidos. e outra coisa! nós só nao ganhamos o brasileiro em 1999 por causa do bicho dos jogadores. eles pediram um valor, e o palmeiras quiz pagar outro, entao eles começaram a fazer corpo mole. e deu no que deu… infelismente foi isso que aconteceu. repudio essa diretoria, volta B E L L U Z O urgente! o palmeiras prescisa demais de vc.

Sinceramente quem apoia a atual diretoria consequentemente está apoiando também o Mustafá e digo que são inocentes e na minha opinião a atual diretoria não é do ramo!!!

Tanto os sócios como os torcedores deveriam fazer uma campanha para que Beluzzo se candidatasse à Presidência na próxima eleição. Ter que votar no cara do hambúrguer no pin
guço ou nesse idiota do Nobre é melhor votar em branco. Tenho certeza que se Beluzzo concorresse e ganhasse o saco de banha teria um infarto e quem sabe assim nos livraríamos desse
turco FDP.

O Belluzzo deixou grandes legados. Primeiro foi destruir a hegemonia do Sr Mustafá, segunda foi a Arena, e por fim a visibilidade que deu ao clube com a decisão de ser seu presidente. O legado do Paulo Nobre conheceremos mais tarde, mas sinto o clube mais moderno. As negociações não são mais discutidas na sauna do clube, ninguem contrata jogador na quadra de tenis e tem blogueiro em depressão. Está organizando o clube social de maneira preparar o terreno de maneira que possibilite separar o centro de custos. E se o Belluzzo nos possibilitou a Arena, o Nobre está nos possibilitando sonhar com 1,5 bilhao de reais ao longo de 30 anos com as 35 000 cadeiras. Sei que queremos mais, separar definitivamente futebol e social; ampliar a eleição; fim do filtro para candidatos … etc, mas Deus não constuiu o mundo no primeiro dia. Romper com as “organizadas” já foi um bom passo.

Os comentários estão desativados.