Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 01-06-2014: Gareca prevê ‘trabalho árduo’ para colocar Verdão na Libertadores ❘ LANCENET

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Gareca prevê ‘trabalho árduo’ para colocar Verdão na Libertadores

Por aquilo que viu do Palmeiras, Ricardo Gareca já sabe que terá trabalho para levar o time ao menos para a Copa Libertadores de 2015. Próximo de acabar a fase de análise das tribunas, o comandante reforçou a necessidade da chegada de reforços. Tobio e Lucas Pratto, ambos do Vélez Sarsfield (ARG) e comandados por ele na equipe argentina, estão na mira.

– Não é que não gostei (do que viu), até acho que o time não mereceu perder (contra o Botafogo), mas para a exigência do Palmeiras, que vem de dois rebaixamentos, precisamos de reforços. A torcida quer ver o time brigando em cima – falou o argentino, em entrevista à rádio do Vélez (ARG), de seu ex-clube.

Gareca e sua comissão técnica têm tido pouco contato com o elenco, deixando a função, por enquanto, ao interino Alberto Valentim. Houve uma conversa com alguns jogadores, mas outros ainda não falaram com El Flaco, como o centroavante Henrique. O comandante assume dia 13 de junho, quando o grupo volta da folga após a pausa para a Copa do Mundo.

O argentino por enquanto evita projetar o time na próxima Libertadores. Embora o Verdão esteja flertando com o G4 antes da pausa para o Mundial, ele prefere manter a posição de não fazer promessas. Questionado sobre um possível embate com o Vélez na Libertadores de 2015, Gareca respondeu:

– Temos um trabalho árduo no Palmeiras. A coisa não está muito bem, digamos. O Palmeiras tem que se classificar na Libertadores, algo que não é fácil, mas tomara que possamos estar na Copa. Não gostaria de pegar o Vélez, mas pelo destino quiser, vamos jogar – reforçou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Por tranquilidade na Copa, Grêmio e Palmeiras se mobilizam por reação

Grêmio e Palmeiras se enfrentam neste domingo, às 16h, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), mobilizados por uma reação final antes da paralisação para a Copa do Mundo. Os dois times se encontram após tropeços recentes e querem uma vitória para garantir tranquilidade durante o período de recesso do Brasileirão.

Depois da fartura, com três vitórias consecutivas, veio a turbulência. Nas duas últimas rodadas, o Grêmio teve rendimento abaixo do esperado. Foi assim na derrota por 1 a 0 contra o São Paulo e também no empate sem gols com o Sport. Por isso, diretoria e comissão técnica querem a vitória. Fora do G-4, mas a apenas dois pontos do líder Cruzeiro, o Tricolor busca o resultado para se aproximar do grupo de cima da tabela.

Na despedida do técnico interino Alberto Valentim, o Verdão também precisa vencer para brecar a sequência de duas derrotas recentes. O objetivo é deixar o time, atualmente nono colocado, com 12 pontos, na melhor posição para o argentino Ricardo Gareca assumir definitivamente, a partir do dia 13 de junho.

A partida também vai marcar o reencontro de Barcos, centroavante do Grêmio, com o Palmeiras, time pelo qual fez sucesso principalmente no ano de 2012. A polêmica transferência do argentino rendeu uma troca confusa entre os clubes, até hoje questionada por torcedores alviverdes, e forte rejeição dos palmeirenses. Pelo clube gaúcho, o Pirata vive momento de cobranças e críticas, mesmo sendo o artilheiro da temporada, com 17 gols. Ele não balança as redes há quatro partidas e foi um dos principais questionados após a queda na Libertadores.

O árbitro Jailson Macedo Freitas apita a partida, auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Adson Marcio Lopes Leal. A TV Globo transmite a partida ao vivo para os estados de SP, SC (Chapecó e Joaçaba), PR, MG (Belo Horizonte, Uberlândia e Ituiutaba), com Cleber Machado, Roger Flores e Leonardo Gaciba. O Premiere também mostra o jogo para todo o Brasil, com Luis Alano e Mario Marcos. O GloboEsporte.com acompanha todos os lances, em Tempo Real e com vídeos exclusivos, a partir das 15h30. O jogo é válido pela nona rodada do Brasileirão.

AS ESCALAÇÕES

Grêmio: o técnico Enderson Moreira conta com uma dúvida. Sem Bressan, lesionado, Rhodolfo deverá reassumir a posição. Mas pela falta de ritmo, Saimon também tem chance de ser utilizado na zaga. Já na lateral esquerda, Marquinhos deverá realizar a primeira partida pela equipe tricolor. A tendência é de que o Grêmio seja escalado com: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo (Saimon) e Marquinhos; Edinho, Ramiro, Rodriguinho, Alan Ruíz e Dudu; Barcos.

Palmeiras: Alberto Valentim não definiu o substituto de Wesley, mas existe a possibilidade de Wellington ganhar o seu lugar. Assim, Marcelo Oliveira voltaria a ser volante e o time jogaria da seguinte forma: Fábio; Wendel, Lúcio, Wellington e William Matheus; Renato, Marcelo Oliveira, Marquinhos Gabriel e Felipe Menezes; Diogo e Henrique.

QUEM ESTÁ FORA


Grêmio: Enderson Moreira tem cinco desfalques. O zagueiro Bressan, com lesão muscular, e o volante Riveros, que rompeu o ligamento do joelho direito, seguem em recuperação no departamento médico. Pedro Geromel voltou a treinar com bola nesta sexta-feira, mas ainda está sem ritmo de jogo. Com a seleção brasileira sub-20 no Torneio de Toulon, o meia Luan segue fora, assim como o lateral-esquerdo Breno, que integra a seleção sub-19 que viaja à Ásia para o Panda Cup.

Palmeiras: Mendieta, com torção no tornozelo direito, Valdivia e Eguren, nas seleções de Chile e Uruguai, respectivamente, Leandro, com a seleção brasileira sub-21, Fernando Prass, com fratura no cotovelo direito, Wesley, suspenso, e Juninho, que pediu para não jogar e está à procura de um novo clube.

PENDURADOS

Grêmio: Barcos, Dudu e Pará.

Palmeiras: Henrique, Josimar, Lúcio e Wesley.

O ÁRBITRO

Jaílson Macedo Freitas

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Em Caxias, Verdão reencontra Barcos e busca paz no adeus de Alberto

Na busca para retomar lugar entre os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro, Palmeiras e Grêmio se enfrentam às 16 horas (de Brasília) de domingo, em Caxias do Sul com o centroavante do clube gaúcho como ingrediente. No último jogo com Alberto Valentim como técnico, o Verdão reencontrará Barcos pela primeira vez.

O duelo no estádio Alfredo Jaconi terá o argentino como rival do Verdão após sua contestada saída do clube, quando criticou a diretoria alegando que queria ficar e acabou sendo considerado traidor por torcedores, embora o presidente Paulo Nobre receba contestações de conselheiros mesmo mais de um ano após a negociação.

O foco de Alberto, porém, é não valorizar tanto o reencontro com o centroavante, que não marca há quatro jogos. “O Barcos é um grande jogador, um número 9 muito forte que também sabe jogar fora da área. Mas o time todo do Grêmio preocupa, está bem no Brasileiro, e vamos passar as características de todos os jogadores, a qualidade de cada um e o modo que jogam para anular na parte tática”, disse o interino.

Os gaúchos, contudo, buscam recuperação. Perderam para o São Paulo e empataram com o Sport, iniciando a nona rodada na sétima colocação, com 14 pontos. Mas está a apenas dois do líder Cruzeiro. Uma vitória poderia recolocar os gaúchos no G-4, objetivo do time.

“Infelizmente não conseguimos o resultado positivo, mas um ponto na Ilha do Retiro não é de todo mal. É um campo difícil de jogar, que estava muito pesado por causa da chuva. Muitos times vão perder pontos aqui”, analisou o goleiro Marcelo Grohe, destaque no 0 a 0.

O Grêmio terá uma volta importante: o zagueiro Rhodolfo, que não atua desde a final do Gauchão, há quase 50 dias e aproveita a vaga deixada por Bressan, que se machucou. Ramiro também retorna após cumprir suspensão. O paraguaio Riveros, lesionado, e Luan, convocado pela Seleção sub-21, estão fora. Breno, chamado pela Seleção sub-19 para a disputa da Panda Cup, na China, abrirá espaço para a estreia de Marquinhos.

O Verdão também estará bastante desfalcado. O goleiro Fernando Prass, o zagueiro Thiago Martins e o meia Mendieta tratam de lesão, o volante Wesley está suspenso por ter sido expulso na última rodada, o volante Eguren e o meia Valdivia treinam com Uruguai e Chile para a Copa do Mundo, respectivamente, e o atacante Leandro disputa o Torneio de Toulon, na França, com a Seleção Brasileira sub-21.

Do time que perdeu do Botafogo, a única novidade deve ser a entrada de Wellington na zaga, com Marcelo Oliveira atuando como volante ao lado de Renato. O meia Bruno César poderia ser uma opção para deixar Felipe Menezes no banco, mas se recuperou de lesão muscular recentemente.

Em seu adeus antes de dar lugar a Ricardo Gareca, Alberto Valentim tenta deixar as duas derrotas nos últimos jogos de lado e busca a quinta vitória em sua sétima partida como interino.

“Minha passagem foi positiva até o momento, o Palmeiras passou de fase na Copa do Brasil e melhoramos nossa condição na tabela do Brasileiro. Agora, quero fechar da melhor maneira possível conquistando três pontos em Caxias do Sul”, disse o técnico, que assumiu o time perto da zona de rebaixamento e iniciou a rodada a quatro pontos do líder.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Grêmio e Palmeiras tem Barcos de protagonista e desafeto das duas torcidas

Grêmio e Palmeiras poderia ser uma festa para Barcos. O encontro marca a primeira vez do Pirata contra a equipe paulista, no duelo entre dois únicos clubes que ele defendeu no Brasil. Mas o que se apresenta é exatamente o contrário. Tanto tricolores quanto alviverdes não mostram apreço algum pelo argentino. Criticado pela maneiras que deixou o time de São Paulo e pelo mau desempenho em Porto Alegre, ele é protagonista de encontro das 16h, no estádio Alfredo Jaconi, pela 9ª rodada.

Barcos deixou o Palmeiras no início do ano passado. Mas os bastidores de sua saída permaneceram por muito tempo ainda discutidos. O jogador disse que a direção palmeirense agiu de forma errada, o expôs para torcida dando a entender que ele havia saído do clube por dinheiro. Enquanto os cartolas até nota oficial divulgaram para rebater o jogador.

“Barcos deixou muito claro, à diretoria e aos jornalistas, que preferia se transferir por entender que não teria chance de defender a seleção de seu país disputando a Série B e por ter uma proposta salarial maio”, disse a nota palmeirense.

“Sinceramente ficou meio ruim [relação com a torcida]. Ficou um sentimento porque saí da maneira que não era esperada, num momento que eu pessoalmente não esperava. Foi por causa de um pedido da diretoria. Tive a oportunidade de ir para o Grêmio, sabia que era boa, mas não da forma que eu saí do Palmeiras. Não sai da forma que queria, quando te obrigam a sair”, rebateu Barcos.

A transação foi alta. O Grêmio pagou um valor ao Palmeiras, outro a LDU [clube anterior do atleta], mais um pedaço ao jogador, e ainda mandou ao clube do Parque Antártica quatro atletas: Léo Gago, Leandro, Vilson e Rondinelly.

Em Porto Alegre, Barcos foi recebido com festa. Mas os gremistas pouco comemoraram com ele quando a bola começou a rolar. Foram bons jogos no início, mas depois jejum de gols e muitas cobranças. Atualmente ele é alvo de campanha na internet, que pede sua saída do Grêmio. Já foi pressionado e discutiu com torcedores. Inclusive, através das redes sociais, os aficionados gaúchos marcaram um evento de despedida do jogador na partida deste domingo.

Será o primeiro jogo de Barcos contra seu ex-clube porque no ano passado o Palmeiras jogou a segunda divisão e não teve encontros com o Grêmio.

Em campo, o time gaúcho terá algumas alterações em relação ao último jogo. Ramiro volta ao meio-campo, Rhodolfo entra na vaga de Bressan na zaga e Marquinhos estreia na lateral esquerda. Com 14 pontos, a meta do Grêmio é terminar a primeira parte do Brasileiro perto do líder.

Enquanto isso, o Palmeiras vem de duas derrotas consecutivas para Chapecoense e Botafogo e precisa vencer para entrar na pausa da Copa do Mundo com um ambiente mais tranquilo. Ricardo Gareca assumirá o time no dia 13 de junho, logo após o curto período de férias que o elenco terá após o jogo deste domingo.

Para a sua despedida à frente da equipe, Alberto Valentim tem desfalques importantes. Valdivia está na seleção chilena, Eguren, na uruguaia. Fernando Prass está se recuperando de operação no cotovelo direito, enquanto que Wesley está suspenso pelo cartão vermelho. Juninho, lateral esquerdo, pediu para sair e também não será relacionado. Mendieta, machucado, é dúvida.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

BLOG DO JORGE NICOLA ❘ IG ESPORTE

• Valdivia fica fora de álbum de figurinhas do Brasileirão e especulação sobre sua saída do Palmeiras cresce

O Palmeiras não esconde que sonha em vender Valdivia durante a pausa da Copa do Mundo. Nesta semana, porém, o assunto ganhou uma novidade: o meia, um dos principais ídolos do clube, não estará no álbum de figurinhas do Brasileirão.

Será a primeira vez desde 2010, quando voltou ao Brasil, que o chileno ficará de fora da coleção produzida pela Panini. Foi o suficiente para pessoas dentro do Palmeiras afirmarem que existe alguma negociação avançada de Valdivia.

É importante afirmar que são os clubes que enviam à Panini a relação dos atletas que serão fotografados. A partir daí, a empresa negocia individualmente com cada jogador os valores do cachê.

Osório Furlan Junior, conselheiro palmeirense e dono de 36% dos direitos econômicos do meia, chegou a afirmar recentemente que dois clubes do Leste Europeu o sondaram.

Por sua vez, Valdivia contratou Wagner Ribeiro como seu empresário em maio – foi Wagner quem vendeu, por exemplo, Neymar, Lucas, Robinho e Kaká para a Europa.

Valdivia acabou adquirido pelo Palmeiras por R$ 14 milhões. Sem dinheiro, o então presidente Luiz Gonzaga Belluzzo se viu obrigado a pegar uma carta de crédito do Banco Banif para pagar o Al Ain e o valor final da negociação, com juros e correção, passa dos R$ 36 milhões.

A dívida foi parcelada em 48 prestações e custa R$ 750 mil por mês ao presidente Paulo Nobre. Isso, sem contar o salário de R$ 500 mil mensais do Mago, cujo contrato termina em julho do ano que vem.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JORGE NICOLA ❘ IG ESPORTE

••

2 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 01-06-2014: Gareca prevê ‘trabalho árduo’ para colocar Verdão na Libertadores ❘ LANCENET”

Vender o Valdivia, tudo bem! Quero ver reposição a altura ou melhor! Difícil ….. Mas o que o colega acima escreveu é fato, foram quase 1,5 ano decepcionantes dessa direção. Conseguiram montar um time certinho, com base e depois DOOU os melhores jogadores.

Mandato de um presidente. Nenhum presidente conseguiu deixar o Palmeiras sem patrocinio por tanto tempo, conseguiu brigar com a torcida, com a W.Torre, brigar com os principais jogadores e mandá-los de graça para os adversários deixando o time da série A mais fraco que o time que subiu na série B. Agora Nobre tem apenas 6 meses para salvar o pior legado deixado por um presidente palmerense !!!

Os comentários estão desativados.