Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 18-07-2014: Gareca já começa a lançar garotos, mas aumenta pedido por reforços ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Gareca já começa a lançar garotos, mas aumenta pedido por reforços

Na semana de sua estreia no Palmeiras, Ricardo Gareca teve que lidar com as negociações de Valdivia e Marquinhos Gabriel com o futebol árabe e, em campo, constatou as necessidades do time na derrota para o Santos, nessa quinta-feira. O técnico aproveitou o clássico para lançar garotos, mas intensifica o pedido por reforços.

Apesar da carência na armação, o ataque preocupa o argentino, até porque Leandro o tirou do sério na Vila Belmiro com mais uma apresentação omissa. Para o setor, já chegou Mouche, que deve estrear neste domingo contra o Cruzeiro, e o treinador ainda espera por Lucas Pratto, do Vélez Sarsfield, ou Facundo Ferreyra, do Shakhtar Donetsk.

Sem nenhum dos dois, Gareca lançou Érik, formado na base do clube, no clássico em que não pôde contar com Henrique, suspenso. “O Henrique é um grande jogador, mas precisamos de mais um atacante. O Érik mostrou coisas interessantes e estou observando, mas temos que melhorar”, analisou o técnico.

Em comparação com Leandro, Érik, de 19 anos, se mostrou muito mais eficiente, já que obrigou o goleiro Aranha a realizar boa defesa para evitar seu gol. Outro garoto que saiu do banco na Vila foi Eduardo Júnior, meia usado para ajudar Mendieta no lugar de Bruno César, outro que irritou Gareca por conta de sua apatia em campo.

Eduardo Júnior tem 18 anos e vai ganhando experiência enquanto não chega Maxi Moralez, meia do Atalanta solicitado pelo técnico. “Acredito nos jovens. Se eles não jogarem, não terão experiência”, justificou o argentino, ainda paciente e compreensivo com a frágil situação financeira do Palmeiras.

“A diretoria está fazendo o que pode. Contratar jogadores não é fácil, custa muito dinheiro. Mas eles estão negociando. E não posso ficar pensando em reforços, senão não me concentro no time. Tenho muito trabalho para fazer e confio em nossa capacidade técnica e nos jogadores que temos”, incentivou.

O próprio elenco, contudo, sabe que dificilmente chegará longe no Campeonato Brasileiro com o plantel atual. “Perdemos jogadores de qualidade. Agora vamos ver o que a diretoria vai fazer para reforçar o time. É natural que precisamos de reforços para somar ao nosso grupo e seguirmos em frente”, indicou Wesley.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Forçado a improvisar, Gareca pede contratações, mas já vê sua marca tática

Ricardo Gareca ainda não pôde contar com a força máxima de seu plantel na sua estreia, na derrota por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, na noite da última quinta-feira (17). Forçado a improvisar, o treinador argentino pediu reforços para o Palmeiras após a partida, mas já pôde colher frutos de seus dias de treinamento na Academia de Futebol.

O que ficou mais evidente no primeiro tempo foi a preocupação das duas linhas de quatro exaustivamente treinada por Gareca durante os treinos, com dois atacantes ajudando no combate. O time se preocupou muito em recompor o sistema defensivo e dificilmente a barreira foi furada. Tanto que a primeira finalização foi só após os 20 minutos do 1º tempo, e o gol que abriu o placar saiu na bola parada.

Buscando o empate, no entanto, a equipe se expôs na etapa complementar, deixou de lado a obediência e ainda sofreu o segundo gol. Para piorar, o comandante viu que terá muita dificuldade para armar jogadas de perigo, com Bruno César inoperante, e Leandro e Diogo falhando muito na hora de atacar.

Leandro, aliás, foi alvo de críticas durante a partida. A transmissão do Premiere FC relatou que o banco palmeirense “cornetou” o atacante, especialmente após Erik entrar na partida e levar perigo ao gol de Aranha. “Já fez mais do que o Leandro no jogo inteiro”, disse um membro da comissão, de acordo com a transmissão.

Em contrapartida, Gareca disse ter gostado de ver o estilo “hermano” de seus atletas. Na entrevista após o jogo, elogiou a vontade dos atletas e a busca incessante pela bola. O que faltou mesmo foi a qualidade técnica. Até por isso, ele pediu reforços.

“Faltam alguns jogadores que estavam suspensos, outros lesionados e eu acho que com reforços vamos melhorar”, resumiu.

Desde que chegou, o técnico viu Fernando Tobio e Pablo Mouche chegarem, mas segue sem opções para a lateral direita. Weldinho, que não conseguiu ser aproveitado, voltou de empréstimo e ainda assim é reserva de Wendel. Na esquerda, preferiu improvisar Marcelo Oliveira a usar William Matheus. À frente, não contou com Henrique e precisou montar um time sem referência.

Na próxima partida, diante do Cruzeiro, no domingo, no Pacaembu, ele conta com a volta de Henrique e também de Lúcio, e tem a esperança de escalar Pablo Mouche. Em contrapartida, terá os desfalques de Marcelo Oliveira e Wesley, suspensos.

“Tenho muito trabalho a fazer, eu sabia disso, mas confio na nossa capacidade e também na dos jogadores”. 

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ BAND SPORTS

• Gareca pede melhoras após derrota na estreia

Após estrear no comando do Palmeiras com derrota para o Santos por 2 a 0, o técnico Ricardo Gareca elogiou a entrega dos jogadores, mas admitiu que o time precisa melhorar. Apático durante praticamente toda a partida, o Verdão priorizou a marcação e não mostrou criatividade no ataque.

– O Palmeiras mostrou atitude e não tenho nada a reclamar disso. Meus jogadores deram tudo em campo, mas temos que melhorar, disse o argentino logo na primeira resposta da entrevista coletiva.

– Temos jovens muito bons, temos que dar-lhes tempo. Faltam alguns jogadores que estavam suspensos, temos também os lesionados, e penso que virão alguns reforços, e bom, penso que devemos melhorar para o próximo jogo, sobretudo no “futebolístico”. Gosto do time, gosto do elenco, mas hoje Santos foi melhor que o Palmeiras, completou.

E a melhora esperada por Gareca precisa ser instantânea, já que o próximo compromisso do clube promete ser dos mais complicados. No domingo, o Palmeiras recebe o líder Cruzeiro no Pacaembu.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ BAND SPORTS

•• 

NOTICIÁRIO ❘ BAND ESPORTE

• Gareca pede melhoras, no time e no idioma

O argentino Ricardo Gareca fez sua estreia como treinador do Palmeiras no clássico contra o Santos na Vila Belmiro, quando seu time foi derrotado por 2 a 0. Apesar de ter elogiado a postura dos jogadores na partida, ele quer que o time melhores para as próximas partidas e se desculpou por ainda não dominar o português.

“O idioma ainda é um problema para mim e peço desculpas porque não é o ideal para uma coletiva de imprensa, mas tenho uma grande colaboração dos jogadores que me facilitam muito. Apesar de gostar da postura deles em campo, sabemos que temos que melhorar muito para a sequência”, disse ele após o jogo.

Gareca disse que os jogadores deixaram “tudo dentro de campo” e que o Santos soube aproveitar as chances que teve e que, apesar de pedir contratações, não pode ficar pensando nelas.

“Eu tenho muito trabalho para fazer e sabia disso, mas confio nos jogadores que temos e na sua capacidade técnica. A diretoria está tentando contratar, mas é difícil, e eu não posso ficar pensando nisso, porque se penso em reforços não estou concentrado no time e tenho que estar focado no time”, declarou.

O treinador adiantou que o atacante argentino Pablo Mouche, contratado recentemente pelo Palmeiras, já deve estar à disposição para a partida do final de semana contra o Cruzeiro, mas não garantiu ele como titular.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ BAND ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Mouche treina e pode ser a novidade do Palmeiras contra o Cruzeiro

Por Fabricio Crepaldi

O elenco do Palmeiras voltou a treinar na manhã desta sexta-feira, na Academia de Futebol, pouco tempo depois da derrota por 2 a 0 para o Santos, na noite desta quinta, na Vila Belmiro.

O técnico Ricardo Gareca comandou um trabalho em campo reduzido com os reservas. A novidade foi a presença do atacante argentino Pablo Mouche, recuperado de dores musculares. Ele participou da atividade sem limitações e deve estrear no jogo de domingo, contra o Cruzeiro.

Divididos em duas equipes, os jogadores que não começaram o duelo com o Peixe se enfrentaram em metade do campo. Felipe Menezes, recuperado de torção no tornozelo esquerdo, foi outro que treinou e pode voltar no próximo jogo.

Enquanto isso, os titulares ficaram algum tempo na academia e depois foram ao gramado, mas apenas para disputar algumas partidas de futevôlei.

No domingo, Gareca não poderá contar com Wesley e Marcelo Oliveira, suspensos – o volante já não atuaria por pertencer ao Cruzeiro. Por outro lado, Lúcio e Henrique, que não pegaram o Santos, estão livres para retornar.

O elenco volta a treinar na manhã deste sábado, novamente na Academia de Futebol. 

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Nobre sugere que Palmeiras lhe devolva R$ 90 milhões em dez anos

Por Fellipe Lucena

Os empréstimos que Paulo Nobre solicitou em seu nome e repassou ao Palmeiras superaram os R$ 90 milhões em junho. Na última quarta-feira, o presidente formalizou em reunião extraordinária do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) uma sugestão de parcelamento da dívida em dez anos – se for reeleito em novembro, terá mais dois anos no cargo.

O COF se juntará novamente no próximo dia 31, desta vez em reunião ordinária, para votar a questão e elaborar um relatório. Em caso de aprovação, o tema ainda precisará de aprovação do Conselho Deliberativo.

Paulo Nobre apelou a empréstimos pessoais porque os juros neste tipo de operação são pequenos e já não havia cotas de TV para adiantar. Seus pares o defendem dizendo que as finanças estavam devastadas pelas duas gestões anteriores, de Luiz Gonzaga Belluzzo e Arnaldo Tirone.

O Verdão está sem patrocinador master desde maio do ano passado, quando a Kia Motors saiu. Houve negociações adiantadas com a Caixa Econômica, que pagaria R$ 25 milhões para um ano de contrato, mas recuou. O próprio Nobre já avisou no COF que, com a proximidade do fim do mandato, não há mais perspectiva de acordo.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

•• 

NOTICIÁRIO ❘ ESPN BRASIL 

• Sem Valdivia e M. Gabriel no Palmeiras, Gareca quer contratar ‘anão argentino’

Ficou evidente nesta quinta-feira, durante a derrota por 2 a 0 contra o Santos, na Vila Belmiro, que o Palmeiras ainda precisa se reforçar se quiser fazer bonito no Campeonato Brasileiro justamente no ano de seu centenário. E, após perder Valdivia e Marquinhos Gabriel, a diretoria já tem um nome para o setor de criação. Mas o jogador pretendido tem um peculiar apelido em seu país. Na Argentina, ele é conhecido como “Enano”, ou “Anão”.

Maxi Moralez, 27 anos, venceu dois torneios nacionais com o Vélez Sársfield, time onde obteve maior destaque na carreira. O jogador tem apenas 1,60 m de altura e pesa só 57 kg, medidas que o fizeram ter o diferente apelido – em espanhol, anão é “Enano”. Outra alcunha que ele recebeu por causa do tamanho pequeno é de “Frasquito”, que em português significa algo como “pequeno frasco” ou “frasquinho”.

O ESPN.com.br confirmou com duas fontes ligadas à diretoria palmeirense o pedido do técnico Ricardo Gareca para o clube trazer o meia de volta à América do Sul – atualmente ele defende o Atalanta, da Itália. O treinador mencionou seu nome aos dirigentes alviverdes ainda no período da Copa do Mundo, já ciente de que poderia perder o meio-campista Valdívia. O chileno foi negociado com o Al Fujairah, dos Emirados Árabes, e deixou órfão o setor de criação do time paulista.

O Palmeiras recebeu cerca de R$ 10,6 milhões com a venda de Valdivia, referentes às porcentagens que a equipe alviverde era proprietária (54%) mais a parte do jogador (10%) – o conselheiro Osório Furlan era o dono dos outros 34%. A verba extra em caixa, entretanto, pode não ser destinada à aquisição de jogadores, já que o time paulista passa por dificuldades financeiras. A diretoria ainda vai discutir o destino do dinheiro.

Conforme apuração da reportagem, Maxi Moralez ficou sabendo do interesse do Palmeiras e aprovou, principalmente pelo fato de Ricardo Gareca ser o técnico da agremiação brasileira – os dois trabalharam juntos no Vélez Sársfield. O time alviverde tem preferência na aquisição do “Anão” por empréstimo, mas a negociação não é simples. O atleta é importante no esquema tático do Atalanta, seu contrato vai até o meio de 2015 e seu salário é considerado alto.

Outro meia que está de saída do Palestra Itália é Marquinhos Gabriel. O jogador vinculado ao Coimbra está emprestado ao Palmeiras e teve proposta do Al Nassr, da Arábia Saudita. O clube alviverde não teve condições de cobrir, mas receberá uma compensação financeira do BMG, dono dos direitos do jogador, já que seu vínculo ia até o fim de 2014. Ele viaja nesta sexta para realizar exames médicos. Se tudo der certo, assina contrato.

Além de Maxi Moralez, o Palmeiras ainda sonha com outros dois argentinos, mas ambos são para o ataque. O plano A é Lucas Pratto, atualmente no Vélez Sársfield, enquanto Facundo Ferreyra é a segunda opção. O time alviverde volta a campo neste domingo, quando terá pela frente o líder Cruzeiro, no Estádio do Pacaembu, a partir das 16h (de Brasília).

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESPN BRASIL

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• Sem cobrir oferta, Palmeiras perde Marquinhos Gabriel

Por Daniel Batista

O meia Marquinhos Gabriel está de saída do Palmeiras. O jogador viaja na noite desta sexta-feira para a Arábia Saudita, onde deve assinar contrato de três anos com o Al Nassr. O acerto depende apenas de sua aprovação nos exames médicos. O Palmeiras teve a oportunidade de cobrir a proposta, mas não o fez.

Pelo negócio, os árabes vão pagar R$ 5 milhões, mas uma pequena parte deste valor vai para o Palmeiras (a quantia não foi divulgada). O meia de 23 anos pertence ao Coimbra, clube mineiro comandado pelo banco BMG, que detém os direitos econômicos do atleta.

Como tinha contrato com o Palmeiras até o fim do ano, o clube paulista tem direito a receber uma multa. A equipe também teve direito de cobrir a proposta feita pelos árabes, mas a diretoria desistiu de negociar por achar o valor muito elevado.

Além de Marquinhos Gabriel, quem também deixou o clube recentemente foi o meia Valdivia, que, embora o Palmeiras ainda não tenha oficializado o acordo, vai jogar no Al Fujairah, dos Emirados Árabes.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

• O Santos tornou triste a estreia de Gareca no Palmeiras

O contraste das imagens era evidente: de um lado, Oswaldo de Oliveira abrindo os braços e festejando com ímpeto juvenil o sucesso dos Meninos da Vila; do outro lado, calado, jeitão de desanimado, o estreante da noite, o técnico argentino Ricardo Gareca, que acusava o golpe da amarga derrota por 2 a 0, gols de Bruno Uvini e Alison.

Quanto ao Santos, mesmo sem ter feito uma grande partida (e nem precisou) digo que a vitória foi mais do que justa, pois foi o time que desde o início procurou o ataque, buscou o gol. Quanto ao Palmeiras- meu Deus!-, uma exibição que só pode ser classificada de pífia, defensiva, escancarando os males que a cúpula do futebol- sei lá se Paulo Nobre, se Brunoro – causou com a terrível falta de planejamento e de ação nos 45 dias que se teve até a volta ao Campeonato Brasileiro; com que então, o melhor jogador do time, Valdivia, foi negociado (o que já se sabia que poderia acontecer), sem a devida reposição?

E Alan Kardec foi embora para o São Paulo por uma diferença mínima entre o que tinha sido acordado com o jogador e o que se decidiu pagar também sem outro centroavante à altura (não viria Lucas Pratto?), embora Henrique tenha cacoete para bom reserva? E o lateral-direito continua sendo Wendell, volante improvisado?

Ora, nesse caso, que San Gennaro tenha piedade de Gareca. Com carências assim, nem Guardiola daria um jeito… Até Wesley, que foi o capitão do time contra o Santos, reconhece o enfraquecimento da equipe com a perda de jogadores, mantendo o discurso politicamente correto, como o próprio Gareca, de que “a diretoria está atrás”.

Logo o Palmeiras, que já foi uma escola de dirigentes, que não precisava correr atrás, pois estava sempre à frente, cultivando o hábito de montar equipes para brigar pelos títulos dos campeonatos que disputava. Tanto que é chamado “Campeão do Século” passado: pois neste século as coisas mudaram, já aconteceram dois rebaixamentos (em 2002, cuja presidência era de Mustafá Contursi, e em 2012, na gestão de Arnaldo Tirone, o filho) e foram raros os momentos de brilho.

Sem patrocínio máster, sob a arbitragem na disputa com a construtora da Arena (quando fica pronta, afinal?), com o time tão carente de reforços que custam a chegar, em décimo segundo lugar no Campeonato Brasileiro, efetivamente o Palmeiras não vive dias felizes.

E é ano do Centenário.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO ROBERTO AVALLONE ❘ UOL

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• Com esse elenco, nem Guardiola dá jeito 

Por Fellipe Lucena

A contratação de Ricardo Gareca é digna de muitos elogios, mas o Palmeiras não pode esperar que o argentino faça milagres. Com esse elenco, nem Guardiola.

Não há método de trabalho inovador que faça o clube brigar pelo título do Brasileiro sem reforços. É mais que urgente, ou o sonho pode virar pesadelo, filme que a torcida já conhece bem.

Apesar da falha de Tobio no gol de Uvini – nem é preciso dizer que Fábio foi ainda pior – e da pane generalizada no gol de Alison, o sistema defensivo deu mostras de que pode se solidificar.

O problema é que o Verdão não tem material humano para se apoderar da bola, o que mantém o adversário sempre perto da área. Poucas equipes no planeta conseguem jogar na defensiva por 90 minutos sem tomar gol.

Bruno César chegou no início do ano e ainda não mostrou a que veio. Não chama o jogo. Não pisa na bola. Não acelera quando é preciso. Não encontra companheiros desmarcados. Não parece ser ele o substituto ideal para Valdivia.

Leandro é outro que ainda “não jogou” em 2014. Dá a impressão de que não tem a mesma velocidade e o mesmo faro de gol do ano passado. Pior: parece não ter a mesma motivação que fez o clube investir uma grana alta para comprá-lo.

Domingo, contra o forte Cruzeiro, Gareca terá Henrique como referência na área. Pode até melhorar, mas não adianta achar que ele vai manter a média de gols altíssima de antes da Copa do Mundo. Mouche deve estrear pelo lado do campo, mas nada poderá fazer se não receber bolas redondas.

O Palmeiras precisa de ao menos três novos titulares: um volante (Carbonero foi ótimo pedido de Gareca, mas não vem), um meia (Maxi Moralez é o preferido) e de um atacante (Pratto é mais jogador do que Facundo Ferreyra). E vale lembrar que o time jogou com volantes improvisados nas duas laterais.

A diretoria tem de agir, ou pode queimar um ótimo técnico. Ou pior: frustrar de vez o centenário.

Leia aqui a matéria completa > BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET 

••

BLOG DO LUCIANO BORGES ❘ TERRA

• Palmeiras quer pagar Valdívia logo para jogador ir aos Emirados

Valdívia ainda não viajou aos Emirados Árabes para assinar contrato com o clube Al Fujairah. Está esperando acertar todas as pendências com o Palmeiras (salário e direitos de imagem), antes de embarcar para uma nova etapa da carreira. Entre os clubes está tudo certo. O meia chileno quer deixar o Brasil depois de fechar a conta do mês passado.

O Palmeiras deve pagar o atleta ainda nesta sexta-feira ou, se for possível, no início da semana que vem. O negócio é muito bom para que fique emperrado. Não se trata de dívida antiga. Somente o previsto em lei pelos dias trabalhados em junho e julho.  

O Al Fujairah vai pagar cerca de R$ 18 milhões ao Palmeiras. O clube brasileiro aceitou o negócio. Aos 30 anos, Valdívia se tornou um investimento que não deu lucro. Nos últimos três anos, ele enfrentou vários problemas musculares. Quando conseguiu jogar, foi importante na conquista do título da Copa do Brasil de 2012.

Em uma carta de despedida, publicada nas redes sociais, Valdívia disse que ama o Palmeiras e que só está saindo porquem o negócio será bom para o clube. O diretor executivo de futebol, José Carlos Brunoro, lembrou que o jogador também vai ganhar muito para mudar de clube e voltar ao mundo árabe.

O conselheiro Osório Furlan participou da compra dos direitos de Valdívia em 2010. Comprou 36% por cento do calor do jogador, algo em torno de R$ 6,5 milhões.  Queria ajudar o Palmeiras e fazer investimento. Acha que errou. Mas não lamenta.“Será o suficiente recuperar uma parte. Afinal, dinheiro faz dinheiro”, afirmou ao Blog do Boleiro.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO LUCIANO BORGES ❘ TERRA

••

BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Gareca lamenta, pede reforços e escala Mouche

O técnico Ricardo Gareca estreou com o pé esquerdo no Palmeiras.

Logo após a derrota para o Santos, por 2 a 0, na Vila Belmiro, na volta do Brasileirão, o argentino analisou a partida fora de casa.

“O Santos ganhou bem. Não temos o que dizer em relação ao resultado. O melhor do Santos foi nos 30 minutos iniciais, quando o Palmeiras deixou de fazer muita coisa. Temos de melhorar nesse aspecto. A equipe se entregou, mas precisamos melhorar a situação de jogo. Vou analisar melhor, mas pelo o que eu vi, temos de melhorar.

Para o treinador, o Verdão ainda precisa de um camisa 9.

“Temos grandes jogadores como o Henrique, mas temos de ter mais um atacante para essa posição. Coloquei o Érik, que mostrou coisa interessante. Estou vendo. Mas temos de melhorar e estar acima da posição”.

Por fim, ele garantiu que vai apostar nos jovens vindos da categoria de base do clube e prometeu que o time terá novidades para o duelo contra o Cruzeiro, domingo, no Pacaembu.

“Mouche joga contra o Cruzeiro. Não posso assegurar se é desde o inicio. Mas eu penso que vai ter possibilidade de, se não no jogo, ele estar no banco de reservas”.

Além do atacante argentino, o Verdão contará com os retornos do zagueiro Lúcio e do atacante Henrique, que estavam suspensos do clássico. 

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO VERDÃO ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE 

••

COLUNA DO LAURO JARDIM ❘ VEJA ONLINE 

• Palestra versus Itaquerão

Se depender de Aldo Rebelo, a Arena Palestra – e não o Itaquerão – será o estádio usado nas Olimpíadas de 2016. O Maracanã e o Engenhão não serão suficientes para abrigar o futebol nos jogos. A propósito, Aldo é palmeirense roxo.

Leia aqui a matéria completa → COLUNA DO LAURO JARDIM ❘ VEJA ONLINE

••

COLUNA DE PRIMA ❘ LANCE!

Por Marcelo Resende

• Liderança

Os clubes paulistas lideram a venda de chips da TIM no período de janeiro a maio deste ano. Corinthians (48%), São Paulo (31%) e Palmeiras (21%) são os três primeiros colocados entre os 11 grandes clubes que integram o plano da operadora. Nos últimos 12 meses, a TIM dobrou o volume de vendas mensal do produto.

••

18 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 18-07-2014: Gareca já começa a lançar garotos, mas aumenta pedido por reforços ❘ GAZETA ESPORTIVA NET”

Algo não soa bem sobre esse empréstimo do Pamonha ao Palmeiras. Não consegue arrumar patrocínio ou seja nenhuma renda, aí ele resolve ser salva vida do clube emprestando dinheiro em seu nome. O negócio é o seguinte, 13milhões do Leandro podem descontar em sua conta, a doação do Barcos também(são mais 13milhões), a multa do Gilson Kleina 600 mil também, a venda do Henrique por 4 milhões podem também descontar aí perdemos mais uns 6milhões, salários do Brunóquio e do Feistosabosta são mais 2milhões, mais os salários do Victorino, Merdieta,Egurem, Felipe Menezes,Mazinho, Josimar, França e Bruno , são mais uns 5milhões. Pronto já temos uns 40 milhões., mas 15milhões do valdivia , igual a 55 milhões, a venda do Luiz Felipe foi errada perdemos mais uns 3milhões, opa já são 58milhões, com dois anos de contrato com a KIA em que o Bananone ganhava 25milhões o ano são mais 50milhões, somados aos 58milhões , dão 108milhões. CONCLUSÃO O SR. PAMONHA POBRE DEVE AOS COFRES DO PALMEIRAS A QUANTIA DE R$ 18 MILHÕES FORA OS JUROS.

Bom, como é na alegria e na tristeza, amanhã estaremos no seu, no meu, no nosso pacaembuuu.
Surpreendentemente vamos ganhar amanhã 2×0. e dia 30 contra fiorentina tb. PALMEIRASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS FIU FIU FIU

Realmente você está certo Levi. Nem pra dar um murro na cara desse pilantra do SPFW nós temos
Presidente. Paulo Nobre é um inútil. Sempre que fomos jogar na gaiola das loucas fomos mal trata
dos. Me recordo de um jogo no Morumbi onde fui com um conselheiro já falecido e na saída o fi
lho do Marco Aurelio Cunha veio nos provocar. Quando partimos pra cima dele pelo menos 10 seguranças vieram tentar nos agredir. Se isso acontece no Palmeiras esse FDP do Paulo Nobre é ca
paz de mandar os seguranças baterem na própria torcida.

E mais uma vez Vaidar provoca e debocha do Palmeiras….e n tem homem nesse clube para dar uma resposta de verdade para esse traste que comanda o clube mais Dick Vigarista do futebol. E muito menos para tirar a fonte de todo esse atraso: Contursi. Mas para mamar e tirar vantagens do clube, está cheio de “conselheiro vitalício”.

Esperar 45 dias para ver Josimar e Wendel em campo, fora leandro e bruno césar mortos, é para os fortes mesmo. Minha esperança é que o treinador já viu isso ( e só pode avaliar melhor em jogos oficiais, além de ter que dar chances a esses perebas….para n perder o o comando do grupo). Gareca n tem medo de lançar garotos, principalmente quando o time estava perdendo. Segundo ele, jogador jovem tem que jogar….se não mostra talento, que venha o próximo. É a famosa seleção natural. E se ele tiver o tempo que o caipira kleina teve, teremos resultados. Pena que mais uma vez, o Palmeiras tenta montar time no meio de campeonatos. Contra as sardinhas n tivemos influência nenhuma das arbitragens no resultado. Já é um alento.

Tem gente falanfo que o PN é fanfarrão porque ta cobrando o empréstimo que fez ao Palmeiras. Poxa.. ao invés de olha isso olha quais as bases de pagamento. Se é justo. É diferente doar de emprestar. Ele poderia ter conseguido algum patrocínio? Acredito que sim. Mas não conseguiu. O jeito foi EMPRESTAR o dinheiro. Devolver em 10 anos me parece justo. Os clubes e o povo brasileiro tem que aprender a honrar com os compromissos. O governo me rasga todo dia, mas eu só fico se tiver satisfeito.

A vontade de reclamar é tanta que reclama até do que não deve!!Pra começar não deveria ter emprestado(Conflito de interesses!!)!!Se emprestou tem que pagar pra ele…não é doado e aqui não é PT que da estadio e patrocinio!!!!Aqui é tudo conquistado com muito suor e vindo de nos palmeirenses!!!Vai pegar dinheiro com banco pra ver se da 10 anos pra pagar sendo 5 milhões em um montante de 85 pra ver se ia ser só isso de juro!!Incompetência da diretoria não ter aumentado receita, não fechar patrocínio!!Mas se não pega esse dinheiro Palmeiras estaria de portas fechadas porque tem muito individuo que reclama de dar 10 reais para o clube para sócio torcedor!!A incompetência maior vem de anos anteriores isso é fato mas tem gente que gosta de vendar os olhos e reclamar do que é mais fácil!!Um clube com salários atrasados, direitos de imagem atrasados, todas as cotas de televisão antecipadas gargalos e mais gargalos de dinheiro jogado fora e o sujeito ainda pergunta como que o cara gastou esse dinheiro???Faça me o favor!!!Vai se informar!!!Não sou a favor dessa diretoria…muito pelo contrario…fez coisas erradas demais…mas até pra saber reclamar a pessoa tem que ter consciência!!…………………………………..

Quando ele emprestou, tinha consciência do ato que estava fazendo, afinal ele é “só” o presidente do clube. Ele é, em essência, um especulador. Sabia dos riscos, que seriam enormes, de conseguir o retorno. Para receber o dinheiro investido, deveria ser muito mais agressivo na sua administração. Investir mais em Marketing, não comprar jogadores de baciada, e sim, comprar menos jogadores que sejam, pelo menos bons. Ou seja, se o Palmeiras teve prejuízo, ele deve arcar com as consequências. Afinal, ELE é o presidente.

Esse presidente piloto de rally de meia-tigela, é um FANFARRÃO mesmo, ele empresta o dinheiro R$ 90 milhões e ainda se atreve em pedir o dinheiro de volta??? O Palmeiras não pode permitir que devolva esse dinheiro!!! Era o que eu tinha imaginado, a intenção do Paulo Nobre é deixar o clube mais endividado e comprometer os cofre$ mais do que já está e depois quando terminar o mandato dele com certeza, o Paulo Nobre vai rir da nossa cara!!! Só quero dá o recado ao PN: EI PAULO NOBRE, O PALMEIRAS NÃO É BANCO VIU, VAI PEDIR DINHEIRO EM OUTRO LUGAR AQUI NO PALMEIRAS NÃO SEU B……..!!!

Gostaria de saber onde esse maldito que uns chamam de Presidente gastou esses 90 milhões. O Pal
-meiras não deveria pagá-lo mas dar-lhe comopagamento os mesmos jogadores doentes e obesos
que ele colocou no time. Esse cara está brincando de ser Presidente e deve estar rindo da cara da torcida mas um dia ele paga.

Pois é, o Paulo Nobre tem mais que SE VIRAR, como você mesmo disse: Se o Palmeiras teve prejuízo, ele também deve arcar, o Palmeiras não tem nada a que devolver esse dinheiro!! Então Paulo Nobre, SE VIRE!!!

Os comentários estão desativados.