Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 19-07-2014: Ídolos batem bola na Arena Palmeiras, e Ademir dá “chapéu” em César ❘ GLOBO ESPORTE COM

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Ídolos batem bola na Arena Palmeiras, e Ademir dá “chapéu” em César

Por Renato Peters e Sergio Gandolphi

Dois dos maiores ídolos da história do Palmeiras “testaram” o gramado do novo estádio do clube nesta semana. Ademir da Guia e César Maluco, ícones da grande Academia de Futebol do Verdão, foram à Arena Palmeiras, o Allianz Parque, para ver como andam as obras e também dar uma olhada na grama, plantada recentemente.

Durante a visita, uma bola logo surgiu, e Ademir não se segurou – colocou no gramado e passou a desfilar todo seu talento, que lhe rendeu o apelido de “Divino”. Aos 72 anos, Ademir mostrou que o talento segue intacto e, com a bola no chão, aplicou um belo “chapéu” em César, 69 anos (veja no vídeo abaixo).

– O gramado já está pronto, para mim já está bom, já está sensacional, já bati bola. É uma grandeza isso aqui. Jamais poderia fazer ideia de que teríamos uma coisa tão bonita assim – disse Ademir, empolgado com o estádio.

– Isso aqui era o meu quintal, era onde eu brincava. Hoje estamos sendo os primeiros a pisar este gramado.

Ademir e César são dois dos ídolos palmeirenses que ganharam da construtora responsável pelo estádio, a WTorre, cadeiras cativas – num setor batizado de Academia de Imortais.

A nova casa do Palmeiras está em fase final de construção. Com a parte estrutural pronta, a construtora agora concentra suas atenções no acabamento.

Um dos telões já está funcionando há um mês, assim como o sistema de som do estádio, que passou por um teste nesta quarta-feira. Músicas cantadas pela torcida e o hino do clube foram tocados para saber se estavam audíveis em todos os pontos. O segundo telão será testado na próxima semana.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• No Palmeiras de Gareca, só há uma unanimidade: “Precisamos de reforço”

O discurso no Palmeiras é unânime: “Precisamos de reforços”.  Ricardo Gareca ganhou reforço no coro de que há a necessidade de novos nomes para que o time possa brigar por alguma coisa que não seja fugir da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

O problema é que a diretoria alviverde prefere não sair da sua política financeira para reforçar a equipe. Portanto, há um claro limite nas tentativas da equipe, mesmo com os constantes pedidos de todos os que disputam o campeonato.

Não é possível, por exemplo, esperar que a diretoria banque a compra de um atleta. Para tirar o jogador de algum outro time, há três opções: por empréstimo, com a ajuda de investidores ou atleta em fim de contrato.

Pablo Mouche chegou com a ajuda externa, e Tobio desembarcou no Brasil após ter seu contrato vencido. Lucas Pratto, outro do Vélez Sarsfield que interessou, não consegue entrar em um acordo por falta de dinheiro. Facundo Ferreyra também não conta com a vontade do Shaktar Donetsk em emprestá-lo. Enquanto isso, os pedidos não param de chegar.

“Toda grande equipe tem de ter um elenco bem reforçado e qualificado. A diretoria deve estar trabalhando nos bastidores para trazer reforços. O Brasileiro é um campeonato longo, e no decorrer dele teremos atletas suspensos e com lesões. Temos de ter um plantel qualificado, e a diretoria sabe as posições que temos necessidades”, disse Henrique na última sexta-feira (18).

Wesley, que atuou como capitão da equipe na derrota por 2 a 0 para o Santos, foi outro que deixou claro que não há outro caminho que não seja a chegada de novos nomes. “Perdemos jogadores de qualidade. Vamos ver o que a diretoria vai fazer para reforçar o time”, afirmou.

Antes mesmo da bola rolar, Gareca já tinha deixado claro que esperava por reforços. Depois da derrota na estreia, o argentino reforçou o pedido e avisou que terá muito trabalho pela frente. Ele não conta mais com Valdivia e Marquinhos Gabriel, dois dos últimos atletas negociados na atual gestão.

A pressão em Paulo Nobre aumenta a cada dia que passa. Enquanto ele procura um jeito de equilibrar as finanças palmeirenses, mesmo que para isso use seu nome para emprestar R$ 90 milhões, a torcida espera um motivo para poder voltar a sorrir ao assistir a jogos do Palmeiras. 

PROBLEMAS DO ELENCO PALMEIRENSE

• ATACANTE 

Depois que foi comprado, Leandro não mostrou futebol. Diogo não conseguiu encantar, e Henrique caiu de produção depois de um início fulminante. A esperança à frente fica por conta da estreia de Pablo Mouche, argentino pedido por Gareca.

• MEIAS

Valdivia, o melhor da posição, foi embora. Bruno César, grande contratação da diretoria, não consegue nem ficar na forma física ideal. Bernardo tentou ir embora e não conseguiu, e Felipe Menezes não repete o bom desempenho dos treinos nos campos. Marquinhos Gabriel preferiu a Arábia Saudita. Gareca não sabe o que fazer…

• VOLANTES

O time não tem opções de sobra. Josimar já foi e voltou, não agradou e segue como titular por falta de opção. Wesley tem feito boas participações, mas a incerteza de seu futuro atrapalha dentro de campo. Eguren, antiga esperança de força física, hoje, é decepção no banco de reservas. Renato, da base, tem bom início entre os profissionais.

• LATERAL ESQUERDA

O Palmeiras tem no elenco Victor, Juninho e William Matheus para posição. A opção de Ricardo Gareca por improvisar Marcelo Oliveira na ala deixou bem claro que o trio ficou longe de agradar ao argentino. Sem contar que Juninho já pediu para sair..

• LATERAL DIREITA

Weldinho não conseguiu se firmar, e Wendel segue como opção improvisada. Pedido por um atleta da posição é antigo, vem desde o início da Era de Gilson Kleina. Brigado, Luis Felipe foi vendido.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Argentino Mouche é relacionado e pode estrear pelo Palmeiras contra o Cruzeiro

O atacante argentino Pablo Mouche, contratado pelo Palmeiras no fim de junho, está apto para estrear contra o Cruzeiro, neste domingo, no Pacaembu. Ele está entre os 20 jogadores que o técnico Ricardo Gareca relacionou após o treino da manhã deste sábado.

Mouche não enfrentou o Santos, na quinta-feira, porque ainda precisava aprimorar a forma física. Gareca deve utilizá-lo, mas não deu pistas se será desde o primeiro minuto ou se durante a partida – ele comandou um coletivo na Academia de Futebol, mas os portões estavam fechados.

Outra novidade na relação é a presença do meia Felipe Menezes, recuperado de lesão. Ele ocupa o lugar do garoto Eduardo Júnior, que estrou no clássico do meio de semana, mas dessa vez não ficará nem no banco de reservas. O zagueiro Gabriel Dias e o atacante Érik, outras revelações da base, estão concentrados.

O Palmeiras não poderá contar com os volantes Marcelo Oliveira e Wesley, suspensos. O goleiro Fernando Prass segue se recuperando de lesão no cotovelo. Por outro lado, o zagueiro Lúcio e o atacante Henrique voltam após cumprirem gancho.

A escalação provável é: Fábio; Wendel, Lúcio, Tobio e William Matheus; Renato, Josimar e Bruno César; Leandro (Mouche), Diogo e Henrique.

Confira a lista de relacionados para o jogo contra o Cruzeiro:

Goleiros: Fábio e Deola

Zagueiros: Lúcio, Wellington, Gabriel Dias e Tobio

Laterais: William Matheus, Wendel e Victor Luis

Volantes: Renato, Josimar e Eguren

Meias: Felipe Menezes, Bruno César e Mendieta

Atacantes: Leandro, Diogo, Henrique, Érik e Mouche

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri

• Na sorte

A camisa histórica de Marcos usada pelo goleiro em sua despedida, em dezembro de 2012, será sorteada pelo Palmeiras. O evento vai acontecer neste domingo, na loja oficial do clube em Bauru (SP). O sorteio é uma das ações do time em comemoração ao centenário palmeirense, que acontece em agosto.

• De volta à escola

O novo técnico do Palmeiras, Ricardo Gareca, iniciou aulas de português assim que assinou o contrato com o time paulista. O argentino relatou ao “Esporte Espetacular” (TV Globo) que começou o curso de idioma em maio.

••

26 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 19-07-2014: Ídolos batem bola na Arena Palmeiras, e Ademir dá “chapéu” em César ❘ GLOBO ESPORTE COM”

Só acho q deveria ter uma pressão da midia palestrina e dos torcedores, para o nome Allianz Parque ficar e pegar.
Eles estão colocando dinheiro grande no estádio, e se der certo, outras empresas poderão colocar dinheiro no clube tb.
Agora se não valorizamos o agora, está explicado o clube 2 anos sem patrocínio master.

Que o time precisa de reforços esses…m… já sabem há anos. Tiveram 45 dias para mudar isso e nada. será que essa agonia nunca acabará???

Levi, na verdade o “grande objetivo” dessa gestão – o acesso – foi conquistado em 26 de outubro de 2013, há exatos 267 dias, portanto. Se você procurar algo relevante que tenha sido feito em termos de PLANEJAMENTO por essa turma de patetas desde então ganhará um carro zero quilômetro à sua escolha.

Assumiu com o time precisando precisando de reforços. Em menos de 2 anos forçou as saídas dos melhores centroavante, zagueiro e meia armador do futebol nacional. Nenhum deles pediu pra ser vendido. Barcos e Henrique revelaram ameaças de não receber, caso não aceitassem se transferir. Demoraram 20 meses pra perceber que faltava um treinador. Birrinha com a construtora e mais atraso pra inauguração do novo estádio. Contratações do tipo França e Bernardo. Esperar o quê de uma INDIgestão como essa?

Midas era o rei que transformava em ouruo tudo o que tocava.
Naulo Pobre é o rei Merdas.
Parabéns, piloto de autorama, conseguiu ser pior do que o Tirone.
Brunoro, você está, por um acaso, fazendo esforço pra ser pior do que o Frizzo?
Feitosa, você é o que mesmo, hein?
Valeu, levar de 2×0 pro eterno Palestra genérico no Porcoembu é só mais um vexame na conta de vocês, seus fracassados!
Obrigado a vocês por fazerem a minha segunda-feira virar uma merda, por ter que agüentar chacotas dos outros!
Nunca pensei que eu fosse concordar com o Vaidar: diretoria que pensa não pequeno, mas microscópico, uma bactéria de pensamento.

na alegria e na tristeza, PALMEIRAS 2 X 0 cruzeiro……estaremos presentes nesta surpreendente vitória,

Nos resta torcer para que o trabalho do Gareca dê bons resultados dentro de campo, já que fora dele está uma lástima. Pelos jogos que vi do Brasileirão pós Copa, com exceção do Cruzeiro, os times são ridículos (assim como o nosso). Portanto, podemos ser rebaixados como podemos ficar até no G4. Ser campeão não dá. Uma derrota hoje seria absolutamente normal (desde que não seja de goleada), já que o Cruzeiro é o melhor time do campeonato, e o Palmeiras do Gareca está em formação. Mas acredito que a tendência é melhorar com o passar das rodadas e, principalmente, quando tivermos nossa casa de volta. Mas isso não tiraria a culpa das besteiras feitas pelo trio Nobre-Mustafá-Brunoro.

Se nenhum palmeirense tem coragem e bolas para tirar o Contursi, o mentor de tudo isso, do clube…… o que adianta ficar todo dia só reclamando do efeito e n da causa?

Estava vendo uma matéria do UOL sobre arrecadações, os Gambás nessas 10 rodadas arrecadaram 11 MI (vou repetir, 11Mi)… tudo bem que tem a inauguração do esgoto com forma de printer. Os bambis arrecadaram 8MI, com um time cheio de “estrelas” no papel e o seu presidente pensando como time grande. O Palmeiras com 1,1 Mi está atrás de chapecoense, sport e bahia….. Lamentável, não???? Precisa dizer se nossa diretoria é AMADORA, ou não?Não precisa, os números estão aí…. Hoje vou no Pacaembu passar frio e ver esse time apanhar de mão aberta das Marias…. estou levando um atleticano comigo, vamos ver se dá sorte…..

a vitória da CHAPECOENSE ontem sobre os Bambis foi muito RUIM para nós. Candidato direto ao rebaixamento, dúvido que o Palmeiras ganhe de algum adversário do nível dos Bambis…Hoje 3 a 0 para as Marias vai ser pouco….

E vou dizer mais, tem muita gente boba que vai dizer que nós estamos torcendo contra, MAS, A VERDADE É QUE AS MARIAS TEM JOGADORES INFINITAMENTE MELHR QUE NÓS, FATO!!! Queiram ou não, as marias tem jogadores qualificados em todos os setores e nós temos o que???

Seria bizarro se não fosse catastrófico, pois, esse tal “Nobre milionário” esta’ conseguindo ser pior que o Tirone. Vamos as provas: 1- Tirone conseguiu mais de 20 mi/ano em patrocínios master, fora outros menores. 2- Tirone ainda conseguiu um titulo, apesar da queda. 3-Com toda a sua incompetência, trouxe: Barcos, Henrique (zagueiro), Wesley, Fernando Prass, e estava tudo certo pra trazer o Riquelme. E não venham com o mimimi que hj não temos $$$ … que na era Tirone tbm não tinha. Dividas , todo clube tem…e muito mais que o Palmeiras. Aliás, tirando a era Parmalat, nunca tivemos $$$. As incompetências e ladroeiras das famiglias vem de longe.
A real e’ essa. Da era Tirone já perdemos: Barcos (doado), Henrique (vendido abaixo do valor de mercado e numa hora errada), Vilson (o único que servia… da troca absurda e juvenil dessa diretoria), Kardec (outro absurdo do “Nobre negociador”) e por ultimo, Valdivia.
Eu, como palmeirense, estou até com medo de comemorar derrotas dos nossos rivais pra times pequenos, pois, os pequenos hj já são nossos rivais. Torci muito ontem pros bambis ao menos empatarem com a poderosa Chapecoense…e vou torcer hj pra Gambazada vencer o Vitória. Fatalmente brigaremos pra não cairmos novamente pra B. Aliás, os rivais e a impren$inha nem ligam mais..pois, virou rotina todos os anos. Palmeiras já esta’ naquela fase de gerar um sentimento triste… o sentimento de do’, piedade. A nossa única esperança será a Allianz Parque… mas, a partir de 2015, pois, acho difícil a mesma ficar 100% pronta esse ano…e o mais importante: não serão os membros da “famiglia” que irão gerir. Uffaaaa!!! Portanto, há luz no final do túnel.

Aldo, concordo com tudo o que você escreveu, tô cheio dessa conversinha derrotada dessa diretoria. Mais uma vez a nossa salvação ficou para o ano que vem.

Concordo com tudo que disseram acima, menos que o Valdívia tenha sido ruim. Acho que pagaram bem demais pelo futebol que ele vinha, aliás não vinha, jogando. Se fosse eu, não pagaria nem R$ 1 milhão.

Eu acho que é o ÚNICO clube na face da Terra que vende mau (Valdívia e Allan Kardec) e contrata mau os jogadores (caçambas, exemplo: Weldinho), infelizmente dá vontade de dá gargalhadas, sinceramente viramos um clube de vásea!!! Enfim, o nosso centenário foi pra lata do lixo!!!

Você só esqueceu de falar que ele brigou com o Walter Torre, não soube dialogar com ele e graças
a isso o estádio até hoje não foi entregue. Ele é bem pior que Tirone que foi muito mal, mas nos
deu um titulo que nos colocou de volta à Libertadores,competição que esse babaca jogou no lixo

Nobre consegue a proeza ser pior que Tirone,eu nunca pensei que alguem conseguisse,piorou o time,aumentou as dívidas,não consegue patrocinio ,não sabe contratar, não sabe negociar com o jogador,não sabe vender jogador.Doa Barcos, Alan Kardec,Souza,etc Vende mal Henrique,Valdivia,compra mal Leandro, e contrata errado weldinho,Josimar,felipe menezes,Bernado,França,etc.Vai errar assim là na China.

Era o temor q se concretizou: retornamos após a pausa com uma bagunça completa, sem time, sem jogadores, sem elenco. E mesmo q venham reforços médios ou bons não haverá tempo para entrosamento e formação de um time mesmo. Centenário jogado no lixo!
Não passar sufoco será lucro. Belo trabalho da diretoria, belo presente à torcida. O pesadelo não tem fim. O máximo q dá pra torcer de fato é pros rivais não ganharem nada.

Os comentários estão desativados.