Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 22-07-2014: Gareca faz oito mudanças e monta Verdão com Weldinho e Mouche ❘ LANCENET

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Gareca faz oito mudanças e monta Verdão com Weldinho e Mouche

Ricardo Gareca mudou bastante o Palmeiras para a partida desta quarta-feira, contra o Avaí, às 19h30, pela terceira fase da Copa do Brasil. Em relação ao time que enfrentou o Cruzeiro, foram oito alterações no time titular. Entre os escolhidos na atividade desta terça na Academia de Futebol, na qual o treinador trabalhou bastante a defesa, estão Weldinho e Mouche.

O time foi escalado com: Fábio; Weldinho, Wellington, Marcelo Oliveira e Victor Luis; Josimar, Wesley e Felipe Menezes; Mouche, Henrique e Leandro. Dos que começaram na derrota para a Raposa por 2 a 1, saíram: Wendel, Lúcio, Tobio, William Matheus, Renato, Mendieta e Diogo.

Enquanto o lateral-direito realizou trabalhos físicos no campo ao lado, junto de Mendieta, Tobio, Fernando Prass, Bernardo e Gabriel Leite, recém-promovido da base, o lateral-esquerdo atuou no time reserva, assim montado: Deola; Léo Cunha, Thiago Martins, Victorino e William Matheus; Gabriel Dias, Mazinho, Eduardo Júnior, Patrick Vieira e Bruno César; Érik.

Na atividade desta manhã, o comandante aproveitou para testar bastante seu sistema defensivo, que falhou especialmente em bolas paradas nas derrotas para o Santos e Cruzeiro. Apenas na segunda metade do trabalho ele deixou o coletivo rolar, e ainda aperfeiçoou cobranças de falta e escanteio no ataque.

Lúcio, com uma fratura no osso facial, e Eguren, com lesão na coxa direita, foram desfalques na atividade. Renato e Diogo realizaram apenas uma atividade regenerativa. Nenhum destes poupados e machucados participarão da partida na Copa do Brasil.

Após a atividade desta manhã, a delegação seguirá viagem na tarde desta terça para Florianópolis (SC), onde jogará na Ressacada. O Verdão chega à capital catarinense por volta das 16h.

Veja abaixo a lista de jogadores relacionados:

Goleiros: Fábio e Deola

Laterais: Weldinho, Victor Luis e Léo Cunha

Zagueiros: Marcelo Oliveira, Wellington e Gabriel Dias

Volantes: Wesley e Josimar

Meias: Felipe Menezes, Bruno César, Mazinho, Eduardo Júnior e Patrick Vieira

Atacantes: Mouche, Henrique, Leandro e Érik

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Gareca muda oito jogadores em único treino de time misto contra Avaí

Por William Correia

Ricardo Gareca avisou que alguns jogadores ganhariam descanso contra o Avaí, e mudará quase o time inteiro para o duelo pela Copa do Brasil. Após dar folga ao elenco no dia seguinte à derrota para o Cruzeiro, o comandante fez oito alterações na equipe que realizou na manhã desta terça-feira, na Academia de Futebol, o único treinamento para o confronto em Santa Catarina.

O treinador não mexeu na formação durante mais de uma hora de atividades. O Verdão entra em campo nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), com: Fábio; Weldinho, Wellington, Marcelo Oliveira e Victor Luis; Josimar, Wesley e Felipe Menezes; Mouche, Leandro e Henrique. Dos que iniciaram o duelo no Pacaembu, foram mantidos só Fábio, Leandro e Henrique – Felipe Menezes e Mouche entraram durante o jogo.

Titulares no domingo, Wendel, Mendieta e Tobio realizaram apenas atividades físicas ao lado de Fernando Prass, que ainda não pode trabalhar com bola enquanto se recupera de fratura no cotovelo direito, Bernardo e Gabriel Leite, garoto que tem feito a transição entre as categorias de base e o elenco profissional.

Nenhum desses jogadores deve viajar para Florianópolis na tarde desta terça-feira. O mesmo ocorrerá com Diogo e Renato, que passaram a manhã fazendo trabalhos regenerativos nas dependências internas do centro de treinamento. Lúcio, que fraturou o osso facial, e Eguren, com lesão muscular, também são desfalques confirmados.

O time misto foi bastante testado na parte defensiva. Gareca montou os reservas com Deola; Léo Cunha, Thiago Martins, Victorino e William Matheus; Gabriel Dias, Mazinho, Eduardo Júnior, Bruno César e Patrick Vieira; Érik. Essa formação passou mais da metade do coletivo em cima da retaguarda titular.

Como costuma fazer, o treinador parou o exercício diversas vezes para ajustar o posicionamento da equipe. Pelo que se viu, espera que o Avaí parta para cima do Verdão no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Também cobrou bastante a bola parada ofensiva.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

• ‘Chance da vida’ empolga Felipe Menezes no Palmeiras

Por Fábio Hecico

Felipe Menezes está há um ano no Palmeiras. Neste período, não teve uma sequência de mais de três jogos para justificar o investimento feito em seu futebol. Com a saída de Valdivia, a vaga de armador do time ficou aberta e ele espera “ganhar” a concorrência com Mendieta e ser o novo maestro de Ricardo Gareca.

Para convencer o treinador argentino de que pode suprir a saída do chileno – Gareca lamentou muito a perda de seu camisa 10 -, Felipe Menezes promete se esforçar ao máximo em campo para mostrar serviço. Ele entrou durante a partida com o Cruzeiro e agora ganha chance de iniciar diante do Avaí, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Espera agarrar e não largar mais a “chance da vida”. “Na Série B foram dois ou três jogos seguidos no máximo. Isso não é o suficiente para um jogador atingir o seu ápice. Mas dá para mostra o seu valor, sim. Temos de aproveitar as oportunidades, sejam cinco, dez minutos ou um jogo inteiro”, enfatizou o jogador nesta terça-feira, satisfeito por voltar a ser titular num jogo. “Tenho tentado mostrar meu trabalho nos treinamentos e agora vou fazer de tudo nesse jogo. É um treinador novo, vou procurar agradar para me manter entre os titulares.”

Gareca vai modificar bastante o time diante do Avaí. Já pensando no clássico com o Corinthians, domingo, no Itaquerão, ele poupa vários titulares que nem viajarão para Florianópolis, como Wendel, Tobio, Lúcio, Renato e Diogo. Mendieta, que disputa a vaga com Felipe Menezes, ficará no banco.

Apesar de a equipe ser bem modificada, a meta é acabar com o incômodo jejum de cinco jogos sem vitórias. O triunfo ainda seria um combustível a mais para o clássico com os corintianos.

“Mais importante do que qualquer coisa, que sequência para qualquer jogador, é a vitória. A gente tem de conseguir uma vitória para adquirir uma confiança e depois tentar engatar uma sequência. Ainda que não esteja tão pressionado pelos times lá de trás, esse não é o campeonato que o Palmeiras quer vencer”, assume o meia. “Agora, pensando em Copa do Brasil, temos de fazer um bom jogo lá (em Florianópolis) para depois sacramentar a vaga em casa.”

Contra a falta de entrosamento, Felipe Menezes revela que a ordem é conversar bastante em campo. “O Gareca parou bastante o treino para nos orientar nas bolas paradas principalmente. Não estamos entrosados, foi só um treino, mas já conhecemos os colegas dos treinos e, se nos falarmos bastante, temos chances de somar um bom resultado.”

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ ESTADÃO ONLINE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Estafe de Allione fala em estreia no Dérbi, mas Palmeiras é pessimista

Por Caio Carrieri e Thiago Ferri

Agustín Allione chegará ao Brasil na quinta-feira para realizar exames médicos e assinar contrato por quatro anos com o Palmeiras. Apesar do prazo curto, o empresário do jogador, Tomás Budelli, considera que ele tem condições de já atuar domingo, no clássico contra o Corinthians. O Verdão, porém, imagina ser difícil isto acontecer.

– Allione estava treinando desde o primeiro dia de pré-temporada até ontem (domingo) normalmente, então ele tem condições de jogo para o clássico de domingo. Não digo desde o início, mas poderia entrar no segundo tempo – explicou o agente, em contato com o LANCE!Net.

O meio-campista de 19 anos vinha realizando a preparação visando o Torneio Final na Argentina, e deve realizar já na quinta exames pelo Verdão. Nesta área, não há problemas para a rápida liberação: o resultado da avaliação é obtido no mesmo dia.

Depois disto vem a parte mais complicada, a resolução dos trâmites burocráticos. O fato de ter de obter a documentação com o clube argentino, conseguir seu visto de trabalho, por exemplo, e em tão pouco tempo, são considerados complicadores que devem fazer a estreia do jogador não ser imediata.

Contratado a pedido de Ricardo Gareca, o jogador custará ao Palmeiras US$ 2,7 milhões (cerca de R$ 6 milhões), e o clube ficará com 80% de seus direitos – os outros 20% ficam com o Vélez Sarsfield (ARG). Ele usou a sua página no Twitter para mandar uma mensagem à torcida do Palmeiras.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Com Gareca, Palmeiras ressuscita contratações no estilo ‘filial’

Por Vanessa Ruiz

No final da década de 1990, o Palmeiras foi “gremista”. Em 2003, “azulão”. No ano seguinte, viveu dias de “paranista”. E, em 2014, o clube parece estar disposto a tornar-se “fortinero”, apelido pelo qual são conhecidos os torcedores do Vélez Sarsfield, ou, no mínimo, um time com presença forte de jogadores argentinos.

É que o técnico argentino Ricardo Gareca, que chegou ao Palmeiras antes da Copa do Mundo e fez sua estreia contra o Santos na última quinta-feira (17), comandou o Vélez Sarsfield entre 2009 e 2013. Com ele, vieram o auxiliar técnico Sergio Santín e o preparador físico Néstor Bonillo.

Pelo menos até agora, o Palmeiras vai seguindo à risca a lista de contratações passada pelo novo treinador. Lista que conta, basicamente, com nomes de conterrâneos do comandante.

Os dois primeiros a chegar foram o atacante Pablo Mouche, que estava no Kayserispor, da Turquia, mas se destacou em casa pelo Boca Juniors, e o zagueiro Fernando Tobio, do Vélez. O próximo deve ser Agustín Allione, meia/volante de 19 anos também do Vélez, formado nas bases do clube.

Em entrevista dada ao canal de televisão argentino TyC Sports, Allione deixou claro que deve sua primeira transferência internacional ao treinador, e se disse feliz por voltar a trabalhar com ele e com Tobio.

Os próximos podem ser os atacantes Lucas Pratto, de 26 anos, que já está em negociação, e Facundo Ferreyra, outro ex-Vélez, hoje no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Ferreyra é um dos jogadores que se recusou a se reapresentar depois de pré-temporada realizada no Suíça por conta dos conflitos que tomam conta da Ucrânia.

Histórico tanto positivo quanto negativo

Em ao menos três ocasiões no passado recente, o Palmeiras viveu situação semelhante, em que a chegada de um treinador significou a contratação de vários jogadores de um mesmo clube ligado de alguma forma ao passado do novo técnico. Em dois momentos, deu certo. No último, nem tanto.

Na primeira passagem de Felipão, entre 1997 e 2000, a equipe foi “filial” do Grêmio, último clube brasileiro treinado por Scolari antes de ir para o Japão e retornar ao Brasil via Palmeiras. No período, Felipão trouxe consigo o lateral Arce, o zagueiro Rivarola, o meia Arílson e o atacante Paulo Nunes. A montagem do time funcionou e o Palmeiras conquistou a Copa do Brasil e a Copa Mercosul de 1998, e a Copa Libertadores de 1999.

Em 2003, entrou em cena Jair Picerni. A equipe venceu a Série B com os volantes Magrão, Claudecir e Adãozinho, e o zagueiro Daniel, todos vindos do São Caetano. Estes jogadores haviam sido comandados por Picerni durante a campanha de 2000 do “Azulão”, quando a equipe foi vice-campeã da Copa João Havelange.

O último episódio aconteceu em 2007, com Caio Júnior. Do Paraná, seu clube anterior, ele trouxe os zagueiros Edmilson e Gustavo, e o volante Pierre, que viria a se tornar um dos grandes ídolos da torcida palmeirense. Desta vez, no entanto, não houve conquista de títulos. O Palmeiras foi vice-campeão brasileiro e e terceiro colocado na Copa do Brasil.

O Palmeiras como “filial”

• Fase ‘gremista’ (1997-99)

Felipão (técnico), Rivarola (zagueiro), Arce (lateral), Arílson (meia), Paulo Nunes (atacante)

• Fase ‘azulão’ (2003)

Jair Picerni (técnico), Daniel (zagueiro), Magrão (volante), Claudecir (volante), Adãozinho (volante)

• Fase ‘paranista’ (2007)

Caio Júnior (técnico), Edmilson (zagueiro), Gustavo (zagueiro), Pierre (volante)

• Fase ‘argentina’ (2014)

Ricardo Gareca (técnico), Sergio Santín (auxiliar técnico), Néstor Bonillo (preparador físico), Pablo Mouche (atacante), Fernando Tobio (zagueiro)

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• “É rápido e promissor’, diz repórter argentino sobre Allione

Por Caio Carrieri

Confira a análise sobre Agustín Allione, novo reforço do Palmeiras, feita por Joan Vazquez, repórter do  “Olé” que acompanha o dia a dia do Vélez Sarsfield (ARG).

“A principal característica do Allione é a velocidade, porque ele é muito ligeiro  pelos lados do campo. Joga tanto pela direita quanto pela esquerda e fez uma pré-temporada muito boa com o Vélez no meio do ano, com belas atuações nos amistosos.

Pelo estilo de jogo, tem muita técnica e condição de realizar cruzamentos, e costuma fazê-los com qualidade. É promissor.

No Vélez é conhecido como o novo Augusto Fernández (meia que esteve na Copa do Mundo com a vice-campeã Argentina). Teve a primeira oportunidade de jogar no time principal com Gareca, que sempre gostou dele e o incluía nas suas opções.

Por outro lado, a principal carência é a parte física, a falta de corpulência. A equipe não pode contar com ele em jogadas aéreas. Fora de campo, tem perfil muito tranquilo, não se expõe, mas sempre disposto a ajudar”.

Leia aqui a matéria completa → BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

••

BLOG DO ALEX MÜLLER

• Isto não pode ser Palmeiras…

Caros amigos e leitores, sinceramente escrevo este post sem nenhum sentimento de corneteiro ou crítico contumaz apenas por ser azedo, até porque não sou assim. Mas coloco as seguintes palavras simplesmente com o sentimento de tristeza.

Tristeza não somente pela sequência de resultados negativos que a equipe vem colecionando, nem só porque o elenco ainda é paupérrimo em determinadas posições e completamente desequilibrado, por exemplo, com um lateral direito e quatro esquerdos, sendo que o titular da direita é um volante improvisado.

Mas a principal fonte de amargura para mim é ouvir inúmeras e inúmeras manifestações de torcedores do clube aliviados porque o time jogou “melhorzinho” contra o Cruzeiro do que contra o Santos. Socorro!

O gigante Palmeiras perdeu mais uma em casa!!! Não consigo ficar aliviado com isso, mesmo sabendo que, de fato, a equipe foi menos pior. Não é permitido se acomodar na mediocridade, mesmo vendo medíocres comandando o futebol do Palmeiras.

O treinador já começa a mostrar que conhece do riscado e tenta tirar leite de pedra, mas não será nada fácil.

E o maior perigo dessa acomodação é que a minha geração já está ficando mais velha e os mais jovens que até outro dia eram crianças talvez não consigam formar a concepção de que o Palmeiras é sim um gigante.

Outro dia, conversando com um rapaz de vinte e poucos anos e que torce pelo São Paulo, ouvi que iria torcer muito pelo Palmeiras no próximo domingo em Itaquera porque o grande rival deles é o Corinthians e que o Palmeiras até que é um time simpático….

Isso é quase a morte para alguém que olhava por cima 15 anos atrás e hoje é obrigado a escutar esse tipo de coisa.

Por favor palmeirenses, especialmente os mais jovens, não caiam na tentação de se contentarem por ter jogado “melhorzinho” mesmo tendo perdido em casa, ISTO NÃO É PALMEIRAS!!!

Leia aqui a matéria completa→ BLOG DO ALEX MÜLLER

••

73 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 22-07-2014: Gareca faz oito mudanças e monta Verdão com Weldinho e Mouche ❘ LANCENET”

hoje foi 2×0, domingo vai ser 2×1 para nós, vamos carimba-los, como sempre, para jamais esquecerem que no primeiro clássico naquela merda fomos nós quem saímos vencedores…
Aliás ninguém vai falar nada sobre a santa casa ter fechado e precisando de grana…. enquanto isso lá em itaquera….

Gareca em 1 mes ja fez Mais do que o entregador de coletes Gilson. Ja colocou a mulecada Pra jogar. Em 3 jogos, Erik, Gabriel Dias, Eduardo, Vitor Luis, nao vou jugar se bons ou nao(ainda), mas nao tem medo.
Indicou bons jogadores, Tobio, Mouche, Allione, e Tomara que venham Pratto e Moralez.
Nao briga por quem quer Sair, Como Juninho, Valdivia, etc..
Esta fazendo o Felipe Menezes jogar bola!
Poe o time Pra frente!
Temos um tecnico de verdade e que entende muito de futebol!
Diferente do que disse o Alex Muller em seu muito Infelizmente texto, a melhora contra o Cruzeiro Foi muito importante !
Hj a confianca Foi outra.
Temos que parar com o “auto-flagelo” de Falar em rebaixamento. Temos um grande tecnico, um elenco de razoavel Pra bom.
Cabe a torcida apoiar!
Que chegue Domingo , e mostremos que Palmeiras ‘e quem manda Nesse confronto.
Sendo Morumbi, Pacaembu, Parque Antarctica ou “Entulhao”
Avanti Palestra!

Acho que o Valdivia não vai mais não hem Leo!!rsrsr!!A diretoria vendeu… não recebeu e os arabes estão com dificuldades de acertar o salario!!!rsrsr!!O chileno ganhando 500 kkk só o Palmeiras para pagar….parece que tem uma proposta melhor né…mas em se tratando de nossa diretoria!zzzzZZZZzzzzzZZZZ!!!Aguardemos os proximos capitulos de mais um papelão em negociação de jogadores!!!

O Sleep hoje foi Ozil Menezes. Excelente vitória para o Palmeiras, para o Gareca e para nós torcedores. É só fazer um jogo de manuntencao na volta em S. Paulo e confirmar o seguimento na Copa do Brasil.

Mais um juiz amarelando todo jogador do nosso q faz falta. O pontapé no marcelo oliveiro, n teve amarelo….mesma jogada do josimar…que recebeu.

Ah tá, curintia acabou de cair e bambizada tem tantos tiulos qto a SEP ultimamente, e vem falr que não ve como rival? Se esse bambi falou isso, é porque ele tem algum namorado palmeirense. Vem o sujo falar do mal lavado, só se o clássico mencionado for o clássico da globosta ou da arbitragem!

Gostaria de saber se o Sr. Paulo Nobre, em sua época de “torcedor de arquibancada”, algum dia sonhou que o Palmeiras chegaria ao seu centenário com um time tão pobre (em todos os sentidos) e que ele contribuiria decisivamente para isso. Sei que o clube está falido, que ficamos quase dois anos sem treinador de verdade, que um novo trabalho técnico está começando agora, que hoje especificamente muitos titulares estão ausentes (e olha que o “time titular” já é difícil de ver jogando…) e que o “grande objetivo” de 2014 é permanecer na primeira divisão (o de 2013 era subir, quem sabe o de 2015 seja ficar entre os dez primeiros, e assim vamos evoluindo…), e também sei que nenhum jogador está fazendo corpo mole e sim dando o máximo – é que eles são muito RUINS mesmo. Mas como é difícil para alguém que, como eu, acompanha o time há 40 anos ver ISSO a que se resumiu a Sociedade Esportiva Palmeiras graças ao egoísmo de meia-dúzia de múmias que vivem no passado e fazem de tudo para o clube não se modernizar.

Arthur…peço perdão se te ofendi, mas não tive nenhuma intenção de faze-lo!Compreendo sua ideia do “Mickey” e já foi falado varias vezes aqui que o ídolo..o craque a gente não vende!!A gente lucra com ele!!Entendo isso e sei que isso seria ótimo em um clube altamente sustentável!!O que fez eu opinar em seu comentário foi o termo chapa branca e depois ainda veio o nobrete!!rsrsr!!O que seria bacana é evitar esse tipo de situação e não fomentar ainda mais a divergência!!!Sei e também sou contra a diversas coisas deste atual presidente!!O único que talvez possa fazer algo de diferente serio o criscio que muitos falam com total propriedade…mas eu não conheço…mas como sou Palmeirense o que mais precisamos é de pessoas engajadas em levantar o Palmeiras e isso eu apoio incondicionalmente!!E não dividi-lo em quem é certo ou quem é errado ajuda muito!!Isso se passa em evitar conflitos “dentro de casa”!!Somente isso!!Boa sorte para nós!3×0 VERDÃO HJ!Abraço

Contra quem jogamos domingo mesmo?….. cuidado com tudo que aparecer essa semana. O cara do apito já foi escalado para garantir q gambá n perca o 1. clássico lá. Sandro Meira Ricci….. esse é da escola do Gaciba….PCO….. sabe fazer um resultado.

é a quarta camisa comemorativa, só ai 1000,00 reais, fora as de jogo, 1 e 2, 1500,00 só de camisa, eu NÃO pago, espero baixar de preço. fora que tenho concorrência desleal em casa, pois se o meia esquerda pede e ele leva. hahahahahaha hoje 3×0 para nós.

Concordo em parte com o Alex Müller, mas não podemos condenar um time que passou 2 anos com um distribuidor de coletes, e está a um mês com um treinador, e também está demonstrando evolução, pouca mas estar. Acho que um treinador qualquer não mandaria uma time misto estando sem ganhar, se fosse o anterior tinha mandado o time completo e pegaria um sacode no jogo de domingo só pra interromper uma sequencia de derrotas.

Sportingbet tá pagando R$ 3,60 pra cada R$ 1,00 apostado na vitória do verdão domingo! Vou meter R$ 100lão nesse jogo, não iremos perder pra esses lixos nem a pau! Vai Palmeiras.

” O jogador chega por cerca de R$ 6 milhões e se performar de acordo com o que seu potencial sugere, deve render uma quantia muito interessante aos cofres do Palmeiras ao final de sua permanência.” /// Comentário de um site chapa branca sobre o Allione. Dá pra perceber a filosofia da diretoria atual, que deveria pensar em montar time a longo prazo pra futuras conquistas e consequentemente aquisição de receitas elevadíssimas. Mas não, já estão penando em lucrar migalhas com a venda do rapaz. Cruel

Ainda bem que você não tirou nenhuma virgula da frase!! “AO FINAL DE SUA PERMANÊNCIA”!!Em algum lugar do texto você esta vendo que será vendido amanha ou semana que vem???Ou o final de sua permanência será daqui a 4 anos quando se encerra seu contrato??
É muita vontade de achar pelo em ovo hemm!!Gosto de uma rixinha…uma briguinha!!Comentário mequetrefe!!

O que eu quis dizer meu amigo é que fazem previsão de receita com compra e venda de jogadores como se fossem ações de uma empresa. Futebol não é assim. No futebol se tem receita com time competitivo. O Allione, “se performar de acordo com o que seu potencial sugere” (como diz o chapa branca) tem mais é que se aposentar como ídolo no Palmeiras, gerando 10 vezes mais receitas do que com um simples lucro de compra e venda. Leia o post “Vamos vender o Mickey”, talvez você entenda, se caso você não entender peça pra alguém mais gabaritado te explicar.

Claro… amiguinho!!Você entendeu claramente do seu jeito de criar intriga e eu entendi do meu jeito Mickey como você diz!!rsrsr!!HARLEY por favor…pula do precipício junto com o Arthur!!

Meu caro! Eu sou palmeiras… Nasci em 1979, sou filho da “fila”. Aceitar “…deve render uma quantia muito interessante aos cofres do Palmeiras” não dá. Se preocupam com os cofres, mas destroem o time e entristecem a torcida. Essa “contabilidade” pro futebol não fecha, amigo. Você está habituado ao discurso Mustafá e o aceita. Aceite sozinho. Avanti Verdão.

Meu caro! Eu sou Palmeiras… Nasci em 1979, sou filho da “fila”. Aceitar “…deve render uma quantia muito interessante aos cofres do Palmeiras” não dá. Se preocupam com os cofres, mas destroem o time e entristecem a torcida. Essa “contabilidade” pro futebol não fecha, amigo. Você está habituado ao discurso mumu e o aceita. Aceite sozinho. Avanti Verdão.

Não sei se escreveu isso para mim…mas vou responder mesmo assim…aonde você viu que eu aceito tudo isso que acontece ao Palmeiras??Não colega…quanto a mim você se engana demais!!!Se engana em achar que sabe o que penso e se engana em me julgar aceitar essa praga de mumu se for pra mim essa msg é claro!!!Você como é bem vivido….pois é de 79 deveria saber que nada é conquistado com facilidade nessa vida e me admira muito anos de destruição ao nosso Palmeiras ser recontruido em apenas 2 anos!!Isso vale para qualquer presidente!!Diante da situação em que estavamos ano passado!!!A questão para mim é…Nobre está mal demais…mas teve alguns acertos que podem dar bons frutos no futuro!!Como o Belluzo que tambem errou bastante mas deixou bons frutos!!O que o Tirone deixou???Ele tambem era do Mumu!!rsrs!!Peço um favor de parar de agregar minha pessoa as ideias do mumu…tenho aversão a este anfibio maledeto!!se essa mensagem foi pra mim ja esta respondido…se não foi serve tb para vc parar de relacionar as pessoas com esse cancer!!Isso é ser ofendido como Palmeirense que cada um é!!

Nada pessoal meu caro… somos irmãos de sangue verde, mas você que me atacou 1º. Você deve ser muito jovem, aprenderá lidar melhor com as pessoas. Sucesso na vida garoto.

Novamente julgando!!Você se acha né Arthur!!Já compreendi isso!! Tem 35 anos e se acha mais que os outros??Cansei do seu papinho de superioridade querendo ensinar algo que realmente não sabe!!Sou de 85!!29 aninhos e nem por isso fico fazendo isso que você faz!!6 anos de diferença não o fazem o maior sabio de como lidar com as pessoa e nem julga-las e ainda querer ensinar!!!!É o que vc fez esta fazendo!!!Desde o 1º comentario!!Se falar que seu comentario é mequetrefe te ofende!!Continua mequetrefe!!rsrs!!Sucesso para você tambem vovô!rsrsrs

Completando, assim como contratos existem para serem rescindidos, também existem para serem renovados. É inadmissível que já se pensem na venda de um atleta que ainda nem assinou o ajuste. Pensamento pequeno, bem pequeno.

Ofendido??rsrsrs!!Moderação por favor!!Ofendido fui eu de ser chamado de Nobrete…coisa que não sou e nunca fui!!A diferença é que eu não busco picuinha em outro site/blog para aumentar ainda mais o que já não é bom!!Tem pessoas que adoram o famoso “lenha na fogueira”.

Concordo em parte com o que disse Alex Müller.
Ninguém está feliz porque o Palmeiras perdeu em casa para o líder do campeonato. Mas da mesma forma que criticamos o time nas vitórias contra Criciúma e Figueirense, não podemos deixar de ficar otimistas com a evolução do time nesta derrota.
Se o time continuar evoluindo, me parece claro que, mesmo sem um time decente, passaremos a ganhar jogos, ficar do meio da tabela para cima e montar uma base para o próximo ano.
Acho que todos aqui creem que nosso time está muito abaixo do que deveria ser, mas muitos estão animados com a possibilidade de Gareca fazer esse time medíocre jogar um futebol suficiente para chegar no final do ano almejando um ano com títulos em 2015.
O baixo nível técnico do futebol brasileiro permite isso.

Temos pelo maior tempo nas ultimas décadas um time sem patrocínio, culpa do anti- marketing implantado pela atual diretoria, que diz o tempo todo : ” todo jogador aqui esta a venda e nao temos dinheiro” , ou seja , nao conseguimos ter um time, nao temos um padrão , insistiram com um pseudotecnico só para nao pagar a multa, “vendemos” nossos ídolos ( Barcos o pirata, Henrique , Kardec e por fim agora o mago) todos vendidos sem substituição previa , de protagonistas viramos coadjuvantes, servimos de lacaios para os interesses gambás ( além de termos uma comunicação coordenada por um gambá ) , temos que ouvir uma bicha velha ( Vaidar) tirar uma com a nossa cara e depois de tudo isso tem gente que tem a coragem de pedir para pegar leve com o playboy ! Para o mundo que eu quero descer!

Além de tudo isso, colocar os jogos do Palmeiras as 19:30, pra passar jogo dos lixos, é um absurdo. A globo tá cada vez mais querendo ferrar o palmeiras. Menos exposição, menos mídia, menos dinheiro. E não tem um manager que se oponha a isso. Brunoro é medíocre.

Palmeiras atual é igual ao Santos das décadas de 80 e 90. Saco de pancadas e sempre era o segundo time nosso contra Gambás e Bambis.
Até os Gambás hoje acham que o grande rival são os Bambis. Realmente estamos MUITO pequenos neste momento.

O Sr. Nobre, o agiota, deveria ler e refletir sobre o texto do Alex Muller.

Cara, sou contra vários métodos do Nobre, mas acho bastante pesada essa crítica feita. O cara mandou mal, mas ok, ele emprestou dinheiro dele, milhões, pra tentar ajudar o Palmeiras. Quanto do nosso bolso colocaríamos para isso? Repito, não acho certo esse método, mas temos que no mínimo ter mais civilidade e respeito com o Nobre.

Concordo plenamente com o Alex Muller, mas vamos lembrar que até pouco tempo atrás o Palmeiras ganhou do Criciúma e do Figueirense jogando pessimamente, são 6 pontos que caíram do céu e vimos o time tomar um passeio da Chapecoense, o cenário era assustador. Concordo que NUNCA podemos nos contentar em perder em casa de pouco para o Cruzeiro, mas é alento ver que o time está se encontrando aos poucos, os reforços estão se adaptando bem e a tendencia é melhorar (ou assim espero).

Concordo contigo Marco. O time jogou melhor, dominou o líder. Não ganhou por infelicidade e falta de ataque.. mas acredito que se continuar no mesmo caminho trará alegrias.

O Palmeiras precisa voltar a ganhar títulos e muitos!!! Para isso são necessárias muitas coisas. Concordo com essa de que não podemos ficar satisfeitos, mas uma coisa é ganhar jogando mal, outra é perder jogando bem, vide seleção de 82 e seleção de 94. Qual é mais citada? Qual é lembrada com mais saudosismo? Não se vive de história, mas vivendo fazemos ela acontecer!!! É hora do Palmeiras voltar a ser uma academia de futebol e ensinar os outros a jogar bola!!!

O Palmeiras nem precisa de títulos, mas de protagonismo. Lembro que na época da “fila”, nos anos 80 e início da década de 90, aguentávamos muito sarro dos rivais, mas éramos GRANDES. Cansamos de engolir SCCP e SPF com maestria. Quem não se lembra da “molecada” do Telê dando passeio no flamengo de Zico e CIA em pleno maracanã? É disso que precisamos, título é mera consequência do protagonismo no futebol. O Palmeiras hoje não coloca medo em mais ninguém, isso que está errado. Se ficarmos 10 anos sem título, mas sempre disputando as 1ªs posições, voltaremos a ser considerados grande.

Palmeiras poderia aproveitar a “má fase” do Flamengo e tentar trazer o André Santos que cairia muito bem no elenco atual, antes que outro time o faça.

André Santos já está sem clube, viria de graça, Palmeiras tem trazido muito jogador assim, quem sabe não é mais um…

Se já fez 7 jogos ou mais,nao vai adiantar.Além do mais o salário é alto para o padrão Mustapha/Nobre.

De drogas o Palmeiras está cheio.
Um jogador fim de carreira, gordo, baladeiro e agente de jogadores (trabalha em off para Carlos Leite).

por quê trazer um jogador com salário alto e em declínio de carreira só porque “vai sair de graça” – tem luvas, comissão do empresário e salários – temos q dar valor a base e fazer contratações pontuais.

Os comentários estão desativados.