Categorias
Resenha dos Jogos

Brasileiro 2014 R16 Sport 2×1 Palmeiras: não dá prá falar mais nada

O Palmeiras perdeu para o Sport por 2×1 nesta noite de quarta-feira em Recife.

Qualquer análise ou tentativa desse site (ou qualquer outro) de fazer apologia da derrota e explicar o inexplicável soará como ofensa intelectual ao torcedor palmeirense.

Não vamos comentar o jogo. O Palmeiras perdeu e faltando 22 rodadas para o final do Brasileiro estamos na última posição da tabela.

Apenas uma pergunta: após 19 meses mandando, a atual gestão e seus seguidores continuarão culpando os gestores do passado?

Saudações…

294 respostas em “Brasileiro 2014 R16 Sport 2×1 Palmeiras: não dá prá falar mais nada”

Pessoal, o Fábio, o Bruno e o Deola não são goleiros ruins. O Fábio fez defesas importantes contra o Sport, pelo menos em outras quatro, cinco vezes. Mas falhou no gol, assim como o Bruno falhou algumas vezes.

Eu acredito que o treinador Carlos Pracideli não devia ter sido dispensado.

Posso estar muito enganado, mas nunca vi Deola levar frango no gol do
Palmeiras. Bruno e Fábio já falharam muito. Não me lembro de Deola
falhando assim. Deola tem uma coisa que Fábio não tem: experiência… já jogou
muito pelo Brasil afora e pelo Palmeiras. É um bom goleiro. No momento,
sem o Prass, que ainda vai demorar, precisamos de mais experiência no gol.

Li agora que PN e BRUNORO serao HOMENAGEADOS pela CAMARA MUNICIPAL DE SP na proxima segunda feira. O momento é exelente para encher o recinto da camara de PALMEIRENSES e fazer a NOSSA HOMENAGEM aos dois. Tem que jogar mer… no ventilador. Aquele coro bem bacana para ambos… ei PN vtnc……ei BRUNORO vtnc….. e não dar tregua o tempo todo. Se tiverem que falar ficar gritando o tempo todo, vaiando, fazendo o caral…. mas não deixar falar. E um bom momento de ridicularizar publicamente esses dois FDP. Vamos la MANCHA A HORA É AGORA…….

Brunoro acabou de dar entrevista dizendo que o problema do time é emocional mas que isso será resolvido e trabalhado
e o time vai reagir. Ele ainda não entendeu que o time é horrivel e que se deixar pra buscar reforços na última hora o time vai cair.

Mais uma vez o silêncio impera nessa gestão de bosta. Paulo Nobre e sua trupe de PUTAS e LAMBE SACOS estão acabando com o Palmeiras. Nossa vergonhosa posição na tabela reflete bem a gestão Paulo Nobre.

Manifesto já!!!
– Pelo fim do conselho vitalício!!
– Pela separação do clube social e do futebol
– Pelo voto aberto aos torcedores do avanti
– Por uma auditoria nas contas do clube de 1977 para cá!!
– Pela expulsão dos conselheiros que não sejam Palmeirenses!!

A verdade é que estamos nessa pindaiba desde os anos 70. Me recordo que naquela época enquanto
o Corinthians contratava as grandes revelações, Zenon, Sócrates, o São Paulo Careca e Oscar, o Palmeiras buscar Darinta, Deda e Bizu. A verdade é que nada mudou. A única saída é a terceirização do futebol como aconteceu na era Parmalat, ou então que se feche as portas pois chega de vexame.

Vc percebe que as coisas não são mais as mesmas, quando você já não argumenta mais nas brincadeiras e discussões sobre futebol. As coisas mudam quando num dia de sol, você quer vestir aquela camisa verde e não tem mais orgulho. Tudo muda quando as pessoas quando você chega numa roda de amigos e eles param de falar sobre futebol, por sua causa. Palmeiras é e sempre será um clube grande, mas com um time pequeno! Os jogadores não entendem o que é jogar no Palmeiras!! Só nós entemos isso. Assim como eu, você ama o Palmeiras quando mesmo perante as derrotas, fica procurando alguma notícia por vários sites e outras fontes, alguma notícia boa. Não moro mais no Brasil, talvez por isso meu sofrimento não é tão grande assim, certo?? Errado, todos associam minha imagem com o time, não tenho vergonha disso, pois eu sei que o dia o Sol voltará à brilhar!!!

cadê o sr. Paulo Nobre ? omisso e some quando precisa estar à frente desta situação. Se for para sumir e não assumir suas responsabilidades, peça RENUNCIA !!!!

Concordo com Pedro Henrique Pizzo. Lembrando que o Paulo Nobre vem comprovando que é tão ruim quanto os últimos presidentes que passaram pelo Clube. Por sinal esta difícil de saber quem foi pior do últimos tempos….até porque tudo indica que vem mais gente ruim por aí.

Qual será a opção nas eleiçoes?
– Pescarmona + César maluco?
Eu vejo isso com muito pessimismo. Um dirigente que convida um ídolo da década de 60/70, já dá pra imaginar a cabeça retrógada dele.
Alías já temos esxperiências com ele quando foi montado o Conselho Gestor no final da gestão Belluzzo.
O Palmeiras precisa ser comprado por alguém, igual aconteceu com o PSG, Valência etc…
Eu não vejo ninguém entre os dirigentes com capacidade pra tirá-lo dessa situação.
Todos os possíveis postulantes estão “contaminados” pela política do clube.

gareca e fraco tem que cair fora, com Valentim esse time que o gareca colocou um monte de pe de rato ia melhorar

O Palmeiras está perdendo para ele mesmo.

Tão triste quanto ver a campanha do time e o desempenho em campo é perceber como tem “palmeirense” vibrando com o fracasso.
A preocupação no clube é com a eleição, mesmo que o sucesso nessa eleição seja obtido pelo rebaixamento do time.
A oposição palmeirense poderia dar uma demonstração de grandeza e buscar um pacto com a situação para salvar a equipe. Em sua campanha, ela coloca como meta acabar com o ódio no clube. Então, poderia dar o exemplo e começar desde já!
Por outro lado, a situação deveria parar com sua arrogância, sair do isolamento, do pedestal em que se colocou e admitir que precisa de ajuda para que o Palmeiras não passe por mais esse vexame, agora no ano do seu centenário.
Em qualquer outro clube do Brasil, a fase crítica como a que vivemos seria motivo de união geral para salvar a instituição.
Muito mais lamentável ainda é ver os elencos dos times que estão a nossa frente, nas últimas dez posições. Geralmente, o palmeirense se nega a fazer isso, mas se tivesse um pouco de paciência e comparasse jogador por jogador ficaria mais decepcionado ainda.
A bola queima nos pés dos nossos jogadores e até quem joga mais ou menos em uma partida acaba entregando o ouro em lance decisivo. O time não se apresenta em campo, não faz algo a mais na melhor demonstração de medo e covardia.
Onde está o comando sobre o futebol que permitiu ao time chegar a esse ponto com jogadores que claramente sabotam a equipe?
Vejo um erro clássico nas análises gerais sobre o Palmeiras, tanto de torcedores quanto de jornalistas. Classificar o time como ruim e o elenco fraco para a realidade do futebol que praticamos no Brasil é ser parceiro da irresponsabilidade, da falta de profissionalismo, da falta de personalidade e da falta de vergonha na cara dos jogadores que compõem esse time. Quando atribuímos a eles a condição de fracos, estamos tirando deles a responsabilidade e qualquer necessidade de retorno, pois se são fracos e incapazes, obviamente não podem dar resultados.
Pela estrutura do clube, pelos salários que recebem e pela condição em que foram contratados, a maioria tem obrigação técnica e moral de dar retorno ao Palmeiras, pois times com folha salarial muito menor, como jogadores de muito menor expressão estão reagindo no campeonato.
Nossa atual equipe está há anos luz da tradição palmeirense, mas faz parte do nível medíocre que é necessário no futebol de hoje, para não ficar em uma posição vergonhosa na tabela.

COMO SE DOURA A PÍLULA…. OU COMO DIZER QUE N~ÅO TEM PATROCÍNIO COM A AJUDA DA PRESS:…………..Aqueceu
….A diretoria do São Paulo diz ter sentido um aquecimento no interesse das grandes empresas em patrocinar o futebol. Mas só trabalha como contratos a partir de 2015, pois avalia que neste ano, os orçamentos estão fechados. A avaliação do clube é que a Copa aumentou, ao contrário das previsões, o prestígio do futebol brasileiro em nível interno. Mesmo assim, o clube não prevê novo patrocínio de camisa até o fim do ano.

“Neste ano vamos usar a camisa para ajudar entidades beneficentes”……………..Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, sobre o espaço na camisa do tricolor após fim do contrato com a Semp Toshiba.

A verdade é uma só: JÁ CAIMOS. Esse time não terá força mental nem qualidade técnica para conseguir o número de pontos necessários para ficarmos pelo menos na 16ª posição.
Senhores conselheiros listados abaixo pelo Newton, quando vocês vão fazer alguma coisa, caso tenham realmente algum sentimento pelo Palmeiras e sejam de fato palmeirenses.
Quando vocês vão pedir a renúncia imediata do Paulo Nobre, pior que o Tirone. Nosso folclórico B1 pelo menos tentou colocar jogadores de qualidade no time: trouxe o Barcos, manteve o Henrique. Com Paulo Nobre na Presidência o Palmeiras caminha para a realização do plano de Mustafá, que é acabar com o futebol e só manter o clube social. PELA AMOR, será que vocês conselheiros que votaram no Nobre não perceberam isso. Ou então compactuam com o mesmo plano? MEXAM-SE BANDO DE VAGABUNDOS

COBREM QUEM TER QUE SER COBRADOS : http://www.palmeiras.com.br/clube/conselho_deliberativo Ademar Dias Baeta Filho Ademir Geová da Silva Adhemar Laurino Adriano Somera Fantini Affonso Della Monica Netto Alcyr Ramos da Silva Junior Alberto Strufaldi Neto Aldo Eugênio Donato Alessandro Donadio Alexandre Zanotta Alfredo Colonna Romano Alfredo Mantellatto Junior Almir Gomes do Nascimento Américo Calandriello Júnior André Luiz Crepaldi Poincaré Angelo Ernesto Giuliano Talento Angelo Garavaglia Antonino Jesse Ribeiro Antonio Augusto Pompeu de Toledo Antonio Carlos Blanes Antonio Carlos Bruno Antonio Carlos Bruno Filho Antônio Carlos Corcione Antonio Carlos de Carvalho Antonio Espósito Antonio Gomes Pereira Antonio Henrique Silva Antonio José Joiozo Antonio Laurenti Antonio Sérgio Orciuolo Armando Butrico Arnaldo Luiz de Albuquerque Tirone Arthur Berni Neto Ataíde Pedro Roberto Augusto Volta D´Alessio Bernardo Oswaldo Francez Bruno Frizzo Caetano Fortino Neto Carlos Afonso Della Monica Carlos Alberto Balceiro Felipe Ferreira Carlos Alberto Pereira Carlos Antonio Faedo Carlos Bernardo Facchina Nunes Carlos Ricardo Degon Cassio Garcia Cipullo Celso Aparecido Gonçalves Celso José Bellini Cesar Augusto da Silva Lemos César Waldemar Sérgio Ottaviani Christian D´Alessandro Ferrer Sabóia Claudio Aparício da Silva Baptista Junior Clemente Pereira Júnior Clóvis Panfilio Alexandre D’Alessio Dalvio Pedro Barichello Decio de Lima Junior Décio Perin Dinette Florenzano Domingos Antonio Ciarlariello Domingos Cangiano Filho Domingos Giannini Neto Dorival Malvezzi Dorival Xavier de Oliveira Ebem Fernando Gualtieri Edevaldo Bellucci Edis Caberlin Edson Feliciano Pinto Edson Fernando Martins Puglia Eduardo Contador Eduardo de Oliveira Nunes Eduardo Oliva Pereira de Mello Eduardo Pascale Edvaldo Frasson Teixeira Elio Esteves Elio Esteves Junior Emerson José Belusci Emílio Acocella Ennio George Elias Camarano Enrico Busdraghi Enrique Tadeu Jussio Guillen Ernesto Lanzuolo Estevam Magro Eugênio Reynaldo Palazzi Fabiano Henrique Silva Fabio Augusto Cabral Novaes Fábio de Campos Lilla Faustino Caputo Fernando Martins Pizo Flávio Bernardo Caviglia Flávio Buongermino Flávio Del Comuni Flávio Luiz Amadei Francisco Assunção Vituzzo Francisco Campizzi Busico Francisco Campizzi Busico Junior Francisco Assis Pinto de Moraes Francisco Gervásio Primo Francisco Haroldo de Araújo Genaro Marino Neto Gianfranco Giannelli Gilberto Cipullo Gilberto Korek Gilberto Regina Gilson Marques Silva Gilto Antonio Avallone Guilherme Augusto Sanches Ribeiro Guilherme Gomes Pereira Gustavo Gomes Pereira Hélio Hiromi Tamura Hélio Pardelli Higor Marcelo Maffei Bellini Hislande Pereira Bueno Júnior Hugo Rosário Saporito Jair Francisco Tadeu Jussio Januário Gagliardi Januário Sálvia Jean Patrick Ferrer Sabóia João Baptista Cestari João Carlos de Oliveira João Gavioli João Oswaldo Ferro João Paulo Gavioli João Roberto Astorino Jorge Vacarini José Alcione Macedo Almeida José Ângelo Vergamini José Antonio Apparecido Junior José Antonio do Rosário José Barone José Carlos Capello José Carlos Palmieri Magri José Carlos Tomaselli José Carlos Vinite Martins José Carlos Xavier de Oliveira José Corona Neto José Cyrillo Júnior José Ezequiel de Oliveira Filho José Fernando De Divitiis José Luiz Portella Pereira José Mariano Barrella José Reginaldo Nazello de Alvarenga Trípoli José Roberto Capuano José Roberto Christianini José Roberto Generoso Juan Manuel Berrospi Carreno Julio Matrone Lázaro Donadio Lennon Pescarmona Leonardo Altafini Filho Luciano Henrique Silva Luis Fernando Vallejos Peredo Luis Henrique Monteiro Fronterotta Luiz Augusto de Mello Belluzzo Luiz Bertanha Filho Luiz Carlos Carpi Luiz Carlos Clemente dos Santos Luiz Carlos Granieri Luiz Carlos Pagnotta Luiz Carnassale Neto Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo Luiz Mousinho Luiz Tadeu Ribeiro Manoel Dantas Pinheiro Filho Marcelo Dedeschi Teixeira Marcelo Della Monica Marcelo Pereira Lopes de Medeiros Marcio Frugiuele Márcio Papa Marcio Wilson Severini D’Andrea Marco Antonio Albuquerque Tirone Marco Espósito Marco Polo Calandriello Marco Polo Del Nero Marco Polo Del Nero Filho Marcos Cesar Barduzzi Terence Marcos de Freitas Ferreira Marcos de Souza Marcos Ramacciotti Marcos Vinicius Borin Maria Aparecida Lopes Cocate Maria Tereza Ambrosio Bellangero Mário Benedito de Souza Mário Carlos Beni Mário Genovese Mário Giannini Mário Kaminski Mario Paulo Frugis Mateus Lupo Júnior Maurício Martinelli Maurício Precivalle Galiotte Mauro Marques Mauro Yazbek Miguel Thomaz Di Pierro Milton Carlos Andriolli Moacyr Gottardi Mello Moraes Mustafá Contursi Goffar Majzoub Nadim C. Libbos Neive Conceição Bulla de Andrade Nelson Alvares Riccelli Nelson Moyses Giuramo Nicola D’Elia Nicolau Mancini Neto Nilton Eduardo Gatti Nobuyuki Yokoyama Norberto Monello Orpheu Gaspar Puglia Osimar Morais Osório Henrique Furlan Júnior Osvaldo da Silva Rico Paolo Giovanni Farinelli Pasquale Bruno Patrice Bernard Rozenbaum Paulo de Almeida Nobre Paulo Roberto Buosi Paulo Tadeu Martins Jussio Pedro Lagonegro Pedro Luiz Grecco Piraci Ubiratan de Oliveira Júnior Reginaldo Alves Ramos Reginaldo Simplicio dos Santos Renato Casanova Renato Hennel Renato Recchi Renato Torlay Netto Reynaldo Cappucci Ricardo Alberto Galassi Ricardo Barrella Ricardo Hugo Palaia Ricardo Signorini Ricardo Tadeu Pellegrini Pisani Rita de Cássia Miranda Cosentino Roberto Ferrari Roberto Fleury de Souza Bertagni Roberto Silva Roberto Vicente Frizzo Rodrigo Barros de Miranda Rodrigo Narduche de Oliveira Romiro Oss Ronaldo Aguiar Faria Júnior Ronaldo Mastropietro Rubens Reis de Souza Júnior Salvador Claudio Mezzarane Salvador Hugo Palaia Santo Carparelli Savério Orlandi Seraphim Carlos Del Grande Sérgio Ferreira de Campos Sérgio Luciano Spina Pellegrini Sérgio Matrone Filho Sérgio Moyses Sérgio Roberto Granieri Sílvio Vieira da Silva Filho Siro Casanova Stefano Américo Jesus Giordano Sueli Palma Sylvia Lúcia Boggian Sylvio Toshiro Mukai Tarso Luiz Furtado Gouveia Tito Livio Maule Filho Tommaso Mancini Ulisses de Souza Felicônio Valdeci Cavalcanti Valter Celso Teixeira Pinto Vicente Amato Neto Vicente Angelo Frizzo Vicente Roberto Criscio Victor Fruges Vitor Antonio Cestari Vitor Sapienza Vittorio Alessandro Egisto Pescosolido Walter José Munhoz Walter Marconi Wilson Carlos Gonçalves Wilson Piccaro Wilson Toshiro Nakamura Wlademir Pescarmona Wladimir Tomanik

Se essa diretoria não fosse incompetente:

Afastava do time Wesley e Leandro e deixaria mais alguns lá de sobre-aviso;
Como é “festa do centenário” jogo contra o Coxa sem cobrança de ingressos, sei lá, um kilo de alimento não perecível!!!
Demissão do CEO e do Feitosa;
Contratação do RG, Nilmar e de algum lateral da série B!!! (sei lá, não gosto do atual RG e nem do Nilmar, mas pelo momento isso poderia mudar os ânimos por lá)!!

No entanto, não vão fazer nada!! O Presidente é muito incompetente para isso e claro, ele não é refém do centenário!!! O caso do Palmeiras 2014 deve ser um dos maiores anti-marketings da história do Esporte!!!

Sugestão 2: porque a mídia palestrina não faz um manifesto conjunto contra o conselho e direção? Porque não organizar um protesto no clube cobrando o fim desse conselho viciado e o fim do vitalício??

Por que o objetivo principal não é evitar o rebaixamento, é ganhar a eleição no final do ano.
Evitar o rebaixamento só interessa para o palmeirense que não torce para o presidente A ou presidente B, torce pelo Palmeiras.
Com o time rebaixado, a vitória na eleição é certa.
No próximo mandato, ganhando a oposição de agora, inverte tudo. Quem hoje sabota, será sabotado. Tudo farinha do mesmo saco!

Desculpa, o rebaixamento não garante a vitória de oposição nenhuma, isso eles sabem. Vide os exemplos anteriores, 2002 e 2012. O sapo-boi se reelegeu em uma e fez o sucessor na outra.

Pescarmona foi visto dando risada no empate com o Bahia. É por ai mesmo, quem esta fora quer que o circo pegue fogo. infelizmente………. ta na hora de tirar TODA essa corja de lá, seja ela situação ou oposição. Só deu certo no curintia quando os gaviões foram pra cima do presidente e dos vitalicios.

sugestão para o dia 26: sair de camisa preta, afinal o Palestra morreu! Devemos ficar de luto! O que fizeram com você Palmeiras????

Pois é, o que os seguidores e apoiadores incondicionais da gestão devem estar fazendo ou pensando? Sei de uma coisa, o “Nobrazzo”, site que apóia incondicionalmente essa gestão ridícula, se retirou. Na próxima vitória, seja lá quando ela vier, o tal site volta ao ar…

Não culpo nenhum jogador que está vestindo nossa camisa. Eles não são culpados por terem encontrados asnos que os contrataram. Os garotos da base então estão sendo heróis de segurar a pressão. O Palmeiras hoje não tem time titular, que dirá um banco. E os únicos culpados todos sabem quem são. Aqueles que entregam os nossos menos piores jogadores e contratam o refugo dos outros times. Esses devem ser cobrados. Gostaria que alguém da política do Palmeiras tivesse a coragem de liderar uma intervenção na presidência do time. Alguém precisa fazer alguma coisa. Do jeito que está não dá.

EI PN VAI TOMA NO C…. SEU FDP. SOME DA VIDA DO PALMEIRAS. VA ARDER NO FOGO DO INFERNO JUNTO COM BRUNORO, MUMU E SUA CORJA. PEÇA DEMISSÃO HJ E MOSTRE QUE VC TEM, PELO MENOS, UM POUCO DE VERGONHA NA CARA!!!!

Os comentários estão desativados.