Categorias
Opinião

Opinião: nasce o Allianz Parque

 

Por Vicente Criscio

Neste sábado ocorreu o primeiro evento teste da Nova Arena, ou como agora ela deve ser chamada, Allianz Parque.

Se fosse prá definir o novo estádio palmeirense em apenas uma palavra, eu diria LINDO.

Quase não se percebe que havia um antigo estádio lá. Quando se olha por dentro (a foto abaixo é do setor 131, quase na metade do anel inferior, na curva das piscinas, atrás do gol, ao lado direito), percebe-se a grandiosidade do projeto.

Não há um ponto cego. A acústica deve permitir uma pressão adicional do apaixonado palmeirense. A proximidade com o campo, mesmo nas fileiras mais altas, cria uma atmosfera de envolvimento com o time. Prá quem viu jogos no antigo Palestra lotado, imagine aquela energia mais comprimida, mais concentrada.

É o tal “caldeirão”.

20140927_202506

Falando de grana, a WTorre até agora conseguiu o equivalente a R$ 610 MM em receitas (de acordo com o blog Dinheiro em Jogo, de Rodrigo Capelo, no Globo.com). Esse valor de acordo com o blog tem de tudo, desde o contrato de 20 anos com a Allianz, até venda de camarotes. E deve vir mais grana por aí. O Palmeiras receberá percentuais distintos por ano desse dinheiro. E sem risco, já que participa de receitas e não de resultado.

Ou seja, o estádio é lindo, moderno, e um caldeirão para nosso negócio central (prá quem não lembra, já esqueceu ou ainda ignora, nosso negócio central é o FUTEBOL). Um caldeirão para ganharmos títulos, entregarmos ao torcedor o que ele espera, e fazermos mais torcida. Do ponto de vista financeiro, auto-sustentável com receitas de futebol, shows, eventos e propriedades de marketing 100% terceirizadas para a construtora. Nem se compara ao Itaquerão, com dinheiro público, mal localizado e do ponto de vista de arena, é apenas um estádio de futebol “bem ventilado” (e feito com dinheiro público).

20140927_202509

Entretanto ainda temos impasses. Estamos na arbitragem, brigando. O número de cadeiras é o principal problema. O Presidente alega que o contrato não reflete o que foi prometido.

Aí vem a minha crítica ao método belicoso dessa gestão. Com baixa senioridade na interlocução com a WTorre, com o fígado falando mais alto que a razão, o Presidente e sua pouco qualificada assessoria entraram em guerra aberta com a construtora. A diretoria que não consegue um patrocínio master prá camisa, briga prá vender propriedades de marketing das cadeiras. Nessa balada, enquanto não vendemos patrocínio master, mesmo com diretor de marketing ameaçando jogar garrafas no estádio, a WT já conseguiu 10 patrocinadores prá Arena.

É de um amadorismo impressionante. Podem imaginar um trabalho mais integrado de uma hipotética equipe de marketing palmeirense, profissional e competente, com a construtora?

Eu defendo o diálogo e negociação. Sempre! Em qualquer situação da vida. E não se trata de abrir mão de direitos. Mas trata-se de ter capacidade de negociação e entender a amplitude das coisas. Há mais oportunidades na mesa. Mas não se quer acreditar nessas oportunidades porque politicamente não interessa. Reconhecer o valor da Arena é reconhecer um enorme mérito de Belluzzo. E isso não se permite numa estrutura política de clube social. Assim os que comandam o Palmeiras de hoje seguem destruindo valor, queimando parcerias e desqualificando os inimigos do status quo. O mesmo processo que tentou endemonizar Belluzzo, Barcos, Henrique, Kardec, segue endemonizando a “empreiteira”.

Já temos um time ruim, com poucos atrativos para parceiros. E ainda assim mostramos inabilidade para lidar com um parceiro de 30 anos que enfiou 600 milhões de reais no negócio. Amadorismo puro e falta de bom senso!

Desde 2007 quando iniciaram as conversas com a WT eu falo que até a véspera da estreia do Palmeiras no agora Allianz Parque vai ter gente dizendo que o estádio não vai sair. E não foi diferente. Mas o rio caminha para o mar… esse projeto aí está. Com atrasos e críticas, com aqueles que antes apoiavam e agora por conveniência política atacam o projeto. Mas vai inaugurar, e vai gerar muito valor pro Palmeiras.

O estádio aí está, é lindo, é um caldeirão, e vai gerar receitas importantes.

Já temos estádio. Agora falta um time! E uma gestão profissional, sem políticos rancorosos administrando os interesses de uma centenária instituição, com mais de 16 milhões de clientes ávidos por um time a altura de sua história e expectativas.

Saudações Alviverdes! Um dia isso muda!

 

40 respostas em “Opinião: nasce o Allianz Parque”

Enfim, o ALLIANZ PARQUE é inaugurado (por enquanto é apena para eventos-testes), e tem gente que critica o Belluzzo o único presidente que pensa grande, o único presidente que coloca a instituição da marca Palmeiras sempre na frente, o único presidente que coloca o Palmeiras sempre em disputar títulos. MUITO OBRIGADO BELLUZZO!!!

Artigo de grande valia aos apaixonados pelo Palmeiras. Compartilho da ideia que nosso problema e de gestão. Além de uma fogueira de vaidades.
O jogo pelo poder deve se agravar diante dos holofotes que se projetarão diante da ‘fortuna’ financeira e de visibilidade que a Arena trará.
A tão sonhada reforma estatutária, ajudaria, em parte, ventilar os ares e a vida política palestrina.
Grato Belluzzo e Della Mônica pelo empenho na formatação da Arena.

Excelente Post…..em 2007 quando o Belluzzo conseguiu avançar com o projeto do estádio, eu tinha a impressão que seria a redenção do clube….hoje eu tenho certeza!
Apesar de toda forma de sabotagem que o Belluzzo sofreu, ele conseguiu emplacar esta, que sem dúvida, é a única alegria que temos nos últimos 14 anos pós era Parmalat. Se o tivessem apoiado e ajudado a corrigir erros que também cometeu, ou seja, trabalhando de forma pró-ativa, certamente já estaríamos comemorando na nova casa e provavelmente muitos títulos também…..mas ainda dá tempo para mudar isso….esta aí a nova casa….a esperança de dias melhores!

Excelente, Vicente!
E que soprem os ventos da mudança – e rápido!

Vicente, volto do trabalho escutando estádio 97, eu sei que eles são tendenciosos, criticam sempre mais o Palmeiras do que outros clubes, etc, etc, etc…mas não tem jeito, nesse horário o único programa mais ou menos são eles. Bem, o que eu queria dizer é que, o que me deixa louco é quando o Benjamim Back fala que não existe esperança no clube, que se não for esses que lá estão, não tem mais ninguém e blá blá blá….
Estou tentando ligar lá todo dia e queria pedir permissão para que no dia que conseguir poder citar seu nome como um dos que vão tirar o Verdão da lama, gostaria de fazer um pedido para você e os outros que pensam e agem como você: “por favor, não desistam do PALMEIRAS”!!!
Eu sei que é complicada a política do clube, que é difícil ser uma pessoa de bem lá dentro, mas você Vicente é uma das únicas e ultimas esperanças que temos lá dentro,diferente de outros,eu tenho muita esperança de que um dia tudo vai mudar lá especialmente por existirem pessoas como você lá.
Ainda não sei o seu posicionamento político nesse ano,só espero que vença o melhor para o Palmeiras e espero que você faça parte desse projeto. Um grande abraço.

Por isso estamos nesta situação. Vá para o inferno Paulo Nobre, Mustaphá e cia.
O pior de tudo é que não temos esperança de melhorar. Olha os candidatos a presidente. É de dar dó.

Parabéns Vicente! Mais uma vez brilhante e preciso sobre um assunto tão importante e complexo como nossa Arena. Mostrou o total amadorismo de uma gestão patrocinada é sustentada por tudo que existe de pior e deteriorado dentro da estrutura política do Palmeiras. “Mas o rio caminha para o mar…” Essa frase é de uma verdade inexorável. Palmeirenses, acreditem, o fim da escuridão chegará. E essa nossa Arena é o “ponto de inflexão”. Aqueles “vampiros” que há anos vivem de sugar o que o time de futebol gera, perderão seu “alimento” e definharão e a era das trevas terminará. Agora, é tentar não cair e esperarmos que a próxima gestão inicie a reconstrução montando um time decente.

Mas é claro que Mustafá não foi!!! o filme era sobre futebol !! Coisa que Mustafá e NOBRE , não sabe o que é!!! A única coisa que eles gostam do FUTEBOL, é o dinheiro que ele traz !!!

Eu sempre falava isso, que o Mustafá e também o Paulo Nobre JAMAIS gosta do futebol, o intuito desse dois amadores é só o dinheiro que o futebol traz!!

É absolutamente incrível a falta de sensibilidade desses gestores! O negócio está na cara deles e não querem perceber!
Aliás eu lembrei de uma entrevista do câncer na rádio bandeirantes exatamente antes da assinatura do contrato( gestão Tirone) e ele falava que queria um seguro de qualquer jeito pq ele duvidava que a W Torre cumprisse o acordo e deixasse o estádio no meio do caminho! Esses caras são metáteses do câncer do Mustafá! Graças a deus a quimioterapia e a radioterapia irão acabar com essa doença

Acho engraçado como estão endeusando o Walter Torre.
Pra quem critica os conselheiros (com toda razão), deveria pesquisar um pouco mais sobre ele, que tem um péssimo nome no mercado e a sua empresa está sempre no limite de uma crise financeira. Sem falar que nesse pau do ISS, muito provável que eles também estão envolvidos. Sinceramente, ele está muito longe de ser exemplo de administrador ou de bom gestor de qualquer coisa.
Quanto aos patrocínios, não acho a comparação válida, pq são veículos totalmente diferentes. Se parar para analisar, o que é mais vantajoso, comprar cotas de patrocínios de um empreendimento com perspectivas de longo prazo ou investir 20 milha em qualquer clube do Brasil? Se o dinheiro fosse meu acho que a resposta seria óbvia.

Parabéns aos 16 milhões de palmeirenses que receberão essa grandiosa obra de presente.
Não vejo a hora de pisar neste templo que sempre foi sagrado e agora moderno do futebol mundial.
Um sonoro “chupa” para todos aqueles que foram contra a arena.
O prof. Beluzzo cometeu sim alguns erros em sua gestão agora ignorar sua ousadia e visão de futuro só pode ter a conotação de inveja, interesses obscuros. Essas pessoas nunca foram e nunca serão palmeirenses.
Gostaria como palmeirense que sou há quase 40 anos de parabenizar a todos os envolvidos neste projeto e como foi citado pelo Beluzzo a importante participação do Vicente Criscio para que este nosso sonho viesse a se tornar uma realidade.

Avanti palestra e que tenhamos um dia um presidente a altura desse estádio e das nossas tradições

eh muito falado a falta de patrocínio master.. mas praticamente só Caixa e BMG patrocinam alguem… (unimed é outra coisa)

E a salvação foi o governo. Bambis, gambás e flajuto ficaram 3 meses sem patrocínio….ai apareceu o “governo”. E de quebra, a caixa tem grande patrocínio na globo/pfc/ixxportivi…..acontece que se ela patrocina metade dos times do brasileiro, n precisaria pagar extra para a globo….uma vez que em quase todo jogo teria um time usando o logo dela…. mas ninguém se da conta disso.

Belo texto, Vicente. As fotos mostram uma arena maravilhosa, impressionante mesmo. Falta muita habilidade para negociação desses dirigentes mesmo, o que é uma grande pena. Estamos perdendo tempo e dinheiro com esse impasse que muito bem poderia ter sido resolvido lá atrás. Pra falar a verdade tenho medo de qualquer gestão desses senhores que se candidatam à presidência pois as atitudes mesquinhas e pouco inteligentes deixaram a torcida com um pé atrás com qualquer um desses nomes – a impressão que passa é de que não há ninguém com competência para administrar o Verdão com a grandeza que ele merece. Espero estar equivocado e que já no ano que vem o novo presidente saiba nos conduzir novamente à briga pelas taças! Abraço.

Tem muito mérito do Belluzzo nesta realizacao (da Arena) para dor de cotovelo do Mustaphás.
Parabéns Palmeiras. Que a Arena alavanque a saída da treva atual.

Boa Criscio! É impressionante a falta de visão para fazer dessa parceria com a Wtorre o diferencial no cenário do Futebol. É muito azar dos palmeirenses sermos recheados de pessoas que não agem com a razão e é não pensam na instituição. Maldito Ego!

Comcordo 100%, Paulo Nobre já tinha provado que não entendia nada de ralli, agora provou que também não não entende nada de futebol, nada de perceria e absolutamente nada de gestão profissional. Talvez se ele tivesse deixado a gestão do clube nas mãos de quem administra a sua herança não estaríamos comemrando o centário com uma gloriosa luta para não voltarmos para a série B.

Caro Vicente:

Entendo que o futuro será grandioso! Espero que tudo o que temos passado nos últimos anos sejam “apenas” um “acidente” na história de um clube centenário e grandioso como o Palmeiras. É tão grande o projeto e o profissionalismo do lado da WTorre, que, mais cedo ou mais tarde, o Palmeiras será obrigado a se profissionalizar fazendo as ratazanas largarem o osso, por bem ou por mal. Acredito no Palmeiras. Acredito que em um dia bem próximo, pessoas como você terão o controle sobre marketing, planejamento, etc, e tornarão o nosso clube no mínimo, o maior e melhor time da América do Sul!

Scoppia!

gilto avalone e amigos, foram uns dos que entraram na justiça para atrasar a arena, que acabou custando 200 milhões a mais do que o planejado. (Entre outras, obrigando o clube a plantar árvores nas redondezas….isso pq é conselheiro, imagina se não é)………. e junto com o MP de sampa….que fechou os olhos para o itaquerão, mas foi minucioso com o Palmeiras.

Boas, Você foi ontem lá Vicente? Como escolheram os 3 mil? hoje ganhamos de 3×1, os 3 do Cristaldo, e já reservei meu ingresso pra quinta.

Pois é, contra tudo e contra todos, o estádio saiu. E é inacreditável essa guerra do Must.. ops, Paulo Nobre contra a WTorre. Eu já cheguei a perder as esperanças, e achar que o Palmeiras não tem mais jeito. Mas tem sim. No dia em que “os 300” forem derrotados, e o Palmeiras entrar de verdade no século XXI, ninguém segura mais.

Excelente o post e nossa Arena!! Espero que tenhamos futuramente uma gestão realmente profissional, a altura das tradições e glórias do nosso Palmeiras!!! Abraço Vicente

VAMOS DIVULGAR ISSO MÍDIA PALESTRINA?????………………….Polícia investiga 19 suspeitos de enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro no Palmeiras…A 23ª Delegacia de Polícia de São Paulo, em Perdizes, investiga uma série de denúncias envolvendo vários conselheiros do Palmeiras. O UOL Esporte teve acesso a uma parte dos documentos que estão nas mãos dos investigadores. São 19 citados como supostos favorecidos de enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro no clube, entre eles os ex-presidentes Mustafá Contursi e Carlos Bernardo Facchina Nunes e o ex-vice Luiz Augusto de Mello Belluzzo, irmão de outro ex-presidente que leva o mesmo sobrenome. As primeiras denúncias ocorreram em 2005. A polícia tem ouvido desde então vários conselheiros, diretores e funcionários do Palmeiras para checar informações e procedimentos que remetem ao início da década passada. O inquérito, que possui mais de mil páginas, é dividido em 11 volumes e ainda não têm a investigação finalizada……………………..http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/08/27/policia-investiga-19-suspeitos-de-enriquecimento-ilicito-e-lavagem-de-dinheiro-no-palmeiras.htm

Pessoal do 3vv, me expliquem uma coisa: pelo que andei lendo, o Palmeiras ficará com cerca de 10 milhões/ano (no início) das rendas geradas, e deixa de pagar a manutenção do estádio, que antes era de cerca de 10 milhões/ano (isso é por conta da Wtorre). só aí são 20 mi/ano, sem contar bilheterias de jogos, que antes tb tinha, mas a tendência é aumentar o valor que recebia antes, pq o estádio é maior e os preços dos ingressos tb. Lembrando que não saiu 1 centavo sequer do cofre do clube para a construção. A pergunta que não quer calar: pq o sapo boi sempre dá entrevista dizendo que foi um péssimo negócio pro Palmeiras???

André soma ai que foram construídos mais 2 prédios, um poliesportivo e outro administrativo/social. Embora não tenha sido a wtorre, as casas da Padre Tomaz devem ser demolidas para o Boulevard, a área esta valorizada. Pelo Sr. Mustafá ainda estariamos com aquele puxadinho do lado das numeradas cobertas. Essa é a arena dele, esse era o projeto dele.

André a justificativa de que o projeto é ruim não tem nenhuma lógica. Na época da aprovação da Arena trouxemos o modelo que o ex-Presidente Mustafá Contursi propunha no final da década de 90 (e que ele não conseguiu investimento). Era muito mais desfavorável ao Palmeiras. Atualmente o ex-Presidente critica que a gestão das receitas é da WTorre. E convenhamos: do jeito que as coisas são lá dentro, muito melhor ter uma empresa profissional administrando (lembrando que hoje a WT é parceira da AEG, um dos maiores do mundo em gestão de Arenas) do que um bando de politiqueiros desqualificados e “sem carteirinha nem salário” administrando. Abraços.

Absurdamente lindo! Dá mais orgulho ainda de ser palmeirense. Olhando para ele, assim tão belo, tão imponente, chego a pensar que os membros dessa atual diretoria deveriam ter vergonha de colocar os seus pés ali dentro, pois não são dignos de tamanha grandiosidade

Os comentários estão desativados.