Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 07-10-2014: Surpreso, Dorival confirma volta de Prass: “Ele me passou confiança” ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

Surpreso, Dorival confirma volta de Prass: “Ele me passou confiança”

Por Luiz Ricardo Fini

O técnico Dorival Júnior anunciou nesta terça-feira o retorno de Fernando Prass à meta do Palmeiras. Depois de cinco meses em recuperação de uma fratura no cotovelo direito, o goleiro mostrou nos treinos que está pronto para enfrentar o Botafogo, surpreendendo até o treinador, que esperava um período ainda maior de tratamento.

“Foi até uma surpresa com o Fernando. Há uma semana, tínhamos muita desconfiança e até aceleramos a vinda de um profissional, mas a recuperação foi muito positiva em dez dias. Conversei ontem com ele, está seguro, tranquilo e confiante. Ele está ambientado e uma sequência de jogos se faz necessária. Espero que seja um grande reforço, pela vontade que está de retornar e pelo que representa a todo elenco”, afirmou.

Como ainda existia o temor de que Prass demorasse ainda mais para voltar, o clube contratou na semana passada o goleiro Jailson, de 33 anos, que era reserva do Ceará. A ideia era suprir o fim do tempo de recuperação de seu titular, já que Fábio e Deola acumularam erros e não conquistaram a confiança da torcida.

Confirmado para o jogo desta quarta-feira, no Maracanã, Prass está longe das partidas desde que sofreu a fratura no cotovelo direito na partida contra o Flamengo, em 4 de maio. Pouco depois da lesão, o goleiro passou por uma cirurgia. Já no período de recuperação, o atleta teve de ser submetido a mais uma operação, para retirar os pinos do braço.

Em função do longo período longe dos jogos, o goleiro foi ouvido por Dorival Júnior sobre o retorno. “Ninguém melhor do que o profissional para nos passar. Ele deu uma sinalização positiva e conversei também com os preparados, Oscar (Rodrigues) e o Fernando (Miranda), que o conhece há muito mais. Procurei tirar todas as informações possíveis e ele me passou confiança para escalá-lo.”

Mais do que o ganho no aspecto técnico, Dorival também sabe da importância do goleiro para dar tranquilidade ao restante do time. Com 36 anos, Prass é um dos líderes do elenco.

“Ele tem uma liderança natural, o grupo sente uma confiança muito grande com a presença dele. Vamos dar tempo para que ele se encontre o mais rápido possível e possa dar seu melhor”, completou.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

• Prass volta, e Dorival relaciona Washington

O técnico Dorival Júnior relacionou 23 jogadores para encarar o Botafogo, nesta quarta-feira, às 19h30, no Maracanã, pela 27ª rodada do Brasileirão. As novidades são Fernando Prass, de volta após se recuperar de lesão no cotovelo direito, sofrida no dia 4 de maio, e Washington, volante contratado na sexta-feira passada e apresentado segunda-feira.

O Verdão confirmado por Dorival para o jogo é o seguinte: Fernando Prass; João Pedro, Lúcio, Tobio (fora desde a 20ª rodada, contra o Criciúma) e Juninho; Marcelo Oliveira, Victor Luis, Wesley e Valdivia; Cristaldo e Henrique. O comandante terá sete desfalques: os zagueiros Wellington (tendão esquerdo), Victorino (recondicionamento físico) e Nathan (defendendo a seleção brasileira Sub-21), os volantes Eguren (coxa esquerda) e Renato (coxa esquerda), o meia Mazinho (recondicionamento físico) e o atacante Diogo (coxa direita).

Na 15ª posição, com 28 pontos, o Palmeiras fará confronto direto com o Botafogo, 19º colocado, com 26 pontos. Os dois times lutam contra a zona de rebaixamento.

Confira os relacionados do Palmeiras contra o Botafogo:

Goleiros: Fernando Prass e Deola

Laterais: João Pedro, Juninho, Victor Luis e Wendel

Zagueiros: Lúcio, Tobio e Gabriel Dias

Volantes: Marcelo Oliveira, Wesley, Bruninho e Washington

Meias: Valdivia, Patrick Vieira, Bruno César, Allione, Felipe Menezes e Bernardo

Atacantes: Cristaldo, Henrique, Mouche e Leandro

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GLOBO ESPORTE COM

••

NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

• Impasse salarial faz Marcelo Oliveira ficar longe de renovar com Palmeiras

Por Danilo Lavieri

O Palmeiras não deve renovar com Marcelo Oliveira. O UOL Esporte apurou que o jogador que pode atuar como zagueiro, lateral e volante quer um aumento considerado fora dos padrões para a atual diretoria, que não pretende ceder às pressões do estafe do atleta para aumentar os vencimentos.

Em contato com a reportagem, o empresário do jogador, Nick Arcuri, afirmou que as conversas não caminhavam como o esperado, mas não quis dar detalhes. “O negócio não avançou ainda. Eu queria resolver agora, o mais rápido possível, mas ainda não deu”, afirmou.

Com contrato até o dia 31 de dezembro, o atleta deve se transferir para o futebol asiático. Ele tem representantes viajando para lá nos próximos dias e o negócio deve ser concretizado com um time do Japão ou da Coreia do Sul. Essa é a informação que a diretoria do Palmeiras tem.

Como o representante do jogador nas negociações só volta em novembro, a renovação dificilmente sairá.

No Palmeiras, Marcelo já disputou 73 partidas desde quando chegou, em 2013. Foram 28 no ano passado e outros 45 jogos nesta temporada. Ele também ficou conhecido por parte da torcida por causa de suas constantes aparições na TV Palmeiras, gritando o nome da equipe.

Neste ano, ele só não entrou em sete jogos e tem ganhado papel importante nas formações de time. 

O meio-campo defensivo é uma das posições mais problemáticas para o Palmeiras. Além de Marcelo Oliveira, o time tem Wesley, que também deve sair em fevereiro, Eguren, que tem contrato até dezembro e também está fora dos planos, Renato, que está machucado e só volta em três semanas, e Bruninho, que não consegue cumprir uma sequência de jogos.

Até por isso, o clube apresentou na última segunda-feira (07) um reforço para o setor: Washington, de 25 anos, que estava no Joinville. Ele assinou contrato de três meses. 

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ UOL ESPORTE

••

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Arena do Palmeiras passa por teste de iluminação em ‘situação de jogo’

Na noite desta segunda-feira, o Allianz Parque, nova arena do Palmeiras, passou por um teste de iluminação em ‘situação de jogo’. O sistema foi montado com base no padrão Fifa, e os 276 refletores do estádio foram ligados para demonstrar o tempo que demoram para estar funcionando normalmente, de 10 a 15 minutos.

Segundo Rafael Biagioni, o gerente de projetos da empresa responsável pela iluminação da Arena, o equipamento usado é mais moderno do que o do San Siro, na Itália e da Allianz Arena, na Alemanha. 

Os refletores, porém, ainda precisam ser direcionados em campo da maneira correta, processo que ainda demora uma semana para ser concluído. O Allianz Parque, no entanto, já foi ‘inaugurado’. No último dia 27 de setembro, o filme sobre o título paulista de 1993 do Palmeiras marcou o primeiro evento-teste no local.

A data oficial da inauguração do novo estádio é na partida entre Palmeiras e Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro, no dia 9 de novembro, em duelo válido pela 33ª rodada do campeonato. O cantor Paul McCartney também tem apresentação marcada no local, em 26 de novembro. 

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

BLOG DO MENON ❘ UOL

• Palmeirense precisa apoiar os novos reforços. É o que tem para hoje

O time está em situação ruim, lutando contra uma nova tragédia, e a diretoria traz um goleiro reserva do Ceará e um volante do Joinville. A torcida tem todo o direito de reclamar, mas isso ajudaria o clube? Não adianta nada reclamar, mesmo sabendo que as perspectivas são ruins. E é bom lembrar que os reforços só poderiam sair mesmo da Série B. Não havia mais tempo para outras contratações.

E, vamos falar com sinceridade, será que Jaílson é pior que Fábio, Bruno e Deola os atuais representantes da escola Palmeiras de goleiros, que já teve Marcos e Velloso? Será que Washington não pode ajudar um pouco a defesa que foi formada por quatro adolescentes contra o Figueirense? De repente, o jogador sem nome e sem passado pode correr mais que Wesley, por exemplo. Pode jogar mais constantemente que Valdivia, pode salvar o time com um carrinho do tipo Mascherano.

Pode dar tudo errado também. O que não pode é o torcedor colocar sobre ombros pouco famosos o peso da desconfiança.

Mas nem todos palmeirenses estão assim. No dia do jogo contra o Vitória, fui ao Pacaembu e conversei com um velho amigo verde. É um catedrático, um historiador sobre o Palmeiras. E, naquele dia, ele me falava de quatro jogadores da Série B que gostaria de ver no Palmeiras.

Falava do lateral Yago Pikachu, do Paysandu, do lateral Vicente, que já atuou na Ponte, do atacante Dennis Marques “veterano, mas que não perdoa dentro da área” e de Pimentinha, pequenino atacante do Sampaio Correia (“ele ia conseguir muitas faltas perto da área”).

Pois é. Washington e Jaílson podem fazer sucesso.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO MENON ❘ UOL

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• Inchaço do elenco é sinal da falta de planejamento

Por Bruno Andrade

Gilson Kleina, Ricardo Gareca e Dorival Júnior. O Palmeiras já teve três treinadores em 2014. E todos eles indicaram e trouxeram jogadores para reforçar o time, algo que, na verdade, só deveria acontecer com planejamento. Mas a culpa não é deles. A culpa é da diretoria, que não consegue formar uma comissão técnica fixa para buscar e analisar reforços.

Um grupo decente de profissionais qualificados certamente teria indicado jogadores melhores e, principalmente, vetado alguns nomes que foram contratados recentemente. Cruzeiro, Corinthians e Internacional têm equipes capacitadas de olheiros e costumam acertar em cheio quando garimpam o mercado.

O futebol do Palmeiras está nas mãos de Paulo Nobre (presidente), José Carlos Brunoro (diretor executivo) e Omar Feitosa (gerente). Sinceramente, nenhum deles têm conhecimento para analisar novos jogadores e montar um bom elenco.

O Verdão precisa urgentemente de profissionais fixos, que deveriam ter autonomia para buscar nomes, estudar atletas sugeridos pelo treinador e ajudar a traçar a duração dos contratos dos contratados.

Leia aqui a matéria completa → BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

••

BLOG DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Verdão pode perder 12 atletas de ‘graça’

O rebaixamento para a Série B não é o único risco que preocupa os dois concorrentes de Paulo Nobre à presidência do Palmeiras. Wlademir Pescarmona e Luiz Carlos Granieri estão alarmados com a possibilidade de o clube perder 12 jogadores de “graça” nos próximos meses, por causa do término dos contratos.

Nessa relação há alguns titulares, como Henrique, Wesley, Marcelo Oliveira, Juninho e Diogo. Os outros atletas que ficarão livres ainda este ano são Bruno César, Wendel, Eguren, Victorino, Bernardo, Elson Junior e Erik. 

Detalhe importante: exceto por Wesley, cujo vínculo terminará em 27 de fevereiro, todos os outros 11 não foram procurados pela diretoria para discutir a renovação. Nem Henrique, vice-artilheiro do Brasileirão, com 12 gols — ele está emprestado pelo Mirassol até o fim da Série A.

A lista de possíveis baixas também ganhará outro nome de peso em breve: o vínculo de Valdivia terminará em 17 de agosto. Ou seja, ele poderá amarrar uma saída de graça a partir de 17 de fevereiro. O Palmeiras ainda pagará até 2016 as prestações pela contratação do chileno, que custará um total de R$ 36 milhões.

• Prestígio baixo

O presidente Paulo Nobre quebrou o protocolo e não esteve na apresentação do goleiro Jaílton e do volante Washington, nesta segunda. Os reforços do Verdão para a reta final do Brasileirão foram recepcionados por José Carlos Brunoro.

• Jogada política

Horas depois de Luiz Gonzaga Belluzzo ser confirmado como vice na chapa de Pescarmona, na sexta, uma comissão de sindicância do Palmeiras entregou relatório pedindo a suspensão do ex-presidente. 

• Carta como resposta

Belluzzo respondeu à ação com uma carta ao presidente da comissão, Flávio Amadei, lembrando que o prazo para uma punição prescreveu. O ex-mandatário ainda detonou os autores do relatório.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

••

BLOG DO JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO ❘ LANCENET

• Verdão e WTorre

A WTorre, construtora do novo estádio do Palmeiras, segue dando o que falar no Palestra.

Há conselheiros ligados à situação que veem a cúpula da empreiteira apoiando a candidatura da oposição, representada por Wlademir Pescarmona, o que a WTorre nega.

O presidente Paulo Nobre foi, inclusive, aconselhado por assessores a se reaproximar da empresa o mais rapidamente possível e encerrar de vez a briga jurídica pela divisão das cadeiras na arena.

O dirigente já até estaria dialogando com a WTorre, mas espera uma decisão judicial sobre o caso para tentar estreitar as relações depois.

A oposição, por sua vez, tem dito que, vencendo a eleição, vai se aproximar na hora da construtora e da Allianz, que dá nome ao estádio. Acha que a saída para um time forte é trabalhar em conjunto com as duas, já que tanto elas quanto o Verdão têm, pelo menos em tese, o mesmo objetivo: montar uma equipe competente que traga torcedor à arena.

Nobre, em litígio por conta do estádio, não teve apoio nem de uma nem de outra na temporada e tampouco conseguiu parceiros para fortalecer o futebol do Palmeiras, que ainda luta para não cair no ano do centenário.

Sempre é bom lembrar que o economista Luiz Gonzaga Belluzzo é vice de Pescarmona. E Belluzzo, que já foi presidente do Palmeiras, muito contestado, aliás, acha que a solução é mesmo trabalhar com o tripé Verdão, WTorre e Allianz unido. E explorar melhor o marketing, o que a atual diretoria não conseguiu até aqui.

Deveremos ter um pleito bem disputado pelos lados do Palestra, bem disputado mesmo. E com o impacto do desempenho do time em campo, pois até a eleição saberemos se o Verdão conseguiu se manter na Série A (continuo acreditando que conseguirá) ou se vai voltar para a B.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO ❘ LANCENET

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri

• Dividida

“Pelo descontentamento dos sócios, vai ser difícil para o Paulo [Nobre]“ – Wlademir Pescarmona, pré-candidato à presidência do Palmeiras, comentando sobre a possível reeleição do atual presidente do clube, Paulo Nobre 

••

 

4 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 07-10-2014: Surpreso, Dorival confirma volta de Prass: “Ele me passou confiança” ❘ GAZETA ESPORTIVA NET”

O traíra Gilto Avalone, que quer a todo custo a presidência do Palmeiras, já recebeu de Flávio Amadei os tais documentos feitos entre eles para denegrir a candidatura e a pessoa do Dr. Belluzzo.
Gilto Avalone, fonte do Paulinho (Blog do Paulinho), dentro do Palmeiras, já deu a ele, que publicou, tais dossiês, feitos às portas fechadas, apenas para favorecer Mustafá, Nobre e Cia.

Reproduzo parte da coluna do Bruno Andrede sobre PLANEJAMENTO. Algo fundamental para o Palmeiras hoje.
Cruzeiro, Corinthians e Internacional têm equipes capacitadas de olheiros e costumam acertar em cheio quando garimpam o mercado.

O futebol do Palmeiras está nas mãos de pessoas Incompetentes para a função: Paulo Nobre (presidente), José Carlos Brunoro (diretor executivo) e Omar Feitosa (gerente). Sinceramente, nenhum deles têm conhecimento para analisar novos jogadores e montar um bom elenco.
E por que não tem conhecimento ??? Por que nenhum deles jogou futebol. Nenhum deles tem o futebol como esporte favorito. Nenhum deles sabe distinguir quem chuta a bola daquele que chama (de você) a bola.
O Verdão precisa urgentemente de profissionais fixos, que deveriam ter autonomia para buscar nomes, estudar atletas sugeridos pelo treinador e ajudar a traçar a duração dos contratos dos contratados.

Até que enfim o Prass voltou, os deuses atenderam mjnhas preces! se jogar até o fim do brasileiro também acho que não caímos. Fora Paulo Pobre! Espero que o Perscarmona seja o presidente! Se ate o Walter Torre ja disse que quer ver o Palmeiras forte, que seja feita a aliança Palmeiras + WTorre + Allianz = Avanti Palestra!

Que boa noticia essa do retorno do Prass a nossa meta!!!! E hoje comparo o Nobre ao PT e o Pescarmona = PSDB, ambos não são as melhores saídas, mas pela circunstancia prefiro o PSDB com novas ideias do que continuar afundando a SEP.

Os comentários estão desativados.