Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 20-10-2014: Valdivia é aplaudido, e Prass ‘estranha’ data de julgamento do meia ❘ LANCENET

NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

• Valdivia é aplaudido, e Prass ‘estranha’ data de julgamento do meia

O Palmeiras perdia por 3 a 0, quando Valdivia, depois de dar um carrinho para recuperar a bola, recebeu aplausos e teve seu nome gritado pela torcida no Pacaembu. Capitão e líder do time, o jogador ganhou elogios depois da derrota por 3 a 1 para o Santos e, nesta quarta-feira, será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A data do pleno gerou questionamentos de Fernando Prass, já que uma punição pode tirá-lo do clássico com o Corinthians, no sábado.

– Perdemos muito (sem o Valdivia). E as pessoas que estão fora e julgam sabem disso. Até por isso de repente que marcaram o julgamento para quarta-feira. Se ele for punido, fica impossibilitado de jogar o clássico. Vamos torcer para que seja absolvido. Tomara que as pessoas tenham imparcialidade e julguem da melhor forma possível – disse o goleiro, que não soube dizer se a data foi premeditada.

– Não sei (se foi premeditado), quem tem de responder é o departamento jurídico. São coincidências que o jurídico do Palmeiras tem de ver e analisar. Se tiver de tomar alguma providência, eles são competentes para isso – acrescentou.

O meia foi punido com dois jogos de suspensão após pisar em Amaral, do Flamengo, mas o clube entrou com um recurso e obteve o efeito suspensivo – por isto, o camisa 10 ficou apenas uma partida fora. O trâmite para liberar Valdivia foi feito no dia 2 de outubro, e o STJD marcou o novo julgamento apenas na semana passada.

O pleno será no mesmo dia do jogo contra o Cruzeiro, mas o Mago poderá enfrentar o líder do Campeonato Brasileiro, independentemente de uma nova pena, por não haver tempo hábil para o clube ser notificado. Ficaria fora apenas na rodada seguinte, ou seja, contra o Timão. Antes indiciado por agressão, Valdivia corria o risco de ficar até 12 partidas fora, mas o departamento jurídico do Verdão conseguiu mudar o artigo para ato hostil, por isto a pena de duas partidas no primeiro julgamento.

Diante do Peixe, apesar do resultado, o chileno recebeu elogios no dia de seu aniversário, pois no domingo o camisa 10 completou 31 anos.

– O Valdivia fez outra grande partida. Ele vem tendo uma participação importante e temos de reconhecer que ele vem em um momento muito bom no clube. Tem sido fundamental – falou Dorival Júnior.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ LANCENET

••

NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

• Dorival pede cabeça em pé e confiança em surpreender líder

Por Tossiro Neto

Ter sido derrotado como mandante em um clássico não significa que será impossível vencer o líder da competição. É nessa linha que raciocina Dorival Júnior, técnico do Palmeiras, que enfrentará o Cruzeiro fora de casa, na quarta-feira, três dias depois do revés por 3 a 1 para o Santos, no Pacaembu.

“O Palmeiras também pode chegar em Belo Horizonte e alcançar um grande resultado. Só não podemos esmorecer, abaixar a cabeça e achar que tudo aquilo que vinha sendo construído acabe por água abaixo. A situação não permite”, disse, no domingo.

“Temos que reconhecer que erramos, mas não podemos quebrar aquilo que a equipe vinha tendo na competição. Temos que buscar um novo momento rapidamente, porque na quarta-feira temos outro jogo importante”, frisou o treinador.

Leia aqui a matéria completa → NOTICIÁRIO ❘ GAZETA ESPORTIVA NET

••

BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

• Erros que nem Valdivia foi capaz de corrigir

Por Thiago Ferri

O palmeirense deve ter ficado bem satisfeito com o que viu nos primeiros 40 minutos. Um time que marcava bem, criava mais sob a batuta de Valdivia e merecia sair na frente no Pacaembu. Isto até o primeiro vacilo, de João Pedro e Lúcio, que deu o 1 a 0 para o Santos.

Aí, o torcedor viu o mesmo Palmeiras que se afundou durante o Brasileiro voltar. Novo apagão, e três minutos depois, o Santos ampliou. Resultado impensável depois de o Alviverde acumular chances, e perdê-las em sequência.

Valdivia se entregou, correu, foi aplaudido e deu condições para o Verdão marcar, mas nem isto adiantou. Foram muitos os erros no ataque do Verdão, que voltou para o intervalo com Leandro no time. A mudança de Dorival não funcionou, o time ficou mais aberto, e em outra falha grave da defesa o Peixe matou o jogo: 3 a 0.

O que começou como um bom jogo do Verdão, terminou com uma vitória fácil do Santos. Quando o Palmeiras voltou a apertar, com o Peixe cansado, já era tarde.

Neste jogo mostrou-se necessário trabalhar melhor a proteção a João Pedro, que levou bola nas costas nos dois primeiros gols, e se provou que só Valdivia não é suficiente para resolver sempre. Falta ajuda. Wesley, quem deveria assisti-lo, teve atuação ruim e saiu xingado pela torcida. Henrique, apesar do gol, mais atrapalhou do que ajudou. Fim da série de três vitórias seguidas. A rodada não foi ruim. O sinal de alerta, porém, segue bem aceso no Verdão.

Leia aqui a matéria completa → BLOG PITACOS DO PALESTRA ❘ LANCENET

••

BLOG DO MAURO BETING ❘ LANCENET

• Palmeiras 1 x 3 Santos – segue o seco

No geral, o Palmeiras tem mais vitórias que o Santos. Na Vila, acredite, o Palmeiras tem mais. No campo não tão neutro do Pacaembu, no clássico que deve ter a maior média de gols da história brasileira, o Santos tem uma vitória a mais pelos 3 a 1 construídos em quatro finalizações alvinegras.

Quando o Palmeiras criava mais, uma bela enfiada do cada vez melhor Lucas Lima para o redivivo Geuvânio abriu o placar. O Palmeiras ainda perderia mais um gol até o Santos bater rápido uma falta e a zaga verde se perder mais uma vez.

O terceiro do excelente Gabriel foi tão irregular quanto o sistema defensivo de Dorival Júnior. Ainda que impedido, um talento como Gabriel não pode pintar tão solto.

E, de fato, o termo é esse. Com Robinho, Lucas, Geuvânio e Gabriel está pintando mais um Santos incisivo e insinuante. Para ainda tentar brigar para estar entre os seis primeiros. Com a facilidade com que fez oito gols em 72 horas. No calor seco da São Paulo sem umidade e sem humildade no ar.

Ao Palmeiras cabe seguir jogando o que tem jogado do meio pra frente, com Valdivia inspirado e compenetrado, e Henrique perdendo e fazendo gols com a mesma naturalidade. Se errar menos atrás, pode se recuperar sem fazer tantas contas pela tabela complicadíssima que tem. Ou acabar se salvando mais pela mediocridade da concorrência.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO MAURO BETING ❘ LANCENET

•• 

BLOG DO MAURO CEZAR PEREIRA ❘ ESPN BRASIL

• Henrique, o incompreendido artilheiro, finaliza mais e melhor do que Pato, o badalado

Alexandre Pato, do Corinthians, emprestado ao São Paulo, jogador de € 15 milhões (R$ 46,8 milhões): 25 jogos pelo Campeonato Brasileiro deste ano, 9 gols.

Henrique, do Mirassol, ex-Portuguesa, emprestado ao Palmeiras, jogador de R$ 2 milhões: 25 jogos pelo Campeonato Brasileiro deste ano, 14 gols.

O atacante do São Paulo finalizou certo 23 vezes no campeonato, o palmeirense 34. Média de aproveitamento praticamente igual, 2,6 de Pato, 2,4 para Henrique.

O tricolor soma 24 arremates errados na Série A, o palmeirense 21. No geral, se Pato precisa finalizar 5,2 vezes para fazer um gol, 3,9 bastam para Henrique.

Claro que não se resume tal comparativo aos números e, sabemos, o centroavante do Palmeiras bate pênaltis (e muitíssimo bem). Foram quatro no campeonato. Pato não.

Mas não deixa de ser interessante que a qualquer razoável atuação, o jogador que o Corinthians cedeu ao São Paulo seja tão elogiado. E o artilheiro do certame viva sendo questionado por parte da própria torcida palmeirense.

Até porque na maior parte do Campeonato Henrique não teve a parceria de Valdívia. Pato conta com Ganso, Kaká, Kardec e outros “garçons” aos seu lado. Tem isso.

Quem você contrataria, Pato por R$ 46,8 milhões ou Henrique por R$ 2 milhões?

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO MAURO CEZAR PEREIRA ❘ ESPN BRASIL

••

BLOG DO FÁBIO SALGUEIRO

• Fantasma da degola volta assombrar o Palmeiras

O Palmeiras está a quatro pontos da zona da degola, mas mesmo assim não se sente confortável na briga contra o rebaixamento no Brasileirão. O fantasma da degola segue vivo no Palestra Itália e a preocupação tem explicação.

A derrota no clássico para o Santos (3 a 1), no Pacaembu, brecou a subida do time, que vinha de três vitórias. O Alviverde terá agora cinco duros jogos pela frente no Brasileirão e terá de mostrar força sob o risco de voltar ao grupo dos quatro virtualmente degolados.

A sequência do Palmeiras no nacional será árdua a partir da próxima quarta-feira, quando enfrentará o líder Cruzeiro, em Minas. Depois terá na sequência: Corinthians (casa), Bahia, do ex-técnico Gilson Kleina (fora), Atlético-MG (casa) e São Paulo (fora).

Apesar da derrota no clássico contra o Santos, o futebol apresentado pelo Alviverde agradou. O polêmico Valdivia foi destaque do jogo, assim como o goleiro Prass. A torcida pegou no pé, mas o atacante Henrique fez o gol de honra, o que o mantém como artilheiro máximo do nacional, com 14 gols.

O Santos venceu escorado nos contra-ataques e na eficiência dos seus garotos. Robinho não brilhou como esperado, mas em compensação Geuvânio, com um gol, e Gabriel com dois, brilharam e definiram o triunfo do Peixe.

Com a vitória, o Santos está a cinco pontos do G-4 e segue sonhando com uma vaga na próxima Libertadores da América.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO FÁBIO SALGUEIRO

••

BLOG DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

• Verdão x Peixe: duelo dos esquecidos pela Globo

Nem sequer o clássico entre Palmeiras e Santos, neste domingo, bastou para despertar o interesse da TV aberta. Alviverdes e alvinegros têm sido tratados como patinhos feios pela Globo desde o início do Brasileirão.

Ambos só tiveram dois dos 29 jogos exibidos pela emissora. A última vez do Verdão ocorreu na longínqua nona rodada, em 1 de junho, no empate por 0 a 0 com o Grêmio, no Sul.

Já o torcedor do Peixe teve a chance de ver seu time na 15 rodada, no dia 17 de agosto. Na oportunidade, derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro.

Não à toa, Palmeiras e Santos são os grandes do estado há mais tempo sem um patrocínio máster.  O Verdão atua com a camisa limpa desde maio do ano passado, enquanto o Peixe não conta com um parceiro fixo desde janeiro deste ano.

Por outro lado, Corinthians e São Paulo não têm nada a reclamar da Globo. O Timão teve ontem o 15 jogo exibido na TV aberta, contra 13 partidas do Tricolor.

A discrepância já valeu inúmeras reclamações dos presidentes Paulo Nobre e Odílio Rodrigues, de Palmeiras e Santos, respectivamente. Porém, eles seguem ignorados.

No pay-per-view

A ausência na Globo faz com que Palmeiras e Santos sejam os recordistas paulistas de jogos no pay-per-view. Com o clássico de ontem, o Peixe já teve 19 partidas no canal fechado, contra 18 do Verdão.

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO JORGE NICOLA ❘ DIÁRIO DE S.PAULO ONLINE

•• 

COLUNA DO PAULO VINÍCIUS COELHO ❘ FOLHA DE S.PAULO

• Velozes e furiosos

O Palmeiras teve uma semana inteira de trabalho e o Santos goleou o Botafogo na quinta-feira. Saiu de campo com 5 x 0 a favor às 23h, somente dois dias antes do clássico. Isso criava uma dúvida na cabeça do técnico Enderson Moreira: Gabriel ou Leandro Damião? A pergunta sobre manter ou mudar o time brilhante da quinta-feira envolvia a parte física.

A decisão de continuar com Gabriel como atacante foi perfeita. O Santos fica muito mais rápido do que qualquer rival quando tem Gabriel, Robinho e Geuvânio juntos.

E a defesa do Palmeiras fica incrivelmente mais lenta quando escala Lúcio e Tobio na zaga.

São setes gols sofridos em seis jogos com a dupla mais escalada por Dorival Júnior, das 12 já utilizadas pelo Palmeiras no Brasileirão.

Foi só a segunda vez que Robinho e Gabriel jogaram juntos. E também a segunda escalação do trio completado por Geuvânio (veja ilustração). Juntos, os três enfrentaram o Flamengo e venceram por 1 x 0 no Maracanã, jogada genial de Geuvânio completada por Robinho com categoria. “Robinho está finalizando muito bem”, diz Enderson.

Ontem, o Palmeiras jogou boa partida, teve Valdivia chamando o jogo em seu pé, mas caiu na arapuca da velocidade santista com erros de Lúcio, Tóbio e Juninho, no segundo gol.

A vitória do Santos no clássico completou uma semana em que o jogo veloz e sem centroavante fixo foi vedete no Brasil. Na quinta-feira, o Atlético-MG fazia seu ataque circular com Diego Tardelli, Luan, Carlos e a atuação irrepreensível de Guilherme.

Na quinta-feira, o Santos, sem a rigidez de Leandro Damião, viu a leveza de Geuvânio e Gabriel atropelar o Botafogo por 5 x 0. É mais difícil montar um time assim, sem centroavante. Quando funciona, é bonito de se ver.

“Jogo como falso nove”, disse Gabriel, antes de vencer o Botafogo, na quinta. Na verdade, ele é o centroavante. A diferença é ter muito mais mobilidade e deslocamentos do que Leandro Damião, seu colega no Santos, e do que Henrique, o adversário do Palmeiras.

Junto com Robinho e Geuvânio, o Santos passa a ter um dos ataques mais velozes do país. É difícil de marcar, assim como os quatro homens de frente de Levir Culpi no Atlético –Diego Tardelli, Guilherme, Luan e Carlos.

Era assim, com atacantes de movimentação, que jogava o São Paulo de Telê Santana, por exemplo. Em 1992, Muller e Cafu entravam em diagonal sem posições fixas, com Palhinha e Raí chegando de trás. Era lindo.

A chance é mínima de o Atlético de Diego Tardelli ganhar o Brasileirão e para o Santos a hipótese é ainda mais remota. Neste momento da temporada, com o desgaste do Cruzeiro e irregularidade do Flamengo, a chance é muito maior de Santos e Atlético serem protagonistas da reta de chegada da Copa do Brasil.

••

COLUNA DO JUCA KFOURI ❘ FOLHA DE S.PAULO

• Como nos velhos tempos

Como você já leu neste caderno, teremos semifinais nostálgicas na Copa do Brasil. Santos x Cruzeiro, como nos anos 60, e Flamengo x Galo, como nos 80.

Pois ontem foi impossível não lembrar dos grandes embates entre Palmeiras e Santos nos anos 50 e 60.

É claro que temos que guardar todas as proporções porque não há mais aqueles craques que desfilavam seus talentos em jogos inesquecíveis. O Santos sempre melhor, mas o Palmeiras sempre capaz de tomar um título aqui outro ali, porque também tinha um timaço.

O que mais de 33 mil torcedores viram na 29ª. vitória santista da história do clássico no Pacaembu, desempatando o confronto no estádio municipal, certamente ficará presente na memória por muitos anos.

Porque o futebol fez questão de dar o ar de sua graça não só pelas atuações brilhantes de Lucas Lima e de Valdivia, como pela sua imprevisibilidade.

O Santos venceu por 3 a 1, mas, na margem de erro como se diz nos dias que correm, o jogo acabou 3 a 3.

O Palmeiras teve ao menos duas chances claríssimas de gol quando ainda estava 0 a 0 e acabou vítima dos erros de Lúcio e da desatenção de sua defesa, do que Lucas Lima se aproveitou magistralmente, ao lançar Geuvânio no primeiro gol e Mena, no segundo, feito por Gabriel, porque tudo indica que temos uma nova geração de meninos da Vila para curtir.

Nem por isso o Palmeiras desistiu e, como Lúcio, com todos os anos de bola que tem, ou talvez por isso mesmo, erra, arbitragens também erram, motivo do terceiro gol santista, em impedimento, outra vez de Gabriel, nem bem o segundo tempo começara.

Ainda assim o Palmeiras seguiu bravamente em busca da reação, limitada ao gol de Henrique no fim porque Aranha fechou o gol, assim como, é verdade, Fernando Prass evitou o que seria o 4 a 0, com Arouca, algo que significaria uma injustiça do tamanho da história deste clássico imortal.

••

COLUNA PAINEL FC ❘ FOLHA DE S.PAULO

Por Bernardo Itri 

• Me dê motivo

A derrota para o Santos por 3 a 1, neste domingo, faz aumentar ainda mais a pressão para o Palmeiras demitir José Carlos Brunoro antes da eleição no clube. Cartolas palmeirenses argumentam que tanto Paulo Nobre como Wlademir Pescarmona, candidatos à presidência, já sinalizaram que não vão mantê-lo em 2015 e, por isso, não há por que segurá-lo até o fim do ano.

• Cobertor curto

A multa rescisória de Brunoro, principal executivo palmeirense, é usada como motivo para que ele não seja demitido antes do fim de seu contrato, que termina em dezembro.

••

64 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 20-10-2014: Valdivia é aplaudido, e Prass ‘estranha’ data de julgamento do meia ❘ LANCENET”

Dorival nao e muito bom na armacao de defesa, vamos enfrentar um trem bao, tem que colocar o time na defesa, e brigar por uma bola, agora lucio nao da mais, a tartaruga e mais rapida do que ele, acho que se o nobre sair, eu gosto do Dorival, mais tinha que colocar outro tecnico, espero estar enganado, mais ele tem dificuldades de armar a defesa.Cuca seria otimo, mais oswaldo no plano b, tambem seria bem vindo, outro que me chamam de louko, mais apostaria doriva ex ituano ou jorginho ex selecao.Se houver mudanca pra presidente, ano que vem com algumas contratacoes seremos competitivos

Dois Gambazentos do meu serviço disseram que se o Palmeiras ganhar do Cruzeiro, de dois gols de diferença, eles trabalharão amanhã com a camisa do Palmeiras. Sei não, hein?

Hoje tem “Mineirazzo” !!! Cruzeiro 1 X 7 Palmeiras !!! Mesmo com a arbitragem prejudicando a gente outra vez…kkk

Espero que o Dorival caia na real e reforce o sistema defensivo com três zagueiros e também o meio- campo para tentar igualar com o Cruzeiro. Ás vezes, não é vergonha jogar com um esquema de jogo mais precavido, principalmente quando a sua equipe é inferior tecnicamente ao adversário. Minha escalação seria essa:

F. Prass; Nathan, Tobio e Gabriel Dias; João Pedro, Washington, Renato, Bernardo e Victor Luis; Mazinho e Henrique.

Deixaria o Cristaldo no banco, pois sempre ele joga melhor quando entra no decorrer da partida.

Concordo com quase tudo, mas Mazinho é foda hein… entra com Mouche, Bruno Cesar, P. Vieira… escala um CONE mas não escala Mazinho… jezuis!

mazinho não pode jogar po, o time menos ruim prass, tobio , natham, juninho, jota Pedro, Wesley, bruno cesar (bernardo), renato, washinton, Henrique , Cristaldo(mouche). prass esta bichado, precisa ser vendido, e torcer pro beluzzo voltar, tem mais acho que sntos e palmeiras menosprezados pela globo, deveriam assinar com outra emissora de televisão.

Del Nero se dispondo a assumir a presepada do Small Club, ou melhor, passando a culpa para “uma funcionária”, hahaha. Se fosse o Palmeiras, esse infeliz faria questão de ferrar o clube.

Esse é o problema, a torcida invés de fazer uma manifestação ou uma resistência contra esses conselheiros velhos cacamanos e exigir que tenha um time de verdade??? NÃO, prefere ficar apenas no aguardo e sentando no sofá esperando que tenha um time de verdade. Lamentável essa postura de alguns torcedores!!!

Alessandro em primeiro lugar, vc pode falar em votar em quem vc quiser aqui. Só nao pode ofender nem levantar acusacoes.
Em 2o lugar, nao seja leviano quanto aa lisura deste site. Se nao gosta, nao leia. Se quiser comentar, comente com respeito.
Abs

e como disse um amigo aqui, há tempos atrás, esse é mais um conselheiro “enrustido” dentro da SEP…pq pra mim não passa de um gamba que cantou o hino lá no entulhao…maldito seja

E com os 50 mil pagos pelo palmeiras para livrar o Valdívia… mais os 50 mil das cadeiras dos gambás…. mais outras multas….. o Palmeiras já pagou mais de 100 mil, neste brasileiro, para o circo chamado stjd. Grana que faz falta ao clube. Para ser mais sacaneado por esse tribunal de araque. E a fica a pergunta: para onde vai essa grana?….Para melhorar o futebol???

realmente Levi, não tem explicação…só no Palmeiras acontece isso…esse depto juridico é uma piada..os caras fizeram acordo com medo de tomar um gancho maior..peloamordeus

Qdo se trata de negociar contrato o dignissimo Nobre diz q brigar por 1 centavo pelo Palmeiras….pq ele nao faz isso qdo se trata da cartolagem e stjd.. des.gra.ca.do ..puxa saco de gamba..suma e nao volte mais

Escalação para amanhã:
Prazz; João Pedro; nathan; Tobbio e Victor Luiz ; washington; Renato; Wesley e Mazinho ; Henrique e Cristaldo

Obs: votar no Pescarmona é a mesma coisa que votarem na Dilma

Valdivia não joga amanhã e com a exceção do Lúcio, que só está fora por problema físico (deveria ser por deficiência técnica), o time não vai mudar. Então joga no 10-0-0, porque se o time for praticamente o mesmo do domingo, meio campo e ataque só não serão completamente inúteis por que farão figuração.

ENQUANTO ….. continuamos atazanando o próprio time….. MAIS UMA arbitragem cariocas escalada para o jogo do Palmeiras….. e ninguém se dá conta do motivo disso….. depois reclamam de tudo e todos.

É o time que está atazanando os torcedores há anos ?? Está na hora de um novo presidente trazer jogadores para nos dar um pouco de alento para, pelo menos, chegarmos numa Sulamericana…… Quando o time é BOM, nenhuma arbitragem, mesmo carioca, consegue fazer com que ele perca. Ficar com nhem nhem nhem por causa de um pênalti não dado ou um gol impedido validado é coisa de time PEQUENO que briga por migalhas.

Explica o motivo, então. Qual é? Não deixar esse poderoso time do Palmeiras ser campeão? Ou fazer com que os limitadíssimos Cruzeiro, SP, Inter, AM, SCCP e Flu vão para a Liberta?

Esqueceu que o Bostafogo tá atrás de nós na tabela??? tá aí o motivo das arbitragens cariocas…

15 derrotas 45 gols sofridos—————-La vai o Palmeiras descendo a LADEIRA !!!pra segundona !!!!!MERECE OU NÃO MERECE ???????

E vão reeleger o cara pra ele montar um time para cair pra série C em 2016. Aí o mentor dele realiza o sonho de transformar a SEP num Pinheiros, Paineiras da vida!

Era para em todos os blogs da mídia palestrina e na internet ter começado uma onda de protesto com esse absurdo que o Valdívia foi obrigado a aceitar. O tribunal que um auditor gambá comprimenta o sheik, pelo último título do small club….pessoalmente edepois iria julgá-lo. O michel bastos das bibas foi expulso 2x por agressão e pegou 1 jogo…..1 jogo. Do que adianta ter 15-18 milhnøes de torcedores se só sabemos ficar reclamando de nós mesmos???…… pq pagar ppv e ingresso para um produto com cartas marcadas????….E pq se aceita isso?

É o fim da picada, como a diretoria do palmeiras é composta 100% de bundas-moles. Ninguém reclama, ninguém peita o STJD…Faz 30 anos que não tem macho na diretoria para convocar uma coletiva e cobrar esses absurdos! Por que só o palmeiras não reclama nunca?

Isso deveria partir dos próprios dirigentes do Palmeiras. O último dirigente que eu vi com alguma coragem foi o Belluzzo, que burramente não foi apoiado pela torcida palmeirense em 2009.

PAREM DE ATAZANAR NOSSO TIME, tomar partido de 1 ou outro candidado (já que ninguém tira o contursi mesmo)…… pq se NENHUM PALMEIRENSE SE INDIGINA MAIS com esse absurdo,…………. de um jogador (nosso melhor jogador, que apanha feito condenado e é ele o amarelado), ter que pedir para cumprir a pena para essa capitania hereditária chamada stjd………. então chegamos no fundo do poço. Pagamos ppv e compramos ingressos para um produto onde n disputamos com os mesmos direitos dos outros…………PALMEIRAS É DEFINITIVAMENTE….. A GENI DO FUTEBOL.

Pois é. Contanto que no jogo contra o SCCP o Valdivia não tome o 3° amarelo e desfalque o time no jogo que REALMENTE importa, contra o Bahia, tá bom…

O Palmeiras DEVERIA proibir que Juca Kfouri escrevesse as letras P-A-L-M-E-R-A-S em sequência… fdp

Boa comparação a do Mauro Cezar Pereira. E certamente a grande maioria dos times preferem um jogador caro de grife e “marketing” do que um jogador eficiente. Isso acaba acontecendo em todos os esportes. Temos o artilheiro do campeonato, mas boa parte da torcida não quer ele em campo amanhã.
Quanto ao time, não vejo necessidade de se jogar com três zagueiros. Só não pode jogar Lucio e Tobio. Lucio e Nathan, Lucio e Wellington, mas não Lucio e Tobio. E já que o contrato de Marcelo Oliveira o obriga a ser escalado, o Dorival deveria coloca-lo na lateral esquerda sem deixar que ele apoie. Para isso existe o João Pedro.
Wesley no banco e Leandro na arquibancada, ou no sofá, ou na gandaia, é obrigação. Leandro no banco e Wesley em campo é atraso de vida.
De resto, temos que jogar no erro da zaga (que erra muito) do Cruzeiro. E torcer por um Prass inspirado.

henrique é fraco, sim. Um dos maiores responsáveis por termos perdido do santos, perdendo um gol dado pelo valdivia qdo ainda estava 0x0, Sempre perde gols ridículos em momentos crucias do jogo. Lembra contra o SP? Perdeu um gol bizarro e no contra ataque eles fizeram o 2×1 no finzinho. Não é o único atacante ruim que consegue seus dias de fama sendo artilheiro esporádico. Veja, de 2003 pra cá somente, artilheiros do BR.
2014 Henrique???????
2013 Ederson (Atlético-PR)
2008 Keirrison (Coritiba)
2007 Josiel (Paraná Clube)
2006 Souza (Goiás)
2003 Dimba (Goias)

Não serve. Devolve pro Mirassol e contrata um cara bom.

O Lúcio tá com dores musculares, deve ser reumatismo. Tomara que nosso novo Prof. Pardal seja inteligente e mantenha o Lúcio fora do time.

O Henrique perde muitos gols, mas é de se reconhecer que um atacante que consegue ser o artilheiro do campeonato mesmo jogando em um clube com elenco limitado como o Palmeiras, não pode ser desprezado. Não é preciso ser muito bom em futurologia para prever que na primeira proposta que chegar (e elas vão chegar), ele será vendido por qualquer ninharia, seja para qualquer rival brasileiro ou para algum clube de segunda divisão da Ucrânia ou China. Isso é a cara da atual administração.

Pior é que é verdade. Enquanto essa diretoria vende qualquer um para qualquer time por qualquer valor , nossos rivais já estão procurando reforços pro ano que vem. Alguém se lembra a última vez que contratamos algum jogador do SP com contrato vigente? Eu não me lembro.
Aliás, essa tem sido a prática de todas as diretorias do palmeiras desde que o Mumú começou a mandar no palmeiras. Exceção somente ao período Belluzzo e parmalat.
Penso que deveríamos sim era aproveitar esse raro bom momento do perna-de-pau artilheiro e tentar trocá-lo por algum atacante de ponta. Até mesmo pelo Barcos de volta.

Não temos patrocínio, o patinho feio da Globo. Parabéns Nobre você é o melhor aluno do Mustaphá.
Ainda vão elegê-lo novamente.
Agora Dorival Jr. pelo amor de Deus, bota o Nahtan e tira o Lúcio, e manda ele para o Master. O resto Juninho etc. (menos o Mago , Prass e o Henrique) não merece nem comentários.
Beluzzo já!!!!

amanhã tem q jogar fechado… 3 zagueiros, Tobio, Nathan e Lucio na cobertura.. Washington e MOliveira no meio dando cobertura aos laterais… não tem q inventar Dorival..jogar no contra-ataque..empate é vitoria…

Belluzzo não está concorrendo à presidencia. Os candidatos são P. Nobre e V. Pescarmona.

Prá quem não queria se envolver mais com a política do clube, arranjou rapidinho uma boquinha como vice. Ou seja, vai mandar e desmandar, como sempre, só que dessa vez quem vai levar a culpa é o Pescarmona.

Mario,Sergio e Harley

A passividade , inercia e a subjugacao que estes lacaios que comandam nosso Palmeiras ha decadas pressupoem nos apenas uma Teoria : Ninguem em sa conciencia aceitaria ser Roubado,
Menosprezado e dilapidado a todo jogo , campeonato ; e ser interpelado por STJD atraves de jornalista travestido de torcedor , Vide Rizek, se nao tiver rabo preso ou ter algum beneficio proprio.
Isso eu nunca vi em nenhum clube , Quem nao se defende nao tera defensor.
CBF , Federacao Paulista e Globo devem estar calando a boca desses Vermes com muita La Plata.

Até o nosso goleiro reclama da data em que foi marcado o julgamento do Valdivia, enquanto que a nossa diretoria se cala. Em qualquer outro clube seria o contrário, mas em se tratando de Palmeiras e da maneira como nossa diretoria trata o futebol, é até previsível.

Quando o Santos fez o terceiro gol, o presidente do palmeiras sr. Paulo Nobre, foi embora do Pacaembu. Esse episódio me fez lembrar de Francesco Schettino, capitão do navio de cruzeiro Costa Concórdia. ” VOLTA A BORDO, CATZO” Volta a bordo PAULO NOBRE, o capitão é o ultimo a sair do navio, quando esse está afundando. PAULO NOBRE seja um verdadeiro comandante CATZO.

Pra tornar minimamente razoáveis as chances de uma vitória na próxima quarta-feira, Lúcio, Wesley e Henrique no máximo vendo o jogo do banco. Mas o Gilson Kleina, opa, Dorival Junior, não vai ter colhões pra sacar os três mesmo, então haja reza e mandinga pra ganhar do Cruzeiro em Minas Gerais jogando só com 8.

isso, coloque o Henrique no banco e põe quem no ataque? Mouche? Cristaldo? Tá doido. O cara é artilheiro do brasileirão. Todo atacante perde gol. Wesley no banco sim, e tem que jogar com 3 zagueiros ( Nathan, Tobio, Lúcio) contra o cruzeiro, botar o Victor Luis na lateral esquerda, tirar o Juninho e o Wesley jogar com Washington e MO com Valdívia armando e Cristaldo ou Mouche junto com o HEnrique no ataque.

Os comentários estão desativados.