Categorias
Drops

Drops da madrugada: pensar pequeno

 

Por Estagiário sem sono e com dor no estômago

O Presidente Paulo Nobre voltou prá mídia.

Nesta 3a feira falou para o Sportv.

Entre outras coisas prometeu continuar sua estratégia de mediocrização do futebol palmeirense.

***

Nobre continua no seu samba de uma nota só. Diz que vai manter a “coluna vertebral” (??) do time. Elogiou Valdívia. Mas avisou que vai mais “enxugar” do que “contratar”.

Elogiou o time “brioso” que empatou com o Cruzeiro. Nobre acha que foi bom o desempenho de 1 ponto em 6 disputados. Afirma que esse é o “virtual campeão brasileiro”.

***

O que nos deixa indignados é o discurso de presidente de time pequeno.

Fazer um ponto com o Cruzeiro em seis disputados – e achar isso bom – é o mais claro raio x de um presidente que acredita que dirige um time de futebol de segunda categoria, onde estar livre do rebaixamento e fazer 1 ponto em 6  disputados com o líder do campeonato é digno de mérito.

***

Enquanto isso, o rival – que disputou o título e quer participar da Libertadores ano que vem, diz que vai atrás de Tevez (ainda que factóide eleitoreiro, mostra outra postura e é aceito pela imprensa).

O SPFC depois de tirar Kardec do Palmeiras em cena que humilhou a torcida, tem ainda no elenco Ganso, Pato, Luis Fabiano. Pode não ser campeão, mas está na disputa.

***

O Palmeiras se apequenou mais nesses dois anos do que no período Tirone, ou mesmo entre 2001 e 2006.

A estratégia de nosso presidente é montar times mediocres (no sentido literal da palavra, com investimento moderado), ter o Avanti como única plataforma de marketing e brigar com a WTorre. Nossas receitas de TV despencam, e não temos patrocínio master. Também pudera: quem investiria no Palmeiras?

Enquanto isso o Corinthians entrega camisa ao Mickey Mouse, disputa com o Fluminense torneio na Florida.

***

O Palmeiras tem ainda mais motivos para estar irritado.

Enquanto o time só apanhava (sem Prass e Valdívia) o Presidente não dava entrevistas.

Bastou subir um pouco na tabela, volta dando receitas de como apequenar uma instituição.

Nem um corintiano na presidência faria tão bem.

Aliás… deixa prá lá.

***

PN também elogiou Valdívia. Só não falou que sua decisão era vender o chileno no meio do ano. Por sorte do destino ou porque Deus tem ainda alguma simpatia ou piedade pelo Palmeiras, Valdívia não concluiu sua transação e voltou.

Não fosse por ele, estaríamos na Z-4.

***

Prá terminar esse drops desabafo: alguns podem achar que esse drops é político por conta da disputa eleitoral.

Sentimos muito em desapontar os apoiadores de Nobre: não é!

Somos aqui no 3VV contra a mediocrização de nosso time. Somos contra o apequenamento. Somos contra a arrogância em cima de nada. A inaptidão vendida como modernidade. O conchavo político confundido com vanguarda.

Essa gestão em que PN é o grande líder (onde o ex-Presidente Mustafá Contursi se auto denomina como seu “pai”), pensa pequeno, não tem ambição, é completamente política em suas ações.
E assim transforma um gigante num anão. Ignora nossa história de lutas, glórias e vitórias. Abaixa a cabeça e humilha-se. Assim é desrespeitado por imprensa, federações e adversários.

Nem um corintiano nessa cadeira faria estrago tão grande em tão pouco tempo…

Aliás… deixa prá lá.

***

Prá quem não leu, seguem matérias desta 3a feira do Lance.

Uma sobre o Palmeiras onde Nobre fala que está bom assim e ano que vem será isso aí.
Assim, pensa pequeno e nos faz pequeno: www.lancenet.com.br/palmeiras/Nobre-enxugar-elenco-coluna-vertebral

E outra, onde o adversário que fala diferente:

www.lancenet.com.br/corinthians/Candidato-presidencia-Corinthians-Carlitos-Tevez

www.lancenet.com.br/corinthians/Mickey-Corinthians-lancamento-Florida-Cup

Nem um corintiano na cadeira do Presidente faria tamanho estrago… aliás…

 

 

100 respostas em “Drops da madrugada: pensar pequeno”

O Estagiario. a tática do PN é apequenar para as receitas diminuirem e ele proprio injetar mais dinheiro. Quando a divida for impagavel devido anão ter patrocinios, recitas pequenas de TV, brigas com WTorre etc. Ai ele como maior credor vira dono de tudo.

O futuro presidente do Gambá foi questionado como ele iria dirigir o clube com pouca grana para contratações. Ele respondeu que o cocôrinthians não tem dinheiro, mas tem crédito. Quer dizer, mesmo com a grana curta, tem a intenção de montar um time forte.

De um lado um idiota grosseiro(Pesca) apoiado por grupos que podem fazer a diferença, que entendem a grandeza do Palmeiras (Beluzzo, WT, Alianz, AEG, Aldo Rebelo, Criscio) e do outro um idiota mimado de grife, apoiado pelo Sultão, Gilto, enfim, o que há de pior no Palmeiras, e que nao vai mudar absolutamente nada na condução do futebol (segundo suas próprias palavras). Portanto mesmo se esse imbecil pilotado pelo Sultao estivesse concorrendo com o Cacareco, os mais velhos vão se lembrar quem era, nao haveria nenhuma duvida em quem votar

Opa… Roberto, sorry mas não apoio Pescarmona. Eu apenas sou contra o Nobre e seu discurso (e prática) de apequenamento do Palmeiras. Forte abraço!

Olha honestamente é desesperadora a situação do nosso amado Palmeiras. De um lado um presidente que insiste em falar que não vamos fazer loucuras, que estamos quebrados, que todo mundo é negociavel, bla bla bla…. Planejamento zero.
Do outro lado a oposição (ou mais ou menos isso) liderado por um cara que tem como credencial frequentar o clube, apoiado por um grupo que pensa grande mas não conseguiu criar um modelo sustentavel enquanto esteve lá, inclusive em alterar de vez esse estatuto nefasto.
Dos ultimos candidatos que apareceram pelas alemadas eu gostava muito do Decio, pois foi o unico que tinha uma proposta clara e um modelo de governança para o clube. O que aconteceu com ele? Porque desistiu?

O atraso nos direitos de imagens dos gambás gerou essa queda do time na reta final do campeonato. Não foi um bom negócio para os mulambentos também. O combinado não sai caro. Nosso problema foi ter contratado um monte de nego ruim de bola, mas pagar salário é obrigação.

Infelizmente, apesar das eleições diretas, o Palmeiras é refém de dois grupos políticos (Mustafá e Beluzzo) e os torcedores insistem em apoiar um deles, quando na verdade o melhor seria que ambos vazassem e houvesse uma renovação de nomes no clube. Se o Pescarmona ganhar, certamente o Nobre não emprestará dinheiro a juros menores que as taxas do mercado ao clube. Se o Nobre Ganhar, certamente o Beluzzo não recorrerá a suas amizades (Dilma/Petistas) para que a Caixa patrocine o Palmeiras. Ter como representante o Pescarmona é, no mínimo, uma brincadeira de mau gosto da oposição. Deixo uma sugestão: Fim do filtro, criação do sócio eleitor (Democracia Verde ou outro nome) , que pagaria uma taxa mensal pequena (R$ 10,00), receberia um título eleitoral com uma numeração que tornaria viável ver seu voto no site oficial do clube. As lojas Academia Store seriam locais de votação, o que poderia inclusive aumentar a venda de produtos licenciados. Para votar o eleitor teria estar adimplente nos últimos 24 meses, e o dinheiro arrecadado seria depositado, ficando a disposição do presidente eleito para ser usado somente na contratação de jogadores e montagem do elenco. Assim haveria de fato uma democracia e não a imposição de nomes por parte desses grupos, podendo o torcedor, de fato, escolher seu representante.

Sergio, foi mal. Mas foi para outro Sergio o meu comentário, só que o comentário dele foi apagado. Não foi para você não.
Pelo menos que me lembre, não vi comentário seu ofendendo os outros. Concordo com boa parte do que você diz e, mesmo que não concordasse, em nada me incomoda você defender sua opinião.
Mas, tem gente que acha que por discordarem de uma opinião, a pessoa não merece respeito.
Abraços,

A entrevista dele foi clara. Paulo Nobre é o novo Mustafá. Sou sócio do clube a 40 anos, não voto
nesse cara nem pra faxineiro do clube. Se dependesse dele Valdivia teria saído e estaríamos na lanterna. Se o cara for reeleito me desligo do clube. Não sou sócio avanti por causa desse sujeito. Vinha
fazendo falsas promessas de contratações. Foi só o time melhorar um pouco e o cara já nudou o discurso, imagine se for eleito, ele e o turco não sossegarão enquanto não rebaixarem o time novamente.

To querendo saber o que nosso presidente e seu CEO está fazendo para segurar o menino da base, Gabriel, que dizem ter recebido proposta da bixarada…. Kardec, Wesley e se o muleke fechar…. seremos o celeiro de jogadores…… para os bambis…. ridículo!

Eu fico impressionado de ouvir ou ler que o PN acertou a situação finaceira do clube, com ele nossa dívida aumentou mais de 140 milhoes e não disputamos nada, niente, somos cada vez mais ridicularizados e desrespeitados pela imprensa (obrigado gamba!) e pelo stjd (obrigado “padrinho” ) e conseguimos a proeza de ficarmos quase 2 anos sem patrocinio master ( ainda não o temos), nossos bons jogadores foram doados, vendidos (por valores discutíveis) ou tentaram vende-los (Valdívia) e a cereja do bolo: nada de reforma estatutária e nem voto para o sócio torcedor (promessa de campanha). Alguém poderia me explicar, numa boa, quais foram os acertos tão exacerbados dessa atual gestão? Eu tento e não consigo enxergar um único que tenha sido significativo e tenha trazido algo de bom, efetivametne, para o Palmeiras ! Portanto a minha conclusão é simples, ele ,PN, não merece o voto dos sócios!

“Direitos de imagem atrasados 3 meses, premiações vencidas.”……….Palmeiras?……..NÃO!!!…………….. o small club possui dívidas com mais da metade de seus titulares, além de alguns reservas”………….Ué… não era o clube “mais valioso” do país? Valioso que não tem dinheiro nenhum? Como assim, mídia??????? Vc alardearam em abril que esse clube era um dos mais valioso—-DO MUNDO…..E olha que não pagaram imposto de 2010-12……… é palmeirenses, vendem o peixe dos outros como sendo ouro……………..e o nosso podre.

Levi enquanto nosso próprio presidente alardear aos ventos que não temos dinheiro, que não seremos reféns de libertadores, centenário, de uma história maravilhosa, dizer que não vai um time a altura da nossa grandeza e ficar se autoachincalhando, não teremos o respeito dos outros! Nós Palmeirenses de verdade sabemos quem somos, mas os dirigentes que pertencem, ou sofrem influência de, um determinado grupo politico (mumu & seus vitalícios adestrados) parecem querer mudar tudo que foi feito de positivo em mais de 90 anos!

Concordo Marcelo, tem hora quer classifico o Palmeiras como a geni do futebol……… temos problemas terríveis, mas “a vida de nossos adversário”, que tem problemas até piores…… e sempre vendida como em contos de fadas. Como vendem cuba , a ilha da fantasia, no brasil……………Quero um presidente com visão…. e culhões.

A questão é que o futebol tem que ser administrado como negócio e a sua mistura com um clube social cria um conflito de interesses impossível de solucionar.
Por isso, a única proposta viável para nos tirar da mesmísse seria a separação. Mas daí surge o mesmo dilema que temos para a reforma política no Brasil, aqueles que tem que aprovar são justamente os que serão mais prejudicados por ela e, assim, simplesmente não o fazem, embora finjam fazer ou querer.

Todo processo de transição no terreno politico é complicado. Tem TUDO para reparar,ajustar e fazer funcionar. ( essa é a minha experiencia) Mas é preciso passar por ela para “arrumar a casa”. O segredo ( um deles) é ter uma EQUIPE DE TRABALHO que seja COMPETENTE. O cabeça de chave( pode ser presidente de clube, do Brasil, governador, prefeito, etc etc ) pode ate ser fraco. Mas se a equipe for competente é possivel mudar e fazer a maquina funcionar. Vejo uma boa possibilidade do PESCARMONA constituir uma EQUIPE COMPETENTE( BELLUZZO, CRISCIO, DEZEMBRO, LUIS FERNANDO,AFONSO E OUTROS) que mudaria totalmente os rumos do PALMEIRAS. Fariam uma gestão PROFISSIONAL como deve ser. Assim entre a INCOMPETENCIA COMPROVADA do atual presidente e sua equipe(sic), e a POSSIBILIDADE de se FORMAR UMA EQUIPE COMPETENTE eu não tenho duvidas. A segunda opçao sem duvidas. Em outras palavras… PESCARMONA SIM e PN NAAAAAOOOOOO!!!!!!!!

A pior parte da entrevista foi quando ele disse que não conversa com a torcida organizada e nem com o torcedor comum, ou seja, continuam vivendo da “colonia”.
Lamentável sr. Presidente…
De um modo geral ele só falou mer…a

Quem estiver na dúvida em quem votar, basta assistir a entrevista que o Pesacarmona deu para o site Terra hoje, quarta, 5 de novembro de 2014 por volta das 16:30hs.
Infelizmente esse cara não tem a mínima condição de ser o síndico da Kitinete que ele mora e onde ocorreu a entrevista. Muito triste, pq a oposição deixou escapar a chance de tirar o Nobre presidente do Poder escolhendo um Zero á esquerda de candidato.

Olha, os dois modelos que se apresentam para dirigir o palmeiras são:

1- “O importante é mater as contas no azul. Não vamos fazer loucuras.” Dane-se o futebol e viva a contabilidade. Um gestor que se preocupa em reduzir custos do futebol sem ligar para aumentar a receita e ainda por cima sem planejamento, AUMENTANDO a DÍVIDA e rzando para não ser rebaixado.

2- “O importante é o palmeiras disputar títulos, pois disputando títulos aumentamos receitas com arrecadação, patrocínios, PPV, valorização da marca na mídia e a conquista de novos torcedores.” Ganhando títulos aumenta-se a receita e se amortiza o investimento na montagem do time.

Sinceramente, pra mim não tem nem dúvida que o segundo modelo É MUITO MELHOR que o primeiro. O ideal seria: redução de despesas inúteis (salário do Brunoro, 300 conselheiros com ingressos, comida e bebida grátis, etc..) e investimento no futebol que é o que carrega a SEP nas costas!
Até chegar o profissionalismo na gestão e a separação do futebol sou mais Pescarmona apesar do pescarmona!

não pare de falar porque o torcedor palmeirense, pelo menos merece ver outras opiniões… e para os que não sabem, a negociação do gabriel fernando emperrou, mais um jogador que se destaca e caminha pra ser vendido/cedido… falo isso porque com todo esse destaque, o garoto deveria estar mto feliz jogando no time, com um salário páreo pro mercado mundial na idade dele e com o talento dele, procurando fazer história com essa camiseta… muito estranha essa postura, todo jogador talendo sai dos outros times falando em um dia voltar, do palmeiras é impossível isso acontecer!!!!!!

De um coisa tenho certeza. Se Nobre tiver peito. Ele manda embora todos os meias exceto Valdivia e Allione. O resto ele cobre com a base. Tenho certeza que qualquer meia nosso não fará pior que F. Meneses Mendieta e cia. E pro lugar de Wesley eu dava uma chance ao Dybal. Pior não deve ser… Denoni seria titular nesse time hoje. Que tal, dar xau pro M. Oliveira e colocar Denoni de titular? Vale a aposta.

MAS TAMBEM QUEM FOI O GENIO Q DECIDIU LANÇAR PESCARMONA COMO CANDIDATO? AO FAZEREM ISSO, A OPOSIÇÃO JOGOU FORA A CHANCE DE TIRAR O NOBRE DO PODER. PONTO NEGATIVO PRO BELLUZZO NESSA. ELE TINHA O PODER DE INTERFERIR NISSO. POR PIOR QUE SEJA O NOBRE, E ELE É FRACO SIM, PESCARMONA É UM PRESIDENCIÁVEL DE UM NÍVEL BEM MEIA BOCA. ASSIM FICA DIFICIL TIRAR O NOBRE.

Apesar dos elogios, na matéria do globoesporte.com transcreve um trecho da entrevista com um pequeno “senão” do presidente sobre a dependência que o time tem do Valdivia. Com o Valdivia, o aproveitamento do time é melhor que os do Fluminense e do Atlético MG. Sem, pior que Bahia e Criciúma. Em resumo, o imponderável salvou esse sujeito de rebaixar o Palmeiras como lanterna no ano do centenário.

Cada um escolhe o candidato que acha melhor. Mas pelo que eu escuto de entrevista do Pescarmona, MEU DEUS!! A oposição é mto incompetente para não conseguir lançar um candidato minimamente melhor que o Pescarmona! Escutei a entrevista dele pro Mundo Verde disponibilizado no blog do Flavio Canuto! É de doer o amadorismo com que ele trata os assuntos do Palmeiras.

Pelo que eu entendo, o profissionalismo defendido pelo 3vv e por mim seria, além de diversos outros aspectos, contratar profissionais para gerir áreas do futebol e clube. Se for nessa linha, não entendo esse “aliás”! Ou defende o profissionalismo ou não defende! Se o cara torce para o Tangamandápio ou Curinthia e é um profissional de destaque, o que importa é ser profissional e trazer resultados.

Quando se trabalha no meio do futebol, como profissional, não se torna público o time que torcia (boa prática no business futebol), quando se mantém pública sua preferência por time A, B ou C se inicia um processo de conflito de interesses, que pode gerar desconforto caso algo não ocorra como pretendido e se distãncia do “profissional”.
Mas em termos práticos como anda nossa relação com a imprensa esportiva, como anda a comunicação da Instituição com os torcedores ( por acaso aqueles que pagam a conta e poderiam ser chamados clientes da marca Palmeiras), é meu amigo não vejo um bom trabalho neste sentido e quando o responsável se auto- denomina torcedor de um clube rival, seu profissionalismo pode e deve ser questionado.

Marcelo, não vejo conflito de interesse torcer para outro time. No Brasil a maioria tem um time e, se for assim, esse profissionalismo cobrado fica meio banguela. No Palmeiras não vejo excelência em nada (assim como não vejo nos demais clubes), mas vejo avanços. Acredito que a assessoria e a comunicação com o torcedor avançaram sim em comparação com as outras gestões.
Caso alguém saiba de algo fático, contrário a isso, apresente os fatos e argumentos, pois gostaria de saber, mas não vale ser boato ou informação jogada no ar para a interpretação de cada um do tipo “Ah, ele é curinthiano”… isso pra mim, em termos de profissionalismo, diz muito pouco!

Vicente, todo mundo critica o Nobre mas nunca vi (ainda bem) nenhum elogio ao Pescarmona de NINGUÉM. Me lembro muito bem da passagem dele como dir. de futebol (ou seja lá qual cargo era) e tenho pavor de ver esse cara novamente na frente do Palmeiras, já ele que se mostrou extremamente inapto para ocupar qualquer cargo gerencial. Não sou sócio do clube, mas ouço de alguns amigos que são sócios, algumas denúncias graves em relação a ele. Honestamente, esse meu medo de vê-lo como presidente é justificado? Ele tem competência para mudar algo na SEP? (Em tempo para os críticos de plantão: como disse não sou sócio logo não sou “eleitor” e o fato de eu não gostar do Pescarmona não necessariamente me faz gostar do Nobre, para mim é como escolher entre Jason ou Freddy Krueger).

No meu modo simplista de ver, o Pescarmona nada mais é do que um “laranja” do Belluzzo (assim como dizem que o Nobre é filhote do Mustafá). Tudo que for feito de acerto, será o Belluzzo quem levará os créditos, mesmo não sendo o presidente. Porém, tudo o que for feito e que der errado, a culpa irá cair sobre os ombros do Pescarmona, livrando e isentando o Belluzzo das responsabilidades por esses eventuais erros.

É o “roto” falando mal do “rasgado”.

Meus comentários, quando tem conotação politica, sempre caem na moderação. É tentativa de influenciar opinião alheia?? A mim não pega, sou esclarecido, e já me foi explicado pelo moderador como funciona os criterios da moderação. Mas quando meus comentarios são superficiais, passam direto., sem censura.
Prá mim está claro que há uma tendencia de controlar a opinião alheia, principalmente se for contrária aos moderadores do blog.

Paulo, na boa, retire o que disse ou seus comentários serão apagados. Se vc não sabe conviver com moderação é melhor vc frequentar outro site. Aguardamos sua retratação.

Paulo vc tem até as 8 da manhã deste domingo prá se retratar deste comentário. Se não o fizer, todos seus comentários serão retirados do site. Não estamos aqui para sermos atacados por políticos daquela bosta que é a política palestrina (bosta de todos os lados e de todas as frentes políticas). Se vc não entende a linha do 3VV, vc não precisa ler e muito menos comentar no site. Aguardamos sua retratação.

Joaquim Barbosa (aquele do julgamento do mensalao) disse…” A mãe do todas as corrupçoes chama-se REeleição”. Perfeito. Quem esta no puder quer mais tempo . Para que??? Uns por vaidade outros por motivos “obscuros”. No caso do PN fico com a primeira premissa. Pura vaidade. Nao fosse assim ele mesmo entenderia que não é o lugar dele. Como piloto ele fica mais a vontade. Como presidente do PALMEIRAS ele é um passaro de asas quebradas. Nao consegue voar. Assim se arrasta na mediocridade, se apequena nas metas e se autodestroe com as mumuletas.Se ha pedidos de impeachement da presidentAAA ( e os mais radicais pedem a tomada do poder pelo militares) o que nos, TORCIDA DO PALMEIRAS, poderiamos propor para o nosso clube. Primeiro tentar ganhar as eleiçoes ( quase impossivel). Tem um QUASE ai. Se nao for por esse caminho a TORCIDA pode( eu disse pode) mostrar a sua FORÇA. De n formas……….

Ele vai vender o João Pedro e trazer o Baiano, mas para que ficar com o João Pedro, pois temos Wendel, Weldinho etc.
Beluzzo Já!!!

sensacional! tomara que os eleitores leiam isso. MAIS DOIS ANOS DE PAULO NOBRE O PALMEIRAS SOME DE VEZ. não podemos deixar isso acontecer.

Só acho que a maioria esta tão revoltada que nada do que o Nobre falar vai adiantar alguma coisa. Se ele fale que só trará craques, vão dizer que não acreditam. Se falar que não vai trazer ninguém, vão condenar.

Chega um momento em que você não pode mais fazer outra coisa senão acreditar em seu plano e seguir em frente, torcendo para que no final tenha mais resultados bons do que ruins.

Bruno, concordo com você.
O Presidente é ruim? Sim.
Mas, isso não quer dizer que tudo que faça é errado. Mas, tem BABACA (em maiusculas, como alguns gostam de escrever aqui), que não conseguem analisar cada uma das coisas e entender que há erros (em maior número) e acertos.
Obs.: Não me refiro ao site.

Em alguns momentos achei que o blog batia demais na gestão Nobre. O cara pegou uma situação difícil e tal mas….Não acho mais. Enfim, não há argumentos a favor do cara. O caso Kardec foi a gota d’água. Aí o cara vai na imprensa e INSISTE no erro?? E ainda dá motivação pro Kardec no clássico contra nós. Um primor de estratégia. Precisamos voltar a pensar grande e o mustafismo é a excência do oposto disso. O mustafismo é administrar com a caneta atrás da orelha, é pensar como gasto o que investimento. O Palmeiras não é padaria. Se é pra ficar com esse mimimi de “descobri que é um meio muito individualista e nhém nhém nhém, e que não tem ética e que blá blá blá”…então meu querido presidente, nem continue na brincadeira, ok? Futebol é coisa pra gente grande e pra gente esperta, que pare de tomar chapéu de bambi (pelamordedeus!!) . E bem lembrado, por ele, tínhamos vendido o Valdívia…se ainda ainda não escapamos com ele, sem ele estaríamos rebaixados no ano do centenário. Alguma dúvida?

Concordo com o 3VV que essa administração poderia ser melhor em alguns apectos. Mas todos nós (inclusive vocês do 3VV) sabemos que o Nobre está brigando sozinho pela eleição. Sabemos que Pescarmona é simplesmente uma piada. Outra coisa, vocês sabem da situação financeira do clube. Sabem que não basta trazer jogador e não pagar. Taí o Bota Fogo de exemplo. Taí o Flamengo que sempre traz jogador caro e não paga. Como resultado ganha um porrada de processos milionários na conta. Acredito sim que poderia ser melhor, investir dinheiro e. Rodolfo e Weldinho foi um fracasso. A base faz melhor. Enfim, Nobre tem meu apoio, 3VV acredito em vocês, mas nessa briga puramente e claramente política vocês estão olhando o próprio umbigo. Sabem, SIM, que apesar dos erros de Nobre, não há candidato hoje a altura. E por último, não me venham com essa de disputa com a WTORRE, se ele abrisse as pernas iriam reclamar que foi frouxo. Ta CORRETISSIMO em brigar por essa causa. Que vá até a última instância, mas não pode se abrir estando certo.

Mateus, boa tarde, vou me ater apenas a duas questões que vc levantou, a primeira sobre a situação financeira da SEP, um bom administrador saberia trazer novas receitas para o clube e nisso PN falhou feio, a segunda é sobre a briga com a WTORRE, o PN está ERRADO, quem comercializa as cadeiras é a construtora o Palmeiras define o valor do ingresso para os jogos, simples assim, e o que é pior a SEP teria uma maior rentabilidade nesse molde do que ela mesmo vendendo as cadeias, vou colar abaixo a posição do Vicente quanto a essa questão.

Segue a minha visão .

O que é fato.

46.300 cadeiras no estádio.

100% da venda do ingresso para o jogo é do Palmeiras.

WTorre vende propriedades do estádio (claro e cristalino no contrato).
Palmeiras define o valor do ingresso. É o dono do espetáculo. Cabe ao Palmeiras definir quanto quer ganhar por jogo (claro e cristalino). A fórmula de cálculo do ingresso – nesse caso sim, POUCO CLARA E PERVERSA no contrato – tem que ser revista e a WT reconhece que há uma falha nisso.

Outro fato (não é opinião): sócio torcedor com desconto no ingresso é anacrônico. É ultrapassado. O modelo de sócio torcedor é outro. É aproximá-lo do time. Dar poder de voto. Dar outros benefícios. Tratá-lo mais do que um “consumidor”. Tratá-lo como “acionista”.

Pense nisso.

Mas vamos em frente: a briga!

WTorre afirma ter direito a comercializar propriedades de marketing de todas as cadeiras. Nobre afirma que WT tem no máximo 12 mil. Quer potencializar o Avanti.

Em tese não pode vender propriedades de marketing do estádio. Está claro no contrato. Por outro lado quer vender sócio torcedor. Isso pode.

Se Nobre está certo, e a WT tem direito a 12 mil lugares, de quantos lugares estamos falando?

Tire 3 mil lugares de camarotes.

Tire outros 3 mil lugares de cadeiras cativas vitalícias.

Tire ainda 5% do estádio – 2.300 lugares – para visitantes.

Estamos falando em cerca de 8.300 lugares.

46.300 – 8.300 = 38.000 lugares.

12 mil ninguém discute: é da WTorre.

38.000 (lugares disponíveis) – 12.000 (WTorre) = 26 mil lugares.

Essa é a briga. Por 26 mil lugares.

Quantos Avanti podemos vender com 26 mil lugares?

100 mil? Eu duvido.

50 mil? Provavel.

60 mil? Talvez…

Qual o valor do Avanti mais caro? Aquele que dá 100% de desconto no ingresso?

Pacotes variam de R$ 120,00 / ano até R$ 1.680,00 / ano.

Qual o mix (bronze, prata, outo e platinum?).

Quanto custa a operação? Quanto entra de receita pro time?

Faça as contas.

Dependendo das premissas, com 60 mil avantis teremos R$ 30 MM. O número improvável de 100 mil avantis seria de R$ 49,2 MM por ano (improvável porque vc teria 100 mil sócios-torcedores para competires por 26 mil lugares).

Mais R$ 28,6 MM em ingressos.

Por outro lado:

A SEP pode definir o valor do seu ingresso.

Que tal R$ 50,00?

WT negocia por exemplo o “season ticket”. Define que cada cadeira vale R$ 4 mil mais o valor dos ingressos.

São 38 mil lugares (sem contar camarotes, cativas vitalícias e espaço para visitantes).

Se a WT for competente para vender todas as cadeiras o Palmeiras teria: (assumindo que deveria fazer cerca de 40 jogos por ano – 19 Brasileiro, 11 Paulista, 7 Libertadores, 4 numa Copa do Brasil)

– 38 mil lugares vendidos x 40 jogos x R$ 50,00 o ticket = R$ 76 MM.

– Receberia ainda 5% da venda dos “season tickets” nos primeiros 5 anos, e esse valor subiria até 30%. No primeiro ano, se tudo fosse vendido, a esse ticket de R$ 4 mil por cadeira por ano, estamos falando de R$ 7,6 MM, subindo 5pp a cada 5 anos. Nos últimos 5 anos hipoteticamente esse valor seria MAIS R$ 38 MM (valores nominais).

– O potencial SÖ DESSE NEGÓCIO de ingresso, se a WT for bem sucedida é de R$ R$ 84 MM no ano 1. Sem falar nos ingressos dos camarotes e das receitas da venda dos camarotes.

– Nem considero aqui a revenda de ingressos. Esse dá uma receita marginal (aquele dono da cadeira que desiste de ir ao jogo e disponibiliza o ingresso para revenda).

Então é assim:

Modelo WT (100% das 38 mil cadeiras): R$ 84 MM no ano 1.

Modelo PN (12 mil cadeiras WT e 26 mil cadeiras SEP): com 60 mil avantis (cenário base), R$ 55 MM. Mesmo que chegue a 100 mil avantis, R$ 75 MM.

Modelo WT no cenário base: mais valor prá SEP em 29 MM.

Mais?

Quantos patrocínio a WTorre vendeu até agora na Arena? 12?

Desde a Allianz (prá quem não sabe a Allianz é sócia do Bayern de Munique) até fabricante de sorvete, quantos poderiam ter interesse numa parceria com o Palmeiras?

Quanto dinheiro tem nessa mesa? Quanta receita?

Quem tem interesse em ter time forte? Todos!

Quem deveria ter interesse na WT bem sucedida nos negócios da Arena?

Todos.

Quem perde?

Perde conselheiro e diretor que ganha ingresso de graça prá ir assistir todo jogo.

Perde o conselheiro que fica na porta do estádio distribuindo (ou vendendo) ingresso em dia de jogo.

Perde quem hoje está acostumado a “usar” o Palmeiras.

Os números são muito sensíveis às simulações. Dependem de premissas e podem refletir o que cada parte quiser. Mas meu ponto é: o modelo 100% das cadeiras pode funcionar muito bem SE SEP e WT trabalharem juntas, SE o Avanti tiver outro foco, menos ingresso, mais relacionamento e empowerment do torcedor e SE todos deixarem egos e política de lado.

Abs

Sensacional sua analise, deveria ser publicada e entregue a todo sócio do Palmeiras que acha que o PN esta defendendo a Instituição de um “inimigo” …

caro Paulo, 60.000 ST teremos até o inicio do Paulistão, então o cenário já se iguala sem precisarmos fazer nada. Eu não acredito em 100.000 ST no Palmeiras, acredito em muito mais…..100 mil tem o Inter q não tem metade da nossa torcida. Essa questão dos ingressos, baseada em desconto, concordo contigo q não é a melhor das opções, mas é o q temos hj e sinceramente, um rompimento imediato com relaçao a isso, jogaria todo o trabalho feito no lixo……a retenção ainda é um caso a se tratar com extrema atenção em nosso programa, afinal, com o perdão do trocadilho, ainda somos verdes nisso. A busca por esse relacionamento tem q ser o objetivo, aumentar cada vez mais o ticket médio gasto pelo torcedor, e em troca lhe oferecer benefícios cada vez mais vantajosos para q a “dona de casa cobre do marido” o pagamento da mensalidade, coisa q muitos “espertões” criticaram ontem. Com os 100% das cadeiras nas mãos da construtora podemos ter até maioria adversária em nossa casa num jogo decisivo, afinal a WTorre nao tem compromisso nenhum em vender ingressos para palmeirenses e sim em apenas pagar o valor determinado em contrato para o clube. por sinal, algo q ninguém comenta é sobre isso, pois a alta nos ingressos desses dois ultimos anos, criticada pro todos, vai interferir diretamente na formação de preços da Arena e se tu perceber o valor q é cobrado em cadeiras numeradas, cadeiras cobertas subiu muito nos dois ultimos anos, justamente pq o valor do ingresso será definido em cima de uma média dos ultimos anos, e os valores estariam muito defasados para serem aplicados em uma arena. Foi um contrato mal feito, mas é igual construir a primeira casa, q fica cheio de defeitos, na terceira tu acerta, então certo tá o Nobre em defender nossos interesses, senão vamos ver acontecer novamente conosco um contrato q só um ganha, como esse da Adidas em pleno ano do centenário….puttz…mas foi o Belluzzo q fez esse tb. Aí fica difícil.

Reinaldo esse comentário está no post http://3vv.com.br/2014/11/opiniao-arena-como-divisor-de-aguas/. Sobre ter maioria adversária na Arena isso é um absurdo. A WT não vende ingresso. Vende cadeiras (season ticket) de jogos do Palmeiras. Você acha que algum torcedor adversário vai comprar um season ticket de jogos do Palmeiras do ano? Claro que não. Sobre definir o valor do ingresso você está enganado. Não é sobre os dois últimos anos. É sobre o último ano, a partir da largada da Arena. Ou seja, o Palmeiras definirá o valor do ano 1 e a partir daí será a média dos últimos 12 meses. E gostaria de saber: você leu o contrato para saber se ele foi mal feito ou caiu na conversa de quem quer endeusar Nobre e culpar Belluzzo por tudo, apenas por conveniência política? Abs

Li partes do contrato, e pelas minhas palavras, da pra entender q ele foi mal feito, por falta de experiência nesse tipo de contrato, algo inédito no Brasil…por isso a analogia com a construção de uma casa…..onde tu não consegue contemplar todos os mínimos detalhes. Considero mal feito pelo fato da brecha mais importante ser justamente na definição de responsabilidades com relação aos ingressos de jogos, considero mal feito por pagar muito pouco por nossa propriedade/marca (um unico contrato de naming rights praticamente pagou a obra e nossa maior remuneraçao será 30% nos ultimos anos do contrato), considero mal feito por não contemplar a retomada do patrimonio de uma forma mais ampla daqui 30 anos (já tivemos a experiência do fim da parceria com a Parmalat, onde não houve sequencia e com o fim da gestão do Belluzzo, largando o clube endividado nas mãos de quem não era preparado pra lidar com aquilo)…e encaro isso como uma forma de pensar além das eleições onde os candidatos fazem de tudo pra serem mairoes q nosso time. Não sou uma pessoa q costumo cair em conversas pra endeusar quem quer q seja. Achei o belluzzo durante a gestão dele, um baita presidente, e quebrei a cara, pq eu não tinha acesso a muitas informações q hj já tenho e digo, me iludi com ele. É um baita economista, mas infelizmente como gestor de futebol fica devendo e muito. Me pareceu muito um pai rico de filho mimado….atendeu todas as vontades do guri, q com o passar do tempo e sem disciplina, só trouxe problemas depois. O q me faz olhar com bons olhos para a gestão do Nobre, são dois fatores, o primeiro é q nunca o time ficou tanto tempo sem problemas internos de jogadores, e queira ou não, é dedo do Feitosa em blindar o vestiário (um fato q incomoda muita gente, ávida por noticias, dentro do Palestra), e o outro é o foco no ST, q ainda é muito verde, mas aqui sim, podemos dizer q está nossa mina de ouro e vem sendo trabalhado constantemente, com vários acertos durante o período, e esse programa, vai fazer com q empresas nos procurem, ao invés de ficarmos indo mendigar atrás delas. Ah, e com relação aos ingressos, só se vende season ticket em campeonatos sérios e com jogos definidos, como nos pontos corridos…..não tem como se contemplar mata-mata em tese…..os brasileiros ainda não são acostumados com isso, e não será da noite pro dia q se mudará essa cultura. E com relação à venda para adversários, não acredito q aconteceria por questoes éticas, mas q o contrato não nos protege, disso, é fato. Forte abraço, e obrigado pelos argumentos, assim dá pra se debater.

Reinaldo concordo com vc no ponto de que o contrato era de um empreendimento inédito e isso trouxe problemas. Mas quem fem o contrato foi Antonio Augusto Pompeu, hoje Presidente do Conselho Deliberativo e aliado de Paulo Nobre (na época Pompeu era o Presidente do COF) e um dos maiores especialistas em direito imobiliário do país, Marcelo Terra.

O contrato tem falhas. Isso também concordo. Principalmente quando tenta definir o valor do ingresso. Aí foi uma salada e também foi leonino contra o Palmeiras. Essa cláusula deve cair na arbitragem. O Palmeiras define o valor do espetáculo. Ponto! A WTorre tem o direito de comprar pelo menor valor médio no ano (valor de face, sem considerar meia entrada).

Sobre percentuais e valores de naming rights, aí não discuto. Minha opinião é de que quem coloca a grana na frente, toma o risco (o Palmeiras não participa do LUCRO, participa da RECEITA), tem que ter seu investimento retornado. O negócio é de tão alto risco que o Paulo Nobre queria entrar como sócio e foi desaconselhado pelos seus consultores financeiros porque era um negócio de alto risco.

Sobre season ticket, a WT vai vender o uso das cadeiras pro ano. Não por campeonato. Ou seja, você compra pela “temporada” (ano inteiro, ou 2 anos, ou 3 anos) para todos os campeonatos. Impossível um número grande de torcedores de outros times gastar uma grana que não é pequena só prá assistir seu time contra o Palmeiras uma ou duas vezes por ano.

Não defendo o Belluzzo. Mas imagino da fonte que vc está pegando as informações sobre a gestão dele. Eu não faço parte dessa campanha, não farei parte de uma eventual gestão do Pescarmona, e estou assistindo esse embate muito entristecido com a pobreza das propostas. O grande erro de Belluzzo foi entregar o futebol nas mãos dos seus diretores e vice-presidente de futebol e abdicar de gerir o futebol. Deu no que deu. Muricy foi fritado em 2009 e a culpa não foi de Belluzzo. Se vc se informa onde eu imagino que vc se informa, vc não vai ter essa informação. Qq dia desses me manda um email e a gente conversa.

Prá encerrar. No final de 2009 (em novembro) eu pedi demissão do meu cargo de diretor de planejaento. Por 2 motivos: eu NAO influenciava em NADA o futebol palmeirense (e aquilo estava um caos) e eu era contra aquele modelo de sócio torcedor e acabei expondo o programa no 3VV. Saí na boa. Mas não fiz o contrato da WTorre (foi feito em 2010 pelas pessoas citadas acima). Em 2009 participei de pelo menos umas 10 reuniões na WT para acompanhar o projeto. E o que estamos vendo hj aí é resultado de um enorme trabalho de muitos anônimos palmeirenses. Infelizmente a política palmeirense, onde o Sr. Paulo Nobre é a mais nova figura que representa tudo de ruim dessa política, está matando um projeto e uma parceria de enorme valor prá SEP.

Forte abraço e obrigado pela oportunidade do debate.

Meu caro VICENTE CRISCIO concordo plenamente contigo, você falou tudo a respeito do contrato entre o Palmeiras e a WTorre , mas tem Palmeirense que não enxerga o óbvio e continua defendendo essa gestão do Paulo Nobre.

Essa analise não é minha é dio Vicente Criscio, como já foi dito aqui, tentei postar separado, mas o site juntou tudo, rsrsrsrs, quem dera eu tivesse conhecimento e competencia para explanar de forma tão clara e com números a situação dessa briga ridicula, e o prórpio Vicente afirma, com o controle da WTORRE, os unicos que perdem são aqueles que VIVEM DO Palmeiras.

Sergio, você já pensou em respeitar um pouco as outras pessoas?
Ou todos são obrigados a pensar igual você ou são BABACAS, SEM NOÇÃO, entre outros…
Se não consegue respeitar os outros, fica quieto pelo menos…

Está certo ele de dizer isso agora, pois a equipe ainda nao está fora do rebaixamento, se diz ao contrario os jogadores iriam ficar com um pé atras e poderiam nao se empenhar como vem fazendo agora.
Estou seguro e tenho certeza que chegarao uns 4/5 jogadores de nivel alto junto com os 8/10 jogadores medios que temos e faremos uma boa equipe, e fará uma limpa de uns 10 jogadores para deixar o elenco em condiçoes de disputar títulos.

concordo, se ele fala que vai trocar o time inteiro, muitos lá param de correr, deixa o time se livrar de vez e começa a limpa. Antes disso segue o script. O problema é que tem gente que nunca esta contente com nada, por isso o Palmeiras é essa porcaria hoje em dia.

Perfeito texto elaborado pelo autor. Só resta citar que os nossos adversários estão sempre na disputa. O time de batom lá do Morumbi , pelo incrível que pareça pode ganhar 2 títulos nesse final de ano , um expressivo que é o campeonato brasileiro e o outro que não deixa de ser importante que é a sulamericana , um título internacional. Enquanto que o Palmeiras participa e sofre derrotas e mais derrotas. Algo precisa mudar , ainda mais agora que temos o melhor no que se diz respeito a Arena de futebol. Precisa-se de um time a altura para recolocar o Palmeiras a frente de todos.

Concordo com boa parte das criticas ao Paulo Nobre, mas se a alternativa a ele for o Pescarmona Deus que nos guarde e acuda.

O problema não é só o Paulo Nobre, mas também o Pescarmona. Um pensa e age pequeno, o outro não parece estar preparado para ser presidente do Palmeiras. Porém o Pescarmona tem dois pontos que pesam a seu favor: 1) ter o Belluzzo como vice, embora seja um péssimo gestor, ele é sem dúvida alguém com visão para trazer novos negócios e oportunidade para o Palmeiras (Parmalat, Arena, Fiat, Traffic, etc.); 2) ser opositor ferrenho a Mustafá Contursi, que diga-se por sinal deveria ser uma prerrogativa de todo candidato gosta de futebol, ou pelo menso que diz que gosta.

Exato Mário, concordo com quase tudo, só acho que o apoio do Belluzzo a determinada chapa não agrega absolutamente nada a ela e nem ao Palmeiras. Não defendo o Nobre, mas acho que as pessoas se esqueceram da atuação do Pescarmona na frente do futebol da SEP um completo desastre!

Então o Belluzzo pode trazer novas oportunidades de negócios ao Palmeiras ?? E voce está dizendo que ele somente fará isso se a sua chapa (Pescarmona/Belluzzo) for eleita,
Que tipo de Palmeirense são esses Belluzzo e Pescarmona, que colocam os seus interesses pessoais (vaidade) acima dos interesses e nas necessidades do Palmeiras ?? E voces ainda defendem isso, apesar dos pontos negativos que ambos já demonstraram, Palmeiras tem que vir primeiro, e acima, de qualquer interesse de politiqueiros profissionais que lá se insfestaram !!

Sinceramente, desse elenco que está aí tem que enxugar mesmo. 5/6 goleiros , sendo 4 que não tem a mínima condição de vestir o manto, é uma necessidade.
Considerando como quase certa a reeleição, nossa esperança deve se pautar que ao invés de um monte perebas, as contratações sejam baseadas na qualidade.

Meu caro YZQUIERDO, o problema é que lá no Palmeiras fala tanto de RENOVAÇÃO DA POLÍTICA DA SEP, mas eu não estou vendo nada de renovação, afinal, CADÊ A RENOVAÇÃO DA POLÍTICA NO PALMEIRAS??? Pois continua sendo o mais do mesmo!!

concordo em absolutamente tudo! Mas gostaria de saber, existe alguma chance do Pescarmona ser nossa salvação?

Pior do que um presidente cabaço destes, pior do que a falta de opções da oposição, pior do que o apequenamento, pior até que o Felipe Menezes e Mendietta juntos… É a mentalidade cada vez mais conformada e alienada de nosso torcedor. Passamos um centenário totalmente sem brilho, vamos inaugurar a arena mais moderna do Brasil com um jogo comum e sem graça, sem nenhuma pompa ou planejamento, temos um timeco, queremos manter o timeco, e nossa torcida fica por aí defendendo esse cretino nas mídias sociais. Jogamos uma Libertadores fora pra ter um bom time semestre que vem, que depois ficou para o ano que vem, que agora ficou pra próxima gestao. Não temos patrocínio, nem renda, nem visibilidade e nem respeito da mídia. Sinceramente, esse discursinHo e Salvador da Pátria colou com um bando de torcedores acomodados e de pensamento pequenino. Pobre Palmeiras!

Mais 2 anos de brigas pra não cair e sem vitórias em clássicos. Ótimo! Vamos chegar numa roda de amigos e exaltar que as contas estão em dia, que nossa arena vai render uma grana e tudo mais, se vierem falando de títulos….. ah….. pra que títulos?

Análise mais que perfeita. PAUno NOBRE A MAIOR FARSA DA HISTÓRIA DO PALMEIRAS. NÃO PODEMOS DEIXÁ-LO FICAR MAIS 02 ANOS.

Infelizmente esta é a dura e triste realidade. PN, se tivesse um pouquinho de cérebro, concluiria que basta o que ele já (não) fez pelo Palmeiras…. realizou seu desejo de criança, ser presidente da Soc Esportiva Palmeiras. Tivesse um pouco de auto-crítica não tentarai a releição. Volte a brincar de capotar carrinho no deserto e deixe meu Palmeiras em paz.

É, o problema é que esse senhor aí vai ganhar de novo, pois nossas “eleições” diretas vão ser feitas pelo sócios do clube social, compostos de torcedores de nossos principais rivais, daí vc tira que as coisas não podem dar certo, pois uma agremiação eleger seu presidente com votos de torcedores rivais só pode dar uma merda como essa que aí está!

A quantidade de torcedores rivais é bem menor no clube. Já foi falado isso tanto por situação quanto oposição!

A análise é perfeita. Então vem a pergunta :
Em quem devemos votar nas próximas eleições? Pescarmona?

É melhor Pescarmona, do que mais 2 anos de apequenamento e mais endividadamento via PN, mesmo que isso melhore o perfil da nossa dívida. Pois, o problema para o próximo presidente não serão as dívidas e sim as receitas. O PVC escreveu uma coluna na folha e mostra que a últimas vez que líderamos per-per-view foi em 2009, ou seja, ano em que disputamos o título Brasileiro. E essa história que por conta dessa dísputa estamos atolados é balela, até o Tirone que adiantou receitas e etc conseguiu um título, em compensação o PN conseguiu o quê????
Quem se importa com o futebol tem que lembrar o que o time de futebol conseguiu quando mumu-morto-vivo ditou os rumos do futebol, que eu me lembre foram 2 rebaixamentos e duas gloriosas séries B.

não sei não. Segundo o próprio Valdivia deve ir embora. As quadras de FUTEBOL, virarão de Tênis. Ta dificil escolher.

Tem alguma chance do Paulo Nobre não se reeleger? Agora fiquei curioso com esse “aliás “… Aliás o que?

Ta parecendo a propaganda do indio, palmeirense quando vê que a alternativa ao presidente que NÃO pode mais continuar no cargo, senta e chora!
Por pior que seja o Pescarmona, e acho ele ruim, despreparado total, é muito melhor que o atual presidente. Prá gastar mais de 10 milhões por mês e montar isso ai de time, está CLARO que ele não tem competência de fazer a gestão do Palmeiras. Pode até ser Palmeirense, bem intencionado (apesar do inferno estar cheio de gente assim…) , mas deixou inequivoco nestes dois anos, ele NÃO tem capacidade de fazer nosso time grande, contra fatos não existem argumentos, nobretes me perdoem, a ÚNICA (e duvidosa) opção é Pescarmona, porque o atual é certeza de fracasso!Analisem os dois anos em números, pragmáticos, sem emoção e verão o que viramos nas mãos de PN.

PERFEITO meu caro MARCELO VACCARI, a única saída para o Palmeiras voltar a ser GRANDE, é o Pescarmona ser o presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras, como em outros comentários eu já comentei aqui e em outros sites da mídia palestrina se eu fosse sócio do clube, EU VOTARIA NO PESCARMONA (mas também por falta de opção) temos que analisar os fatos em quase dois anos de mandato esse presidente mimado não fez nada (tirando o programa do sócio torcedor avanti). Durante a INDI-gestão de PN ele simplesmente deu mais poderes ao Mustafá depois DUOU o Barcos em troca de quatro refugos vindo do Grêmio e tem ainda o tal do quinto elemento que foi mal explicado até hoje, depois DUOU o Henrique, o Kardec e quase o Valdívia foi embora também. Se tivesse mantido esses jogadores até hoje o Palmeiras nesse momento crucial do brasileirão estaríamos brigando na parte de cima da tabela, ou seja, brigando pelo título nacional e NÃO brigando na zona do rebaixamento. Durante a INDI-gestão de PN simplesmente conseguiu eleger 14 conselheiros vitalícios. Nobretes analisem os fatos vocês ainda querem esse presidente que até agora não fez absolutamente nada. Tudo que o Nobre está falando nas entrevista é tudo propaganda eleitoreira, não passa de promessa barata. PARA UM PALMEIRAS GIGANTE E VENCEDOR, PESCARMONA/BELLUZZO PARA PRESIDENTE DO PALMEIRAS JÁ!!!

Senhor Brunoro, seria ele o gambá? Nome italiano com pele de cordeiro, mas por dentro é o mais perverso lobo!

Ou seria o Musgambá, nome turco igual à Dualib que ambos combinaram “f-u-d-er” a SEP até a eternidade afim de tentar elevar o time da marginal???? Teorias da conspiração à parte…. parece novela, mas nada impossivel.

Cirúrgico como sempre! Esse piloto de autorama nos envergonha dia após dia. E, conversando com amigos lá no clube, me parece que esse “estrategista” tem enormes chances de se reeleger! É o fim dos tempos!

Cirúrgico como sempre! Esse piloto de autorama nos envergonha dia após dia.
E, conversando com amigos lá no clube, me parece que esse “estrategista” tem enormes chances de se reeleger! É o fim dos tempos!

Os comentários estão desativados.